Um prefeito sem adversários

Houldine Nascimento, da equipe do blog

Com pouco mais de 16 mil habitantes, Jupi, no Agreste Meridional pernambucano, chama atenção pela corrida eleitoral deste ano. O prefeito Marcos Patriota, do DEM, não terá adversário no projeto de reeleição.

Além disso, todas as nove cadeiras da Câmara Municipal são ocupadas por correligionários. Para o pleito de 15 de novembro, os dezoito postulantes a vereador são aliados do prefeito. Um cenário dos sonhos para qualquer gestor.

Marcos Patriota avalia que a inexistência de opositores é fruto de boa gestão. “Nós trabalhamos em prol do povo e temos o reconhecimento até da oposição, que retirou a candidatura para que o trabalho que está sendo feito continue por mais quatro anos”, declara.

Engana-se quem pensa que o panorama político de Jupi é inédito. É a terceira vez que este fato ocorre no município que carrega o nome de um espinho. O primeiro a disputar a Prefeitura sem adversários foi Francisco Manoel Torres, conhecido como Chico Paulo, em 1963. Na eleição seguinte, a situação se repetiu com Adalberto Teixeira.   

Publicado em: 19/09/2020