Pernambuco não pode comemorar Dia Nacional da Saúde

Por Marco Aurélio Meu Amigo*

Hoje é o Dia Nacional da Saúde e não poderia deixar de falar sobre um dos mais importantes trabalhos realizados sob nossa liderança na oposição da Assembleia Legislativa de Pernambuco. Com os demais deputados da bancada, criamos a ‘Blitz da Oposição’, que tem como objetivo a fiscalização In loco dos equipamentos públicos do Estado.

Dando início pelo setor da saúde, a blitz já visitou, desde fevereiro de 2019, vários hospitais públicos, tanto na Região Metropolitana do Recife (RMR) como também no Agreste. Temos como exemplo o Hospitais Getúlio Vargas, Agamenon Magalhães e Otávio de Freitas.

Na maioria, o cenário que encontramos é de guerra, lamentável os corredores superlotados, falta climatização, os banheiros quando não estão interditados não têm descargas, além da ausência de alguns medicamentos, o mato toma conta de vários locais das unidades, tendo como consequência muitos mosquitos. Os pacientes também reclamam de baratas, ratos e escorpiões.

Infelizmente, quando a pandemia do coronavírus chegou em Pernambuco, nossa saúde pública já estava totalmente sucateada, a cara do PSB. Neste dia nacional da saúde os pernambucanos não têm o que comemorar. Um relato triste da realidade do nosso estado e da cidade do Recife, que a cada dia encontra-se mais abandonada!

*Deputado estadual pelo PRTB e líder da oposição na Alepe

Publicado em: 05/08/2020