Governo demite membros da equipe de Alvim

Dez dias depois da demissão de Roberto Alvim, o governo exonerou da Secretaria Especial de Cultura três funcionários que foram nomeadas como cargo de confiança do dramaturgo. O ato está publicado no Diário Oficial União de hoje.

Foram exonerados o assessor Alexandre Leuzinger; o coordenador de projetos especiais, Marco Aurélio Franco; e o coordenador de empreendedorismo e inovação, Alessandro Loiola. Na semana passada, a assessora Denia Magalhães também já havia deixado o governo.

A demissão dos auxiliares ocorre em meio ao “namoro” entre a atriz Regina Duarte e o presidente Jair Bolsonaro. A global foi convidada a assumir a chefia da Cultura após a demissão de Alvim, que foi gerada por causa de um vídeo divulgado para anunciar o Prêmio Nacional das Artes. Nele, o então secretário parafraseava frases de um discurso do ministro de propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels.

Publicado em: 27/01/2020