Secretário nega pânico

À propósito do comentário desta coluna acima, na qual informo que o governador Paulo Câmara (PSB) ficou abalado e chegou a entrar em pânico com a reportagem da Época, na qual Antônio Campos sugere que em Pernambuco a extensão da corrupção é maior que a Paraíba, onde o ex-governador Ricardo Coutinho, também do PSB, foi preso, o secretário de Imprensa do Estado, Eduardo Machado, escreveu abaixo:

Bom dia, caro Magno.

Sobre o texto principal de sua coluna de hoje, não é verdade que qualquer integrante do Governo de Pernambuco tenha "entrado em pânico" com as declarações publicadas nas reportagens do fim de semana".

Atenciosamente,
Eduardo Machado

Publicado em: 27/01/2020