Eduardo Bolsonaro ataca O Antagonista e a Jovem Pan

Deputado Eduardo Bolsonaro usou o Twitter para atacar veículos. Parao o parlamentar, os veículos são identificados com a direita.
"Isso não é jornalismo, é canalhice", disse em um dos tweets. 
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Do JC Online

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), utilizou rede social para atacar o site O Antagonista e a Jovem Pan, veículos de imprensa identificados com a direita. 

Em postagem feita pelo deputado, Eduardo critica O Antagonista e os chama de "canalhas" devido à matéria do site que afirma que Eduardo diz que Moro é "o nome preferido" da "extrema imprensa. O deputado se defende afirmando que não havia citado o ministro Sergio Moro. 

Em outra publicação, Eduardo Bolsonaro cita a Jovem Pan em resposta a tweet do Ministro da Educação, Abraham Weintraub, que diz ter ouvido à Jovem Pan e que a Rádio "não consegue mais disfarçar" o tratamento de "tapete vermelho" para o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). 

Eduardo respondeu ao tweet do ministro mencionando a Jovem Pan e jornalista, afirmando que "a lista só cresce". 

Publicado em: 25/01/2020