Tony Gel diz que pediu para não falar

À propósito de postagem ontem neste blog, retratando o diálogo dos mudos envolvendo os aliados do governador Paulo Câmara em evento sobre saneamento, no qual falou apenas a prefeita Raquel Lyra (PSDB) e a secretária de Infraestrutura, Fernanda Batista, o deputado Tony Gel (MDB) foi o único a se manifestar entre os governistas que paparicaram o chefe.

Segundo ele, ficou acertado, por sugestão sua, que nenhum dos deputados da base governista na Alepe falaria na solenidade. "Até porque não tinha público, era um ato muito administrativo, burocrático, sem cheiro de povo", ironizou, numa crítica à prefeita adversária, também no outro lado do balcão no plano estadual.

Publicado em: 23/01/2020