Como a Compesa mudou

Desde que assumiu a presidência da Compesa, a engenheira Manuela Marinho adotou uma postura no mínimo estranha. Além de nunca ter dado uma só entrevista, há cinco meses no cargo, também nunca foi a Brasília, rotina do ex-presidente Roberto Tavares. Não recebe praticamente ninguém em seu gabinete que não seja da sua equipe pessoal. 

Também desconhece os prefeitos da RMR, tendo em certa ocasião recorrido a assessores para identificar o prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira.

O mais estranho, no entanto, é seu duvidoso gosto de passar o tempo decorando a sua espaçosa sala de trabalho. Gasta energia, inclusive, para cobrar que coloque seu nome até nas xícaras usadas na estatal.

Publicado em: 17/01/2020