Maia pede afastamento “urgente” de Alvim

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu o afastamento “urgente” do secretário especial de Cultura, Roberto Alvim. Na noite de ontem, foi divulgado nas redes sociais da secretaria um vídeo no qual o auxiliar do presidente Jair Bolsonaro faz um discurso em que, ao som de uma ópera de Richard Wagner, cita textualmente um trecho de um discurso do ideólogo nazista Joseph Goebbels para lançar o Prêmio Nacional de Cultura.

“O secretário da Cultura passou de todos os limites. É inaceitável. O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”, escreveu Maia no Twitter.

Publicado em: 17/01/2020