Jaboatão vai conquistar você

05/01


2022

A corrupção é endêmica e a Lava Jato é uma realidade

Por Cláudio Soares*

Não tem ninguém inocente no maior escândalo de corrupção da história do Brasil e mundial. Só em Curitiba, foram apresentadas 130 denúncias (acusações formais), com 174 condenações. Os bilhões de dólares e reais que retornaram aos cofres públicos em decorrência das investigações são as provas robustas dos assaltos ao dinheiro do povo brasileiro.

Dizer que fulano de tal ou sicrano é inocente é subestimar a inteligência do contribuinte deste país. “Nunca antes na história deste país se roubou tanto”. É estarrecedor assistir a essa gente querer voltar ao poder. É triste ouvir o jargão político de que “roubou, mas fez”. O ideal seria fez e não roubou. Se não roubar, vamos ter mais hospitais, escolas, estradas e um povo mais feliz.

O casuísmo jurídico e o jeitinho do STF soltaram quase todos os larápios presos na Operação Java Jato. Ou seja, a submissão total contra corruptos ladrões do erário é algo inimaginável. O sistema de pensamento, doutrinas e princípios de toda espécie foram tendenciosas para livrar dezenas de lacaios da prisão. Nunca se prendeu tanto corrupto de direita e esquerda. Jamais se viu tantos poderosos na jaula pelos seus crimes.

O argumento e o discurso infundamentados em raciocínio enganador ou falso de que inocentes foram presos são falácias de quem quer continuar roubando a nação brasileira. É imoral acusar as autoridades da Lava Jato de suspeitos. Essa aberração é baseada muitas vezes em casos em que 'um ministro' mudou de opinião e desmanchou todo um trabalho brilhante contra criminosos de gravatas e não em princípios fortemente estabelecidos na real situação que assistimos. A impunidade reina no Brasil e os corruptos agradecem.

É bom pensar nisso!

*Advogado e jornalista


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Realmente a corrupção é endêmica. No entanto a lava jato comandada por Dalagnol com apoio de Moro, foi usada para fins espúrios. Não atoa, Moro é candidato a presidente e Dalagnol a deputado. Deus nos livre de Moro, bem como do acéfalo!

marcos

Moro 2022, só temos essa opção


Caruaru - Jan 2022

05/01


2022

Márcio França é alvo de operação da Polícia Civil

O ex-governador de São Paulo Márcio França (PSB) é um dos alvos de uma operação da Polícia Civil de São Paulo, na manhã de hoje. A operação investiga supostos desvios na área da saúde.

Procurado, França disse que "começaram as eleições 2022". "Não há outro nome para uma trapalhada, por falsas alegações, que determinadas 'autoridades', com 'medo de perder as eleições', tenham produzido os fatos ocorridos nesta manhã em minha casa".

Os policiais cumprem 34 mandados de busca e apreensão nas regiões de Araçatuba, Bauru, Baixada Santista, Campinas, Capital e Presidente Prudente. Entre eles estão endereços ligados ao ex-governador em São Vicente, na Baixada Santista, e na Vila Mariana, na Zona Sul de São Paulo. O irmão de França, Cláudio França, também é um dos alvos.

A Polícia Civil, o Ministério Público e a Corregedoria Geral da Administração realizam esta operação, que é mais uma etapa da operação Raio-X, que apura crimes de formação de quadrilha, peculato e lavagem de dinheiro.

Segundo a apuração realizada pela Polícia Civil e pela Controladoria Geral do Estado, membros de uma organização criminosa desviaram dos cofres públicos aproximadamente R$ 500 milhões, valores estes que tinham por destino a utilização em aparelhos públicos prestadores de serviços de saúde.

O Psbista é pré-candidato ao governo do estado de São Paulo em 2022. Em 2020, França concorreu à Prefeitura de São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), "as investigações tramitam sob segredo de Justiça e mais detalhes serão preservados para garantir a autonomia do trabalho policial".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

As viúvas e desiludidos, bem como os ex aliados, que outrora puxavam o saco do acéfalo, vão usar deste expediente para perseguir e denegrir a imagem dos adversários. Canalhas!


Cabo - Pavimentação e Drenagem

05/01


2022

O apelo à paz de Michel Temer

Por Ney Lopes*

No início do ano das eleições gerais no Brasil, a palavra mais sensata e oportuna veio da longa experiência política e espírito público do ex-presidente Michel Temer ao declarar: “O próximo presidente tem de fazer uma coisa que é pacificar o País. Precisa pacificar tudo, apagar as divergências que aconteceram e reconstruir o Brasil. Precisa dizer: vamos reconstruir com todos unidos. E o que significa pacificar o País? É começar do zero e, agora, vamos caminhar todos juntos. Vamos reconstruir o País, ampliar o diálogo”.

Nos Estados Unidos, Joseph Biden, o homem certo na hora certa, com altivez, conclamou para a paz coletiva no seu discurso de posse, dizendo: “Devemos acabar com esta guerra incivil que opõe o vermelho ao azul, rural versus urbano, conservador versus liberal. Podemos fazer isso se abrirmos nossa alma em vez de endurecer nosso coração, se mostrarmos um pouco de tolerância e humildade e se estivermos dispostos a nos colocar no lugar do outro, como diria minha mãe. Não há como explicar o que o destino vai negociar com você. Alguns dias você precisa de uma mão. Se formos assim, nosso país será mais forte, mais próspero, mais pronto para o futuro. E ainda podemos discordar”.

A experiência histórica demonstra que pacificar um país significa afastar as ideologias, que incentivam o dogmatismo, o radicalismo e a intolerância. Sobrevivem as doutrinas, assim entendidas como princípios rígidos, que se adaptam as circunstâncias do tempo e do espaço. Colocadas numa bandeja, as concepções capitalista, socialista, marxista, liberal e outras têm acertos e desacertos.

Nenhuma é infalível.

As soluções eficazes nascem do equilíbrio e preservação de princípios (e não de dogmas), além da criatividade daqueles que exerçam funções públicas, ou privadas. A governabilidade democrática coloca-se como o único caminho para a realização das reformas exigidas pela sociedade.

Sem ela, não haverá governo estável, em razão da sobrecarga das demandas sociais e a falta de condições políticas para atendê-las. Este tema entrou do debate político-administrativo mundial na década de 60, quando a euforia desenvolvimentista dos anos 50 foi substituída pela busca da estabilidade política.

O debate da governabilidade começa pela prioridade dada a todos os temas que levem à unidade, afastando aqueles que dividem. Significa respeito recíproco, diante da diversidade e diferenças naturais entre os partidos. Trata-se de superar divergências e aproximar convergências.

Em 1994, quando presidente do Parlamento Latino-Americano (Parlatino), promovi em São Paulo a "I Conferência Latino-Americana de Partidos Políticos" sobre Democracia e Governabilidade. Ao abrir os trabalhos declarei ser "indispensável ter em mente que os partidos devem buscar a governabilidade presente e futura, em nome do bem-estar social. Se não mudarmos a nossa forma de agir politicamente, a sociedade nos mudará, no sentido de substituir-nos".

Participaram do evento mais de 300 parlamentares de 70 partidos da América Latina, Caribe e Parlamento Europeu. A principal conclusão daquela Conferência é ainda atualíssima. Concordaram os participantes, que "a confrontação entre partidos e os diferentes graus dos poderes públicos, aumenta os níveis de instabilidade política.

Grande parte das dificuldades da ação política é porque os adversários são tratados como inimigos. Dada a imensa gama de interesses na sociedade, os acordos de governabilidade podem ser viabilizados com base em propósitos comuns”.

O Chile construiu uma coalizão política, ampla e pluralista, denominada "Concertación" (1988). Tudo começou, quando Pinochet convocou plebiscito para referendar a sua permanência no governo. Derrotado, convocou eleições gerais.

A oposição manteve a unidade e apresentou como candidato único Patrício Aylwin, que venceu. Por vinte anos, a "Concertación" manteve-se no poder, com os presidentes Frei, Lagos e Bachelet.

O Pacto de Moncloa na Espanha em 1977 é outro exemplo de pacificação política, após a morte do ditador General Franco (1975). Foi acordo amplo de reforma da economia espanhola como um todo, com apoio das correntes políticas.

Todos esses são exemplos para o Brasil. Não haverá alternativa, senão pacificar politicamente o país e reconstruí-lo após a pandemia, conforme o sensato apelo do ex-presidente Michel Temer.

*Advogado e Jornalista


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina Dezembro 2021

05/01


2022

Olinda cancela Carnaval e anuncia auxílio

Atualizado em 05/01/2022, às 12h33
Foto: Divulgação/Prefeitura de Olinda

Por Houldine Nascimento, repórter do Blog

A Prefeitura de Olinda decidiu cancelar o Carnaval deste ano. O prefeito Lupércio Nascimento (SD) convocou uma coletiva, hoje, para anunciar a decisão. Ao lado de secretários, o gestor afirmou que a medida foi tomada para "resguardar a saúde da população diante da pandemia da Covid-19".

“Eu sempre disse que nós estávamos preparados para realizar o Carnaval da nossa cidade em 2022 desde que as condições por conta da pandemia fossem favoráveis. No entanto, o cenário não nos permite fazer este que é o maior Carnaval do mundo. Nossa prioridade desde o início é a saúde, a vida, da nossa gente, vamos seguir trabalhando dia e noite neste sentido”, comentou.

Este é o segundo ano consecutivo que a festa é cancelada por conta da pandemia. Com isso, a Prefeitura decidiu disponibilizar linhas de investimentos para a cultura olindense em dois eixos: Auxílio do Carnaval e Circuito Cultural: Fomento à Cultura. Saiba mais:

Auxílio do Carnaval – Voltado para a cultura popular e tradicional do município, além dos ambulantes que atuam no Carnaval. Público-alvo: entidades, grupos e artistas representantes da cultura popular e tradicional do município e ambulantes.

Circuito Cultural: Fomento à Cultura – Criado para incentivar a realização de festivais municipais e um edital para concepção e execução de festivais multiculturais (artes integradas). Festivais Municipais, criados desde 2017, que já integram o calendário cultural da cidade: Festival da Cerveja Artesanal, Festival da Tapioca, Festival Olinda Dá Gosto, entre outros). A cidade também contará com edital para concepção e execução de festivais multiculturais. Os agentes envolvidos na realização deverão ser olindenses, com o intuito de gerar o fomento na cadeia local.

Ainda segundo a Prefeitura de Olinda, haverá investimento para projetos culturais de artistas, grupos, instituições e coletivos. A seleção será realizada por pareceristas de público e notório saber, pessoas com visível conhecimento nas áreas culturais. Com a distribuição entre as diferentes linguagens artísticas predominantes no município. Exclusivo para agentes residentes ou domiciliados na cidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/01


2022

Arcoverde receberá um novo hospital privado

Os médicos e irmãos Breno e Thiago Siqueira Fernandes, após realizarem um estudo de viabilidade econômica junto com um grupo de São Paulo, decidiram por abrir um novo hospital privado na cidade de Arcoverde. O projeto possuirá várias etapas.

Inicialmente, será uma instituição com foco em atendimentos hospitalares em regime de pequena e média complexidade. Será um hospital equipado com todos os recursos necessários para o bom funcionamento da prestação de serviços, possibilitando a realização de uma gama muito grande de procedimentos.

Na maior parte, cirurgias que são possíveis receber alta no mesmo dia ou no dia posterior, o que evita gastos desnecessários para o paciente e seu plano de saúde, melhorando o acesso à saúde e diminuindo ainda riscos de infecção hospitalar.

“Após 10 meses, passamos por importantes etapas: aquisição do terreno, estudo de viabilidade econômico-financeira e plano diretor do hospital que finalizamos no dia 16 de dezembro de 2021. Estamos na finalização do projeto executivo e, agora no primeiro trimestre, vamos começar a preparação do terreno. O hospital terá várias etapas e nossa previsão é iniciarmos a construção da primeira etapa no final do segundo trimestre. Após a construção da primeira etapa, virá a demanda que irá nortear o nosso crescimento. Arcoverde e região possuem um enorme potencial e estamos apostando nisso”, disse o cardiologista Breno Fernandes, que está à frente do projeto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Arcoverde janeiro 2022

05/01


2022

Jaboatão anuncia cancelamento do Carnaval 2022

Diante dos novos casos da Covid-19 e da epidemia causada pela variante H3N2 do vírus da influenza, o prefeito Anderson Ferreira anunciou, hoje, que, pelo segundo ano consecutivo, não haverá carnaval em áreas públicas na cidade do Jaboatão dos Guararapes. O município conta com vários blocos que desfilam no período da Folia de Momo e têm sido comunicados da decisão, adotada com mais de um mês de antecedência do início oficial da festa.

“Há quase dois anos, temos canalizado todos os nossos esforços nessa luta contra a pandemia da Covid-19 e avançamos muito na vacinação. Mas o momento agora é de preocupação com os novos casos, não só do coronavírus, mas também da gripe. Por isso, tomamos a decisão de cancelar o carnaval de rua para evitar grandes aglomerações. Nossa meta é intensificar os atendimentos e a imunização da população. E a orientação continua sendo para que todos tomem os devidos cuidados, e sigam usando máscaras e álcool a 70%”, disse Anderson Ferreira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

05/01


2022

Projeto quer tornar Paixão de Cristo Patrimônio Imaterial

Após dois anos consecutivos de cancelamento em função da pandemia da Covid-19, a expectativa para a temporada cultural da Semana Santa de 2022 (9 a 16/04), em Brejo da Madre de Deus, é o retorno da realização do espetáculo da "Paixão de Cristo de Nova Jerusalém", na cidade-teatro de Nova Jerusalém, em Fazenda Nova. Os mais de 50 anos da maior encenação a céu aberto do mundo da Paixão de Cristo foram interrompidos em função do coronavírus.

"A cultura e o entretenimento foram setores altamente afetados nesses últimos dois anos, por isso não podemos medir esforços para que esses segmentos consigam retornar - com segurança, garantias e responsabilidade -, visando à geração de empregos e renda, além de levar alegria e esperança ao público, sobretudo quem busca renovar sua fé e apreciar esse tradicional espetáculo sobre a ressurreição de Jesus Cristo", afirmou o deputado federal Felipe Carreras (PSB-PE), autor do PL 4409/21, que prevê o reconhecimento da importância cultural do espetáculo para o circuito turístico brasileiro, e torná-lo Patrimônio Cultural Imaterial do país para todos os efeitos legais.

Em mais meio século de história, o espetáculo atraiu 4 milhões de expectadores, muitos turistas de outros estados e do exterior que fomentam a rede hoteleira da capital pernambucana Recife e de polos turísticos como Porto de Galinhas, Gravatá e Caruaru, além do comércio de Santa Cruz do Capibaribe e Toritama. Por temporada da Semana Santa, são esperadas 250 mil pessoas atraídas pelo espetáculo da Paixão de Cristo.

“Vamos recomeçar o ano legislativo lutando pela tramitação e aprovação do PL 4409 no Congresso Nacional, bem como pela derrubada do veto presidencial ao meu projeto 5638/20, sancionado como Lei 14148/21, que criou o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos, o Perse. A cultura, os eventos e o turismo em Pernambuco tem voz em Brasília”, exclamou o deputado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC - Férias de Janeiro

05/01


2022

PP não vai abrigar Clodoaldo Magalhães

O presidente estadual do Progressistas em Pernambuco, deputado federal Eduardo da Fonte, confirmou, durante entrevista à Rede Pernambuco de Rádios, que não dará a legenda ao deputado Clodoaldo Magalhães para disputa na Câmara Federal pela sigla. O líder PP justifica que esse é um gesto de solidariedade ao PSB. “O PSB tem esse problema interno com Clodoaldo, que ele tem atropelado as bases aliadas dos próprios correligionários. O PP está sendo solidário ao PSB e não irá aceitar o deputado Clodoaldo Magalhães como candidato a federal”, disse.

O Progressista conta hoje com uma bancada do mesmo tamanho de parlamentares do PSB na Alepe. São onze deputados com representatividade em todas as regiões do estado de Pernambuco. Eduardo da Fonte revelou que aguarda a definição do nome escolhido pelo governador Paulo Câmara para se pronunciar sobre a composição dos outros nomes na chapa da Frente Popular.

“Com certeza vamos analisar o nome que o PSB irá colocar [...] e declarar o apoio a esse candidato”, falou. O deputado assegurou que não tem preferência na escolha do sucessor e que essa é uma prerrogativa do PSB. “Não cabe ao nosso partido interferir numa decisão interna do PSB”, frisou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes novembro 2021

05/01


2022

Bolsonaro recebe alta hospitalar após dois dias internado

O presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu alta hospitalar, há pouco. Em suas redes sociais, o chefe do Executivo Nacional postou uma foto com a equipe médica e escreveu. “Alta agora. Obrigado a todos. Tudo posso naquele que me fortalece”, disse.

Ele estava internado desde a madrugada de segunda-feira (3) no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, por conta de um quadro de obstrução intestinal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Já vai começar a fazer MERDA.

marcos

Já vai começar a fazer MERDA.

marcos

Já vai começar a fazer MERDA.

marcos

Já vai começar a fazer MERDA.

marcos

Já vai começar a fazer MERDA.


Pousada da Paixão

05/01


2022

Saúde decide sobre vacinação de crianças contra Covid-19

A recomendação final do Ministério da Saúde sobre a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 deve acontecer hoje. A imunização de crianças já é aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) desde 16 de dezembro e já ocorre em diversos países, mas ainda não foi autorizada pelo Ministério da Saúde, ao qual a agência é subordinada.

Na segunda-feira (3), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, antecipou que as doses pediátricas da Pfizer chegarão ao Brasil na segunda quinzena deste mês.

Sem apresentar um cronograma de aplicação, o ministro disse também que a vacina estará disponível para os pais que queiram imunizar seus filhos.

Para especialistas, a vacinação desse grupo é essencial não só para conter a pandemia, mas para proteger as crianças diante do surgimento de novas variantes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Picareta, envergonha a classe médica, juntamente com outros IMBECIS que defendem tratamentos comprovadamente ineficazes!



05/01


2022

Coluna da quarta-feira

Geraldo e Neto travam duelo

Com Lula candidato a presidente e principal cabo eleitoral no Estado em aliança nas eleições deste ano, o PSB administra o tempo aparentemente sem conflito interno e sem pressões da Frente Popular na definição do postulante ao Palácio das Princesas. Seus principais líderes acham que podem esperar até o último minuto da prorrogação para apresentar o candidato.

O raciocínio é simplório: a máquina está azeitada e qualquer que seja o nome, mesmo Geraldo Júlio, hoje moribundo pelos estragos que a Polícia Federal fez em sua gestão no Recife, emplaca, porque juntaria o peso da máquina com a influência eleitoral de Lula. “Lula elege até um poste”, disse um socialista, reproduzindo o sentimento reinante na Frente Popular de que Lula pode tudo.

Segundo essa mesma fonte, quem precisa de tempo e pressa para definir seus candidatos é o bloco da oposição, primeiro pelo elevado nível de desconhecimento dos pré-candidatos, sobretudo na Região Metropolitana, maior concentração eleitoral do Estado. Depois, para ter mais espaço a negociações em busca da unidade.

Sendo assim, cai por terra qualquer especulação de que o candidato da base governista será conhecido até fevereiro. O mais provável, segundo a coluna apurou, é que o PSB só decida anunciar o ungido por todas as forças partidárias do Governo após o carnaval, no início de março. Dois fatos merecem relevância. O primeiro é que o nome de Geraldo voltou a ser colocado na discussão. Além do dele, apenas o secretário de Governo, Zé Neto.

O segundo é que partidos da base não morrem de amores por Tadeu Alencar e Danilo Cabral. Dizem que eles não são de gestos, longe do que chamam de políticos orgânicos. Acham que só coçam para dentro, ou seja, trabalham apenas em torno dos seus interesses e das suas circunstâncias. E por isso mesmo, não teriam o entusiasmo de ninguém.

Coalização – O Brasil pode ter um novo sistema de governo dentro de oito anos. Depois de dois impeachments de presidentes (Fernando Collor e Dilma Rousseff), 303 pedidos de destituição também de presidentes encaminhados ao comando da Câmara dos Deputados, após a promulgação da Constituição de 1988, além de sucessivas crises políticas nas quais o chefe do Poder Executivo esteve no olho do furacão, há quem defenda que o chamado presidencialismo de coalizão chegou à exaustão. A proposta de adoção do semipresidencialismo, por isso mesmo, deve voltar à discussão no Parlamento em 2022.

Olho na Alepe – Ex-secretário nacional de Desenvolvimento Regional e Urbano, o advogado pernambucano Tiago Pontes fechou o apoio de uma penca de prefeitos, ex-prefeitos e lideranças de peso nas mais diversas regiões do Estado para garantir uma vaga na Assembleia Legislativa pelo Republicanos. Enquanto esteve no cargo, prestigiado pelo ministro Rogério Marinho, Tiago transferiu mais de R$ 30 milhões em recursos federais para vários municípios do Estado, independentemente de ter apoiou ou não para o seu projeto de continuar na vida pública como parlamentar.

Olinda na frente – A Prefeitura de Olinda investirá R$ 32 milhões para a ampliação e melhorias da infraestrutura física e pedagógica das unidades municipais de ensino. Desde 2017, Olinda tem registrado avanços notáveis nos seus índices educacionais, contando também com a valorização e empenho dos professores e estudantes. Em 2019, por exemplo, foi registrado o maior crescimento da história nos anos finais do Ensino Fundamental no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O indicador, criado pelo Governo Federal, mede a qualidade do ensino nas escolas públicas.

Poucas promessas – Ampliar o ensino integral, retomar as obras paradas, reduzir os gastos públicos, construir moradias. Em um ano de mandato, os prefeitos das 26 capitais cumpriram 15% das promessas feitas durante a campanha eleitoral de 2020. Levantamento feito pelo g1, portal do sistema Globo, mostra que 166 dos 1.091 compromissos assumidos pelos então candidatos, eleitos para um mandato de quatro anos, foram integralmente cumpridos. A relação completa por capital está na página especial "As promessas dos políticos" no site do G-1.

Sem pastel e churrasco – O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) afirmou, ontem, que o presidente Jair Bolsonaro (PL) terá de conviver com restrições alimentares pelo “resto da vida”. O chefe do Executivo está internado desde segunda-feira no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, para tratar um quadro de obstrução intestinal, consequência do atentado a faca que sofreu em 2018. Segundo o parlamentar, a facada sofrida pelo presidente deixou consequências “físicas e psicológicas”. Entre elas, restrições alimentares permanentes. “Ele não pode se dar ao luxo de fazer muitas coisas que gostaria”, disse o senador, acrescentando que o presidente gosta de comer “pastel, pizza e churrasco”.

CURTAS

LATAM NA ILHA – A Secretaria estadual de Turismo confirmou, ontem, que a empresa aérea Latam foi autorizada a realizar voos para Fernando de Noronha. Até então, apenas a Gol e a Azul podiam realizar viagens aéreas para a ilha. O G1, portal da Globo, entrou em contato com a Latam para obter detalhes sobre a nova rota, mas a companhia apenas confirmou que recebeu a autorização e disse que, em breve, "anunciará as informações sobre o seu voo para o destino".

FÉRIAS – A partir de amanhã e pelos próximos 15 dias, esta coluna será assinada pelo jornalista Houldine Nascimento, repórter deste blog, já ocupante deste espaço aos sábados. A edição do blog fica sob a responsabilidade da jornalista Ítala Alves. Para mim, pernas para o ar. Ninguém é de ferro. Ao longo deste período, fico apenas ancorando o programa Frente a Frente, que será gravado todos os dias.

Perguntar não ofende: A novela mexicana da escolha do candidato do PSB a governador só acaba após o Carnaval?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


04/01


2022

Fortes chuvas assolam Pesqueira

Leitores enviaram ao blog, há pouco, registros da chuva que caiu, hoje, no município de Pesqueira, no Agreste Central. Segundo informações dos moradores, o temporal que atingiu a cidade deixou diversas ruas alagadas, entre elas o Largo Bernardo Vieira Melo, em frente ao Fórum, e a Estrada do Papagaio. Confiram nas imagens.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


04/01


2022

Tabira anuncia pagamento de 179,4% do rateio do FUNDEB

A prefeita de Tabira, Nicinha Melo, sancionou a lei N° 1.152, de 21/12/21, que dispõe da autorização para rateio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A lei permite a criação do Incentivo à Educação, referente ao rateio do fundo.

Ela também anunciou o pagamento do percentual de 179.4% sobre os vencimentos dos professores da educação básica ativos e contratados da rede municipal de ensino de Tabira. O valor total a ser pago é de R$ 1.721.554,78 referente as sobras do Fundeb, que contemplará 247 professores da Rede. O pagamento aos professores acontecerá nessa quinta-feira, 06 de janeiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha