Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

23/09


2006

Hage: "Serra merece tratamento igual ao dado a Humberto"

 O ministro da Controladoria Geral da União, Jorge Hage, defende que o mesmo tratamento dado à Humberto Costa ao longo da campanha eleitoral, seja aplicado também contra o candidato ao governo de São Paulo, José Serra (PSDB). Jorge Hage concedeu uma entrevista à revista ISTOÉ em que acusa Serra de envolvimento com a máfia das ambulâncias. Num determinado trecho dela, o ministro se refere à Humberto. A parte em que ele se refere diretamente ao episódio Serra/Costa não está disponível na versão online. Mas a declaração virou o título desta reportagem. Leiam: 

''O ministro da Controladoria Geral da União, Jorge Hage, coordena neste momento 450 auditores que estão em campo esquadrinhando nos municípios a máfia das ambulâncias. É a maior auditoria já feita no País na área de saúde. No início da semana, em Brasília, ele lembrou que já existem “documentos e depoimentos de parlamentares que fazem acusações ao então secretário executivo Barjas Negri e ao ex-ministro José Serra”.

Hage sustenta que os indícios de envolvimento de Barjas e Serra no esquema têm de ser apurados com rigor. “Em relação a Serra deve ser dado o mesmo tratamento que usaram para incriminar Humberto Costa”, acredita. Ex-ministro da Saúde do governo Lula, Costa foi indiciado pela Polícia Federal por suspeita de formação de quadrilha.''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Certamente em outro governo,de 1990 aos 1500,a PF, MPF,CGU,TCU trabalaram tanto quanto no Governo do Condor das Américas.Lula é um Guerreiro contra os guélas do submundo do Brasil.É claro que existem muitos "doubles faces".AH! Lembrei-me de Mata Hare.Deve ter algumas.Helô-Ternura seria um exemplo?


O Jornal do Poder

23/09


2006

ISTOÉ analisa o "frevo" eleitoral de Pernambuco

 A revista ISTOÉ faz uma análise das eleições em diversos estados e mostra quem está na frente ou próximo de chegar ao segundo turno, na diputa pelo governo. No caso de Pernambuco, os dois nomes cotados, inclusive no título são:  Mendonça Filho e Humberto Costa. Ambos até mereceram suas fotos estampadas na revista. Eduardo Campos apenas é citado na matéria, por ter um percentual de votos próximo ao de Humberto Costa. Também foram impressas as fotos de Jarbas Vasconcelos e de seu adversário na candidatura ao Senado, Luciano Siqueira, que sequer teve seu nome citado na reportagem. Ele apenas compõe o espaço da revista com Jarbas Vasconcelos, para um link de acesso à pesquisa de ISTOÉ. Leiam a análise da revista sobre o quadro sucessório em Pernambuco: 

''Como o candidato e governador Mendonça Filho (PFL) está com o primeiro lugar praticamente assegurado, a grande dúvida em Pernambuco é saber quem irá enfrentá-lo no segundo turno. E na bolsa de apostas pernambucana o favorito, até este momento da disputa, é o candidato petista Humberto Costa. Nem as denúncias de envolvimento com a máfia dos sanguessugas e o indiciamento da Polícia Federal por suposta atuação no esquema dos vampiros parecem capazes de deter a trajetória do ex-ministro da Saúde rumo ao segundo turno. De acordo com os números da nova pesquisa ISTOÉ/Databrain, Costa, com 25% das intenções de voto, aparece em segundo lugar na corrida pelo Palácio Campo das Princesas. Seu mais próximo perseguidor vem pouco atrás. Também ex-ministro do governo Lula e neto da lenda Miguel Arraes, Eduardo Campos, do PSB, tem 21%.

Uma coisa é certa. Costa ou Campos, quem dos dois conseguir chegar ao segundo turno terá o apoio do presidente Lula. Um trunfo que pode ser fundamental, pois Lula aparece nas pesquisas em sua terra natal com mais de 70% das intenções de voto. Daí a preocupação do grupo político de Mendonça Filho. Mas o pefelista também tem suas cartas na manga. E o às desse baralho é o candidato a senador e ex-governador do Estado Jarbas Vasconcellos (PMDB). Com a eleição ganha para o Senado, tem mais de 60% das intenções de voto, Jarbas pode gastar tempo e energia para ajudar a eleger Mendonça Filho, que o sucedeu no governo. De qualquer forma, o frevo promete ser dos bons.''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

cristiano lins de amorim

DESTA VEZ EU NÃO FALEI DO HOMEM JARBAS VASCONCELOS. FALEI DO MODO DE GOVERNAR DO GOVERNADOR JARBAS. EU SOU TOTALMENTE RESPONSAVEL POR TUDO QUE FALO E AINDA ASSIM FUI CENSURADO. OBRIGADO MAGNO.


Abreu no Zap

23/09


2006

O "calcanhar de Aquiles" de José Serra

 A revista ISTOÉ que circula nesta semana certamente deixará o tucano José Serra em apuros, para explicar o seu envolvimento na máfia das ambulâncias. A revista revela um novo personagem no escândalo das sanguessugas: O empresário Abel Pereira. Leiam um pequeno trecho desta reportagem:

"A imagem ao lado é o rosto do mais novo personagem da máfia dos sanguessugas. Trata-se do paulista Abel Pereira, 51 anos, um rico empresário da construção civil que, segundo Darci e Luiz Antônio Vedoin, os donos da Planam, era o operador do ex-ministro da Saúde Barjas Negri, braço direito de José Serra, na venda de ambulâncias superfaturadas para prefeituras de todo o País. Desconhecido da maioria dos brasileiros, Abel começou a ganhar notoriedade na última semana, depois que ISTOÉ divulgou algumas de suas operações a partir de uma entrevista concedida pelos Vedoin. Os chefes dos sanguessugas também mostraram uma série de cheques e depósitos bancários que, ao serem devidamente investigados pela Polícia Federal, poderão comprovar definitivamente suas denúncias. A relação de Abel com Barjas Negri é tão estreita quanto suspeita. Negri, o ex-secretário-executivo de Serra no Ministério da Saúde e seu sucessor, é o atual prefeito de Piracicaba, cidade com cerca de 350 mil habitantes no interior paulista. Abel parece ser seu empreiteiro predileto. A cidade é um canteiro de obras e as empresas da família de Abel são responsáveis pela maior parte delas. Nos últimos 18 meses, faturaram R$ 10,4 milhões, equivalente a 40% de tudo o que a Prefeitura gastou em obras. Fazem desde “restaurações de ponto de ônibus” até a construção de ginásio de esportes, passando por recapeamento e jardinagem. “Essa ação entre amigos é antiga e precisa ser apurada com rigor”, diz o presidente da Câmara Municipal, Gustavo Hermann, do PSB.

As ligações do empresário com o prefeito têm mais de 30 anos. Abel coordenou a arrecadação de recursos da campanha de Barjas e suas empresas aportaram, oficialmente, R$ 45 mil nas contas do tucano. Durante a administração de Barjas, o grupo da família de Abel conseguiu mais de 35 obras na cidade. Para ter tanto sucesso em suas apostas, Abel não costuma correr riscos. Segundo um antigo sócio localizado por ISTOÉ, o empresário trabalha com pesquisas eleitorais encomendadas por ele próprio e só aposta no favorito. Em Brasília, embora nunca tenha feito parte dos quadros do Ministério da Saúde, quando o amigo Barjas era secretário-executivo e posteriormente ministro, Abel transitava com a mesma desenvoltura com que hoje caminha nos corredores da Prefeitura de Piracicaba. Não precisava se identificar. Era atendido a qualquer hora e as secretárias tinham a instrução de jamais barrá-lo."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

O Serra também tem o s/ homem misterioso.Tem sempre aquele qse compromente a lavar e a transportar a sujeirada.É necessário que algum político que quera se apresentar com as mãos limpas,tenha à sombra alguém qsuporte sujar as mãos por ele.Na política o q vale são as aparências.É como obra de fachada



23/09


2006

Ex-assessor de Palocci está na campanha de Humberto

 Da coluna "Radar" da revista Veja desta semana: 

 De volta

Marcelo Netto, ex-assessor de Antonio Palocci, que caiu com o ministro por envolvimento no caso do caseiro Francenildo (quebra de sigilo bancário), está trabalhando na campanha de Humberto Sanguessuga Costa para o governo de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos-Serra Talhada

Quando me referí ao Inaldo foi porque ele foi sensurado,não sei por qual motivo, mais fez falta ao blog, e é o comentário corrente em Serra Talhada foi a sensura do mesmo no Blog do Magno, é por essas e outra que não acho que o Magno está sendo Parcial sensurando quem critica a situação.

José Carlos-Serra Talhada

Como diz Sr, Raimundo Eleno, Canteia a pedra, sabia que esse Ivan era Primo do Gago,mas deve ser consciente pelo que entendi não vota também nele.

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

RESOLVI ME CADASTRAR DEPOIS DO EPISODIO DA DESABILITAÇÃO DESTE RAPAZ. MAS VEJO QUE O BLOG É UM POUCO TENDENCIOSO. MUITO SE FALA DE CORRUPÇÃO, MAS SÓ QUANDO SE TRA DE OUTROS SEGMENTOS.

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

SOU PARENTE DE INOCENCIO SIM, E TALVEZ ELE NÃO GOSTE DELE PQ ELE NUNCA SE DOBROU, MAS NUNCA O ATINGIU MORALMENTE. AO CONTRÁRIO DE MEU PRIMO.

IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA

E DESABILITADO PARA FAZER COMENTÁRIOS NESTE BLOG, PQ TRATA-SE DE PESSOA QUE NUNCA DESRESPEITOU, NEM COM GESTOS, QUALQUER CIDADÃO. ELE TEM TRÂNSITO E RESPEITO DESTE O PFL ATÉ O PT, DE ONDE FOI ORIUNDO. DE UMA COISA TENHO CERTEZA ELE NUNCA BAIXOU O NÍVEL AQUI, ISSO NUNCA FOI DELE......



23/09


2006

Veja: "Um tiro no pé às portas da eleição"

 Na edição online da revista Veja, que começa a circular neste fim de semana, a matéria de capa, como não poderia deixar de ser, traz o escândalo do dossiê contra tucanos. E bate duro no PT pelo escândalo, mas também acusa o presidente Lula de ser condescendente com os atos de militantes do partido infiltrados no governo. Leiam:

"Com seus métodos criminosos, o PT lançou o país em uma grave crise política. Às vésperas da eleição presidencial, o partido cometeu uma violência ao tentar influir nos resultados do pleito estadual paulista pela compra e divulgação de um dossiê falso sobre adversários. O crime foi descoberto.

Pela proximidade dos seus autores confessos e dos suspeitos com a campanha de reeleição do presidente Lula e com a própria instituição da Presidência da República, as conseqüências legais podem ser severas. Entre os trágicos resultados potenciais do crime está até a impugnação da candidatura de Lula. Se isso vier a acontecer, o PT terá feito algo inédito em sua rica trajetória de delinqüências. O próprio partido de Lula terá conseguido impedir a manifestação da vontade popular dos brasileiros que, nas pesquisas, brindam o presidente-candidato com 50% das preferências de voto. Na terminologia do próprio Lula, o PT terá conseguido "melar" as eleições. Que melancólica ironia!

O episódio é fruto de desgoverno, da colonização do aparelho de estado por militantes petistas contaminados pela notória ausência de ética e moral da esquerda quando esquadrinha a chance de chegar ao poder – e, depois, de mantê-lo a qualquer custo. Sobre essa delituosa sopa primordial paira a figura complacente do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele se jacta de ter afastado os amigos, os companheiros de viagem política, ministros e funcionários de alto escalão pegos com a mão na cumbuca.

Lula os afastou, mas não perdeu uma única chance de passar a mão na cabeça dos caídos, de dizer que continuam seus "amigos", seus "meninos", que democracia "não é só coisa limpa" e que não cometeram delitos, mas "simplesmente erraram". Por ter criado e mantido um ambiente propício à propagação da corrupção em seu governo – e sem prejuízo de todas as sanções legais a que se expôs como candidato e presidente –, Lula é o patrono da desastrada compra com dinheiro sujo do falso dossiê."




Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Estou convencido de que no PT tem muito Calabar.Uma eleição ganha.Todas as estatísticas favoráveis,1bando de elementos gananciosos passou a fazer a política do adversário p/ minar a eleição.O esquadrão anti-mina,transformou-se num esquadrão planta minas.Lula é maior do q essa sujeirada.O povo sabe.


Banco de Alimentos

23/09


2006

É grave estado de saúde de Dom Francisco

É muito grave o estado de saúde do bispo emérito de Afogados da Ingazeira, dom Francisco de Mesquita. Submetido a uma cirurgia na cabeça há dois meses, ele havia recebido alta e estava se recuperando na residência dos seminaristas, no bairro da Encruzilhada, no Recife. Mas, desde ontem, apresentou uma acentuada queda nos níveis glicêmicos e na pressão arterial, com paralisação das funções renais, segundo revelou, há pouco, ao site do radialista Nill Júnior, de Afogados da Ingazeira, o bispo local Dom Luis Pepeu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/09


2006

Gravações com dirigente do PSB agitam campanha

 O presidente do PSB de Pernambuco, Milton Coelho, estaria metido num escândalo que pode comprometer o projeto do candidato do partido a governador, Eduardo Campos, de chegar ao segundo turno. Um empresário de nome Saulo diz ter em seu poder gravações, feitas num Ipodi, em que o dirigente socialista pede R$ 1 milhão para facilitar a liberação de um projeto de raly, junto a Petrobras, no valor de R$ 5,5 milhões.

O projeto original, no valor de R$ 4,5 milhões, já teria sido reprovado pela estatal, mas, nas gravações, Milton Coelho assegura que teria influência suficiente para reverter a decisão da Petrobras. O valor excedente, de R$ 4,5 milhões para R$ 5,5 milhões, iria para a campanha de Eduardo Campos, segundo as gravações.

Localizado no interior de Pernambuco, o assessor de Imprensa de Eduardo Campos, Evaldo Costa, disse que não sabia de absolutamente nada a respeito do assunto. O blog tentou localizar Milton Coelho, mas seu celular está fora de área. Sua assessoria de Imprensa também não deu explicações sobre o seu paradeiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

paulo

Nao podia ser diferente, nao é a toa que ele é conhecido por DUDU 10%. A diferença é que agora foram 20%, deve ter sido a proximidade do PT que aumentou a sede do Neto de Arraes pelas propinas.

Allan

VAI PRA FRITURA BUNITINHO E HUMBERTO VAI ATROPELAR

Allan

DUDU AGORA SE LASCA

cristiano lins de amorim

DESTA VEZ EU NÃO FALEI DO HOMEM JARBAS VASCONCELOS. FALEI DO MODO DE GOVERNAR DO GOVERNADOR JARBAS. EU SOU TOTALMENTE RESPONSAVEL POR TUDO QUE FALO E AINDA ASSIM FUI CENSURADO. OBRIGADO MAGNO.

Raimundo Eleno dos Santos

Política no Brasil,como em qualquer outro país do planeta é como fogo de monturo.Todos sabem q o fogo arde embaixo.As partes menos resistentes ao calor cede à chama.É risco q todos correm.Não tem nenhum inocente.Finalmente o povo gosta da farra.No Brasil,política é motivo hilário.Ô povo maravilhoso!


Jornao O Poder

23/09


2006

O dia dos presidenciáveis

O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, faz carreata, pela manhã, em Belo Horizonte (MG). À tarde, o tucano viaja para o Rio de Janeiro, onde visita o centro cultural na Cidade de Deus.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, realiza comícios em Uberlândia (MG) e nas cidades de Araraquara (273 km a noroeste de SP) e Jacareí (75 km a leste de SP).

Heloísa Helena, do PSOL, realiza caminhada pelo centro de Sorocaba (100 km a oeste de SP) e concede entrevista à TV local, pela manhã. Depois, a candidata faz comício em Guarulhos (15 km a norte de SP).

O candidato do PDT, Cristovam Buarque, participa de festa de aniversário do Sindicato das Costureiras em Mogi das Cruzes (51 km a leste de SP). À noite, o pedetista concede entrevista no ''Jornal da Record'', na capital.  Os candidatos Luciano Bivar (PSL) e José Maria Eymael (PSDC) não têm compromissos de campanha previstos para hoje. As informações são da Folha Onli
ne.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Eleição de carta marcada.O tucano foi escolhido para perder,o famoso boi de piranha.Em 2010 só vai dar LULECIO,é Lula e Aecio Neves.E o povão posando de Mané!!!!!!!!!!!!!!!!



23/09


2006

O recomeço do futebol brasileiro

''Mesmo sem o hexa, nosso futebol ainda é um dos melhores do mundo, dentro e fora dos campos, no talento de nossos jogadores, na força de nossa torcida, no encanto que este esporte desperta em nossas crianças. Mas, infelizmente, permanece prisioneiro de uma crise financeira sem fim. A Timemania, aprovada pelo Congresso e sancionada no último dia 14, é a grande oportunidade para um recomeço. É a chance de saneamento financeiro dos clubes de futebol'', informa o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), em artigo que acabo de postar em Opinião.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha