Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

22/09


2006

Ministro diz que caso dossiê está quase esclarecido

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, afirmou nesta sexta-feira que considera praticamente esclarecido o caso da tentativa de venda de um dossiê que pretendia envolver políticos do PSDB na compra superfaturada de ambulâncias com recursos do Orçamento.

Segundo o ministro, a autoria já foi desvendada. - Se não fosse o trabalho da Policia Federal, abortando a compra do dossiê, o episódio teria ficado sem explicação o resto da vida.

Bastos disse que não é possível afirmar se o caso será encerrado antes das eleições. - Não se pode condicionar o tempo de uma investigação policial à lógica e ao tempo de uma campanha eleitoral. Sobre o indiciamento dos responsáveis, o ministro afirmou que eles, provavelmente, serão enquadrados no crime de lavagem de dinheiro. Bastos lembrou que três dos acusados estão prestando depoimento na Polícia Federal e no Ministério Público em Brasília.

O ministro reafirmou que, para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o esclarecimento dos fatos é uma questão de honra.

Bastos participou, no Rio, do encerramento da 65ª Assembléia Geral da Interpol. Infornações do JB Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mais uma vez o Ministro Thomas Bastos , com a clara intenção de salvar o Lulla, falta com a verdade em caso de tamanha gravidade. Vampiros, assassinatos, corrupção, mensalão e outros nunca foram esclarecidos por ordem do Ministro cuja tarefa maior é "blindar" o Presidente.

Paulin de Caruaru.

Logo Sr.ministro,esperamos que se revele com urgência o nome dos sacadores do dinheiro nas agências e a conta no exterior de onde vieram os dólares ok?

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Infelizmente não vou poder ler suar respostas senhor Land, vou trabalhar! Desculpe minha sinceridade! Mas já sei sua resposta, que esse pessoal do PT é corruPTo, mas o seu também é seu Land. Convide ACM e o presidiário Hildebrando Pascoal para a deposição de Lula!

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Os neonazistas estão chegando... estão chegando os neonazistas... Falando em deposição.... E o povo não quer não... Falando em ética (de encobrir as safadezas)... mas o povo não quer não quer essa ética não!!!

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Lula beneficiou os ricos, mas governou para os pobres. Só com ele os pobres e pretos puderam chegar à universidade. É isso que os Landrovers pseudo-éticos não querem que continue. Afinal pra que preto e pobre estudar? Como escravos e mão de obra barata é melhor!



22/09


2006

Lorenzetti admite tentativa de obter dossiê

O ex-analista de mídia e risco da campanha do PT à Presidência, Jorge Lorenzetti, admitiu hoje que tentou obter o dossiê que supostamente incriminaria políticos tucanos, mas negou que tenha negociado valores financeiros para conseguir o material. Em depoimento à Polícia Federal, Lorenzetti também isentou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente do PT, Ricardo Berzoini, de envolvimento no episódio.

Também conhecido como o churrasqueiro do presidente, Lorenzetti se retirou da superintendência da PF em Brasília sem falar com a imprensa. Ele depôs como testemunha e não foi indiciado. As informações sobre seu depoimento foram repassadas por seu advogado, Aldo de Campos Costa.

"Basicamente, Lorenzetti confirmou durante seu depoimento que o dossiê seria entregue para um contato, que foi declinado, ao Hamilton [Lacerda]". Lacerda era coordenador de comunicação da campanha de Aloizio Mercadante, candidato do PT ao governo de São Paulo. Ele foi afastado do cargo após ter admitido que articulou uma reportagem contra políticos tucanos.

Ainda segundo seu advogado, Lorenzetti também admitiu que pediu a Expedito Afonso Veloso e a Gedimar Passos para que verificassem a autenticidade e o conteúdo do material. Afonso Veloso era diretor de Gestão de Riscos do Banco do Brasil e foi afastado após surgir suspeitas de seu envolvimento no episódio do dossiê. Gedimar Passos foi preso pela PF em São Paulo com R$ 1,7 milhão, dinheiro que seria usado para comprar o material contra os tucanos.

Em seu depoimento, Lorenzetti negou, no entanto, saber de qualquer oferta financeira para comprar o dossiê. Ainda conforme seu advogado, ele achou que o dossiê pudesse ser obtido sem custo para o partido.

"Meu cliente repudiou e condenou qualquer envolvimento [para compra do dossiê] por conta de uma orientação do próprio partido. E também por convicção pessoal de que a obtenção desse documento não poderia se dar através de negociação de valores", afirmou o advogado.

Durante depoimento, Lorenzetti afirmou que "se sentiu chocado" quando soube pela imprensa de que Gedimar teria sido preso com R$ 1,7 milhão.

"Desde o primeiro momento havia orientação do partido, principalmente pelo momento eleitoral, de que não poderia qualquer negociação [financeira]", disse Aldo de Campos Costa.

Dossiê

A Polícia Federal apreendeu na semana passada DVD e fotos que mostram os tucanos José Serra (candidato ao governo de São Paulo) e Geraldo Alckmin (candidato à Presidência) na entrega de ambulâncias da máfia dos sanguessugas.

A quadrilha desmontada pela Polícia Federal, que fraudava a venda de ambulâncias para prefeituras de diversos Estados do país, era chefiada pela família Trevisan Vedoin, no Mato Grosso.

O material, supostamente comprado pelo PT e conhecido como
dossiê, seria entregue pelo empresário Luiz Antônio Vedoin, chefe dos sanguessugas e sócio da Planam, a integrantes do PT, que o usariam durante a campanha contra os adversários tucanos.

Confira o DVD, de 23 minutos, veiculado no
Olhar Direto. O vídeo compõe o dossiê, orçado em R$ 1,7 milhão.

No DVD, Serra, então ministro da Saúde, aparece com alguns parlamentares, hoje acusados de envolvimento com o esquema dos sanguessugas, numa solenidade realizada em um galpão da Planam, em 2001, em Cuiabá.

Em trechos do vídeo, aparecem Luiz Antônio Vedoin e seu pai, Darci Vedoin. O tucano chegou ao local acompanhado de Dante de Oliveira (PSDB), então governador do Mato Grosso. Dante morreu em julho deste ano.

Alckmin não aparece no DVD. Segundo o
blog do Josias, o tucano, conforme informações da Polícia Federal, é visto apenas em uma foto do dossiê.

Petistas e tucanos já declararam que o DVD não vale R$ 1,7 milhão. Eles vem defendendo que o conteúdo do dossiê seja investigado.(Informações da Folha Online.)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

22/09


2006

Major Feitosa diz que sua candidatura é legal

O major Alberto Feitosa, candidato do PL a deputado estadual, disse, há pouco, que não tem nenhum processo que possa torná-lo inelegível impetrado pela Associação dos Oficiais, Subtenentes e Sargentos de Pernambuco(AOSS), como afirmou hoje o capitão Vlademir Assis, presidente da entidade. 

Segundo o major Feitosa, o presidente da AOSS, capitão Assis,  que é candidato a deputado federal, tenta criar um fato político sem nenhuma consistência jurídica. Feitosa disse que se ausentou do cargo no prazo legal, cumprindo o que manda a legislação eleitoral, acrescentando que o capitão está querendo gerar um fato negativo em torno de sua candidatura, a qual, segundo ele, vai muito bem, e, por isso mesmo, preocupando setores ligados ao presidente da Associação.

O major Alberto Feitosa esclareceu ainda que o capitão Vlademir Assis foi eleito presidente da AOSS usando todo tipo de artifício ilegal, e tanto é assim que permanece na presidência mas em situação sub judice, e ele, Assis, sim, é que está, na prática, impedido de disputar um mandato eletivo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Vlademir Assis

Inclusive seguindo que reza o Estatuto da AOSS desde o dia 22/08/06, renunciei minha candidatura a Deputado Federal, para assumir a Presidencia da AOSS. Tudo protocolado no TRE-PE. Com a palavra Feitosa...

Vlademir Assis

...da mesma forma, o Ministério Publico o investiga através do processo 01/2006 e recebeu também cópia da "NOTICIA INELEGIBILIDADE", onde denunciamos desrespeito a lei Eleitoral (LEI COMPLEMENTAR Nº 64, DE 18 DE MAIO DE 1990).

Vlademir Assis

o Major Alberto Feitosa (PL) fala muito, age e prova nada, ele deve estar realmente muito mal assessorado, pois corre na Justiça Eleitoral e no Ministério Público Eleitoral, uma "NOTICIA INELEGIBILIDADE" o número de protocolo no TRE/PE é 017547, ajuizada ontem às 16h58min do dia 21/9/06, da mesma f


Abreu no Zap

22/09


2006

Ricardo Costa mostra força hoje em ato no Recife

Partindo com toda a força para a conquista de um mandato de deputado estadual, o empresário Ricardo Costa, da coligação integrada pelo PSDC, faz, hoje, a partir das 18 horas, uma grande mobilização no Recife em torno da inauguração de seu comitê eleitoral.  Fica na Avenida Agamenon Magalhães, na antiga sede da Inabi, perto do Hospital  Português.

Ricardo Costa está fazendo dobradinha com vários candidatos a deputado federal de peso, como Roberto Magalhães, Raul Henry, Edgar Moury e Renildo Calheiros, que deverão estar presentes no evento. Deverão também dar uma passadinha por lá o candidato a governador da União por Pernambuco, Mendonça Filho e o candidato ao Senado Jarbas Vasconcelos. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

4)Presidente sem reeleição. Mandato 7 anos.O número da perfeição. É isso. PROFISSIONALISMO POLÍTICO TEM QUE ACABAR. O FEUDO, A CAPITANIA HEREDITÁRIA. A FAZENDA DO ESTADO NÃO É DE ALGUNS. É DO POVO.

Raimundo Eleno dos Santos

3)o profissionalismo político. Cada político eleito só poderia ser(se eleito) candidato novamente após duas legislaturas.Haveria uma renovação natural dos quadros. Essa bandelheira seria diminuta. Jamais deixará de existir. O poder tem seus encantos. Presidente sem reeleição. Mandato 7 anos.

Raimundo Eleno dos Santos

2)de acertar. Sim, porque de todos os partidos com assento muitos, de alguma forma o são. Uns mais outros menos. Uns são sanguessugas, outros comem uma beiradinha, como falou Ney Suassuna. Finalmente, fica muito difícil opor-se ao retorno desses elementos. Acho que deveria ser coibido o

Raimundo Eleno dos Santos

1)Lamentavelmente o Congresso Nacional é composto, em sua maioria, de empresários e testas-de-ferro destes.Os grandes potentados colocam lá os seus títeres. O povo mesmo é pouco representado. Quando se falou, o Lula falou, que no Congresso Nacional tinha cerca de 300 picaretas, esteve bem perto



22/09


2006

Lula diz que num segundo turno vai a debates todo dia

O presidente e candidato à reeleição Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta sexta-feira que, num eventual segundo turno, aceitaria debater 24 horas por dia. No entanto, ainda não decidiu se participará do último debate entre presidenciáveis na televisão, marcado para a próxima quinta-feira.

''Se eu for para o segundo turno, eu faço um debate diário. Se vocês quiserem, eu fico das 5 da manhã às 5 da madrugada do dia seguinte fazendo debate. Eu gosto de debate'', disse Lula, em entrevista à rádio CBN.

O presidente fez questão de ressaltar que a não-participação em outros debates não tem a ver com sua posição nas pesquisas. ''Em 2002, eu estava à frente das pesquisas e participei de todos os debates'', disse.

Ele voltou a afirmar que a decisão de um governante participar de um debate tem reflexos sobre o Estado, mas também usou a postura dos adversários como justificativa.

''Você não dá uma satisfação [à população] indo num debate com adversários que fazem o que estão fazendo'', disse Lula.

Em outro momento, foi mais incisivo, dizendo que sua presença só ajudaria ''a fazer um palanque'' para seus adversários. ''Eles trabalhem o tanto que eu trabalhei para chegar à posição que estou hoje'', afirmou.

Mais uma vez, Lula recorreu a metáforas futebolísticas. Sobre a empolgação dos adversários para que ele participe dos debates, disse que ''é como jogar contra o Corinthians: você tem vontade de jogar mais''.

Ao falar da economia, disse que seu governo criou toda a estabilidade necessária para o país crescer e que, num segundo mandato, será ''só correr para o abraço''. Informações da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Rodrigues da Silva

Aceita não! Não têm o que dizer!

Paulin de Caruaru.

Os 150 bilhões de juros pagos aos ricos já foram absorvidos,agora a esmola do bolsa família quando a bomba fiscal estourar,vai acabar e os pobres vão voltar à merda sem nenhuma qualificação.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

O que incomoda essa camarilha golpista, reacionária, nazi-fascista e saudosista da ditadura não é a suposta corrupção do governo Lula. Em corrupção a direita tem PhD. O que incomoda é que Lula está reduzindo a desigualdade entre ricos e pobres e é isso que desagrada esses elitistas.

Raimundo Eleno dos Santos

É só dizer isso para o povo,que em outros governos nada fez por eles.Sim.Lula fala a lingua do povo.Ele tem a alma do povo.Trabalha para o povo.Não trabalha para os potentados da Av.Paulista.De certa forma os da Av. Paulista estão sendo beneficiados.O povo que não consumia passou a consumir. É isso.

Carlos

Haaaa. já vai ter segundo turno? Agora o apedeuta fala minha língue. ele que fezmaispelacorrupçãoquetodsos...45nnnnnneeeeeeeeelllllllllleeee!!!!!!!!!!!!!


Banco de Alimentos

22/09


2006

Agenda dos candidatos ao Governo de Pernambuco

 

Na reta final da campanha, os principais candidatos ao Governo de Pernambuco, Mendonça Filho (PFL), Humberto Costa (PT) e Eduardo Campos (PSB), intensificam os compromissos de campanha em todo o Estado.

 

Mendonça Filho, da União por Pernambuco, começou a agenda de campanha de hoje apoiado nos candidatos a vice, Evandro Avelar (PSDB), e ao Senado, o ex-governador Jarbas Vasconcelos (PMDB). Ambos visitaram o comércio do Centro de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR). À tarde, os três postulantes realizam caminhada no comércio do Centro do Recife, na avenida Dantas Barreto.

 

À noite, Evandro e Jarbas se revezam com Mendonça, entre a RMR e o Agreste. Enquanto a dupla realiza caminhada no Alto de Santa Isabel e em Dois Unidos, na Zona Norte do Recife, Mendonça Filho segue para Cachoeirinha, onde faz comício. O governador-candidato encerra seu dia de campanha em Santa Cruz do Capibaribe, onde participa de caminhada com discurso.

 

Humberto Costa, da Melhor pra Pernambuco, dedica boa parte da sua agenda de campanha de hoje à Região Metropolitana do Recife. Às 8h30, visitou o Centro comercial de Ipojuca. Em seguida, às 11h, concedeu entrevista a uma rádio em Jaboatão dos Guararapes. Ao meio-dia, almoça no Recife com representantes de comunidades de terreiros de candomblé de Pernambuco. À tarde, Humberto Costa faz caminhada em Cruz de Rebouças, em Igarassu. Às 17h, o petista promove uma grande caminhada no Centro do Recife, em prol da sua candidatura e das do presidente e postulante à reeleição Lula (PT) e do candidato ao Senado Luciano Siqueira (PCdoB). A caminhada deve iniciar na Praça Oswaldo Cruz e seguir pela avenida Conde da Boa Vista, até a rua da Aurora.

 

Após o ato no Recife, Humberto Costa ainda segue para a Zona da Mata Norte, para mais compromissos de campanha. Em Carpina, faz caminhada e comício-relâmpago. Em Aliança, Vicência e Paudalho, também faz comícios.

 

Eduardo Campos, da Frente Popular, dedica sua agenda de campanha de hoje a carreatas e comícios nas cidades sertanejas de Arcoverde, Sertânia, Serra Talhada e Salgueiro. Informações da Folha de Pernambuco. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Gláucio José Araujo Vaz

É não da o mesmo spaço ao futuro Governador É EDUARDO É 40

milton tenorio pinto junior

Gostaria que os candidatos da oposição se comprometessem a acabar com as taxas abusivas não só da Celpe e Compesa,mas com o roubo que é o Detran.O sr. Jarbas e Mendonça não acabaram com a pouca vergonha.Imagine renovar a carteira custa R$ 80,00!Pior que Assalto a mão armada.

roberto lima

Ir a debates como? ele não sabe de nada, não viu nada, não tem como justificar o estelionato eleitoral da ultima campanha etc. Vai fazer o quê nos ensinar português?



22/09


2006

Humberto Costa: "A população vai entender"

O candidato ao Governo Humberto Costa, ontem, em visita ao  município de Tabira, procurou minimizar os efeitos que o “escândalo do dossiê” poderá ter sobre as eleições. O petista, no entanto, admitiu que o caso cria “um ambiente ruim” para a realização do pleito, inclusive no que diz respeito às disputas estaduais. “Os candidatos do PT nos estados não têm nada a ver, acho que a população vai entender isso. Mas não cria um ambiente bom isso tudo”, avaliou.

Humberto também defendeu que o afastamento de Ricardo Berzoini da coordenação da campanha de Lula foi uma medida “preventiva”. “De outra forma, ele teria que passar a campanha inteira dando explicações, se defendendo. Acredito na inocência dele, mas achei correto ele sair até que tudo se resolva”, explicou o postulante, depois de participar de um grande comício, com lideranças políticas e trabalhadores rurais de toda a região do Pajeú.

Em seu discurso, o federal Armando Monteiro Neto disse que “só existe um candidato de Lula”. “Humberto não está numa fotografia de ocasião, ele tem uma história de luta ao lado de Lula”, soltou, tentando desqualificar a proximidade de Eduardo com o presidente. 

Apesar de não contar com o apoio de duas grandes lideranças de Arcoverde, o prefeito José Arlindo Pacheco e a ex-prefeita Rosa Barros, Humberto marcou seu espaço no município, ontem, em carreata com cerca de 200 veículos. A militância de Eduardo Campos e Mendonça Filho estava nas ruas, mesmo assim, o petista foi bem recebido. Informaçoes da Folha de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Drácula

Ahhh VAMPIRO PARAGUAIO... SUA SORTE É QUE POVO É GADO, INFELIZMENTE....POR ISSO É QUE VOCÊ PODE DIZER UMA BOBAGEM DESSAS.....NO XILINDRÓ QUERO VER VOCÊ ENROLAR SEUS COMPANHEIROS DE CELA.....

LandRover

Deposição Já! Dossiê: não adianta explicar. Deposição Já!

cristiano lins de amorim

não esqueçam, o numero de PINOQUIO é 35 % AGORA ,O DO NOSSO GOVERNADOR É 40 -EDUARDO CAMPOS. alguém tem dúvidas? aceito apostas.gente, contra os fatos não há argumentos,matematica é ciência exata. É LULA LÁ E EDUARDO CÁ.


Jornao O Poder

22/09


2006

Eduardo mobiliza multidão em passeata no centro

Ainda que tenha seus menores índices de intenção de voto registrados na Região Metropolitana do Recife, o candidato da Frente Popular ao Governo de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), realizou, ontem, um dos maiores eventos desta campanha, ao reunir milhares de pessoas - estimativas da organização contabilizam cerca de 50 mil - durante passeata na avenida Conde da Boa Vista, no centro do Recife.

Em um carro aberto, estavam, além de Eduardo, a viúva do ex-governador Miguel Arraes, dona Magdalena Arraes, os candidatos a vice, João Lyra Neto (PDT), e ao Senado, Jorge Gomes (PSB), além do escritor Ariano Suassuna (PSB), e de sua esposa e filhos. O evento foi orçado em R$ 20 mil, de acordo com o coordenador de campanha do candidato, o vereador Danilo Cabral (PSB).

 Dividida em alas, a passeata trouxe segmentos de motoqueiros, ciclistas, palhacinhos, que se somaram à militância tradicional, que portava bandeiras e vestia o chapéu de palha, além de oito embarcações que assistiam à caminhada do rio Capibaribe. Dezoito candidatos proporcionais reforçaram o evento mobilizando seus eleitores, que chegavam em ônibus ao local de concentração, a praça Oswaldo Cruz. “Eu trouxe um trio elétrico, quatro carros de som e mil pessoas da comunidade”, disse o deputado estadual André Luís Farias (o Alf, PDT), que atua em Olinda.

Mereceram destaque ainda as críticas políticas trabalhadas durante a campanha de Eduardo, como a suposta dívida do pai do governador-candidato Mendonça Filho (PFL), o deputado federal José Mendonça, ao Banco do Nordeste, e o aumento dos impostos da conta de energia, que foi encenado em um carro alegórico que trazia três atores representando a dona de casa, o estrangeiro que comprou a Celpe e Mendonça com uma conta de energia gigante.

Nas bandeiras, que se alternavam entre os dizeres “Eduardo é Lula” e “Lula é Eduardo”, a vinculação ao apoio e a história, como ministro, ao lado do presidente Lula (PT). O percurso, do início da Conde da Boa Vista à praça do Carmo, na Dantas Barreto, foi realizado em 1 hora e meia. Informações da Folha de Pernambuco. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

cristiano lins de amorim

A DECADENCIA DE PINÓQUIO: não esqueçam, o numero de PINOQUIO é 35 % AGORA ,O DO NOSSO GOVERNADOR É 40 -EDUARDO CAMPOS. alguém tem dúvidas? aceito apostas.gente, contra os fatos não há argumentos,matematica é ciência exata. É LULA LÁ E EDUARDO CÁ.

Caro roberto lima... Concordo com voce... agora, diga isso a Merdoncinha... mande ele ir para os debates.. se tiver coragem !

REVERENDO... Melhor que os proporcionais levem uma multidão .. do que obrigar os cargos comissionados a ir... É uma caminhada do povo, e não de devedores de favor...

roberto lima

Enquanto existir carreatas, passeatas, carro de som , etc numa campanha politica, continuaremos sendo 3o. mundo.No 1o. se discute ideias. Ontem não consegui trabalhar em minha casa em camaragibe .Um carro de som repetia insistetemente o numero do sr josé chaves...... é dose

cristiano lins de amorim

A DECADENCIA DE PINOQUIO: não esqueçam, o numero de PINOQUIO é 35 % AGORA ,O DO NOSSO GOVERNADOR É 40 -EDUARDO CAMPOS. alguém tem dúvidas? aceito apostas.gente, contra os fatos não há argumentos,matematica é ciência exata. É LULA LÁ E EDUARDO CÁ.



22/09


2006

Mendonça: "PT agora é escândalo em série"

Com nove dias para as eleições, o governador-candidato Mendonça Filho (PFL) dividiu-se, ontem, entre o Agreste e a Região Metropolitana do Recife. Em Garanhuns, o pefelista disse ser “lamentável” mais um episódio envolvendo o PT nacional, especificamente, a saída de Ricardo Berzoini (PT). “O PT agora é escândalo em série. Começou com o Waldomiro (Diniz). Agora esse. É o segundo presidente do PT, em nível nacional, que se envolve no escândalo de dimensões assustadoras. O outro caiu com o dólar na cueca, agora outro escândalo com dinheiro estimado em R$ 1,7 milhão. Uma coisa escabrosa”, afirmou. Mesmo assim, Mendonça teve na carreata, de quase duas horas, a presença - e apoio - de diversos veículos com bandeiras do PT e PTB. Isso porque o prefeito da cidade, Luiz Carlos (PMDB), divide o apoio entre o plano nacional e o local. “É a posição política das lideranças que nos apoiam. O prefeito apoia minha candidatura e a de Jarbas (Vasconcelos - PMDB). Mas a opção dele para Presidência da República é pelo presidente Lula (PT). A gente respeita. É uma opção dele e do grupo político dele”, garantiu o pefelista.

O primeiro município do Agreste a ser visitado por Mendonça foi o de Correntes. Lá, foi recepcionado pelo presidente da Assembléia Legislativa, Romário Dias, e pelo prefeito da cidade, Ronaldo Amaral, ambos do PFL. Em seu discurso, Dias pediu aos eleitores empenho para a reta final da campanha. “Se aqui, no Agreste, conseguirmos 5% a mais de votos, levamos esta eleição no primeiro turno. Nenhum projeto encaminhado pelo Governo Jarbas (Vasconcelos) deixou de ser aprovado na Assembléia. Sempre mandaram projetos sérios. E temos um nome aqui com tudo que Pernambuco precisa de um governante. Tenho onze prefeitos nos apoiando e tenho a certeza que vamos dar a maior votação de governador dos últimos tempos a Mendonça”, disse.

Ronaldo Amaral relembrou obras trazidas pela gestão Jarbas e Mendonça. Segundo ele, a gratidão do povo deverá ser mostrada nas urnas, dando ao pefelista uma grande votação. Além de pedir votos para a chapa majoritária da União, Amaral pediu apoio, sem constrangimento, para Inocêncio Oliveira (PL). Informações da Folha de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Mendoncinha falando em ética? Chega a ser hilário, para não dizer ridículo. Afinal ele não é do PFL, o mesmo partido do cacicão (exemplo de ética?) ACM? Não é do partido que participou do governo FHC onde a PF era chapa branca e o MP também? Como pode este senhor falar em ética?

Severino Isidoro Fernandes Guedes

É isso aí senhor Raimundo. A corja conservadora do PSDB-PFL não quer ética coisa nenhuma. Quer é voltar ao poder com sua PF chapa branca e seu engavetador geral da República para encobrir os escândalos deles que em 500 anos são 500 vezes maiores que os do PT.

Drácula

É VERDADE MENDONCINHA... NEM JORNALISMO ONLINE ESTÁ DANDO CONTA DE COBRIR DIREITO TANTO ESCÂNDALO... JÁ TEM PORTAL PENSANDO EM CONTRATAR REFORÇOS, PARA CUIDAR DE CADA CASO DESSA QUADRILHA ORGANIZADA DO PT......

cristiano lins de amorim

A DECADENCIA DE PINOQUIO: não esqueçam, o numero de PINOQUIO é 35 % AGORA ,O DO NOSSO GOVERNADOR É 40 -EDUARDO CAMPOS. alguém tem dúvidas? aceito apostas.gente, contra os fatos não há argumentos,matematica é ciência exata. É LULA LÁ E EDUARDO CÁ.

Raimundo Eleno dos Santos

É, porque não existe gavetas nem engavetadores, nem tapetes e nem armários.Todos eles estão sendo vasculhados.A sujeira de 500 anos está ainda muito espessa, mas o Lulalbriol está em ação. O Brasil será levado pelas mãos do Torneiro-Mecânico de Caetés-PE para o 1º Mundo.