Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

23/04


2008

Tratado de Itaipu deve ser mantido, alerta Collor

 O senador Fernando Collor (foto), do PTB de Alagoas, defendeu, nesta quarta-feira (23), a manutenção do Tratado de Itaipu, que rege o aproveitamento hidrelétrico do Rio Paraná por Brasil e Paraguai e se estende até 2023. Fernando Lugo presidente paraguaio eleito esta semana, questiona os termos do acordo - assinado em 1973, durante o regime militar -, acusa o Brasil de imperialismo e reivindica "um preço justo" para a compra da energia excedente pelos brasileiros.

“Tratado é para ser preservado, esse é um dos princípios do direito internacional. É imutável, não se pode em momento algum cair na tentação de modificar uma vírgula sequer” – frisou Collor.

Collor demonstrou temor pela onda de instabilidade nas fronteiras da América Latina, com processos conflituosos de luta por autonomia de certas regiões. Para ele, rever o contrato é abrir um precedente que pode até "colocar em risco a integridade territorial brasileira". (Agência Senado).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

Collor presidente ainda é melhor que Lula...


O Jornal do Poder

23/04


2008

Lula: "Brasil tem sido alvo de leviandades"

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o Brasil tem sido alvo de "leviandades" ao rebater as críticas sobre o aumento da produção agrícola e de biocombustível no país. Segundo Lula, quando o Brasil deixa de ser o coadjuvante e passa a ocupar papel de destaque na questão agrícola, "as pessoas ficam incomodados".

"As pessoas começam a ficar incomodadas com o Brasil. Até com leviandades contra o Brasil".

O presidente Lula voltou a defender que o aumento no preço dos alimentos não tem relação com a produção de biocombustível. Para o presidente, ninguém comenta o impacto do aumento do preço do petróleo na produção de alimentos.

"Essas pessoas nunca fizeram uma crítica ao preço do petróleo que salta de US$ 30 para US$ 120", disse ao participar de cerimônia de comemoração aos 35 anos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), no Palácio do Planalto. Do Portal Terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

De levianos do próprio PT....

S. C. B. M.

DESDE 2003 QUE ESTAMOS SOFRENDO DE LEVIANDADES. TE CUIDA BRASIL ESTAMOS CERCADOS DE LOBOS CAMUFLADO DE CORDEIROS. BRASIL QUE PAIS DE TOLOS.

milton tenorio pinto junior

Vai trabalhar e desce do palanque.

Paulo Kigrer

Dos levianos, nenhum te supera, ó Inácio!


Abreu no Zap

23/04


2008

CPI das ONGs revela novos esquemas na Universidade

 A CPI das ONGs no Senado revelou hoje um esquema de relações familiares em contratos e convênios feitos na Universidade de Brasília (UnB) envolvendo o ex-diretor da Editora UnB, Alexandre Lima, que era braço direito do reitor afastado Timothy Mulholland (foto). Em depoimento à CPI, Lima, que já responde a ação por enriquecimento ilícito, admitiu que sua esposa, filho e amigos recebem dinheiro por contratos que ele mesmo coordenava.

Até antes do depoimento de Alexandre Lima, os casos mais famosos de irregularidades envolvendo seu nome foram compras suspeitas como a de nove canetas de luxo Mont Blanc por R$ 9 mil, em dezembro, e jantares suntuosos com dinheiro de um convênio de atendimento à saúde de povos indígenas entre a UnB e a Funasa, órgão do Ministério da Saúde. Na condição de diretor da Editora UnB, Lima era o coordenador do projeto.

Mas perguntas feitas pelo senador Álvaro Dias (PSDB-PR), membro da CPI que recebeu dados do Ministério Público do Distrito Federal (MPDF) sobre investigações na UnB, revelaram novas suspeitas, dessa vez de tráfico de influência para a montagem de um verdadeiro “esquema familiar” na celebração de contratos e convênios da universidade. (Último Segundo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

ESCÂNDALOS. ACREDITO QUE ANTES DESTE ÉTICO GOVERNO SAIR, O BRASIL ENTRARÁ O LIVRO DOS RECORDES. BRASIL O PAIS DOS ESCÂNDALOS.

roberto lima

ABSURDO: em vez da tv sen. transmitir as CPI''S os probos e honrandos senados resolvem nos privar desse direito.Têm medo de que suas maracutaias, roubos, casos com amantes etc sejam tranmitidas ao vivo e a cores. O que fizeram ?Estabeleceram prioridades para a tv. sen. e por ultimo está a CPI.



23/04


2008

Garibaldi: "Congresso Nacional está na UTI"

 O presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), afirmou nesta quarta-feira que o "Congresso Nacional está na UTI” por causa da demora na votação das matérias em pauta.

- Há um descompasso [entre a Câmara e o Senado]. O Congresso está na UTI. Estamos buscando a recuperação. Eu mesmo reconheço que o Senado tem votado muito pouco. Não podemos continuar com a pauta tipo conta-gotas. Aqui e acolá vem um projeto e é votado. É verdade que as medidas provisórias contribuem para isso, mas às vezes não é apenas o governo que emperra a atividade do Legislativo. A oposição também, ao obstruir a pauta do Senado - afirmou. Da Agência Brasil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

roberto lima

na lama, lama, l - a - m - a , senador!!!!. Por que tanta modéstia??????



23/04


2008

Os casos Isabella e Serrambi

Não costumo comentar tragédias. Pois, infelizmente, quando estou diante delas, tenho, em alguns instantes, sede de vingança. Porém, esta não convém no Estado democrático de Direito. Por isto, não defendo "o fazer justiça de imediato". Prefiro aguardar o devido processo legal.
 
Porém, não consigo deixar de comentar o comportamento das instituições e de alguns juristas nos casos Isabella e Serrambi. No primeiro caso, a polícia coletou mais de 50 depoimentos. Diversas provas técnicas serão anexadas ao inquérito. Por conta disto, o promotor terá subsídios suficientes para oferecer a denúncia ao Poder Judiciário.

 

No caso Serrambi, faltam provas técnicas/periciais. Poucas pessoas foram ouvidas, apesar do volumoso inquérito encaminhado à Justiça. O depoimento de uma única testemunha faz com que os acusados pelo crime estejam presos. Repito: o depoimento de uma única testemunha.

 

O debate nas últimas horas é se o pai e a madastra de Isabella deveriam ser presos. Diversos juristas e promotores são taxativos: deve-se respeitar o devido processo legal. Os acusados, pai e madastra, possuem residência fixa e ao serem chamados pelas instituições coercitivas, comparecem. Portanto, qual é a razão deles serem presos?

 

Mas, observem: os acusados do caso Serrambi estão presos, mas nunca intimidaram a Justiça e sempre que foram chamados por ela, compareceram. Ambos têm endereços fixos. Portanto, qual é a razão deles estarem presos?

 

O devido processo legal deve ser para todos, e não para alguns. Assim é no Estado de Direito. Ambos os casos, quando comparados, mostram claramente como as instituições coercitivas no Brasil são seletivas. Para alguns o rigor total da Lei, sem margem para interpretações; para outros, o benefício concedido por ela.

 

Do blog de Adriano Oliveira


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jose francisco de oliveira Teixeira

Mas esa era a máxima do antigo interventor de Getú- lio Vargas no Pará, General Magalhães Barata: aos amigos, os favores da Lei; aos inimigos, a Lei!!!

jose carlos da silva

As leis foram criadas para proteger os vivos. Aos mortos caixão, flores e orações.

Gilberto Carvalho Moura

Dona Rosangela, sempre vou preferir "o devido processo legal". Linchamento não é minha praia. E não me venha falar de posses pois não vejo virtude alguma em ser pobre ou defeito algum em ser rico. A Justiça é para todos, apenas não socorre a quem dorme.

JARBASTA

Paulo Kigrer ou Paulo Kriger...tudo uma bosta só.

JARBASTA

Sr.Paulo Kriger queria que o senhor na "sua santa sabedoria" apontasse em que eu me equivoquei no meu comentário. Não vim aqui defender menor infrator, mas com certeza não falei nenhuma inverdade. Lembra-se do caso João Hélio? Tu és um bundão metido a sabedor de tudo..


Banco de Alimentos

23/04


2008

Cortes nos ministérios chegam a R$ 16,9 bilhões

 Os ministérios das Cidades, da Saúde e do Turismo foram os que sofreram os maiores cortes orçamentários absolutos no bloqueio de despesas promovido pelo governo, revelou decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira.

O orçamento das Cidades foi reduzido em 2,720 bilhões de reais, para 3,213 bilhões de reais e o da Saúde sofreu um corte de 2,594 bilhões de reais, para 40,656 bilhões de reais.

O corte do Turismo foi de 2,233 bilhões de reais, um dos maiores em termos relativos, levando a autorização de despesas da pasta para apenas 395,5 milhões de reais.

O contingenciamento total do Executivo chegou a 19,192 bilhões de reais. Somados ao bloqueio de verbas do Legislativo e do Judiciário, o corte orçamentário chega a 19,4 bilhões de reais. (Reuters)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

A SAÚDE JÁ ESTA NO FUNDO DO POÇO; DOENTES EM MACAS NO CHÃO, SENTADOS NAS CADEIRAS POR NÃO TER LEITOS (NOS CORREDORES) FALTANDO REMÉDIOS PARA TRANSPLANTADOS E O GOVERNO FEDERAL AINDA CORTA DA SAÚDE 2,594 BILHÕES, SÓ FALTA AUTORIZAR A EUTANÁSIA.



23/04


2008

Aprovado parecer de Jarbas que muda inelegibilidade

 A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou hoje parecer favorável do senador peemedebista Jarbas Vasconcelos (foto) a projeto de autoria do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) que altera a Lei de Inelegibilidades.

Pelo projeto, quem já tem cargo eletivo (prefeitos, governadores, vereadores, deputados, senadores) e quer se candidatar à reeleição precisa ter as contas do exercício anterior aprovadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), com a ação julgada na Justiça.

Atualmente, para concorrer às eleições, o candidato com contas rejeitadas pode protocolar uma ação na Justiça para reverter a decisão do TCU.

O relator explicou que, pela legislação em vigor, basta que a decisão relativa às contas tenha sido submetida à apreciação do Poder Judiciário para que o candidato continue elegível para as eleições que se realizarem nos cinco anos seguintes, a partir da data da decisão. A proposta ainda será examinada em plenário do Senado. (Da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

Essa bateu no rim de Lex Luthor(dudu)....

milton tenorio pinto junior

O reizinho de Pe que deixou a Saúde um bagaço, e Eduardo Campos e seu Secretário incompetente continuam deixando o mesmo bagaço. A Farmacia do Estado faltam remedios imprescindiveis para a população, questão de vida ou morte. E esses caras não tão nem aí. Verdadeiros irresponsáveis.

milton tenorio pinto junior

Vai ter muito politico chorando se for aprovado.

Maurício Barbosa

Parabéns Senador! Agora esse foi direto para Eduardo Campos, pois todos sabem que o menino é ruim de contas públicas...

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Seria muito bom que um dos primeiros a inaugurar sua própria lei fosse esse senador raivoso que gosta de posar como ético e coerente, mas pra quem o conhece a fundo não é nem uma coisa nem outra.


Jornao O Poder

23/04


2008

Governo cede e libera venda de bebidas em estradas

 O governo cedeu às pressões de revendedores e deve liberar em breve a venda de bebidas alcoólicas em comércios instalados em estradas que cortam perímetros urbanos. A proibição ficará limitada à zona rural.

O acerto foi feito entre o ministro das Relações Institucionais, José Múcio, e líderes da base aliada em reunião nesta quarta-feira (23). O tema das bebidas alcoólicas consta de uma medida provisória, cuja votação está prevista para esta quarta.

“Antes o objetivo da medida provisória era limitar a venda. Agora, vamos aumentar a fiscalização e penalizar quem dirige alcoolizado”, disse o líder do PT na Câmara, Maurício Rands (PE), após a reunião. Do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

Por falar em bebado "Cú Bebado Não Tem Dono" onde anda a desgraça do Grangeiro?

joao daniel neto

Perai macho perai macho...

milton tenorio pinto junior

Olha Daniel ! Batista tirando onda.

Pedro Batista Filho

Daniel, chegasse na hora de dormir. Boa noite a todos.

joao daniel neto

Atenção galera cheguei...Isso aí tem que punir quem ta bebado multa logo o pingunço do Lula só vive com o tolé cheio de pinga....



23/04


2008

JB denuncia suposto dossiê contra ministros do TSE

 A coluna Informe JB, do Jornal do Brasil (Rio), traz na edição de hoje (23) a notícia sobre a existência de um suposto dossiê contra ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O calhamaço teria a função de pressionar aqueles magistrados a votarem favoravelmente pela cassação do mandato do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), na foto.

Assinada pelo jornalista Leandro Mazzini, a nota é a seguinte: "Não se sabe quem foi o pioneiro no setor, mas essa história de dossiê para intimidar adversários transcendeu as paredes do Planalto. Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral andam a passos calculados com a revelação de um deles: o ex-presidente de um banco estatal, expert no assunto, teria levantado dados contra dois da turma".

"O caso envolve o julgamento do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), suspeito de irregularidades na campanha de reeleição.
Suspeita-se de um movimento político para tirar o governo de Cássio. O senador José Maranhão (PMDB-PB), segundo colocado na eleição de 2006, seria o beneficiado com o cargo".

O advogado dele, Fernando Neves, teria confidenciado a um amigo o desejo de pular fora do caso antes que a toga pegue fogo. Os supostos dossiês seriam para forçar os ministros na decisão contra Cássio".

"O povo está querendo criar um factóide", disse Maranhão à coluna. O senador admitiu que, há alguns meses, esteve no TSE, numa visita de cortesia a ministros, acompanhado dos presidentes do PMDB (seu partido), Michel Temer, e do PT, Ricardo Berzoini. Não por acaso, o vice de Maranhão é petista. Mas o senador garante: não fez mais visitas. E onde entra o ex-banqueiro nisso tudo? Ele é da Paraíba. Agora, cabe a pergunta: Por que a turma do TSE temeria um dossiê?"


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha