Lavareda

29/03


2008

CPI dos Cartões volta a se reunir em primeiro de abril

Cairá no dia primeiro de abril, o chamado dia da mentira, a próxima reunião da CPI dos Cartões Corporativos, quando a oposição fará nova tentativa de aprovar requerimentos pedindo dados considerados sigilosos pelo Palácio do Planalto, informa da repórter do blog em Brasília, Vanessa Laurino.

Um dos requerimentos, do senador Alvaro Dias (PSDB-PR), requer a transferência de todos os dados relativos às despesas efetuadas por cartão corporativo, contas tipo “B”, ou mecanismos congêneres, resguardados por quaisquer modalidades de sigilo ou não, no âmbito do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da primeira-dama Marisa Letícia, do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e de dona Ruth Cardoso. A base aliada do governo já avisou que não aprovará nada nesse sentido, nem no dia da mentira.

No dia seguinte, a CPI deve ouvir a ex-ministra Matilde Ribeiro, que pediu demissão depois de revelado que ela usou o cartão corporativo para fazer compra num free shop. A pergunta que toda a oposição quer fazer: o que foi que ela comprou?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

Logo no dia primeiro de abril. É muita coincidência.

Pedro Batista Filho

Sou a favor da total apuração dos fatos referentes aos cartões corporativos, mais gostaria também que a mídia de uma maneira geral, inclusive o Sr Magno, também exigisse as apurações no estado de São Paulo, onde foi gasto R$107 milhões em 2007, e ninguém da (grande)mídia fala.

joao daniel neto

Esse é o dia favorito do presidente lula...

JARBASTA

1º de abril, dia mentira, quanta coincidência.


ALEPE

29/03


2008

Deputado denuncia cobrança de propina no IML

O deputado Augusto Coutinho, da bancada do DEM na Assembléia Legislativa de Pernambuco, revela funcionários do Instituto Médico Legal de Pernambuco (IML) estão cobrando propina para liberar corpos. Coutinho disse que, ao participar do velório de um jovem vítima de assalto no Recife, recebeu a denúncia de um familiar de que os parentes tiveram de pagar a um funcionário do IML para que o corpo fosse liberado.

Após averigüar, o deputado constatou se tratar de uma prática corriqueira no IML. O parlamentar cobra providência ao Governo. “Se é para submeter a população a este tipo de desrespeito, que o governo terceirize o serviço, que contrate empresas capacitadas a exercer a função”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Pedro Batista Filho

Eu não disse.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

... a moeda de troca era o voto em alguns deputados da base jarbista (inclusive o próprio Coutinho) que se utilizava de sua influência na empresa para fazer esse terrorismo todo e atemorizar pessoas simples e humildes. Esse é o estilo DEMO de governar, e eu sou testemunha de alguns desses casos.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

... afinal Coutinho teria testas de ferro numa tal de "Liber", terceirizada que casava e batizava mo governo Jarbas, perseguindo e atemorizando humildes funcionários, sobretudo em hospitais do interior. Essa empresa utilizava-se de demissões e contratações politiqueiras...

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Essa questão de propina é uma coisa antiga é uma verdadeira máfia que envolve funerárias, IML e até funcionários de hospitais. Quanto a terceirização isto é uma verdadeira idiotice. só não é idiotice para o dep. Augusto Coutinho do DEMO que deve estar advogando em causa própria...

Pedro Batista Filho

De propina o deputado dos #DEMONIOCRATAS# entende bem, agora terceirizar os serviços do IML? Só se ele tivar querendo colocar uma empresa ligado ao próprio, para arrumar uma boquinha.


O Jornal do Poder

29/03


2008

José Múcio entra na mira da CPI dos Cartões

O ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, entrou na mira da oposição, informa a repórter do blog em Brasília, Vanessa Laurino. O jornal ''O Estado de São Paulo'' informa hoje que ele participou de reunião com os ministros Dilma Roussef (Casa Civil) e Paulo Bernardo (Planejamento) para discutir sobre o levantamento de dados dos gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que foram usadas para montar um dossiê, embora do Palácio do Planalto insista em chamar de relatório. Já tem gente querendo convocar o ministro a se explicar. Basta saber se ele será blindado como Dilma, já que a oposição quer a cabeça de alguém e o PT sempre almejou o cargo de Múcio.

O signatário deste blog revelou, na última quarta-feira, que Múcio não acompanhou o presidente Lula na viagem a Recife por estar preocupado com a possível convocação de Dilma na CPI. O requerimento acabou derrubado por maioria esmagadora. Diz o ''Estadão'': ''A operação dossiê saiu de pelo menos duas reuniões realizadas no Planalto, sob comando da ministra Dilma Rousseff e com participação dos ministros Paulo Bernardo (Planejamento), José Múcio Monteiro (Relações Institucionais) e Franklin Martins (Comunicação Social)''.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

guilherme alves

O udenismo continua em marcha.

joao daniel neto

Outro babão...passou de quebrado para babão...


Abreu no Zap

29/03


2008

Presidente do Senado quer distância da crise

Quem está assistindo de camarote a crise no governo por causa dos cartões corporativos é o presidente do Congresso, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN). Ele mesmo admite. Quando é procurado pela imprensa, já avisa: ''Aqui não tem notícia não, só do lado de lá'', informa a repórter do blog em Brasília, Vanessa Laurino.

A sala em que a CPI dos Cartões se reúne é no lado oposto da ocupada por Garibaldi. No ano passado, a crise se instalou na cadeira do presidente, o que levou Renan Calheiros (PMDB-AL) a renunciar a vaga de presidente do Senado e abriu caminho para Garibaldo ocupá-la. Com a crise envolvendo a ''mãe do PAC'', ninguém está preocupado com o que anda aprontando Garibaldi.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Pedro Batista Filho

A crise que existe, é a crise do desespero dos Tucanos e #DEMONIOCRATAS#

Severino Isidoro Fernandes Guedes

A única crise que existe é a da oposição incompetente, que vive de CPIs fajutas e batendo cabeça com a falta de propostas e projetos para o país. No governo foram desastrosos, sempre, na oposição conseguem ser piores ainda. De crises fabricadas pelo PIG já estamos cheios.

guilherme alves

Que crise? A do crescimento? Pois é essa que muita gente não quer, e ficam plantando abobrinhas.



29/03


2008

Quem vencerá? A Coca-Cola ou a cerveja Cintra?

Em Belo Jardim, no Agreste pernambucano, a campanha para prefeito será feita este ano em cima de duas marcas de bebidas consagradas, uma internacionalmente - a Coca-Cola e outra local, a cerveja Cintra. A primeira diz respeito ao nome do candidato escolhido pelo grupo Mendonça - Marco Coca-Cola, lançado pelo prefeito João Mendonça Bezerra. A segunda, do ex-prefeito Cintra Galvão, que polariza, historicamente, as eleições com a família Mendonça.

Sendo assim, partidários de ambos candidatos já começaram a burlar a lei explorando um modo forjado de criatividade. Os Mendonça espalharam adesivos com a logomarca da Coca-Cola, enquanto os aliados do candidato da oposição reagiram com panfletos fazendo referência à cerveja Cintra. O que diz a justiça eleitoral com essa propaganda fora de época?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

REVERENDO

MEUS IRMÃOS: O ÁLCOL FAZ MAL A SAÚD!!! TEMOS QUE NOS CONTENTAR COM COCA-COLA

paulo roberto dos santos

Cerveja embebeda, deixa o cara doido, sem saber o que fazer, e dá uma ressaca da gôta serena!!!

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Não tomo álcool, mas diante dessas duas opções sou mais a cerveja Cintra. Desce melhor e mais redondo que o DEMO.


Banco de Alimentos

29/03


2008

Coluna de hoje na Folha

       Ministra sob suspeita

O presidente Lula e seus aliados tentaram amenizar, ontem, o impacto da repercussão bombástica da matéria da Folha de São Paulo, na qual foi descoberto que a secretária-executiva da Casa Civil, Erenice Alves Guerra, braço direito da ministra Dilma Rousseff, teria montado o dossiê no Planalto contra a família do ex-presidente FHC.

O fato é gravíssimo e, num governo sério, já teria levado o presidente a demitir a ministra. Nenhuma subordinada tem tamanha autonomia para fazer as peraltices de Erenice se não estiver acobertada, com carta branca do chefe superior. Tão logo a Veja noticiou a existência do dossiê, Dilma ligou para a ex-primeira-dama Ruth Cardoso para desmentir a revista.

Com o envolvimento direto da sua faz-tudo na Casa Civil, a ministra revela uma desfaçatez de causar inveja a qualquer áulico da república petista. Mas Lula, achando que com a popularidade nas estrelas pode tudo, porque está endeusado, ignorou completamente o crime cometido por Erenice e acobertado pela ministra mais influente do governo.

Mais tarde, quando fatos novos e relevantes forem aparecendo sobre o episódio, a ponto de sangrar a ministra e o governo, Lula sairá dizendo por aí, mais uma vez, que não sabia de nada. E assim, vai se safando. 

MISTÉRIO – Ninguém sabe o que trouxe Ciro Gomes ao Recife, ontem, para uma conversa de duas horas com Eduardo Campos em local improvisado: no hangar da Base Aérea, onde logo cedo, o governador ali esteve para se despedir do presidente Lula, que reinou por três dias absolutos no Estado. Esta coluna antecipou, na quinta-feira, que Ciro iria procurar o governador, mas no almoço que teve, ontem, com seis jornalistas, Eduardo fez o maior mistério sobre a pauta do encontro.

Escudo contra inveja - O governador Eduardo Campos é supersticioso e ligado a dogmas religiosos. Na festa do Morro da Conceição, em dezembro passado, ganhou de uma fã uma fitinha baiana do Bonfim e a mantém no braço direito até hoje. Diz que está protegido dos maus presságios e da inveja. E, certamente, dos que torcem contra o seu sucesso!

 

Dois pesos, duas medidas - O TRE cassou o mandato do vereador Iranildo Roberto, de São José do Egito, por infidelidade partidária. Não aceitou seu principal argumento, de que não havia suplente para assumir sua vaga. Mas, paradoxalmente, manteve o mandato de um vereador de Paranatama pelo fato de ali também não haver suplente. Algo está errado. Não pode haver tratamento diferenciado para casos iguais.  

 

O provocador - No ato que formalizou, ontem, o apoio do PSB à candidatura do deputado André Campos (PT) a prefeito de Jaboatão, o deputado Sílvio Costa (PMN) quis dar uma estocada em João Paulo ao perguntou a Fernando Ferro se ele representava o prefeito. Ferro amarelou, mas disse que André tinha a simpatia do prefeito.

 

Parada dura - Até os partidos de oposição em Surubim já reconhecem que não será tarefa fácil bater o prefeito Flávio Nóbrega (PT), em razão do reconhecimento da população ao excelente governo que faz. Nóbrega mudou a fisionomia da cidade, investiu fortemente no social e virou referência em termos de gestão na cúpula do PT.

 

Curtas

 

LARGADA – O presidente do PMDB, Dorany Sampaio, foi a Petrolina prestigiar o ato que formalizou a candidatura do oftalmologista Júlio Lóssio (PMDB) a prefeito do município. Voltou impressionado com a repercussão.

 

O TIME – No almoço que o governador fez, ontem, com seis jornalistas em Palácio, entre eles este colunista, só estavam presentes três secretários: Evaldo Costa, Ricardo Leitão e Geraldo Júlio, além de Waldemar Borges e João Lyra.

 

AGENDÃO– Armando Monteiro Neto tem agenda de campanha neste fim de semana. Hoje, estará em Santa Cruz do Capibaribe, depois segue para Águas Belas e amanhã conclui a maratona em Paulista, num encontro com taxistas.

 

Leia a Bíblia. Ela te leva à salvação com o Senhor Jesus!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

paulo roberto dos santos

Magno você escreveu corretamente a palavra DESFAÇATEZ, pois não tem o R que o Sr.Gisonaldo Grangeiro falou textualmente, OK?

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Sábias palavras Pedro Batista, concordo plenamente com você. E digo mais, agora que só tem a tribuna do Senado para dizer suas baboseiras a tendência desse rancoro e traiçoeiro senador (com licença da palavra "Jarbas") é vestir o pijamão da aposentadoria precoce. Qie descanse em paz!

Pedro Batista Filho

O "çábios" com "ç" é proposital, com a devida autorização do inteligente jornalista Élio Gaspari.

Pedro Batista Filho

Jarbas é um frustrado porque só conseguiu popularidade a custa de muito inve$timento em marketing pessoal e mídia institucional. É um exemplo raro de quem fez um governo pífio e mediocre (de uma obra só - a 232 com recursos celpianos) mas que com a ajuda dos çábios goebelianos se deu bem.

JARBASTA

No programa da Gazeta deviam perguntar a FHC o que o levou a comprar um ..... de borracha com dinheiro público. (esses vendidos em sex-shops)..Perguntem a José Agripino e ao joão daniel neto que eles deve saber. kkkkkk



29/03


2008

Sobre João da Costa Lula entrou mudo e saiu calado

Folha Painel - Folha de S.Paulo

 Por aqui

Na extensa agenda que cumpriu em Recife nesta semana, Lula não proferiu nenhuma palavra em favor de João Costa, o candidato petista à prefeitura da capital pernambucana. Embora Costa estivesse o tempo todo no palanque, muitas vezes o vice-prefeito Luciano Siqueira (PC do B), igualmente candidato, também estava presente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Pedro Batista Filho

Para Magno, se Lula falar tá errado, se não falar tá errado, se fizer tá errado, se não fizer tá errado, vai te catar.

JARBASTA

Se Lula tivesse falado no nome de João da Costa, tu Magno, aqui no teu blog, já caia matando dizendo que Lula já estava fazendo campanha para o candidato do PT.

roberto de pessoa

É um balaio de serpentes. Espera-se que começem a comer uma as outras.



29/03


2008

Sucessão: salada mista em Caruaru

 Do Blog da Coruja

Não há sinais de unidade na oposição em Caruaru. Cada vez mais o PSB reafirma a candidatura de Laura Gomes e o PDT a de José Queiroz. O DEM esta definido com Roberto Liberato. A grande expectativa está sobre o possível desligamento de dois secretários, em especial Ivania Porto e Oscar Capistrano, quem sabe para serem candidatos. O PPS esta com Rivaldo Soares e o PMDB com Reginaldo Luiz. 

Comentário da Coruja: acho que teremos novidades neste quadro em breve. É bom lembrar que para disputar o cargo de prefeito só precisa deixar o cargo quatro meses antes da eleição.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/03


2008

João Paulo diz que Lula "abençoou" João da Costa

 O secretário estadual das Cidades, Humberto Costa (PT), havia dito que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deveria ser procurado para tratar sobre a sucessão municipal do Recife. E o presidente foi. Não como Humberto esperava. A conversa sobre o cenário político da cidade aconteceu com o prefeito João Paulo (PT) na manhã de ontem, durante o café-da-manhã, pouco antes do embarque de Lula para Alagoas. Durante aproximadamente 55 minutos, o presidente e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, ouviram sobre a conjuntura local.

João Paulo comentou que a conversa foi tão boa que ele não conseguiu tomar o café-da-manhã. "Defendi minha tese, estou centralizado e já sei o caminho que vou seguir", contou. A tese é a candidatura do secretário municipal de Planejamento Participativo, João da Costa (PT) com apoio de todos os partidos da base aliada. Perguntado se o presidente concordou, o prefeito disse que sim. "Ele acha que o processo aqui já está definido, que nós já escolhemos o candidato e que esse processo aqui já está superado para ele", acrescentou.(Informações do Diario de Pernambuco) 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

O capêta abençoou o diabo...e ambos foram para o inferno

roberto de pessoa

Seria Lula o Papa? Bem... as essas alturas ninguém sabe mais que Lula é. O Papa ou Deus. Aliás, tomara que seja o Papa pois o mesmo é mortal, e vai já.