O Jornal do Poder

26/09


2006

Começa o debate entre os candidatos a governador

Começou neste momento o debate entre os cadidatos ao Governo de Pernambuco, promovido pela TV Globo, mediado pelo jornalista Francisco José. O debate está ocorrendo no Centro de Convenções. Participam os candidatos Mendonça Filho, Humberto Costa, Eduardo Campos, Clóvis Correa, Rivaldo Soares e Edilson Silva.

O jornalista Francisco José fez logo na abertura uma advertência, de que não permitirá baixarias e nem provocações entre os debatedores, porque deseja que o debate transcorra em alto nível, porque esta é uma exigência do eleitorado de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Potencial Pesquisa & Informação

26/09


2006

Debate na Globo começa em instantes

Os candidatos a Governador de Pernambuco participam, daqui a pouco, do debate promovido pela Globo Nordeste, tendo como mediador o jornalista Francisco José. Já se encontram nos estúdios improvisados da emissora no Centro de Convenções, em Olinda, Mendonça Filho, Humberto Costa, Eduardo Campos, Clóvis Correa, Rivaldo Soares e Edilson Silva, candidatos convidados pela emissora.

Ao todo, 60 pessoas trabalham na montagem do cenário no Centro de Convenções, onde o debate será realizado. Onze câmeras serão usadas na transmissão.O debate terá duas horas de duração, com perguntas e respostas entre os seis candidatos convidados. A posição de cada um deles no cenário será definida minutos antes do início da transmissão, em sorteio. O debate será transmitido ao vivo, logo depois da novela Páginas da Vida.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

26/09


2006

Preliminares do debate

Está esquentando o entorno do Centro de Convenções, onde daqui a pouco mais de uma hora se dará o debate promovido pela TV Globo com os candidatos a governador de Pernambuco. O primeiro candidato a chegar, há alguns minutos, foi Clovis Correa, do Prona, acompanhado de sua assessoria e simpatizantes, sendo saudado na entrada do Centro pela sua ''torcida organizada''.

Bandeiras, faixas, muita animação, aplausos e vaias à mensão  dos nomes de quaisquer dos candidatos é o panorama visto no local. O blog  vai acompanhar todo o debate,  marcado para as 22h30, envolvendo os candidatos Mendonça Filho(PFL), Clovis Correa(Prona), Humberto Costa(PT), Eduardo Campos(PSB), Rivaldo Soares(PSL) e Edilson Silva(PSOL). 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

paulo

Rapaz Dudu 10% podia aproveitar o debate para dizer onde enfiou os quase 700 milhoes de Dolares dos precatorios. Pq ate os funcionarios do estado ele naun pagou. E 700 milhoes de dolares ao cambio de hoje daria quase 1 bilhao e 700 milhoes de reais quase uma Celpe.

Ronaldo Carvalho

Acho que esse tema das pesquisas poderia ser citado no debate. Do que tem medo a União? da queda de Mendocinha? da aproximação dos candidatos de oposição? Dos números do segundo turno que mostram seu candidato em desvantagem? Ou até mesmo a possibilidade de ficar fora do segundo turno?



26/09


2006

Candidatos admitem jogo pesado no debate

 Apesar de esperarem um encontro propositivo – reforçando os discursos veiculados nos quase 45 dias de guia eleitoral no rádio e na televisão – os candidatos ao Governo de Pernambuco não descartam usar denúncias contra os adversários no último debate na TV antes do dia da votação, hoje à noite, na Rede Globo Nordeste. Assim como fez no primeiro debate televisivo em agosto, transmitido pela TV Clube (afiliada da Rede Bandeirantes), o candidato Edílson Silva (PSol) declarou há pouco estar analisando “vários dossiês” contra os três principais candidatos: Humberto Costa (PT), Eduardo Campos (PSB) e o governador-candidato Mendonça Filho (PFL), que deve ser o centro dos ataques por parte dos adversários.

 

Os dois candidatos de oposição melhor colocados nas últimas pesquisas, o petista Humberto Costa e o socialista Eduardo Campos, traçaram a mesma estratégia para tentar angariar mais votos com o debate de hoje: confrontar as suas propostas com a da atual gestão e mostrarem-se como os mais preparados para governar que Mendonça Filho. “Humberto está pronto para debater e irá se apresentar como alternativa a Mendonça Filho”, informou Márcio Markman, assessor de comunicação petista. “Vamos mostrar quem é o mais preparado. Vamos estabelecer o contraste entre Eduardo e Mendonça Filho”, disse Evaldo Costa, assessor de comunicação do PSB.

 

Os assessores dos dois candidatos negam o uso de denúncias durante o debate. Mas admitem que elas podem aparecer no decorrer do programa e que não vão se esquivar de analisá-las.

 

Da mesma forma, Mendonça Filho promete centrar sua palavras nas propostas. No entanto, seu coordenador de campanha, Charles Ribeiro, deixou entender que as denúncias envolvendo os dois principais postulantes de oposição – a denúncia de Humberto Costa pelo Ministério Público Federal por suposto envolvimento na máfia dos vampiros e a acusação de arrecadação irregular de dinheiro para a campanha pelo presidente afastado do PSB, Milton Coelho – terão repercussão logo mais à noite. “Penso que ele (Mendonça Filho) não vai usar (as denúncias). Vai apenas apresentar as propostas para o Estado”, declarou.

 

Em estratégia oposta, Edílson Silva (PSol) promete levar “novas” denúncias contra seus oponentes e apimentar o encontro. Ele informou que recebeu “vários dossiês” contra os adversários e adiantou que a maioria implica o governador Mendonça Filho. “Tenho indícios fortes contra todos. Recebo denúncias todo dia. Esse material está sendo analisado pela equipe jurídica do partido para saber se levo ou não ao debate”, informou, sem adiantar o conteúdo dos dossiês. Edílson justifica sua atitude como forma de colocar ao público “quem são, de verdade, os políticos pernambucanos”.

 

O debate será realizado no Centro de Convenções, a partir das 22h30. Foram convidados Mendonça Filho, Humberto Costa, Eduardo Campos, Edilson Silva, Rivaldo Soares (PSL) e Clóvis Corrêa (Prona). Ficaram de fora os postulantes Luiz Vidal (PSDC), Kátia Teles (PSTU), Oswaldo Alves (PCO). A emissora usou como critério de participação a representatividade de cada partido no Congresso Nacional.

 

O encontro, mediado pelo jornalista Francisco José, terá duas horas de duração, dividido em cinco blocos, com transmissão ao vivo. Em todos, os candidatos farão perguntas entre si, tanto de temas livres como de assuntos pré-estabelecidos. O debate terá dois blocos de perguntas, que serão formuladas a partir de temas determinados pela emissora, outros dois de questões sobre assuntos a critério dos candidatos e o último para considerações finais. A posição de cada um deles no cenário será definida por sorteio minutos antes do início da transmissão. Informações da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Rodrigues da Silva

José Carlos presume que ser de Serra Talhada o faz mais homem, um homem é feito de cárater e só, o resto é basófia matuta!

José Rodrigues da Silva

José Carlos presume que ser de Serra Talhada o faz mais homem, um homem é feito de cárater e só, o resto é basófia matuta!

José Carlos-Serra Talhada

Allan, cacete neles, mais com cuidado pensaram ontem que estavamos com ameaça, mais as ameaças foi só argumentos, como tem gente que não tem, ai se ofende de graça

paulo

Rapaz Dudu 10% podia aproveitar o debate para dizer onde enfiou os quase 700 milhoes de Dolares dos precatorios. Pq ate os funcionarios do estado ele naun pagou. E 700 milhoes de dolares ao cambio de hoje daria quase 1 bilhao e 700 milhoes de reais quase uma Celpe.

paulo

Engraçado quando a justiça absolveu Dudu dos Precatorios ela ta correta quando impugna um apesquisa fajuta nao presta. Ta vendo que ningem que a volta do atraso.



26/09


2006

Propaganda na rua pode ser feita até sábado

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco distribuiu, há pouco, a seguinte nota oficial sobre a propaganda de rua: "A Comissão de Fiscalização da Propaganda Eleitoral no Recife, atendendo a solicitação formalizada pelas Coligações União Por Pernambuco, União pelo Avanço de Pernambuco e União Parlamentar Pró-Pernambuco, ratificando disposição contida na Nota oficial, divulgada no dia 20/09/2006, esclarece que as propagandas eleitorais através de faixas, cartazes, bandeiras, placas, bonecos e cavaletes poderão ser realizadas até o sábado, dia 30 de setembro de 2006, véspera do pleito eleitoral.
A comissão de propaganda do Recife é formada pelos juízes Sérgio Marinho Falcão (coordenador), Eurico Barros e Antônio Carlos Silva.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Carlos-Serra Talhada

kkkkkkkkkk

augusto carvalho jatoba

Só pode o que interessar a mendoncinha, fiilho de mendonção, aquele...

José Carlos-Serra Talhada

Com certeza

E o forró do Humberto pode ir até o São João?

José Carlos-Serra Talhada

Se mendoncinha deixar, agora é o que ele quizer, até pesquisas só se ele quize r



26/09


2006

Ibope: blog publica a decisão do desembargador

Na liminar que impugnou a pesquisa do Ibope em Pernambuco, o desembargador Alfredo Jambo acatou as suspeitas de manipulação levantadas pela coligação União por Pernambuco. Um dos erros identificados foi a inversão da ordem da votação. Na urna, o eleitor vota primeiro para senador, depois governador e em seguida presidente. Nos questionários do Ibope, a inversão é feita começando pelo candidato a governador, depois vem senador e presidente. Há outras falhas. Leia abaixo, na íntegra, a decisão de Jambo:

"A Representante acima nominada interpôs a presente Representação, COM PEDIDO LIMINAR, alegando que a Representada efetuou depósito de questionário e demais informações para fins de registro de pesquisa eleitoral de dossiê sobre pesquisa eleitoral, que pretende realizar entre os dias 26 a 29 de setembro do ano corrente, e que tem como contratante a Globo Comunicações e Participações S/A.

 Alega, em sua peça inicial, que as perguntas p02), p03) e p04) são espontâneas e referentes a governador, senador e presidente da República, sucessivamente, o que por si só já não condiz com a realidade a ser apresentada nas urnas na hora da votação – que oferta primeiro senador, depois governador.

Afirma ser ainda mais grave o fato de, após a pergunta de resposta espontânea para presidente da República, segue-se, imediatamente, uma pergunta, a p05), aí estimulada e referente à eleição para governador de Pernambuco pois, segundo o Representante, sabe-se que o candidato Luis Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição, em pesquisa espontânea, conforme o depósito dos resultados da pesquisa realizada entre os dias 18 a 20 de setembro de 2006 pela impugnada e depositada neste E. TRE-PE, tem exatos 69% (sessenta e nove por cento) das intenções de voto, ficando patente a notória vinculação com a campanha do candidato Humberto Costa, posto que o mesmo se utiliza do slogan “LULA + HUMBERTO”, o que poderia influenciar na resposta .

Alegam que a pesquisa não atende aos critérios técnicos desejados, pois o plano técnico de trabalho, se divulgado, poderá resultar em evidente distorção à imagem que o povo e o eleitorado possam creditar a um dos supostos candidatos mencionados na pesquisa, podendo induzir o eleitor a erro essencial, confundindo-o e, conseqüentemente, alterando os resultados, razão pela qual pede para que não haja veiculação de seus resultados.

Aduzem que o candidato pela Coligação Melhor Pra Pernambuco se encontra sabidamente em posição desfavorável nas pesquisas, em relação aos dois outros, portanto, a permanência dessa conduta irregular daria vantagem em face do viés de consistência, pois a debatida pesquisa transmite uma falsa ilusão ao eleitorado pernambucano, expondo de forma equivocada seu plano teórico e empírico na qual foi elaborada.

Afirma se insurgir contra a divulgação do questionário, pela possibilidade de conter resultado distorcido em desfavor de um pré-candidato, daí seu inequívoco interesse e legitimidade.

Finda por requerer em caráter liminar, determinar a suspensão de divulgação do resultado da pesquisa, notificando a impugnada, IBOPE OPINIÃO PÚBLICA LTDA., bem como a empresa contratante, a Globo Comunicações e Participações S/A para que não divulguem o resultado da pesquisa ora impugnada.

No mérito, requer que se mantenha a suspensão até que avaliada a repercussão dos aspectos aqui anotados e, verificados os fundamentos, a proibição definitiva da divulgação dessa pesquisa em decisão de mérito. Como matéria de prova técnica suplementar, requer seja facultado aos representantes do reclamante, acesso ao sistema de controle interno de coleta de dados da pesquisa.

É o relatório.

DECIDO

Aprecio a liminar requerida.
 
Em função da aplicação subsidiária do Código de Processo de Civil às matérias eleitorais, que assim dispõe no art. 798, temos:

“Além dos procedimentos cautelares específicos, que este Código regula no Capítulo II deste livro, poderá o juiz determinar as medidas provisórias que julgar adequadas, quando houver fundado receio de que uma parte, antes do julgamento de lide, cause ao direito de outra lesão grave e de difícil reparação.”

 Para concessão de medida liminar, imprescindível se faz a configuração concomitante de dois requisitos: o fumus boni iuris e o periculum in mora.

O fumus boni iuris se caracteriza pela plausibilidade do direito alegado pelo autor, isto é, a existência de uma pretensão que é provável.

Na Resolução TSE n. 22.143/06, que dispõe sobre pesquisas eleitorais, está previsto em seu art. 9.º, § 2.º: “Art. 9.º (...) § 2.º: “Considerando a relevância do direito invocado e a possibilidade de prejuízo de difícil reparação, o relator poderá determinar a suspensão da divulgação dos resultados da pesquisa impugnada ou a inclusão de esclarecimentos na divulgação de seus resultados”, restando, portanto, presente o fumus boni iuris.

O periculum in mora se verifica pela possibilidade de haver um erro nos dados da pesquisa impugnada, ensejando um resultado distorcido na pesquisa eleitoral, acarretando prejuízo aos candidatos participantes do pleito, já que os resultados das pesquisas costumam influenciar o eleitorado.

Destarte, defiro a liminar requerida para determinar a suspensão da divulgação da pesquisa referida.

Notifique-se a Representada para imediato cumprimento desta decisão.

 Publique-se.

 Recife, 26 de setembro de 2006


            DES. ALFREDO JAMBO
Comissão de Desembargadores Auxiliares do TRE-PE


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

paulo

Rapaz Dudu 10% podia aproveitar o debate para dizer onde enfiou os quase 700 milhoes de Dolares dos precatorios. Pq ate os funcionarios do estado ele naun pagou. E 700 milhoes de dolares ao cambio de hoje daria quase 1 bilhao e 700 milhoes de reais quase uma Celpe.

paulo

Manda quem pode obedece quem tem juizo.

augusto carvalho jatoba

...no PSDB, PFL, PMDB só tem santo... corrupção, desvios, caixa 2, trambiques em geral começou mesmo com o PT, né? Antes, eu lembro, esses partidos eram honestíssimos, não existia compra de votos, desvio de dinheiro público, quebra de bancos estatais, nada, nada, nada... uma maravilha...

augusto carvalho jatoba

...mas se a pesquisa for a "providenciada" por Lavareda vale, né?

paulo

Quem é que ta em primeiro em todas sa pesquisas ne 10. e 20. turnos? Que eu saiba nen sao os precatorios da sacolinha nem o vampiro Sanguessuga. Ai como to desesperado................kkkkkkkkkkkkkkkkkk



26/09


2006

Desembargador identificou erros na pesquisa Ibope

O desembargador eleitoral Alfredo Jambo, que concedeu liminar à coligação União por Pernambuco, do governador e candidato à reeleição Mendonça Filho(PFL), impugnando a pesquisa Ibope/Rede Globo, identificou a possibilidade de ocorrer alguns erros na referida pesquisa. Daqui a pouco, daremos mais detalhes da sua liminar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

paulo

Rapaz Dudu 10% podia aproveitar o debate para dizer onde enfiou os quase 700 milhoes de Dolares dos precatorios. Pq ate os funcionarios do estado ele naun pagou. E 700 milhoes de dolares ao cambio de hoje daria quase 1 bilhao e 700 milhoes de reais quase uma Celpe.

paulo

SE issso for a esquerda realmente sou direita.

paulo

Oh inospto, a muito que nao tem mais essa de direita e de esquerda no mundo, depois da queda do Muro isto acabou. Depois de Lula entao escuhlambou tudoveja só: Eduardo com inocencio, Zito cavalcante e Pedro Correia e Humberto Com o maior usineiro de Pe Armando Monteiro e indiciado Pela PF e MPF.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Cadê as pesquisas senhor Paulo não sei do que? Não sairam porque o TRE censurou a pedido da União (para a desgraça) de Pernambuco. Em tempo: quem tem perfil de correligionário de Biu Cavalcanti é o senhor que vota na direitona conservadora e elitista deste estado!

paulo

Quem é que ta em primeiro em todas sa pesquisas ne 10. e 20. turnos? Que eu saiba nen sao os precatorios da sacolinha nem o vampiro Sanguessuga. Ai como to desesperado................kkkkkkkkkkkkkkkkkk Severino vc nao é o cavalcante e sim apenas um correligionario kkkkkkkkkkkkkkkkk



26/09


2006

Presidente da OAB diz que Lula não tem de que se queixar

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Roberto Busato, afirmou nesta terça-feira que o presidente Lula não tem porque reclamar de perseguição por parte da imprensa, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou mesmo por parte da OAB, porque esta não tem ocorrido. Para Busato, o presidente Lula deveria direcionar suas reclamações a seus companheiros ou a parceiros de governo, pois esses, sim, são os que têm perseguido as crises sucessivas que rondam o presidente da República. - Os demais apenas comentam, abordam, analisam a situação que vem sendo trazida pelos partidários do presidente da República.

Ao ser questionado quanto à gravidade dos sucessivos escândalos que têm assolado o governo, Busato lembrou que cada nova crise que surge agrava a situação ética por que passa o país. O pior, ainda segundo o dirigente da OAB, é o fato de as crises estarem envolvendo, sempre, o partido do presidente da República ou pessoas bastante próximas a ele. - No começo, nós tínhamos pessoas de alto coturno envolvidas nos escândalos. Agora estão envolvidas pessoas até mesmo sem coturno, mas igualmente ligadas ao presidente da República de uma maneira ou outra: um é churrasqueiro, outro é segurança - comparou Busato. - São pessoas que privam da amizade e da intimidade do presidente. É isso que acaba deixando o presidente Lula em má situação. Informações do JBOnline.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LandRover

Detento não pode falar, a não ser quando inquirido pelo juiz.

irania Olivia Benicio

Em qualquer lugar que esteja o Luiz será imcompetente, analfabeto, grosso e mal-educado! O problema dele não é de partido, é de carater!!!

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Soluções para que o Lula não enfrente mais nenhuma crise: 1. se filiar ao PSDB ou PFL; 2. fazer como FHC, tornando a PF uma instituição chapa branca; 3. nomear, a exemplo de FHC, um engavetador geral da República. Pronto, acabou a corrupção e o presidente tá livre!

Paulin de Caruaru.

Todos esses fatos são ridículos e fazem com que o Brasil seja motivo de chacota no exterior.Parece aquela piada do cara que pegou a mulher com o amante no motel,olhou pelo buraco da fechadura e ficou em dúvida porque ela pendurou a calcinha no trinco da porta impedindo sua visão.

irania Olivia Benicio

Incrível o Luiz, megulhado em tonel de m... e não se lambuza. É ou não fantástico, maravilhoso, deslumbrante!



26/09


2006

Lula pode ser investigado no escândalo do mensalão

 A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) espera para os próximos dias a decisão da Procuradoria Geral da República sobre a queixa-crime apresentada pela entidade contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por envolvimento no esquema do mensalão.

De acordo com a assessoria da OAB, o procurador-geral, Antonio Fernando de Souza, prometeu ao presidente da Ordem, Roberto Busato, "uma posição nos próximos dias". Os dois se encontraram durante sessão do Conselho Nacional de Justiça.

Souza afirmou que dá prioridade à ação da OAB, embora a PGR tenha recebido várias ações pedindo o enquadramento do presidente da República. A OAB encaminhou a queixa-crime à Procuradoria Geral no dia 5 de junho, com o apoio da maioria dos 81 conselheiros federais da ordem.

No documento, a entidade reforça o relatório do Ministério Público Federal, que cita o ex-ministro José Dirceu e outras 39 pessoas por participação nos episódios relacionados ao mensalão, e defende a investigação específica do envolvimento de Lula. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Ah! Sr. Carlos: peça para o coronel ACM pianista, para o presidiário Hildebrando Pachoal, para César "Aloprado" Maia e Bornhausen convocarem uma passeada pró impeachment de Lula e pela ética na política. Talvez eles consigam lotar um fusquinha. Afinal são pefelistas com muita credibilidade.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Coitado do senhor Carlos não sei do que. Lula desesperado? Quá, quá, quá? É reeleição no quengo de vocês. E se tentarem impeachment ou golpe tem um remedinho chamado povo nas ruas. Pois o povo não vai tolerar golpismo de nenhuma espécie.

Severino Isidoro Fernandes Guedes

Carlos: leia a nova pesquisa Vox Populi, lá seu Geraldo Daslu perde no 1º turno. Quanto a Eduardo, o TRE (chapa branca?) censurou as pesquisas, mas elas dão Eduardo colado em Merdoncinha. Acho que é Jarbas e Merdoncinha que vão ter que formar uma nova dupla sertaneja : derrotão e derrotinha.

irania Olivia Benicio

Ari, te diminui o constrangimento citar outros como ladrões? Certamente tens razão, são ladrões os outros e também o teu candidato!

irania Olivia Benicio

Meu prezadíssimo Jose Arnaldo, te preferia Arnaldo, que a Carlos.



26/09


2006

Lula acha que pode encarar fogo adversário no debate

Lula começou a se preparar para o debate entre os candidatos a presidente a ser promovido pela Rede Globo de Televisão na próxima quinta-feira a partir das 22h30. Cancelou o comício que faria na véspera em Petrolina ou Juazeiro. Está animado, animadíssimo. Acha que não terá prejuízo algum se enfrentar seus adversários. Confia no próprio taco.

Se tivesse que decidir hoje comparecer, diria sim. Mas deixará para decidir na própria quinta-feira. Até lá serão divulgadas novas pesquisas eleitorais. E atualizadas as pesquisas diárias aplicadas pelo Instituto Vox Populi para consumo interno da campanha dele. As informações são do blog de Noblat


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Rodrigues da Silva

O segundo turno acontecerá mesmo que o Luiz seja majoritário na eleição. O segundo turno se dará com a justiça deste país e o que resta de homems de vergonha e respeito aqui habitantes. Isso é absolutamente inevitável e necessário!!!

José Rodrigues da Silva

Luiz, esse o Inácio, nunca respeitou ninguém,nem Januário!!!

Paulin de Caruaru.

Se ele repeti aquela atuação do JN vai ser muito divertido.

LandRover

Que dá para encarar um debate só se for à base de muita cachaça, pois bom ele vai ter que responder lucidamente quem é o chefe dos bandidos do PT, e aí ele explode pelo fundo.

Carlos

Lula já fez muito por esse país: mensalão, dólares na cueca, sanguessuga, corrupção sistêmica, roubos dos cofres públicos, "não sabia", incompetência....45 nelles!