05/04


2007

CPI do mensalão: um ano após, do nada a lugar nenhum

 Nesta quinta-feira completa um ano em que a CPI dos Correios concluiu as investigações sobre o mensalão. A comissão, destinada a investigar desvios na estatal, descobriu a origem dos recursos que sustentaram o suposto esquema de compra de votos de parlamentares pelo Executivo e provocou a abertura de processos políticos contra vários deputados que culminaram com a cassação de três deles: José Dirceu (PT-SP), Pedro Corrêa (PP-PE) e Roberto Jefferson (PTB-RJ).

Também motivou a abertura de processos judiciais contra 40 pessoas, incluídos os três ex-parlamentares.

Sub-relator da CPI, o deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR) faz um balanço positivo da CPI, mas ressalta que muitas outras irregularidades poderiam ter sido descobertas se o trabalho tivesse continuado.

''Nosso tempo foi muito curto o que torna difícil fechar todo ciclo. Pedimos uma série de informações que só chegaram as nossas mãos no final dos trabalhos. Devem ter muitos dados lá'', disse.

Além das fontes que financiaram o esquema do mensalão, como a VisaNet, braço do Banco do Brasil, Fruet afirmou que foi a CPI quem descobriu também irregularidades na Infraero que hoje são usadas pela oposição como argumento para se investigar a empresa. ''O TCU (Tribunal de Contas da União) começou a investigar a Infraero a nosso pedido'', disse.

A discussão sobre o fim do voto secreto no Congresso em casos de processo de cassação de mandato também foi motivada pela CPI dos Correios. Dos parlamentares denunciados como beneficiários do esquema do mensalão, grande parte foi cassado pelo Conselho de Ética, mas depois absolvidos pelo plenário, onde o voto é secreto.

Mas também há frustrações. Ninguém foi preso ou virou réu. E até hoje a maioria dos órgãos que recebeu o relatório final da CPI não se pronunciaram sobre as irregularidades. ''Dos 19, apenas 5 responderam e de forma superficial que procedimentos adotaram para evitar as irregularidades'', disse.

Parlamentares que integraram a CPI já encaminharam ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), pedido para que ele acione esses órgãos por crime de responsabilidade, mas Fruet admite que essa é uma medida extrema, até porque o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva é um dos que seriam atingidos  (Informações da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Provas mais que suficientes para essa "gang do PT" ir para a cadeia. Mas não houve o miníno interesse do Lulla e seu Ministro da Justiça em punir esses bandidos. Vamos torcer para que saia a CPI da Infraero pois o dinheito do contribuinte não é para enriquecer essa "gamg".

VILLA QUESTIONADOR

Não foi, nem nunca será. Com raposa, tomando de galinheiro, nem por Decreto. Se o PTralha, deixar instalar a do "APAGÃO", veremos que o mensalão, foi coisa de amador...

guilherme alves

Nenhuma CPi neste país, em todos os tempos, puniu ninguém. Nenhuma decisão da Justiça atingiu os " possíveis" infratores. CPI neste país serve para o gaudio da imprensa e de mentes que apreciam denegrir pessoas. O resto é muita conversa para boi dormir.


Jaboatão Habitacional Suassuna

05/04


2007

É motim do mesmo jeito

(Do blog do Noblat)

 Lula reconheceu em jantar com senadores do PT que o Ministério da Defesa foi uma idéia que não funcionou - nem no governo de Fernando Henrique, nem no dele. Simplesmente os chefes militares não querem ser comandados por um civil, e ponto. Sabotam a administração do civil, seja quem for ele, de maneira velada, mas eficiente.

Trata-se, pois, de um ato de insubordinação. De desprezo à lei que criou o Ministério da Defesa. E de desrespeito à vontade do presidente, que é o comandante supremo das Forças Armadas. Como não se trata de um ato escancarado, assumido por seus autores, é tolerado.

Mas sua natureza é a mesma que moveu os controladores de vôo a apagarem os aeroportos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VILLA QUESTIONADOR

Como sindicalista, de origem, pouco se preocupa com os efeitos práticos, das suas, intempestivas ações. Não está preparado e nem assessorado, para discernir os posicionamentos. É motim, está subordinado ao sistema Militar, e por eles, devem ser tratado. O Presidente, está perdido e mal pago...

Paulin de Caruaru.

Já circula na imprensa que os controladores começaram uma nova operação tartaruga.Adeus turismo no Brasil.

José Rodrigues da Silva

Embora inacreditável, vislumbra-se um pequeno ponto de inteligência neste vosso Presidente. Isto, agora por ele constatado, é de uma evidência "evidente"! O mesmo acontece nas tropas pernambucanas, poucos são os que gostam de serem comandados por delegado quer federal ou estadual...


Pousada da Paixão

05/04


2007

Se Estados Unidos caem, levam o Brasil junto

O FMI acaba de divulgar parte de um relatório chamado “Panorama Econômico Mundial”. Saíram, por ora, os capítulos três, quatro, e cinco (íntegra aqui, em inglês). Os capítulos um e dois serão liberados na próxima quarta-feira (11). Na parte que já veio à luz aborda-se um tema que inquieta a muitos. Afinal, o que aconteceria se a economia norte-americana claudicasse? Na América Latina, concluem os técnicos do FMI, o maior prejudicado seria o Brasil.

 

Fez-se a seguinte estimativa: se o PIB dos EUA cair 1%, a economia da América Latina também cairá, em média 0,2%. Tomando-se os países isoladamente, o Brasil, em função do volume de negócios que mantém com os EUA, padeceria um recuo de 0,75% no seu desempenho econômico, o maior de toda a região. Mais expressivo inclusive do que o recuo estimado para o México, estimado em 0,6%.

Mas, afinal, os espirros da economia norte-americana já põem sob risco de resfriado os outros países? Por ora, conclui o relatório do Fundo, a desaceleração verificada nos EUA é mais forte no mercado imobiliário, o que limita o contágio externo. "Se o declínio no mercado imobiliário se espalhar para os setores de consumo e de negócios, no entanto, o efeito para outros países poderia ser significativamente maior, apesar de ainda contornável, desde que os países afetados respondam rapidamente e com flexibilidade", diz o documento.

(Do blog do Josias de Souza)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VILLA QUESTIONADOR

Ora, todos sabemos, que os "americanos", apesar de não perderem à pôse, dar mais um golpe, na Economia Mundial, é só uma questão de tempo. O que está vindo à tona, são os efeitos da invassão Iraquina, a qual, não vai se sustentar, por muito tempo. O dólar americano, deixou de ser referência mundial.

José Rodrigues da Silva

O jeito é o Luiz, aquele que anda fantasiado de presidente, tirar o passaporte americano. Ele, filho de Tio Sam e de outras coisas também. Enquanto o resto da familia são todos "italianos". Pobre Itália!!!



05/04


2007

Na festa da ''''pacificação'''' Lula será a estrela

 O presidente Lula confirmou presença na residência oficial da presidência do Senado, próxima quarta-feira, quando Renan Calheiros receberá cerca de 170 peemedebistas para um jantar.

Trata-se da festança oficial de pacificação do PMDB. Estão convidados todos os 100 deputados, 20 senadores, sete governadores, cinco ministros, dois prefeitos de capital e 27 presidentes de diretórios regionais, entre outras figuras com alguma expressão no partido, como os ex-presidentes da legenda Paes de Andrade (CE) e Maguito Vilela (GO).

Uma festança para ninguém botar defeito, cujos convites começaram a ser distribuídos ontem. Renan, como anfitrião, assinou, e Michel Temer, como presidente do partido, mandou imprimir e pagar os convites. Além disso, pagará o jantar.

Não só para não serem acusados de uso da máquina pública do Senado mas também como simbologia de que os dois - que tanto brigaram na última convenção nacional do partido e na indicação dos ministros durante a reforma ministerial - agora estão em paz.

Bem, podem não estar morrendo de amores um pelo outro. Até porque, nos bastidores, a bancada do Senado e a bancada da Câmara estão disputando, palmo a palmo, o butim dos cargos de segundo escalão. Mas pelo menos resolveram parar de brigar publicamente, depois que o presidente Lula decidiu incorporar ao governo ambas as alas do partido.

Um deputado ou outro haverá de estrilar aqui ou ali, por um carguinho que perdeu ou que deixou de receber. Ou por causa de uma emenda ao Orçamento ainda não liberada. Mas a grande maioria deles estará lá, na festança da quarta-feira, posando para a foto ao lado do presidente da República, do poder.

E, sobretudo, na festança governista que Lula pretende promover nos painéis de votação do Congresso daqui para a frente.
(Do blog dos blogs)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VILLA QUESTIONADOR

Nada como uma fatia do bolo das concessões, para acalmar os ânimos PMDebistas. Coisa impossível de se realizar, no seu próprio partido, o PTralha.



05/04


2007

Bons-moços à custa alheia

(Do blog dos blogs)

Deu hoje no jornal espanhol ''El País'':

 Amazônia está entre as dez maravilhas naturais do mundo que podem acabar
Dez dos espaços naturais mais extraordinários do mundo poderão desaparecer se as mudanças climáticas seguirem o ritmo atual, segundo um informe da organização ecologista Fundo Mundial da Vida Silvestre (WWF) chamado ''Salvemos as maravilhas naturais ameaçadas pelas mudanças climáticas''.

São elas: A Grande Barreira de Coral da Austrália; o deserto de Chihuahua (México e EUA); o Caribe; o bosque de Valdívia (chile e Argentina; os manglares de Sundarbans (Índia); a parte elevada do rio Yangtzé (China); a Amazônia; o mar de Bering; os glaciares do Himalaya; os bosques costeiros e a eco-região marinha da África Oriental.

Note bem: quase todas essas maravilhas estão em regiões subdesenvolvidas ou, no máximo, emergentes. E a principal causa das mudanças climáticas (aquecimento global) é a emissão de carbono, produzida pelos países ricos.

Eles ameaçam acabar com nossas maravilhas e depois criam ONGs como a WWF e dizem que, para preservar essas regiões, elas têm quer ficar sob a égide de organizações internacionais. A WWF, por sinal, é uma das ONGs mais acusada de defender a internacionalização e áreas ameaçadas, como a Amazônia, o bosque de Valdívia, etc.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VILLA QUESTIONADOR

Nós, pobres "MONITORADOS", ainda somos agradecidos, pela preocupação mundial, em termos preservação, da nossa(???), Amazônia. Qunta falta, de vergonha...


Petrolina abril 2021

05/04


2007

PSOL: Heloísa Helena para prefeita do Rio de Janeiro

(Do blog do ET)

 Nos últimos dias, o deputado federal Chico Alencar, líder do PSol na Câmara dos Deputados, revelou um plano entre estrambólico e ambicioso de seu partido: transferir o domicílio eleitoral da ex-senadora Heloísa Helena (presidente do PSol) para o Rio de Janeiro, com objetivo de lançá-la candidata à prefeitura carioca, em 2008.

O papo foi numa mesa de bar, com Chico Alencar e uma rodinha de petistas. O deputado falou num tom mais para a desaprovação, embora tenha ressaltado uma vantagem do plano: com o prestígio de Heloísa Helena, que nas eleições presidenciais de 2006 teve 20,4% dos votos válidos no município (contra 6,8% da média nacional), seria possível alavancar a eleição de dois ou mais vereadores do PSol, fortalecendo o partido no Rio.

Um fator que anima os militantes é o fato de a ex-capital da República ter o segundo maior contingente de funcionários públicos do País. Esse é um público em que as propostas do PSol costumam ter apelo.

Os petistas que ouviram a história toda não puderam evitar o veneno: Heloísa Helena será uma forte candidata, sim... mas na Zona Sul, onde disputará com Denise Frossard (ex-candidata a governadora do Rio) os votos da classe média-alta eternamente insatisfeita e esquerdista...


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VILLA QUESTIONADOR

Não tem perfil Executivo. Da teoria, à prática, a distância, é Kilométrica...


Ipojuca 2021

05/04


2007

A primeira ''velinha'' do primeiro ''aninho'' da CPI

(Do blog do Tão)

 A CPI dos Correios faz aniversário amanhã(hoje). Não se sabe ainda o local da comemoração. Que deverá ser discreta.

De qualquer modo, todos os indiciados já podem se considerar convidados.

Também estão convidados os responsáveis por orgãos públicos que acionados pelo próprio Renan Calheiros, presidente do Senado, simplesmente não deram a menor satisfação ao distinto público,

Colaboraram assim para o sucesso da ''grande pizza'', conforme a linguagem popular.

Devem estar presentes todos os parlamentares absolvidos pelo plenário da Câmara, e os eventualmente ''aposentados''durante as investigações.

A festa promete!

Talvez o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não compareça. Mas poderá ser representado pela ministra Dilma Roussef, ou por Tarso Genro, ou ainda pelo Luiz Dulci, da Secretaria Geral.

Waldir Pires dificilmente irá, pois anda muito abatido.

De qualquer modo, ignorando as solicitações do presidente do Senado, os citados acima foram decisivos para que a ''grande pizza'' fosse assada sem maiores dificuldades.

Na verdade, das 19 autoridades acionadas, só 5 prestaram algum tipo de esclarecimento. A maioria deu, com perdão da palavra, uma sonora ''banana'' para a CPI.

Tinha razão os ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, quando afirmou, em outubro de 2005, que aquele escândalo acabaria virando ''piada de salão''.

Delúbio será, com certeza, uma das ''personalidades'' da festa de amanhã.

Comentário do blog: a lei manda que autoridades oficialmente contatadas pelos presidentes da Câmara e do Senado a respeito das conclusões das CPIs têm 30 dias para esclarecer sobre as medidas adotadas


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fabio Lira

Parabens pra vcs, nesta data querida.... Mais uma roubalheira do PT impune! Nisso eles são competentes... Ah se governassem com a mesma competência que assaltam os cofres públicos!!!

Delúbio e sua "gang'' não podem ficar impunes.


Caruaru Campanha São João

05/04


2007

Controladores querem perdão e ''''recuperar o respeito''''

 A ABCTA (Associação Brasileira dos Controladores de Tráfego Aéreo), entidade que representa os controladores militares, pediu ''perdão à sociedade brasileira'' pelo motim do último dia 30, que provocou a paralisação do tráfego aéreo em todo o país.

''Que o dia 30 de março seja lembrado como ''um grito de socorro aos Controladores de Tráfego Aéreo'' e não como uma simples rebelião de militares. Pedimos perdão à sociedade brasileira e paz para voltarmos a executar com maestria nosso trabalho'', afirma a ABCTA, em nota divulgada no site da entidade nesta quinta-feira.

Os controladores, que desobedeceram ordens dos oficiais e chegaram a ser ameaçados de prisão por insubordinação, agora reafirmam o respeito às ''bases do militarismo: hierarquia e disciplina''.

O motim começou com a paralisação de 200 controladores de vôo no Cindacta-1 (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo), em Brasília, e ganhou a adesão de outros Cindactas.

Leia a íntegra da nota divulgada pela ABCTA:

Passado o grande trauma da paralisação do dia 30 de março, os Controladores de Tráfego Aéreo Militares buscam força para recuperar, junto à sociedade brasileira, sua confiança, prestígio e respeito.

Reafirmamos nossa confiança e respeito ao Governo Federal, ao Comando da Aeronáutica e principalmente nas bases do militarismo: hierarquia e disciplina.

Que o dia 30 de março seja lembrado como ''um grito de socorro aos Controladores de Tráfego Aéreo'' e não como uma simples rebelião de militares.

Pedimos perdão à sociedade brasileira e paz para voltarmos a executar com maestria nosso trabalho.

A Associação Brasileira dos Controladores de Tráfego Aéreo não medirá esforços para reconstruir a imagem de seus representados assim como lutar por sua dignidade.   (Informações da Folha Online)



Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VILLA QUESTIONADOR

Não discuto, às condições de trabalho e/ou as reivincações da categoria(???). Trata-se de uma questão, envolvendo Segurança Nacional e Soberania. Hierarquia, mandou lembranças. Que governo, trapalhão. Cada qual, com cada qual...

roberto lima

O governo certamente prometeu que não os puniriam, se houvesse uma retratação. tudo igual a 1966, com o ai5

roberto lima

a FARSA SE REPETE: em 1966 fizemos uma greve na ufpe. (era proibida): No dia seguinte, o DP intimava todos os alunos da escola de engenharia, para enquadra-los no ai5. O diretor da avisou que uma retratação livraria os estudantes da punição:morte da vovo, viagem, doença, etcA fila era interminavel

roberto lima

Que banditismo! de um lado o governo desvia recursos para "outros fins" e deixa na maior pindaiba os recursos destinados ao controle do espaço aéreo. De outro, os espertalhões controladores, aproveitam a queda do avião da gol, para pedir aumento do tutu $$ usado passag. como refens.! pEDEM PERDÃO!


CABO

05/04


2007

The Economist diz que Lula quer vida mansa

A revista britânica The Economist afirma em artigo publicado nessa quarta-feira, intitulado Lula opta pela vida mansa, que o presidente "não é um homem com pressa". Segundo o texto, a reforma ministerial "em câmera lenta" promovida este ano por Lula "marca o ritmo de um segundo mandato sem ambição".

A artigo destaca que Lula acumulou bastante poder com o enfraquecimento relativo do PT, a relativa alta popularidade do presidente e a montagem de um Ministério que permitirá boas relações do Executivo com o Congresso. "Mas o que ele fará com todo esse poder? Sua ambição não parece ter acompanhado o mesmo ritmo."

A revista afirma que com Antonio Palocci, afastado no ano passado do Ministério da Fazenda, talvez o governo conseguisse promover a reforma da Previdência e reduzir os gastos governamentais. Sem o político, no entanto, a tarefa deve "ficar a cargo de um ´Fórum´ que provavelmente não recomendará uma mudança radical".

O sucesso do segundo mandato dependerá, segundo a revista, de "iniciativas mais modestas", como um "promissor" plano para educação e diversas reformas microeconômicas. Apesar dos problemas, a The Economist afirma que o governo não está em uma situação difícil.

"O presidente não está suando. O crescimento econômico, amparado por uma recente revisão estatística, é respeitável. Os mercados financeiros - e os eleitores - estão com disposição para perdoar." (Informações do portal Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VILLA QUESTIONADOR

Muito simples, de resolver." INSTALEM", a tal de CPI do Apagão, que tanto o "HÔMI", quanto os seus asseclas, começam à suar, copiosamente...

José Rodrigues da Silva

Não são muitos os cretinos que conheço e menos, com os quais convivo. Entretanto, excede-me a curiosidade como deva ser a estrutura "pensante" do babacão que neste blog assina como sendo Raimundo, o "calangulus idiotis generus"! E uma porra destas é alfabetizado...

Lula e familia não querem nada com a vida. Só mordomias Sua esposa como Primeira Dama nunca prestou um serviço sequer em causa dos mais necessitados. Seu filho Lulinha gosta é de uns trocos da Telemar.

Raimundo Eleno dos Santos

O limite para imbecilidade não tem limite. Esse idiota comentarista não merece crítica. Lula está sendo globalmente conhecido como uma Liderança. Ninguém chega a esse conceito numa espriguiçadeira. Conta outra.


Bandeirantes Junho 2021

05/04


2007

Problemas nos aeroportos não ocorrem só no Brasil

Os argentinos devem enfrentar neste fim de semana prolongado de Páscoa um caos parecido com o que os brasileiros vêm encarando nos aeroportos. Na quarta-feira (4), os pilotos argentinos recusaram um plano oficial que prevê decolagens de cinco em cinco minutos em pleno feriado, dizendo que manterão o intervalo de dez minutos por falta de radar.

 

Os pilotos consideram que a redução do tempo entre cada vôo implica em graves riscos para a segurança. ''É uma loucura o que está acontecendo: o radar continua fora de serviço e decidiram reduzir o tempo de dez para cinco minutos'', queixou-se o presidente da Associação de Pilotos de Linhas Aéreas (APLA), Jorge Pérez Tamayo.

 

Para complicar, a Associação de Pessoal Aeronáutico (APA) - que reúne os funcionários das companhias aéreas que trabalham nos guichês de atendimentos nos aeroportos - decidiu entrar em greve. A Associação protestava contra as agressões praticadas contra os trabalhadores pelos passageiros furiosos pelos atrasos. Os funcionários exigiam às empresas condições de ''segurança trabalhista''. (Informações do Portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

VILLA QUESTIONADOR

ATENÇÃO, COPIADORES E OPORTUNISTAS, DE PLANTÃO...


Serra Talhada 2021