FMO janeiro 2020

26/09


2006

Heloísa: Lula e FHC usaram governo "para negócios"

A candidata do PSOL à Presidência da República, Heloísa Helena, afirmou que a máquina pública foi e é usada como espaço de negócios pelos governos de Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva.

"Se você me perguntar se a máquina pública vai ser como é hoje, no governo Lula, e foi no governo Fernando Henrique, um espaço para viabilizar negócios de cargos comissionados para militantes partidários, não será", disse Heloísa.

A senadora respondia aos entrevistadores do "Jornal da Record" sobre o tamanho do Estado em um hipotético governo seu.

Heloísa afirmou que não enxugaria a máquina pública cortando funcionários públicos. "Estes são os trabalhadores da saúde, da educação, do Estado brasileiro que precisam ser bem remunerados", comentou.

Questionada sobre seu desempenho nas pesquisas e de ter sido caracterizada como um "voto de protesto", a senadora disse que fica feliz que as pessoas pensem em protestar contra o "parasitismo da máquina pública" votando nela.

Acrescentou, ainda, que sua campanha não ficou restrita a críticas. "Nenhuma outra candidatura teve a oportunidade de apresentar propostas concretas e alternativas para o Brasil como a nossa", disse.

Relação com a imprensa

Em dois momentos, Heloísa Helena mostrou-se irritada com o tratamento dado pela imprensa a sua candidatura.

Quando a entrevistadora lhe cobrou resposta direta sua posição sobre a invasão de propriedades privadas, a senadora mostrou-se impaciente.

Lembrou à jornalista seu "direito inalienável" de responder como quiser, com as "palavras que quiser". "Já virou uma idéia fixa este debate sobre ocupação de terra", reclamou.

No final da entrevista, foi-lhe pedido que definisse em poucas palavras suas impressões sobre o ex-senador Luiz Estevão. "É corrupto dos cofres públicos", disparou.

"Infelizmente, eu tive que ser vítima de uma matéria vagabunda e mentirosa onde tratava inclusive da minha vida sexual com este corrupto, plantada pelo Palácio do Planalto", disse.

A senadora fazia referência a boatos de que teria votado contra a cassação de Estevão. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Luiz Estêvão mexe com os hormônias da Helô-Ternura. Acho que LE deixou HT por ter vomitado sobre ele, desde que ele é muito rico. Não tendo suportado a ânsia resultou em grandes golfadas, ao invés de grandes gozadas.

Antonio Pereira

Heloisa Helena dando uma de santinha. Teve um caso com Luiz Estevão e voto a favor dele.Elka tenta enganar as pessoas beijando e rindo. è um vibora ravibosa e despreparada. Está preocupado por n~çao pode ajudar Alckmin, tem caindo nas pesquisas.


IPTU Cabo

26/09


2006

Dossiê: Lula é notificado sobre investigação pelo TSE

 O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) notificou nesta segunda-feira o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, sobre investigação da suposta compra de um dossiê contra os candidatos tucanos, Geraldo Alckmin (à Presidência), e José Serra (ao governo de São Paulo) por integrantes do PT.

Lula terá cinco dias de prazo, a partir de hoje, para apresentar sua defesa ao Tribunal.

Segundo o TSE, o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, integrante da campanha do presidente Gedimar Pereira Passos e o empreiteiro petista Valdebran Padilha --presos com R$ 1,7 milhão para suposta compra do dossiê-- e o ex-assessor da presidência da República Freud Godoy podem receber notificação até esta terça-feira.

Depois do prazo para defesa, estão previstos outros cinco dias para ouvir as testemunhas, até o máximo de seis por parte dos denunciados e dos denunciantes, e dois dias para alegações das partes envolvidas, inclusive o Ministério Público.

Após as alegações, o processo será encaminhado para um juiz-corregedor --que terá 48 dias para elaborar um relatório. Somente depois desse prazo, é que o processo poderá ser julgado em plenário pelo TSE.

O pedido de investigação contra o presidente foi encaminhado pela coligação PSDB/PFL. Se a representação for julgada válida, Lula pode ficar inelegível por três anos. A Justiça Eleitoral também pode determinar a cassação do registro da candidatura do presidente.

Caso o processo seja julgado procedente somente depois das eleições e Lula for reeleito, a Justiça Eleitoral pode pedir impugnação do mandato. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Caro presidente Lula, não tenhas dúvidas nós estamos com você, se defenda pelo que a lei lhe dá condições e deixe as eleições conosco, que vamos dar uma verdadeira goleada de votos nesses deslumbrados incompetentes.



26/09


2006

Heloisa perde um minuto no guia para Lula

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) concedeu 1 minuto de direito de resposta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, no horário eleitoral da candidata à Presidência pelo PSOL, Heloísa Helena.

Segundo o TSE, a propaganda do PSOL foi divulgada em 31 de agosto e foi considerada ofensiva a Lula por conta de frases ditas por Heloísa Helena como ''Analisei as tais pesquisas eleitorais. Deve ser mentira. Não acredito que o brasileiro tão honesto seja capaz de dar vitória ao banditismo político. No governo Lula, o fujão dos debates, teve de tudo: sanguessuga, mensaleiro, perseguição ao caseiro pobre...''

Segundo o tribunal, a expressão ''banditismo político'', seguida da menção ao ''governo Lula'', extrapolaria os limites das críticas que um candidato pode fazer ao outro. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Esta senadoida, está sem limites no vocabulário, estamos vendo que para ser presidente precisaria tomar muito lexotan, então ia dormir muito não daria para governanr o Brasil. Heloisa Helena se prepare mais a senhora tem muito tempo ainda.

Raimundo Eleno dos Santos

A gasguita fala pelos cotovelos.É necessário severo cuidado de sua assessoria.Não deixem de ministrar,na hora exata, o tarja preta de última geração,receitado pelo expert de psiquiatria. Cuidem! Helô-Ternura precisa de ingentes cuidados.Prestem atenção!Andem sempre com uma camisa-de-força.

Paulin de Caruaru.

Só discordo quando ela diz:"povo brasileiro tão honesto"...Isso é conversa de político,no meio do povo tem um bocado de ladrão.O comgresso é a representação dessa sociedade deseducada.


acolher

26/09


2006

Procuradoria quer cassar registro de Roseana Sarney

A Procuradoria Geral Eleitoral protocolou ontem no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) parecer que pede o indeferimento do registro de candidatura da senadora Roseana Sarney (PFL), que concorre ao governo do Maranhão. O motivo é a falta dos valores dos bens da candidata na declaração entregue à Justiça. ''A declaração sem o valor dos bens, somente com a simples relação deles, é insuficiente'', argumenta o pedido, assinado pela procuradora da República, Fátima Aparecida de Souza Borghi.

Roseana deixou de indicar o valor de 14 dos 15 itens que incluiu em sua declaração. Com exceção de um fundo de previdência privada em que declara possuir R$ 143 mil, os outros bens aparecem nos registros do tribunal como se valessem R$ 0,00.

Em 1998, quando foi reeleita para o governo do Maranhão, Roseana declarou possuir cotas de capital da empresa Lunus. Em 2002, a Polícia Federal apreendeu R$ 1,34 milhão na sede da empresa. A apreensão redundou na retirada da pré-candidatura de Roseana à Presidência.

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Maranhão já se manifestou contrário ao cancelamento da candidatura da pefelista, o que motivou a coligação do candidato ao governo Edson Vidigal (PSB) a entrar com recurso no TSE. Após receber o parecer, o tribunal analisará o recurso.

Para o advogado de Roseana, Vinícius César de Berrêdo Martins, a indicação dos valores não é necessária. ''Eu estava preparado para informar, mas, como a Justiça não determinou que isso fosse sanado, ficou assim mesmo'', disse. Martins avalia que não há motivo para tornar a candidata inelegível. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

O Pai no atoleiro no Amapá - A filha quase expurgada no Maranhão;só tá faltando o blog descobrir onde anda o Sarneyzinho.



26/09


2006

TSE permite funcionamento de comércio

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) determinou que o comércio em shopping centers e lojas poderá funcionar no dia das eleições, no próximo domingo, e no segundo turno, em 29 de outubro, caso haja. Segundo o TSE, o funcionamento é permitido desde que os lojistas liberem os funcionários para que eles possam votar.

A decisão foi tomada no julgamento de uma consulta feita ao tribunal pelo Sindicato dos Lojistas do Comércio Estabelecidos em Shopping Centers de Curitiba (PR).

De acordo com o TSE, o sindicato informou que, se for permitido, o funcionamento do comércio nos dias das eleições será feito entre as 14h e as 20h e que a liberação de funcionários para votar pode ser feita por meio de um acordo trabalhista com os comerciários. (Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

E os bares pra gente almoçar...Eh,eh,eh.


Cúpula Hemisférica

26/09


2006

Lula reclama da imprensa e agora se compara a JK

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição, se queixou na noite de segunda-feira do tratamento dado a ele pela imprensa. Comparando com o tratamento dado ao governo anterior, do tucano Fernando Henrique Cardoso, Lula se disse prejudicado: ''Se a nossa querida imprensa brasileira houvesse tido comigo a condescendência que teve com Fernando Henrique Cardoso, eu teria 70% dos votos'', disse Lula.

O presidente, que participou do comício de encerramento da campanha petista em Porto Alegre, no qual estiveram presentes cerca de 10 mil pessoas, começou seu discurso --de 40 minutos-- cumprimentando as autoridades e a imprensa. Disse que esse cumprimento mostrava o quanto ele está tranqüilo.

No seu discurso, Lula voltou a se comparar com os ex-presidentes Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek e João Goulart. Sobre Getúlio, ele lembrou a crise política pela qual o presidente passou antes de se suicidar. Já sobre JK, disse que ele foi acusado de ''ladrão'' e teve o seu reconhecimento 50 anos depois. A respeito de Jango, lembrou que ele foi derrubado pelo golpe militar de 1964.

Referindo-se a crise do dossiê contra tucanos, Lula disse que quer que a Polícia Federal investigue a fundo e chegue à ''verdade''. Ressalvou que essa tem sido a atitude da PF durante o seu governo.

''Mas quero saber também o que há dentro daquele dossiê'', disse Lula, sendo aplaudido neste momento. Ainda falando sobre a crise do dossiê, Lula fez uma referência a seus adversários: ''Eles que elevem o nível do debate''.

Antes do comício, o candidato petista vistoriou as obras dos Ceitec (Centro de Excelência e Tecnologia Eletrônica Avançada), que se tornará a primeira fábrica de circuitos integrados do Brasil. Na vizinhança onde será inaugurada a fábrica, havia uma faixa de protesto contra o presidente com a frase ''Fora Lula''.

Durante a vistoria ao Ceitec, o ministro Tarso Genro (Relações Institucionais), em uma rápida entrevista, voltou a defender um grande acordo com os outros partidos caso Lula seja reeleito.

Mesmo com a crise do dossiê, Tarso disse que o acordo ''é uma questão de vontade política e uma necessidade do país''.

''Depois das eleições, o presidente, se for eleito, vai chamar todas as forças politicas para compor uma relação política nova'', afirmou Tarso. O ministro citou, como primeiro ponto, uma reforma política e um novo processo de tramitação do Orçamento Público.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LandRover

Lula e a quadrilha petista trataram a imprensa brasileira como sendo um "Rolo de Papel Higiênico". Pois, não é que ele se enrolou a partir desse mesmo rolo?

Paulin de Caruaru.

É só cair um pouco nas pesquisas que já começa a surtar.Jesus Cristo,JK...só falta se comparar a Marcola.


Prefeitura de Serra Talhada

26/09


2006

Lula é recebido com faixa de protesto em Porto Alegre

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou o Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec), que está sendo construído em Porto Alegre (RS). E foi recebido por uma faixa com a inscrição ''Fora Lula'', que podia ser vista a uma grande distância em um condomínio em frente ao Ceitec.

O Ceitec é uma associação sem fins lucrativos formado em parceria pelos governos federal, estadual e municipal, além de indústrias e instituições de pesquisas. O diretor-presidente do Ceitec, Sergio Dias, disse que a produção do centro começará em julho de 2007.

Lula começou a visita às obras, que tem um orçamento total de R$ 180 milhões, dos quais 95% devem ser aportados pelo governo federal.

O centro irá produzir circuitos integrados para várias finalidades. Atualmente, o Ceitec já trabalha no desenvolvimento de projetos, sendo o mais recente deles em parceria com a Free Scale (ex-Motorola) para um componente que irá equipar rádios digitais.

Lula estava acompanhado dos ministros de Relações Institucionais, Tarso Genro; da Casa Civil, Dilma Roussef; da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende; e Nilcéia Freire, da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres.

Depois do evento, Lula foi para um comício no centro de Porto Alegre. (Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

25/09


2006

Lula é "demônio" para FHC, e "judas" para Alckmin

 Um evento do PSDB com o intuito de alavancar a candidatura do tucano Geraldo Alckmin à Presidência, na noite desta segunda-feira em São Paulo, foi palco de ataque de tucanos contra o presidente e candidato à reeleição, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Alckmin afirmou que o petista é "o Judas desta história, porque traiu o povo brasileiro", referindo-se à suposta compra de um dossiê ligando candidatos tucanos à máfia das ambulâncias.

O candidato petista havia se comparado, no último fim-de-semana, a Cristo, e falado em traição.

– Numa mesa de 12 pessoas, Cristo foi traído por um, mas mesmo assim ele não perdeu sua importância – afirmou o petista.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso seguiu a mesma linha e afirmou que Lula é como um "demônio", ironizando a comparação do petista.

– Nós temos que expulsá-lo daqui – disse o presidente de honra tucano.

O evento contou com a presença dos principais nomes do partido, como o presidente nacional do PSDB, Tasso Jereissati, e José Serra, além de Jorge Bornhausen (PFL). Informações do JBOnline.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lúcifer, são vocês dois, Serra e Alckmin. O Lula está muito longe de ser este demônio que vocês falam. O povo brasileiro já decidiu, É Lula de novo com a força do povo. É Lula lá e Eduardo cá.


Banner de Arcoverde

25/09


2006

Bornhausen diz que Lula comanda "aloprados"

O presidente nacional do PFL, senador Jorge Bornhausen (SC), classificou o presidente e candidato à reeleição Luiz Inácio Lula da Silva de "comandante dos aloprados", numa alusão ao termo utilizado nesta segunda-feira pelo petista para criticar os seus companheiros de partido que tentaram comprar o suposto dossiê que vincularia candidatos tucanos à máfia dos sanguessugas.

"Lula é o comandante dos aloprados. O maior responsável (pelos escândalos) é o Lula e quem anda com aloprado, aloprado é", sustentou Bornhausen ao chegar ao Clube Espéria para o ato "Por um Brasil Decente" de apoio às campanhas de Geraldo Alckmin à Presidência da República e de José Serra ao governo de São Paulo. A expectativa é de reunir mais de 3 mil militantes.

O prefeito do Rio de Janeiro, o pefelista César Maia, que também participa do ato, acusou Lula de ser "um dedo-duro" por entregar os companheiros do partido sempre que eclode um escândalo, como fez nesta segunda ao responsabilizar o ex-coordenador de sua campanha e presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, pela contratação dos assessores de campanha que foram envolvidos no episódio da compra do dossiê Vedoin.

"O que o Lula fez não é nenhuma novidade, ele fez isso com Delúbio (Soares, ex-tesoureiro do PT), com Dirceu (José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil) e Silvinho (Silvio Pereira, ex-secretário-geral do PT). Lula entrega, Lula é dedo-duro. É uma falha de caráter não ser solidário com os companheiros", emendou o prefeito do Rio.Informações do Correioweb. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

Incrível é a adoração que estes senhores têm pelo grande chefe.Vão para o sacrifício em nome grande guia.

LandRover

Aloprados? Não. Bandidos mesmo. O brasil está entregue nas mãos dos piores corruPTos que já se conheceu. Deposição Já!



25/09


2006

PSB recorre ao TRE e diz que Saulo é falso empresário

O Partido Socialista Brasileiro acaba de divulgar nota sobre a denúncia do empresário e ex-militante estudantil Saulo Batista, de um suposto esquema de formação de caixa dois na campanha do candidato ao Governo de Pernambuco Eduardo Campos (PSB).

 

Confira abaixo a íntegra do texto:

 

“NOTA DO PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO

 

A Executiva Nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB) repudia as acusações de crime eleitoral feitas ao presidente estadual do partido em Pernambuco, Milton Coelho, pelo falso empresário Saulo Batista. A denúncia, divulgada no final de semana, é mais uma tentativa inócua das forças antidemocráticas de deter o crescimento da candidatura de Eduardo Campos pela Frente Popular de Pernambuco, a qual já encaminhou representação ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) exigindo a investigação da tentativa de extorsão em ambiente eleitoral e os indícios de que houve obtenção ilícita de provas para manipulação da opinião pública.

 

O PSB exige a perícia das gravações - que apresentam sólidos indícios de terem sido falsificadas - e conclama os eleitores e todos aqueles que acreditam na soberania da vontade popular a saírem às ruas em defesa da campanha limpa e certamente vitoriosa de Eduardo Campos pelo Governo do Estado de Pernambuco.   

 

Roberto Amaral, Presidente em exercício do PSB”.

 

Saulo Batista havia anunciado que hoje apresentaria à imprensa uma testemunha de dentro do PSB que teria assinado documentos comprovando que estaria presente em algumas das reuniões, nas quais o presidente licenciado do PSB, Milton Coelho, estaria negociando verba de R$ 1 milhão em troca de apoio para um projeto de autoria da Conceito Consultoria em Eventos Ltda. - de propriedade de Batista - junto à Petrobrás. Numa entrevista coletiva tumultuada, Batista não apresentou a testemunha, para “garantir sua integridade física”. Informações da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ele pode ser falso empresário mas as gravações são verdadeiras.

paulo

Será que as gravaçoes e falas do presidente do PSB tambem sao fantasiosas. O cara é o maior pilantra nao resta duvidas, agora que o pessoal tava tao doido pela propina, que nem sequer se deu conta que se tratava de um morta fome. Tao querendo cobrir o sol com uma peneira, mas Pernambuco esta vacinad


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores