Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

13/08


2009

Hermanos

 

 

 

 

 

 

 

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

kkkkkkkkkkkkk, tudo da mesma lai de Lula, kkkkkkkkk


O Jornal do Poder

13/08


2009

Coluna de hoje na Folha

          Com a corda no pescoço

 

Reunidos, ontem, na Amupe, mais de 100 prefeitos promoveram a maior sessão chororô da história da instituição. O motivo do baixo astral é a tesoura impiedosa do presidente Lula no FPM – Fundo de Participação dos Municípios. A primeira parcela deste mês, depositada segunda-feira passada, entrou nos cofres municipais com 18,8% a menos.

 

Para um município do porte de Afogados da Ingazeira, por exemplo, são R$ 350 mil a menos na planilha de compromissos a pagar. O prefeito Totonho Valadares (PSB), disse que pela primeira vez teme não repassar o duodécimo à Câmara, mesma situação em que se encontra Carlos Evandro (PR), de Serra Talhada, e Eudson Catão (PSB), de Palmeirina.

 

Sem ter a quem recorrer, os prefeitos mais angustiados levaram ao presidente da Amupe, Antônio João Dourado (PDT), que administra o município de Lajedo, a ideia de paralisar as atividades das prefeituras por 24 horas na próxima semana. “Temos que gritar bem alto.

 

Só assim, quem sabe, Lula tem piedade de nós”, desabafa o prefeito de Serra Talhada, para quem, em cinco anos de gestão (ele foi reeleito) nunca enfrentou um cenário com tamanhas dificuldades. A paralisação, se houver, será como ocorreu no Paraná. Ali, os prefeitos colocaram uma faixa preta de luto e só permitiram os trabalhos essenciais para a população, como o funcionamento dos postos de saúde.

 

O TEMPO VOA– Hoje, faz quatro anos da morte do ex-governador Miguel Arraes, que entrou para a história como um mito da política nacional. Nas três oportunidades em que geriu o Estado, Arraes marcou seus governos com ações eminentemente sociais, a exemplo dos programas Chapéu de Palha, reeditado pelo neto Eduardo, e Vaca na Corda. Foi Arraes, ainda, que celebrou o primeiro acordo trabalhista na conflagrada Zona da Mata no seu primeiro governo, encurtado pelo golpe em 64.

 

Sem lata na cabeça - Em seis meses, Bezerros, no Agreste Setentrional, sairá, definitivamente, da situação de racionamento de água, segundo anunciou, ontem, durante audiência pública naquele município o secretário e presidente da Compesa, João Bosco. O Governo vai investir R$ 8 milhões no sistema Brejão.

 

Quase empate técnico - Pesquisa Ipespe feita entre os dias 29 de julho a 2 de agosto com 1,6 mil entrevistados no Estado aponta o governador Eduardo Campos na frente com 48%, seguido de perto pelo senador Jarbas Vasconcelos, que tem 41%. Pelo levantamento, Jarbas bate Eduardo na Região Metropolitana e em cidades acima de 100 mil eleitores. A vantagem do governador está concentrada nos pequenos municípios.

 

PSB apoiaria? - O presidente do PSDB, Sérgio Guerra, acompanha o governador mineiro e presidenciável tucano Aécio Neves na audiência com o governador Eduardo Campos, amanhã, às 18 horas, no Palácio das Princesas. Aécio, segundo Ciro Gomes já havia cantado a bola, contaria com o apoio do PSB se entrasse na disputa.

 

Sertão no PAC - O prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), regressou, ontem, de Brasília, onde se encontrou com a equipe técnica da ministra Dilma para discutir o monitoramento de um programa de habitação e saneamento no município com recursos do PAC. Ele já tem a contrapartida do município em caixa.

 

 

 

 

 

 

Curtas

 

COLHEITA– Depois de um giro pelo Sertão e Agreste, o deputado Inocêncio Oliveira (PR) diz ter contabilizado o apoio de 33 sindicatos rurais ligados ao Programa Nacional de Agricultura Familiar. A colheita será fatiada entre os candidatos proporcionais.

 

HORÁRIO – Candidato à presidência da OAB, Ricardo Correia requereu ao Conselho de Magistratura a revogação do artigo 5º, do Provimento 05/2009, que orienta os juízes a fixarem horário para atendimento dos advogados. Trata-se de um pleito antigo.

 

LANÇAMENTO– O juiz Adeildo Nunes, da Vara de Execuções Penais, lança, hoje, mais um livro, às nove horas, no auditório da Faculdade Maurício de Nassau. A obra trata exclusivamente da temática execução penal e certamente deverá ter grande repercussão.

 

''O orgulho leva a pessoa à destruição, e a vaidade faz cair na desgraça''. (Provérbios 16-18)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

DE OLHO

E a cidade conti nua suja, esburacada, saúde precária, coleta de lixo quase inexistente... e o prefeito com este sorrisinho de deboche.

DE OLHO

Em Petrolina, a coisa tá é feia. 1º, tiraram uma empresa de coleta de lixo alegando valor acima da média, colocaram outra com preço mais exorbitante ainda. 2º, a merenda agora licitada é 5x maior que a anterior. Tiraram o IMIP, agora tem gente de Barreiras, valor muito maior!!!!

LandRover

Se grande parte dos prefeitos fossem mais competentes e menos corruptos, se o Tribunal de Contas fosse mais eficiente e ágil e se o Ministério Público estivesse mais atento aos desmandos praticados pelos prefeitos, com certeza o dinheiro das prefeituras daria de sobra para uma boa administração.

uilma

Acm me lembro bem, Acm rouba mas faz, assim dizia os bainos, kkkkkkkkkkkkkkkkk.

milton tenorio pinto junior

...só alguns gatos pingados...


Abreu no Zap

13/08


2009

Calado!!!

 Desde que admitiu apoiar Eduardo Campos (PSB) em 2010, o deputado Raimundo Pimentel (PSDB) pouco tem ocupado a tribuna na Assembleia. O que se comenta é que, por represália, a oposição estaria retirando o tucano da relação dos inscritos para falar.

De Marisa Gibson - Diario de Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/08


2009

Karla Menezes reage a críticas do presidente petista

 “O CEU tem um projeto político que se expressou nas três vitórias que o campo teve no Recife, com as duas vitórias de João Paulo e a de João da Costa”. Foi dessa forma que a presidente municipal do PT, Karla Menezes, reagiu às críticas do presidente estadual da sigla, Jorge Perez, de que o Campo das Esquerdas Unificado, grupo liderado pelo secretário de Articulação Regional, João Paulo, não tinha uma proposta política para apresentar em prol da unidade no partido.

Karla criticou ainda a postura do correligionário, que afirmou que irá disputar o Processo de Eleições Diretas do PT (PED) com qualquer um dos nomes apresentados pelo CEU. “O interesse deles é um só: o da disputa. Nós queremos o consenso”, disparou a petista, referindo-se aos integrantes da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB). No último sábado, a CNB lançou Perez à reeleição. Segundo Karla, o CEU “quer construir o consenso em favor do partido”, enquanto a postura da CNB “é da disputa”. A petista disse que o nome do secretário de João Paulo foi colocado pelo CEU como “contribuição para a chapa majoritária” de 2010 e que esse debate deve ser feito.(Informações da Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos

Esse CEU não tem projeto político. E João Paulo não é petista. Se fosse não cogitaria ir ao PCdoB. Que projeto é esse? tem mais gente do CEU saindo. Jorge Carreiro, o político que deveria estar no livro dos recordes, pois passou por mais de 10 partidos, esta de malas prontas ao PCdoB. Qual o projeto

Rosália lionete

Karla se mostra despreparada, enquanto dirigente. Tanto que o PT no Recife perdeu três veradores. O processo de escolha de João da Costa foi inverso. A definição veio de fora pra dentro. Hoje não será dessa forma. Quem decidirá é o partido. No Recife foram os donos. No estado será a militância!



13/08


2009

Itamar no ataque: sobra para Fernando Henrique, Lula e Sarney

 Pelo caminho da oposição, o ex-presidente da República Itamar Franco (PPS) está de volta ao campo político e dispara críticas para todos os lados. Os alvos principais são o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e José Sarney.Em entrevista ao programa 3 a 1, da TV Brasil Itamar disse que Lula o decepcionou por ter se transformado em um homem soberbo.

''Fui o primeiro a apoiá-lo. Depois, ele me decepcionou porque se tornou soberbo. Aquele homem humilde, que assumiu a Presidência da República, não existe mais''. O ponto de maior incômodo de Itamar Franco, em relação a Lula, é a frase nunca antes nesse país. ''Será que ninguém nunca fez nada nesse país? Só ele é que fez?'', provocou.

Durante o primeiro mandato de Lula, Itamar chegou a ser embaixador do Brasil na Itália. O afastamento de Lula, segundo ele, ocorreu depois que deixou o cargo. ''Durante o meu período de embaixador, tenho certeza que cumpri com minhas obrigações. Podia enumerá-las aqui. Mas quando voltei soube que o presidente não fazia uma boa imagem da minha pessoa Então fui me afastando'', revelou.

Outro alvo é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que foi seu ministro da Fazenda e sucessor. ''Quando lançamos o Plano Real, em julho de 1994, nós sabíamos e ele também sabia que o plano, já em 1995, teria que ter a reforma fiscal e tributária. No entanto, ele começou logo a cuidar de sua reeleição'', disse.

A decepção com FHC, segundo ele, teria ocorrido na escolha do candidato a vice-presidente nas eleições de 1994. Itamar o defendia o então governador de Minas Gerais, Hélio Garcia. Mas o escolhido foi Marco Maciel.

Pedi a ele [Garcia] que fosse a Brasília conversar comigo e estaria presente o senhor Fernando Henrique Cardoso e o meu líder Simon [o senador Pedro Simon (PMDB-RS)]. O governador Hélio Garcia não sabia do porquê do convite. Fernando Henrique chegou reunião e disse: ´Não, eu já escolhi o vice´. Mas sem avisar? Sem conversar?, protestou o ex-presidente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

DE OLHO

O ex-presidente não tem pq ficar magoado com Lula, na verdade, nunca antes neste país se fez TANTO, nao quer dizer que outros nao fizeram. Sobre FHC, so Itamar nao sabia da arrogancia de Fernando Henrique... arrogante, vaidoso e preconceituoso.

Paulo Robkstikeare

Esse topetudo é um poço de rancor...

uilma

AH EU ME LEMBRO SEMPRE DE iTAMAR, SEMPRE APARECIA UM ALMENTO, DEPOIS QUE ELE SAIU, MI`SERICORDIA, NOSSO SALÀRIO FORAM ACHATADOS, MUITO TRISTE ESSE QUE TA AI TIRA DO NOSSO PRA DA ESMOLA, FASER O QUE? È TRISTE MAS È REAL.


Banco de Alimentos

13/08


2009

Serra já quer Marina como vice para enfrentar Dilma

 O governador tucano de São Paulo, José Serra, articula com o Partido Verde a possibilidade de a senadora Marina Silva (AC) compor sua chapa, como candidata a vice-presidente, caso ela se filie mesmo ao PV. A aliança PSDB-PV chegou a ser discutida há meses, com Fernando Gabeira de vice, mas o sonho de Serra era ter alguém como Marina: mulher, negra, de origem pobre e heroína da causa ambiental.

 

****  Dilma disse que quanto mais mulher, melhor. O PV e José Serra também acham isso, por isso buscam Marina Silva.

 

****  Com a provável candidatura da senadora Marina Silva à presidência pelo PV, ganha força no Planalto a ideia de recolocar Ciro Gomes (PSB) no tabuleiro federal. Ele, acreditam os petistas, poderia fazer estrago para a candidatura de José Serra (PSDB), a exemplo do que Marina fará no PT. Com Ciro fora da disputa pelo Governo de São Paulo, o favorito pelo PT é o prefeito de Osasco, Emídio de Souza.(Coluna de Cláudio Humberto)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

MARINA NÃO ACEITE SER VICE DE NINGUÉM,É JOGADA SUJA DE AMBOS OS LADOS.

Cátia Santos

Marina entrando na disputa, a briga será ferrenha, quem viver, VERÁ!!!!

joão de assis alves júnior

agora a pergunta de todos os brasileiros é essa: pq Lula não trabalhou o nome de Marina que é conhecido e teve votos ao invés de insistir neste poste Dilma? querem saber a resposta? Marina não é pau mandado de Lula, Dilma é marionete na mão de lula, agora aguente as consequeências da má escolha

joão de assis alves júnior

em 2002 o PT só viabilizou seu projeto eleitoral com a união do PL (partido da igreja e capitalista) de José Alencar que somou peso na chapa tantas vezes derrotada do PT. Agora o caminho é inverso o Serra pode se aliar a 1 nome como o de Marina e viabilizar ainda + sua plataforma política!

JARBASTA

Apesar de ser um desejo do PIG, um sonho dessa direita conservadora (DEMO, PSDB, PPS...), Marina não se prestará a esse papel de mera coadjuvante deste leque de forças reacionárias.



13/08


2009

Absolvição de Virgílio será contestada pelo PMDB

 O PMDB recorrerá do arquivamento da denúncia apresentada pelo partido ao Conselho de Ética contra o líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM). A assessoria da liderança do PMDB já redigiu o recurso, com as assinaturas de cinco conselheiros (mínimo necessário), e deve registrar o documento amanhã na secretaria do colegiado. A denúncia contra Virgílio foi arquivada hoje pelo presidente do Conselho de Ética, senador Paulo Duque (PMDB-RJ).

Duque decidiu hoje pelo arquivamento da denúncia contra o líder do PSDB apresentando razões políticas. Virgílio é acusado pelo PMDB de manter em seu gabinete um funcionário fantasma, de pedir empréstimo ao ex-diretor-geral do Senado Agaciel Maia para pagar despesas pessoais e de ter usado indevidamente o plano de saúde da Casa para tratamento da mãe (já falecida). Já Sarney é acusado, entre outras denúncias, de responsabilidade na edição de atos secretos adotados para criação de cargos, nomeações e aumentos salariais e de irregularidades na administração da fundação que leva seu nome.(Site de VEJA)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

13/08


2009

Marina já faz estragos em Dilma, superando-a nas pesquisas

 O tamanho do estrago feito pela senadora Marina Silva (PT-AC) na candidatura da ministra Dilma Rousseff (PT) finalmente vem a público, em números precisos, em 4 das 81 páginas da pesquisa que o PV encomendou em julho e só nesta terça-feira, 11, foi entregue, inteiramente tabulada, pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe). No confronto direto entre Marina e Dilma, em quatro cenários, a senadora perde em um, empata em outro e ganha em dois, informa o jornal o Estado de S.Paulo.

A primeira dessas tabelas mostra José Serra (PSDB) com 28% das preferências e Ciro Gomes (PSB) com 16%, seguidos de Dilma (14%), Heloísa Helena (PSOL) com 13% e Marina em quinto, com 10%. Na segunda, sem Heloísa, Marina sobe e empata com Dilma em 14% (Serra lidera com 30% e Ciro fica com 22%). A virada da ex-ministra do Meio Ambiente aparece quando Ciro também é tirado da disputa. Nessa hipótese, Serra sobe para 37% e Marina vence Dilma por 24% a 16%. E na última hipótese, em que Aécio entra no lugar de Serra e Ciro continua de fora, Marina aparece em primeiro lugar com 27% das intenções de voto, contra 25% do governador mineiro e 19% de Dilma.

A pesquisa, coordenada por Antonio Lavareda, foi feita por telefone entre 22 e 23 de julho e ouviu 2 mil eleitores de todo o País. O próprio Lavareda se diz surpreso com esses resultados. "Eu e a torcida do Flamengo", afirma.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

MARINA NÃO ACEITE SER VICE DE NINGUÉM,É JOGADA SUJA DE AMBOS OS LADOS.

Paulo Robkstikeare

Marina será vide de Serra que ganhará antes do primeiro turno...hehehe

wladimir quirino

Marina não tem como crescer. Não terá palanque nos estados e tempo de TV. É espuma!

uilma

Esse poste de Lula ta muito fraco, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.



13/08


2009

Senado: descobertos mais 468 atos ilegais secretos

 Investigação feita por técnicos do Senado descobriu mais 468 atos secretos, além dos cerca de 500 já identificados, informa hoje o jornal O Estado de S.Paulo. Esse novo grupo, editado entre 1995 e 2000, segue o mesmo padrão do anterior, ou seja, contém nomeações de aparentados de políticos, concessões de benefícios salariais e criação de cargos.

Os boletins agora identificados por técnicos do Senado foram inseridos na publicação do Boletim de Administração de Pessoal (sistema que divulga essas informações), após o levantamento da comissão de sindicância que identificou os outros atos secretos do Senado. Os arquivos de computador desses 468 atos descobertos agora foram criados após 29 de maio.

Um desses boletins reservados, por exemplo, trata de uma decisão da Mesa Diretora da época criando 42 cargos de confiança no gabinete da presidência do Senado e 73 na diretoria-geral. Na época, Antonio Carlos Magalhães (DEM-BA) - morto em 2007 - presidia o Senado. Agaciel Maia já era o diretor-geral.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha