FMO janeiro 2020

27/02


2009

Ouvida de testemunhas do mensalão durará 273 dias

A Justiça demorará pelo menos 273 dias para ouvir as mais de 600 testemunhas de defesa arroladas pelos réus da ação penal do mensalão. O prazo dado pelo relator da ação no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, mostra que até por volta de maio de 2010 o andamento do processo ficará restrito aos interrogatórios de testemunhas em 18 Estados. Uma das razões da demora é o fato de o STF ter decidido, no ano passado, que essas audiências não podem ser marcadas para a mesma data em Estados distintos. A decisão dá tempo para que os advogados dos 39 réus se desloquem de um Estado para o outro a fim de acompanhar todos os interrogatórios.

Por essa sistemática, as testemunhas que moram em Minas serão as primeiras a depor. Os juízes da 4ª Vara Federal de Minas terão 80 dias para interrogar mais de 180 testemunhas de defesa. Somente depois desse prazo o juiz de Vitória (ES) poderá marcar a audiência para as duas testemunhas que moram no Estado. Os últimos interrogatórios serão das mais de 200 testemunhas que moram em Brasília, em especial de deputados, senadores e ministros arrolados para defender os acusados de participar do esquema do mensalão.(Estadão Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

NO FIM Ñ DA EM NADA, DARIA,SE Ñ FOSSEM DA TURMA DOS COMPANHEIROS E ALIADOS PTralhas.HOJE É O PAIS DA IMPUNIDADE.UM GOV. QUE GASTA 50 MILHÕES COM BADERNEIROS(M S T ) O QUE SE ESPERA . QUEM QUISER Q DEFENDAM ESTES ASSALTANTES, MAIS Ñ MUDA A OPINIÃO DE QUEM TEM DECÊNCIA.QUEM SÃO ESTES Q ESTÃO NO PODE ?

João Morais Batista

É nessa "velocidade" que eles apostam, confiam. Até o Presidente (que nunca sabe) j disse: "ninguém pode ser considerado culpado até que seja transitado e julgado". Sabia e tinha segurança no que dizia. Com essa velocidade...diferente de quem rouba uma galinha ou uma margarina: Cadeia.

Raimundo Eleno dos Santos

...Isso se não tiver nenhum atestado médico, algum outro artifício; juiz que foi participar de alguma viagem de recreio...oficial de justiça que não encontrou o endereço; carta rogatória a autoridades judiciária do Barein, Serra Leoa, ou países da Indonésia, Guiné-Bissau, ou de ilhas do Caribe...


IPTU Cabo

27/02


2009

Coluna de hoje na Folha

           Lula financia o MST

 

Lula calou diante do desabafo do presidente do STF, Gilmar Mendes, que afirmou que o Governo tem sido cúmplice de atos ilegais do MST, como o confronto em São Joaquim do Monte, que resultou na morte de quatro funcionários da propriedade rural. Para Mendes, financiar entidades que praticam vandalismo e recorrem à violência, como o MST, é ilegal.

 

“Há uma lei – disse ele – que proíbe o governo de subsidiar esse tipo de movimento. Repassar dinheiro público para quem comete ilícito é também uma ilicitude e aí a responsabilidade é de quem subsidia”. Lula não deu um pio, diga-se de passagem, porque é complacente. Mesmo promovendo invasões em fazendas produtivas, como é o caso da de São Joaquim do Monte, o Governo fecha os olhos e financia a baderna.

 

De 2002 até ontem, segundo o SIAF, Lula autorizou a liberação de R$ 23,81 milhões para o MST e a Associação Nacional de Cooperação Agrícola, um dos braços do movimento. Se considerado apenas o primeiro mandato de Lula, houve um aumento de 315% no volume de verbas repassadas para essas entidades em relação ao segundo mandato de FHC.

 

Os movimentos sociais devem ter toda a liberdade para agir, se manifestar e protestar. Só não podem usar a violência, tirar a vida de trabalhadores. Governo que dá dinheiro para esse tipo de movimento merece o repúdio da sociedade.

 

TÁ FORA – A fazenda Consulta, onde quatro seguranças morreram durante tentativa de invasão do MST, sábado passado, em São Joaquim do Monte, é produtiva e, portanto, não pode ser mais desapropriada, conforme Abelardo Siqueira, superintendente do INCRA no Estado. A fazenda foi dividida em quatro partes e não teria assim mais o tamanho mínimo exigido por lei. Apenas latifúndios com áreas superiores a 15 módulos de 75 hectares são passíveis de desapropriação.

 

Hora de desmistificar - Presidente do PSDB, o senador Sérgio Guerra está disposto a endurecer, como Jarbas, o discurso anti-Lula. “Há muita marola nesse governo. Fernando Henrique pegou o Brasil com a inflação na lua e a dívida externa em moratória. Baixou e manteve a inflação sob controle e entregou um País muito melhor”, diz.

 

Temer deve acumular PMDB - Uma raposa felpuda do PMDB garantiu, ontem, que Michel Temer não pedirá licença da presidência do partido, porque não existe nenhum impedimento legal. Lembra que Ulysses Guimarães não abriu mão do comando da legenda quando era presidente da Câmara e da Constituinte. Além do mais, a eleição para renovação do diretório nacional só ocorrerá em 2010.

 

Fim da dependência - Secretário-executivo de Desenvolvimento Social, Acácio Carvalho regressou de um giro pelo Pajeú. Em Tuparetama, onde 70% da população depende do Bolsa-Família, instalou o programa “Pernambuco no Batente”, pelo qual capacitará, de imediato, 200 pessoas para reingresso no mercado de trabalho.

 

Gesto solidário - Adversário ferrenho do deputado Adelmo Duarte (DEM), o prefeito de Lajedo, Antônio João Dourado (PDT), tão logo soube do acidente em que o parlamentar perdeu a esposa, sábado de Carnaval, ligou para o secretário de Saúde, João Lyra Neto, e pediu urgência no atendimento, inclusive uma UTI aérea.  

 

 

Curtas

 

A RAZÃO – O PMDB escolheu Petrolina para fazer seu primeiro encontro em março como forma de reconhecer o crescimento do partido no São Francisco. Emplacou os prefeitos de Petrolina e Lagoa Grande, além do vice de Santa Maria da Boa Vista.

 

1OO ANOS – Os festejos do centenário de São José do Egito estão sendo coordenados pelo prefeito em exercício Eclériston Ramos, mas o prefeito Evandro Valadares, que está de férias, reassume dia 8 para receber o governador e comandar a festa.

 

IRMÃ – Deja não era filha do ex-governador Agamenon Magalhães, conforme noticiei, ontem, ao relembrar a premonição dela de que teria em vida dois sobrinhos prefeitos do Recife – no caso Geraldo e Roberto Magalhães. Na verdade, ela era irmã.  

 

''Elogiar um tolo é tão absurdo como cair neve no verão ou  chover no tempo da colheita''.(Provérbios 26-1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

luiz

o pmdb "cresceu"em petrolina por causa de osvaldo e sobretudo fernando.convem agradecer.luiz.

Raquel Filgueira Cabral

Por esta leitura os primeiros bandidos a se instalarem no Brasil foram os portugueses...

Jonas C Holanda Junior

Quem apoia bandido, bandido é! O MST é um covio de bandidos. Podem bradar, chamar os outros de burqueses, enfim, se manifestem como quiserem. Mas a verdade não tem duas caras não. Quem invade, quem rouba, quem mata, quem ameaça, sob os auspícios da petralhada, so pode ser chamdo pelo nome: BANDIDO!

monica dantas

Viva FHC, q deixou o Brasil sanado e o cara do pt só foi feliz porque não mudou a equipe economica de FHC,de resto esse desgoverno do pt só apoia bandido,mensalão,sangue suga,telemar+filho do cara do pt,dossier falso em SP e por aí vai. Pobre Brasil e PE.

Raquel Filgueira Cabral

VIVA O MST! Um dos últimos países a ter reforma agrária foi o Japão depois da segunda guerra, financiado pelos Estados Unidos, quem sabe o Brasil um dia faz justiça social. Vamos agir sem violência e seguir em frente.


Governo de PE - Decimo Terceiro

27/02


2009

Ouça aqui o Frente a Frente de ontem

Se você perdeu o Frente a Frente de ontem, programa que apresento pela Nossa Rádio 106.9 FM em rede estadual com 19 emissoras, clique no endereço abaixo e ouça agora:

http://www.adrianoroberto.com.br/reporter/audios/FrenteaFrente35.wma


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

...ligou para o secretário de Saúde, João Lyra Neto, e pediu urgência no atendimento, inclusive uma UTI aérea. (ISSO ACONTECERIA PARA UM ELEITOR SEU QUE ESTIVESSE EM IGUAL SITUAÇÃO?) Atirar com a pólvora alheia, é um barato! PQP!!!!!! ( Certamente foi atendido).


acolher

27/02


2009

Serra Talhada dá adeus a ex-prefeito

O ex-prefeito de Serra Talhada, Luiz Conrado de Lorena e Sá, 83 anos, que morreu na quarta-feia de Carnaval, foi enterrado, ontem. Lorena foi prefeito do município por três vezes. Seu corpo foi velado na Câmara de Vereadores. (Blog de Nill Júnior)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


27/02


2009

Padre deputado sob ação da Igreja e ameaças de morte

 O padre e deputado federal Luiz Couto (PT-PB), que foi suspenso das atividades religiosas por ter criticado dogmas da igreja católica como o celibato e a intolerância aos homossexuais, está sob um verdadeiro ''fogo cruzado''. Ameaçado de morte por integrantes de grupo de extermínio, em função da relatoria da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investigou grupos de pistolagem no Nordeste, encerrada em 2005, Couto tem dificuldades para voltar a ter a proteção policial. O pedido foi enviado à Polícia Federal em 4 de fevereiro, mas até agora não teve resposta do Ministério da Justiça. No relatório da CPI, o deputado pediu o indiciamento de mais de 300 pessoas, incluindo policiais, juízes de direito, promotores e políticos.             

Apesar de não ter integrado a CPI, o deputado federal Fernando Ferro (PT-PE) também está com receio de problemas em relação à sua segurança. Com atuação em Itambé, na divisa com a Paraíba, onde a CPI identificou atuação de grupos de pistoleiros, Ferro solicitou proteção junto com Couto,após o assassinato do assessor do seu gabinete, Manoel Mattos. Ex-vereador de Itambé e colaborador da CPI, Mattos foi morto a tiros em 24 de janeiro na Praia de Acaú (PB).                    (Do Diario de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JOSÉ RICARDO DE SOUZA

Esse deputado está mesmo em maus lençóis; além de ter sido praticamente ex-comungado pelo genérico de Dom José, o Dom Aldo Pagotto, agora a turma barra pesada do crime organizado querem pegá-lo. É muito castigo pra um cristão só não acham ?


Cúpula Hemisférica

27/02


2009

Jarbas apresenta projeto que é nova estocada no PMDB

 Em meio à briga do PMDB por cargos em estatais, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) deve, mais uma vez, atingir diretamente seu partido. Em discurso que fará na próxima terça-feira, na tribuna do Senado, ele apresentará um projeto de lei com o objetivo de impor restrições às indicações políticas para cargos em empresas estatais e públicas e em autarquias.

A proposta de Jarbas é a de tornar esses cargos exclusivos de funcionários de carreira, o que, na sua avaliação, ajudará a moralizar o setor público e profissionalizar o Executivo, além de excluir a partidarização da máquina administrativa.

O discurso de Jarbas está sendo aguardado com expectativa, até porque, desde que acusou o PMDB de praticar irregularidades, vem sendo pressionado por deputados da oposição a liderar um movimento contra a corrupção. “Ele é o aglutinador”, disse o deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR), que já conversou com o senador sobre o assunto. Entretanto, segundo seus interlocutores, dificilmente o senador será o comandante de uma frente contra a corrupção, por não conferir com seu perfil, mas terá papel fundamental no movimento.

Enquanto os deputados da oposição estão ansiosos pelo pronunciamento de Jarbas, a cúpula do PMDB no Senado o aguarda com preocupação. Esse foi um dos assuntos das sucessivas conversas ao longo do dia de ontem entre o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e os líderes do governo na Casa, Romero Jucá (PMDB-RR), e do PMDB, Renan Calheiros (AL).              (Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raquel Filgueira Cabral

Jarbas está defendendo o nome de quem?

Maurício Barbosa

Eitá!!!!!!! e agora Silvios Costas?

João Morais Batista

Obrigado, Jarbas Vasconcelos, por honrar meu voto.


Prefeitura de Serra Talhada

27/02


2009

Justiça avalia suspensão de demissões na Embraer

 Após receber ontem ação que pede liminarmente a suspensão das demissões na Embraer, o presidente do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 15ª Região, em Campinas (93 km de SP), desembargador Luís Carlos Cândido Martins Sotero da Silva, defendeu a necessidade de haver negociação entre sindicato e empresa antes de demissões em massa.
Em reunião anteontem com o presidente Lula, a Embraer ratificou a demissão de 4.200 funcionários ocorrida na semana passada. O desembargador do TRT da 15ª Região afirmou que julgará ainda hoje o pedido de liminar. Segundo ele, uma negociação prévia poderia resultar em alternativas à rescisão: "Você pode reduzir a jornada, reduzir salário; são mecanismos que podem mitigar esta situação mais grave", afirmou. (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

27/02


2009

Enquanto isso Lula lamenta, protesta, estrila e não age

 Poderia ter sido diferente o diálogo entre o Lula e os caciques da Embraer? Na teoria, sim. Bastaria o presidente comunicar a suspensão da ajuda oficial e das facilidades no setor dos impostos, preparando-se para a tréplica, que seria o anúncio de mais demissões. Com a iniciativa de novo em suas mãos, convidaria os interlocutores a se retirar e, na soleira da porta de seu gabinete, anunciaria estar a Embraer sob intervenção federal, a partir daquele momento.

O dinheiro do BNDES devido à empresa, através de seus diretores, seria de imediato destinado diretamente à conta salarial dos trabalhadores, inclusive os demitidos, logo a seguir readmitidos. Um interventor de pulso tomaria essas iniciativas em quinze minutos, promovendo em seguida ampla devassa nas contas postas à sua análise.

O exemplo pegaria feito sarampo nas demais empresas recalcitrantes em interromper demissões em troca de reforço de caixa. E não se suponha nelas coragem para continuar a queda de braço, cientes de que o poder público prevalece sobre os interesses privados. Ainda mais porque, coincidência ou não, as demissões vêm atingindo especialmente as empresas privatizadas no período do sociólogo.

Encheram as burras, lucraram o que não podiam, depois de adquiridas na maior parte com capital público, do BNDES, dos fundos de pensão e de outras fontes estatais. Entrando em dificuldades, chegando ao estado pré-falimentar por conta da ambição especulativa de seus novos donos, mantém a arrogância neoliberal já escoada pelo ralo em boa parte do planeta.

Enquanto isso, o presidente Lula lamenta, protesta, estrila, mas não age.

Carlos Chagas - Tribuna da Imprensa Online 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

27/02


2009

A impotência de Lula ante o que ele chama de "elites"

 Nenhum dia mais apropriado do que a Quarta-Feira de Cinzas, anteontem, para o governo Lula demonstrar impotência diante das megaempresas que o vêm desafiando faz algum tempo. Ao receber a diretoria da Embraer, no palácio do Planalto, o presidente ouviu, alto e bom som, que não serão revistas as 4 mil demissões de uma semana atrás.

É claro que a Embraer continuará recebendo ajuda oficial, participará da farra dos 100 bilhões de reais que o BNDES distribui, valer-se-á de benesses fiscais e talvez ainda receba, por conta, algumas encomendas de aviões suplementares para as Forças Armadas. Mas rever demissões, ou mesmo prometer que elas se encerraram, de jeito nenhum.

Esse é o retrato do País. O governo dos trabalhadores protesta, lamenta e estrila, mas acovarda-se diante da postura empresarial responsável por demissões em massa no sistema econômico. Também, quem mandou entregar o jogo antes mesmo dele começar, em 2002, na tal "Carta aos Brasileiros"?

Esperavam-se mudanças fundamentais de um torneiro-mecânico feito presidente da República, mas ele preferiu seguir a cartilha do antecessor, privilegiando o mercado e abrindo mão de interferir na economia. Ao capital, tudo. Ao trabalho, menos do que já recebia. (Carlos Chagas - Tribuna da Imprensa)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

SURICATO, O AERO lula PODERIA TER SIDO COMPRADO NA EMBRAER.

suricato

Esse presidente não tem o que reclamar ,enquanto ele estrila ,protesta e não age o seu protegido da CBF acaba de comprar uma aeronave CESNA aos EUA desprestigiando por completo a EMBRAER.A aeronave vai servir para Ricardo Teixeira e seus aloprados viajarem prá cima e prá baixo as nossas custas .

SOUBE?

Na quinta-feira, após a quarta-feiras de cinzas, tb teve um bloco, o dos presidiários. que foi autorizado pelo STF a colocar na rua a comissão de frente, formado pelo primeiro lote de beneficiários do habeas corpus historicamente negado a réus que tiveram a condenação confirmada em segunda instância



27/02


2009

PMDB perde investida por R$ 6 bi de fundo de pensão

 Os trabalhadores e pensionistas de Furnas e da Eletronuclear venceram o primeiro round da queda de braço contra a tentativa de ingerência do PMDB na Fundação Real Grandeza, que administra R$ 6,3 bilhões em recursos previdenciários das duas empresas. A proposta de substituição do comando da entidade por um indicado do partido, que seria votada ontem em reunião extraordinária do Conselho Deliberativo, foi retirada da pauta na última hora, após manifestações de protesto e paralisações das atividades na empresa durante todo o dia.

Tânia Vera, coordenadora da Associação dos Aposentados de Furnas, a Após-Furnas, disse no fim do dia que a retirada da proposta na reunião foi apenas "uma batalha na guerra contra a ingerência política na Fundação".

Uma cláusula no regimento interno da instituição previa que, ao ser rejeitada anteriormente, qualquer pauta só poderia voltar a ser apresentada por quatro dos seis membros do Conselho A proposta da substituição já havia sido negada em dezembro de 2007, após ter sido encaminhada ao Conselho pelo então presidente de Furnas, Luiz Paulo Conde. Ontem, apenas o presidente do conselho, Victor Albano, defendeu a proposta.(Tribuna da Imprensa)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores