Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

16/10


2012

Malafaia fora

 Da coluna de Vera Magalhães, hoje na Folha de S.Paulo:

A coordenação da campanha de José Serra (PSDB-SP) se dividiu em relação à adesão explícita do pastor Silas Malafaia à campanha do tucano. Antes mesmo da revelação de que o próprio Serra, quando governador, autorizara a distribuição, em SP, de material anti-homofobia, que Malafaia chama de "kit gay", líderes do partido defendiam que o tema ficasse fora da campanha oficial. Entre os contrários à entrada de Malafaia pela porta da frente na eleição estavam Edson Aparecido (PSDB-SP), coordenador da campanha de Serra, e Luiz González, marqueteiro do candidato.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Realmente LUIZ CARLOS, são duas MALAS sem ALÇAS. Serra faz parte das PRIVÁTARIAS Tucana, e HADDAD faz parte da banda PODRE da política, que são os MENSALEIROS PTralhas. Fora CorruPTos!!! hehehehehe...

JOSE PINTO DA SILVA

VAI PARA LA CARA QUEM SABE VOCE NAO DERROTE OS DOIS E SEJA O PREFEITO DE SAO PAULO SABIDAO

luiz carlos da silva

sao paulo nao ganha nada nem com serra nem com hadad. sao dois idiotas que tem intereses pesoais e nunca dos habitantes daquela cidade.

Wellington Antunes

Caso Serra aceite a companhia desse Mala e derrota será maior ainda.


O Jornal do Poder

16/10


2012

Retrocesso político ameaça a mídia, diz FHC

 O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que países da América Latina vivem um retrocesso político, de caráter autoritário, com reflexos sobre a liberdade de imprensa. "Estão inventando uma espécie de democracia autoritária: ganha pelo voto e governa atacando a oposição", afirmou em debate na 68ª Assembleia Geral da SIP (Sociedade Interamericana de Imprensa), que acontece em São Paulo. FHC participou da discussão com Alan García, ex-presidente do Peru.

FHC referia-se a Venezuela, Equador e Argentina, onde foram aprovadas leis que restringem a ação da imprensa, na visão da SIP, e presidentes costumam atacar os jornais com virulência.

No Brasil, disse, há também um "pendor autoritário", mas com grau menor de violência, quando governantes dizem "que o inimigo é a imprensa".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

FHC, está certo quando diz que alguns setores políticos, vivem ATACANDO a IMPRENSA, esse BANDIDO que vive jogando há MÍDIA contra o POVO, chama-se LULA da SILVA, o Ladrão-Mor do MENSALÃO. Fora CorruPTos!!!

azevedo

Esse pilantra governou com a imprensa toda a favor, não foi tratado com o Lula tem sido até hoje e agora vem falar de golpe na Imprensa. É um bom f.d.p.....


Abreu no Zap

16/10


2012

Mídia: Kit Gay de Haddad disputa espaço com o de Serra

Crítico do material anti-homofobia produzido pelo MEC (Ministério da Educação) durante a gestão de seu rival, Fernando Hadddad (PT), o candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, distribuiu cartilha com conteúdo semelhante a escolas de ensino médio de todo o Estado, em 2009. A cartilha foi desenvolvida pela Secretaria Estadual de Educação quando Serra era governador. Ela aborda diversos temas, entre eles homofobia, e recomenda a exibição de vídeos sobre o assunto em sala de aula.

Professora da Faculdade de Educação da Unicamp e especialista em pedagogia, Angela Soligo avaliou o lançamento da cartilha ''Preconceito e Prevenção no Contexto Escolar'' pelo governo de José Serra, em 2009, e diz que ela usa a ''mesma ideia'' que norteou o projeto do MEC na gestão de Haddad.

Já o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, disse ontem que comparar a cartilha tucana ao kit é ''afronta à inteligência''. Ele declarou apoio a Serra afirmando ser impossível compactuar com o material produzido na gestão de Fernando Haddad (PT) no Ministério da Educação. O pastor disse discordar da cartilha tucana somente quando ela diz que a homossexualidade é orientação sexual e não doença. (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos

Esse Silas Malafaia é uma BICHONA enrustida.

luiz carlos da silva

o mundo mudou. e mudou pra pior. kit gay ou outro qualquer é a prova que o mundo nao avança e sim volta ao tempo das cavernas onde homem e mulher sao trocados por sapatao e bicha.



16/10


2012

PT lança manifesto sobre julgamento do mensalão

 Contrariada com as condenações do Supremo Tribunal Federal de membros do PT no processo do mensalão, a cúpula do partido prepara um manifesto que deve ser divulgado logo após o julgamento.  "O partido vai se manifestar formalmente sobre o que entende do julgamento", disse o presidente nacional do PT, Rui Falcão. Quatro integrantes do PT foram condenados: o deputado federal João Paulo Cunha (SP), o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do partido José Genoino e o ex-tesoureiro Delúbio Soares.

Diferentemente de Falcão, o ex-presidente Lula tem dito aos correligionários do partido que a melhor resposta ao julgamento do mensalão é uma vitória na eleição. Para Falcão, é preciso dar uma resposta mesmo se o partido vencer em São Paulo: "Uma vitória lá tem um significado político, mas não tem relação com o julgamento", disse. (Folha de S.Paulo - Erich Decat e Gabriela Guerreiro)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Será que esses BANDIDOS PTralhas, vão dizer que ROUBAR é normal??? Porque o MUNDO sabe que o ESQUEMA do MENSALÃO existiu, qual será a DESCULPA??? hehehehe... Fora CorruPTos!!!



16/10


2012

Dilma vence queda de braço: PF volta sem aumento

DO BLOG DE JOSIAS DE SOUZA

 Na temporada anual de greves Dilma Rousseff ministrou uma lição aos servidores: quem acreditou piamente nas lideranças sindicais não pode piar. Após paralisação de 69 dias, os agentes da Polícia Federal estão prestes a retornar ao trabalho. Voltam de mãos vazias.

Dilma oferecera aos servidores reajuste salarial de 15,8%, em três parcelas anuais. A grossa maioria das corporações deu-se por vencida. A turma da PF optara por manter sua greve. Dá agora meia-volta.

Por quê? “Na semana passada tivemos uma conversa muito boa com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que prometeu reabrir as negociações”, disse Marcos Wink, presidente da Fenapef, a federação que representa a categoria.

Nesse contexto, o fim da greve seria um “gesto de boa vontade.” E daí? Wink acha que, “com o encerramento da paralisação, o ambiente para conversar fica melhor.” O diabo é que, ao dividir o reajuste de 15,8% em três parcelas, a última prevista para 2015, Dilma deu a entender que não está para conversa.

“Se percebermos que as negociações não estão avançando a tendência é que voltemos à greve”, disse o sindicalista Wink. Será?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

16/10


2012

Julgamento resgata prestígio internacional do Brasil

Poucos fatos, nos últimos anos, fizeram tão bem à imagem internacional do Brasil quanto a condenação dos acusados de integrar o esquema do mensalão. A afirmação é do jornal Valor Econômico, em editorial publicado nesta segunda-feira (15/10). O editorial destaca que os registros positivos feitos por influentes veículos da mídia internacional “são sinais bem-vindos não por terem sido percebidos por estrangeiros, mas por razões bem objetivas: dentre os muitos aspectos positivos da decisão, como a higienização dos costumes políticos, as condenações contribuem para a melhoria do ambiente de negócios no país”. O jornal afirma que o importante é que o STF resgatou na legislação já existente instrumentos que devem inibir a ação dos predadores do patrimônio público.

Dentre esses instrumentos, o mais importante é aquele segundo o qual a teoria do domínio dos fatos permite punir quem pertence a um grupo criminoso, mas não pratica diretamente o ato delituoso, já que ocupa uma função hierárquica superior. “O julgamento dá uma nova dimensão a esse tipo de prova, abrindo caminho para aproximar mais a Justiça da realidade. Há o receio de que venha a ser mal utilizado na primeira instância. Caberá às outras instâncias corrigir excessos.”  (Do Consultor Jurídico)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

Para que o STF, seja considerado realmente SÉRIO, o mundo espera que o ''Chefe da Quadrilha'', LULA da SILVA, seja ''Recluso'' ao Presidio da PAPUDA, e que todos os MENSALEIROS devolvam os valores ROUBADOS aos COFRES da FEDERAÇÃO. hehehehehe...

o povo da de olho

SO SERÁ LEVADO A SERIO QUANDO TODOS ESTIVEREM PRESOS, INCLUSIVE O CHEFE DA QUADRILHA.

luiz carlos da silva

dr. lula é ladrao juramentado. fex curso de larapio nas ruas de sao bernado. só o filho de dr. lula seria sufisiente pra levar condenação por qualquer tribunal serio. como o dias tofoli é ministro entao nao tem tribunal serio.



16/10


2012

Tempo quente entre pedetistas

 Azedaram de vez as relações entre o ministro do Trabalho, Brizola Neto, e Paulinho da Força, que, com apenas 0,63% dos votos na disputa pela Prefeitura de São Paulo, decidiu apoiar José Serra, informa Ricardo Boechat, na ISTOÉ. ''''Aliás, o ministro soube pela imprensa. A mágoa, contudo, não se estende a toda Força Sindical, que Paulinho preside. O secretário-geral da entidade, João Gonçalves, manifestou a preferência dele – e da maioria da central – pelo petista.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

16/10


2012

Campeão em impostos, Brasil trava seu desenvolvimento

O Brasil tem o seu desenvolvimento travado por ser um dos países com mais impostos do mundo. Ao abordar os excessos de impostos existentes no País, a Folha de S.Paulo publicou editorial no qual afirma que o “Brasil prossegue firme na liderança dos países que mais atazanam empresas com tributos; aqui, despendem-se 2.600 horas por ano com eles”. Ao comentar a liderança brasileira no quesito complexidade de sistema de impostos, a Folha destaca os que incidem sobre a produção e o consumo.

De acordo com o editorial, “enquanto a melhor experiência internacional recomenda o uso de um único imposto sobre a circulação de bens e serviços (mais taxações seletivas para um número restrito de artigos), o Brasil conta com cinco tributos principais, distribuídos nas três esferas de governo. O governo Dilma Rousseff acena com a unificação de dois deles, PIS e Cofins, que, hoje, já incidem sobre as mesmas operações. É melhor que nada, mas muito pouco”, conclui.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/10


2012

Multa bilionária a multinacional: desdém à vida humana

 Shell e Basf poderão ser condenadas a pagar R$ 1 bilhão de indenização por danos morais coletivos, em julgamento que o TST fará, em novembro. As duas empresas omitiram os riscos tóxicos de insumos usados numa fábrica de pesticidas, em Paulínia (SP), de 1974 a 2002, resultando em contaminação de trabalhadores, seus dependentes e moradores próximos à unidade. “Colonialismo ambiental puro”, diz o advogado Roberto Caldas. “A Shell e a Basf usaram aqui substâncias proibidas a elas nos Estados Unidos”, complementa.(Ricardo Boechat - ISTOÉ)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha