Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

23/10


2012

A charge do dia

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JORGE GUERREIRO

RAIMUNDO, deve ser um daqueles ALOPRADOS PTralha, por isso está defendendo esses MAL FEITORES, BANDIDOS da pior especie. Esses LADRÕES tem que se reunirem no Presídio da PAPUDA. hehehehehehehe...Fora CorruPTos!!!

marcos

INVERTENDO A PAUTA DA LEGALIDADE? NÃO MEU AMIGO FOI ROUBO DESCARADO EM NOME DA LEGALIDADE. FAZIA MUITO TEMPO QUE A JUSTIÇA NÃO AGIA COM CORAGEM PARABENS. cADEIA NESSES BANDIDOS!!!

Raimundo Eleno dos Santos

O STF está procedendo perigosamente. Estão invertendo a pauta da legalidade: TODOS SÃO CULPADOS ATÉ QUE SE PROVE O CONTRÁRIO. NINGUÉM É INOCENTE! TODOS TÊM QUE PAGAR PELO CRIME QUE NÃO COMETERAM. Lamento.


O Jornal do Poder

23/10


2012

Ouça o programa Frente a Frente de ontem

 Se você perdeu o Frente a Frente de ontem, programa que apresento em companhia de Adriano Roberto pela Rede Pernambucana de Rádio, formada por 30 emissoras, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, no horário das 18 às 19 horas, clique aqui e ouça agora.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

23/10


2012

Dilma quer decifrar lógica dos movimentos de Eduardo

Depois do racha com o PSB em Belo Horizonte, Recife e Fortaleza, o Palácio do Planalto trabalha para decifrar a lógica dos movimentos de Eduardo Campos, que tem participado de mais de uma campanha ao lado do tucano Aécio Neves, potencial adversário de Dilma Rousseff em 2014. A cartada de Eduardo Campos em São Luís(foto) foi interpretada como uma tentativa de aliciar setores do PCdoB e ampliar a base de apoio do governador para uma eventual disputa presidencial em 2014.

Apesar de a afinidade do governo e do PT com a direção nacional do PCdoB garantir a continuidade da aliança histórica entre os dois partidos, o Planalto decidiu ressaltar essa parceria, com a presença de Dilma em Manaus, onde Vanessa Grazziotin está em desvantagem nas pesquisas. O PDT é outro partido que está sendo cortejado pelo governo federal, que teme perder o aliado trabalhista para o PSB de Eduardo Campos ou mesmo para o PSDB. (Informações de O GLOBO)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

Eduardo é um político em movimento. Ele não ficar preso às amarras dos preconceitos, das condições oferecidas com benevolência dos declarados companheiros sem oferecer-lhe a base de um projeto em construção. O seu dinamismo é o multiplicador de opções que serão escolhidas no fervor da labuta polític

Mariana

VAI ROMERO MAGALHÃES PARTICIPAR DAS VIAGENS COM EDUARDO. MOSTRA AO BRASIL TEU POTENCIAL. TENS BASTANTE VOTOS PARA SAIR CANDIDATO A DEPUTADO.

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

Eduardo é um político em movimento. Ele não ficar preso às amarras dos preconceitos, das condições oferecidas com benevolência dos declarados compeiros sem oferecer-lhe a base de um projeto em construção. O seu dinamismo é o multiplicador de opções que serão escolhidas no fevor da labuta política.

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

Eduardo é um político em movimento. Ele não ficar preso às amarras dos preconceitos, das condições oferecidas com benevolência dos declarados compeiros sem oferecer-lhe a base de um projeto em construção. O seu dinamismo é o multiplicador de opções que serão escolhidas no fevor da labuta política.



23/10


2012

Mídia monitora passos de Eduardo em todo o País

 

REDAÇÃO

 

Vem funcionando a pleno vapor a estratégia do governador Eduardo Campos de ocupar o máximo de espaço na mídia nacional, tudo em torno de seu projeto de sair candidato a presidente da República,  já em 2014, enfrentando Dilma, ou,  se não der, em 2018. Não se passa um dia sem que colunistas do sul do país não se ocupem de seu nome, acompanhando os passos do governador pernambucano por onde quer que ele vá. Veja o resultado do monitoramento de Eduardo, nos jornais de ontem e hoje:

 

VERA MAGALHÃESFolha de S.Paulo - Após ofensiva de Lula e Dilma em Campinas, o governador Eduardo Campos (PSB) pediu ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) que reforçasse a campanha de Jonas Donizette na cidade. O mineiro visita a cidade do interior paulista amanhã.

JOÃO BOSCO RABELO - Estadão - O PMDB não acredita no estímulo - e muito menos no apoio - do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, a uma eventual candidatura do deputado Júlio Delgado (PSB-MG) à presidência da Câmara, em oposição a Henrique Alves (PMDB-RN). Lembram que o presidente do PSB tem uma dívida de gratidão com o PMDB, que apoiou a indicação da mãe de Campos, a ex-deputada Ana Arraes (PSB-PE), para o Tribunal de Contas da União (TCU). Agora o PMDB vai cobrar a fatura. 

 CARLOS CHAGAS - O PT e a presidente Dilma fazem tudo para cortar as asas do Partido Socialista, de Eduardo Campos. Tendo crescido no primeiro turno, a legenda do governador de Pernambuco emite sinais de que poderá romper a aliança com o governo do PT para juntar-se aos tucanos, disputando o seu líder maior a vice-presidência da República ou até a presidência. Importa, para os detentores do poder, afastar desde já a incômoda hipótese. Daí a presença de Dilma nas campanhas dos companheiros que tentam derrotar os socialistas, como em Campinas e em outras grandes cidades. Mas derrotar amigavelmente, por certo...

JOÃO BOSCO RABELOEstadão - Efeito colateral da exposição positiva gerada pelas vitórias do PSB em Belo Horizonte e Recife, o PSDB desdenha nos bastidores a possibilidade do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, antecipar para 2014 seu projeto presidencial. Lideranças tucanas não veem no rival e potencial aliado, ao mesmo tempo, uma ameaça. O argumento é que apesar do crescimento do PSB no pleito municipal, só dois Estados nordestinos dariam sustentação a Campos: Pernambuco e o Ceará, este último se Cid e Ciro Gomes marcharem com ele. Atribuem a vitória em Belo Horizonte a Aécio Neves e afirmam que lhe faltam palanques no Sul e no Sudeste para uma candidatura presidencial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

Eduardo é um político em movimento. Ele não ficar preso às amarras dos preconceitos, das condições oferecidas com benevolência dos declarados companheiros sem oferecer-lhe a base de um projeto em construção. O seu dinamismo é o multiplicador de opções que serão escolhidas no fervor da labuta polític

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

Eduardo é um político em movimento. Ele não ficar preso às amarras dos preconceitos, das condições oferecidas com benevolência dos declarados compeiros sem oferecer-lhe a base de um projeto em construção. O seu dinamismo é o multiplicador de opções que serão escolhidas no fevor da labuta política.



23/10


2012

Geraldo segue Eduardo em campanhas pelo País

REDAÇÃO

O prefeito eleito do Recife, Geraldo Júlio(PSB) vai se engajar, a partir de hoje, nas articulações que o governador Eduardo Campos desempenha em boa parte do país, com o objetivo de fortalecer o partido, esbalecendo uma base forte para a candidatura presidencial do governador pernambucano, possivelmente em 2014, ou, conforme o caso, em 2018. Geraldo Júlio embarca, juntamente com Eduardo para o Rio de janeiro, a fim de participar, à noite, em Petrópolis, do comício do candidato do PSB a prefeito da cidade Rubens Bomtempo, que tem como adversário o peemedebista Bernardo Rossi. No primeiro turno Rossi superou Bomtempo, obtendo 31,39% dos votos, contra 29,83 do socialista.

O prefeito recifense está sendo apresentado pelo PSB nacional como exemplo bem sucedido de campanha socialista vitoriosa, e é nessa condição que vai reforçar as campanhas de outros integrantes do partido que disputam o segundo turno, subindo nos palanques e participando de gravações de mensagens.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Mariana

LEVEM TAMBÉM ROMERO MAGALHÃES PARA FAZEREM DELE DEPUTADO.


Banco de Alimentos

23/10


2012

Sede antecipada do PT por cargos em SP irrita Lula

Além da advertência pública no comício de sábado, Lula repreendeu petistas pela disputa por cargos em eventual governo de Fernando Haddad. Ele recomendou ao afilhado que ignore as pressões e evite ''salto alto'' na reta final. A informação está na coluna de Vera Magalhães, hoje, na Folha de S.Paulo. ''''Pelos relatos levados a Lula, os mais ativos nos bastidores seriam os deputados Vicente Cândido, Arlindo Chinaglia, Jilmar Tatto, Carlos Zarattini e Paulo Teixeira. Ainda que dificilmente ocupem pastas, querem fazer indicações em suas áreas de atuação.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/10


2012

Dilma tenta virar o jogo em Manaus atacando Virgílio

A presidente Dilma Rousseff discursou ontem em Manaus para tentar virar o jogo em favor de sua candidata à prefeitura local, Vanessa Grazziotin (PC do B). Em comício para 30 mil pessoas, segundo a polícia, ela citou Grazziotin como parte do ''time'' e tentou associar o rival PSDB a setores que se opõem à Zona Franca de Manaus. ''Quem foi sempre contra a Zona Franca de Manaus? Não fomos nós aqui. Sou testemunha de quando o presidente Lula teve que lutar em 2003 para segurar a prorrogação da Zona Franca'', disse, numa alusão ao tucano Arthur Virgílio. A capital do Amazonas é um dos raros destinos de Dilma no segundo turno.

A visita tem dois objetivos: amarrar o PC do B na aliança nacional e rivalizar com o ex-senador Arthur Virgílio (PSDB), que é adversário da comunista e foi um dos mais ácidos críticos de Lula no Congresso. Pelo último Ibope, o tucano tem 61% das intenções de voto, contra 29% da comunista. (Folha de S.Paulo - Natuza Nery e Kátia Brasil)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

23/10


2012

É o fim de uma campanha polêmica mas empolgante

REDAÇÃO

Quinta-feira é o último dia para realizar comícios no 2º turno, na  sexta, 26, as últimas propagandas gratuitas em rádio e TV e fim do prazo para a realização dos últimos debates. Carreatas e passeatas poderão ser realizadas no sábado, 27, enquanto que no domingo entra em cena o eleitor. É, então, o fim de uma das mais movimentadas e polêmicas campanhas já realizadas no País, pelos interesses em jogo e pela definição de importantes mudanças no quadro de lideranças políticas interessadas no processo, com o surgimento de novos nomes, de uma nova geração de políticos, donos da cena em pleitos futuros. Teve o seu aspecto benéfico a campanha atual, até como laboratório pelo que virá depois.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/10


2012

Dilma em Manaus cala sobre condenação de mensaleiros

DO BLOG DE JOSIAS DE SOUZA

No instante em que o STF condenava a cúpula do PT por formação de quadrilha no mensalão, Dilma Rousseff voava de Brasília para Manaus. O avião presidencial aterrissou na capital amazonense por volta de 19h15. Dilma foi ao palanque da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), candidata que mede forças com o ex-senador Arthur Virgílio (PSDB) pela prefeitura de Manaus. A presidente ouviu discursos, discursou e deixou o local sem dizer palavra sobre o infortúnio que o STF impusera ao seu partido.

Ao participar do comício de Vanessa, Dilma associou-se a uma candidata que, em desvantagem nas pesquisas, flerta com a derrota. Fez isso de olho em 2014. Num instante em que o PSB de Eduardo Campos revela-se menos fiel do que o petismo gostaria, Dilma não pode se dar ao luxo de desagradar aliados como o PCdoB. “Eu confio em Vanessa. Ela, sim, tem condições de governar Manaus em parceria”, disse Dilma, insinuando que, eleito, o tucano Virgílio distanciaria Manaus dos cofres de Brasília. Ela realçou que o município tem negligenciado as verbas que seu governo oferece em projetos educacionais e habitacionais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Ricardo Olicarv

Tem mais é ficar calada, se falar mais vai feder, o pjá pra ter feito nas urnas um pre-julgamento mais o nosso eleitorado infelizmente deixa muito a desejar.