Lavareda

21/02


2013

Eduardo foi o alvo oculto no discurso de Aécio

Com toda pinta de quem perdeu o cavalo encilhado, Aécio Neves só
decidiu criticar o PT e o governo após perceber o avanço da
pré-candidatura presidencial do pernambucano Eduardo Campos (PSB). É o que diz hoje na sua coluna Cláudio Humberto.
Na mesma linha de raciocínio vai também Lauro Jardim, na Veja:

''''Alguns tucanos avaliam que festa de dez anos do PT no poder foi apenas um pretexto para que Aécio Neves fizesse seu discurso de hoje listando os treze fracassos do governo Dilma. O que estaria por trás da tomada de posição de Aécio teria nome e sobrenome: Eduardo Campos. Ou seja, Aécio não quer deixar espaço para qualquer crescimento de Campos neste momento.''''

Para Cláudio Humberto  ''''foi muito fraquinho o discurso de Aécio sobre os treze erros do PT que ele conseguiu enumerar, após dois anos sentado no trono de príncipe herdeiro das oposições no Congresso.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lauro José de Albuquerque Lins

A atuação no mandato de senador reflete o que seria Aécio na presidência. um fiasco!!!! Trabalho quase nada. alias, é de familia, Tancredo nunca fez nada por Minas e o mesmo faria pelo Brasil

BARTOLOMEU BUENO JOSE DE ALBUQUERQUE LINS

Eduardo fique atento porque ele quer ser o seu vice. Por si só não acrecenta nada, porém o PSDB ajudaria bastante.

Wellington Antunes

Discurso fraco vindo de um pré-candidato a presidência sem o mínimo de carisma, mas a Grobo, Foia de Sampalo e outros meios que fazem da imprensa golpista o papel da oposição, com certeza darão grande destaques, também pudera, Aébrio é o candidato da velha mídia, Eduardo que se cuide.

andre regidwitz

O neto (MG) só chegou aonde chegou por causa do empurrão do avó. É fraquinho mesmo em tudo. É bom mesmo na "51".

José Cláudio Soares de Oliveira

O discurso foi fraco, apático e sem nenhuma novidade. Tudo que Aécio Neves falou todo mundo já fala. Aliás, não existe oposição - quando aparece uma denúncia é a imprensa é produzida por jornalistas - aí quer aparecer um Álvaro Dias. O Aécio não tem vibração e parece mais um carioca mulherengo...


ALEPE

21/02


2013

Visando Eduardo, Dilma enquadra Bezerra hoje

 Dilma recebe hoje Fernando Bezerra para uma conversa, informa também Vera Magalhães na Folha de S.Paulo. Diz a colunista que na semana passada, ministros com acesso à presidente chegaram a defender a saída do titular da Integração, para emparedar Eduardo Campos e tirar seu espaço no governo.

''''A petista não topou o confronto aberto. Mas espera ouvir de Bezerra que ele é hoje o maior defensor do apoio do PSB à sua reeleição.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

21/02


2013

Quem quer dinheiro?

 A indagação do título acima está na nota de Vera Magalhães, na sua coluna de hoje na Folha de S.Paulo:

''''Dois dias depois de Dilma Rousseff ampliar o Bolsa Família e algumas horas após a festa de dez anos do PT no poder, o governador e presidenciável Eduardo Campos (PSB) reúne hoje em Gravatá os 186 prefeitos de Pernambuco para anunciar aporte direto de R$ 220 milhões para investimentos nos municípios. O repasse será rápido: 30% serão liberados no ato, e o restante à medida que as obras avancem. O cálculo do rateio segue as cotas do Fundo de Participação dos Municípios.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

21/02


2013

Para Dilma, Lula é ''''o grande líder da década''''

 Ao lado do ex-presidente Lula, a quem chamou de o “grande líder da década”, a presidente Dilma Rousseff discursou por último na festa do PT em São Paulo. Disse que a oposição emite “ecos dissonantes”, diante dos avanços dos governos petistas. “Esta década tem um grande líder. Esse líder se chama Luiz Inácio Lula da Silva. Nós todos aqui presentes somos construtores, mas tivemos um líder. O povo sabe que o nosso governo jamais abandonou os pobres. E é por isso que a miséria está nos abandonando”, disse Dilma, para aproximadamente mil petistas.

Dilma, que enfatizou os programas sociais dos governos petistas e a meta de erradicação da miséria, que deverá ser uma de suas principais bandeiras de campanha, não perdeu a oportunidade de criticar a oposição. “Ao lado do som alegre e comemorativo de milhões de pessoas, escutamos alguns ecos dissonantes, com timbres do atraso. Saúdo isso como uma grande sinfonia democrática”, afirmou Dilma. (...) Nós criamos instrumentos para fiscalizar os atos do governo”. (Com informações da Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jânio Nunes

Disse bem, para dona Dilma ele é um grande lider, para uma grande parte do povo brasileiro, não passa de um chefe de quadrilha que formou para criar um TUMÔR MALÍGNO CHAMADO DE MENSALÃO, bem como um tal de PAC, onde o TCU apurou como sendo o maior ROMBO QUE OS COFRES JÁ SOFREU.braZil país de TOLOS!!



21/02


2013

Lula diz que viu um Fernando Henrique nervoso na TV


Lula e Dilma participam de comemoração dos 10 anos do PT no governo federal
Foto: Marcos Alves / Agência O Globo

Na festa de 10 anos de governo do PT, ex-presidente comparou gestões do partido e do PSDB e garantiu que os petistas fizeram ''mais e melhor''. Condenado pelo STF, José Dirceu foi cumprimentado por fila de petistas

O ex-presidente Lula, discursando na festa do PT rebateu as críticas do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso à cartilha distribuída no evento de ontem sobre os dez anos do PT no poder. “Eu vi ontem (anteontem) na televisão ou num site qualquer o nosso querido ex-presidente Fernando Henrique Cardoso nervoso. (Dizendo) isso é coisa de criança o PT não cresceu (...) e fica comparando. Nós não temos medo de comparação, inclusive comparação em debate sobre corrupção (...) Queremos comparar os dois governos e quando comparamos isso os perturba (...) Nós criamos instrumentos para fiscalizar os atos do governo”.

Ao lançar a candidatura à reeleição da presidente Dilma Rousseff  Lula disse que quer discutir corrupção com o PSDB. Depois de uma série de ataques e ironias aos tucanos, Lula encerrou o seu discurso com um pedido aos militantes presentes, incluindo condenados à prisão no julgamento do mensalão, como o ex-ministro José Dirceu e os deputados José Genoino e João Paulo Cunha: “Nós vamos dar como resposta a eles (referindo-se aos tucanos) a reeleição da Dilma em 2014. É essa a consagração da política do Partido dos Trabalhadores”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

21/02


2013

Aécio entrou em campo sem fazer gol

DO BLOG DE JOSIAS DE SOUZA

 O presidenciável tucano Aécio Neves subiu à tribuna do Senado para dizer que o PT esqueceu de convidar “a autocrítica, a humildade e o reconhecimento” para sua festa de 33 anos de vida e uma década de poder. Afirmou também que, “ao comemorar o seu aniversário falando do PSDB, o PT transformou o nosso partido no convidado de honra da sua festa.” A íntegra do discurso de Aécio está disponível aqui.

O mais relevante é notar que Aécio, o centro-avante do tucanato, percorreu o gramado sem fazer gol. Não se deu conta de que, como alternativa presidencial, sua obrigação é oferecer soluções e sonhos. O tomate ficou mais caro, o PIB não chega a 2%, faltam leitos nos hospitais e há mensalões na política. Tudo isso é verdadeiro. Porém…

O eleitor brasileiro irá às urnas em outubro de 2014. E ninguém que disponha de dois neurônios vai eleger um presidente para passar quatro anos falando mal do antecessor ou bem de si mesmo. Aécio sabe como se faz. Assistiu, em 1984, à consagração do avô Tancredo Neves. Sabe que ele virou unanimidade nacional e maioria no colégio eleitoral porque vendeu esperança. Bem verdade que deu em José Sarney, mas essa é outra história.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio de Castro Marques Jr

Mesmo com a simpatia e apoio da grande mídia Aécio não convence.Primeiro porque só critica,mostrando que não tem projeto para o Brasil e o eventual sucesso de sua empreitada depende mais do fracasso do governo, que propriamente de sua competência. Outro detalhe: Aécio não quer ser presidente.

Raimundo Eleno dos Santos

Quem reconhece valores nos outros, os quais não tem competência para suplantar ou ao menos igualhar, não pode vir a público para pedir apoio da população eleitora. É melhor recolher-se a sua insignificância, pois já demonstrou, confessando, que é um perdedor.

José Cláudio Soares de Oliveira

O discurso foi fraco, apático e sem nenhuma novidade. Tudo que Aécio Neves falou todo mundo já fala. Aliás, não existe oposição - quando aparece uma denúncia é a imprensa é produzida por jornalistas - aí quer aparecer um Álvaro Dias. O Aécio não tem vibração e parece mais um carioca mulherengo...



21/02


2013

Na festa do PT militantes agridem uma jornalista

 No evento em comemoração aos dez anos do PT no governo federal, militantes do partido xingaram e chutaram uma jornalista da Folha de S.Paulo. A agressão aconteceu do lado de fora do auditório onde foi realizado o ato. A jornalista Daniela Lima, que registrava a movimentação, foi chutada por um militante e xingada por outros, que estimularam a agressão. Para interromper o tumulto, um apoiador do PT abriu espaço para que a profissional se afastasse do grupo e fosse auxiliada pela segurança. Após o ocorrido, o presidente do PT, Rui Falcão, e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, pediram desculpas e lamentaram o episódio.

A festa, que ocorreu na noite desta quarta-feira (20) em um hotel ao lado do Sambódromo do Anhembi em São Paulo, teve a presença da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, além de ministros e líderes de partidos aliados.  (Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

André Rafael

Por que não surpreende essa conduta fascista de petistas? Lamentavelmente, esse povo tem um viés autoritário grande. O pior é que ainda tem a cara de pau de dizer que lutaram pela democracia, quando, na verdade, lutaram para implantar uma ditadura comunista no Brasil.

Jânio Nunes

segura os bolsos que a turminha dos PTralhas MENSALEIROS chegaram!!!!!!!!!!!!!!!! braZil um país de TOLOS!!!!!!!!!!!!!!



21/02


2013

Segurança pública no País chega ao fundo do poço

 Uma série de pesquisas divulgada anteontem pelo Ministério da Justiça comprovou em números e dados científicos que a segurança pública do País "sofre de graves problemas de gestão" e é aplicada "de forma empírica" e muitas vezes caótica nos Estados. As pesquisas, divulgadas pela primeira vez em conjunto, fazem parte do Sistema Nacional de Estatísticas em Segurança Pública e Justiça Criminal (Sinesp), que vai balizar a definição de políticas públicas no País de agora em diante.

Os Estados que não preencherem corretamente as informações sobre criminalidade vão ser punidos com a suspensão dos repasses de recursos federais, que somam mais de R$ 600 milhões ao ano. Para o ministro José Eduardo Cardozo, o dinheiro federal "não vai mais sair pelo ladrão", mas só com base em planejamento e em situações demonstráveis com toda transparência.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2013

Ação de Eliana e Barbosa para limpar imagem do Judiciário

DO BLOG DE HERÓDOTO BARBEIRO

O Conselho Nacional de Justiça ficou mais conhecido de nós todos depois da atuação da doutora Eliane Calmon. Hoje o presidente é o
ministro Joaquim Barbosa. Agora o CNJ deu mais um passo para o controle do judiciário. Decidiu que as entidades de juízes não podem receber patrocínio para promover encontros, seminários, competições esportivas, finais de semana em resorts, etc. É um evidente conflito de interesse que as associações de juízes ANAMATRA, AJUFE e AMB não aceitavam.

Agora só os Tribunais de Justiça podem receber patrocínios para encontros de juízes e desembargadores limitados a 30 por cento do evento. Nada contra o aprimoramento dos magistrados, que é necessário, mas o CNJ com essa resolução separou uma coisa de outra. É um exemplo para outras categorias que representam o Estado.

É uma vitória da cidadania. O próximo passo é o fim das férias de 60
dias para o ministério público e magistrados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josival Coelho de Amorim

Entendo que se um não pode o outro tambem não. O patrocínio cria um vínculo de dependência, mesmo que somente de atenção. E aí, por que a graduação de 30%?