Lavareda

03/03


2013

Renan: um belo e inspirador discurso, diz Jefferson

 Crítico implacável em qualquer suspeita de corrupção no governo federal, o ex-deputado Roberto Jefferson, condenado no processo do
mensalão, parece não ter o mesmo critério com aqueles que gozam de suasimpatia. Em seu blog, ele desdenhou do clamor público em torno da renúncia de Renan Calheiros (PMDB-AL) à presidência do Senado, por conta da denúncia, feita pela Procuradoria Geral da República, por falsidade ideológica, uso de documentos falsos e peculato.
 
Em seu texto, Jefferson diz que Renan "fez um belo e inspirador
discurso". E arrematou: "Renan defendeu o que aqueles que gritam por sua derrubada, desrespeitando os votos que democraticamente ele recebeu, desprezam. Com esse discurso, Renan Calheiros se mostrou maior que os internautas que, contudo, podem e devem continuar falando o que bem entendem, mesmo que a expressão de seus pensamentos seja, em última análise, um ataque à democracia com a qual não conseguem conviver".(Do Informe JB - Igor Mello)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

EDVALDO LIMA FILHO

A pergunta é: Isto é Democracia, um CORRUPTO confesso assumir o comando do congresso nacional a base de acordos exclusos com seus pares fisiologistas e coniventes em busca de favores? Onde está o MPF? agora a indignação da população é antidemocrático?


ALEPE

03/03


2013

Em carta Lula reafirma aliança do PT com o PMDB

 Durante convenção nacional do PMDB, neste sábado, em Brasília, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu uma manifestação clara de que trabalha para a manutenção da coalizão política entre petistas e peemedebistas. Sem mencionar as eleições de 2014, Lula destacou o trabalho que os dois partidos vêm fazendo desde seu governo.

“Desde 2006 temos uma sólida coalizão de governo. Desde então, PT e PMDB têm promovido uma verdadeira revolução democrática. Juntos, elaboramos e executamos políticas públicas que ajudaram a eliminar dezenas de milhões de brasileiros da extrema pobreza. Juntos, fizemos esse País voltar a crescer, com distribuição de renda”, afirmou Lula, em carta lida pelo presidente nacional do PT, Rui Falcão.

“No meu governo, o PMDB deu uma contribuição fundamental. No governo da presidente Dilma, estreitamos ainda mais as nossas relações, e Michel Temer tem cumprido papel particularmente significativo”, escreveu Lula.(Portal Terra)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

E esse cara ainda tá SOLTO? Ha ele NÂO sabe de nada e NÂO viu nada. Eita Ex-presidentinho besta, o grande ALGEMA DE OURO


O Jornal do Poder

03/03


2013

Mensalão: "Quem errou tem de ser punido", diz Lula

 Um dia depois de o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, dizer que as penas dos acusados no mensalão devem ser executadas até 1º de julho, o ex-presidente Lula afirmou, na reunião do Diretório Nacional do partido ontem, em Fortaleza, que o veredicto precisa ser respeitado. Na conversa fechada com a direção do partido, foi claro no recado: quem errou tem que ser punido.

- Quem errou tem que ser punido, não é o partido que tem que pagar (pelos erros individuais).

Na conversa a portas fechadas, Lula usou uma metáfora para a sua defesa institucional do partido. Disse que, assim com uma família, o PT também tem dificuldade de vigiar os passos de todos os seus filiados.

- Quando uma família tem dois filhos, certamente fica mais fácil de tomar conta deles. Agora, quando se tem dez, alguma coisa escapa - dissera Lula, segundo interlocutores que acompanharam o discurso.

Ao falar com os jornalistas, o ex-presidente afirmou: - Não dou palpite sobre a Suprema Corte. O que decidiu está decidido, e acabou. Posso concordar ou não, mas jamais darei palpite, até porque fui presidente e muitos deles (ministros) foram escolhidos por mim. Portanto, não dou palpite - disse Lula, depois de um discurso de 40 minutos a dirigentes do partido.

Na quinta-feira à noite, Lula também foi contundente em seu discurso, quando já havia afirmado que "quem errou, tem que ser punido", embora sem referência direta ao mensalão ou a nomes de petistas.

Também no diretório, o ex-ministro José Dirceu preferiu ser cauteloso quando perguntado sobre a posição de Barbosa. Seguindo para o restaurante do hotel na orla de Fortaleza, tratou o assunto com bom humor.(O Globo - Flávio Freire)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

E esse cara ainda tá SOLTO? Ha ele NÂO sabe de nada e NÂO viu nada. Eita Ex-presidentinho besta, o grande ALGEMA DE OURO

Jânio Nunes

essa foi a primeira vez que vi um cara se alto culpar, e afirmar que ele mesmo tem que ser punido, rsrsrs, essa foi boa mesmo. braZil, país rico é país sem CORRUPÇÃO.

Glauber Honorio Filho

É impressionante a cara de pau desse cidadão, não sabia de nada que acontecia em seu governo, se é para punir que comece pelo comandante geral do governo corrupto, para desespero dos PTralhas e ladrões do país, DUDU 2014.

Alexandre Dias

VOLTA LULA, EM 2018, PRA DESESPERO DE DUDU.


Abreu no Zap

03/03


2013

Juízes reagem a entrevista de Barbosa a estrangeiros

 A Associação dos Magistrados Brasileiros, a Associação dos Juízes Federais do Brasil e a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho emitiram neste sábado (2/3) nota pública em que classificam de “preconceituosa, generalista, superficial e, sobretudo, desrespeitosa” a declaração do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, a jornalistas estrangeiros.

Em entrevista coletiva concedida na quinta-feira (28/2) a correspondentes internacionais, Barbosa afirmou que os juízes brasileiros têm mentalidade “mais conservadora, pró status quo, pró impunidade”. Já os integrantes das carreiras do Ministério Público seriam “rebeldes, contra status quo, com pouquíssimas exceções”.

As entidades afirmam que não têm sido ouvidas pelo presidente do STF e disseram que o "isolacionismo" de Barbosa "parte do pressuposto de ser o único detentor da verdade". Assinam o documento o presidente da AMB, Nelson Calandra, o da Ajufe, Nino Toldo, e o da Anamatra, Renato Henry Sant’Anna. (Do Portal BR247)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Carlos

Joaquim Barbosa está CORRETÍSSIMO.



02/03


2013

Espanha em pânico: metade dos jovens não trabalha

 O Eurostat, órgão estatístico da UE (União Europeia), divulgou nesta sexta-feira (01/03) novos e alarmantes dados sobre a taxa de desemprego entre os países que compõem o bloco. Destaque negativo para Grécia e Espanha, que apresentaram números acima de 50% entre os jovens (pessoas com menos de 25 anos) e em tendência crescente.

Segundo o Eurostat, a o nível de desocupação dos jovens espanhóis atingiu a marca de 55,5% para o mês de janeiro, um décimo a mais do que o registrado em dezembro. Já os dados da Grécia estão atrasados em dois meses, mas muito mais preocupantes: 59,4%. O percentual também é ruim na Itália (38,7%) e Portugal (38,6%). O país em melhor situação nesse critério é a Alemanha: 7,9%. No total, o número de jovens desempregados na UE é de 5,732 milhões, 264 mil a mais do que há um ano, subindo de 22,4% para 23,6%.(Do portal BR247)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Josadaque Vieira

José Carlos deixa de falar besteira,IBGE 4.5 de desenprego no pais de alguns bananas.Chamado Brasil.

jose carlos da silva

Estela tem programa para salvar não somente os jovens espanhois como também haitianos, venezuelanos, paraguaios etc. etc. Só não sabe como resolver os problemas dos nordestinos. Acorda gigante adormecido! Dá um descanço aos braços de morfeu!

Marcilio Paulino dos Santos

Se a Espanha está em pânico com a metade dos jovens desempregados, o que dizer desta república das bananas chamada Brasil. Onde os jovens da periferia não tem expectativa nenhuma de vida decente.


Banco de Alimentos

02/03


2013

Ciro de novo: sobrou para Lula, Eduardo e Gabrielli

 A última vez que Ciro Gomes deu uma de Ciro chocou até os cearenses. Na quinta, despejou artilharia sobre a Petrobras. Disse que ela é “gerida por incompetentes”. Culpou o ex-presidente da estatal José Sérgio Gabrielli e isentou a atual, Graça Foster. Em compensação, mandou bala no petista Luiz Inácio Lula da Silva e no governador de Pernambuco, Eduardo Campos.(ÉPOCA-Felipe Patury)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


02/03


2013

PMDB vai contra PT e defende liberdade de imprensa

 Numa das moções aprovadas na convenção que realizou neste sábado (2), o PMDB informou que fará a “defesa intransigente da liberdade de imprensa”. Fez isso 24 horas depois de o diretório nacional do PT ter aprovado resolução a favor da colega de assinaturas para um projeto de regulação da mídia.

Signatário da moção do PMDB, o deputado baiano Lúcio Vieira Lima não deixou dúvidas quanto à intenção do texto. Trata-se de uma resposta ao pseudoaliado PT. “Não podemos permitir que uma agremiação defenda o cerceamento da liberdade de imprensa. A sociedade é devedora da imprensa, que é peça fundamental na democracia. Essa moção é em defesa do Brasil”, disse. O presidente do PT federal, Rui Falcão, diz que seu partido não deseja censurar, mas “democratizar” os meios de comunicação. Por ora, não convenceu nem o seu principal sócio no condomínio governista.(Do blog de Josias de Souza)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jânio Nunes

não tem mesmo jeito, o PT fica entrando em contradições sempre, não tem rumo pra seguir estão aotrdoados, será o efeito Dudu e agora em saber que o Duda Mendonça ta com eduardo e que sabe o caminho das pedras. é isso...



02/03


2013

Nove municípios realizam eleições amanhã

 Eleitores de nove municípios voltam às urnas neste domingo (3) para escolher seus prefeitos, informou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As eleições anteriores foram anuladas porque os candidatos que concorreram em 2012 tiveram o registro de candidatura rejeitado. Entre os motivos está a Lei da Ficha Limpa. As cidades estão em quatro estados: Eugênio de Castro (RS) e Novo Hamburgo (RS); Sidrolândia (MS) e Bonito (MS); Camamu (BA); Balneário Rincão (SC), Campo Erê (SC), Criciúma (SC) e Tangará (SC).

As novas eleições acontecem das 8h às 17h, no horário local de cada cidade. Para votar, é necessário apresentar documento de identidade com foto. O título de eleitor serve para localizar de forma mais rápida a seção eleitoral. Segundo o TSE, os candidatos vencedores nas últimas eleições, mesmo tendo obtido mais de 50% dos votos válidos, não podem ser diplomados e empossados porque o registro de candidatura foi negado depois do dia da eleição. Os municípios estão sendo governados interinamente pelos presidentes das Câmaras de vereadores. (Portal G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

André Rafael

Para o PT, tudo que fazem é para democratizar. Pena que essa a democratização que desejam é a que existe na Venezuela, Cuba e Coréia do Norte. Ou seja, tudo ditaduras. Esse PT não perde sua mania autoritária.



02/03


2013

Geddel: um dos mais polêmicos aliados de Dilma

 O político baiano Geddel Vieira Lima, que deve concorrer ao governo da Bahia em 2014, gosta de brincar com fogo. Indicado por Michel Temer para uma das mais poderosas vice-presidências da Caixa Econômica Federal, a de pessoas jurídicas, ele tem sido, desde o início do governo Dilma, um dos mais abusados aliados da presidente.

No início do ano, foi o pivô de uma guerra pública na Caixa Econômica Federal, entre PT e PMDB. Nas eleições municipais de 2012, rompeu com a aliança governista e foi um dos principais artífices da eleição de ACM Netto, do DEM, em Salvador. Em entrevista recentes, não tem poupado elogios a Eduardo Campos, do PSB, sinalizando que uma ala do PMDB poderia até vir a apoiá-lo contra Dilma. Mas, neste sábado, talvez tenha ocorrido a gota d''água, que pode até selar seu destino na Caixa Econômica Federal.

Como se sabe, na convenção do PMDB, ocorrida em Brasília, a presidente Dilma reafirmou sua aliança com Michel Temer, deixando claro que a chapa de 2014 seria a mesma de 2010. Mais do que isso, ela fez seu mais enfático discurso em defesa da aliança. Citou Ulysses Guimarães, disse que governa junto com o vice Michel Temer e afirmou que a parceria PT-PMDB terá vida longa.

 E o que fez Geddel? Disse que o discurso de Dilma foi ''insuficiente'' por não lançar Michel Temer a vice – o que, neste momento, a quase dois anos das eleições presidenciais, seria até ilegal. Dilma saiu possessa. E não será surpresa se Geddel, na próxima semana, tiver que procurar um novo emprego. (Do Brasil 247)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha