O Jornal do Poder

23/06


2012

Brasil pretende dar o troco ao Paraguai pelo golpe em Lugo

O governo brasileiro não fará anúncio oficial, mas em decorrência do golpe ocorrido no Paraguai, que provocou a queda do presidente Fernando Lugo, vai segurar os repasses de pagamentos da Itaipu Binacional ao país vizinho, informa Ilimar Franco, na sua coluna de hoje no Globo. Por sua vez, o novo presidente do Paraguai, Federico Franco, disse na manhã deste sábado (23) que não acredita que possa haver sanções ao seu país após o processo de impeachment em que ele substituiu Fernando Lugo no poder.

Em entrevista à imprensa internacional, no palácio presidencial, Franco disse que pediu que seu chanceler, Félix Fernández, entre em contato com seu colega brasileiro, Antonio Patriota, para explicar a situação.Patriota e o governo brasileiro ainda não falaram oficialmente sobre o impeachment de Lugo. Franco admitiu que o rápido processo de impeachment gerou um ''inconveniente'' com a comunidade internacional, mas reafirmou que não houve golpe, como disseram Lugo e seus partidários.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josé deodato de aquino

CARO MAGNO, AQUI TEMOS TANTOS PROBLEMAS PARA DAR SATISFAÇÃO AO POVO BRASILEIRO, OLHAS QUE O CRIME FOI TÃO INSIGNIFANTE DO EX-PRESIDENTE, A FRENTE DOS PETRALHAS E ALIADOS. DEIXEM O PARAGUAI SEGUIR SEU CAMINHO, VERDADEIRA DEMOCRACIA... E AQUI?

LUIZ MAIA

É NECESSÁRIO TIRAR DO PODER OS INCOMPETENTES QUE REZAM PELA CARTILHA DE FIDEL, LULA E DO BUFÃO CHAVES!


Potencial Pesquisa & Informação

23/06


2012

Sem apoio de Eduardo, Zé da Luz disputa em Garanhuns

 O ex-prefeito de Caetés José Luiz Sampaio, Zé da Luz (PHS), vai mesmo disputar a prefeitura de Garanhuns mais uma vez, apesar de não ter o apoio do governador Eduardo Campos nem do prefeito Luiz Carlos, informa o blog de Roberto Almeida: ''''O representante do Partido Humanista já "bateu o martelo" e fará a sua Convenção no final do mês, no distrito de São Pedro, onde nasceu. Embora sem apoios de grandes lideranças, como aconteceu quatro anos atrás, Zé da Luz tem aparecido bem em todas as pesquisas realizadas do ano passado para cá, disputando o primeiro lugar com o deputado Izaías Régis (PTB).''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

23/06


2012

E Geraldo Júlio vice de Humberto? Há a proposta, e do PT

Que tal uma chapa encabeçada por Humberto Costa tendo o candidato do governador Eduardo Campos, Geraldo Júlio na vice? Ironia ou não, a proposta dessa inversão existe, e é de ninguém menos do que do próprio presidente estadual do PT, deputado Pedro Eugênio. Não se sabe se ironizando, mas o fato é que ele pôs a proposta na mesa na entrevista de ontem, quando indagado se não há possibilidade de uma chapa puro sangue cogitada pelo PT. Esse detalhe passou quase despercebido ontem, entre outros tantos temas tratados na fala do parlamentar. “A possibilidade existe sim. Na verdade, temos várias opções na mesa, não descartamos nada. Inclusive, estamos abertos ao PSB, aceitaríamos Geraldo Júlio na vice de Humberto com a maior satisfação”, propõe o deputado.

Pedro Eugênio atribui o racha explícito surgido na Frente Popular à iniciativa do PSB (Leia-se Eduardo Campos) de lançar um candidato próprio para a prefeitura. “Temos uma candidatura aglutinadora como a de Humberto Costa. Na medida em que o PSB lança um candidato, é ele que está rompendo e ameaçando a Frente, e não nós. O processo de fragilização da Frente não pode ser atribuído ao PT. Não foi o PT que rompeu”. Disse tudo.

UM LEÃO POR DIA

E mais:  “A iniciativa foi do PSB de lançar um candidato, quando o PT está no exercício da gestão desde 2000, com dois mandatos de João Paulo e, depois, João da Costa. No momento em que estamos no poder, esperamos a solidariedade do PSB apoiando Humberto”. De agora em diante, ante a realidade quase irreversível da candidatura de Geraldo Júlio (PSB), Pedro Eugênio não nega que o PT tem um senhor problema pela frente, o qual fará o partido ter de “matar um leão por dia”. E até não perde o otimismo: “Não é porque as coisas estão mais difíceis agora para o PT que não tem mais jeito.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LUIS EDUARDO BASSI

... NÃO, NUNCA! O PSB NÃO DEVE ACEITAR ESSA PROPOSTA DE VICE DO PT. SENÃO A BAGUNÇA NA CIDADE CONTINUA, POIS ELES NÃO SÃO GESTORES E AS PESQUISAS INTERNAS DO PSB INDICA QUE O POVO QUER UM ADMINISTRADOR E NÃO UM PULA-PULA DE ARTICULAÇÕES, DE DEGOLAS POLÍTICAS. O RECIFE QUER TRABALHAR JUNTO COM O POVO

LUIS EDUARDO BASSI

POR QUE AO INVÉS DE COLOCAR JOÃO DA COSTA FORA DA DISPUTA QUE FOI ELE QUE VENCEU AS PRÉVIAS E O PODER JUDICIÁRIO JÁ CONFIRMOU A VALIDADE COMO REELEIÇÃO E HUMBERTO COSTA, JOÃO LIXO PAULO OU QUALQUER OUTRO DA CAMBADA DA CNB NA VICE??? QUER ROUBAR AGORA O DIREITO DO PSB TER SEU CANDIDATO COMPETITIVO?

LUIS EDUARDO BASSI

HUMMMMMMMM.... AGORA ELES FALAM EM JOÃO DA COSTA QUANDO CITAM A ADMINISTRAÇÃO PETISTA NA PREFEITURA DO RECIFE! OPORTUNISTAS! RIFARAM O PREFEITO, TIRARAM O DIREITO CONSTITUCIONAL DELE CONCORRER À REELEIÇAO E AGORA COMO ESTÃO PERDIDOS, COMEÇÃO A PEDIR AJUDA DO MESMO. É UM BANDO DE LADRÕES DE PLANTÃO.

LUIZ MAIA

FORA O PT !!! BASTA DE ÍNÉRCIA !!!

Republicano

Não é leso de todo, o Pedro Eugênio! E existem abestados, fora o Pedro, que presume existir poderio no PT, tirando "Ção" Lula com sua prosopopéia maluca, o resto não encanta nem minhoca, o que dirá cobra!



23/06


2012

Acabou reunião na casa de Guerra. Oposição continua rachada

Acabou, há pouco, a nova rodada de negociações entre os postulantes da oposição no Recife sem avanços, porque ninguém quer abrir mão de suas postulações. Os quatro candidatos - Mendonça Filho (DEM), Daniel Coelho (PSDB), Raul Jungmann (PPS) e Raul Henr y(PMDB) escalaram interlocutores para uma conversa com o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, que não chegou a lugar algum. É muito provável que não ocorra entendimento em torno de um único candidato.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

O DEM não representa o Brasil Novo. Trata-se de um Partido conservador que sustentou a ditadura militar com diversos nomes (ARENA e PDS) e depois com o advento da abertura mudou para PFL e, enfim para não ter morrer melancolicamente passou a se chamar DEM. O povo conhece a história desse Partido.

Wellington Antunes

O DEM tem que entender que está morrendo, que Mendonça é limitado a 20% dos votos.A oposição tem consciência que com Mendonça corre-se o risco de se ter em Recife algo nunca antes visto, ou seja, um inédito 2º do turno entre dois candidatos do mesmo campo político: Humberto(PT) X Geraldo Júlio(PSB)

Wellington Antunes

Esse percentual de 20% que Mendonça sempre detém e nada mais nada menos do que o percentual garantido do voto conservador no Recifense. São os votos dos miltons da vida, digamos assim. Mendonça tem um piso que também é um teto, ou seja 20%. Sempre há de morrer na praia com esse percentual.

Wellington Antunes

Esse DEM não se enxerga, não vê, ou se faz que não vê, não percebe que manter a candidatura de Mendonça Filho à prefeitura do Recife é o principal entrave da união da oposição no Recife.

Wellington Antunes

"DEM em Pernambuco. Partido de sustentação da ditadura militar, comandou, utilizando siglas diferentes ao longo do tempo, a política pernambucana durante décadas. Controlou o Governo do Estado, a imensa maioria das prefeituras, teve um vice-presidente da República, incontáveis deputados e vereadores



23/06


2012

Oposição busca consenso entre candidatos no Recife

A oposição no Recife continua no impasse. Neste momento, representantes dos quatro candidatos - Mendonça Filho (DEM), Daniel Coelho (PSDB), Raul Henry (PMDB) e Raul Jungmann (PPS) - estão reunidos na casa do presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, em Piedade. Daqui a pouco, mais informações.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

Daniel não decolou..Jungmann muito menos..Henry tá mais pra Padre..Mendonça Na cabeça!

milton tenorio

É Mendonça Filho! Acordem senhores,..



23/06


2012

Justiça acaba com auxílio paletó dos deputados. Em SP

A Justiça de São Paulo acabou com o pagamento do chamado auxílio-paletó aos deputados da Assembleia Legislativa do Estado. O benefício, pago anualmente em duas parcelas de R$ 20 mil cada uma, equivalia a um 14º e um 15º salários aos deputados, que ganham R$ 20 mil mensais. O auxílio custava R$ 3,7 milhões anuais aos cofres públicos. A decisão foi tomada anteontem pelo juiz Luis Fernando Camargo de Barros Vidal, da 3ª Vara de Fazenda Pública, em resposta a ação do Ministério Público Estadual. A ajuda de custo, como é chamada oficialmente, já estava suspensa desde novembro do ano passado por liminar do mesmo juiz. A Assembleia pode recorrer da decisão, que é de primeira instância, mas ainda não decidiu se vai fazê-lo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/06


2012

PF vai investigar denúncias sobre filiações no PSDB

 A Polícia Federal abriu inquérito para investigar suposto crime eleitoral em filiações realizadas pelo PSDB municipal em regiões da cidade de São Paulo. O promotor eleitoral da 389ª zona eleitoral, Alfredo Mainardi Neto, pediu a abertura de inquérito, depois da publicação de reportagem do Estado, em janeiro, que mostrava que filiados do partido não tinham conhecimento de ter preenchido fichas de inscrição da sigla. Ontem, a Justiça Eleitoral aplicou duas multas ao PSDB e ao pré-candidato José Serra, de R$ 15 mil cada uma, por propaganda eleitoral antecipada nas inserções partidárias a que o partido teve direito no primeiro semestre deste ano. As penalidades foram decididas após duas representações feitas pelo PT-SP.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/06


2012

Rubem diz que mantém candidatura. O PDT diz que não

Prezado Magno,

não procedem as notícias que você veiculou no Blog sobre a ''desistência''de nossa candidatura para Prefeito da Cidade do Recife.

Sou candidato, faço convenção dia 28 e vejo com naturalidade a carta enviada pelo PSB aos partidos, em defesa de um projeto de unidade e que assegure uma candidatura desse campo no segundo turno, já que essa eleição não tem cara de vitória para ninguém no primeiro turno.

Assistirmos a ida de um nome do bloco DEM + PSDB + PMDB para o segundo, disputando contra um nome do PT não seria, a meu ver, o melhor cenário. Contra esse bloco, apoiar o PT, de novo, após todas as suas trapalhadas e crises internas, não seria a sinalização do novo.

Por isso, o PDT entende que nossa candidatura pode crescer em várias direções, geográficas e políticas, na cidade do Recife, sem prejuízo do diálogo e da unidade com as demais forças populares no segundo turno, caso esse ocorra.

Aliamos à nossa história e aos projetos do PDT para o Re cife uma reconhecida preocupação técnica com as finanças públicas, orçamentos e tributos, em especial com o planejamento e o desenvolvimento.

São passos marcados por projetos de lei, relatórias de orçamentos ministeriais, participação em CPIs, palestras e conferências em PE,SP,GO,RS e outros estados da federação, como acabo de ser convidado pela FIESP para realizar, em seu Conselho de Desenvolvimento Social, dia 5 de julho, em São Paulo, Palestra sobre Financiamento da Educação e da Saúde.

O Recife sempre revelou surpresas em suas eleições.

Forte abraço.

Paulo Rubem Santiago

Dep.Federal PDT-PE

Nota do blog: não é esta a informação passada pela direção do PDT, que reafirma que Rubem não será candidato.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Reginaldo Guimarães Filho

Político ético e competente, é meu candidato em Recife.

Republicano

Se Paulo Rubens for candidato a prefeito do Recife, passarei a votar em "Ção" Lula... certamente nem uma e nem outra se realizará!

carlos eduardo

caro EWERTON TU NAO VE QUE ESTE MAGNO GOSTA DE POLEMIZAR AS COISAS NÃO SE ILUDA COM QUE TUDO QUE MAGNO DIZ NÃO!!!

Ewerton Cabral

É muito asqueroso este joguinho de mentiras e despistamento usado pelos políticos. E contraproducente. Não consegue enganar jornalistas competentes nem quem tem QI acima de 20.

Saulo Alves

É isso aí PREFEITO estamos com vc!!!!!!!!!



23/06


2012

Dinheiro público: juízes brigam para não revelar seus gastos

Um mês após entrar em vigor, a Lei de Acesso à Informação enfrenta resistência na cúpula do Judiciário. Ao mesmo tempo que prometem publicar os salários de servidores, os tribunais superiores adotam postura inversa quando se trata de divulgar gastos dos ministros com dinheiro público. No Supremo Tribunal Federal (STF), a justificativa é que a lei precisa ser regulamentada por uma comissão que não tem prazo para fazê-lo nem data para se reunir. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) manda o cidadão consultar tabelas de seu orçamento disponíveis na internet e não atende a consultas específicas. O Estado  pede há três anos informações sobre despesas dos ministros do Supremo com verba pública, com base no artigo 5.º da Constituição, que assegura ao cidadão o direito às informações. Elas nunca foram dadas.

Na contramão de instituições que adotam artimanhas para driblar a Lei de Acesso à Informação, o Tribunal de Justiça de São Paulo já atendeu a 80% das solicitações à corte – franqueando dados sobre procedimentos, inclusive contratos celebrados para aquisição de bens e serviços. Desde que a Lei 12.527 entrou em vigor cidadãos protocolaram 2.844 requerimentos no TJ, que respondeu a 2.300 pleitos.(Informações de O Estado de São Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/06


2012

PT já vê em Eduardo potencial candidato à vaga de Dilma

#

DO BLOG DE JOSIAS DE SOUZA

A movimentação de Eduardo Campos acendeu o pavio do petismo. O fósforo foi riscado na eleição municipal de Recife. O PT federal dividiu-se. Um pedaço acha que o mandachuva do PSB tornou-se um aliado paradoxal. Outro grupo crê que ele já virou um estorvo. As duas alas unificam-se na conclusão: por trás do vaivém, esconde-se um projeto alternativo à reeleição de Dilma Rousseff.

Sob a presidência de Eduardo Campos, o PSB sempre foi um parceiro conflituoso. Nos dois mandatos de Lula, questionava a “hegemonia conservadora” atribuída ao PT e ao PMDB na coligação. Na gestão de Dilma, adornada com a presença de Michel Temer na vice, o incômodo aumentou. A perspectiva de repetição da chapa Dilma-Temer em 2014 transformou a pregação num cavalo de batalha.

Até aqui, o PT trabalhava com a hipótese de que Eduardo estivesse jogando um jogo de dois tempos. No primeiro, tentaria virar o vice de Dilma em 2014. No segundo, iria a campo como presidenciável em 2018. Agora, o petismo rumina a suspeita de que o governador pernambucano tenta queimar a primeira etapa. O sonho da Presidência lhe teria subido à cabeça.

NEGRA PREVISÃO

O que mais inquieta os operadores do PT são as informações que lhes chegam sobre as análises que Eduardo sussurra em suas conversas privadas. O governador estima que a crise econômica será maior do que a capacidade de Dilma de gerenciá-la. Prevê que, em seis meses, os efeitos da ruína europeia começarão a ser sentidos no mercado de trabalho brasileiro.

A política é feita de apostas. Mas dissemina-se no PT a impressão de que Eduardo contraria a fama de articulador tarimbado e mete-se numa aposta perdida ao escorar seu projeto pessoal no infortúnio de Dilma. Erra ao supor que, confirmando-se o seu vaticínio, Lula não terá saúde para uma nova candidatura. Erra de novo ao desconsiderar que Dilma pode prevalecer sobre a crise, deixando-o na posição do jogador que levanta da mesa sem dinheiro para o táxi.

Ao empurrar o PSB para dentro da coligação petista de Fernando Haddad em São Paulo, Eduardo rolou sua dívida de gratidão com Lula, um amigo que, enquanto esteve no Planalto, privilegiou Pernambuco no rateio das verbas federais. Ao refugar a candidatura petista de Humberto Costa em Recife, o governador como que reiterou que não nutre pelo PT o apreço que devota ao líder supremo da legenda.

PT FORA

De resto, ficou entendido que, na hora de escolher um sucessor para o governo de Pernambuco, Eduardo não deve buscar o nome nos quadros do PT. A exemplo do que fez agora ao fabricar um candidato de última hora à prefeitura de Recife –Geraldo Júlio (PSB)— o governador tende a acionar seu laboratório em 2014.

Nesta temporada de 2012, as provetas de Eduardo deixaram o PT indignado e a oposição perplexa. Na noite passada, reuniram-se os quatro candidatos da oposição à prefeitura de Recife: Mendonça Filho (DEM), Raul Henry (PMDB), Daniel Coelho (PSDB) e Raul Jungmann (PPS). Participou da conversa o deputado Sérgio Guerra, presidente do PSDB federal.

O encontro teve o propósito de reabrir o debate sobre a conveniência de a oposição unificar-se em torno de um candidato único. Alguém capaz de evitar que o segundo turno seja travado entre o PT e o PSB. Após mais de duas horas de reunião, não se chegou a nenhum acordo. A negociação será retomada neste sábado (23), dessa vez sem a presença dos candidatos.

AMIGO JARBAS

Simultaneamente, Eduardo flerta com a ideia de atrair para o palanque do seu candidato, Eduardo Júlio, o postulante do PMDB, Raul Henriy –um deputado submetido à liderança do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE). Oposicionista ácido em Brasília, Jarbas reaproximou-se de Eduardo na cena pernambucana.

Numa das conversas reservadas que manteve com Eduardo, Jarbas disse ao interlocutor que ele teria de se romper com o PT se quisesse alçar voos mais altos no plano federal. Para desassossego do petismo, os tambores do rompimento começam a soar antes do imaginado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LUIS EDUARDO BASSI

QUE PENA DO GILVAN MACEDO QUE AQUI FAZ COMENTÁRIO "QUERO VER COMO FICARÁ EDUARDO SEM OS INVESTIMENTOS FEDERAIS..." MEU AMIGO INTERNAUTA DESTE BLOG, A MAIORIA DOS INVESTIMENTOS EM PERNAMBUCO SÃO DA INICIATIVA PROVADA E DA GARRA DO GOVERNADOR E DO GERALDO JULIO EM VIAJAR O MUNDO PARA ATRAIR EMPRESAS!

milton tenorio

Qual discurso mais patético, o do PSB que um vice na atual gestão, ou de HC que apoiou até 2012 JC.

jose gilvan macedo filho

o PT tem que tomar todos cargos que o ingrato do governador tem no governo federal e romper logo de vez com ele,quero ver o que vai ser de Pernambuco sem os investimentos do governo federal aqui como ficaria o todo poderoso Eduardo Campos

celsomachado40@bol.com.br

Candidato EDUARDO JÚLIO, kkkk, ou foi erro gráfico, ou foi proposital, mesmo assim, não importa qual, a intenção foi ótima e inusitada, kkkkk. No tocante a matéria, concordo com o raciocínio do senador JARBAS, EDUARDO não fará voo FEDERAL se ficar ATRELADO a esse PT. O PT SANGRA até morrer com MALUF

José Egnaldo Pereira

Bem feito pro PT que emasculou todos os movimentos sociais,principalmente os sindicatos do poder público, e Eduardo deu de braçadas durante seis anos com um governo sem contraditório.Eu também não esperava que a facada traiçoeira viesse tão cedo.Vamos esperar desenrolar dos fatos esta semana.