Ipojuca 2021 IPTU

05/10


2012

Coluna da sexta-feira

      São Paulo embaralhou

Em São Paulo, o candidato do PT, Fernando Haddad, não cresceu tanto nas pesquisas como se imaginava em função do prestígio e da popularidade do seu padrinho, o ex-presidente Lula. E não é certa, portanto, a sua ida ao segundo turno.

Pelos números do Datafolha, o quadro em São Paulo ainda está bastante embaraçado. Nem mesmo o candidato do PRB, Celso Russomano, que inicialmente estava com lugar garantido na disputa final por liderar as pesquisas nos últimos 60 dias, pode afirmar com segurança que estará no segundo turno.

Despencou 10 pontos percentuais e aparece empatado com o tucano José Serra, que, igualmente, também empata com Haddad. Pode haver um segundo turno entre Russomano e Serra? Pode, como pode também Russomano cair ainda mais até domingo – porque vem em queda irreversível – e ceder seu lugar a Haddad.

Outra possibilidade seria um segundo turno entre Russomano e Haddad, mas como Serra deixou de cair e vem em ascensão dificilmente deixará de figurar na disputa final. Nunca uma eleição em São Paulo se apresenta com tamanho grau de imprevisibilidade.

DOIS TURNOS– No caso do Recife, os números do Datafolha de ontem ainda apontam uma eleição para dois turnos, tendo na final o socialista Geraldo Júlio e o tucano Daniel Coelho. Para liquidar a faturar logo na primeira etapa, Geraldo teria que avançar mais seis pontos percentuais – está com 44% dos votos válidos. Hoje, sai mais uma pesquisa sobre a tendência do eleitorado recifense, desta feita pelo Instituto Maurício Nassau, com previsão para divulgação no início da tarde.

Temperatura máxima - A temperatura aumentou, ontem, no debate da Maranata FM 103,9 entre o prefeito de Jaboatão, Elias Gomes (PSDB), que disputa à reeleição, e o candidato do PSC, Cleiton Collins. Tudo porque o tucano não gostou da decisão do mediador Adriano Roberto de negar direito de resposta tanto a ele (Elias) quando a Collins.

 

Sem pauleira - Os candidatos a prefeito do Recife encerraram a propaganda eleitoral no rádio e na televisão em altíssimo nível depois de 45 dias com troca de acusações, denúncias e provocações. Até mesmo o candidato do PT, Humberto Costa, que ocupou a maior parte do seu tempo na tevê para bombardear o candidato do PSB, Geraldo Júlio, preferiu destacar a sua trajetória política.

Santa Cruz azulada - O candidato do PSDB a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, fez, ontem, o encerramento da sua campanha em altíssimo astral, mobilizando uma multidão vestida de azul, a cor da sua campanha, pelas principais ruas da cidade. O ato contou com a presença do presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra.

Dama do vermelho - A presidente Dilma não subiu em muitos palanques de aliados do PT nesta campanha, mas na reta final adotou a cor vermelha do partido nas roupas que tem usado em eventos públicos. Ela trajou diferentes blusas vermelhas numa solenidade em São Paulo e no dia seguinte no Peru. E, anteontem, na sanção da MP do Brasil Carinhoso e no comício em Belo Horizonte.

 

 

 

CURTAS

OLHO NAS URNAS– O Planalto monitora as eleições nas 150 maiores cidades. A presidente Dilma recebe informes praticamente diários e já fez várias reuniões para discutir os potenciais resultados do PT, dos partidos da base e da oposição.

PEGANDO FOGO– O clima na reta final em Caruaru é de muita tensão. Ontem, no início da noite, a candidata do DEM, Miriam Lacerda, convocou a Imprensa para fazer “uma grave denúncia”, como assim definiu, contra o prefeito José Queiroz, candidato à reeleição pelo PDT.

PERGUNTAR NÃO OFENDE – O Instituto Maurício de Nassau aponta, hoje, cenário de um ou dois turnos no Recife?

''O que adquire entendimento ama a sua alma; o que cultiva a inteligência achará o bem''. (Provérbios 19:8)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio

KKKKKK..Tá perdido esse partido de aloprados...A mamata no Recife já tá acabando..KKKKKKK

luiz carlos da silva

já disse sou ignorante. digam quantos erros tem nessa frase adiante de antunes. "Também pudera, nunca estudou e vive babando e se virando em carguinhos comissionados" (sic).

Wellington Antunes

Além de babão é analfabeto,....."Vixe"

Wellington Antunes

Além de babão analfabeto, não sabe nem usar a regência correta do verbo "assistir". Também pudera, nunca estudou e vive babando e se virando em carguinhos comissionados

milton tenorio

cadê o aloprado? tá assistindo o julgamento dos correligionários...KKKKk


Petrolina abril 2021

05/10


2012

Debate: Humberto e Daniel, dobradinha contra Geraldo

Candidatos à prefeitura do Recife posam para foto no último debate na TV antes das eleições. Foto: PSB/DivulgaçãoFOTO: PSB - DIVULGAÇÃO

DO PORTAL TERRA - CELSO CALHEIROS

O debate da Globo entre os candidatos a prefeito do Recife de partidos com representação no Congresso Nacional começou com os cinco políticos a medir distância antes de aplicarem suas estratégias. Em um primeiro momento, os dois candidatos com possibilidade de avançar ao segundo turno, Humberto Costa (PT) e Daniel Coelho (PSDB), evitaram fazer perguntas a Geraldo Júlio (PSB), primeiro nas pesquisas de intenção de voto.

Em outro movimento estudado, Humberto Costa e Daniel Coelho fizeram dobradinha com relação às críticas à parceria público privada (PPP) do saneamento, programa do governo do Estado que teve a participação de Júlio, quando secretário do governador Eduardo Campos (PSB), seu padrinho político. Atacado por quase todos os adversários, Geraldo manteve em posição defensiva e rebateu às críticas à PPP. ''Não iremos aumentar as contas e teremos um meio ambiente sustentável''.

TODOS CONTRA GERALDO

Os pontos fortes do encontro foram todos contra o candidato do PSB. Humberto Costa perguntou a Júlio porque ele omitia no currículo de candidato ter sido secretário da Fazenda em Petrolina. O candidato do PSB respondeu com tranquilidade que não omitia, tinha orgulho de todos os cargos nos quais trabalhou. ''Então porque você assinou um contrato de R$ 30 milhões de recursos que eram para ser investidos em educação, saúde e saneamento, não foram aplicados no destino certo e ainda endividou a prefeitura além da sua capacidade''.

Daniel Coelho preferiu trabalhar temas que conhecia, nas oportunidades em que fazia perguntas e soube explorar seu tempo, no momento em que era perguntado. Ex-vereador do PV, tratou de fazer dobradinha com Mendonça Filho (DEM) ao perguntar sobre a questão do lixo e falta de reciclagem. Nos momentos finais, pediu para seus eleitores reforçarem a onda verde. ''Vamos juntos para o segundo turno, quando teremos o mesmo tempo do nosso adversário''.

GENERALIDADES

Outro ataque direto veio do candidato do PCB, Roberto Numeriano, que ao utilizar sua tréplica, criticou a resposta à sua pergunta. ''É incrível como Geraldo Júlio só responde generalidades'', disse. No debate, nenhum dos candidatos deixou de usar generalidades, repetir palavras-chave utilizadas ao longo da campanha ou fazer ouvidos de mercador em uma pergunta para responder com sua proposta de candidato, mesmo que o tema guarde distância da questão apresentada.

Mendonça Filho (DEM) e Roberto Numeriano tiveram a participação menos expressiva. Mendonça exibiu seu conhecimento em programas e temas relevantes aos cidadãos. Seu ponto mais forte foi quando perguntou sobre a proposta de Daniel Coelho sobre a implantação de teleféricos nas áreas de morro do Recife para Daniel Coelho. A pergunta servia para revelar o alto custo dos equipamentos urbanos, estimado em R$ 12 milhões. Acabou por oferecer a Daniel o degrau para uma tirada de efeito. ''Queremos dar a chance para algumas pessoas também entrarem no engarrafamento''.

AUSÊNCIA

Roberto Numeriano participou do seu segundo debate em rede de TV, uma vez que teve esse direito conquistado por força de liminar, cassado em instâncias superiores da Justiça nos debates da TV Jornal e da RedeTV. O candidato do PCB fez uso de suas considerações finais para pedir voto para alguns candidatos a vereador do seu partido e do coligado Psol, além de pedir voto para um vereador no município vizinho do Paulista.

O debate também convidou o candidato Douglas Sampaio (PRTB) para participar, mas ele não compareceu ao Centro de Convenções de Pernambuco, endereço do evento. Douglas é o candidato que substituiu a menos de um mês do fim da campanha, o candidato Esteves Jacinto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Diego da Silva Araújo

Não me sai da cabeça a imagem de Geraldo como um boneco de ventríloco. Nesse debate, onde ele parece que esqueceu de retirar o cabide do terno ficou mais marcado. Geraldo apesar das pesquisas, continua se mostrando como um estranho no ninho. Ruim para ele, bom para ele.

Jorge Carlos Fonseca Filho

Acho que o tempo que perderam atacando poderiam ter utilizado apresentando mais propostas... e se era pra lembrar do passado deviam mostrar o que já fizeram em beneficio de todos durante suas vidas públicas.

Jorge Carlos Fonseca Filho

Pra mim houve perda de tempo em ataques entre os candidatos.. esse tipo de política não dá mais certo porque o povo não vive só de passado mais sim do presente com atitudes e propostas que melhorem a vida das pessoas.

Vamos intensivar nas comunidades, com a parceria dos municípios para propiciar em Pernambuco uma grande interação dos atores e atrizes, fortalecendo e potencializando a participação de Todos. Vamos à vitória com Geraldo 40.

implantação de canais democráticos, em todos os segmentos, é fundamental, pois a sociedade civil organizada, tem respondido a contento, nas ações do Governo Presente, um grande Programa que transversaliza com 15 secretarias, e são levadas às localidades, para uma melhor qualidade vida. Vamos


ALEPE

05/10


2012

De olho em 2014, Aécio sobe ataque a Dilma, Lula e PT

 A eleição municipal deste ano mostra uma ofensiva do ex-governador e senador Aécio Neves (PSDB-MG) para transformar a eleição de Belo Horizonte numa disputa nacional. O tucano deixou de lado o estilo discreto que vinha adotando até então na oposição. Foi mais agressivo com o PT, destilou provocações à presidente Dilma Rousseff e atacou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Dilma reagiu. Esteve anteontem em BH para pedir votos a Patrus Ananias (PT), mas ocupou a maior parte do tempo respondendo aos recentes ataques de Aécio. Os dois são potenciais rivais na disputa presidencial de 2014.

Sem citá-lo, mas falando do tucano, Dilma disse que ele tem ''visão mesquinha da vida'' e não é ''dono de Minas''. Insinuou que Aécio deixa BH para ''ir à praia'', enquanto ela, também mineira, saiu por causa da ditadura. Foi uma resposta à declaração de Aécio de que ''estrangeiros'' não deveriam interferir no pleito local. A eleição de BH é considerada fundamental por Aécio para suas pretensões presidenciais, por dois motivos.(Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Marcilio Paulino dos Santos

Essa piranha da Dilma, saiu do Brasil porque roubou, matou e sequestrou.Ainda vem querendo dar uma de boa cidadã,Até hoje, ela não explica aos brasileiro, onde ela colocou o dinheiro roubado do governador de São Paulo, onde a mesma arrombou a casa do governador, junto com a sua quadrilha.

IVANISE GONZAGA ALVES

Sr Luiz Carlos fez um comentário mais imbecil que já ví por aqui..haja ignorância!!!!!

luiz carlos da silva

dilma é uma das coisas mais mediocres que já surgio neste brasil. e um bando de idiotas acham que ela é tampa.


Bandeirantes 2021

05/10


2012

Serra e rival se encontram na missa do padre Marcelo

Fabio Braga/Folhapress
Os candidatos Serra (PSDB) e Chalita (PMDB), lado a lado, na última missa do padre Marcelo Rossi antes da eleição
Serra (PSDB) e Chalita (PMDB), lado a lado, na última missa do padre Marcelo Rossi antes da eleição

Rivais na disputa à Prefeitura de São Paulo e desafetos pessoais, José Serra (PSDB) e Gabriel Chalita (PMDB) se encontraram ontem na última missa de padre Marcelo Rossi e dom Fernando Figueiredo antes da eleição. O encontro causou constrangimento aos religiosos. Serra foi convidado a ir ao ato no início da semana. Já Chalita, telefonou na manhã de ontem a interlocutores de d. Fernando para dizer que queria ir à cerimônia.

O peemedebista foi avisado, então, que Serra já havia sido convidado. Houve um pedido para ele que não fosse ao ato. Mas Chalita insistiu. Disse que estava indo à "casa de Deus" e que, se fosse necessário, ficaria junto ao público, longe do púlpito onde ficam os convidados. Serra chegou primeiro, às 19h30. Chalita, cinco minutos depois. E levou apoiadores. Antes da missa, foi preciso que pedissem silêncio aos simpatizantes dele. Os dois participaram da liturgia. Serra leu uma passagem bíblica. Foi chamado por Rossi de "prefeito". Chalita também fez uma leitura, mas não foi anunciado.(Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wellington Antunes

Ridículos e mais ainda é esse padre.



05/10


2012

Mensalão: procurador critica citação de Lewandowski

 
Autor da denúncia inicial que gerou a ação penal do mensalão, o ex-procurador-geral da República Antonio Fernando de Souza considerou inapropriado o uso que o ministro-revisor da AP 470, Ricardo Lewandowski, fez de uma entrevista que concedeu a um jornal de referência nacional, no dia 30 de julho. Inapropriado, pelo menos, para o objetivo do ministro de inocentar o ex-ministro José Dirceu do crime de corrupção ativa. Na sessão desta quinta-feira, o ministro Lewandowski, ao votar pela absolvição do mais graúdo dos réus do processo, comentou que até o ex-procurador-geral afirmara, naquela entrevista, que “não existe o crime mensalão”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

luiz carlos da silva

esse jorge é um petista que ainda vai chorar muito. a brasil vai viver um novo tempo. demorou mais chegou esse tempo. apo´s o julgamento o stf sairá de cara nova para um judiciario novo. é certo que muitos dos pulhas permanecerão. mais tambem é certo que um novo tempo virá. escrevem.

joao carlos da silva

O POVO BRASILEIRO PRECISA IR A RUA PEDIR A SAÍDA DESSE MINISTRO DO STF. É UMA VERGONHA INOJA O JUDICIÁRIO.

jorge dos santos silva

VOCES SÃO JUIZES, RESPEITEM OS HOMENS

JANDILSON DE ALBUQUERQUE CORDEIRO

Esse Ministro é a vergonha do STF, algo está acontecendo com ele. é preciso ser investigado, e aquele que levou 07 pAUS EM CONCURSO PARA JUIZ, e ganhou de presente uma vAGA NO STF, como é o nome dele? um tal TOFFILI.

marcos

O MINISTRO RICARDO LEWANDOWSKI TENTA PROVAR O IMPROVÁVEL, EU DIRIA QUE ELE QUER COLOCAR UMA MELANCIA NO ANUS DE UM GATO, E TODOS SABEM QUE NÃO CABE!!!


Serra Talhada 2021

05/10


2012

O deputado e o padrão SUS

 No Instituto Nacional de Cardiologia, no Rio, o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) descia pelo elevador para a sala de radiografias. A ascensorista o reconheceu e disse:

-Estou muito feliz de ver o senhor aqui!

Surpreso, o parlamentar comentou:

- Alguém que goste de mim ficaria feliz em me ver nestas condições?

Percebendo o mal-estar, a funcionária completou:

-É que político só procura hospital particular ou corre pra São Paulo. Nós aqui também damos conta do recado!  (Vera Magalhães - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

05/10


2012

Defesa diz que Jefferson agiu por "instintos primitivos"

 A defesa do ex-ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu, apresentou nesta quinta-feira (4) aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) um novo memorial para rebater as acusações da Procuradoria-Geral da República (PGR) e do ministro relator do mensalão, Joaquim Barbosa, de que Dirceu cometeu crime de corrupção ativa.

No documento, a defesa de Dirceu ratifica alguns argumentos já pontuados nas alegações finais. Os advogados de Dirceu ratificam a tese de que o mensalão foi uma invenção do ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB), acusado na época de comandar um esquema de corrupção nos Correios. No memorial, os advogados de Dirceu afirmam que o relator do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, “atenuou a inegável intenção do ex-deputado Roberto Jefferson em prejudicar José Dirceu”.  “Ele próprio assumiu agir pautado por ‘instintos primitivos’ e se dizia vítima de armação do então ministro da Justiça, de um procurador da República, uma juíza federal”, disseram os advogados de Dirceu em relação a Roberto Jefferson.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

TODOS NÓS BRASILEIROS DEVEMOS MUITO AO SR ROBERTO JEFERSON,POIS NÃO FOSSE ELE ESTARIAMOS AINDA NA PSEUDO FANTASIOSA HONESTIDADE DO PT E SEUS MEMBROS. MAS NÃO O ABSOLVO, TEM QUE PAGAR PELOS SEUS CRIMES.

luiz carlos da silva

o stf já reconheceu a existencia do mensalão. agora é esperar que dr. lula fasa o mesmo. quant

luiz carlos da silva

só dr. lula ainda não reconheceu o mensalão. mais vais reconhecer e botará a cuklpa no dirceu. se não ele será arrastado para a mesma lama que está dirceu.

enoque viana de oliveira filho

Jefferson voce não é coisa muito boa, mais eu gosto de você. Você foi traido por bandidos.


Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

05/10


2012

Congresso teme aumento da ''''bancada dos falidos''''

 Apesar de o retorno do Congresso Nacional, após o recesso da eleição, coincidir com um momento de reaquecimento da economia, no último trimestre de 2012, é dado como certo que os parlamentares retornarão ao trabalho mais preocupados ainda com a crise mundial. Ao contrário de outros períodos eleitorais, rusgas da campanha tendem a pesar menos do que a vontade dos parlamentares em aprovar com rapidez as medidas provisórias já assinadas por Dilma Rousseff no infindável pacote de combate à crise. A maioria dos parlamentares está com um olho na urna e outro na economia. Doidos para tudo acabar logo e poderem se envolver nos assuntos econômicos. O motivo é simples: um em cada três deputados é empresário.

Todos sabem o quanto é frágil este ensaio da retomada da economia e, principalmente, seus negócios estão indo muito mal. Só na Câmara, são 168 donos de empresas sujeitos a todas as intempéries da turbulência financeira global. O medo de Suas Excelências é engordarem os números de uma bancada em ascensão: a dos falidos.

Dois nomes são citados como os primeiros – mas não os únicos – com assento nessa nova bancada da Câmara: Alfredo Kaefer (PSDB-PR) e João Lyra (PSD-AL). Kaefer, da Diplomata, uma das principais avícolas do país, entrou em recuperação judicial, com uma dívida de R$ 500 milhões.

João Lyra, da Laginha Agro Industrial, viu seu pedido de falência ser suspenso pelo Tribunal de Justiça de Alagoas. Mas os bancos continuam cobrando suas dívidas.(Coluna Poder Econômico - Jorge Felix)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/10


2012

Lampião gay? Neta processa autor de livro

 A família do cangaceiro mais famoso do Nordeste, Virgulino Ferreira, o Lampião, entrou com dois processos na Justiça contra o juiz aposentado Pedro de Morais, autor do livro censurado Lampião, o Mata Sete, em que sustenta que o Rei do Cangaço era gay. A neta de Lampião, Vera Ferreira, quer uma indenização de R$ 2 milhões nas duas ações: uma por danos morais e outra por Pedro ter vendido os livros na II Bienal de Salvador, que ocorreu em 6 de novembro de 2011.

A polêmica começou com as revelações contidas em Lampião, o Mata Sete, de que o cangaceiro teria sido homossexual, Maria Bonita era adúltera e Expedita não era filha do homem mais temido do sertão. Em novembro passado, o advogado de Vera, Wilson Winnie, havia declarado que a publicação fere a honra da família de Lampião e que a ação na Justiça pretende impedir a circulação do livro de forma definitiva.

O juiz da 7ª Vara Cível de Aracaju, Aldo Albuquerque, expediu uma liminar proibindo o lançamento e a venda do livro. O processo está com os desembargadores do Tribunal de Justiça de Sergipe, que ainda não se decidiram sobre o processo.(Agência Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Gilberto Carvalho Moura

um cangaceirinho afeminado chamado Sabonete que não saia de perto de Maria Déa nem quando ela ia se banhar ou fazer necessidades, a excessiva intimidade do casal com o cangaceiro Luis Pedro. Prá mim, se gay ou não era um bandido que deveria ser esquecido.

Gilberto Carvalho Moura

Se era ou não era, não posso afirmar categoricamente. Entretanto, na literatura que tenho sobre o assunto, e tenho bastante, há várias referencia a essa possibilidade. Por exemplo: Os bailes na caatinga onde dançavam homem com homem, o abuso de perfumes, o gosto por roupas cheias de bicos e babados,

luiz carlos da silva

é preciso ser macho para dar o rabo. e lampiao era macho.

joao carlos da silva

É UM ABSURDO MACULAR A HONRA DE UMA PESSOA QUE ESTÁ MORTA E NÃO PODE SE DEFENDER. SE LAMPIÃO ESTIVESSE VIVO COM CERTEZA ESSE DIFAMADOR ESCROTO NÃO TERIA CORAGEM PARA ESCREVER ESSAS BESTEIRAS.

enoque viana de oliveira filho

Já lhe disse tudo não vou colocar nem um ponto



05/10


2012

Ministro: bilhetinhos evangélicos irritam subordinados

 O ministro Marcelo Crivella (Pesca e Aquicultura) está utilizando sua passagem pela Esplanada dos Ministérios para pregar.

Bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, ele tem colocado bilhetinhos com mensagens evangélicas nos relatórios preparados pela equipe técnica ao invés de observações objetivas.

A ideia não tem agradado aos funcionários.

Há duas semanas o gabinete de Crivella pediu aos servidores para aguardarem o ministro no saguão de elevadores dos 14 andares do prédio. O motivo? O ministro queria cumprimentar o pessoal.

Teve gente esperando mais de uma hora para receber um aperto de mão acompanhado por um “Deus o abençoe”.

Até agora, os funcionários não sabem o motivo do cumprimento. (Do blog Poder Online - Nivaldo Souza)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

enoque viana de oliveira filho

alguem tem asseso ?

enoque viana de oliveira filho

Tem daqueles bilhetinhos que entra no céu ? Eu compro.