Jaboatão vai conquistar você

22/01


2022

Prédio do Diário será restaurado

Da coluna de João Alberto

Ao reassumir a Casa Civil do governo do Estado, José Neto vai autorizar o início da licitação das obras de recuperação do antigo prédio do Diário de Pernambuco. O espaço histórico vai ser sede do Arquivo Público Estadual, destinação original quando o edifício foi comprado. As obras vão ser coordenadas pelo diretor do arquivo, o jornalista Evaldo Costa, que trabalhou no prédio, como editor do nosso jornal,


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru - Jan 2022

22/01


2022

O chá de cadeira que Brizola me deu

Se o líder político brasileiro Leonel Brizola estivesse vivo, completaria 100 anos neste 22 de janeiro. Em razão do seu centenário, reproduzo abaixo um dos textos do meu livro “Histórias de Repórter”, lançado em 2017. Na crônica, eu descrevo o fato que ocorreu em 1994, quando saí de Brasília onde morava e fui entrevistar Brizola no Rio de Janeiro. A entrevista aconteceu após um chá de cadeira de mais de 10h, porém rendeu uma boa manchete e a primeira página no Diário de Pernambuco. Confira!

“Em 1994, quando Brizola disputou pela segunda vez a Presidência da República, tentei, durante três meses, uma entrevista exclusiva com ele. Meu contato era o então deputado Brandão Monteiro, de quem me aproximei em Brasília. Brizola era o tipo de personagem política que fascinava qualquer arguto repórter.

Com sotaque gaúcho forte e expressões dos pampas que cultivou ao longo da sua vida, Brizola tinha uma marca registrada de retórica inflamada. Não perdia oportunidade para criar caricaturas verbais de seus oponentes. Chamou Lula de “Sapo Barbudo", Paulo Maluf de “Filhote da Ditadura” e Moreira Franco de “Gato Angorá”.

Era um orador carismático, de frases implacáveis, capaz de provocar reações fortes nos adversários. Tinha fama de brigão e brigou até com a Rede Globo. Minha intenção era fazer provocações sobre a sua relação conflituosa com Miguel Arraes, aliado histórico na resistência ao golpe militar de 1964,

Símbolos da luta contra a repressão, Brizola e Arraes foram cassados. Arraes, como governador, Brizola, deputado federal pelo Rio. Brizola se exilou no Uruguai e nos primeiros anos defendeu a luta armada. Arraes exilou-se na Argélia. Com a anistia no final dos anos 70, ambos voltaram gloriosos.

O que se dizia é que Arraes e Brizola, embora com posições convergentes, nunca se entenderam porque tinham o mesmo projeto no exílio: voltar ao Brasil, governar de imediato os seus Estados para em seguida tentar a Presidência da República. Neste sentido, Brizola foi mais bem sucedido, porque se elegeu governador do Rio logo em 1982, enquanto Arraes teve que esperar quatro anos, atropelado pela candidatura de Marcos Freire, em 82.

As mágoas de Brizola ganharam um capítulo especial quando em 1989, na primeira eleição presidencial após a reabertura política, já com o mandato de governador no papo, Arraes apoiou à candidatura de Lula. Brizola fez de tudo para ter Arraes em seu palanque e alimentou a esperança até o último segundo da prorrogação, até porque era a forma de adentrar no Nordeste com força.

Em 1994, Brizola tenta a sua segunda cartada para presidente, após renunciar ao mandato de governador do Rio, e não consegue, mais uma vez, atrair Arraes ao seu palanque. Certo dia, Brandão Monteiro me ligou confirmando a entrevista. De Brasília, decolei no primeiro voo para o Rio. Brizola morava numa cobertura em Copacabana.

Tomei um chá de cadeira de 10 horas para arrebatar a entrevista. Cheguei em seu prédio às oito da manhã e só fui recebido no cair da tarde. Mas valeu! Como iria falar para o Diário de Pernambuco, jornal de maior circulação no Nordeste, líder inconteste no Estado, Brizola pediu desculpas pela demora alegando que fora um dia amargo, onde teria descascado vários abacaxis.

“Vem cá, garoto, agora sou todo seu. Pode perguntar o que quiseres”, provocou.

Foi uma longa, maravilhosa e polêmica entrevista. Brizola destilou todo o seu veneno contra Arraes, confirmou suas mágoas por não contar com o seu apoio na disputa presidencial e, bom frasista, disse que Arraes implantou em Pernambuco o coronelismo do asfalto, depois de fazer suas considerações pessoais sobre a figura do desafeto: personalista, de posições nacionalistas duvidosas”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo - Pavimentação e Drenagem

22/01


2022

Gestão no Cariri da Paraíba atinge 96,6% de aprovação

A gestão do prefeito Dr. Augusto Valadares (DEM), em Ouro Velho, localizada no Cariri da Paraíba e distante 309 Km de João Pessoa, alcançou a marca de 96,6% de aprovação em seu primeiro ano. Os dados são de pesquisa realizada pelo Instituto Opinião, divulgada pelo Portal MaisPB.

Na pergunta aos 230 eleitores ouvidos pela pesquisa, apenas 1,7% dos entrevistados disseram desaprovar o modelo de gestão implementando no município, enquanto outros 1,7% não sabem ou não quiseram responder ao questionamento.

A administração municipal é ótima para 54,3% das pessoas ouvidas pelo Instituto Opinião, 40,9% consideram boa, 3,5% classificam o governo como regular, 0,4% atribuem uma avaliação ruim e nenhum dos entrevistados analisou como péssima.

Nota de avaliação

O Instituto Opinião pediu à população uma nota (de 0 a 10) sobre o trabalho desenvolvido pela atual gestão: 66,1% atribuíram nota 10, 14,8% deram 8 e 13,5% conferiram 9. A média geral ficou em 9,4. Augusto Valadares venceu as eleições de 2020 com 84,41% dos votos válidos.

Histórico de avaliação

Em outubro do ano passado, pesquisa do Instituto Opinião, divulgada no Portal MaisPB, identificou aprovação de 95,7% em relação à gestão de Ouro Velho. Antes, em abril nos 100 dias de governo, a avaliação identificada foi de 95,2%. A mais nova sondagem amplia o índice para 96,6%.

Dados técnicos

A pesquisa foi realizada no último dia 17 de janeiro deste ano e ouviu 230 eleitores da sede do município e zona rural. Foram eles: bairros Alto do Chorão, Antônio Cordeiro de Sousa, Boca do Sapo, Centro, José Mariz, Mutirão e Vila Mabel. E com os moradores da zona rural nas seguintes localidades; Alto dos Pedros, Balanço, Boa Vista dos Barões, Boa Vista dos Nunes, Boa Vista dos Zuza, Balanço, Dependência, Olho d’Água de Baixo, Olho d’Água de Cima, Panto Leão, Pilões, Pitombeira, São Paulo dos Dantas e Xique-Xique.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina Dezembro 2021

22/01


2022

BBB22: Fulô de Mandacaru cria paródia para participante

A banda Fulô de Mandacaru, vencedora da terceira temporada do "SuperStar", criou uma paródia para a caruaruense que está no BBB22, Eslovênia Marques. O trio de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, divulgou nas redes sociais, a torcida para o time da Eslô, através da música.

A participante de Caruaru no BBB22, Eslovênia Marques, tem 25 anos A modelo e estudante de marketing, nasceu em João Pessoa, na Paraíba, mas se considera pernambucana, por morar na Capital do Forró. Ela foi estudante de física, Miss Caruaru e Miss Pernambuco.

Já a banda Fulô de Mandacaru venceu o SuperStar em 2016. O grupo caruaruense conquistou a terceira edição do programa, que era apresentado por Fernanda Lima e tinha como jurados Paulo Ricardo, Daniela Mercury e Sandy. A última música apresentada e que conquistou 70% dos votos foi "São João de Outrora". Os vencedores do reality faturaram 500 mil reais, além de um contrato com a Som Livre.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/01


2022

Após enterro da mãe, Bolsonaro vai a lotérica apostar na Mega-Sena

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a Brasília, na manhã de hoje, após viajar a Eldorado, no interior de São Paulo, para acompanhar o velório e o sepultamento da mãe, Olinda Bonturi Bolsonaro, que morreu aos 94 anos, na madrugada de ontem. Antes, Bolsonaro foi a uma lotérica para apostar na Mega-Sena.

Bolsonaro viajou a Eldorado acompanhado da esposa, Michelle Bolsonaro, e de dois filhos: Flávio e Renan. O presidente chegou às pressas, após a interrupção de uma viagem internacional para o Suriname, de onde deveria seguir para a Guiana.

Neste sábado, por volta das 9h, Bolsonaro saiu da residência da família, onde passou a noite, falou com a imprensa e com alguns moradores. Ele estava acompanhado do filho Flávio. Na sequência, o presidente e o filho foram a uma lotérica da cidade, perto das 10h15, para apostar na Mega-Sena.

Pouco depois, às 10h50, o presidente, a família e a comitiva presidencial embarcaram em dois helicópteros com destino ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, onde pegaram outro voo para Brasília, por volta das 12h30. Não há agenda oficial para este fim de semana.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Se após enterrar a mãe, ele foi jogar na lotérica, imagina o que ele faria na morte de um inimigo político!


Arcoverde janeiro 2022

22/01


2022

Ceará é destaque com projetos de energia

A redução de desigualdades e a ampliação do acesso dos pequenos produtores rurais a crédito serão os grandes focos dos projetos desenvolvidos pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) em 2022. Isso é o que afirma o superintendente da Sudene, general Carlos César Araújo Lima. E o Ceará faz parte desses planos, enfatiza. Nos grandes aportes dos fundos federais de desenvolvimento da Região, os projetos do setor de energia foram destaque em 2021. No Fundo do Desenvolvimento do Nordeste (FDNE), 12 projetos cearenses receberam 38,5% de todo recurso aportado pelo funding no ano.

O superintendente destaca que a Sudene trabalha pela aprovação do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), que visa o planejamento de longo prazo para a Região. Araújo afirma que, ao ser aprovado, o PRDNE será o livro de cabeceira de todos que trabalham desenvolvimento regional no Nordeste nos próximos anos e, na sua gestão na Sudene, a análise de projetos já começa a levar em consideração essas diretrizes.

"Apoiamos entes privados, e temos dado prioridade a empresas que instalam negócios que mais beneficiem a comunidade dos municípios, que têm ações maiores aos municípios como contrapartida. Quanto mais elas contribuem, a prioridade dada é maior, assim como a possibilidade delas receberem financiamentos”, disse.

Quando falamos dos grandes projetos e atração de novos negócios para a Região, Araújo destaca as ações com incentivos fiscais e as iniciativas financiadas com recursos do Fundo do Desenvolvimento do Nordeste (FDNE), em que o orçamento de 2021 foi R$ 3,06 bilhões. Segundo o superintendente, a ideia é que a Sudene também fortaleça seu papel de articuladora de investimentos na Região, mesmo que não envolva aplicação de recursos dos fundos federais.

Em relação ao FDNE, foram analisadas 81 consultas prévias, das quais 45 foram aprovadas no último ano. Destaque para os 12 projetos de empreendimentos de geração do setor de energia localizados no Ceará. De acordo com dados da Sudene, a perspectiva é de aporte total de R$ 2,04 bilhões no Estado através dos projetos, sendo R$ 1,18 bilhão oriundos exclusivamente do FDNE.

"No caso do FDNE, várias empresas estão instalando parques de produção de energias renováveis no Estado, e mantemos o foco nessas empresas de maior porte", enfatiza. Com relação aos projetos a serem desenvolvidos a partir da transposição do Rio São Francisco, o superintendente destaca que já há prospecções com empresas.

Araújo ainda ressalta que o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) definiu uma série de rotas produtivas, com as vocações de cada localidade da Região. "O objetivo é investir para que cada região desenvolva mais ainda o que ela já tem vocação em fazer. É aproximar dos pequenos produtores as indústrias que ficavam distantes e não tinham segurança para fazer investimentos no interior do Nordeste", concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

22/01


2022

Levanta Pernambucano mostra força no Agreste Meridional

O primeiro encontro do ano do Movimento Levanta Pernambuco, realizado na noite de ontem, em Garanhuns, reuniu lideranças do Agreste e de outras regiões, mostrando a força da iniciativa do PSDB - PL - PSC e Cidadania, que está percorrendo o estado para ouvir a população e construir uma agenda para o futuro de Pernambuco. 

A prefeita de Caruaru e presidente do PSDB Pernambuco, Raquel Lyra, destacou que o encontro de Garanhuns é mais uma oportunidade para ouvir as necessidades dos pernambucanos e das pernambucanas. “Vamos continuar mobilizados e temos a responsabilidade de compartilhar e discutir Pernambuco. Não podemos passar o processo eleitoral sem fazer o debate real da vida do nosso povo, sem construir caminhos para gerar esperança e devolver o orgulho e autoestima para nossa gente. Isso vai ser feito por cada um de nós”, ressaltou Raquel. 

Ao discursar, Anderson Ferreira ressaltou a sintonia com Raquel Lyra na construção do projeto para o Pernambuco do futuro. “Eu e Raquel conseguimos transmitir algo diferente para as pessoas. Vocês vão ouvir de nós dois sempre a verdade porque pensamos Pernambuco daqui a 10, 20 anos na frente. Vamos unir forças nesse projeto, construindo uma relação sincera. Agora quero ver qual a desculpa da turma do PSB vai dar, depois que ranqueou nosso Estado com os piores índices do País. Nós, sim, vamos construir um novo Pernambuco”, assegurou.

“Todos nós estamos indignados com o abandono e o descaso desse governo com o Estado. É por isso que tenho certeza de que deste grupo sairá o próximo governador ou a próxima governadora de Pernambuco”, falou o deputado federal Fernando Rodolfo. Para o ex-senador Armando Monteiro, o momento é de unir forças de todos que desejam que o estado siga um novo rumo. “Sinto que é a hora de todos se engajarem ao Movimento Levanta Pernambuco, que é capitaneado por Anderson Ferreira e Raquel Lyra. A opção que temos é seguir um novo caminho, de renovação, com pessoas capazes, honradas e merecedoras da confiança do povo de Pernambuco”, disse.

O ex-prefeito Izaías Régis ressaltou que a presença de lideranças da região e de todo o estado  é a “ prova da boa politica”. Segundo o tucano, o grupo “ não está aqui para fazer oposição,  mas para trazer solução para Pernambuco”.

Durante o encontro, a insegurança, a falta de infraestrutura e de oportunidades foram alguns dos problemas registrados pela população.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC - Férias de Janeiro

22/01


2022

Busto de Joaquim

Por José Adalbertovsky Ribeiro*

Este é o pedestal em construção, a ser revestido em granito, onde será assentado o busto do ex-prefeito Joaquim Francisco, no Parque da Jaqueira. Dom Quincas foi o idealizador e construtor do parque, inaugurado em março 1985. O busto ficará na entrada do parque. A homenagem foi sugerida pela confraria da Jaqueira e aprovada pelo prefeito João Campos.

O historiador Leonardo Dantas Silva, doutor na matéria, propõe que o busto seja confeccionado em bronze, um material de estilo clássico, e não em cimento. O prefeito Joao estará presente na inauguração festiva para confraternizar com a confraria dos andarilhos da Jaqueira.

Joaquim Francisco faleceu em agosto do ano passado. Na foto, o mestre de obras Edson.

*Jornalista


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes novembro 2021

22/01


2022

Apoio do PSB a Lula caminha bem, diz Paulo Câmara

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), figura importante nas negociações de seu partido com o PT, se disse “otimista” quanto à concretização da aliança em torno de Lula. Enquanto isso, em seu estado, petistas e socialistas precisam aprofundar o diálogo em busca de um candidato único. A situação não está definida, mas é menos tensa que nas últimas semanas.

“Estou muito otimista de que vamos construir essa aliança nacional – está tudo andando bem, não vejo foco de resistência, ao contrário. E vamos, no âmbito local, ter a capacidade de definir o que seja melhor para essa frente e para o Brasil”, disse Câmara à CNN Brasil nesta quinta-feira 20. “Vamos, com certeza, chegar a consensos dentro dos prazos estabelecidos”.

O pessebista voltou a declarar que a sigla “está à disposição” do ex-tucano Geraldo Alckmin desde dezembro, quando houve a formalização do convite para filiação. “Estamos aguardando o tempo dele, de maturação, de definição. Se ele tiver o interesse de ingressar no PSB, será muito bem-vindo e, se for o nome para compor a chapa com o presidente Lula, será o nome que o PSB vai apresentar”, disse.

Segundo Câmara, Lula e Alckmin, “com experiência e forma de agregar, podem conduzir bem o destino do Brasil no futuro, mas ainda estamos no campo das hipóteses”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

arnaldo luciano da luz alencar ferreira

Está mais que claro que o PSB é um partido totalmente familiar, como pode o Melhor Secretário do Governo do Estado, principalmente nessa pandemia, não ter seu nome sequer ventilado para Governador? André Longo merecia ser lembrado, competente, ágil e muito trabalhador.


Pousada da Paixão

22/01


2022

Cenário de dúvidas quanto ao piso do magistério

Por João Batista Rodrigues*

Ainda em 2020, foi divulgado como certo um aumento do piso dos profissionais do magistério de 33,23%, que seria aplicado no início de 2022. Essa estimativa foi calculada com base no percentual de crescimento do valor anual mínimo nacional por aluno dos anos iniciais urbano do ensino fundamental do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) nos últimos dois anos, tendo como fundamento a Lei 11.494/2007.

A perspectiva do aumento gerou expectativa positiva para os professores e preocupação para os prefeitos, devido ao impacto nos planos de cargos e salários do magistério e na folha de aposentados que as prefeituras bancam sem ajuda da esfera federal, responsável pela lei do piso.

Contudo, no último dia 14 de janeiro, o Ministério da Educação divulgou nota em que se posiciona de forma ainda não oficial pela revogação da lei 11.494/2007 em função da publicação da Emenda Constitucional 108/2020.

A CNM – Confederação Nacional dos Municípios, que representa os prefeitos, tem divulgado sua posição de que “o critério de reajuste do piso nacional do magistério, fixado na Lei 11.738/2008, perdeu sua eficácia”.

Por sua vez, a CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores na Educação, defende a manutenção do entendimento de plena vigência da Lei 11.738 e comunica ainda que lutará pela aplicação do reajuste de 33,23% ao piso do magistério, em todos os entes da federação.

Os diferentes posicionamentos geram incertezas e afeta todas as gestões neste início de ano, período em que se precisa organizar o ano letivo de 2022 – já será conturbado pela pandemia de Covid-19 que não acabou – e o planejamento financeiro das gestões, principalmente municipais.

No entanto, é necessário considerar que esse cenário cria para o legislador federal a obrigação de regulamentar definitivamente a questão do reajuste do piso. Uma vez que esse panorama de incertezas se instaurou devido à omissão do parlamento, que não concluiu a votação do PL 3.776/08, enviada ainda pelo ex-presidente Lula, propondo a regulamentação do reajuste do piso pelo INPC, o que possibilitaria um reajuste anual com critérios claros e a segurança jurídica necessária para todas as partes.

*Advogado, ex-prefeito de Triunfo e ex-presidente da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros