Jaboatão vai conquistar você

14/01


2022

O balão mágico de Bonito

A deslumbrante Bonito, da qual, infelizmente, me despeço hoje em temporada de férias, ganhou, além do teleférico, outro fantástico equipamento para os turistas. Embora com preço salgado, um balão colorido se abriu no céu para alegria de quem adora uma aventura diferente e que aprecia alturas. 

O voo do balão está em operação já tem um tempinho. Para quem já fez, como José Aparício de Melo, de Maceió, algo além da conta. "Foi uma das experiências mais mágicas que pude ter. "Sensacional", contou. O passeio começa bem cedinho, ainda na madrugada, por volta das 4h da manhã e parte do estádio municipal da cidade. O balão tem capacidade para até oito tripulantes por voo.

Dura 45 minutos e o deslocamento vai de 8 a 15 quilômetros, dependendo das condições do vento. A atividade só é realizada quando se existe pouco vento e nenhuma previsão de chuva. Os voos acontecem entre setembro e maio, período em que os ventos são mais calmos e de pouca chuva. A "instrução de voo" é oferecida pela empresa GT Promo Balonismo há cerca de 8 anos.

“Bonito é uma cidade consagrada em relação ao turismo rural, por isso que estamos desenvolvendo o balonismo em Bonito, já que a cidade apresenta todos os fatores meteorológicos favoráveis a essa prática. Ela é rodeada de montanhas, daí o vento que passa na cidade é mais fraco e calmo, além da exuberância do verde. Por isso o balão combina com Bonito”, explicou Tassio Moreira, diretor da GT Promo.

Um céu com cores que impressionam e a natureza verde vista do alto. O voo de balão virou, na verdade, o principal atrativo de Bonito, que já está funcionando com dois passeios diários e pacotes para quem sempre sonhou voar de balão. No local onde o balão é preparado para subir, o balneário Bosque das Águas, há rio e cachoeiras à vontade para quem quiser depois desfrutar do atrativo.

Quanto custa 

O preço de cada passeio é R$ 590 por pessoa no pacote em grupo de seis integrantes. Já no pacote individual, o valor por pessoa é R$ 690 e o preço por criança de 5 a 8 anos é R$ 450 cada. Os valores incluem o passeio de balão, day use no Bosque das Águas, brinde de champanhe e seguro aventura. O passeio não é permitido para crianças abaixo de cinco anos e gestantes.

A empresa Mac Fly Balonismo, gestora do atrativo em Bonito, possui experiência no voo de balões desde 2006. Mac, um dos seus pilotos, diz que a utilização do equipamento é muito segura. “Nosso maçarico (motor do balão), por exemplo, veio da Europa em 2020 e é um dos mais modernos e seguros", comenta.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru - Jan 2022

14/01


2022

Centrão trabalha para manter Queiroga no cargo

Integrantes do centrão têm trabalhado para que Marcelo Queiroga não saia candidato durante as eleições de outubro e permaneça no governo do presidente Bolsonaro (PL), para evitar um novo desgaste com mais uma troca no Ministério da Saúde em meio à pandemia do coronavírus. As informações são do blog da Andréia Sadi.

A principal preocupação desses aliados, segundo um líder do centrão, é que Bolsonaro aproveite a saída de Queiroga para indicar um nome ainda mais ligado à sua base radical e a repercussão da indicação contamine ainda mais a imagem de Bolsonaro em meio ao processo eleitoral.

Aliados de Queiroga têm feito circular a versão de que ele tem dado sinais desde o fim de ano que pode não sair candidato "pois poderia parecer abandono em meio a pandemia".

Mas, na verdade, desde o começo de sua gestão, o ministro da Saúde – que é médico, mas rapidamente se alinhou ideologicamente ao presidente – tem usado a pasta como palanque político para se cacifar como candidato na eleição, disputando pelo seu estado, a Paraíba.

Nas últimas semanas, no entanto, ministros do governo Bolsonaro têm repetido à exaustão nos bastidores que os ataques do presidente às vacinas para crianças aceleram a deterioração da imagem dele junto à população, majoritariamente a favor da imunização.

Esses líderes do centrão, com cargos no governo, temem o reflexo disso nas eleições e afirmam que essa postura de Bolsonaro pode ser balizadora para que o bloco decida o apoio a Bolsonaro na eleição presidencial. Mesmo que apoiem o presidente formalmente, partidos como PP e Republicanos, por exemplo, podem trabalhar nos bastidores para outros candidatos em diferentes estados, fortalecendo, inclusive, campos políticos de adversários de Bolsonaro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Saiu o pior ministro da saúde de todos os tempos, o general Pazzuelo e entrou o médico Queiroga, tão ruim quanto o anterior, além de tudo um dos maiores lambe-botas do Bozo.


Cabo - Pavimentação e Drenagem

14/01


2022

Coluna da sexta-feira

Humberto se anima

Por Houldine Nascimento – interino

Mesmo diante de falas públicas de lideranças do PSB sobre a impossibilidade de não haver candidatura própria ao Governo de Pernambuco, o senador Humberto Costa (PT) mantém a esperança de se viabilizar dentro da Frente Popular. A indefinição na escolha do nome socialista abriu espaço para que o parlamentar petista se movimentasse nessa direção.

Em menos de uma semana, ele esteve reunido duas vezes com o governador Paulo Câmara (PSB). No encontro mais recente, foi acompanhado pelo presidente do PT em Pernambuco, o deputado estadual Doriel Barros. “Nós apresentamos essa indicação para que a Frente Popular avalie e possa se posicionar. Achamos que o PT e eu temos total legitimidade e consideramos que é perfeitamente possível a Frente abraçar essa decisão”, pontua em entrevista a este Blog.

Na próxima semana, Humberto pretende apresentar ao Palácio do Campo das Princesas e a aliados da Frente Popular uma pesquisa com números que mostram seu potencial de voto no Estado. Por ora, ele descarta lançar seu nome fora dessa conjuntura. “A não ser que haja uma ruptura nacional”, explica o senador.

Para defender Humberto Costa, Doriel Barros lembra da costura feita em 2018, quando o PT retirou o nome de Marília Arraes e decidiu apoiar a reeleição de Paulo. “Por tudo o que o PT já contribuiu com a Frente Popular, o nome de Humberto está colocado. Você sabe que o PT foi determinante para a reeleição do governador Paulo Câmara”, reforça o líder petista em Pernambuco.

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, também entraram no circuito para endossar a pré-candidatura de Humberto Costa ao Governo. Esse movimento tem sido observado por socialistas com descrédito. Na visão deles, é mais uma maneira que Lula encontrou para pressioná-los e, assim, obter o apoio do PSB na disputa à Presidência.

Outra direção – Lideranças socialistas seguem em direção oposta ao sonho de Humberto chegar ao Palácio das Princesas. O nome do deputado federal Danilo Cabral (PSB) voltou a ser ventilado e isso foi lido como uma reação imediata à movimentação de Humberto. O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, e o prefeito do Recife, João Campos, têm ratificado que o partido terá candidatura própria em Pernambuco, onde os caciques mantêm força para interferir nas decisões nacionais.

Pontapé de Lula – Segundo Humberto Costa, Lula pretende anunciar oficialmente sua candidatura à Presidência em fevereiro. Na sequência, o ex-presidente deve iniciar um novo giro pelo Nordeste, que é considerado reduto eleitoral do PT, embora ainda não tenha uma data fechada. “Acredito que o Nordeste vai ser uma das regiões prioritárias na partida”, comenta.

Sem carta – Em entrevista ao jornal O Globo, Gleisi Hoffmann disse que Lula não apresentará uma nova carta ao povo brasileiro. “Não tem necessidade de carta ao povo brasileiro, as pessoas já conhecem o Lula. Não precisamos mais de um Palocci [primeiro ministro da Fazenda do petista]”, afirmou. “A única coisa que não vamos fazer é quebrar contratos, como Bolsonaro fez com os precatórios. O resto nós vamos fazer. E não tem mimimi do mercado”, disse a presidente do PT.

Tarcísio em SP – O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou a pré-candidatura do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, ao Governo de São Paulo. Em sua live semanal, ontem, o chefe do Executivo declarou que o auxiliar fará “trabalho semelhante” ao seu: “Tarcísio pode sim ser uma esperança para São Paulo. Pode ter certeza, ele ganhando as eleições, porventura, vai fazer um trabalho semelhante ao meu. A começar pela escolha do seu secretariado, que tem que ser tecnicamente escolhido.”

Articulação – O presidente estadual do PL e prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, anunciou o ingresso de Izabel Urquiza no partido. A secretária de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Olinda pretende disputar uma vaga na Câmara dos Deputados este ano. “Izabel é um grande reforço. Ela já provou que tem liderança, capacidade e condições de entrar na disputa para vencer”, enfatizou Anderson, um dos pré-candidatos de oposição ao Governo.  

CURTAS

AJUDA – O Governo Federal prometeu editar uma medida provisória para destinar cerca de R$ 2 bilhões às áreas atingidas pelas fortes chuvas e enchentes em Minas Gerais, Bahia e Goiás.

BRONCA – Produtores e trabalhadores do setor de eventos do Recife protestaram, ontem, contra as novas restrições do Governo de Pernambuco que entram em vigor hoje. O grupo saiu do Marco Zero em direção ao Palácio das Princesas.

Perguntar não ofende: O PT vai deixar algum dia de ser linha auxiliar do PSB em Pernambuco?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Pobre Tarcísio Freitas, já sai derrotado. Se for fazer um governo igual ao acéfalo, caso seja eleito governador de São Paulo, foi isso que o Bozo falou ao pupilo: fará um governo igual ao meu. Pobres paulistas. Vai destruir o estado!

arnaldo luciano da luz alencar ferreira

Todo ano é assim, Humberto vai tomar benção ao Governador, que ali dar meia dúzia de cargos comissionados a Humberto e esse sai de lá afirmando que o PT está fechado com a frente Popular e pronto nada de vaga nem pra vice.


Petrolina Dezembro 2021

13/01


2022

Ministério pede à Anvisa para autorizar autoteste de Covid

O Ministério da Saúde enviou, hoje, o pedido à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para autorizar o autoteste de Covid-19 no país. A informação foi confirmada pela GloboNews.

"A autotestagem é uma estratégia adicional para prevenir e interromper a cadeia de transmissão da Covid-19, juntamente com a vacinação, o uso de máscaras e o distanciamento social. Os autotestes podem ser realizados em casa ou em qualquer lugar, são fáceis de usar e produzem resultados rápidos", diz o documento.

Na nota técnica, a pasta detalha qual será o público-alvo: qualquer indivíduo, sintomático ou assintomático, independentemente de seu estado vacinal ou idade, que tenha interesse em realizar a autotestagem.

O ministério orienta que o autoteste seja utilizado de forma complementar, como estratégia de triagem, e que pessoas que testarem positivo devem fazer o isolamento para prevenção de novas infecções. Além disso, a pasta diz que "a prevenção por vacina e medidas não farmacológicas sejam devidamente recomendadas".

"O autoteste deve resultar de uma escolha livre e autônoma da pessoa em questão. É importante lembrar que ninguém deve ser forçado a realizar o autoteste", diz a nota.

Segundo o ministério, o autoteste tem excelente aplicabilidade no contexto epidêmico com o objetivo de:

  • Ampliar oportunidades de testagem para sintomáticos, assintomáticos e possíveis contatos;
  • Realizar testes antes de se reunir em ambientes fechados com outras pessoas;
  • Não sobrecarregar serviços de saúde, que já estão muito além do limite de sua capacidade de atendimento;
  • Testar, isolar, e encaminhar os casos positivos para o Sistema de Saúde (ou tele-atendimento), para a melhor assistência e a quebra da cadeia de transmissão;
  • Sair do isolamento, após resultado negativo e sem sintomas.

O governo reforça que o uso de autoteste pode ser uma excelente estratégia de triagem, "pois devido ao curto tempo para o resultado, pode-se iniciar rapidamente o isolamento dos casos positivos e as ações para interrupção da cadeia de transmissão".

O Ministério da Saúde também fez recomendações para aprovação do autoteste:

  • Deve apresentar sensibilidade e especificidade satisfatória, conforme parâmetro da OMS
  • As instruções para uso devem contar informações sobre período de incubação do vírus, do métodos e outras necessárias para permitir que a pessoa use de forma adequada
  • O solicitante de registro do teste deve fornecer canal de comunicação para tirar dúvidas dos usuários, 24 horas por dia, 7 dias por semana
  • O produto deve ser fornecido com todos os componentes necessários para a realização do teste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2022

TCU identifica subavaliação na desestatização da Eletrobrás

Por Hylda Cavalcanti – Jornal O Poder

O Poder revela, com exclusividade, o motivo do adiamento do parecer do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o processo de desestatizacão da Eletrobrás. Técnicos da Corte de Contas identificaram que o preço estimado pela instituição contratada para fazer a avaliação, de aproximadamente R$ 70 bilhões, está subavaliado. Muito, talvez. Num primeiro levantamento, os técnicos identificaram pelo menos 20% de subavaliacão. Porém, em reserva, profissionais que estudaram a proposta, admitem que o preço pode estar a menor por volta de 100%. Foi a pressa? Foram falhas da empresa contratada? Interesses outros? Não se sabe. O certo é que nada está muito redondo. E estudos mais criteriosos são necessários.

Esse foi o principal motivo, segundo fontes confiáveis ouvidas por O PODER, para o ministro Vital do Rego ter pedido vista e interrompido a votação do relatório.

Embora o governo esteja autorizado pelo TCU a prosseguir os trâmites, para não atrasar a desestatização da Eletrobrás, a previsão é de que o processo tenha que passar por muitos ajustes e dificilmente será concluído antes das eleições.

Isto porque o relator da matéria, ministro Aroldo Cedraz, já colocou em seu parecer que o governo precisa fazer mudanças na modelagem do leilão. Ele identificou falhas e inconsistências no trabalho do Ministério das Minas e Energia. Um certo açodamento, digamos assim.

O relatório de Cedraz não chegou a ser votado. O ministro Vital do Rêgo, alertado da provável distorção do preço de referência, pediu vista no processo. O Tribunal retoma as atividades na próxima semana, porém o ministro Vital tem o prazo de até 23 de março para concluir suas análises. Como o assunto é bem delicado, o mais provável é que Vital utilize o prazo regimental para apresentar um voto bem fundamentado.

O mercado, que tinha a expectativa de abocanhar pelo menos metade do sistema elétrico brasileiro a preços camaradas até o meio do ano não está gostando nada do adiamento. No entanto, a precaução do TCU pode estar evitando algo que foi comum nas privatizações da era PSDB: suspeitas de sub-avaliação nos ativos, que teriam proporcionado prejuízos bilionários ao patrimônio público. Esta, seria, segundo alguns analistas políticos, a principal causa do partido, que governou o Brasil com FHC, ter perdido todas as eleições nacionais que disputou em seguida.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Essa é a marca do atual governo e da equipe econômica comandada pelo canalha Paulo Guedes. Doar o patrimônio público a preço vil aos amigos do mercado. Fizeram isso com a BR distribuidora e com a refinaria da Bahia, agora querem fazer com a Eletrobrás. Canalhas!


Arcoverde janeiro 2022

13/01


2022

Do teleférico, Bonito é muito mais bonita

Turista declaradamente apaixonado por Bonito, conheci, há pouco, o teleférico da cidade com o nome do ex-governador Eduardo Campos. Diferente do de Triunfo, feito de cadeirinhas abertas, o de Bonito é um vagão fechado, lembrando o bondinho do Rio. Investimento da ordem de R$ 5,3 milhões, saiu do papel numa parceria do Governo do Estado com o Ministério do Turismo, sendo financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Tem 1,2 mil metros de extensão, quatro cabines (duas subindo e duas descendo), que comportam quatro pessoas sentadas (cada).

O ponto de partida é o pátio de eventos da cidade e o desembarque é no alto da Capela de Nossa Senhora do Monte Serrat, de 30 de maio de 1954, aberto das 9h às 17h, de quinta à domingo. Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia entrada). A meia entrada é para jovens de até 15 anos, estudantes, idosos e moradores da cidade.

Cada percurso – o da ida e o da volta – é feito em 12 minutos, de forma segura, tranquila e prazerosa. Lá de cima, impossível resistir a um belo flagrante do pôr-do-sol em frente da capelinha. Aconselho a fazer o percurso no final da tarde para contemplar o sol se pondo sobre a bela cidade. Do teleférico, a vista é muito linda. O equipamento, próximo a completar quatro anos, deu um grande e importante impulso ao turismo na região.

"A concorrência é muito grande nos finais de semana. Muitas vezes somos obrigados a estender o funcionamento do teleférico por mais de uma hora", diz o secretário de Turismo do município, Carlos Henrique, que nos recepcionou – eu, minha Nayla, Magno Filho, João Pedro, Maria Beatriz e Maria Heloísa – com muita distinção.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

13/01


2022

Prefeito de Paudalho esclarece envolvimento em operação da Polícia Civil

Nota oficial

O prefeito Marcelo Gouveia vem por meio de nota trazer esclarecimentos sobre notícias da operação "Sujeito Oculto", da Polícia Civil de Pernambuco:

1 – A empresa investigada tinha três contratos na cidade, mas antes mesmo da denúncia ser realizada esses contratos já haviam sido cancelados pela Prefeitura Municipal do Paudalho. Os serviços prestados por essa empresa ao município equivaleram a cerca de R$12 mil reais

2 – A empresa da família do gestor municipal não tem nenhuma ligação com a empresa investigada. Vale ressaltar que o prefeito é formado em engenharia pela Universidade de Pernambuco (UPE) e não há nenhum impeditivo legal de ser responsável técnico das empresas de sua família, e que sua família atua no mercado da construção há mais de 30 anos, sendo essa a fonte de renda principal de seu núcleo familiar.

4 – Ressaltamos também que nenhuma das empresas da família participou de processos licitatórios no município de Paudalho e que sua atuação no mercado se deu com clientes privados e públicos, conforme a lei e dentro de todas as normas vigentes, com transparência e qualidade.

5 – Também deixamos claro que o prefeito não tinha conhecimento que o prestador de serviço da empresa de sua genitora mantinha vínculo ou fazia parte de qualquer quadro societário de empresa ou participava de licitações de outras instituições.

6 – Por fim, queremos deixar claro que desde setembro de 2021 peticionamos a solicitação para sermos ouvidos pela Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), que infelizmente ainda não foi atendido para darmos a verdadeira versão dos fatos. Esperamos que a verdade prevaleça e que tudo seja devidamente apurado e esclarecido.

Marcelo Gouveia – prefeito de Paudalho


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC - Férias de Janeiro

13/01


2022

Gleisi diz que Lula não fará carta ao povo brasileiro

Malu Gaspar – O Globo

Uma coisa já parece certa no núcleo do comando da campanha petista nas eleições deste ano. Lula não apresentará um superministro da economia, nem escreverá uma nova carta ao povo brasileiro, como fez em 2002 para acalmar investidores e empresários que temiam uma guinada radical à esquerda e ameaçavam deixar o país.

O PT quer mostrar, desde já, que vai revogar o teto de gastos, a política de preços da Petrobras e a reforma trabalhista e diz não estar preocupado com o que pensam os donos do dinheiro.

"Não tem necessidade de carta ao povo brasileiro, as pessoas já conhecem o Lula. Não precisamos mais de um Palocci”, afirma a presidente do partido, Gleisi Hoffmann, em referência ao primeiro ministro da Fazenda de Lula, que tinha como uma de suas virtudes o trânsito fácil na Faria Lima.

"A única coisa que não vamos fazer é quebrar contratos, como o Bolsonaro fez com os precatórios. O resto nós vamos fazer. E não tem mimimi do mercado. Um país que não tem dívida externa, que tem este mercado consumidor não pode ter o povo com fome e sem renda”.

As declarações, somadas ao artigo de Guido Mantega para a Folha de S.Paulo, indicam que o PT de 2022 não pretende repetir a história de 2002, mesmo que o resultado tenha sido positivo no passado.

A própria Gleisi aponta a diferença. Para ela, a eleição deste ano será de posicionamento ideológico, enquanto a primeira vencida pelo PT era de composição política. Há 20 anos, Lula chegou ao segundo turno com um filme de campanha emblemático, em que rivais subiam ao palco para engrossar a onda petista.

Desta vez, Gleisi afirma que o partido tem que dizer claramente o seu ponto de vista sobre a economia, mesmo que isso assuste potenciais aliados, como Geraldo Alckmin, que deixou o PSDB e deve migrar para o PSB na expectativa de competir como vice de Lula. Se os dois formarão mesmo uma dupla na eleição deste ano ainda não se sabe.

“Ele conhece o que pensamos e o que defendemos, nunca escondemos nossas posições", diz Gleisi.

Nas últimas semanas, a presidente do PT defendeu a revogação da reforma trabalhista, o que Lula também prometeu em suas redes sociais. E este primeiro movimento já provocou uma série de críticas de adversários.

Mas, segundo Gleisi, a primeira coisa que irá cair no governo petista, caso vençam a eleição, é o teto de gastos.

"O teto de gastos está desmoralizado e deve ser um dos primeiros a serem liquidados. Bolsonaro fez o orçamento de guerra e muitas outras coisas fora do teto aos olhos do mercado e agora querem exigir de nós respeito ao teto?", questiona a petista.

Gleisi também descarta qualquer autocrítica sobre o desastre econômico do governo Dilma Rousseff, que levou o país a dois anos de recessão. Para ela, a responsabilidade pela derrocada em 2015 e 2016 não é da ex-presidente. 

"O Joaquim Levy, que é liberal, é o culpado pelo que aconteceu. Ele induziu Dilma a fazer coisas que não deveria ter feito", disse, referindo-se ao economista escolhido pela ex-presidente para chefiar o Ministério da Fazenda no seu segundo mandato.

Nos próximos dias, economistas petistas começam a desenhar o que deve ser o plano econômico de Lula, como mostrou o colunista Lauro Jardim neste domingo.

Eles vão trabalhar em cima de um roteiro elaborado pela Fundação Perseu Abramo no ano passado e conduzido por Aloizio Mercadante que já trazia duras críticas ao teto de gastos e propunha, entre outras coisas, a tributação dos mais ricos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Rafael C.Soares Quintas

Essa senhora é uma vergonha, grande idiota, ainda acredita num bandido desse, Lulaladrão, só tem m__da na cabeça kkkkkkkkk


Bandeirantes novembro 2021

13/01


2022

PL-PE ganha reforço feminino com Izabel Urquiza

O Partido Liberal (PL) de Pernambuco ganha o reforço feminino da secretária de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Olinda. O anúncio foi feito durante reunião com o presidente estadual do PL e prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira. Izabel pretende se candidatar a deputada federal, nas eleições deste ano, e disse que optou por uma legenda que tem um projeto político concreto para o Estado.

“Estou nesse projeto com Anderson Ferreira, que é o nosso líder. A decisão que ele tomar estaremos juntos. Sempre tivemos uma ótima relação e agora chegou o momento de oferecer nosso trabalho a Pernambuco. A gestão de Anderson em Jaboatão é uma referência e cabe agora apresentar uma nova proposta aos pernambucanos”, disse Izabel. A secretária também ressaltou a necessidade de Olinda ter uma mulher na Câmara Federal. “Existe esse vácuo, por isso estamos nos colocando para representar a nossa cidade e defender o empoderamento feminino, principalmente, na luta para ocupação no mercado de trabalho”, acrescentou.

Anderson Ferreira ressaltou a importância da entrada de Izabel Urquiza no PL. “Estamos montando uma chapa competitiva tanto para a Assembleia Legislativa quanto para a Câmara dos Deputados e Izabel é um grande reforço. Ela já provou que tem liderança, capacidade e condições de entrar na disputa para vencer. Nosso objetivo é eleger uma bancada forte com maior participação feminina. E Olinda precisa de uma representante que possa colaborar de forma efetiva com a cidade”, disse o presidente do PL.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

13/01


2022

Prefeito de Paudalho é alvo de operação policial

Em uma coletiva de imprensa realizada hoje, o delegado titular da 2ª Delegacia de Combate à Corrupção, Diego Pinheiro, deu detalhes sobre a Operação Sujeito Oculto. De acordo com a Polícia Civil, as investigações começaram em janeiro de 2020, através de uma denúncia anônima de que uma empresa contratada pela Prefeitura de Paudalho seria de fachada, e que o seu sócio administrador seria um “laranja” de um agente político, sendo, inclusive, servidor do município e ex-funcionário em uma construtora do político. As informações são do Blog Cenário.

Apesar de a polícia não ter informado os nomes dos investigados, uma fonte ouvida pela reportagem confirmou que o agente político citado no caso é o prefeito Marcello Gouveia (PSD), que é do ramo de engenharia, e seria o verdadeiro proprietário da empresa que venceu as licitações em Paudalho. Ele foi um dos alvos de 16 mandados de busca e apreensão domiciliar cumpridos ontem (12), nas cidades de Paudalho, Recife, São Lourenço da Mata, Jaboatão dos Guararapes e Camaragibe.

A empresa, conforme investigação, não tinha qualquer capacidade financeira, técnica e operacional para participar de concorrências públicas, e utilizou documentos falsos em três editais de Paudalho. Esta empresa, em específico, tinha capacidade financeira de R$ 500 mil e ganhou licitações que somam R$ 5 milhões, mas seus sócios possuem renda muito inferior.

Ao longo das investigações, a polícia conseguiu identificar que foi criada uma outra empresa de fachada, cuja sócia administradora é a mãe do agente político (Marcello Gouveia). Esta segunda empresa ainda era gerida por um assessor de Marcello e representada nas licitações por um dos gestores da primeira empresa de fachada. A Polícia ainda identificou que em três licitações de cidades distintas, essas duas empresas concorreram entre si e a primeira sempre vencia, o que caracteriza fraude nas licitações, tendo em vista que duas empresas do mesmo proprietário de fato participaram dos certames, dando a falsa impressão de concorrência às licitações.

Esta foi a primeira fase da Operação Sujeito Oculto, onde foram identificados os crimes de fraude em licitação e organização criminosa. Nas buscas, a polícia apreendeu documentos, equipamentos eletrônicos como computador, celulares e tablets, além de uma arma e munições. Ainda foi determinado o bloqueio de bens e valores dos investigados e a proibição de que as empresas possam participar de licitações.

A próxima fase, agora, visa apurar os indícios de que as empresas de fachada e os laranjas estariam sendo utilizados para a lavagem de dinheiro. A assessoria de imprensa da Prefeitura de Paudalho disse que o prefeito Marcelo Gouveia vai se pronunciar na noite de hoje. A nota ainda diz que o município deixa claro que nunca houve nenhum tipo de irregularidade na gestão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2022

Planalto planeja liberar R$ 2 bi para Estados afetados pela chuva

O Governo deve publicar, até amanhã, uma medida provisória que destinará cerca de R$ 2 bilhões para áreas atingidas pelas fortes chuvas e enchentes. Serão beneficiadas famílias vítimas dos desastres naturais e reconstruídas estradas e edifícios atingidos.

Serão alcançados pela MP os Estados de Minas Gerais, Bahia e Goiás. Os técnicos do Palácio do Planalto trabalham na conclusão do texto – que deve ser assinado pelos ministérios do Desenvolvimento Regional e da Infraestrutura – hoje.

O Poder360 apurou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) bateu o martelo sobre a necessidade de haver o repasse ontem, depois de se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Integrantes dos governos de Minas Gerais agiram diretamente no Palácio do Planalto para conseguir o montante. A articulação de Goiás foi conduzida pelo deputado Vitor Hugo (PSL) e a da Bahia pelo ministro João Roma, da Cidadania.

Hoje, em entrevista ao UOL, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), fez críticas ao governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), e ao presidente Jair Bolsonaro (PL). “Não queremos helicóptero, não queremos ministro. Queremos que ele [Bolsonaro] passe para o amigo dele um Pix. Faça um Pix para o Zema de R$ 1 bi e vai resolver o problema, se tiver capacidade de resolver”, disse o prefeito ao portal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2022

Bolsonaro marca encontro com marqueteiro de petista

A campanha presidencial tem tudo para ser uma das mais disputadas da história do país. A escolha do marqueteiro é mais uma prova dessa acirrada disputa. Ontem, o presidente Jair Bolsonaro (PL) partiu na frente e se reuniu, no Palácio da Alvorada, com o cobiçado estrategista político Paulo Moura, em uma conversa reservada. A reunião foi articulada pelo ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

Paulo Moura é consultor político do governador Wellington Dias (PT - PI) e de políticos de diversos estados e de diferentes partidos. Em agosto do ano passado, ele teve encontro com a presidente nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann, para definir a estratégia de comunicação para a pré-campanha a governador do Tocantins do ex-deputado federal petista Paulo Mourão.

Embora o presidente Bolsonaro ainda não tenha batido o martelo sobre a contratação de Moura para a campanha, o convite ao Paulo surpreendeu a cúpula petista e causou uma ciumeira grande. A expectativa nos bastidores é saber, agora, para quem o Moura irá trabalhar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2022

Feitosa participa de articulação para vinda de Bolsonaro ao NE

Representante da Direita em Pernambuco e no Nordeste, o deputado estadual Alberto Feitosa (PSC) esteve em reunião, em Brasília, hoje, com o presidente Jair Bolsonaro (PL), o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, e o vereador do Recife Júnior Tércio.

Em pauta, o cenário político nacional, em Pernambuco e região. Da reunião, a novidade foi a articulação da vinda do presidente a Pernambuco e outros estados do Nordeste, o que deve acontecer nos próximos 30 dias. Também estiverem presentes o empresário Robson Ferreira e o consultor Almir Albuquerque, que foram os organizadores da motociata que aconteceu no Estado em setembro de 2021. "O presidente está ótimo, com disposição e saúde arretada e quer vir ao Nordeste o quanto antes", comemora o deputado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Os lambe-botas mostrando realmente que são lambe!