Jaboatão vai conquistar você

20/01


2022

Presidente da FPF vai disputar vaga na Câmara Federal

Presidente estadual do Republicanos, o deputado federal Silvio Costa Filho filiou, na noite de ontem (19), o atual presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), o advogado Evandro Carvalho. O novo integrante do partido chega para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados.

“Recebi o convite, há muito tempo, do meu amigo, o ex-deputado Silvio Costa. Creio que agora, com a experiência que adquiri ao longo da vida, é hora de me filiar ao partido Republicanos, ao lado de Silvio Costa Filho, esse jovem que tem uma trajetória meteórica e que ainda dará muito ao Brasil. Vislumbro que em Brasília, na Câmara Federal, poderei contribuir com recursos para os clubes do interior de Pernambuco, o futebol amador de base e as escolinhas da Região Metropolitana”, disse Evandro.

“Não tenho dúvidas que Evandro reúne todas as condições para exercer um belo mandato de deputado federal. Para nós, do Republicanos, é um privilégio receber um quadro tão qualificado, como é o atual presidente da FPF. Neste ano de eleição, queremos eleger de cinco a seis deputados estaduais e, também, de três a quatro deputados federais”, comentou Silvio Filho.

Evandro Carvalho integra a FPF desde 1985, tendo exercido a vice-presidência durante 16 anos. Assumiu a presidência em 02 de setembro de 2011. Graduado em Direito, Evandro exerceu funções no serviço público federal (Ministério do Interior e Receita Federal) e estadual Corregedor Geral do Detran/PE. É delegado de carreira em Pernambuco e executivo de escritório de advocacia, entre outras funções.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru - Jan 2022

20/01


2022

Mendonça: João e PSB arrocham recifense com aumento no IPTU

Os contribuintes do Recife já começaram a receber os carnês do Imposto Predial Territorial Urbano, o IPTU, recheados com um aumento de 10,67%. "No meio de uma crise financeira, de uma recessão e de uma pandemia, o prefeito João Campos e o PSB vão arrochar o recifense com um aumento no IPTU", lamentou o ex-ministro Mendonça Filho na última terça-feira (18).

O reajuste deste ano é o maior aplicado pela Prefeitura do Recife desde 2004. O recifense está no topo do ranking dos pagadores de maior valores de IPTU, superando Fortaleza e Bahia. Em 2021 o morador do Recife pagou em média o equivalente a R$ 303,16 de IPTU se dividido o valor da arrecadação por número de habitantes.

O valor é R$ 100 a mais, quando feito o mesmo cálculo, que os moradores de Fortaleza e cerca de R$30 a mais que os moradores de Salvador. Os dados foram divulgados pelo relatório anual Multi Cidades realizado pela Frente Nacional dos Prefeitos. "Em Fortaleza, por decisão política, não haverá aumento do IPTU. Os contribuintes continuaram pagando menos que o Recife", complementou Mendonça.

"Recife é a capital dos impostos. Essa tem sido a marca dos governos do PSB. Recentemente amargamos alta de 20% no IPVA, além do ICMS que é um dos mais elevados do Brasil", concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo - Pavimentação e Drenagem

20/01


2022

Oposição adere a protesto contra aumento do IPVA

Daqui a pouco, ao meio-dia, o movimento Não Vou Pagar promove uma manifestação contra o aumento do IPVA em Pernambuco. O protesto ocorre em frente ao Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do Estado. De acordo com organizadores, integrantes da oposição vão participar do ato. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina Dezembro 2021

20/01


2022

Meiry Lanunce reforça Jornalismo da TV Guararapes

Poucos dias após anunciar sua saída da Globo Nordeste, a jornalista e apresentadora Meiry Lanunce está de casa nova: a TV Guararapes. Com sua vasta experiência no meio, Meiry chega para reforçar a equipe da emissora no momento em que a afiliada da Record TV está consolidada na vice-liderança em Pernambuco.

Meiry Lanunce estará à frente do Jornal Guararapes, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 19h15. Ou seja, vai disputar com o NE2, o programa que apresentava na Globo.

Ela está empolgada com a nova fase profissional. “Aceitei o convite para fazer parte desse time com muita alegria e estou muito empolgada. Meus olhos brilharam quando me apresentaram o projeto da TV Guararapes”, ressaltou Meiry.

Sua chegada está sendo muito festejada na TV Guararapes. A previsão é de Meiry Lanunce estreie no começo de fevereiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/01


2022

Ipojuca: secretária e vereadores da base acusam oposição de mentir

Vereadores da base e a secretária de Saúde de Ipojuca, Manúcia Medeiros, reagiram a um vídeo veiculado em uma sessão da Câmara Municipal na última terça-feira (18). De acordo com o grupo, as imagens são fake news.

Eles responsabilizam o presidente da Câmara, Deoclécio Lira (PSD), e outros vereadores de oposição. "A comprovação de que se tratava de fake news se deu a partir da vistoria feita pela secretária de Saúde do Ipojuca, Manúcia Medeiros, acompanhada de parte dos vereadores, nos mesmos lugares denunciados no vídeo falso", afirma o grupo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Arcoverde janeiro 2022

20/01


2022

Caso Robinho

Por Cláudio Soares*

Robinho será extraditado? NÃO! A Constituição brasileira de 1988 proíbe a extradição de brasileiros natos. Observe o artigo 5, inciso LI - CF:

"Nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturalizado, em caso de crime comum, praticado antes da naturalização, ou de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins."

O ex-atleta vai cumprir pena no Brasil? Eu entendo que NÃO. Ocorre que em 2017 surgiu a Lei de Migração e se a norma for híbrida e o Supremo Tribunal Federal entender que a regra não  retroage Robinho NÃO cumprirá a pena no Brasil. Mas se o STF entender que a norma tem caráter processual a aplicação é de imediato e o ex-atleta cumprirá a pena num presídio federal.

Eu entendo que para acontecer uma possível pena de Robinho no Brasil teria que ocorrer a importação da sentença condenatória transitada na Itália para o Ministério da Justiça no Brasil, que encaminharia para ser analisada pelo STJ. Ou seja, haveria um trâmite processual penal brasileiro e, neste caso, seria garantido ao acusado a ampla defesa e o contraditório.

Se a sentença for homologada aqui no Brasil, ele teria sim que cumprir a pena.

*Advogado criminalista e jornalista


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

20/01


2022

Perla canta o amor, mas nunca teve um grande amor

No Sextou de amanhã, a cantora Perla, de origem paraguaia, sucesso estrondoso entre os anos 70 e 90, revela que fez a música "Fernando", um dos seus maiores sucessos, em homenagem ao seu ex-marido, que imaginava ser o grande amor da sua vida. "Mas ele me usou a vida inteira, me explorou e me levou muito dinheiro", desabafou.

Aos 71 anos, Perla manifesta uma grande decepção no amor, embora suas canções falem profundamente de amor, exaltando o romantismo. Sua entrevista vai ao ar amanhã no horário do Frente a Frente, das 18 às 19 horas, pela Rede Nordeste de Rádio, formada por mais de 40 emissoras em Pernambuco, Alagoas e Bahia, tendo como cabeça de rede a Nova FM 98,7, no Recife.

Se você deseja ouvir pela internet, clique no botão Rádio acima ou baixe o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio na Play Store. Clique agora no link disponível e ouça "Fernando", canção que deu a Perla o seu primeiro disco de ouro da sua carreira de grande sucesso.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC - Férias de Janeiro

20/01


2022

Xô, corruptos!

Por Antonio Magalhães*

Chegou a hora do eleitor brasileiro ser intolerante com os corruptos. Não tem essa de “rouba, mas faz”. De votar em pessoas com a ficha suja só porque há compromissos ideológicos ou pessoais. A corrupção afeta diretamente o bem-estar dos cidadãos ao diminuir os investimentos públicos na saúde, na educação, em infraestrutura, segurança, habitação, entre outros direitos essenciais à vida, e fere a Constituição ao ampliar a exclusão social e a desigualdade econômica.

Geralmente, a corrupção ocorre por meio de recursos dos orçamentos públicos da União, dos Estados e dos Municípios destinados à saúde, à educação, à previdência e a programas sociais e de infraestrutura, que são desviados para financiar campanhas eleitorais, corromper funcionários públicos, ou mesmo para contas bancárias pessoais no exterior.

Mas muitos vão dizer que é uma prática secular no País, culturalmente enraizada desde a chegada dos colonizadores portugueses. Até a Operação Lava Jato houve uma leniência da elite judiciária, política e econômica em corrigir os malfeitos da roubalheira nacional. Quando procuradores e magistrados se reuniram para atuar contra a corrupção, com apoio da população, se chegou a um resultado positivo no combate aos corruptos.

Dezenas de figurões, empresários e políticos, foram presos, amargando penas de 1.200 anos, jamais cumpridas na integridade diante de artimanhas jurídicas que levaram à liberação da maior parte dos ladrões do dinheiro público, do dinheiro do contribuinte.

Mas não se pode desistir diante desses obstáculos porque casos de um passado distante e mais recente terminaram impunes. Veja o exemplo do ex-governador paulista Ademar de Barros nos anos 1950/1960 que enriqueceu o anedotário da roubalheira.

Um dos slogans de campanha eleitoral de Ademar de Barros, não assumido abertamente, era "Ademar rouba, mas faz", que, apesar de ser uma frase cunhada por seu adversário Paulo Duarte, acabou por ser o lema de sua campanha eleitoral para prefeito de São Paulo, em 1957, se promovendo em cima das inúmeras acusações de corrupção, na época chamadas de "negociatas".

Era acusado também de desvio de verbas públicas nos períodos em que era chefe do executivo paulista. E quanto a desvio de verbas, seus adversários diziam que existia a "Caixinha do Ademar" para financiar suas campanhas eleitorais. Em resposta à crítica, os ademaristas tinham um refrão muito popular, composto por Herivelto Martins e Benedito Lacerda: “Quem nunca ouviu falar?/ Na famosa 'caixinha' do Adhemar./ Que deu livros, deu remédios, deu estradas./ Caixinha abençoada!"     

Mesmo depois de falecido, Ademar foi alvo de escândalo: em 18 de junho de 1969, membros do movimento guerrilheiro VAR-Palmares, organização de Dilma Rousseff, assaltaram, na cidade do Rio, um suposto cofre de Ademar, localizado na casa de sua ex-secretária Anna Capriglione, que teria sido, segundo algumas versões, sua amante.

O episódio ficou conhecido como o "Caso do Cofre do Ademar". O valor subtraído, que, segundo ex-membros da VAR-Palmares, contaram à Revista IstoÉ, foi de 2,596 milhões de dólares, equivalente hoje a 18 milhões de dólares. Anna Capriglione, porém, declarou à polícia carioca que, no cofre, achavam-se apenas documentos.

Ademar de Barros nunca perdeu votos populares por seu comportamento corrupto. Do mesmo modo, seu filhote Paulo Maluf, ex-governador de São Paulo, elegeu-se e reelegeu-se para cargos variados com o voto popular. Na eleição mais importante para ele, a de Presidente da República, em 1985, foi derrotado por Tancredo Neves pelo voto indireto de parlamentares. E por toda sua vida carregou a fama de ladrão sem que isso atrapalhasse sua carreira.

Este ano acontecerá a eleição presidencial, no qual um dos concorrentes, o ex-presidente Lula, tem uma extensa ficha suja com condenações nas três instâncias do Judiciário por corrupção e lavagem de dinheiro. O jeitinho dos seus amigos do STF desfizeram os processos permitindo a sua candidatura.

Advogados amigos do dito cujo foram em sua ajuda no jantar em que ele apresentou seu possível parceiro de chapa, Geraldo Alckmin, ex-tucano que dizia horrores dele, inclusive a a volta de Lula à Presidência seria o retorno do criminoso à cena do crime. Coisas do passado. Esses defensores jurídicos, no jantar, glamourizaram o crime, o criminoso, a injustiça, a impunidade e a corrupção, segundo nota de repúdio de 1.143 ouros advogados.

O advogado Alberto Toron disse no evento que "Lula é o símbolo mais elevado da Justiça”. Já o advogado Antonio Cláudio Mariz afirmou que “se o crime já aconteceu, o que adianta punir, que se puna, mas que não se ache que a punição irá combater a corrupção”.

O ex-presidente foi condenado na Operação Lava Jato, chegou a ficar preso por 580 dias, mas foi solto após o Supremo Tribunal Federal ter mudado o entendimento sobre prisão após segunda instância. Posteriormente, o STF mudou o destino do condenado.

Portanto, cabe ao eleitor brasileiro reverter esta tendência histórica de ser tolerante com os corruptos. Não tem essa de votar de olhos fechados em quem rouba, sejam eles candidatos majoritários ou proporcionais. Pois, ladrão é ladrão. Corrupto é corrupto. Já basta! É isso.

*Jornalista


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Luiz Carlos Pereira da Silva

Santo mesmo é bozo kkkklll


Bandeirantes novembro 2021

20/01


2022

Coluna da quinta-feira

PT entra na galhofa 

A escolha do candidato do PSB a governador caiu no ridículo, na chafurdação. A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, disse, ontem, que o partido ofereceu o nome do senador Humberto Costa porque, simplesmente, o PSB não tem candidato. Falou sem conhecimento de causa, como se os socialistas em Pernambuco estivessem reféns do ex-prefeito do Recife.

Que a procura do nome virou uma novela mexicana, daquelas que nunca têm fim, não há dúvidas. Mas o PSB tem bons quadros, como os que estão sendo colocados - Tadeu Alencar, Danilo Cabral e Zé Neto. Não filiado ao partido, o ex-ministro José Múcio Monteiro também chegou a ser ventilado e tem o apoio e a torcida declarada do ex-presidente Lula, que o nomeou para o Tribunal de Contas da União (TCU).

Zé Neto saiu de férias, volta ao batente na próxima segunda-feira, mas Tadeu e Danilo estão se movimentando como nunca. Tadeu falou no início da semana para um conglomerado do PIB pernambucano, mostrando que conhece como poucos a realidade econômica do Estado. Danilo, por sua vez, foi visto subindo e descendo morros no Recife ao lado do prefeito João Campos.

Indicativo de que é o candidato? Provavelmente não, mas de que tem o apoio do clã Campos, não há a menor dúvida. E os Campos, some-se o prestígio do prefeito à influência da poderosa viúva Renata, mandam e desmandam. E passará por eles, sem a menor dúvida, a palavra final da batida do martelo quanto ao candidato.

Longe disso, entretanto, não cabe ao PT ficar sacolejando o PDB com provocações tipo a de Gleisi. Sabe ela que não há a menor chance do aliado Humberto levar essa por falta de opções no reinado socialista, como sugere a chefona petista. 

A insistência de Humberto - O senador Humberto Costa, aliás, voltou a tratar de sucessão e insistir no seu nome. Numa entrevista a uma emissora de rádio, ontem, foi mais do que explícito: "Meu nome está posto para concorrer ao Governo de Pernambuco. Sou o vereador mais votado da história do Recife, fui deputado estadual e federal, sou senador eleito e reeleito, fui secretário municipal e estadual e ministro da Saúde. Tenho experiência administrativa e trânsito político para tal. Numa possível vitória de Lula, Pernambuco só teria a ganhar com o meu nome. Tenho grande proximidade com ele." 

A vantagem de Danilo - Uma fonte governista deu, ontem, um novo indicativo de que o nome do PSB para disputar a sucessão de Paulo Câmara seria Danilo Cabral por levar uma certa vantagem na disputa com Tadeu Alencar nos requisitos de aproximação, confiança e relação antiga. Além de colega de carreira no TCE, Câmara foi chefe de gabinete de Danilo quando este se elegeu vereador no Recife no start da sua carreira política. Quando começou a trabalhar como auditor, o governador morou em Surubim, berço natal de Danilo. 

Só na segunda - Presidente estadual do Solidariedade (SD), o deputado federal Augusto Coutinho tomou um café bem quentinho, ontem, pela manhã, com o governador Paulo Câmara no Palácio do Campo das Princesas. "O café continua uma brasa, mora, mas as notícias foram frias", brincou Guga, como é mais conhecido o parlamentar. Segundo ele, a pauta não foi sucessão estadual. "Vamos tratar de sucessão na próxima segunda-feira em novo encontro", disse.

Convenção da reeleição - Bolsonaro não vai esperar a virada do mês para oficializar sua candidatura. Segundo o presidente nacional da legenda, Valdemar Costa Neto, o ato que oficializará a candidatura do presidente à reeleição já está marcado para o próximo dia 29, em Brasília. Ocorre durante a convenção do Partido Liberal, legenda que o chefe da Nação optou para tentar um novo mandato. De Pernambuco, o empresário Robson Ferreira, líder do movimento de direita no Estado e candidato a deputado federal, levará uma super comitiva. 

O senador da chapa - Caberá ao PT a indicação do candidato a senador na chapa da Frente Popular. O nome sairá do bolso do colete do senador Humberto Costa. Um dos cotados é o deputado federal Carlos Veras, com base eleitoral no Sertão do Pajeú. O PT acha que Lula já está eleito, que elege também o governador em Pernambuco e que qualquer nome que seja escolhido para o Senado entra na mesma onda lulista, sendo igualmente eleito. Falta combinar com os eleitores! 

CURTAS 

INFANTIL - O governador planeja usar cerca de 150 mil doses de vacina da CoronaVac estocadas nos municípios para o uso pediátrico após receber autorização da Anvisa e do Ministério da Saúde. Também anunciou novos centros de testagem: o Centro de Convenções, em Olinda, e o Parque Dona Lindu, no Recife. Além da compra de 800 mil testes rápidos para detecção da doença.

GASOLINA CARA - Os preços dos combustíveis tiveram o primeiro reajuste do ano, ontem, em Fernando de Noronha. O litro da gasolina passou de R$ 9,59 para R$ 9,79, um reajuste de 2,1%. Já o litro o óleo diesel aumentou de R$ 8,19 para R$ 8,55, o que representa uma alteração de 4,4%. Segundo o diretor do único posto da ilha, Rafael Coelho, o reajuste representa um repasse do aumento praticado no continente.

Perguntar não ofende: Danilo Cabral é palatável para todos os presidentes da ampla Frente Popular?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

19/01


2022

Editorial aborda escolha do PSB para sucessão em PE

Na minha volta das férias, hoje, abordei o processo de escolha do candidato do PSB ao Governo de Pernambuco no editorial do programa Frente a Frente. Com a aparente saída em definitivo do ex-prefeito do Recife Geraldo Julio, três nomes seguem no páreo: o secretário da Casa Civil, José Neto, e os deputados federais Danilo Cabral e Tadeu Alencar.

Os sinais dão um favoritismo a Danilo, sobretudo se o governador Paulo Câmara (PSB) optar por um nome político na sucessão. Câmara foi chefe de gabinete do então vereador do Recife Danilo Cabral. Além disso, o governador iniciou a carreira de auditor do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) em Surubim, terra do parlamentar.

Pesaria, portanto, a afinidade. Esse mesmo critério também não permite descartar Zé Neto. Clique no player e ouça!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/01


2022

Onze deputados aderem à criação da CPI do Caso Beatriz

Romero Albuquerque, Clarissa Tércio e Joel da Harpa estão empenhados em levar as investigações do Caso Beatriz para a Alepe. Líder do movimento, Albuquerque criou um site (casobeatriz.com.br) para que a população acompanhe e solicite o apoio dos deputados. Até agora, além dos autores do pedido de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito, somente Cleiton Collins, Álvaro Porto, Gustavo Gouveia, Alberto Feitosa, Wanderson Florêncio,  Antônio Coelho, Priscila Krause e Romero Sales Filho aderiram à iniciativa. 

Para criar a CPI, o requerimento precisa de 17 assinaturas. “Em menos de 24 horas, temos quase todas as assinaturas necessárias. Vamos iniciar o contato direto com os parlamentares e explicar a importância de contribuirmos com as investigações. Foram muitos anos e reviravoltas neste caso e algumas perguntas precisam ser respondidas”, diz Albuquerque.

Na interpretação da deputada Clarissa Tércio, coautora do pedido, as mudanças bruscas no caso Beatriz são estranhas. "O nosso trabalho poderá agregar às investigações, por isso lutaremos por respostas e por Justiça, para que essa CPI aconteça e traga resultados positivos”, afirmou.

Opositora ao governo estadual, Clarissa completa que o trabalho dos parlamentares “garantirá à mãe e família aquilo que o estado se eximiu de fazer". Em entrevista à CBN, Romero revelou, sem citar nomes, que já foi procurado por colegas de bancada pedindo que não levasse o pedido à frente.

O parlamentar garantiu, porém, que somente a não-adesão dos colegas ou o pedido feito de Lucinha Mota, mãe da menina Beatriz, podem impedir a CPI de acontecer. Pelo documento que será apresentado em fevereiro, os trabalhos durarão, pelo menos, 120 dias.

Assim como Romero, Joel da Harpa, apesar de compor a base governista, afirma que seu mandato é independente e que não desistirá de instaurar a comissão. “São muitas as perguntas sem respostas. Afinal qual a verdade secreta do crime que chocou o estado? O acusado Marcelo da Silva é ou não o assassino? Não somente a família da criança, mas toda a sociedade pernambucana anseia pela verdade dos fatos”, disse o deputado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros