FMO janeiro 2020

21/11


2021

Leite quer finalizar prévias até terça-feira

Por Houldine Nascimento, da equipe do Blog

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, também convocou uma entrevista coletiva na noite de hoje para emitir sua posição sobre as conturbadas prévias do PSDB. O gaúcho defende "conclusão em 48h".

"Nossa campanha manifesta-se em nome do bom senso, da celeridade do processo e da manutenção do regramento eleitoral pela conclusão do processo em, no máximo, 48h, exigindo um aditamento ao edital com o novo prazo", declarou ao ler uma nota.

Leite estava acompanhado de alguns ex-presidentes do PSDB, a exemplo dos senadores Tasso Jereissati (CE) e José Aníbal (SP). O governador gaúcho também negou que deseja levar as prévias para fevereiro de 2022: "Não é verdade que nós queremos o adiamento. Pelo contrário. Quem quer o adiamento são os nossos adversários."

Eduardo Leite disputa as prévias com o governador de São Paulo, João Doria, e o ex-senador Arthur Virgilio. O gaúcho foi além ao dizer que as prévias "perderiam sua integralidade" se o processo não for finalizado até a próxima terça-feira (23).

"Nossa campanha aceita mais 48h de votação desde que garantida a capacidade técnica de votação para todos os cadastrados que assim desejarem", emendou. Doria e Virgilio, por sua vez, defendem a conclusão no próximo domingo (28).

Leite também afirmou que seu nome é o mais viável para o PSDB concorrer à Presidência da República em 2022. "As pesquisas indicam que é mais viável do que a candidatura do nosso principal adversários nessas prévias. Não estou dizendo que a rejeição que ele tenha seja justa, até porque acho injusta por conta do trabalho que faz com competência no Governo de São Paulo, mas ela existe e inviabiliza a candidatura", disse.

Prevista para ser realizada hoje, a votação enfrentou diversos problemas devido a falhas em um aplicativo contratado pelo PSDB para as prévias.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo - Pavimentação e Drenagem

21/11


2021

Doria e Virgílio defendem conclusão de prévias no dia 28

Por Houldine Nascimento, da equipe do Blog

O governador João Doria (SP) e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio emitiram uma nota conjunta para defender a conclusão das prévias do PSDB no próximo domingo (28). O processo de escolha do pré-candidato do partido à Presidência da República enfrentou problemas hoje devido a falhas no aplicativo de votação.

Há pouco, Doria e Virgílio concederam, juntos, uma entrevista coletiva e fizeram críticas ao outro candidato, o governador Eduardo Leite (RS). Eles também defenderam a utilização de urnas eletrônicas ao invés do aplicativo, que foi desenvolvido pela FAURGS (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul).

Confira, abaixo, o comunicado na íntegra:

"NOTA EM RESPEITO AOS FILIADOS DO PSDB

Desde o início do processo de prévias, as campanhas dos candidatos do PSDB à presidência da República, João Doria e Arthur Virgilio, defenderam a ampla participação de todos os filiados. 

Defenderam também a utilização de urnas eletrônicas, que regem o sistema eleitoral brasileiro de forma segura, simples e transparente. 

Foi alertado durante todo o processo sobre a fragilidade do aplicativo e os problemas de instabilidade e insegurança que o modelo proposto poderia trazer para as primárias. 

Mesmo diante dos alertas de ambas as campanhas e da Kryptus, auditoria contratada pelo próprio partido para garantir a lisura da eleição, a direção do PSDB optou por manter o contrato com a FAUGRS (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sediada em Pelotas) e o uso da plataforma. 

Diante das inúmeras falhas do próprio aplicativo, ocorridas durante o todo o processo de votação, neste domingo (21), se faz necessário o ajuste imediato do aplicativo.

É urgente retomar o processo de escolha do candidato em respeito aos filiados tucanos e o seu direito de votar. 

Tanto Doria quanto Arthur Virgílio defendem a data do dia 28 de novembro, próximo domingo, para que o processo de prévias se encerre de forma rápida, eficiente e justa. Lembrando que o prazo já era previsto em resolução pela Comissão das Prévias como um possível segundo turno. 

Prolongar ainda mais o processo de prévias seria um desrespeito aos filiados tucanos e ao processo democrático. 

João Doria e Arthur Virgilio"


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina outubro 2021

21/11


2021

Arthur Virgílio: Leite é mimado e quer melar prévias

Ex-prefeito de Manaus e candidato nas prévias do PSDB, Arthur Virgílio diz à coluna Painel, da Folha de São Paulo, que Eduardo Leite é mimado e está tentando melar o processo de escolha do candidato presidencial do partido. O processo de votação foi suspenso por tempo indeterminado na tarde de hoje (21) após problemas no aplicativo.

Aliados dos candidatos têm apresentado diferentes alternativas de continuidade do processo. João Doria e Virgílio querem que fique para semana que vem. Entre aliados de Leite, surgiram as possibilidades de retomar o funcionamento do aplicativo nesta segunda-feira (22) ou deixar para 2022. A segunda hipótese revoltou as equipes do governador de SP e do ex-senador.

"Eles pediram para não falar. [Partido] pediu. Pela ideia do Bruno [Araújo, presidente do PSDB], falaríamos os três. Mas não tem cabimento. Com esse rapaz não dá", afirma. "Não dá, porque sempre tem subterfúgio, ele é escorregadio, está mal aconselhado", completa. "Fico impressionado".

Virgílio diz que se aproximou de Doria nessa reta final porque "ele quer fazer as prévias, [enquanto] os outros querem melar. Visivelmente". "[Leite] Vem com história, bota dificuldade. Ele se transformou em uma pessoa mimada", completa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Sindicontas

21/11


2021

Janguiê lança livro “O código secreto da riqueza”

O empresário Janguiê Diniz lança no próximo mês seu novo livro: "O código secreto da riqueza: as 12 chaves que lhe trarão sucesso, prosperidade e riqueza financeira". Publicada pela Editora Gente, a obra chega primeiro a São Paulo.

No dia 9 de dezembro, às 18h, na sede do Instituto Êxito de Empreendedorismo, Janguiê promove uma noite de autógrafos. Já no próximo dia 15, ele fará o lançamento no Recife: será no Bloco B da Uninassau Graças.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/11


2021

Frota insinua que Leite pagou por boca de urna

Poder360

O deputado Alexandre Fota (PSDB-SP) insinuou que o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, pagou pessoas para manifestarem apoio ao seu nome nas prévias do partido, em Brasília. Leite disputa com João Doria e Arthur Virgílio a candidatura da sigla à Presidência da República nas eleições de 2022.

O congressista disse que impediu pessoas de fazer boca de urna a favor de Leite no Centro de Exposições Ulysses Guimarães, onde está sendo realizada a votação presencial nas prévias. Frota também afirmou que pessoas com a camisa do gaúcho no local disseram que receberam R$ 50 além de lanche para fingirem ser torcedores do candidato.

“Não sabiam o número do Leite, não sabiam quem era o Leite, e ainda confirmaram estar aqui por dinheiro”, declarou.

O deputado publicou vídeos em seu perfil no Twitter conversando com pessoas vestidas com roupas e acessórios pró-Leite. Uma delas diz que veio de ônibus para Brasília. Em outro vídeo, 2 jovens dizem que não são do PSDB, e que receberam um cachê para estar ali.

Ao Poder360, a equipe de Eduardo Leite afirmou que as informações levantadas por Frota não procedem e que não houve nenhum pagamento. Segundo a assessoria do candidato, as camisetas de apoio a Leite estavam sendo distribuídas para quem quisesse. “Nada garante que aquelas pessoas não receberam para dizer o que disseram”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca - Novembro

21/11


2021

Aplicativo que gerou confusão no PSDB custou R$ 1 mi

O aplicativo que gerou toda essa confusão nas prévias do PSDB custou R$ 1 milhão. Os recursos do fundo partidário bancaram a ferramenta.

De acordo com a revista Veja, o valor corresponde ao serviço de desenvolvimento do programa, que foi feito pela Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs), aditivos feitos ao contrato e o serviço de auditoria do sistema feito pela empresa de segurança cibernética Kryptus.

O aplicativo foi criado com a justificativa de facilitar o processo de escolha do pré-candidato tucano à Presidência, mas o que ocorreu hoje foi o oposto. A ferramenta travou e a maioria dos filiados aptos a votar não conseguiram.

Caciques do PSDB, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o senador José Serra, não concluíram a votação. A cúpula tucana suspendeu o processo eleitoral e, às 20h, deve trazer uma nova posição oficial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru - Feira da Sulanca

21/11


2021

PSDB pausa prévias após problemas em aplicativo

O PSDB pausou as prévias presidenciais que realizava hoje (21). Instabilidades no aplicativo das prévias do partido dificultaram o encerramento da votação, programada para as 18h. As informações são do Poder360.

Os votos registrados neste domingo estão válidos e serão contabilizados no resultado final. “O processo de votação em aplicativo encontra-se pausado em razão de questões de infraestrutura técnica, que não comportou a demanda dos votantes das prévias”, disse o partido, em nota. A votação foi pausada às 18h. 

“O PSDB está definindo, junto com os candidatos, em que momento o processo será retomado”, disse a sigla. Nova reunião do partido está agendada para as 20h deste domingo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Arcoverde novembro 2021

21/11


2021

Apenas 3,5 mil votam nas prévias do PSDB

Dos 44,7 mil aptos a votar nas prévias do PSDB, apenas 3,5 mil conseguiram. Isso ocorreu pelas falhas no aplicativo desenvolvido para o processo eleitoral.

A sigla tem 1,3 milhão de filiados. Diante disso, a votação foi paralisada e segue o impasse na definição do pré-candidato tucano à Presidência da República.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

21/11


2021

Gonzaga exalta Petrolina pelo bom ambiente de negócios

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) usou a tribuna da Câmara, na última quinta-feira (18), para elogiar Petrolina, no Sertão de Pernambuco, que figurou entre as seis melhores do Brasil para fazer negócios. O ranking das campeãs foi divulgado pela revista Exame numa parceria com a consultoria Urban Systems.

“Lá em Petrolina, nem parece que tivemos essa crise, apesar de que muitas pessoas morreram e se contaminaram por causa da covid-19, mas essa crise financeira que o Brasil enfrenta, Petrolina passa longe. Por isso, a gente fica feliz em saber que uma cidade nordestina, que se cria ao lado do Rio São Francisco, ganhe esse destaque nacional. É a consequência da luta diária do povo da cidade, povo guerreiro e exigente e também é a prova que quando há interesse político e parceria, quando a gente desce do palanque e se junta para trabalhar em prol de uma localidade, o resultado é esse. Parabéns a todos!”, comentou. 

O ranking da Urban Systems leva em consideração aspectos relacionados à infraestrutura de saneamento, transportes, mobilidade urbana, logística e telecomunicações. Com investimentos em novas tecnologias e aumentos constantes em produtividade, o agronegócio em Petrolina registrou um crescimento em 2021 tanto em relação à lavoura permanente como temporária – e, no primeiro semestre, as exportações deram um salto de 48% em comparação ao mesmo período de 2020.

Por esses motivos, Petrolina é a primeira colocada no setor de agronegócio no ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios, elaborado pela consultoria Urban Systems. Na segunda posição está Patos de Minas, em Minas Gerais, e em seguida vem Barreiras, na Bahia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC - Férias de Janeiro

21/11


2021

Vídeo: deputada diz que apoia Leite para se vingar de Doria

Por Houldine Nascimento, da equipe do Blog

A deputada federal Mara Rocha (AC) fez acusações à campanha do governador de São Paulo, João Doria, nas prévias do PSDB. Ao chegar para votar no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, hoje, a parlamentar disse que houve tentativa de comprar seu apoio.

"Se não deixarem eu votar, vou dizer quem me ofereceu dinheiro para votar no Doria. Eu vou votar, senão vou jogar merda no ventilador", disse.

Mara assegurou ter mensagens e áudios que comprovariam a cooptação, mas não apresentou provas. Ela também afirmou que apoia Eduardo Leite e que "se vingaria" de Doria.

"Eu não tenho preço. A hora da vingança é agora. É Leite!", disparou.

A parlamentar foi a Brasília para votar presencialmente, mas alegou que estava sendo impedida de registrar o voto. Na confusão, é possível ouvir um dos apoiadores de Doria dizendo para ela votar pelo aplicativo.

Mara Rocha também afirmou que está de saída do PSDB para se filiar ao PL. "Vou para o PL porque sou Bolsonaro", esbravejou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Políticos como esta senhora, deveria nunca mais ter um voto, pobre de espírito e de neurônios. Vergonhosa declaração, pior, fã de um acéfalo, criatura repugnável!

Eliana C de Souza

tragédia, deputada prova que todo político não trabalha para o povo , sim causa própria. Se dória não tem dignidade foi provado que está governador de são Paulo foi Bolsonaro, que faz essa senhora em se vingar? não, tirar dória por não servir.


Bandeirantes novembro 2021

21/11


2021

Deputada do PSDB fala em compra de voto nas prévias

Poder360

A deputada federal Mara Rocha (PSDB-AC) disse que tentaram filmá-la votando durante as prévias do PSDB. Ela também acusou a campanha de João Doria de tentar comprar seu voto.

Rocha é apoiadora de Eduardo Leite. Mas disse que está de saída do partido porque apoia o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Estou saindo desse partido e vou para o PL porque eu sou Bolsonaro”, afirmou.

Ela não disse quem teria tentado comprar seu voto, apenas ameaçou mostrar mensagens. Provocada pela reportagem a apresentar o material, ela recusou.

A confusão teve início quando o presidente do PSDB-AC tentou impedir que ela viesse. “Não faz sentido uma bolsonarista querer vir tumultuar nossa festa democrática. Tentei na direção impedir que ela votasse”, afirmou Pedro Correia.

De acordo com a deputada, seu objetivo ao votar era atingir Doria, a quem acusa de ter sabotado a sua carreira. “Aqui voto Leite porque está na hora de a arrogância do Doria cair por terra. Quero derrotar ele”, afirmou.

Segundo Mara, ela ficou incomodada com o apoio de parte da sigla a um candidato contrário ao seu nas eleições de 2020. Ela apoiava Minoru Kinpara (PSDB) para a Prefeitura de Rio Branco.

Segundo ela, supostamente por influência de Doria, o partido teria abraçado a candidatura de Socorro Neri (PSB). “Por isso estou deixando o partido”, enfatizou.

As prévias do PSDB estão sendo centralizadas no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. No local, é realizada a votação presencial. Há 44.700 filiados habilitados a votarem, entre integrantes com mandato e sem mandato. Os filiados sem mandato, prefeitos e vice-prefeitos devem votar por meio de um aplicativo. As regras das prévias dividem os filiados em 4 categorias, cada uma com 25% do peso eleitoral.

Mais cedo, o presidente do PSDB, Bruno Araújo, anunciou que o fim da votação pelo app seria postergado para 18h, 3 horas depois do programado inicialmente. De acordo com Bruno, houve um problema, logo resolvido, com o sistema de reconhecimento facial.

Até 10h30, mais de 8 mil filiados já tinham votado pelo sistema. Mas, por causa do número de acessos simultâneos, houve instabilidade.

As regras estabelecem que se, nenhum candidato conseguir mais da metade dos votos, haverá 2º turno no próximo domingo (28).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Figura patética. O acéfalo está destruindo o país, e esta idiota vem dizer que o apóia este imbecil, merece o lixo da política!


Pousada da Paixão

21/11


2021

Ex-aliado diz que governo comprou votos por Lira

Ex-aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o deputado federal Delegado Waldir (PSL-GO) afirmou que o governo pagou para que parlamentares votassem em matérias prioritárias no Congresso e na eleição de Arthur Lira (PP-AL) para a Presidência da Câmara. De acordo com ele, cada parlamentar obteve o direito de destinar R$ 10 milhões para suas bases eleitorais em troca de apoio à candidatura de Lira.

Além disso, Waldir disse que para aprovar a reforma da Previdência, o valor foi maior: R$ 20 milhões. O deputado, que foi líder do PSL no primeiro ano do governo Bolsonaro, concedeu entrevista ao portal The Intercept Brasil ontem.

"Aconteceu na reforma da Previdência, na eleição do Lira [para a presidência da Câmara] e em mais uma [votação] que não me lembro", disse Waldir. "R$ 10 milhões [por voto em Lira]. E na [reforma da] Previdência, R$ 20 milhões por parlamentar”, declarou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/11


2021

A montanha pariu um rato

As prévias do PSDB em curso ao longo do dia de hoje, para escolha do candidato tucano ao Planalto, estão dando uma demonstração de um amadorismo atroz. Mais do que isso, despreparo de um partido que já foi símbolo de organização de eventos. 

Independentemente do resultado dessa tumultuada convocação dos tucanos às urnas, o que se previa seria um show de modernidade em tecnologia. Revelou-se, entretanto, no maior mico da história da legenda.

Dos 1,3 milhão de filiados, só devem votar pouco mais de 30 mil em um processo discutível que não deverá trazer a paz interna. E olha que é preciso muita falta de mobilização e interesse da sociedade em participar, tendo sido organizado, nessas prévias, pela primeira vez no Brasil, um debate inútil que contou com o apoio da Globo, Estadão e CNN. 

Literalmente, a montanha pariu um rato.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/11


2021

Pela janela da lua

No meu chão seco do Pajeú, onde se procura água e no lugar dela brota poesia para matar a sede dos românticos, a lua é a mais linda do universo. Em Afogados da Ingazeira, surge por detrás da Catedral Bom Jesus dos Remédios para iluminar os anjos do verso solto e até torto, como cantou Belchior. 

Que me perdoe Gonçalves Dias,  no seu canto ao exílio, mas o Sabiá canta solto no meu Pajeú das Flores, embriagado com a beleza do seu luaral. As aves que lá gorjeiam são arribações de trocadilhos cheios de amores para dar. São estrelas que brilham com mais intensidade, clarões do sol da manhã, constelações que se confundem com vaga-lumes abrindo as veredas de galhos secos.

Não permita Deus que eu morra, sem que volte para lá, sem que desfrute os primores que não encontro por cá, rimou Gonçalves Dias. Se vale a pena viver e se a morte faz parte da vida, vale então uma despedida pedindo a Deus para entrar no seu reino pela porta da janela da lua que mora na Catedral de minha terra.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/11


2021

Os maiores pintores de Pernambuco: parte 2

Da coluna de João Alberto

Lula Cardoso Ayres: Nasceu em Rio Formoso, em 1910, filho de João Cardoso Ayres e Carolina Cardoso Ayres. Além de pintor brilhou também como fotógrafo, desenhista, ilustrador, muralista e cenógrafo. Iniciou seus estudos com o pintor alemão Heinrich Mozer, que morava no Recife. Em 1925 viajou para Paris, onde viveu cinco anos, estudando as diversas tendências modernas, visitando museus, exposições e ateliês. Em 1930 voltou ao Brasil, inicialmente para o Rio de Janeiro, onde se tornou amigo de Cândido Portinari e Orlando Teruz e abriu ateliê no bairro de Laranjeiras. No final de 1932, retorna a Pernambuco para ajudar a administrar a usina de açúcar da família, e reside em Cucaú até 1944. No ano seguinte, os negócios da família sofreram grave crise e ele decide voltar para o Recife, onde tinha feito amizade com pintor Cicero Dias, o psiquiatra Ulysses Pernambucano e o sociólogo Gilberto Freyre.

Produziu uma série enorme de belíssimos painéis, o primeiro para a clínica do médico Artur Moura na Praça Chora Menina. Outros no Cinema São Luiz, no Aeroporto dos Guararapes. Ilustrou livros de Manoel Bandeira e Ascenso Ferreira, fez decoração para o carnaval do Internacional, assinou várias ilustrações publicadas nos jornais do Recife. Durante 25 anos foi professor da Escola de Belas Artes da UFPE. Sua esposa, Lourdes Cardoso Ayres era quem cuidava, com muita dedicação, da sua obra. Em 40 anos de carreira, deixou uma enorme coleção de belíssimos quadros.

José Cláudio: Uma figura especial, como artista, como pessoa. Nasceu em Ipojuca, em 1932, e cedo veio morar no Recife, onde, ao lado de Abelardo da Hora, Gilvan Samico e Wellington Virgolino fundou o Atelê Coletivo da Sociedade Arte Moderna do Recife. Morou em Salvador, onde foi orientado por Mário Cravo Jenner Augusto e Carybé. Depois no Rio, onde trabalhou com Di Cavalcanti. Ganhou uma bolsa de estudos da Fundação Rotelinji e passou o ano de 1957 em Roma, na Academia de Belas Artes. Na volta, foi morar em Olinda, onde vive até hoje e produziu um grande número de telas que o consagram como notável pintor, desenhista, gravador e escultor.

Realiza pinturas de caráter figurativo, retratando cenas regionais e paisagens do Nordeste, evitando, porém, o caráter pitoresco. Fez uma famosa série de nús feminos e de aspectos do carnaval. Em 1975, participou de expedição à Amazônia, promovida pelo Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, registrando em vários desenhos a óleo diversos aspectos regionais. Durante muitos anos, escreveu críticas de arte no Diario de Pernambuco. Sempre que ia entregar seus artigos, fazia uma festa na redação, distribuindo chocolates em forma de peixinhos, uma grife da Renda Priori. Seu filho Mané Tatu também tornou-se pintor de sucesso.

Elezier Xavier: Nasceu em Triunfo, em 1907. Veio morar no Recife e depois no Rio de Janeiro, onde estudou desenho no Liceu de Artes e Ofícios. Participou de duas edições do Salão dos Artistas Brasileiros Realizou exposições individual no Salão Nobre da Câmara do Distrito Federal no Clube dos Artistas e Amigos da Arte em São Paulo e inúmeras no Recife e Salvador. Suas aquarelas integram coleções particulares e de instituições oficiais dos Estados Unidos, França, Áustria, Portugal, Alemanha, Inglaterra, Suiça e Japão.

No governo José Sarney, recebeu a recebeu a Comenda Barão do Rio Branco. Nas suas telas, imortalizou paisagens de Pernambuco e do Recife. Os casarões, os jardins, tudo que pudesse ser a memória do Recife, ele pintava. Foi professor de pintura em vários colégios, como o Pedro Augusto, o Padre Félix, o Porto Carreiro, o Nossa Senhora do Carmo e a Escola Normal Pinto Júnior. Escreveu vários livros e deixou uma robusta obra. Morreu em 1998, aos 91 anos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros