FMO - Previnir é a melhor forma de lutar

15/10


2021

Bolsonaro pode agravar crise energética

Em mais um movimento populista, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, ontem, que irá determinar ao ministro de Minas e Energia (MME), Bento Albuquerque, que revogue, já no próximo mês de novembro, a bandeira de escassez hídrica da conta de luz. As informações são do blog da Ana Flor.

A bandeira tarifária "escassez hídrica" foi criada no fim de agosto pelo governo e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ela é ainda mais 'grave' que a vermelha 2, que vinha sendo aplicada e adiciona R$ 14,20 às faturas para cada 100 kW/h consumidos.

O problema da fala do presidente é que dados técnicos do setor elétrico e do próprio MME demonstram que a tarifa de escassez hídrica não está sendo suficiente para arcar com os gastos extras de geração de energia térmica, para compensar a falta de chuvas.

Com a fala populista, o presidente contrata ainda mais incerteza para o setor elétrico e afasta investidores, o que pode agravar ainda mais a situação de escassez hídrica no próximo ano.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jaboatão - regularizacao-fundiaria

15/10


2021

Coluna da sexta-feira

O Brasil da fome

Com a crise econômica agravada pela pandemia, quase 20 milhões de brasileiros dizem passar 24 horas ou mais sem ter o que comer. Mais da metade (55%) da população brasileira sofria de algum tipo de insegurança alimentar em dezembro de 2020. Além disso, as condições econômicas do País, a redução da renda da população e o desemprego trouxeram como resultado o aumento do dobro das favelas no Brasil em 10 anos.

As informações foram divulgadas em reportagem da Folha de S. Paulo. Dados sobre insegurança alimentar fazem parte do estudo Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil da Rede Pessan (Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional). Segundo a pesquisa, 116,8 milhões de brasileiros não tinham acesso pleno e permanente a alimentos.

Desses, 43,4 milhões (20,5% da população) não contavam com alimentos em quantidade suficiente (insegurança alimentar moderada ou grave) e 19,1 milhões (9% da população) estavam passando fome (insegurança alimentar grave). Realizada em 1.662 domicílios urbanos e 518 rurais, a pesquisa coletou os dados de 5 a 24 de dezembro de 2020, antes da disparada da inflação nos últimos meses, o que provavelmente piorou o cenário de aumento da insegurança alimentar.

Uma pesquisa do PoderData divulgada em abril mostrou que 36% dos brasileiros dizem ter passado fome ou comido menos durante a pandemia. Essa é a soma do percentual dos que dizem ter deixado de fazer refeições (7%) com o dos que passaram a comer menos do que o de costume (29%) nesse período. O aumento da inflação e a crise econômica reduziram o poder de compra e a renda das famílias mais pobres e empurraram mais pessoas para a pobreza, ampliando também a insegurança alimentar.

Os preços dos alimentos foram os que mais subiram em 2020. Enquanto a inflação ficou em 4,52% no ano passado, o custo de produtos alimentícios subiu 14%. Em 2021, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação das famílias, deve fechar o ano com alta acumulada de 8,59%, segundo o Boletim Focus divulgado pelo Banco Central na última 2ª feira (11.out.2021). A inflação oficial acumulada entre o fim de 2014 e setembro de 2021 passado foi de 47,5%. Com piora em todos os anos desde 2014, a pobreza extrema no Brasil (renda domiciliar per capita inferior a R$ 261, pelo critério da FGV Social) atinge hoje 27,4 milhões de pessoas.

Aumento de favelas – Segundo dados preliminares do IBGE, o total de “aglomerados subnormais” foi de 6.329 em 323 municípios para 13.151 em 734 cidades de 2010 a 2019. O IBGE classifica os aglomerados subnormais como uma forma de ocupação irregular de terrenos de propriedade alheia, o que na prática são as favelas. A identificação dos Estados e municípios com maior proporção de domicílios em favelas sinaliza uma maior vulnerabilidade social com possíveis consequências para os serviços de saúde e assistência social no caso do alastramento da covid.

Só elege dois – Mesmo com a fusão do DEM ao PSL, não está fácil garantir o mandato de deputado federal nas eleições de 2022. Em Pernambuco, por exemplo, dos três candidatos mais competitivos – Fernando Filho e Mendonça Filho, ambos ex-DEM, e Luciano Bivar, ex-PSL, pelos cálculos de hoje em cima do coeficiente eleitoral em torno de 180 mil votos, só dois estariam com vaga garantida. Para emplacar o terceiro, o novo partido União Brasil 44 terá que ampliar bastante a cauda eleitoral, complicador que surge no horizonte em diversos outros partidos.

O deserto cearense – Estudo do projeto MapBiomas identificou que, nos últimos 35 anos, o Ceará foi o Estado nordestino com maior subtração de formações florestais, uma subdivisão do bioma caatinga. Entre 1985 e 2020, o Estado perdeu 0,34 milhões de hectares deste tipo de cobertura vegetal. Para especialistas, este retrato de degradação ameaça a fauna e a flora, além de gerar impacto direto ao ser humano. É o Ceará também o Estado com maior área desta cobertura: 37,34% dos 5,7 milhões de hectares de formações florestais mapeadas na Caatinga, em 2020, estão em território cearense.

Estados no prejuízo – Os Estados e municípios brasileiros podem perder R$ 24,1 bilhões com a mudança da base de cálculo do ICMS dos combustíveis, projeto já aprovado pela Câmara dos Deputados. O cálculo é da Febrafite, a Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estados. Segundo a Febrafite, os combustíveis foram responsáveis por 17,6% de toda a arrecadação do ICMS em 2019, nada menos do que R$ 89,7 bilhões de R$ 509,8 bilhões.

PT teme Ciro – Ao entrar no bate-boca de Ciro com o PT, o presidente do PDT, Carlos Lupi, saiu em defesa do aliado e afirmou que as lideranças petistas temem o seu crescimento nas pesquisas. "O PT trabalha 24 horas por dia para impedir Ciro de crescer na política. Foi assim em 2018 e querem de novo agora", reagiu, acrescentando: “Foi a mesma coisa (que em 1989). O PT tinha uma disputa muito forte conosco para ver quem iria para o segundo turno e trabalhou para a destruição do Brizola 24 horas por dia, dizendo que eles eram à esquerda e nós a direita. É um filme velho que, para mim, não cola mais", disse.

CURTAS

MAIS MÉDICOS – A Prefeitura do Jaboatão abriu seleção simplificada para contratação temporária de 35 médicos para atuar na rede municipal de saúde, com salários que variam de R$ 5,4 mil a R$ 10,9 mil. A inscrição pode ser feita na internet até o dia 22 de outubro. A carga horária varia entre 20 e 40 horas semanais, a depender do cargo pretendido. Os contratos têm duração de 12 meses, podendo ser estendidos por igual período.

A bola da vez – Pouco menos de um ano para as eleições de 2022, o PSDB está investindo na imagem da presidente estadual do partido e prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, que pode ser candidata ao Governo do Estado no pleito do ano que vem. Em uma das principais vias de Caruaru foi instalado um outdoor, com a imagem da gestora, chamando atenção por não haver nenhum outro rosto tucano na propaganda.

Perguntar não ofende: Por que nenhum deputado levanta a voz em defesa das estradas esburacadas do Estado?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Brasil comandados por demônios: o acéfalo e Paulo Guedes. Quanto mais fome e desemprego, menos direitos, por conseguinte mais dinheiro no bolso dos amigos do mercado. Verdadeira dupla do satanás!


Cabo - Pavimentação e Drenagem

14/10


2021

Empresa pernambucana ganha prêmio Antaq 2021

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) anunciou, há pouco, que a empresa pernambucana Agemar foi a vencedora do Prêmio Antaq 2021, na categoria “Conformidade Regulatória – Navegação Marítima de Cabotagem e Longo Curso”. A solenidade de premiação acontece neste momento, em Brasília, na sede da ANTAQ.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina setembro 2

14/10


2021

Bolsonaro: Se o congresso derrubar, eu vou arranjar absorventes

O presidente Jair Bolsonaro pediu ao Congresso, hoje, que derrube seu próprio veto sobre o projeto que prevê a distribuição gratuita de absorventes para mulheres em situação de vulnerabilidade. Segundo o chefe do Executivo, caso os deputados e senadores rejeitem sua decisão, será possível destinar recursos sem incorrer em “crime de responsabilidade”.

“É só o Parlamento derrubar o veto, daí sou obrigado a promulgar, daí a gente vai arranjar recursos. No próprio Ministério da Saúde, ou na Educação, ou nos 2. Ou tirar um pouquinho de cada lugar. Estou tirando porque sou escravo da lei. Se o congresso derrubar o veto, estou torcendo para que derrubem, eu vou arranjar absorvente”, afirmou, em live nas redes sociais.

Segundo Bolsonaro, a lei poderá custar até R$ 300 milhões. “Não vai ser gratuito, pessoal. Calcularam aqui pouco mais de R$ 100 milhões. Pode ter certeza, vai multiplicar por 3 isso daí. Vou ter que arranjar R$ 300 milhões de algum lugar. Eu não vou criar imposto para suprir isso aí e nem majorar imposto. Eu vou tirar de algum lugar”, afirmou.

O Congresso estimou em R$ 84,5 milhões ao ano o impacto orçamentário da distribuição de absorventes. O cálculo inclui 8 absorventes por mês para cada uma das 5,6 milhões de mulheres que a medida alcançaria.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Joao

Se fosse para contratar comissionados, e por conseguinte rachadinhas, não faltaria dinheiro.



14/10


2021

PE amplia público nos estádios de futebol

O Governo de Pernambuco autorizou, hoje, o aumento de público nos estádios de futebol para até 15% da capacidade do local. Além disso, os eventos culturais, sociais e corporativos, bares e restaurantes, clubes sociais, cinemas, teatros, circos, colações de grau, aulas da saudade e cultos ecumênicos poderão funcionar até às 2h da manhã. Os eventos culturais, shows e bailes passam a ter duração de até oito horas seguidas. As mudanças já valem a partir de amanhã, em todo o Estado.

A secretária executiva de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Ana Paula Vilaça, frisou que permanece necessário o controle seguro do esquema vacinal para algumas atividades. Segundo ela, os shows continuam com a capacidade máxima de 2,5 mil pessoas ou 50% do local, o que for menor. O evento deve ser no formato de mesas e cadeiras, e o uso da máscara continua obrigatório. “A flexibilização não abrange área para dança, mas é permitido ficar em pé, utilizando a máscara”, reforçou. Em novembro, dependendo dos números da saúde, o público pode passar para cinco mil pessoas ou 50% da capacidade, o que for menor.

Os eventos corporativos, as colações de grau, as aulas da saudade e os cultos ecumênicos permanecem com capacidade máxima de 2,5 mil presentes ou 80% do local, o que for menor. Cinemas, teatros e circos também seguem a mesma regra. Já a capacidade máxima dos eventos sociais/buffet permanece em 2,5 mil presentes ou 50% do local, o que for menor. A secretária executiva informou ainda que o Decreto n. 50.924, de 02 de julho, será alterado no trecho que trata da proibição de atendimento a visitantes em hotéis e pousadas. "A partir desta sexta, por exemplo, as pessoas não hospedadas também terão acesso livre ao restaurante do estabelecimento", afirmou.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, destacou que os avanços e flexibilizações previstos no Plano de Convivência estão atrelados, diretamente, à adesão da sociedade ao processo de vacinação. “O Governo de Pernambuco vai continuar centrado na ciência e não iremos adotar medidas que possam colocar a vida dos pernambucanos em risco. Só poderemos retomar integralmente as atividades quando a maioria da nossa população estiver vacinada e com ciclo vacinal completo”, reforçou. Pernambuco está com pouco mais de 50% da população com o esquema vacinal completo e com números da pandemia em estabilidade.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Sindicontas

14/10


2021

Correntes: ônibus da saúde é utilizado para diversão

Em Correntes, no Agreste Meridional, o ônibus que transporta pacientes para unidades de saúde do Recife foi utilizado na última terça-feira (12) para levar pessoas em uma viagem à Praia de Barra de Santo Antônio, em Alagoas, para diversão. A denúncia foi feita por um morador da cidade, em reserva.

Ainda de acordo com ele, há outro ônibus da Secretaria Municipal da Saúde para fazer o tratamento fora de domicílio (TFD), mas o veículo está parado em uma oficina em Garanhuns, também no Agreste pernambucano. O município de Correntes é administrado por Hugo da Bahia (PSB).

O espaço segue aberto para que a Prefeitura de Correntes se pronuncie sobre o tema, caso queira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca - Outubro

14/10


2021

Vereadores aprovam contas de Miguel, Lossio e Odacy

Por unanimidade, a Câmara Municipal de Petrolina, no Sertão pernambucano, aprovou as contas do prefeito Miguel Coelho (DEM) e dos ex-prefeitos Júlio Lossio (PSD) e Odacy Amorim (PT). Numa votação em bloco, 22 vereadores decidiram pela aprovação em sessão realizada hoje.

Miguel tem uma base formada por 19 vereadores na Casa Amorim, como é chamada a Câmara petrolinense. Segundo informações obtidas pelo Blog, ele teria orientado os aliados para que votassem pela aprovação das contas dos ex-prefeitos Lossio e Odacy, seus adversários políticos, em um gesto republicano.

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) chegou a enviar para a Câmara Municipal pareceres com algumas ressalvas. A Comissão de Finanças da Casa Amorim se debruçou para concluir o relatório e aprovar o parecer técnico que foi apresentado para votação no plenário.

Com isso, houve a aprovação das contas de Odacy Amorim quanto ao exercício financeiro de 2008, bem como as de Júlio Lossio (de 2012 a 2015) e de Miguel Coelho (de 2017 a 2018).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru - Transparência em 1° Lugar

14/10


2021

No campo, município troca o pasto pelo milho


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

14/10


2021

Clodoaldo acompanha governador na Mata Sul

O deputado Clodoaldo Magalhães visitou, nesta manhã, cidades da Mata Sul, para acompanhar o governador Paulo Câmara em ações dentro do Plano Retomada. Na comitiva, esteve na cidade de Amaragi e Primavera, onde foram lançadas obras em diversas áreas.

Em Amaragi, o governo do estado assinou ordens de serviços para a recuperação e implantação da sinalização da PE-063, que segue até Escada e obras de restauração da PE-071 – entre Amaraji e Chã Grande – e da PE-058, que liga a cidade ao município de Pombos, além da liberação de recursos para o projeto do acesso ao distrito de Demarcação.

“Muitas dessas ações eram demandas antigas da população e vão ajudar muito na qualidade de vida dos locais”, considerou Clodoaldo Magalhães. O município ainda foi beneficiado com autorização para obras de abastecimento de água, cobertura da quadra da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Antônio Alves de Araújo e um convênio, por meio do Programa Educação Integrada, com a Escola Municipal São José da Boa Esperança.

Já em Primavera, o governo estadual liberou recursos para obra da APE-010, no acesso à Cachoeira do Urubu, e autorizou a duplicação da ponte sobre o Riacho Aurora, que dá acesso à cidade. Ainda assinou ordens para a ampliação do abastecimento de água, construção da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Elisa Marques de Assis, e a implantação da Central de Oportunidades.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Pousada da Paixão

14/10


2021

PE tem R$ 61 mi parados em conta, diz Priscila Krause

A deputada estadual Priscila Krause (DEM) questionou o governo de Pernambuco, durante a sessão plenária de hoje, a respeito da existência de mais R$ 61,0 milhões parados em contas do Fundo Estadual de Segurança Pública e de Defesa Social de Pernambuco (FESPDS), recursos até aqui não utilizados, repassados há mais de um ano pelo governo federal para a realização de uma série de programas, obras e ações no âmbito das políticas de segurança pública estaduais. Entre as ações que seriam realizadas com esses recursos estão a implantação do boletim de ocorrências integrado da Secretaria de Defesa Social, a modernização tecnológica da Polícia Militar, a reforma do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (CIODS) e a instalação da Policlínica da Polícia Civil de Pernambuco, por exemplo.

De posse de dois extratos de contas investimentos do Banco do Brasil, datados de julho deste ano, a parlamentar anunciou que já solicitou uma audiência com o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Humberto Freire, para entender a situação e buscar soluções para que o Estado não perca os recursos, que precisam ser utilizados até 2022.

“Criamos o Fundo Estadual de Segurança Pública através de projeto votado aqui na Assembleia em 2019 justamente para que os recursos das loterias repassados pelo Fundo Nacional, uma ação capitaneada pelo ex-ministro Jungmann, pudessem ser utilizados. Não faz sentido precisarmos de investimentos em segurança, termos recursos e simplesmente esse dinheiro ficar parado numa conta bancária”, explicou Priscila. Desde 2020, quando o Ministério da Justiça e Segurança Pública fez três repasses ao Fundo Estadual (junho, julho e dezembro), totalizando R$ 65,4 milhões, foram efetivamente utilizados R$ 6,14 milhões. Parado em conta, o dinheiro rende juros que entram como nova receita (patrimonial).

De acordo com a parlamentar, a maior preocupação diz respeito aos prazos para utilização da verba, que é carimbada, ou seja, só pode ser utilizada conforme os termos de adesão firmados entre o governo de Pernambuco e o Fundo Nacional de Segurança Pública. Desde 2019, Pernambuco pactuou quatro termos, que incluem ações em dois eixos: Enfrentamento à Criminalidade Violenta e Valorização do Profissional de Segurança Pública. Conforme os termos, o prazo de utilização dos recursos referentes a 2019 terminam dois anos após os repasses (junho e julho de 2022), enquanto aqueles firmados em 2020 têm prazo para utilização até 31 de dezembro do ano que vem.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

SESC Outubro 2021

14/10


2021

Paulo anuncia mais investimentos no Plano Retomada

O governador Paulo Câmara anunciou, hoje, mais ações e investimentos previstos no Plano Retomada para a Mata Sul. Pela manhã, ele esteve em dois municípios. Em Amaraji, autorizou a recuperação e implantação da sinalização da PE-063, que segue até Escada e obras de restauração da PE-071 – entre Amaraji e Chã Grande – e da PE-058, que liga a cidade ao município de Pombos, além da liberação de recursos para o projeto do acesso ao distrito de Demarcação. Somando as obras nas cidades de Amaraji, Primavera e Ribeirão, os investimentos são da ordem de R$ 39,2 milhões.

“São obras pedidas há muito tempo e que agora nós temos condições de tirar do papel, em parceria com a prefeitura. Nós vamos cuidar da infraestrutura, vamos fazer as estradas que a população de Amaraji pede e que vão garantir o ir e vir das pessoas. Vamos realizar o sonho de construir a estrada até Demarcação, que vai trazer segurança e ajudar o município a se desenvolver. Sem contar as estradas que já existem, onde vamos reforçar a sinalização e a conservação. Vamos fazer o que precisa ser feito”, destacou Paulo Câmara.

Em Amaraji, o governador também autorizou as obras da Estação de Abastecimento de Água dos bairros Alice Batista e Recanto dos Pássaros, estimadas em R$ 867.296,18, beneficiando 22.870 habitantes; anunciou a licitação para cobertura da quadra da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Antônio Alves de Araújo e um convênio, por meio do Programa Educação Integrada, com a Escola Municipal São José da Boa Esperança.

Outro convênio foi assinado para reforma do mercado público e do açougue municipal, assim como um termo de compromisso para implantação da Central de Oportunidades de Pernambuco (COPE), beneficiando aproximadamente seis mil pessoas. Por fim, foram liberados R$ 194 mil para implantação de uma cozinha comunitária, com capacidade de oferecer 200 refeições diárias, além de um convênio, no valor de R$ 750 mil, para pavimentação de ruas e implantação de coberta da Rua Raul Araújo e Silva.

Em seguida, o governador esteve em Primavera, onde foram liberados R$ 56 mil para elaboração de projeto e obra da APE-010, no acesso à Cachoeira do Urubu, e autorizada a execução do projeto de duplicação da ponte sobre o Riacho Aurora, que dá acesso à cidade, com investimento de R$ 500 mil.

O governador também liberou R$ 100 mil para a ampliação do abastecimento, com assentamento de adutora para interligação ao reservatório Alto da Barra e atendimento do Residencial Primavera. Ao todo, 2,8 mil pessoas serão beneficiadas. Ele autorizou ainda a licitação para construção da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Elisa Marques de Assis, com orçamento estimado em R$ 10 milhões, e anunciou a implantação da Central de Oportunidades. Por fim, foram liberados R$ 32,5 mil para o Centro de Assistência Social (CRAS).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes Agosto 2021

14/10


2021

Caruaru: Feirantes denunciam esgoto ao lado do mercado

A Secretaria de Serviços Públicos e Sustentabilidade da Prefeitura de Caruaru, no Agreste, fechou a estrutura do Mercado de Carne, no Parque 18 de Maio, no último sábado, para fazer uma reforma no local. Os comerciantes foram transferidos para um espaço temporário em frente ao antigo mercado.

Porém, alguns dos comerciantes transferidos enviaram ao blog, na tarde de hoje, imagens e queixas sobre a qualidade do novo local. Segundo eles, a área não tem ventilação e, ao lado do galpão, corre um canal a céu aberto, onde há esgoto putrefato, o que faz o cheiro no ambiente ser insuportável. Os feirantes estão revoltados. Com a palavra, a Prefeitura de Caruaru.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

Publicidade

Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Opinião

Publicidade
Apoiadores
Parceiros