Ipojuca 2021

11/04


2021

Ministro do Turismo me parabeniza pelos 15 anos do blog

Quinze anos não são 15 dias. Poucos conseguem chegar com a credibilidade que você conseguiu, meu amigo Magno Martins. Meus parabéns, que Deus te acompanhe e te guie sempre, vivamente!

Gilson Machado Neto, ministro do Turismo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina abril 2021

11/04


2021

Hugo Esteves cumprimenta blog pelos 15 anos


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

11/04


2021

Mendonça também parabeniza este blog

Magno, parabéns pelos 15 anos do seu Blog. O seu Blog representa um espaço em defesa da verdade, do contraditório e dos valores democráticos! Graças à coragem de jornalistas como você, Pernambuco pode se orgulhar da sua história, sendo um dos estados mais politizados do Brasil.

Mendonça Filho, ex-ministro da Educação


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes 2021

11/04


2021

Quinze anos, quinze palavras

Amado, odiado, parcial, imparcial, verdadeiro, mentiroso, consequente, inconsequente, inteligente, ignorante, malvado, maligno, maugno, afável, amigo, inimigo, etc.

Seja qual for a palavra que você for buscar no vocabulário da nossa língua para definir o jornalista Magno Martins, existe uma que não pode faltar para definir o seu blog, que hoje completa 15 anos: VIRTUDE. Faz uma década e meia que o blog do Magno participa da cena política nacional como sujeito da oração.

Podem falar o que quiser dele, mas poucos têm tanta informação como ele. E quando escreve com o coração, é o poeta que deixa transpirar Louro do Pajeú, Rogaciano Leite, Valdir Teles, enfim, a fina poesia que nos faz chorar.

Silvio Costa 
Ex-deputado federal


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/04


2021

Bahia programa operar VLT aéreo no começo de 2022

Por Fernando Castilho*

Na última quinta-feira (8), o governador da Bahia, Rui Costa, recebeu, simbolicamente, o primeiro veículo do futuro sistema de VLT de Salvador, o SkyRail Bahia saído da linha de produção, na cidade de Shenzhen, na China, que o governo está construindo numa PPP com a companhia BYD Company Limited que deve opera-lo já no primeiro semestre do ano que vem. 

O SkyRail Bahia é uma nova linha de transporte urbano com 25 estações, cobrindo uma extensão total de 23,3 km. Ela será conectada ao metrô existente na Bahia para formar uma ampla rede de transporte público. O sistema foi customizado para atender a diversos padrões técnicos extremamente rigorosos pela topografia de Salvador e deve transportar até 600 mil passageiros quando estiver operando.

O equipamento foi construído na sede da BYD, na China, e será o primeiro skyrail sobre o mar do mundo. O VLT do Subúrbio é fruto de uma parceria público-privada entre o Governo da Bahia e a Skyrail Bahia, empresa responsável pela implantação e operação do VLT. No total, estão sendo investidos cerca de R$ 2,5 bilhões na construção do sistema. 

O projeto foi licitado em 2019 e começou a ser construído ano passado. Os trilhos elevados não ocupam a superfície das ruas, o que significa que o espaço abaixo deles ainda pode ser reconstruído em áreas para pedestres, e sua posição elevada os mantém livres de inundações. Ele será conectado as estações de metrô de Salvador ampliando o raio de ação na capital da Bahia. 

Além de oferecer transporte público confortável, terá o discurso de baixo carbono e eficiente para os residentes, a expectativa é que o SkyRail também ajude a atrair novos negócios e visitantes para a área, auxiliando os esforços do governo para impulsionar o turismo local já que será primeira linha SkyRail do mundo parcialmente construída acima do mar. 

Com um raio de viragem mínimo de 45 metros e capaz de escalar gradientes de 10%, o SkyRail terá parte dele sob uma faixa sobre o mar. Também vai ajudar a reduzir a pressão no sistema na área central eliminando parte do luxo de ônibus. 

O SkyRail Bahia foi especialmente personalizado para atender às regulamentações e necessidades locais, como a primeira linha SkyRail do mundo construída para o mercado internacional que a companhia chinesa pretende ocupar na América do Sul.

Os veículos apresentam um projeto que fornece excelente acessibilidade e as grandes janelas em ambos os lados oferecem vistas amplas para uma experiência de trânsito agradável. 

Classificado como veículo leve de transporte do tipo monotrilho, o VLT funcionará com base em 25 paradas em duas linhas, beneficiando cerca de 600 mil pessoas que vivem na região do Subúrbio. O modal trará agilidade e conforto aos passageiros por meio de um sistema composto por carros elétricos e energia 100% limpa, desenvolvido pela Skyrail Bahia. 

O governo do estado avançou no processo de construção da Expansão Sul da Linha 1 do metrô de Salvador, estudo de demanda nesta etapa para a instalação do trecho que ligará a Lapa até a Barra. O projeto prevê duas estações, uma no Campo Grande e outra próxima ao Shopping Barra.

*Jornalista. Titular da coluna JC Negócios, do Jornal do Commercio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

11/04


2021

Poesia para os 15 anos do Blog

BLOG DO MAGNO – 15 ANOS

Por Ademar Rafael Ferreira*

Magno Martins no Jornal
Escrito fez o seu teste
Iniciou com matérias
Sobre o sertão do Nordeste
Trazendo a tenacidade
Do nosso “cabra da peste”.

Mandado pra Centro-Oeste
Depois de aprovação
Com as matérias que fez
Do litoral ao sertão.
Da sucursal em Brasília.
Assumiu a direção.

Mas como tinha visão
Que apontava o futuro
Criou o BLOG DO MAGNO
Deu sangue, trabalhou duro
Percebeu antes de muitos
Qual era o porto seguro.

Com a solidez do muro
D’uma antiga fortaleza
Logo alcançou o sucesso
O blog virou empresa
A coragem é seu ataque
Verdade, sua defesa.

Incomoda a realeza
Porque defende a verdade
Lutou contra tudo e todos
Ganhou credibilidade
É referência num mundo
Onde impera a falsidade.

Tem como realidade
Após uma década e meia
A fama de destemido
Que não teme cara feia
Que quem comete deslizes
Todo dia ele aperreia.

A verdade é sua aldeia
Condena a corrupção
Quinze milhões de acessos
Ostenta com exatidão
Enfrentando poderosos
Defendo o cidadão.

O menino do sertão
Tem o reconhecimento
Com jornalista sério
Que dedica cem por cento
Do seu tempo ao jornalismo
Com isenção e talento.

Por isto neste momento
Merece comemorar
O pódio que conquistou
E o primeiro lugar
Hoje está na liderança
Da sua perseverança
GASTÃO pode se orgulhar.

*Leitor assíduo do Blog e ouvinte do Frente e Frente


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wildes Jackson Lopes

Jornalista testado e aprovado. Resultado de muito trabalho, garra e perspicácia. Parabéns, Magno.


Anuncie Aqui - Blog do Magno

11/04


2021

Armando me felicita pelos 15 anos do Blog

Caro Magno,

Receba o testemunho de meu reconhecimento ao trabalho sempre marcado pelo pioneirismo, coragem e compromisso com a boa informação. Vida longa ao blog.

Abraço,
Armando Monteiro Neto


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

11/04


2021

FAP Araripina promove 1º vestibular de Medicina

A Faculdade Paraíso, em Araripina, realiza seu primeiro vestibular do curso de Medicina hoje. São 50 vagas ofertadas neste momento.

A instituição de ensino superior recomenda aos candidatos que organize os documentos, sigam os protocolos de proteção ao novo coronavírus, utilizando máscara, álcool em gel e respeitem o distanciamento social.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/04


2021

Centenário de Potiguar Matos

Por Carlos Sinésio*

Neste domingo de outono, faz 100 anos do nascimento do jornalista, historiador, professor, escritor e acadêmico pesqueirense Potiguar de Figueirêdo Matos, de quem tenho orgulho de ser conterrâneo. Não estivéssemos vivendo uma época de tão grave pandemia do novo Coronavírus, certamente algumas instituições estariam celebrando o centenário do pernambucano que dedicou mais de 50 anos da sua vida à área da educação. 

Era bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais e em História. Escreveu e publicou diversos livros de poesia, ensaios e discursos. Membro da Academia Pernambucana de Letras (APL), Potiguar nasceu em 11 de abril de 1921 e faleceu no Recife, no dia 19 de fevereiro de 1996. Iniciou no jornalismo na sua terra natal ainda adolescente, no extinto jornal A Voz de Pesqueira, nas décadas de 1930 e 1940. Entre os anos de 1976 e 1996 foi editorialista do Diário de Pernambuco. 

Professor em vários colégios e faculdades recifenses, como o Nóbrega, o Salesiano, a Escola Técnica Federal de Pernambuco, as Universidades Católica (Unicap), Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Faculdade de Filosofia do Recife (FAFIRE) e Faculdade de Formação de Professores de Nazaré da Mata. Um dos seus alunos foi o ex-governador Roberto Magalhães. 

Como se não bastasse, foi presidente da Casa do Estudante de Pernambuco e o primeiro e único reitor leigo da Unicap até hoje, cargo que lhe deu bastante notoriedade. Entre 1972/1975, ocupou a presidência do Serviço Social Agamenon Magalhães. Ele também foi chefe do Departamento de História da UFPE (1976/1980) e diretor do Arquivo Público de Pernambuco (1991/1996).
Fundador do Centro de Estudos de História Municipal (CEHM) da antiga FIAM e hoje ligado à Agência Condepe/Fidem, fez parte dos Institutos Arqueológicos, Históricos e Geográficos do Brasil e de Pernambuco. Entre 1994/1996, foi também presidente do Conselho Municipal de Cultura, no Recife.

O também pesquisador José Florêncio Neto, ex-aluno e amigo pessoal de Potiguar, planeja promover um seminário para debater a obra e fazer uma homenagem justa ao conterrâneo. Mas isso somente deverá ocorrer quando a pandemia permitir a realização de eventos presenciais com mais segurança. 

Espera-se que algumas instituições por onde o historiador passou também sigam esse caminho, como forma de reconhecer e valorizar os serviços prestados a Pernambuco pelo jornalista. A Prefeitura de Pesqueira não deve deixar de fazer alguma homenagem ao filho ilustre da cidade que tanto amava.

Por tudo que Potiguar Matos fez pela cultura e pela educação de várias gerações, merece ser lembrado e homenageado, não apenas pelos conterrâneos pesqueirenses, mas pelos pernambucanos que valorizam as pessoas que, de alguma forma, deram grande contribuição para o desenvolvimento do Estado nas mais diversas áreas.

Bibliografia: “A Face na Chuva” (artigos e crônicas); "Da História Americana - Possíveis Sugestões em Torno de uma Interpretação Pragmática"; "História - O Problema da Natureza"; "Considerações à Margem de um Humanismo"; "Em Torno de uma Teoria do Simbolismo"; "Gilberto Freyre, Historiador"; "Exercícios de História - Alguns Temas Sugestivos"; "Cultura Luso-Brasileira e Ecumenismo"; "Atualidade dos Estudos Históricos"; "Clube Internacional do Recife - Um Século de História"; "A Face e o Tempo" (Prêmio de Poesia Othon Bezerra de Mello, da Academia Pernambucana de Letras, 1982); "Gente Pernambucana"; "Gilberto Freyre - Presença Definitiva"; "Canto do Efêmero" e "Os Ventos de Agosto".

*Jornalista pesqueirense


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/04


2021

O dia em que o Recife recebeu a visita de um santo

Da coluna de João Alberto

No dia 7 de julho de 1980, às 15h45, João Paulo II chegava à Base Aérea do Recife, a bordo do avião da Força Aérea Brasileira, na primeira e única visita de um Papa a Pernambuco. Mais do que isto: foi o primeiro santo a estar no nosso estado, pois foi beatificado em 2014. Foi recebido pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom Hélder Câmara e pelo governador Marco Maciel. A bordo de um Papa Móvel, construído pela Imperial Diesel, que era concessionária Mercedes Benz no Recife,  seguiu pela Mascarenhas de Morais, General Mac Arthur, Antônio Falcão, Avenida Boa Viagem, Antônio de Góis, ponte do Pina até chegar ao Viaduto Joana Bezerra, um percurso de 24 quilômetros, que demorou uma hora e meia, com o carro a 20km por hora e uma multidão incalculável em todas as ruas, saudando o pontífice.

Na Avenida Boa Viagem, um espetáculo inesquecível, com as pessoas nos prédios acenando lenços brancos para saudá-lo. No viaduto (que durante alguns anos se chamou Viaduto do Papa) foi armado uma enorme estrutura, com um altar, onde ele celebrou a missa e um camarote, para 100 convidados, entre autoridades civis, militares e religiosas. Fui um dles e não esqueço da emoção de estar bem junto do Papa, mesmo não tendo a chance de beijar seu anel, como muitos conseguiram. A liturgia da missa foi organizada pelo padre José Augusto Rodrigues Esteves, pároco da Matriz de São José.

Na Missa, ficaram célebres suas palavras dirigindo-se ao arcebispo: “Dom Hélder, irmão dos pobres e meu irmão”. Na época, pensava-se que depois da declaração, Dom Helder seria nomeado cardeal, o que nunca aconteceu. Por razões que a própria razão desconhece. Já no aeroporto, o papa tinha dado um abraço carinhoso em Dom Helder e beijado sua testa.

Depois da Missa, o Papa seguiu para o Palácio dos Manguinhos, sede da Arquidiocese, onde foi à sacada falar para as pessoas que se aglomeram em frente. Já havia a fama de que João Paulo II gostava muito de doces e não abria mão deles nas refeições e Dona Fernanda Dias levou para o papa um bolo de frutas, preparado pela Casa dos Frios, que fica bem em frente e que também havia preparado o jantar.

O quarto em que o papa dormiu era extremamente simples, como ele havia pedido. No dia seguinte, ele se levantou cedo, celebrou uma missa pessoal, tomou café e seguiu para o aeroporto, para pegar o avião para a Teresina, a nova escala da sua visita ao Brasil, que durou 12 dias e teve visitas a Brasília, onde foi recebido pelo presidente João Figueiredo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Aparecida, Porto Alegre, Curitiba, Manaus, Recife, Salvador, Belém, Teresina e Fortaleza. Ao todo, percorreu 14 mil quilômetros. João Paulo II esteve quatro vezes no Brasil. Ele foi um grande peregrino: no seu papado de 26 anos, visitou 129 países.

A visita ao Papa reuniu no Recife, 500 mil pessoas, tendo atraído pessoas de vários estados do Nordeste, a começar de muitos bispos, padres e freiras, e transcorreu sem problemas para os 300 policiais responsáveis pela segurança. Tivemos apenas o atendimento a pessoas que passaram mal. A visita foi numa segunda-feira, que foi considerada feriado para que as pessoas pudessem participar da visita do Papa.

Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife recorda bem da visita. Na época, ele era monge no Mosteiro de São Bento e seguiu a pé, de Olinda até o Joana Bezerra para acompanhar, a Missa no meio da multidão. Depois, ele esteve três vezes com João Paulo II; em 2001, no Castel Gandolfo e no Vaticano, quando se tornou bispo auxiliar do Recife. No ano seguinte, esteve num encontro de bispos, quando cantou o “João de Deus” e fez um discurso para ele. Já naquela época, confessa, tinha certeza que estava diante de um santo, o que acabou sendo realidade. Hoje, Dom Fernando confessa que é devoto do Santo João Paulo II.

Outra curiosidade da visita: naquele dia, oito crianças que nasceram em maternidades do Recife ganharam o nome de João Paulo. Hoje, eles têm 41 anos. Conheci um deles, advogado, que me contou a origem do seu nome.

Estive outra vez com João Paulo II, junto com Jarbas Vasconcelos, que, então governador do estado, visitou no Vaticano, o sumo pontifícia já muito debilitado, mas que falou a palavra Recife, certamente recordando a forma carinhosa como foi recebido na nossa cidade. E pude beijar o anel papal, uma experiência marcante na minha vida.

Foi uma visita que durou poucas horas, mas que ficou marcado na vida de milheres de recifenses, que tiveram a chance de estar perto de um santo da Igreja Católica.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Wildes Jackson Lopes

O segundo. O primeiro foi esse baixinho do lado do papa. Sempre ao lado dos mais pobres, como o Cristo ensinou.