Blog do Magno 15 Milhões de Acessos

13/01


2021

Servidores de Buíque protestam contra salários atrasados

Os servidores municipais da Prefeitura de Buíque foram às ruas, na manhã de hoje, para cobrar o pagamento da folha salarial de dezembro. Antes da manifestação, o prefeito Arquimedes Valença (MDB) se reuniu com os representantes do sindicato e secretariado.

No encontro, o gestor expôs as dificuldades financeiras que encontrou e se propôs a dividir o pagamento em três parcelas, a serem pagas em fevereiro, março e abril, ou quitar integralmente até 10 de fevereiro, caso haja disponibilidade de recursos. Em assembleia, os servidores optaram por aceitar a proposta de pagamento integral, sob o risco de deflagrar greve até que haja a efetuação.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2021

Manaus diz que não irá liberar escolas para o Enem

A Prefeitura de Manaus decidiu não liberar as escolas municipais para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que tem a primeira prova marcada para este domingo (17) – o segundo dia de avaliação está previsto para a semana seguinte, dia 24. No total, 38 escolas seriam cedidas para a realização das provas. As informações foram divulgadas hoje.

A medida de não liberar escolas municipais, segundo o secretário da Educação Pauderney Avelino, visa evitar aglomerações nas unidades de ensino e a propagação da Covid-19. Ainda conforme o poder municipal, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) enviou ao Ministério Público Federal (MPF-AM) um ofício com os motivos da não liberação.

Ontem, A Justiça Federal em São Paulo negou o pedido de adiamento das provas. As datas foram mantidas, mas ficou decidido que cabe aos municípios, a depender da situação epidemiológica da cidade, impedir a realização do exame – se isso acontecer, o Inep terá que reaplicar a prova.

O documento da prefeitura de Manaus também pede o adiamento da prova. “É uma temeridade, sobretudo nesse momento. Hoje é dia 13. A prova será daqui a quatro dias e sabemos que a situação de Manaus em relação a pandemia não vai acalmar até lá. Abrir as escolas para o Enem representa aglomeração na frente e no interior delas. Enviamos as nossas razões ao Ministério Público e também sugerimos que o Enem seja adiado”, informou o secretário Pauderney Avelino.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

13/01


2021

Alepe aprova prorrogação do estado de calamidade em PE

A prorrogação, por 180 dias, do estado de calamidade pública em Pernambuco e nos municípios, foi aprovada pelas Comissões de Justiça, de Finanças e de Administração Pública, hoje. Dos 184 municípios pernambucanos, 173 tiveram seus pedidos aprovados nos colegiados.

Os outros 11 ainda não encaminharam a solicitação, o que poderá ser feito até o mês de fevereiro, de acordo com o presidente da Comissão de Justiça, Waldemar Borges, do PSB. São eles: Altinho, Araripina, Casinhas, Cedro, Ipubi, Machados, Mirandiba, Orobó, Ouricuri, Pombos e São José do Belmonte.

Amanhã, os decretos que prorrogam serão votados na no plenário da Alepe em reunião remota marcada para às 10 horas.

Relator dos projetos na CCJ, o deputado Tony Gel (MDB) espera que essa a pandemia seja controlada dentro dos próximos seis meses e que essa seja a única prorrogação. “Torcemos para que haja uma liderança nacional no trabalho de imunização da nossa população, que haja juízo em Brasília e em outras administrações para que não politizemos essa pandemia. O Brasil precisa voltar ao seu ritmo de crescimento e desenvolvimento”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

13/01


2021

PP anuncia apoio a Rodrigo Pacheco no Senado

O PP anunciou, hoje, apoio à candidatura de Rodrigo Pacheco (DEM-MG) à Presidência do Senado. Pacheco é o candidato do presidente do Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e também conta com a simpatia do Palácio do Planalto.

Além do PP e do DEM, Pacheco conquistou até o momento o apoio do PSD (11 senadores), PROS (3), PT (6), Republicanos (2), PSC (1) e PL (3). “A bancada do Progressistas no Senado Federal, em reunião na manhã desta quarta-feira, decidiu apoiar a candidatura do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) à presidência da Casa nas eleições que se aproximam”, informou o presidente do partido, senador Ciro Nogueira (PP-PI).

“Acreditamos que o senador Rodrigo Pacheco se identifica com os anseios progressistas de unificar o Senado Federal em torno de projetos que vão garantir a retomada do crescimento econômico do país pós-pandemia e as reformas de que o Brasil precisa.”, acrescentou.

Pacheco deve ter como principal adversária na disputa a senadora Simone Tebet (MDB-MS). O MDB confirmou nesta terça-feira (12) a candidatura de Tebet. Se eleita, ela será a primeira mulher à frente do Senado. A eleição será no início de fevereiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2021

Gonzaga Patriota lamenta fechamento da Ford

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB), lamentou a decisão da Ford de encerrar a produção de veículos no Brasil, após um século. A fabricante já havia fechado as portas em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, agora vai fechar as demais fábricas em Camaçari (BA), onde produz os modelos EcoSport e Ka; em Taubaté (SP), que produz motores e, em Horizonte (CE), onde são montados os jipes da marca Troller. Segundo Patriota, essa decisão terá um grande impacto social e econômico para o Brasil.

“No um momento em que lutamos para diminuir o índice de desemprego no país, receber essa notícia que a Ford vai fechar as suas fábricas e encerrar sua produção de carros no país, nos deixa ainda mais preocupados, pois essa decisão afetará milhares de famílias e o impacto econômico será grande para o Brasil”, avaliou o socialista.

Ainda, segundo o parlamentar, o fechamento da Ford demonstra a falta de incentivo e de interesse do Governo Federal. “Perder esse grande investimento é um alerta, pois demonstra que algo está errado e precisa ser analisado. Precisamos investir mais na segurança jurídica e em um sistema tributário racional, implantar medidas para melhorar o ambiente de negócios para que as empresas tenham segurança e invistam seu capital no nosso país”, comentou Patriota.

Motivos da decisão – Em comunicado divulgado para a imprensa, a fabricante diz porque a decisão foi tomada “à medida em que a pandemia de Covid-19 amplia a persistente capacidade ociosa da indústria e a redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas”.  A montadora afirmou que “desde a crise econômica em 2013, a Ford América do Sul acumulou perdas significativas” e que a matriz, nos Estados Unidos, tem auxiliado nas necessidades de caixa, “o que não é mais sustentável”. A montadora citou ainda a recente desvalorização das moedas na região, que “aumentou os custos industriais, além de níveis recuperáveis”, e mencionou a pandemia e a ociosidade nas linhas de produção, “com redução nas vendas de veículos na América do Sul, especialmente no Brasil”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

13/01


2021

Marília ensaia apoio à Raquel em 2022

A deputada federal Marília Arraes (PT), que disputou o segundo turno da eleição majoritária do Recife em 2020, acenou para a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), quanto a uma possível candidatura da tucana ao Governo do Estado. Em entrevista à Rádio Liberdade, hoje, a petista disse: "Pode ser que Caruaru tenha uma governadora em 2022. Vamos ver o que acontece."

Para Marília Arraes, chegou o momento das mulheres tomarem o protagonismo do cenário político de Pernambuco. Ainda durante a entrevista, ela aproveitou para fazer um balanço de sua atuação no ano passado na Câmara dos Deputados, além de falar sobre o cenário pandêmico. 

"2020 foi de muito aprendizado. Trabalhamos duro no plano nacional e local para ouvir as demandas da população e lutar pelos direitos e conquistas e buscar avanços. Vamos aproveitar toda essa experiência positiva para continuar trabalhando por Pernambuco. Tivemos muitos embates com o Governo Federal, que insiste em manter uma postura negacionista em relação a pandemia. Um dos primeiros projetos que pedia o auxílio emergencial, por exemplo, foi de minha autoria", comentou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2021

João assume Lira e Câmara lava as mãos

O candidato governista à presidência da Câmara dos Deputados, Artur Lira (PP-AL), deixou, há pouco, o encontro com o governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, João Campos, ambos do PSB, no Palácio das Princesas, sem o apoio explícito do governador e aberto e declarado de João. Enquanto o governador disse apenas que ia respeitar a decisão de cada parlamentar, João foi incisivo. Afirmou que ia pedir votos para Lira aos deputados do PSB.

Mas tem que começar primeiro pelo seu suplente, que acabou de assumir sua vaga na Câmara, Milton Coelho, que já declarou voto para Baleia Rossi, candidato do MDB, oponente de Lira. O Avante também esteve presente ao encontro, com o presidente nacional da legenda, Luiz Tibe (MG), e o deputado Sebastião Oliveira, na foto ao lado de Dudu da Fonte, do PP.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jornao O Poder

13/01


2021

Lira pede votos do PSB a Câmara e João

Embora o PSB esteja no bloco de oposição ao Governo Bolsonaro, o candidato oficial do Planalto à Câmara dos Deputados, Artur Lira (PP-AL), esteve, há pouco, com o governador Paulo Câmara pedindo empenho da sua parte para que os deputados socialistas da bancada do Estado apoiem sua candidatura. Câmara é adepto do projeto de  Lira, assim como o prefeito do Recife, João Campos, ex-deputado federal, que também participou do encontro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/01


2021

Governo de PE nega licença à delegada Patrícia

A delegada da Polícia Civil de Pernambuco Patrícia de Oliveira Domingos, que concorreu à Prefeitura do Recife em 2020, teve o pedido de licença indeferido. A solicitação foi negada pelo gerente geral Administrativo e Financeiro de Pessoal do Estado, Enéias Ferreira Leite de Oliveira, conforme publicado no Diário Oficial, hoje.

Para chegar a essa decisão, Enéias se baseou em notas técnicas da Polícia Civil e da Secretaria de Administração de Pernambuco, pesando o fato de a delegada responder a processo administrativo. Além disso, houve o entendimento de que ela poderia dificultar o andamento desse processo.

De acordo com apuração do Blog, Patrícia requereu licença por dois anos, com possibilidade de prorrogação de mais um, sem remuneração. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores