Nova Orla Jaboatão

29/04


2012

Lei Seca: capitão do Exército preso após atropelar PM

O capitão do Exército Edmar Tadeu de Souza Pereira foi preso na madrugada deste domingo após atropelar um policial militar durante blitz da Operação Lei Seca, no Rio de Janeiro. Ao ser abordado pelos agentes, o capitão acelerou o carro e atingiu o PM que participava da operação, segundo informou, por meio de nota, o Palácio Guanabara, sede do governo fluminense. Ele foi preso e encaminhado para a 21ª Delegacia Policial, em Bonsucesso, na Zona Norte da cidade, onde responderá a inquérito criminal. O PM o passa bem e fará exame de corpo delito nas próximas 72 horas.(Informações do jornal Correio do Brasil)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina Julho 2

29/04


2012

Novas escutas complicam Perillo, Cabral e Mendes

 O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), mandava recados para o chefe da organização criminosa chefiada pelo bicheiro Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, por intermédio do senador Demóstenes Torres (ex-DEM). Os negócios da quadrilha não se resumiam ao império dos jogos de azar no Centro-Oeste do país, mas chegavam até o Supremo Tribunal Federal. À série de documentos vazados para jornais e revistas, que começou a ser divulgada logo após a prisão de Cachoeira, há três semanas, foi acrescentada, neste sábado, uma nova leva de escutas.

A influência exercida por Demóstenes junto a altas patentes do Superior Tribunal Federal era usada na tentativa de influenciar decisões das cortes mais altas do país. Nos quatro minutos de diálogo, gravados no dia 16 de agosto do ano passado, Cachoeira e Demóstenes falavam sobre a queda de Wagner Rossi (PMDB) do Ministério da Agricultura e sobre o ex-ministro José Dirceu (PT), até que o nome do ministro Gilmar Mendes foi à tona, em um processo a que responde a Companhia Energética de Goiás (Celg). Cachoeira comemorava a decisão do ministro favorável à companhia. ‘’ Conseguimos puxar aqui para o Supremo uma ação da Celg aí. Viu? O Gilmar mandou buscar, deu repercussão geral pro trem aí’’,  lembra Demóstenes.(Informações do jornal Correio do Brasil)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose silva antonio

ISSO E UMA VERGONHA QUE OPOSIÇAO VERGONHOSA NUMCA VISTA NA HISTORIA DESSE PAIS ESSA E A ELITE QUE QUER VOLTAR A GOVERNAR ESSE PAIS XOU COISAS RUINS


Pousada da Paixão

29/04


2012

Mais de dez Estados nos tentáculos da quadrilha

DO BLOG DO RIELLA

Os tentáculos da quadrilha de Carlinhos Cachoeira atingiram mais de dez estados (incluído o DF), além de áreas estratégicas do Governo Federal. Esta é uma informação que somente este blog tem a coragem de afirmar, pois a chamada grande imprensa prefere comer o bolo fatiado: uma hora fala de Goiás, outra do DF, e agora do Rio. Mas o pacote é muito maior, quase nacional.

Carlinhos Cachoeira, se não fosse traído pela excessiva confiança nos radinhos Nextel, teria montado uma agência de corrupção que cobriria todo o Brasil, tornando-se um verdadeiro imperador. É um megalomaníaco ou um jogador inveterado, que nunca está satisfeito com nenhum resultado.

Só este blog afirma, também, que a Polícia Federal levou mais de um ano gravando Carlinhos e sua troupe, tendo cerca de 38 mil horas de gravações acumuladas. O que apareceu é só a pontinha.

E o blog, audacioso, meio alucinado, tem afirmado que o poder de fogo de Cachoeira ultrapassa os Rr$ 10 bilhões. Pensando bem, se você – leitor – começar a somar o que saiu por aí, talvez perceba que esta marca bilionária já foi ultrapassada. A quadrilha estava em tudo e não chegou mais longe porque encontrou nichos de honestidade na administração pública.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose silva antonio

AS ELITES SILENCIAM SEMPRE SAO CONTRA POBRE PRETO, MULHER,E O PT SAO NA SUA MAIORIA IGUAL ESTES DOIS DA FOTO PODEM TUDO INCLUSIVE ROUBAR SO PORQUE FAZEM PARTE DA ELITE


Ipojuca - Muro de Arrimo

29/04


2012

O ''''líder sem tropa'''' de Dilma no Senado

 Há quase dois meses no cargo de líder do governo no Senado, Eduardo Braga(PMDB-AM) ainda não conseguiu atingir o ponto de equilíbrio entre a força e o jeito na sempre complexa arte de liderar. Em uma recente audiência no Ministério da Fazenda, no anseio de fazer prevalecer seu ponto de vista no debate sobre mudanças no ICMS, Braga elevou o tom de voz a um ponto que constrangeu o ministro Guido Mantega e até a ministra Ideli Salvatti, sua madrinha de indicação. Para completar, a aparente falta de sintonia com a cúpula do PMDB rendeu a Eduardo Braga o apelido de “líder sem tropa”, como gosta de ironizar um de seus colegas de governo.(Lauro Jardim - Veja)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/04


2012

Violência: duas margens de um Rio que mudou seu curso


Crianças plantam mudas de árvores no Riocentro, diante de chefes de Estado reunidos para a Rio 92. Passados 20 anos, a muda, assim como outras plantadas na época, cresceu, enchendo de verde o lugar que sediará a nova edição da conferência da ONU sobre desenvolvimento sustentável
Foto: Terceiro / Guilherme Bastos/5-6-1992

Crianças plantam mudas de árvores no Riocentro, diante de chefes de Estado reunidos para a Rio 92. Passados 20 anos, a muda, assim como outras plantadas na época, cresceu, enchendo de verde o lugar que sediará a nova edição da conferência da ONU sobre desenvolvimento sustentávelTerceiro / Guilherme Bastos/5-6-1992

O GLOBO - ELENILCE BOTTARI E GUILHERME BASTOS

Foram 124 sequestros e 3 547 homicídios, num ano marcado ainda por arrastões, guerras entre traficantes e execução de menores de rua — só nos quatro primeiros meses de 1992, foram assassinados 167, entre crianças e adolescentes Quando o assunto é violência, a cidade que vai sediar em junho próximo a Rio+20 pouco se parece com aquela que foi o cenário Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (Rio 92) É um outro Rio que, nos últimos 20 anos, conseguiu virar uma página de sua história, derrubando a um terço, de 64,57 para 22,25 (66% a menos), a taxa de homicídios por cem mil habitantes do município.

Se a onda de violência daqueles dias provocou a fuga de empresas e o esvaziamento econômico da cidade, o Rio do novo milênio é o centro das atenções de investidores nacionais e estrangeiros. O município, no entanto, ainda enfrenta graves mazelas.Continue lendo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Caruaru Novas Creches

29/04


2012

No túnel do tempo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eleito vice-governador de Pernambuco na chapa de Miguel Arraes, em 1962, Paulo Pessoa Guerra assumiu o Governo do Estado em 1964, logo após Arraes ter sido deposto pelo regime militar. Durante o seu governo, estimilou a eletrificação rural, a industrialização do Estado e investiu em infraestrutura. Criou a Fundação do Ensino Superior de Pernamuco (atualmente Universidade de Pernambuco) e construiu o Hospital da Restauração.

Após um breve hiato na vida política, Paulo Guerra foi eleito senador, em 1970, chegando a ocupar o posto de vice-líder do governo Ernesto Geisel. Faleceu em 1977, três meses após ter seu madato de senador renovado pela via indireta. A foto é do arquivo pessoal deste blogueiro. Se você tem uma fotografia histórica e quer vê-la publicada no blog, envie para [email protected].


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

CABO

29/04


2012

Demóstenes multiplicou por quatro o patromônio

DO BLOG DE JOSIAS DE SOUZA

 A aquisição de um apartamento luxuoso, assentado em área nobre de Goiânia, multiplicou por quatro o patrimônio de Demóstenes Torres (ex-DEM-GO). Avaliado em R$ 1,2 milhão, o imóvel foi adquirido pelo senador quatro meses depois de ter sido reeleito, em 2010. O novo apartamento ocupa todo o 15o andar do Edifício Parques Imperial. Mede 701m2. Foi comprador do suplente de Demóstenes. Chama-se Wilder Moraes. É dono de uma construtora chamada Orca. Wilder era casado com Andressa Mendonça, atual mulher de Cachoeira. O advogado da construtora contou que a entrada de R$ 400 mil foi quitada por meio de um chegue assinado por Flávia, a mulher do senador. Qual é a atividade dela? Brandão não soube dizer. O restante, informa o advogado do senador, Antonio Carlos de Almeida ‘Kakay’ Castro, foi financiado pelo Banco do Brasil em 30 anos.

Deve-se a revelaçãor aos repórteres Alana Rizzo e Fábio Fabrini. A dupla conta que, na campanha de 2010, Demóstenes informou ao TSE que seu patrimônio somava R$ 374 mil. A relação de bens incluía um carro de R$ 102,4 mil, R$ 63,3 mil no banco e menos de R$ 10 mil em aplicações financeiras. Nada de imóveis.

Na eleição anterior, em 2006, Demóstenes informara que residia num sobrado de R$ 70 mil, situado em bairro de classe média da capital goiana. Ao lado da casa, havia uma área de lazer avaliada em R$ 65 mil.

Segundo Kakay, Demóstenes paga prestação mensal de R$ 9 mil. Coisa descontada no salário. Instado a exibir os contracheques, o advogado absteve-se de fornecer as cópias. Quanto à entrada, Kakay disse que foi Flávia, a mulher de Demóstenes, quem pagou os R$ 400 mil. Brandão de Souza Passos, advogado da construtora Orca, disse: “Nem sei se poderia falar isso. Nosso diretor [Wilder Morais, o suplente de Demóstenes] tava assim, com problemas conjugais.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose silva antonio

ESSA E A CARA DA OPOSIÇAO BRASILEIRA TODOS MUITOS HONESTOS


Bandeirantes Junho 2021

29/04


2012

Na China, Eduardo e Jarbas longe do rolo da prefeitura

 O governador Eduardo Campos (PSB) vai à China, no próximo dia 12, e o senador Jarbas Vasconcelos faz a mesma viagem no dia 17, informa Marisa Gibson, na sua coluna de hoje, no DP. ''''Mas não se encontram. O governador vai atrás de uma montadora de caminhão e o senador, numa missão parlamentar. Uma viagem à China soma quarenta horas de voo contando ida e volta. É um sufoco aéreo. Mas Eduardo está achando ótima essa ausência do Recife. Espera não ouvir nem uma palavra sobre a eleição para prefeito do Recife e o mesmo deve acontecer com Jarbas.''''


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

29/04


2012

Jarbas converte mais um inimigo: Sílvio Costa

Antes crítico feroz do senador Jarbas Vasconcelos(PMDB-PE), a quem  atacava constantemente e com uma virulência que ninguém ousava repetir no Estado, o deputado federal Sílvio Costa(PTB-PE) se revela agora um moderado em relação ao senador, chegando mesmo a elogiá-lo, como faz na entrevista publicada hoje no Diario de Pernambuco: ‘’Eu não criticava Jarbas. Eu não criticava a pessoa de Jarbas. Eu criticava o governo Jarbas. E eu acho que estava certo, porque, é tanto que o candidato dele que era Mendonça Filho, não se elegeu’’,  justifica Costa. O deputado petebista chega a fazer uma mea-culpa sobre o modo como fustigava Jarbas anteriormente, inclusive da tribuna da Câmara, após se eleger deputado federal, chegando mesmo a despejar suas críticas ao senador logo nos primeiros discursos.

‘’Eu não me arrependo de ter feito oposição ao governo Jarbas. Aliás, você me dá a oportunidade. Tem uma coisa de que me arrependo na vida pública. Eu me arrependo, sinceramente, de ter feito um discurso duro contra o senador Jarbas Vasconcelos na Câmara Federal. Eu não faria isso de novo’’.

Agora constantemente requisitado para entrevistas, após ser indicado membro titular da CPI do Cachoeira, juntamente com Humberto Costa, outro inimigo figadal  do  senador petebista, e o próprio Jarbas, também na CPI, Sílvio Costa faz questão de dizer sempre que Pernambuco está dignamente representado, enaltecendo Jarbas Vasconcelos como uma das reservas morais da política pernambucana.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Diego da Silva Araújo

Sou só eu ou mais alguém está vendo uma virada grotesca cheirando a fisiologismo?

antonio lopes coutinho

o senador jarbas é dos poucos expoente da política nacional, odeio jarbas mas voto nele... porque sei separar as coisas...

Wellington Antunes

Para mim não é surpresa essa mudança de comportamento, tudo pode vir desse deputado, inclusive que errou e no fundo reconhecer que não se faz política com o fígado..

joao carlos da silva

É POR ISSO E OUTRAS COISAS QUE ESTOU DECIDIDO A NÃO VOTAR MAIS EM CANALHA NENHUM. SEMPRE QUE OS INTERESSES DELES PREDOMINAM ELES SEM NENHUM CONSTRANGIMENTO SE ALIAM CONTRA O POVO. DAQUI A POUCO ELE VAI QUERER QUE JARBAS FAÇA ELOGIOS OU SE ARREPENDA DAS CRITICAS QUE FEZ AO FILHO DELE. E TUDO IGUAL.

ALMIR COSTA

O que será que Armando Monteiro pensa disso?



29/04


2012

PI: cargo da mulher do governador no TC é sob liminar

 A mulher do governador Wilson Martins (PSB), do Piauí, deputada estadual Lilian Martins, eleita para conselheira do Tribunal de Contas do Estado, chegou a essa condição mediante liminar na Justiça, cujo mérito ainda vai ser julgado. Ela  ganhou o cargo apesar do protesto contra tráfico de influência, e sua eleição repercutiu mal entre a população. A eleição fora suspensa na quarta-feira e foi realizada mediante liminar do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Edvaldo Moura. O Ministério Público Estadual recorreu ao próprio TJ-PI e ao Supremo contra a eleição. Atualmente ela é secretária estadual de Saúde. Na Assembleia Legislativa, onde Martins tem a maioria, a bancada do governo votou em peso na nova conselheira, que obteve 25 dos 30 votos.

O governador do Piaui não é o único socialista a alçar parente a um tribunal. Seguiu o exemplo do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, do mesmo partido, que fez campanha para eleger – e conseguiu – a mãe, a ex-deputada Ana Arraes, para o Tribunal de Contas da União.(Com informações de Leandro Mazzini - coluna Esplanada)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

o povo da de olho

Qual é o partido mesmo?