Ipojuca 2021 IPTU

16/04


2021

Presidente do CREF12 é denunciado por perseguição

O Conselho Regional de Educação Física (CREF12/PE), hoje sob o comando de Lúcio Beltrão, enfrenta momentos de turbulência. Segundo o grupo de conselheiros, o atual presidente, em plenária recente, ao ser solicitada a inserção de ponto de pauta contendo denúncias contra a atual gestão, negou a inclusão e exposição. Quando questionado pelos conselheiros, o presidente rebateu afirmando que quem manda no CREF12/PE era ele. 

“Autoritário, antidemocrático, inflexivo e desrespeitoso, ignorou os demais conselheiros, descumpriu o estatuto, cometendo uma irregularidade atrás da outra, cortou o microfone dos conselheiros e, como a plenária também estava ocorrendo de forma on-line, desligou deliberadamente a chamada de vídeo na cara dos 12 conselheiros que estavam de forma virtual. De forma monocrática e ilegítima, deu como aprovado todos os pontos de pauta, sem apreciação nem votação, agindo mais uma vez de forma irregular e ilegal” declarou ao blog um dos membros do conselho.

“A ata do dia 17/03/2021, que consta no site do Cref12, não condiz com a realidade dos fatos, o que pode ser facilmente comprovado por qualquer um dos presentes, exceto por sua Diretoria, que é conivente com o gestor, e insiste que houve votação da Plenária”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

gilson

Qual a razão de tanta baixaria em razão desta eleição?


Petrolina abril 2021

16/04


2021

Meu sétimo livro, o segundo de crônicas

Aos que esperaram e me cobraram: A dor da pandemia, livro que reúne crônicas escritas neste intervalo de um ano da chamada era covid-19, será lançado na próxima segunda-feira, às 19h30, por meio de uma live.

Esta primeira edição fica disponível aos leitores apenas no modelo digital. O livro impresso será lançado bem mais na frente, queira Deus, já com a população brasileira 100% imunizada deste mal do século, que nos roubou do convívio diário parentes, amigos, gente famosa, gente anônima, gente rica, gente pobre, enfim, homens, mulheres e crianças de forma indiscriminada.

Sugeri – e meus convidados aceitaram – uma live para haver interação com o público. Participarão os jornalistas José Nêumanne, do Estadão, em São Paulo, prefaciador da obra; e Paulo André Leitão, editor e responsável pela iniciativa.

Uma live bem ampla. Ao seu fim, decretarei (sem ser na forma de lei ditatorial, mas editorial) o início oficial da venda do livro. O preço é simbólico, apenas R$ 10, para cobrir as despesas de edição. Os que se dispuserem a ajudar o escriba saberão na mesma live como utilizar a ferramenta para a compra pela Internet.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ALEPE

16/04


2021

PE recebe mais 255 mil doses de vacinas contra a Covid-19

Um novo lote com 255.150 doses de vacinas contra a Covid-19 chegou a Pernambuco hoje, sendo 102.400 delas de CoronaVac/Butantan e 152.750 de Oxford/AstraZeneca.

A nova remessa vai ser utilizada para iniciar a imunização pessoas com idades entre 60 e 64 anos, como havia sido anunciado pelo governo, e também para aplicação da primeira dose em mais trabalhadores de segurança e salvamento e da segunda dose em pessoas a partir de 65 anos e trabalhadores da saúde.

As doses chegaram ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, na Zona Sul da capital pernambucana, durante a madrugada. Elas foram encaminhadas à sede do Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), onde passam por conferência antes de seguirem para as gerências regionais de saúde, que cuidam da distribuição aos municípios.

A expectativa do governo do estado é de que os imunizantes cheguem a todas as 12 gerências regionais ainda nesta sexta-feira. Cabe a cada município decidir como vai ser o calendário de imunização, de acordo com a população local. Alguns já iniciaram a vacinação de pessoas a partir de 60 anos.

Com esse novo quantitativo, a Secretaria Estadual contabilizou 2.276.080 doses de imunizantes contra a Covid-19 recebido, sendo 1.742.360 da Coronavac/Butantan e 533.720 da Astrazeneca/Fiocruz.

Na etapa atual da campanha, devem ser imunizados pessoas a partir dos 60 anos de idade, idosos e pessoas com deficiência abrigados em instituições, população indígena aldeada, povos e comunidades quilombolas tradicionais, trabalhadores de saúde e trabalhadores de forças de segurança e salvamento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bandeirantes 2021

16/04


2021

Coluna da sexta-feira

CPI vira palanque para 22

A CPI da Covid-19 deve se firmar como uma vitrine para senadores que são potenciais candidatos nas eleições do próximo ano. Dos 11 membros indicados por blocos partidários como titulares da CPI, seis podem disputar governos estaduais e dois devem concorrer à reeleição ao Senado em outubro de 2022. A CPI irá investigar ações e omissões da gestão Jair Bolsonaro na pandemia e a aplicação de verbas federais repassadas aos estados.

Foi criada após determinação do STF, medida que irritou o presidente e provocou novo desgaste na relação entre os poderes. Por tratar da pandemia da Covid-19, assunto mais relevante do país no momento, e por acontecer em um ano pré-eleitoral, a CPI tem um cenário ideal para ampliar o capital político de seus membros. Nas sessões da comissão, eles terão um espaço para demonstrar capacidade de trabalho, defender aliados e fustigar potenciais adversários nos estados.

Tradicionalmente, as CPIs com grande repercussão no Brasil costumam servir de vitrine para os seus membros. A CPI dos Correios de 2005, por exemplo, catapultou nomes como Eduardo Paes (DEM-RJ), ACM Neto (DEM-BA) e Gustavo Fruet (PDT-PR), que posteriormente elegeram-se, respectivamente, prefeitos do Rio de Janeiro, Salvador e Curitiba.

Na CPI da Covid-19, o principal membro do campo governista será o senador Ciro Nogueira (PP), que comandará a parte da tropa de choque de Bolsonaro na comissão, atuando como uma espécie de anteparo para preservar o presidente. Em meio de mandato, o senador é pré-candidato ao Governo do Piauí no próximo ano e, com o apoio de Bolsonaro, tentará romper a hegemonia do grupo do governador Wellington Dias (PT), que trabalha o nome do secretário estadual Rafael Fonteles (PT) para a sucessão.

Outro membro governista da CPI que já anunciou publicamente que pretende concorrer à eleição do próximo ano é o senador Jorginho Mello (PL), pré-candidato ao Governo de Santa Catarina. Na CPI, Mello terá a oportunidade de mirar a artilharia contra o governador afastado Carlos Moisés (PSL), que é alvo de um processo de impeachment pela compra, sem licitação, de 200 respiradores que nunca foram entregues.

Carlos Moisés foi afastado do cargo pela segunda vez em março deste ano. Desde então, quem comanda o estado é a vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido), que é aliada de Jorginho Mello. Também governistas, os senadores Eduardo Girão (Podemos) e Marcos Rogério (DEM) podem concorrer, respectivamente, aos governos do Ceará e de Rondônia em 2022. Eleito de forma surpreendente em 2018, Girão deve ser o nome da oposição no Ceará e polarizar nas urnas com o candidato da base do governador Camilo Santana (PT), ainda não definido.

Girão foi o senador que propôs e colheu assinaturas para a criação de CPI da Covid-19 para investigar estados e municípios, que acabou sendo unificada com a comissão criada para investigar o governo federal. Ao justificar sua posição de apurar estados e municípios, Girão mirou Camilo Santana e o ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT), um dos nomes cotados para disputar a sucessão no Ceará em 2022.

Dois candidatos – Dentre os sete nomes de partidos independentes ou de oposição que vão compor a CPI, dois podem disputar os governos estaduais e dois devem concorrer à reeleição ao Senado no próximo ano. Um deles é Eduardo Braga (MDB), senador em meio de mandato pelo MDB que é pré-candidato ao Governo do Amazonas no campo de oposição ao do governador Wilson Lima (PSC), que é aliado de Bolsonaro. Lima foi alvo de uma operação da Polícia Federal após a compra de respiradores considerados inadequados e com suspeita de sobrepreço por meio de uma adega importadora de vinhos de Manaus. O Amazonas também enfrentou um colapso na saúde no início deste ano, inclusive com falta de oxigênio nos hospitais para pacientes com Covid-19.

A Marília de 22 – Já o senador pernambucano Humberto Costa, com presença certa na CPI, já teria ido a Lula pedir o seu apoio para disputar o Governo de Pernambuco em 22, isso quando o ex-presidente ainda não havia sido inocentado pelo ministro Edson Fachin. Após Fachin anular todas as condenações do petista e devolvê-lo os direitos políticos, o cenário mudou. Candidato, Lula prioriza agora uma aliança com o PSB. Humberto, neste caso, tende a ser a Marília Arraes de 22, ou seja, ser trocado, como Marília foi em 2018, pelo candidato do PSB a governador.

Na disputa – Na oposição frontal a Bolsonaro, o senador Randolfe Rodrigues está em meio de mandato e pode ser candidato ao Governo do Amapá. Desde o início da pandemia, ele tem evitado falar sobre a corrida eleitoral, mas aliados afirmam que o seu nome é o mais forte da oposição para enfrentar o grupo do governador Waldez Góes (PDT). O senador Renan Calheiros (MDB) não será candidato no próximo ano, mas a CPI será a grande oportunidade para ele retomar parte do prestígio que já teve nacionalmente, sendo presidente do Senado por três vezes. Esta retomada é crucial para manutenção do poder de seu grupo político em Alagoas, onde o seu filho, o governador Renan Filho (MDB), encerra seu segundo mandato e ainda não tem um candidato natural à sucessão.

Aos jornalistas – O Senado aprovou projeto que inclui jornalistas nas atividades que podem ser registradas como MEI (Micro Empreendedores Individuais). Atualmente, jornalistas que trabalham como freelancers registram empresas, emitem notas fiscais e recolhem impostos. No entanto, a lei em vigor não dá possibilidade de que eles se registrem como MEI. Para exercer a atividade, eles devem abrir micro ou pequenas empresas comuns. Também há a possibilidade de indicarem atividades relacionadas ao jornalismo para poderem se registrar como MEI.

O barraco de Xuxa – Xuxa Meneghel está no meio de uma polêmica. Após graves acusações contra Marlene Mattos, sua ex-diretora, a loira foi acionada na polícia. A empresária decidiu recorrer e registrou ocorrência contra a ex-pupila na 42ª DP do Rio de Janeiro. De acordo com o jornal O Globo, Marlene acusa Xuxa de calúnia. A acusação da diretora foi feita com base em entrevista concedida pela “rainha dos baixinhos” à revista Veja em 27 de janeiro. Na ocasião, a apresentadora disse ter sido “roubada, enganada, usada e manipulada”.

CURTAS

ABSOLVIDOS – O Tribunal de Contas da União (TCU) absolveu a ex-presidente Dilma Rousseff e o ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci do rol de condenados pelas irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, no Texas, pela Petrobras. Ambos eram membros do Conselho de Administração da companhia na época em que a aquisição foi realizada, em 2006. A decisão foi aprovada por unanimidade.

Os sem água – Apesar das fortes chuvas, Recife, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho terão pelo menos 430 mil moradores que passarão a contar com uma redução no rodízio de água a partir da próxima segunda-feira, segundo o novo calendário de abastecimento para esses municípios divulgados pela Compesa, a pior estatal brasileira em se tratando de levar água aos consumidores.

Perguntar não ofende: Quem presta pior serviço: a Celpe ou a Compesa?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Ciro Gomes, sobre família Bolsonaro: “Se gritar pega ladrão, não fica um” Ciro Gomes voltou a chamar Jair Bolsonaro de ladrão . No Twitter, o pedetista compartilhou uma reportagem da Folha sobre as investigações que miram os quatro filhos do presidente, e escreveu: “‘Se gritar pega ladrão, não fica um, meu irmão’. O chefe da quadrilha é o pai, Jair Bolsonaro!”

marcos

Será que Lula quer vender o Triplex do Guarujá?

Fernandes

Boa Noite, sobreviventes do desgoverno bolsonarista. Manter a esperança na retomada da democracia é um ato de resistência. Esquerda Segue Esquerda. Lembrando Bolsonaro é Genocida e Ladrão!

Fernandes

No Brasil de Bolsonaro, permanecer vivo é um ato de protesto.

Fernandes

Ciro Gomes, sobre família Bolsonaro: “Se gritar pega ladrão, não fica um” Ciro Gomes voltou a chamar Jair Bolsonaro de ladrão . No Twitter, o pedetista compartilhou uma reportagem da Folha sobre as investigações que miram os quatro filhos do presidente, e escreveu: “‘Se gritar pega ladrão, não fica um, meu irmão’. O chefe da quadrilha é o pai, Jair Bolsonaro!”



15/04


2021

População de Gravatá será contemplada com UTI

O município de Gravatá, no Agreste pernambucano, disponibilizará para a sua população, de forma inédita, dez leitos próprios de UTI - Unidade de Terapia Intensiva. A instalação dos novos espaços, voltados para o atendimento que exige nível alto de atenção, já foi iniciada. A previsão é de que o local receba os primeiros pacientes nesta segunda quinzena de abril.   

Esta iniciativa, tratada como prioridade pela gestão do prefeito Padre Joselito (PSB), é fruto da parceria firmada entre o município e o Governo do Estado. A UTI, que funcionará no Hospital Doutor Paulo da Veiga Pessoa, atende a uma antiga demanda dos cerca de 85 mil gravatenses, que, atualmente, precisam se deslocar para outras cidades, em busca de tratamento apropriado. 

 Há pouco mais de três meses à frente do Poder Executivo Municipal, Padre Joselito destacou a importância da ação. “A população fez um pedido de socorro para que a cidade tivesse uma estrutura hospitalar mais equipada, que atendesse às suas necessidades, principalmente, as mais urgentes, sendo assim, não medimos esforços para tirar o projeto do papel. Agilizar o atendimento significa salvar vidas”, explicou o prefeito. 

Sobre o uso da UTI, o secretário municipal de Saúde, José Edson, esclareceu: “Investir em saúde é prioridade para a Prefeitura de Gravatá. Significa investir na qualidade de vida das pessoas, desta forma, os leitos funcionarão de forma definitiva, mesmo quando a situação da pandemia for controlada. A nossa missão sempre será trabalhar em prol de quem mais necessita.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

15/04


2021

Miguel e Gonzaga entregam tratores em Petrolina

Os agricultores da comunidade do Caroá e do Assentamento Josias e Samuel ganharam um apoio significativo para o aumento da produção. Hoje, o prefeito Miguel Coelho e o deputado federal Gonzaga Patriota entregaram dois tratores para auxiliar os produtores rurais dessas duas regiões. Os equipamentos custaram R$ 207 mil oriundos de emenda parlamentar federal.

A entrega foi realizada numa solenidade com poucos convidados: dois moradores das comunidades beneficiadas, secretários municipais e vereadores. O prefeito fez questão de agradecer ao deputado federal, que, apesar de ser filiado a um partido de oposição, o PSB, mantém parcerias com a gestão de Miguel Coelho. "Gonzaga, todos os anos, tem colocado emenda para a Prefeitura, mesmo com o seu partido tendo divergências conosco. Essa é a política que soma, que acreditamos, que trabalha pela população, sem brigas políticas, sem interesses pessoais ou partidários", elogiou. 

O parlamentar sertanejo, por sua vez, destacou a capacidade de Petrolina de enfrentar a pandemia e os efeitos econômicos, mantendo a produção alta e baixa mortalidade pelo coronavírus. "Miguel, por onde eu tenho andado, tenho me assustado. Em Brasília, em Pernambuco. Não é só problema de morrer pessoas, é também a quebradeira. Mesmo a pandemia tendo atacado por aqui, a gente vê as pessoas falarem em comprar, vender. Praticamente a gente não vê em Petrolina o que se vê no resto do país: a doença e a crise econômica", reconheceu Gonzaga Patriota.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

15/04


2021

Empresa deixa SP por ausência de incentivos fiscais

Do R7

Uma importante empresa de tecnologia vai deixar o estado de São Paulo por falta de incentivos e aumento de impostos. O setor já alertou o governador João Doria sobre os riscos de demissões e a queda nos investimentos. Em São Paulo estão 191 das 511 empresas existentes no país, juntas elas representam 75% do faturamento nacional e empregam 80 mil trabalhadores.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

15/04


2021

Deputado comemora liberação do comércio de praia

O deputado estadual Romero Sales Filho (PTB) agradeceu ao Governo do estado pela inclusão do comércio de praia entre as atividades liberadas, após o dia 26 de abril, previstas no Plano Estadual de Convivência com a Covid-19. Na Reunião Plenária de hoje, o parlamentar, que já havia defendido a medida em discursos anteriores, destacou a atuação da Prefeitura de Ipojuca nessa articulação.

O petebista registrou que 25 mil pessoas dependem do turismo, de forma direta ou indireta, na cidade. Sales Filho elogiou a gestão local pela criação do Novo Benefício Eventual Municipal (BEM), destinado a trabalhadores informais desse setor, com valor inicial de R$ 500. “É preciso dar condições para que as pessoas fiquem em casa. Agora, o medo da fome deixará de bater à porta dessas pessoas”, disse.

Ao comentar o pronunciamento feito pelo colega, a deputada Laura Gomes (PSB) afirmou que o governador Paulo Câmara possui “o sentimento de entender os anseios da população”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/04


2021

Kajuru deixa Cidadania e se filia ao Podemos

O senador Jorge Kajuru divulgou, hoje, sua filiação ao Podemos. O parlamentar, que representa o estado de Goiás, saiu do Cidadania depois que o partido pediu para que ele deixasse a legenda.

A ficha de filiação foi assinada em ato com a participação do deputado goiano José Nelto, que é líder do Podemos na Câmara. A chegada à sigla ocorre após uma polêmica em que Kajuru se envolveu ao divulgar o áudio de uma conversa telefônica com o presidente Jair Bolsonaro e pelo teor da gravação.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/04


2021

PE entra em convênio para baratear remédio

O Estado de Pernambuco foi autorizado pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) a entrar no convênio que permite a isenção de ICMS do Zolgensma, usado no tratamento da Atrofia Muscular Espinhal (AME) e conhecido como o remédio mais caro do mundo. O medicamento custa aproximadamente R$ 12 milhões, o ICMS corresponde a 17% desse valor. A decisão veio após solicitação (Ofício 133/20) do deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE), representante da causa na Câmara dos Deputados.

“Essa é uma importante notícia que deve ser celebrada. O preço desse medicamento é fora da realidade das famílias brasileiras. Continuamos nosso trabalho para que esse remédio seja fornecido pelo SUS para que as pessoas que precisam tenham acesso a ele de graça e sem precisar acionar a Justiça. A AME é uma doença rara, mas o tratamento correto aumenta as chances de uma vida normal e produtiva”, afirma Eduardo da Fonte

Para a isenção começar a valer, basta a conclusão do trâmite burocrático do governo estadual que autoriza o desconto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores