06/03


2021

Coluna do sabadão

Nomes para o Senado

Faltando ainda dois anos para as eleições de 2022, a disputa para o Senado em Pernambuco vai sendo formulada em conversas de bastidores e avaliações de cenários. Diante da quase certeza de que o governador Paulo Câmara não é candidato a nada, em sua base já se movimentam de olho na cadeira de Fernando Bezerra Coelho (MDB) os deputados Silvio Costa Filho (Republicanos), André de Paula (PSD), Danilo Cabral (PSB) e Luciano Bivar, este se o seu PSL vier a entrar na aliança.

Da parte da oposição, dois dos três pré-postulantes ao Governo do Estado – Anderson Ferreira (PL) e Raquel Lyra (PSDB) – são especulados para o Senado. O nome natural deste bloco é o de Fernando Bezerra, para reeleição, mas depende da movimentação do filho, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, cotado para disputar o Governo do Estado. Fala-se, também, do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto (sem partido), que depende da vontade do presidente Bolsonaro.

Não se sabe, ainda, se Bolsonaro investiria numa candidatura a governador, que seria o próprio Gilson, ou se aceitaria indicar o senador. Marília Arraes, em processo de litígio com o PT por ter se rebelado na disputa pela 2ª Secretaria da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, também é um nome citado para o Senado e até mesmo para liderar a chapa para o Palácio do Campo das Princesas.

Outra alternativa no campo da oposição para o Senado seria o ex-ministro Mendonça Filho (DEM), que disputou a eleição para prefeito do Recife. No caso de Silvio Costa Filho, que hoje está na base de Bolsonaro, seu nome só é ventilado como alternativa das forças no Estado lideradas pelo PSB, que detém o controle do Governo e da Prefeitura do Recife.

Silvio Costa Filho e André de Paula, aliás, são os que estão revelando mais disposição para entrar na briga pelo Senado, numa eventual chapa na qual o candidato a governador venha a ser liderada pelo PSB. Quanto a este nome, ninguém faz mais tanta fé que seja o ex-prefeito Geraldo Júlio pela herança maldita que deixou para João Campos e os desdobramentos imprevisíveis dos processos que responde na Polícia Federal.

Projeto é o filho – Candidato natural à reeleição, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) entra sempre na discussão dos cenários como alternativa para fechar a chapa do PSB, fazendo, neste caso, a travessia do bloco de oposição para o da situação. Mas com quem tem conversado sobre 22, FBC revela forte disposição de ir à luta em favor da consolidação do nome do seu filho Miguel ao Governo do Estado. Os que conhecem mais de perto o senador dizem que não seria conveniente para ele, a esta altura da vida, voltar a se compor com o PSB, deixando escapar das mãos um projeto viável, desde que bem costurado, no caso a candidatura Miguel ao Palácio das Princesas.

Visão de Armando – Quanto ao ex-senador Armando Monteiro Neto, que está a caminho do PSDB, seu projeto é disputar uma vaga na Câmara dos Deputados, descartando, assim, qualquer projeto majoritário. Seu entusiasmo para 22 recai no nome da prefeita de Caruaru, a tucana Raquel Lyra, que, no seu entendimento, preenche completamente todos os requisitos para ser ungida a candidata da oposição ao Governo do Estado. “É mulher guerreira e bem-sucedida, tem uma gestão bem aprovada e um partido com dimensão nacional”, observa.

Situação de risco – O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom, admite que a situação do Brasil é “muito, muito preocupante” e que o País precisa de medidas agressivas em todos os Estados para controlar a circulação do coronavírus. As declarações foram feitas em resposta a jornalistas que perguntaram sobre o aumento da internação de jovens pela covid-19 no país. “A situação no Brasil é muito, muito preocupante”, reforçou em tom de alerta.

Medidas e vacina – O diretor-geral da OMS também afirmou que sem medidas de saúde pública, o poder público não vai conseguir reverter a tendência no número de casos e mortes. Para ele, é difícil ver agora uma queda desses indicadores. “Eu gostaria de sublinhar isso: a situação é muito séria, muito preocupante. As medidas de saúde pública que o Brasil deveria adotar deveriam ser agressivas – enquanto, ao mesmo tempo, distribui vacinas “, afirmou Tedros.

Variantes potentes – Já o diretor de emergência da organização, Michael Ryan, também alertou para a ação das variantes do coronavírus. Ele afirmou que a variante brasileira (P.1) é alarmante e a situação está sendo acompanhada pela OMS. “Estamos muito preocupados com a P.1. Ela carrega muitas mutações específicas que dão vantagens ao vírus, principalmente na transmissão. Não há dúvidas de que uma proporção desses casos que estão ocorrendo agora são reinfecções”, disse. Ryan também afirmou que é preciso realizar estudos e monitorar a eficácia das vacinas contra todas as variantes do coronavírus. Mas reforçou que as medidas de prevenção continuam as mesmas e são eficientes contra qualquer cepa do vírus.

CURTAS

AVANÇOU – A vacinação contra a Covid-19 foi ampliada, ontem, no Recife, para idosos com 73 e 74 anos. A Prefeitura anunciou que o agendamento para o público dessa faixa etária pode ser feito a partir das 18h, no site ou no aplicativo do Conecta Recife. A imunização tem início hoje. É possível agendar a vacinação para esse público em qualquer um dos 16 pontos de vacinação, sendo nove de drive-thru, quando a pessoa não precisa sair do carro. Eles funcionam de domingo a domingo, 7h30 às 18h30.

AUXÍLIO – A Secretaria Estadual de Cultura divulgou, ontem, o edital do Auxílio Emergencial do Ciclo Carnavalesco. Ao todo, R$ 3 milhões devem ser destinados a cerca de 450 artistas e agremiações ligados ao carnaval do Estado que não se apresentaram em 2021 devido ao cancelamento da festa por causa da pandemia da Covid-19. A expectativa é de que cerca de 20 mil pessoas sejam beneficiadas. As inscrições abrem na quarta-feira e terminam às 18h do dia 25 de março.

Perguntar não ofende: Sem projeto político para 22, o governador volta a bater expediente no Tribunal de Contas?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Lulinha o Ronaldinho dos negócios.

marcos

Agro Santa Bárbara, de Lulinha é “a maior criadora de bovinos do mundo”........................................................................................, mantendo 523 mil cabeças em 500 mil hectares de pastos distribuídos em 15 dos 143 municípios paraenses.................................................. No ano passado esse rebanho rendeu um abate de 110 mil bois. Além disso, a empresa planta cana em áreas degradadas, maneja matas, nativas produz energia verde, faz reflorestamento e organiza loteamentos imobiliários Fazenda Santa Bárbara? Peraí! Qual é mesmo o nome do sítio que o Lula usa mas diz que não é dele? Sítio Santa bárbara! Coincidência....só pode ser. Coincidência com o nome do sítio. 70 mil alqueires santa Barbara no Xingu, Marabá Cedro mais 90 mil alqueires, São Roberto 35 mil alqueires, Vale do sereno, 27 mil alqueires, Matão 15 mil alqueires. E o povo ocupando a mídia com um triplex \'Lulinha\', filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é sempre visto no sul do Pará como um dos grandes investidores na região. Lulinha seria parceiro de Dantas. O filho de Lula, justiça seja feita, nem faz questão de manter o anonimato. Quem já o viu por Xinguara, Redenção e Marabá diz que o rapaz é frequentador assíduo do Pará. Não para conhecer delícias como açaí, o tacacá ou o suco de bacuri, mas para fazer negócios. Lulinha transita com desenvoltura por feiras agropecuárias e leilões de gado e sempre é visto circulando de helicóptero pelas fazendas da região.

marcos

XÔ Corrupção, Nunca mais votem no PT!

marcos

¨Fernando Haddad é um Poste de Ladrão¨Diogo Mainardi de o Antagonista.

Fernandes

marcos de camaragibe Queima a rosca. Filho de Bozo compra mansão de quase 6 milhões de reais em Brasília, valor quatro vezes maior que o patrimônio declarado em 2018. Quem tá achando bom é marcos de camaragibe a Lolita mamador de piroca e queima rosca.......................................................................... Esse filho de Bozo é Ladrão igual ao Pai.


Cabo 2021

05/03


2021

Fenaj e Sinjope se solidarizam com jornalista agredido

Nota oficial

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e o Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco (Sinjope) vêm a público solidarizar-se com o jornalista Kleyton Nunes, vítima de agressão no exercício profissional, na última terça-feira. Kleyton foi intimidado pelo vereador Zenildo do Alto (MDB), que não gostou de ser fotografado fora do plenário da Câmara Municipal de Petrolina, enquanto ocorria um debate com músicos da cidade.

Quando perguntado pelo repórter sobre o porquê da ausência naquele momento do debate, o vereador respondeu de forma grosseira que “tinha quatro mandatos e não queria ser fotografado”. Em seguida, levantou-se da cadeira, caminhou em direção ao jornalista, atingindo a câmera fotográfica com um tapa. Kleiton identificou-se como jornalista, mas isso não impediu a agressão.

Fenaj e Sinjope reafirmam o exercício profissional do Jornalismo como essencial à democracia e à constituição da cidadania. Cidadãos e cidadãs têm direito à informação de interesse público e homens públicos, especialmente os detentores de mandatos eletivos, têm o dever de prestar contas de seus atos.

As entidades sindicais representantes dos jornalistas colocam-se ao lado do jornalista agredido e pedem o apoio de toda sociedade para que os jornalistas realizem seu trabalho em segurança e com liberdade.

Federação Nacional dos Jornalistas – Fenaj

Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco – Sinjope


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/03


2021

OMS: Brasil tem que levar isso muito a sério

Depois de dizer, na semana passada, que o "Brasil vive uma tragédia", diretores da Organização Mundial de Saúde (OMS) cobraram, hoje, medidas agressivas e disseram que o aumento dos casos de Covid-19 no país pode impactar toda a América Latina.

"A situação é muito séria, muito preocupante. As medidas de saúde pública que o Brasil deveria adotar deveriam ser agressivas – enquanto, ao mesmo tempo, distribui vacinas. (...) Se o Brasil não for sério, vai continuar a afetar toda a vizinhança lá e além. Não é só sobre o Brasil", diz Tedros Ghebreyesus, diretor-geral da OMS

Os diretores se posicionaram depois de serem questionados sobre o aumento de internações entre jovens. Tedros resumiu a gravidade da situação dizendo que o Brasil precisa levar o aumento de casos "muito, muito a sério".

"A situação no Brasil é muito, muito preocupante. Quando vimos muitas tendências de queda, em muitos países, nas últimas seis semanas, a situação no Brasil ou tinha aumentado ou atingido um platô – mas, é claro, com uma tendência maior de aumento. Eu acho que o Brasil tem que levar isso muito, muito a sério".

"Sem fazer coisas para impactar a transmissão ou suprimir o vírus, não acho que vamos conseguir ter, no Brasil, a tendência de queda", alertou o diretor-geral.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Ipojuca 2021 IPTU

05/03


2021

Armando: É preciso acabar com politização da crise

Por Houldine Nascimento, da equipe do Blog

O ex-senador e ex-ministro Armando Monteiro Neto falou sobre o agravamento da crise sanitária no Brasil, hoje, em entrevista concedida ao programa Frente a Frente, da Rede Nordeste de Rádio (ouça acima). Prestes a se filiar ao PSDB, com ato marcado para a próxima segunda-feira (8), ele não poupou críticas à condução do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no combate à pandemia.

“É um quadro muito delicado, muito difícil. Por isso mesmo é que todo mundo deve assumir a sua responsabilidade e acabar com essa briga, com essa disputa. A politização da crise. Agora mesmo eu vi uma manifestação do presidente, uma coisa horrível. É lamentável a gente ficar batendo cabeça numa hora dessa”, comentou ao âncora Magno Martins.

Na sua visão, o que contribuiu para agravar a situação foi o encerramento do auxílio emergencial no final do ano passado: “O auxílio emergencial não poderia ser descontinuado. Quando foi constatado, já em dezembro, que a pandemia dava sinais de que ia continuar forte, era para ter logo engatado a continuidade do auxílio. Mas o que nós fizemos, e por isso o quadro se agravou: uma descontinuidade no pagamento. É difícil para as pessoas atenderem a essas determinações de restrição porque muitos ficaram sem renda.”

Armando Monteiro Neto defende a necessidade de medidas restritivas para conter o avanço da Covid-19 e, assim, evitar que o sistema de saúde entre em colapso. O ex-senador também ressaltou a demora do Governo Federal em adquirir vacinas. “Infelizmente, o Governo Federal se atrasou na compra das vacinas, e isso é indiscutível. O presidente chegou a mandar cancelar um contrato porque a vacina era do Butantan. Ele desautorizou o ministro (Pazuello). Isso é fato”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


05/03


2021

Governo quer dar gratuidade no ônibus para quem perdeu o emprego

Portal FolhaPE

O projeto de lei, assinado pelo governador Paulo Câmara, foi enviado, ontem, à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para ser votado pelos deputados estaduais. A proposta, denominada Programa de Transporte Social do Sistema de Transporte Público da Região Metropolitana do Recife - STPP/RMR, é direcionada aos usuários que residem no Grande Recife, demitidos a partir de março de 2020, e que ganhavam até dois salários mínimos.

“O nosso objetivo é concentrar os esforços para permitir aos desempregados um maior acesso ao transporte, especialmente aos que perderam o emprego durante a crise sanitária. Não mediremos esforços para minimizar os efeitos da pandemia junto à população”, afirmou o governador Paulo Câmara, que enviou o projeto à Alepe em caráter de urgência.

Essa nova iniciativa do governo estadual para tentar minimizar os efeitos devastadores da pandemia, após aprovada pelos parlamentares, deverá beneficiar aproximadamente 20 mil pessoas por mês, durante o período de um ano, podendo o benefício ser prorrogado pelo mesmo período. O usuário receberá crédito mensal de até 20 bilhetes do Anel A. Esses créditos eletrônicos de viagens devem ser utilizados fora do horário de pico, para não pressionar o sistema de transportes. O custo do programa é de R$ 1,5 milhão por mês.

De acordo com o texto enviado à Alepe, a inscrição do candidato no programa será realizada pela Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação, que deverá encaminhar os cadastros ao Grande Recife Consórcio de Transportes, observando os critérios de elegibilidade previstos no projeto.

HORÁRIO SOCIAL – Em fevereiro, o Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) aprovou proposta de revisão tarifária baseada em estudos realizados pelo Grande Recife Consórcio de Transporte. Foi ratificada a criação de uma tarifa mais baixa no chamado “horário social”, fora do pico. Das 9h às 11h da manhã e das 13h30 às 15h30 da tarde, a passagem ficou mais barata, passando de R$ 3,45 para R$ 3,35 no Anel A, e de R$ 4,70 para R$ 4,60 no Anel B. Esse desconto se aplica exclusivamente nos dias úteis e com o uso do VEM Comum.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Jaboatão Março 2021

05/03


2021

Porto Digital avança em meio à crise

Por Houldine Nascimento, da equipe do Blog

O parque tecnológico recifense Porto Digital obteve resultados expressivos, apesar de toda a crise causada pela pandemia do novo coronavírus em diversos setores econômicos. Um balanço divulgado ontem pelo presidente do Porto, Pierre Lucena, atestou avanço de 50,8% no faturamento das empresas alocadas no parque de 2018 para cá. No ano passado, houve uma movimentação de R$ 2,86 bilhões – 21,7% a mais que em 2019 (R$ 2,35 bi) e mais da metade do faturado no primeiro ano do levantamento (R$ 1,89 bi).

“No começo de 2020, o conjunto de empresas do Porto Digital já apontava para um crescimento significativo dos negócios realizados no parque, mas aí veio a pandemia e todas as empresas tiveram que reavaliar seus planejamentos. Ainda assim, as organizações conseguiram superar os desafios e manter o ritmo do ano anterior”, comentou Lucena.

Ao todo, há 13.378 pessoas trabalhando no Porto Digital em 349 empresas. Só em 2020, 1.719 colaboradores foram contratados e existe a expectativa de que mais 3.140 vagas sejam abertas. Os números consolidam o parque tecnológico do Recife como um dos mais importantes do Brasil.

Boa parte destas companhias instaladas lá é ligada à área de Tecnologia da Informação. A Assespro-PE/PB (Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação) representa esse segmento, com 63 de seus filiados atuando no Porto Digital. Para a presidente da Assespro-PE/PB, Laís Xavier, o insvestimento em T.I. é o caminho a ser seguido para fazer a economia avançar.

“Eu entendo que estamos em uma época de transformações profundas na nossa sociedade. A tecnologia catalisa esse processo de transformação. É o que tem levantado a empregabilidade no nosso Estado e a gente conseguiu crescer em um ano extremamente difícil. É um caminho importante a ser seguido e não tem volta”, avaliou.

Com 150 instituições associadas, a Assespro-PE/PB tem a meta de criar uma associação própria para a Paraíba. Ainda segundo Laís, houve um forte trabalho para ampliar a base de membros nos últimos anos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Petrolina 2021

05/03


2021

Vamos equilibrar o campo político?

Por Renata Abreu*

Dia 8 é o Dia Internacional da Mulher. Março é o mês das mulheres. E neste período a reflexão corre solta, embora tenhamos de pensar nas mulheres todos os dias do ano, todas as semanas, todos os meses, num esforço coletivo e contínuo para mudar uma visão do mundo tão antiga e enraizada na sociedade: mulher não gosta de política, e política é lugar para homem. Que bobagem!

Fomos acostumadas, desde a infância, a lidar com as diversas atividades cotidianas que nos são atribuídas. Quando crianças, fomos ensinadas que um dos nossos papéis na sociedade é o cuidado. E cuidar é fazer política! Conversar, expressar opiniões e entender o ponto de outra pessoa, isso é fazer política!

Não somos do grito, temos um jeitinho diferente de fazer as coisas, mais caridoso, cuidador, ouvimos mais e dialogamos mais. É o lado maternal fazendo a diferença na sociedade. A superação feminina é corriqueira, e assim somos em qualquer ambiente.

Trazemos para a vida pública o carinho, a atenção e a dedicação que sempre tivemos com nossos familiares, filhos, marido… Por isso, é importante termos representatividade feminina no poder, para que a nossa voz seja mais ativa e eficaz.

E foi justamente esses atributos e qualificações que fizeram com que eu identificasse os problemas e a realidade diversificada do nosso país, conseguindo avançar em propostas que dão mais segurança à mulher e que resultaram em duas leis já em vigor no Brasil. Uma transforma em crime a importunação sexual, com pena de prisão, e a outra, determina a comunicação imediata às autoridades policiais de casos de indícios ou violência em vítimas atendidas nas redes pública e privada de Saúde.

Lado maternal que projetou para o mundo a ex-chanceler alemã Angela Merkel. Ela era chamada carinhosamente de ‘Mutti’, que significa mãe, aquela que faz os problemas desaparecerem, que protege, que ampara, que cuida. Durante os quase 16 anos no poder, Merkel sempre falou diretamente com a população, trazendo mais confiança em seu trabalho ao longo dos anos. E deixou o cargo, em janeiro deste ano, com 90% de aprovação.

Eu sou apaixonada por política, e cada vez mais envolvida e confiante em fazer uso desta que é a melhor ferramenta de transformação social do nosso país. Sim, o caminho não é fácil. Tem a dor de deixar os filhos durante a semana quando se está trabalhando em Brasília. Política é um ambiente desgastante e desigual para as mulheres, porque precisamos conciliar a dupla ou tripla jornada de trabalho e os afazeres domésticos e familiares. Mas é gratificante.

Já avançamos muito no Brasil. Hoje, estamos presentes no mercado de trabalho, nas universidades, somos a maioria da população e a maioria dos eleitores do país. Mas ainda somos sub-representadas nas três esferas de governo. Precisamos aumentar nossa presença também nos espaços onde as decisões são tomadas, para que a maioria das mulheres (e nossas lutas) deixe de ser invisível aos olhos dos agentes públicos.

Quando uma mulher defende os direitos das mulheres, ela incentiva outras a ingressarem na política e a defenderem também. Quanto mais mulheres tomam decisões no campo político, mais escolhas são feitas a partir da nossa visão.

Mulheres, é hora de pensar fora da caixa, romper a barreira da sub-representatividade feminina e equilibrar o jogo no campo político. Topam?

*Presidente nacional do Podemos e deputada federal por São Paulo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Serra Talhada 2021

05/03


2021

Tony Gel pede ao Estado auxilio para artistas juninos

Blog Cenário

O deputado estadual Tony Gel (MDB) solicitou ao governador Paulo Câmara (PSB) e aos gestores dos 184 municípios pernambucanos para que seja estudada a possibilidade de conceder um auxílio financeiro aos artistas e músicos que, costumeiramente, trabalham no ciclo junino, e que, pelo agravamento da Covid-19, provavelmente, não poderão trabalhar neste ano de 2021.

Tony Gel lembrou que a exemplo do auxílio que o Governo do Estado concedeu aos artistas do Carnaval, e como bem sinalizou o presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Marcelo Canuto, que poderia acontecer também como os artistas ligados às festividades juninas, seja reforçada a necessidade de que os gestores estaduais e municipais se unam nesse esforço para dar algum suporte financeiro aos mesmos.

“Infelizmente, devido à baixa cobertura vacinal em todo o país e com a explosão de milhares de casos diários, e mesmo contando com o esforço que o governador Paulo Câmara vem fazendo para conseguir mais vacinas, com o intuito de acelerar a imunização do povo pernambucano, precisamos ser realistas e fazer um planejamento antecipado para socorrer essa categoria de trabalhadores sazonais, onde, geralmente, o “dinheiro” que ganham no período junino, ajuda-os a sobreviver, também, nos meses de baixa demanda pelo seu tipo de música e arte”, destacou o parlamentar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Anuncie Aqui - Blog do Magno

05/03


2021

Prefeita do Ipojuca e presidente de Suape discutem parcerias

Hoje, a prefeita do Ipojuca, Célia Sales, fez uma visita ao presidente de Suape, Roberto Gusmão. Ele assumiu o cargo no mês passado e os gestores ainda não tinham tido a oportunidade de conversar. Na ocasião, a prefeita desejou as boas-vindas, se colocou à disposição para estreitar as relações com Suape e falou de alguns projetos que estão sendo executados neste segundo mandato, como o Distrito Industrial de Camela.

“Gostaria de convidá-lo para conhecer este projeto que já está em execução, que é o nosso distrito industrial de Camela. Acreditamos que ele pode se tornar um grande apoio às empresas que têm sede aqui em Suape”, comentou Célia Sales. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Puran Medeiros, reforçou que as empresas de menor porte ou que o perfil de instalação não se adeque à Suape, podem se instalar em Camela, “sem que percamos isto para outros estados”.

O presidente de Suape demonstrou interesse em conhecer e mencionou a importância desta visita também ser feita pelo secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio. “Também gostaria de aproveitar a oportunidade para dizer à senhora, prefeita, que teremos vários anúncios a fazer e gostaria de sua presença em todos eles”, afirmou Gusmão. Além do secretário de Desenvolvimento do Ipojuca, também estiveram presentes na visita institucional, os secretários Romero Sales (Governo), Carlos Eduardo Machado (Articulação Política), o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Ipojuca (AD) Tony Kuo, o assessor especial e ex-presidente do Porto de Suape, Marcos Queiroz e o diretor de Desenvolvimento Econômico, Gustavo Veiga.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Blog do Magno 15 Milhões de Acessos 2

05/03


2021

Olinda imuniza 100% dos trabalhadores da saúde

Nesta primeira semana de março, a Secretaria de Saúde de Olinda atingiu 100% de imunização destinada aos trabalhadores de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) dos serviços de atendimento no município, incluindo aqueles em home office, que totalizam mais de 2 mil pessoas. Idosos dos Institutos de Longa Permanência para Idosos (ILPI) também foram 100% imunizados. 

O destaque também é referente a vacinação destinada aos profissionais das clínicas médicas e odontológicas privadas de Olinda, que foram atendidas por solicitações recebidas pelo e-mail [email protected]

A imunização contra Covid-19 em Olinda continua. Das 23.114 doses recebidas, entre Coronavac e Oxford/AstraZeneca, até o momento já foram aplicadas 15.838 doses às pessoas dos grupos prioritários. São eles, idosos com idades de 80 anos acima, acamados, trabalhadores da saúde e Institutos de Longa Permanência para Idosos, conforme estabelece o Plano Nacional de Imunização.

Para agendar o recebimento da imunização, a Secretaria de Saúde de Olinda disponibilizou aos idosos prioritários uma plataforma no site da Prefeitura de Olinda (www.olinda.pe.gov.br). A Secretaria estabeleceu dois locais de vacinação presencial, sendo no Shopping Patteo, em Bairro Novo, das 9h às 17h, pelo sistema Drive Thru, e no Piso L1, além do Espaço Caenga, na Estrada de Águas Compridas, das 9h às 16h.

Para os idosos acamados com idade de 80 anos acima, a Secretaria de Saúde de Olinda informa que o agendamento continua sendo programado pelos WhatsApp (81) 9.9442-3181 e (81) 9.9220-2811. Vale destacar, que o prazo para receber a segunda dose da vacina CoronaVac é de 14 a 28 dias após a primeira dose, enquanto a Oxford/AstraZeneca obedece ao prazo criterioso de 90 a 120 dias, e não necessita obrigatoriamente de agendamento, pois o vacinador especifica no cartão de vacina a data do reforço.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
Publicidade

TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores