O Jornal do Poder

22/04


2012

Dilma versus Lula

DO BLOG DE JOSIAS DE SOUZA


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu no Zap

Confira os últimos posts



20/10


2020

Yves protocola recurso para reverter impugnação

O candidato a prefeito de Paulista pelo MDB, Yves Ribeiro, através dos seus advogados, protocolou, ontem, recurso eleitoral no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) contra a decisão da juíza que indeferiu o seu registro de candidatura na última sexta-feira.

Ao comentar a sentença, o advogado Paulo Pinto disse que ela deixou de analisar os argumentos da defesa que demonstram não existir ato doloso de improbidade administrativa (quando o agente público prevê e deseja o resultado lesivo de sua conduta, elemento exigido pela lei para que alguém se torne inelegível). "O Tribunal de Contas da União (TCU) reconheceu que a responsabilização de Yves foi motivada por conduta culposa, ou seja, aquela sem a intenção de cometer o resultado, ou seja, decorrente de um erro. Tanto é que o Ministério Público Federal (MPF) arquivou o procedimento investigatório instaurado em razão da decisão do TCU ao verificar a ausência de irregularidade possível de ser é enquadrada como improbidade", esclareceu.

Ainda de acordo com o advogado de defesa, em vez de ter executado drenagem profunda com tubos de concreto, a prefeitura optou pelo sistema com canaletas em ruas transversais de menor custo, na avaliação do TCU. "Os pagamentos se deram por preço de mercado do sistema de canaletas, sem quaisquer excessos, o que na visão do MPF não teria reflexos penais ou no campo da improbidade administrativa. O fato de o processo ter sido arquivado é uma prova cabal e indiscutível da inocência do prefeiturável”, justificou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

20/10


2020

Pesquisa Ibope/Globo é da XT de Olinda, diz PT

Muito questionado pelos números apresentados nas últimas pesquisas, o Ibope/Globo não revelou as informações sobre quem realizou a coleta de dados do último levantamento, uma vez que a empresa não tem estrutura em Pernambuco. Apesar das três ordens judiciais determinando o esclarecimento dessas informações, nada foi revelado. As ordens foram expedidas a pedido da coligação de Marília Arraes.

O que foi descoberto, segundo a assessoria de Marília, é que o trabalho de campo foi realizado pela empresa XT Pesquisa, situada na periferia de Olinda. Empresa de pequeno porte, pertencente à jovem Francisca Bezerra Tarjino, do Rio Grande do Norte, mais precisamente em Natal, a empresa tem uma estrutura tímida e tem levantado suspeitas sobre a credibilidade do trabalho.

Há também a relação de proximidade com o sociólogo Maurício Garcia, que trabalha para o DEM, e que não garante a isonomia da pesquisa. "O Ibope, hoje, mais uma vez, descumpriu a ordem judicial, alegando que terceirizou, de fato, a coleta de dados e que não tem estrutura em Pernambuco. O Ibope também se negou a fornecer o nome da empresa apenas assumindo a responsabilidade dos dados ou a irresponsabilidade deles", diz o embate realizado pela coligação de Marília com a pesquisa Ibope/Globo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/10


2020

Elias joga a toalha no Cabo

Patinando nas pesquisas, numa eleição cujo favorito é o prefeito Lula Cabral (PSB), o candidato do MDB a prefeito do Cabo, Elias Gomes, está em negociação com o candidato do PL, Keko do Armazém, para apoiá-lo em nome da unidade das oposições. O comunicado oficial está previsto para hoje. Elias, Keko e o seu vice José de Arimateia (Solidariedade) têm um encontro decisivo ainda hoje. Se o acordo for fechado, Elias renuncia à candidatura em apoio a Keko.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/10


2020

Secretário de Paulo é multado no TCE por transporte escolar

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) julgou irregular uma auditoria especial realizada na Secretaria de Educação de Pernambuco (SEE). A auditoria avaliou a prestação dos serviços de transporte escolar para alunos da rede estadual de ensino. O secretário de Educação de Pernambuco, Fred Amâncio, foi multado por supostas irregularidades no transporte escolar, apontadas em relatório pelos auditores do TCE.

As informações foram divulgadas pelo site oficial do próprio TCE.

O trabalho envolveu visitas a 13 municípios (Araripina, Arcoverde, Buíque, Cabrobó, Caruaru, Floresta, Ibimirim, Inajá, Ipubi, Ouricuri, Pesqueira, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista); cinco gerências regionais de educação (GRE); 11 prefeituras e 23 escolas estaduais.

No levantamento da equipe técnica do TCE foram encontrados "indícios de irregularidades que vão desde a prestação do serviço de forma parcial, que também era realizado oferecendo risco à segurança dos estudantes, até à ausência de regulamentação de pontos importantes para o transporte escolar".

Os auditores do TCE também identificaram, dentre outras, possíveis "deficiências no controle sobre os serviços prestados, ausência de fiscalização por parte da SEE/GRE e uso de veículos que não atendiam às exigências básicas para o transporte escolar".

O relatório da auditoria do TCE destacou que "alunos eram transportados de forma irregular em carrocerias de caminhonetes e de paus-de-arara, ou em veículos além da capacidade permitida, enquanto outros aguardavam o transporte na beira da pista, sem abrigo, o que trazia risco, insegurança, desconforto, além de dificultar a acessibilidade do aluno à escola, contribuir para o aumento da evasão escolar e para o mau desempenho dos estudantes".

A pedido da relatora, conselheira Teresa Duere, o procurador Guido Monteiro, do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), apresentou parecer reconhecendo as irregularidades apontadas pelos auditores.

O MPCO opinou ainda pela "aplicação de multa aos responsáveis e por algumas determinações ao órgão".

A conselheira Teresa Duere levou em conta os argumentos dos auditores e acatou o parecer do Ministério Público de Contas, aplicando multa de R$ 12.000,00 ao secretário de Educação, Frederico Amâncio.

A relatora fez ainda uma série de determinações à Secretaria de Educação do Estado, entre elas, implementar "sistema de controle interno e fiscalizar a frota de veículos, substituindo imediatamente os que forem abertos por veículos fechados".

Em Pernambuco, os serviços são realizados pelo Programa Estadual de Transporte Escolar (PETE) e o Programa do Transporte Indígena e do Transporte Intracampo, que atende alunos matriculados na modalidade “Educação de Jovens e Adultos no Campo”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/10


2020

Proibida a realização de enquetes sob pena de multa

Por Diana Câmara*

Pela quantidade de enquetes que ainda vemos acontecer atualmente através das redes sociais, e de alguns blogs desinformados da legislação eleitoral, fica claro que boa parte das pessoas desconhece as regras que vedam a realização deste tipo de “brincadeira”.

Desde 27 de setembro não é permitida a realização de enquetes relacionadas ao processo eleitoral. Sempre que comprovada a realização e divulgação de enquete no período da campanha incidirá multa no valor de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00, independentemente da menção ao fato de não se tratar ou não de pesquisa eleitoral.

É uma punição quase automática e sem muita margem para argumento, pois é baseada em critério objetivo. Assim, realizou enquete sobre a eleição e divulgou o resultado, se receber uma representação junto à Justiça Eleitoral muito provavelmente irá ter que pagar esta elevada multa. Não precisa ser candidato, a multa vai para quem realizou. 

 Vale lembrar que enquete é a simples coleta de opiniões de eleitores sem nenhum controle de amostra e sem a utilização de método científico para sua realização. Esse tipo de consulta informal depende apenas da participação espontânea do interessado.

*Advogada especialista em Direito Eleitoral, membro da Comissão de Direito Eleitoral da OAB Nacional, ex-presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/PE, ex-presidente do IDEPPE – Instituto de Direito Eleitoral e Público de Pernambuco e membro fundadora da ABRADEP – Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/10


2020

Chapa do Crea rebate acusações de fraude eleitoral

A chapa homologada para comandar o Crea-PE em 2021 rebateu as acusações de fraude eleitoral realizadas pelo candidato Waldir Duarte Costa Filho. Em nota, representantes do engenheiro Adriano Lucena afirmaram que a quebra de sigilo do voto não ocorreu, e que o ato só poderia ser comprovado por meio de vídeos ou imagens.

No comunicado, a defesa de Adriano Lucena afirmou que “não se anula uma eleição simplesmente por querer que ela seja anulada, sem qualquer embasamento legal ou comprovação de irregularidade”. A chapa de Adriano, Crea para Todos, também alegou que a anulação de duas urnas de votação que estavam instaladas na sede do Crea, no Recife, e a segunda, em Caruaru, “desconsidera a manifestação justa” enviada pelo atual presidente eleito, Adriano Lucena.

Ainda segundo a nota, a defesa informa que após as decisões da Comissão Eleitoral Regional de Pernambuco (CER-PE), “os profissionais do Crea não vão admitir tamanho desrespeito”, e que medidas legais estão sendo tomadas contra o ato, chamado pelos representantes de Adriano Lucena de antidemocráticos.

O advogado administrativista e eleitoralista Marcus Alencar, membro da Comissão de Direito Municipal da OAB Pernambuco, informou que, em sua avaliação, o processo eleitoral se deu de maneira legítima, sem qualquer prova de circunstância grave, irregularidade ou ilicitude que justifique a desconsideração dos votos.

"Não há qualquer indício de prova de que houve ação de fiscais para arregimentar votos ou quebrar o sigilo dos mesmos. Foi firmado termo de acordo entre todos os candidatos, advogados, fiscais e a Comissão Eleitoral Regional ao final da votação no dia da eleição acerca do procedimento de apuração dos votos e que eventual impugnação de urnas, de acordo com o regulamento eleitoral que rege o certame, Resolução CONFEA 1.114, de 26 de Abril de 2019, só poderia ter sido apresentada e avaliada pela respectiva Mesa Eleitoral", concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/10


2020

A nova placa de mamãe

Em comum acordo com meus oito irmãos, encomendei ao meu amigo Silvio Amorim, presidente do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambuco, uma placa especial para ser afixada na rua em Afogados da Ingazeira que homenageia mamãe Margarida Martins, que Deus fez seu sequestro celestial há sete anos, com 86 anos de idade.

Ex-vereador do Recife, Silvio Amorim já foi meu chefe. Fui seu coordenador de Imprensa no Projeto Rondon, em Brasília. Juntos, viajamos o Brasil do Oiapoque ao Chuí. Corremos sérios riscos de vida em viagens usando mono motor, por várias vezes, para alcançar Tefé, no Amazonas, já na divisa com a Colômbia, onde havia uma base do Projeto. Certa vez, tomamos um susto, com a explosão de um balde com combustível sobre uma pequena embarcação numa verdadeira aventura no Rio Amazonas.

Numa outra viagem, levando uma equipe da TV Globo, assisti e ajudei o repórter Leonel da Mata a socorrer um garoto picado por uma cobra em Benjamin Constant, já em território colombiano. Foi uma operação de emergência. Saiu na matéria de Leonel no Jornal Nacional. Grande Leonel da Mata, nunca mais o encontrei. Muito tempo depois, já fora da Globo, ele abriu um restaurante em Brasília maravilhoso e também uma agência de TV e Rádio.

Não sei por onde anda, mas fez grandes reportagens para o Globo Repórter. Silvio Amorim virou personagem de várias reportagens na Globo e nos jornais nacionais graças ao meu trabalho de garimpagem de pautas. Lembro que a Veja e a revista Manchete também fizeram belas matérias sobre as ações do Rondon. O repórter da Manchete foi meu amigo Fernando da Câmara Cascudo, já na eternidade. Baixinho, super engraçado, tinha um texto maravilhoso.

Quanto à placa, decidimos, nós, irmãos, prestar uma homenagem a mamãe em Afogados da Ingazeira, em novembro. Estamos apenas fechando uma data na qual todos possam estar presentes no seu descerramento. Reunir nove filhos, todos espalhados pelo mundo, não é fácil, mas com certeza faremos uma bela e emocionante homenagem a quem nos deu à vida, nos educou e cuidou com zelo, amor e muito carinho até seu último suspiro.

Mamãe Dó, como assim era tratada pelas irmãs - eram mais seis, das quais só Tia Lila ainda cumpre com a graça de Deus a sua missão na terra, residindo em Vitória da Conquista, sul da Bahia  - era uma mulher valente. Personalidade forte, nunca levou desaforo para casa. A gente tinha mais medo do chinelo dela do que das chicotadas de papai. Aí do filho que desobedecesse uma ordem dela!

Criou os filhos com muita dedicação. Como escrevi na placa, foi devotada à família, seu grande legado. Tudo que somos hoje devemos a ela. Mãe nunca deveria morrer. Minha mãe está presente todos os dias da minha vida. Não morreu, nem morrerá nunca. É minha vida, o melhor colo, a minha melhor amiga. De lá do céu, fica cuidando de mim, me orientando, me protegendo, traçando meus caminhos.

O mundo pode mudar de cor, os rios e os mares secarem. A lua pode até desaparecer, o sol perder o seu brilho, nada me fará deixar de amar a minha flor Margarida.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2020

Ibope: Geraldo é o prefeito mais desaprovado do NE

JC Online

Após sete anos e 10 meses de gestão, o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), se despede do cargo amargando o título de gestor mais mal avaliado do Nordeste e o quinto com a maior desaprovação entre as capitais de todo o Brasil. De acordo com a pesquisa Ibope/JC/Rede Globo, o socialista tem 55% de desaprovação, ante aprovação de 40% dos recifenses.

Na outra ponta, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), obteve o melhor desempenho entre as 26 capitais pesquisadas pelo Ibope, que ouviu eleitores para saber quem eram os melhores prefeitos. Ele tem 85% de aprovação e 12% de desaprovação.

Assim como Geraldo e ACM Neto, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), não pode concorrer à reeleição, pois já está no segundo mandato. O pedetista é aprovado por 66% dos fortalezenses e desaprovado por 29%. Com isso, no Nordeste, ele fica atrás apenas do gestor soteropolitano.

Apesar do resultado favorável, Roberto não consegue transferir sua popularidade para seu candidato, o deputado estadual José Sarto (PDT), que tem 16% das intenções de voto e está em terceiro lugar no Ibope. Situação parecida vivem os prefeitos de Teresina, no Piauí, Firmino Filho (PSDB), e de São Luiz, no Maranhão, Edivaldo Holanda Júnior (PDT). Com aprovação superior a 55%, os gestores veem seus indicados à sucessão correrem o risco de ficarem de fora da disputa de um eventual segundo turno.

Em João Pessoa, na Paraíba, o cenário é ainda mais adverso para a candidata do prefeito Luciano Cartaxo (PV), que não pode concorrer à reeleição por estar já há quase oito anos à frente da administração municipal. Lá, Edilma Freira (PV) não empolgou e vem patinando nas pesquisas, com apenas 5% das intenções de voto.

De acordo com o cientista político e professor da Faculdade Damas Elton Gomes, isso acontece porque a transferência de popularidade é mais difícil se comparada à transferência de rejeição.

Além disso, conta ele, outros fatores podem se impor na hora do eleitor decidir em quem votar, como uma eventual união do candidato com outras forças políticas que podem ser consideradas impopulares.

"Há uma maior facilidade de repassar o lado negativo para quem recebe o apoio de quem está na cadeira de prefeito. Isso porque, certamente, aquela pessoa já tem uma posição demarcada em relação à gestão, que pode ter mais de 40% de aprovação, mas, por outro lado e ao mesmo tempo, acumular um considerável índice de reprovação", explica o professor. "O eleitor que rejeita quem está na cadeira de prefeito tende a rejeitar também quem recebe seu apoio. O oposto não necessariamente é verdade", completa.

Mesmo com essa tendência, o prefeito do Recife não tem atrapalhado o voo do seu candidato, o deputado federal João Campos (PSB). O filho do ex-governador Eduardo Campos está entre os três candidatos com maior percentual de intenção de votos nas capitais do Nordeste, atrás apenas de Bruno Reis (DEM), em Salvador, com 42%. Segundo a pesquisa Ibope/JC/Rede Globo, João tem 33% das intenções, número idêntico ao obtido pelo candidato à reeleição em Natal, no Rio Grande do Norte, Álvaro Dias (PSDB). Na capital potiguar, o índice de aprovação de Dias chega a 63%.

Quem também concorre à reeleição aprovado pela maioria dos eleitores é o prefeito pedetista de Aracaju, Sergipe, Edvaldo Nogueira. O gestor tem 58% de aprovação e tem 32% das intenções de voto, o que o torna líder da disputa, segundo aponta pesquisa Ibope. Ele é seguido por Delegada Danielle (Cidadania), que tem 21%.

Para o cientista político e sociólogo Antônio Lavareda, a avaliação do prefeito Geraldo Julio não tem influenciado negativamente o desempenho de João Campos porque o parlamentar tem focado sua campanha em si e na figura do pai. "A campanha de João Campos está fortemente centrada na sua figura, na figura pessoal, apresentando o jovem deputado. Além disso, rearma muito a escola política que teve com o ex-governador Eduardo Campos, que, das lideranças políticas de Pernambuco, é a que tem a melhor avaliação retrospectiva. Tudo isso contribuiu para levá-lo à condição de líder nas pesquisas", afirmou o especialista.

Desaprovado por 49% da população de Maceió, em Alagoas, o atual prefeito da cidade, Rui Palmeira (sem partido), também não tem sido empecilho para o candidato apoiado pela gestão, Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB). O emedebista divide o primeiro lugar da disputa pela prefeitura com JHC, que fora derrotado por Palmeira em 2016. Mendonça tem 26% das intenções de voto, enquanto o socialista registra 25%.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2020

Vice vira problemão para delegada

Em obediência a uma determinação judicial, este blog retirou a matéria "Vice de delegada é investigado pelo MP e TCE", publicada com exclusividade na última sexta-feira (16), sobre o produtor cultural Leonardo Salazar (Cidadania), vice da chapa encabeçada pela delegada Patrícia Domingos (Podemos) no Recife. A decisão, contudo, não é definitiva. Por isso, nosso departamento jurídico já recorreu à Justiça para que a reportagem volte a ser compartilhada com os nossos leitores e público em geral.

O blog aproveita para perguntar ao juiz responsável pela determinação se ele também mandará que o Blog Edmar Lyra e o Diário de Pernambuco removam as mesmas informações sobre Leonardo Salazar, que foram publicadas neste espaço em primeira mão, com base em documentos que atestam nossas informações.

Leia as matérias ao clicar abaixo:

Blog Edmar Lyra (19/10): MPPE investiga vice da Delegada Patrícia por possíveis irregularidades em licitações – https://www.edmarlyra.com/mppe-investiga-vice-da-delegada-patricia-por-possiveis-irregularidades-em-licitacoes/

Diário de Pernambuco (17/10): Delegada Patrícia defende vice investigado pelo MPPE e TCE – https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/politica/2020/10/delegada-patricia-defende-vice-investigado-pelo-mppe-e-tce.html

Diante dos fatos apresentados por este blog a partir de um grande trabalho de apuração, ferramenta primária do Jornalismo, só nos resta confiar e esperar que a Justiça Eleitoral reveja a decisão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2020

Jornalista esmiúça detalhes inéditos da vida de Pelé

Por Hylda Cavalcanti

Detalhes inéditos da vida do Pelé, que está completando 80 anos agora em 2020, foram contados, hoje, pelo jornalista Silvestre Gorgulho, que lança na próxima sexta-feira (23) o livro intitulado “Casaca e chuteiras”, sobre a trajetória do Rei do futebol. Em live para o Blog do Magno, o jornalista contou que a publicação não consiste numa biografia e sim numa contextualização do talento de Pelé a partir de três acontecimentos que marcaram o país, na década 50, época destacada por transformações nos mais variados cenários – do esporte à política e à literatura.

O primeiro fato, citado por ele, foi 31 de janeiro de 1956, quando Juscelino Kubitscheck tomou posse como presidente do Brasil. O segundo foi 18 de abril, quando JK enviou um projeto de lei ao Congresso Nacional pedindo autorização para transferir a capital federal para o Planalto Central e inaugurar Brasília em 1960.

Por fim, Gorgulho destacou setembro do mesmo ano, quando o menino Pelé, com apenas 15 anos, entrou em campo para participar do seu primeiro jogo profissional, pelo Santos. “Ele já iniciou fazendo gol”, contou animado.

Gorgulho afirmou que a década foi importante para a história do país não apenas pela construção de Brasília e pelo despontar do futebol brasileiro lá fora, como também pelo lançamento, na literatura, de duas grandes obras. Foram estas “Grande Sertão, Veredas”, clássico de Guimarães Rosa, e “Encontro Marcado”, de Fernando Sabino.

“Mostro todos esses acontecimentos até 1977, quando Pelé se aposentou do futebol”, relatou o jornalista. De acordo com Gorgulho, o jogador chama a atenção até hoje pelo jeito simples e humilde.

Segundo ele, Pelé sempre viveu bem financeiramente, mas nunca foi um homem rico, como muitos pensam. Em parte, devido ao fato de sempre ter trabalhado com sócios que administraram seu nome ao longo da carreira. Algumas destas parcerias deram certo, outras não.

Foi esse motivo inclusive, contou o autor, que levou Pelé a aceitar o convite para jogar no Cosmos, nos Estados Unidos. Na época, o jogador tinha dívidas a quitar em função de uma parceria frustrada e precisava receber um bom salário.

Gorgulho também informou que os jogadores da seleção brasileira da década de 50, ao contrário dos integrantes das seleções que ganharam o tetra e o pentacampeonato nas décadas de 90 e de 2000, nada receberam com a copa do mundo e que o valor estipulado para cada jogador foi de 100 dólares para cada um, por jogo.

Silvestre explica, ainda, um trecho considerado polêmico até hoje da biografia do rei: sua relação conflituosa com a filha Sandra, já falecida, fruto de um relacionamento casual, com quem ele nunca foi próximo e que teria demorado para assumir.

De acordo com o jornalista, a história verdadeira, nunca contada, é que o marido de Sandra tentou chantagear o jogador o que levou ao seu afastamento de Sandra. “Ela não soube, como filha, conquista-lo”, disse o escritor.

Mineiro, Silvestre Gorgulho migrou para Brasília em 1975, onde trabalhou em vários ministérios, no Congresso Nacional, na Embrapa e nos jornais Correio Braziliense e Jornal de Brasília, dentre outros veículos. Também foi secretário de Comunicação e de Cultura do Distrito Federal.

O livro do jornalista será lançado inicialmente no Rio de Janeiro, no Museu do Futebol. Posteriormente, seguirá para lançamento em outras capitais do país, incluindo Recife nesta programação. Em sua avaliação, a obra é resultado de uma pesquisa feita por ele ao longo dos últimos dez anos com o olho e faro apurados de quem sempre admirou Pelé. “A vida vale pelo número de momentos que nos tiram o fôlego e o Pelé é responsável por muitos destes momentos que nos tiraram o fôlego”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2020

Gilvandro Estrela realiza carreata em Belo Jardim

Organizada pela coligação “Juntos em Defesa de Belo Jardim”, a carreata do candidato a prefeito Gilvandro Estrela (DEM) e seu vice, Dr Maneco, foi realizada ontem. O evento teve concentração na Cohab1 e contou com a manifestação espontânea de amigos, correligionários e candidatos a vereadores.

Gilvandro e Maneco desfilaram em carro aberto com suas respectivas famílias e responderam as manifestações de carinho por onde passaram. “Receber o apoio, carinho e energia dos belo-jardinenses durante essa motocada foi maravilhoso e extremamente empolgante. Isso mostra que há pessoas engajadas em construir um futuro responsável para nossa cidade. Estou muito feliz, sem palavras, para descrever a emoção em ver Belo Jardim pintado de verde, o verde da esperança. Prometo fazer minha parte e corresponder às expectativas”, agradeceu Gilvandro Estrela.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2020

Caxangá Ágape homenageia Mendonça e Priscila em jantar

O Caxangá Ágape promove um jantar festivo em homenagem a Mendonça Filho, ex-ministro da Educação e candidato a prefeito do Recife. O evento ocorre na quarta-feira (21), às 19h30, no restaurante Alphaiate, localizado no primeiro andar do Espaço Califórnia, na Avenida Boa Viagem.

Na ocasião, a deputada estadual Priscila Krause, vice da chapa de Mendonça, também será homenageada com o título de Cidadã Agapeana. Para participar, o valor da adesão é R$ 250.

SOBRE O CAXANGÁ ÁGAPE – Mais antiga confraria da América Latina em atividade, o Caxangá Ágape chega aos 75 anos de existência em 2020 e celebra o Jubileu de Diamante. A instituição, que foi fundada por Jack Ayres, hoje tem Kennedy Barreto como presidente executivo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Sem sombra de dúvida que Mendonça Filho, votou a favor da reforma trabalhista prejudicou os trabalhadores brasileiros, por isso tem que levar lapada dos Recifenses

Rafael C.Soares Quintas

Sem sombra de dúvida que Mendonça Filho é o mais preparado para gerir o Recife, o povo do Recife tem que entender isso; é Mendonça Filho Prefeito, o Recife só tem a ganhar com ele, acordem povo recifense!!!



19/10


2020

Os 80 anos de Pelé na live de hoje

Autor do livro “Casaca e chuteiras”, que trata da trajetória do Rei Pelé, o jornalista mineiro Silvestre Gorgulho, com quem trabalhei no Jornal de Brasília, é o convidado da live deste blog, hoje, às 19 horas, pelo Instagram.

Trata-se de resultado de uma pesquisa ao longo dos últimos dez anos com o olho e faro apurados do grande e talentoso repórter que é o Gorgulho. Imperdível.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2020

Lula reforça apoio a Marilia Arraes em mensagem

O ex-presidente Lula compartilhou, hoje, um vídeo da campanha de Marília Arraes à Prefeitura do Recife. Por meio de sua página oficial no Facebook, o líder petista escreveu: “Voto em São Bernardo, mas em Recife sou Marília Arraes. #Vote13.”

Marília tem destacado, nos últimos dias, o apoio dado por Lula a sua campanha no guia eleitoral e em publicações nas redes sociais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


19/10


2020

José Múcio está com Covid-19

O presidente do Tribunal de Contas da União, José Múcio, está com Covid-19 e em isolamento em casa, com sintomas leves.

O também ministro do TCU Bruno Dantas, apesar de assintomático, fez mais de um teste, mas obteve resultados “contraditórios”.

Os dois estiveram no jantar de reconciliação entre Paulo Guedes e Rodrigo Maia, há duas semanas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha