O Jornal do Poder

29/07


2011

"Casal Dnit" lida com contratos milionários de empresas

 Promovido a coordenador-geral de Operações Rodoviárias do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em meio à crise, Marcelino Augusto Rosa comanda serviços milionários do órgão com empresas cuja representante é sua mulher, Sônia Lado Duarte Rosa. Nos bastidores da autarquia em Brasília, Sônia e Marcelino ganharam o apelido de ''casal Dnit''. De um lado do balcão, o servidor, que responde a processo disciplinar da Controladoria Geral da União (CGU) por suposto favorecimento de empreiteiras, tem ascendência sobre contratos de sua área. De outro, é ela quem leva e traz documentos e pleitos de algumas das contratadas à sede da autarquia em Brasília. Sônia Duarte é procuradora de oito empresas, a maioria responsável pela sinalização de rodovias. Antes de assumir a Coordenação Geral de Operações - no lugar de Luiz Cláudio Varejão, exonerado pela presidente Dilma -, Marcelino já era interino do cargo e coordenava o setor de Segurança e Engenharia de Trânsito, responsável pela sinalização horizontal e vertical, entre outras atribuições. Graças a aditivos, algumas das clientes de Sônia conseguiram dobrar o valor de seus contratos nos últimos anos. (De O Globo)



Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Potencial Pesquisa & Informação

Confira os últimos posts



25/09


2020

TRE pede que candidatos cumpram medidas de prevenção à Covid

Com a proximidade do início oficial da campanha para as eleições 2020, que ocorre no domingo (27), o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) pediu aos candidatos que cumpram as normas sanitárias para prevenir a Covid-19. Além dos cuidados com a saúde, outra frente de atuação é o combate à desinformação, por meio de um comitê para monitorar o compartilhamento de fake news.

De acordo com o presidente do TRE-PE, Frederico Neves, os candidatos aos cargos de prefeito e vereador devem ter cuidados com a higiene e o distanciamento social devido à pandemia do novo coronavírus.

"É possível fazer uma campanha tranquila, transmitir os projetos com respeito à saúde dos eleitores e dos próprios candidatos. Quem não respeita a saúde e a vida não merece o voto", afirmou o desembargador.

Com o cenário eleitoral afetado pela pandemia, o Ministério Público Eleitoral enviou um ofício à Secretaria Estadual de Saúde (SES) solicitando um protocolo sanitário específico para a campanha durante a pandemia. O prazo para resposta do governo do estado se encerra hoje.

Procurada pelo G1, a SES afirmou, em nota, que "o documento enviado pelo Tribunal Regional Eleitoral e pelo Ministério Público de Pernambuco está sendo analisado pelos técnicos da pasta e será respondido dentro do prazo".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

25/09


2020

Mandetta diz que alertou Bolsonaro sobre milhares de mortes

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou, em entrevista ao programa "Conversa com Bial", que mostrou ao presidente Jair Bolsonaro, enquanto estava no governo, a possibilidade de que o novo coronavírus matasse centenas de milhares de pessoas no Brasil.

A reação de Bolsonaro, segundo Mandetta, foi "bem negacionista e bem raivosa".

"Eu nunca falei em público que eu trabalhava com 180 mil óbitos se nós não interviéssemos, mas para ele eu mostrei. Entreguei por escrito, para que ele pudesse saber a responsabilidade dos caminhos que ele fosse optar. Então, foi realmente uma reação bem negacionista e bem raivosa”, disse Mandetta.

A entrevista foi ao ar ontem, véspera do lançamento do livro "Um paciente chamado Brasil: Os bastidores da luta contra o coronavírus". No livro, Mandetta apresenta relatos do período em que, como ministro da Saúde, lidou com a pandemia da Covid-19.

Médico ortopedista e ex-deputado federal, Mandetta foi o primeiro ministro da Saúde do governo Bolsonaro. Foi empossado no cargo em janeiro de 2019 e permaneceu ministro até 16 de abril deste ano, quando foi demitido em razão das divergências com Bolsonaro sobre o enfrentamento da pandemia.

Até as 13h de hoje, o Brasil já contabilizava 140.040 mortes pela Covid-19, segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Ratinho me convida para o programa dele

Em meio à confra dos amigos do blog, que está sendo realizada neste momento no Mingus, no Pina, Zona Sul do Recife, recebi um áudio do apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, do SBT, manifestando surpresa com a repercussão da live que fiz com ele. Segundo ele, sua caixa postal ficou congestionada depois da entrevista que me concedeu.

A confra de hoje conta com a participação dos confrades Saulo Freitas, Roberto Andrade, José Maria Sultanum, Oscar Lafaiete, Pedro Jorge Barros e Braga Sá, nosso embaixador. Ouça a mensagem de Ratinho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Bens de filho de Eduardo Campos dobram em dois anos

Lauro Jardim

Filho de Eduardo Campos, João Campos viu o valor de seus bens crescerem de R$ 123 mil para R$ 242 mil em dois anos, segundo dados apresentados ao TSE para as eleições 2018 e de 2020.

Há dois anos, João se elegeu deputado federal e agora é candidato do PSB à Prefeitura de Recife.

Apesar de ter incrementado o seu patrimônio em 97%, ainda está longe do que possui sua prima e adversária Marília Arraes, candidata do PT ao mesmo cargo, que declarou R$ 1 milhão em bens.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Patrícia se encontra com defensores da causa animal

A delegada Patrícia Domingos, candidata a prefeita do Recife pelo Podemos, conversou com grupos de defesa da causa animal, que apresentaram demandas. O encontro ocorreu na manhã de hoje, na Avenida Beira Rio, bairro da Torre, Zona Norte da capital pernambucana.

O coordenador da campanha, o deputado federal Daniel Coelho (Cidadania), também esteve presente. Segundo Patrícia, a defesa dos animais é uma das prioridades de sua candidatura. "Tive a felicidade de reencontrar hoje as protetoras que conheci em 2015 em um evento de adoções. Naquele dia, encontrei Vivi, uma cadelinha que virou mascote daquele evento, e eu a levei, de carro, para ser adotada por um casal do Ceará", contou. 

Ela promete fazer o Hospital Veterinário funcionar 24 horas por dia, com plantões nos fins de semana, se eleita. A prefeiturável também quer implementar um amplo programa de castração e chipagem de animais nos bairros. A medida visa a evitar maus tratos e sofrimento dos bichos, diminuir a população de animais na rua e evitar as zoonoses, que também afetam a saúde humana. 

"Nesta reunião de hoje, pudemos ouvir as demandas dos protetores, as dificuldades que eles enfrentam no dia a dia. Escutei relatos sobre o funcionamento precário do Hospital Veterinário e sobre a ausência de uma política pública de castração que funcione de verdade", prosseguiu a candidata.

Luciane Nascimento, da ONG Projeto Patinha, acredita que a gestão da delegada Patrícia vai atender as reivindicações da causa. "Patrícia já trabalhava desde antes com resgate de animais. É uma satisfação que ela possa ir à frente e trabalhar pela causa animal. As propostas que ela tem são muito semelhantes ao que a gente pensa sobre o assunto", afirmou.

Conceição Maciel, da SOS Pet, ficou satisfeita com a conversa com a candidata. "A expectativa é que ela consiga mudar esse cenário do meio ambiente e dos animais abandonados aqui no Recife. Que consiga realmente fazer um controle populacional de cães e gatos", disse a ativista.

Já Daniel Coelho reforçou seu apoio a Patrícia e destacou a convergência de ideias entre ele e a delegada. "Em 2006 eu fiz a primeira lei de proteção animal no Recife como vereador e desde então eu sou extremamente engajado nessa causa. Um dos motivos que me fizeram decidir o apoio por Patrícia é a sensibilidade que ela tem com os animais. A gente sabe que quem tem sensibilidade com os animais, tem com as crianças, com os idosos, com as mulheres. Esse lado humano de Patrícia, que pouca conhece, é encantador", destacou o coordenador da campanha.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Bate papo analisa visita de Bolsonaro a PE na quinta

No “Bate Papo”, programa que apresento todos os dias, no meu canal do YouTube, o assunto hoje foi a visita que o presidente Jair Bolsonaro fará a Pernambuco na próxima quinta-feira (1°). Ele vem para inaugurar a Adutora do Pajeú. Vale a pena conferir!

Para assistir ao meu programa diariamente, basta se inscrever no meu canal, o https://www.youtube.com/blogdomagno, e ativar as notificações clicando no sininho.

A propósito, minha gente, preciso que meu canal no YouTube cresça e apareça! Vamos ampliar essa corrente. Quem me segue aqui ou é amigo entre os cinco mil amigos e os 17 mil seguidores e ainda não se inscreveu no canal do meu blog vai lá, dá uma forcinha. Imprensa livre e independente se faz com a ajuda e a colaboração de quem gosta e se sente representado pelo nosso trabalho. Inscreva-se no link acima e indique para mais alguém.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Procon realiza terceiro mutirão online

Após mais de 1.100 atendimentos de negociação com a Celpe e quase 1.500 com bancos, o Procon Recife realiza seu terceiro mutirão online de negociação de dívidas vencidas. Desta vez, o consumidor terá oportunidade de quitar débitos com a Compesa. A ação acontece de segunda-feira (28) até sexta (02/10), através do site https://procon.recife.pe.gov.br, no ícone "Mutirão Online Compesa".

O Procon Recife auxiliará na negociação dos consumidores, que tiverem dificuldade em aderir ao sistema online, através do e-mail procon@recife.pe.gov.br, das redes sociais @proconrecife ou ainda de forma presencial, com prévio agendamento, através do site www.procon.recife.pe.gov.br.

"Ao recebermos o formulário do consumidor, encaminhamos para a Compesa e respondemos ao cidadão em até 48h com uma proposta de quitação. Esses mutirões são oportunidades muito interessantes para os consumidores, porque a intermediação de órgãos de defesa do consumidor possibilita descontos e parcelamentos realmente diferenciados, facilitando a recuperação de crédito por parte do consumidor.", explica Ana Paula Jardim, presidente do Procon Recife.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Bolsonaro tem quadro de saúde estável após cirurgia

O presidente Jair Bolsonaro está clinicamente estável, sem febre e sem dor. A cirurgia para a retirada de um cálculo renal foi realizada na manhã de hoje (25), no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Segundo o boletim médico, o cálculo foi totalmente removido. O procedimento, cistolitotripsia endoscópica a laser, foi realizado sem intercorrências e teve duração de uma hora e meia. O boletim é assinado pelo cardiologista Leandro Santini Echenique, pelo urologista Leonardo Lima Borges e pelo diretor-superintendente do hospital Miguel Cendoroglo.

Bolsonaro foi diagnosticado com cálculo no fim de agosto, após ser submetido a ultrassonografia no departamento médico do Palácio do Planalto.

*Com informações da Agência Brasil


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Daniel Coelho sai em defesa da Delegada Patrícia

O deputado federal Daniel Coelho (Cidadania-PE) saiu, ontem, em defesa da Delegada Patrícia, candidata à Prefeitura do Recife pelo Podemos. A candidata realizou live no Instagram, onde questionou uma notificação que recebeu da corregedoria da Polícia Civil de Pernambuco, solicitando explicações dela sobre declarações feitas em fevereiro, no dia em que se filiou ao Podemos.

“Paulo Câmara e o PSB agem como ditadores. Querem calar e perseguir a Delegada Patrícia. Não é admissível que numa democracia, tentem impedir uma candidata legitimamente registrada em convenção partidária de falar”, criticou Daniel Coelho.

“Abrir agora um procedimento a respeito de uma fala feita em fevereiro deixa claro que a questão é política e o objetivo é a censura. O PSB e João Campos estão desesperados porque sabem que Patrícia é a candidata mais forte e a única que tem condições de derrotá-los”, complementou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Menino bom! Daniel Coelho foi o único pernambucano a votar contra auxílio financeiro para os Estados. Lembremos disso. KKKKKKKKKKKKKKKKKkk

Fernandes

São tão bonzinhos agora, vão vão levar lapada na eleição.

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Concordo. Entretanto, estou esperando a fala da Patricia sobre a declaração do Roberto Freire que, por sinal, não tem voto ou qualquer motivo que a Patrícia possa tolerar esse sujeito. Comunista caviar e foi para São Paulo por não ter condições de se eleger nem vereador pelo Recife. Patricia, você é a favor dos eleitores do Bolsonaro ou não? Lembre que o Bolsonaro foi vitorioso nas eleições para Presidente no Recife. Seu assessoramento não está vendo o futuro e não está analisando o passado. Assuma as rédeas da Campanha para não ser atropelada por esses que querem os votos da esquerda.



25/09


2020

Aulas nas redes municipais seguem suspensas

Do G1/PE

Com datas estipuladas pelo governo de Pernambuco para a volta às aulas presenciais de escolas das redes pública e privada do ensino médio e em meio à pandemia da Covid-19, representantes da educação dos municípios têm tido cautela quanto ao retorno. Segundo o presidente da União de Dirigentes de Educação dos Municípios em Pernambuco (Undime-PE), Natanael José da Silva, secretários municipais de educação decidiram manter a suspensão de aulas presenciais.

"Cada rede tem autonomia, cada município, para observar essa movimentação que se dá em se tratando da evolução do vírus em Pernambuco. Não há nenhum município que tenha se posicionado até o momento quanto ao retorno", disse Silva.

A decisão, tomada na quinta (24), leva em conta as diferentes realidades dos 184 municípios pernambucanos, segundo Silva. Ainda não há data para o início da retomada dos ensinos infantil e fundamental.

“Temos uma diversidade muito grande em termos de normalidade. Nesse período de pandemia, há um entendimento por parte dos municípios e das famílias [de estudantes] quanto à insegurança para o retorno”, afirmou.

As diferenças entre as situações dos municípios, segundo Silva, podem ser vistas analisando as soluções para manter o ensino diante das recomendações de distanciamento social.

“Desde o primeiro momento da suspensão das aulas, as redes municipais ou a grande parte delas iniciou a elaboração de planejamentos que dessem conta desse período pandêmico. Houve atendimento dos estudantes por meio das tecnologias, mas em alguns casos, em alguns municípios, isso não foi possível num primeiro momento e ocorreu o envio de atividades impressas”, afirmou.

Diante desse cenário, a entidade elaborou um documento com recomendações para a adequação de escolas antes da retomada de aulas presenciais.

“São proposições que trazem orientações para que as redes municipais, escolas, gestores e professores tenham um norte para organizar esse possível retorno”, informou Silva, que também é secretário municipal de Educação no município de Belém de Maria, na Zona da Mata.

“Temos os protocolos sanitários, a organização posta para o retorno, mas tudo isso não garante ainda a segurança na totalidade. A transmissibilidade do vírus ainda existe [...] e por mais que se tenha a sensação de que nós não estamos num período pandêmico, isso não é verdade”, disse o representante da Undime-PE.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Precariedade no fornecimento de água assola Poção

Em Poção, no Agreste Central, a população segue reclamando da precariedade no fornecimento de água nas casas, mesmo com chuvas recentes, que preencheram a barragem de Duas Serras em 75% da sua capacidade. O diretor da Rádio Vale do Açaí FM, Herculano Correia, entrou em contato com o blog para relatar o drama vivido por seus conterrâneos.

“Nossa cidade passou oito anos sem abastecimento e a barragem de Duas Serras, mesmo sem manutenção da Compesa, recebeu as últimas chuvas e tem esse líquido tão precioso para chegar às casas de nossa gente, mas a Compesa segue de olhos fechados. Isso é uma irresponsabilidade. As autoridades competentes não enxergam a necessidade do nosso povo, que continua clamando devido à falta d’água”, desabafa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Ministra da Agricultura na live do blog

Responsável por uma das áreas mais bem sucedidas do Governo Bolsonaro, no comando da pasta da Agricultura, a ministra Teresa Cristina confirmou, há pouco, presença na live deste blog da próxima quarta-feira. Em pauta, o agronegócio, a alta do arroz e a política agrícola para o Nordeste.

Será pelo canal do blog no YouTube, com transmissão simultânea pela Rede Nordeste de Rádio, formada hoje por mais de 40 emissoras nos Estados de Pernambuco, Alagoas e Bahia, no horário do Frente a Frente, de 18 às 19 horas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Beto Accioly anuncia o vice da sua chapa em Camaragibe

O pré-candidato a prefeito de Camaragibe pelo PP, Beto Accioly, anunciou, ontem, o nome do advogado Felipe Dantas (PV), como pré-candidato a vice-prefeito. Com isso, os partidos PV, Rede e PMN se uniram a coligação Camaragibe Um Novo Tempo, tornando-se assim a maior frente política do município, com 10 partidos.

Agora, a coligação Pra Mudar Camaragibe é composta pelos partidos PP, PV, Avante, PSL, PDT, PMN, Rede, Pros, PL e PSC.

Durante o anúncio, Felipe Dantas, falou sobre a importância da união em prol da construção do futuro de Camaragibe. “A política é feita de decisões difíceis. E, hoje, eu e Beto entramos em consonância quanto o que entendemos que é melhor para o grupo e para o futuro de Camaragibe. Não é apenas uma aliança política, e sim uma aliança programática, uma aliança de ideias, de um projeto para o que é melhor para nossa cidade. Estamos juntos para construir um novo tempo para Camaragibe”, afirmou.

Para Beto Accioly, a chegada de Felipe Dantas fortalece o projeto de mudança que ambos passam a construir juntos. “O exercício do diálogo nos mostrou que os nossos projetos convergiam para o mesmo caminho de transformação e construção do novo tempo que sonhamos para Camaragibe. Formamos a maior força política da história do município e a única que representa o verdadeiro sentimento de mudança”, disse o pré-candidato.

Participaram do encontro os presidentes estaduais dos partidos, deputado federal Eduardo da Fonte (PP); Jorge Carreiro (PV); Clécio Araújo (Rede); Ivanildo Pedro (PMN); Marco Amaral (PSL); o presidente da Juventude Progressista, Lula da Fonte; e o diretor da Federação Pernambucana de Futebol, Jorge Vieira Júnior.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Reeleição, acaba ou permanece

Por Irineu Tamanini

Em vigor no País desde o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o instrumento constitucional da reeleição, criado pela Emenda Constitucional número 4, de 14 de setembro de 1993 – portanto há 27 anos – já beneficiou três ex-presidentes da República. O próprio FHC, Lula, Dilma. Certamente, o atual ocupante do Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro, irá disputar a reeleição como fizeram os seus colegas em 2022. Beneficiou, ainda, vários governadores e prefeitos.

Desde a sua criação, o expediente da reeleição colheu aplausos e críticas. Agora, o tema volta a se. A mudança valeria a partir das eleições de 2026.

O site www.direitoglobal.com.br ouviu opiniões dos mais variados setores da sociedade: ex-presidente da República, ex-presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), ex-ministro do TST, ex-ministros da Justiça e da Previdência Social, ex-procurador-geral da República, ex-presidentes nacionais da OAB, ex-presidente da Ajufe, diplomata, advogados e jornalistas e ex-craques que atuaram na Seleção Brasileira, Fluminense, Flamengo e Atlético Mineiro, Bahia e Santa Cruz (PE).

Seguem as opiniões de alguns dos entrevistados sobre a reeleição de presidentes da República, governadores e prefeitos:

Carlos Mário Velloso, ex-presidente do STF e do TSE:

“A história da República brasileira não conhece a figura da reeleição quanto aos cargos do poder executivo. A reeleição é perniciosa, prejudica a administração. Um bom presidente é capaz de realizar uma notável administração num só período. Exemplo: JK, que construiu Brasília. Inexistindo a possibilidade de reeleição, o mandato ideal seria de cinco anos”.

Marco Aurélio – ministro do STF e próximo decano do Supremo:

“A alternância é sempre democrática e republicana. Ante a cultura brasileira, o vezo de utilizar-se a máquina administrativa visando à reeleição, o término desta implicará maior equilíbrio na disputa”.

Michel Temer, ex-presidente da República, ex-presidente da Câmara dos Deputados em duas Legislaturas:

“Possível juridicamente é. É preciso verificar a conveniência política. Se acabar há de se estabelecer prazo maior para o mandato”.

Torquato Jardim, ex-ministro da Justiça e ex-ministro do TSE:

“Na técnica do poder de emenda constitucional – não versando cláusula pétrea, sim. É sagaz que seja a partir de 2026 porque protege a emenda do ataque judicial pelos eleitos em 2018 sob o sistema de uma única reeleição”.

Carlos Alberto Reis de Paula, ex-presidente do TST e primeiro ministro negro da história do STF e dos tribunais superiores:

“Sou favorável à reeleição pois entendo que para os que desempenharam bem as atribuições do cargo, podem prosseguir, e para os que não o foram, os eleitores têm o voto para afastá-los”.

Aristides Junqueira, ex-Procurador-Geral da República de 20 de junho de 1989 a 28 de junho de 1995:

“À reeleição foi introduzida entre nós recentemente e não condiz com nossa cultura. Chegar de imitar cultura alienígena inadaptável aos nossos bons costumes”.

Jair Soares, ex-ministro da Previdência Social, ex-governador do Rio Grande do Sul, ex-deputado federal e estadual e vereador

“Claro que é possível, desde que ele consiga as assinaturas. A vigência está certa, a partir de 2026. Um mandato de quatro anos é pouco quando o administrador é bom!”.

Jorge Maurique, ex-presidente da Ajufe, desembargador federal aposentado e advogado:

“À reeleição foi uma péssima ideia! Desorganiza todo o sistema político, pela tentativa de perpetuação da pessoa que comanda o executivo. Tem que acabar mesmo, pelo bem da nossa já tão fragilizada democracia.”

Reginaldo Oscar de Castro, ex-presidente nacional da OAB:

“Segundo Fernando Henrique, seria ingenuidade imaginar que “os presidentes não farão o impossível para ganhar a reeleição”. Em um mundo carente de estadistas, só o voto corrige o estrago que o próprio voto produziu. A democracia não garante sempre a escolha do melhor, apenas permite que se continue tentando, tentando, tentando até acertar.

Isto é afirmação do Noblat. Acrescento que sempre fui opositor à adoção da reeleição. O ser humano, por natureza, é dotado do instinto da sobrevivência. Acredita na vida eterna porque não admite a morte. Assim é também sua reação na preservação do poder. Fará o que puder para preserva-lo. Pior que entre nós, embora uma reeleição seja permitida, poderá o reeleito disputar outra eleição quatro anos após o fim de seu mandato. Com direito a nova reeleição. Será uma interminável e “democrática” ditadura, mantida obviamente com muita corrupção.”

Cezar Britto, ex-presidente da OAB Nacional e da OAB de Sergipe:

“A reeleição começou errada e errada continuou. Fruto de confessada compra de votos de parlamentares, a reeleição para o chefe do Poder Executivo legalizou o abuso da máquina estatal em uso próprio, quebrando a fundamental paridade de armas e de oportunidades na disputa eleitoral. O poder do governante tende a governar o poder eleitoral, desgovernando a democracia”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


25/09


2020

Quanto maior o salto, maior a queda

O vereador de Caruaru Marcelo Gomes (PSB) já pode incluir no seu perfil o trevo da sorte. Caiu no seu colo a missão de ser o personagem imponderável das eleições da cidade, caso consiga votos suficientes para levar a eleição para o segundo turno. É difícil? Certamente. Mas, desde que teve seu nome lançado candidato, tem se dedicado 24 horas por dia para cumprir a tarefa que lhe foi dada.

Na sucessão de poder em Caruaru, Marcelo Gomes era o último da fila no campo das oposições. Na frente dele tinham nomes mais "cascudos", por assim dizer, a exemplo dos ex-prefeitos e deputados estaduais José Queiroz (PDT) e Tony Gel (MDB), o deputado federal Wolney Queiroz (PDT), o ex-vice governador Jorge Gomes e a ex-deputada Laura Gomes (ambos pai e mãe se Marcelo). Um por um, por circunstâncias políticas e até pessoais, foram desistindo do papel de enfrentar a candidata à reeleição e favorita Raquel Lyra (PSDB).

O clima em Caruaru, nestas condições, é de uma eleição já resolvida. Raquel tende a ser reeleita no primeiro turno, não dando chances para um inesperado fato político que provoque um também improvável segundo turno

Mas é justamente neste território de "guerra vencida" que Marcelo Gomes pode surgir das urnas como o personagem político novo dessa eleição no município. Só vai existir segundo turno se ele conseguir conquistar parcela do eleitorado e se sua campanha avançar sobre o eleitorado insatisfeito com a gestão atual da prefeita Raquel, que não é pequeno.

Além do desempenho individual, Marcelo Gomes terá sucesso ou não na sua caminhada, caso venha a contar pra valer, entre outros fatores, com quatro forças sociais significativas na mobilização do seu palanque: as militâncias dos grupos Queiroz (José Queiroz e Wolney Queiroz) e de Tony Gel, a estrutura do governador Paulo Câmara (que tem a obrigação moral de oferecer as condições pra que Marcelo construa sua campanha, porque sem ele seria humilhante o governo não ter candidato na principal cidade do Agreste) e o apoio financeiro do PSB.

Só cabe agora aguardar o resultado dessa equação no curso das próximas semanas até o dia das eleições. Enquanto isso, Raquel Lyra segue super favorita. Olhando todo esse cenário de cima pra baixo. Mas não se deve subestimar nenhum adversário e subjugar a velha máxima popular: "quanto maior o salto, maior é a queda".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha