FMO janeiro 2020

14/07


2020

Fake news nas pesquisas eleitorais

Por Maurício Garcia*

Quem trabalha no mercado de pesquisas de opinião pública e política há um tempo, e eu estou perto de completar meus 30 anos nisso, lembra de um fato “curioso” com relação à pré-campanha da eleição presidencial de 2002. Ainda em 2001, logo após o então PFL usar intensivamente sua campanha partidária para apresentar ao país a então governadora do Maranhão Roseana Sarney, capitaneada pelo publicitário Nizan Guanaes, o instituto Sensus lançou pesquisa nacional para medir a intenção de voto dos brasileiros.

A pesquisa foi divulgada dias depois e mostrava que a então governadora havia passada o favorito Lula. Não que isso não fosse impossível de ocorrer com o passar do tempo, pois Roseana Sarney seria a grande novidade naquele momento, mas existiam uns “pecadinhos” no questionário utilizado pelo instituto. Antes da pergunta de intenção de voto, foi perguntado ao eleitor o que ele achava de greves no funcionalismo público (tema difícil ao PT de Lula na época), sua opinião sobre o racionamento de energia elétrica (calcanhar de Aquiles pós apagões para o governista José Serra) e sobre acusações de envolvimento do PT gaúcho com o jogo do bicho. Só depois disso se perguntava em quem o eleitor votaria para presidente.

Graças ao registro da pesquisa no TSE todos puderam ver esse “pequeno descuido” do instituto e a pesquisa não passou nem a constar nas listas de evolução da intenção de votos, e sim passou a fazer parte de um rol de pesquisas, no mínimo, “questionáveis”, e entrou no anedotário da política brasileira.

Nesse final de semana, consultando, como faço por ofício frequentemente no site do TSE, as pesquisas registradas, deparei-me com uma que também suscita as mesmas dúvidas dessa de 2001. Primeiro porque a pesquisa foi realizada em junho, entre os dias 21 e 27, registrada só no dia 11 de julho, para ser divulgada dia 17 de julho.

Além disso, a pesquisa é descrita como feita com uma “amostra aleatória pôs-estratificada via algoritmo iterativo”. Alguém entendeu?? Com os meus quase 30 anos de pesquisa tenho, sinceramente, dificuldades.

E olha que não falamos do questionário gigantesco, que inicia com temas nacionais, absolutamente genéricos, para finalizar nas perguntas numeradas como 30, 33 a 38 (olhem quantas foram feitas antes!) com o cenário eleitoral em Recife, que com certeza é a razão do registro da pesquisa.

Pesquisadores gostam de dizer que pesquisa é “uma fotografia do momento”, que momento representa essa pesquisa? Alguém pode garantir, com 100% de certeza, que essa pesquisa irá refletir na data da sua divulgação, 20 dias após o seu término, o “atual momento” da pré-campanha eleitoral em Recife em 2020? Fica a questão.

*Sociólogo e pesquisador de opinião pública e política


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Cabo de Santo Agostinho

Confira os últimos posts



13/08


2020

Petrolina ganha Centro de Referência em Saúde da Mulher

Junto do recém-inaugurado Centro de Parto Normal, começa a funcionar na próxima semana o primeiro Centro de Referência em Saúde da Mulher de Petrolina. A estrutura de especialidades médicas foi inaugurada pelo prefeito Miguel Coelho, na noite desta quarta (12). O equipamento recebeu investimento de R$ 1,2 milhão e se integrará ao Centro de Parto e outras ações voltadas para a saúde das mulheres petrolinenses.

A proposta do Centro de Referência é acompanhar com mais qualidade e infraestrutura clínica as pacientes de todas as regiões da cidade que necessitam de atendimento ginecológico. Para isso, a unidade de saúde especializada conta com cinco consultórios, duas salas de ultrassonografia, espaços para triagem, coleta, densitometria óssea, recepção e farmácia.

Essa estrutura disponibilizará profissionais ginecologistas obstetras, patologistas, ultrassonografistas e mastologistas. Com esse corpo médico, serão oferecidos exames como colposcopia, biópsia, ultrassonografia transvaginal, obstétrica, mamária, tireoide, entre outros. A unidade também garante serviço de implantação de DIU e coleta de exames laboratoriais. Posteriormente, o local também irá ofertar os serviços de densitometria óssea e odontologia.

Na visita ao Centro da Mulher, o prefeito Miguel Coelho falou da prioridade concedida às políticas de atenção à mulher. "Quando pensamos numa maternidade, sabíamos que era necessário mais que isso. Esse espaço vai resultar num trabalho de atenção mais cuidadosa com as mulheres de Petrolina. São estruturas que somadas a tantas outras medidas como a Patrulha da Mulher, os programas de combate à violência de gênero e outras iniciativas, comprovam que nossa cidade trata nossas petrolinenses com o respeito e zelo que elas merecem", reforçou Miguel.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

13/08


2020

Sebá fala de saúde em evento nacional do Avante

“Saúde em tempos de Pandemia” é o tema da palestra que o médico e deputado federal Sebastião Oliveira vai ministrar, no próximo sábado, durante o 1º Congresso Virtual Avante. A iniciativa foi idealizada pela Executiva Nacional da legenda, que é presidida pelo deputado federal mineiro Luiz Tibé, e focará as Eleições 2020.

"A Covid-19 impôs uma nova realidade a todos nós. Muitas adaptações foram necessárias e devemos estar sempre preparados para conviver com as mudanças, principalmente as que são relacionadas com a saúde. O nosso bem maior é a vida. Devemos proteger as nossas e a das outras pessoas”, destacou Sebastião Oliveira.

Além da área de saúde, o evento virtual abordará temas importantes, como direito eleitoral, oratória e prestação de contas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Abreu e Lima - Prefeitura - Abreunozap

13/08


2020

Mendonça quer levar internet de alta velocidade a escolas

O ex-ministro e pré-candidato a prefeito do Recife pelo DEM, Mendonça Filho, teve audiência em Brasília com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, para discutir projeto de internet de alta velocidade para as escolas municipais. “A nossa proposta é garantir internet de alta velocidade para 100% das escolas e disponibilizar o acesso aos alunos, que hoje é precário e, na maioria dos casos, inexistente”, afirmou. Segundo Mendonça, ter acesso à internet é fundamental para que crianças e adolescentes possam estar conectados a uma sociedade, cada vez mais digital.

Mendonça relatou que a audiência com o ministro Fábio Faria foi muito boa, porque ampliar a rede de conexão de internet no Brasil é um dos focos do Ministério das Comunicações. “Apresentei ao ministro as minhas propostas e ele se disponibilizou a contribuir no que for necessário para que a Educação no Recife alcance patamar de excelência em conexão de internet”, disse. O pré-candidato destacou que a pandemia expôs de forma crua as desigualdades de acesso ao mundo digital e à tecnologia e os efeitos negativos para estudantes e professores da rede pública. “O acesso à Educação, seja presencial, remota ou híbrida, depende de tecnologia e conectividade na escola e para os alunos. Hoje se discute a necessidade de garantir internet em casa”, completou.

Dados do Censo Escolar/INEP 2018 mostram que 78% das escolas no Recife tem banda larga e a quantidade de computador por escola para os alunos dá, em média, três equipamentos por escola. “Laboratório de informática é um conceito defasado. Basta conversar com os estudantes para ver que hoje eles acessam mais internet fora da escola. Um ambiente escolar sem conexão, sem equipamentos adequados, torna-se cada vez menos atrativo e o Recife não pode continuar fazendo de conta que oferece educação conectada”, criticou.

No Ministério da Educação, Mendonça lançou, em 2017, a Política de Inovação Educação Conectada, em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, para universalizar a internet de alta velocidade e integrar infraestrutura e conectividade na escola, recursos didáticos digitais e formação de gestores e professores para uso pedagógico da tecnologia. Na fase de indução, até o fim de 2018, o MEC investiu R$ 271 milhões, em ações para melhoria da infraestrutura e conexão das escolas, beneficiando 22,5 mil escolas urbanas e rurais com ampliação da rede terrestre de banda larga, conectividade, infraestrutura de wi-fi, compra de dispositivos e aquisição de um satélite que vai levar internet a escolas da zona rural.

“O Educação Conectada foi a maior ação de conectividade na rede de ensino brasileira das últimas duas décadas. A última iniciativa neste sentido tinha sido o ProInfo em 1997”, lembrou Mendonça, destacando que na sua gestão no MEC outros projetos como o Amazônia Conectada e o Nordeste Conectado foram lançados com o mesmo objetivo. No Nordeste Conectado, o MEC investiu R$ 25 milhões, em parceria com a Rede Nacional de Pesquisa (RNP) para interligar, em alta velocidade, instituições federais de educação e pesquisa e escolas públicas, beneficiando mais de 16 milhões de pessoas nos nove estados da região.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/08


2020

Gleisi encara o PSB e defende candidatura de Marília

A presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann, saiu em defesa, hoje, da candidatura da também deputada Marília Arraes à Prefeitura do Recife e rebateu o ataque feito pelo presidente do PSB, Carlos Siqueira, que afirmou que o partido não irá apoiar o Partido dos Trabalhadores “em lugar nenhum nestas eleições”.

“Foi pensando no Brasil que o PT abriu mão de lançar Marília Arraes e apoiou o PSB ao governo de Pernambuco em 2018. Mas parece que para o PSB a esquerda só pode se unir se apoiar o candidato deles à prefeitura do Recife”, postou Gleisi no Twitter.

A postagem de Gleisi veio na esteira da declaração feita por Siqueira de que “entre o PT e o Brasil, o PT sempre ficou consigo mesmo, é o vetor da divisão na esquerda. Não estaremos com ele em lugar nenhum nestas eleições”. Nas eleições de 2018, contudo, o PT abriu mão da candidatura de Marília ao comando do Executivo estadual e apoiou a reeleição de Paulo Câmara (PSB).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banco de Alimentos

13/08


2020

Presidente do PSB: PT é vetor da divisão na esquerda

Em curta declaração publicada, hoje, na coluna do Estadão, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou que o PT é o vetor da divisão na esquerda.

“Entre o PT e o Brasil, o PT sempre ficou consigo mesmo, é o vetor da divisão na esquerda. Não estaremos com ele em lugar nenhum nestas eleições”, disse Siqueira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

O Jornal do Poder

13/08


2020

Live da segunda é com o prefeito de Maceió

Sem partido desde que se desligou do PSDB, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, filho do ex-governador Guilherme Palmeira, recentemente falecido, é o convidado do blog para a live da próxima segunda-feira, às 19 horas, pelo Instagram.

Na pauta, a gestão da pandemia na charmosa capital alagoana, crise nacional e eleições municipais. Rui está concluindo seu segundo mandato e terá pela frente o grande desafio de eleger como sucessor Alfredo Gaspar de Mendonça, ex-procurador-geral de Justiça de Alagoas. Se você anda não segue o Instagram do blog, anote o endereço: @blogdomagno.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Potencial Pesquisa & Informação

13/08


2020

Simepe cobra PCR por falta de pagamento a médicos

Houldine Nascimento, da equipe do blog

O Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) enviará uma notificação extrajudicial à Prefeitura do Recife para que pague os 55 médicos contratados para atuar no combate à Covid-19 em um hospital de campanha montado no estacionamento da Policlínica e Maternidade Professor Barros Lima, em Casa Amarela, Zona Norte da cidade. Os profissionais trabalharam entre março e maio deste ano e não receberam salários até agora.

A presidente do Simepe, Claudia Beatriz (foto), também informa que o Ministério Público do Trabalho e o Ministério Público de Pernambuco serão contatados para acompanhar o caso. "Nós estamos fazendo uma notificação extrajudicial à Prefeitura do Recife para a liquidez desses valores em 72h. Também estamos encaminhando toda a documentação com todo o histórico desta situação ao Ministério Público do Trabalho e o Ministério Público de Pernambuco. Lamentamos muito porque os médicos se expuseram e laboraram diretamente com os pacientes da Covid-19 quando mais foi preciso e sempre estiveram ao lado dos pacientes. Agora nossos heróis são descartáveis porque não há uma perspectiva de resolução dessa situação", declarou, em entrevista à TV Globo.

Os valores não repassados pela Prefeitura do Recife aos médicos se aproximam dos R$ 900 mil. Em junho, o hospital de campanha foi desativado e os profissionais dispensados. Por meio da Diretoria Executiva de Gestão de Trabalho e Educação na Saúde (Degtes), a Prefeitura se comprometeu a realizar a liquidez integral dos salários até a última segunda-feira (10), o que não ocorreu.

Os médicos procuraram o Simepe no começo de julho. A partir disso, o Sindicato entrou em contato com a Prefeitura do Recife no último dia 17 e ratificou a cobrança em 24 e 28 de julho, sem sucesso. 

A médica Carina Brito trabalhou na Policlínica Barros Lima durante o período e desabafou sobre a negligência: "Nós saímos no meio da pandemia, deixamos nossas casas e nossas famílias para assumir nosso juramento e compromisso com a sociedade. Muitos se afastaram, ficaram em hotéis, longe de suas famílias, adoeceram e até hoje não receberam esses honorários."

A Prefeitura do Recife reconheceu o atraso nos pagamentos. Por meio de nota, afirmou que "houve problemas técnicos e burocráticos pontuais que dificultaram o processamento do pagamento de alguns profissionais de saúde que deram plantões extras entre março e maio". Além disso, "lamenta o ocorrido e garante que está empregando todos os esforços para efetuar o pagamento nos próximos dias".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/08


2020

Bolsonaro promove aglomeração em Belém

O presidente da República, Jair Bolsonaro, desembarcou em Belém, no Pará, na manhã de hoje. Ele viajou à capital paraense para participar da inauguração da primeira etapa das obras do Porto Futuro, um espaço de lazer e turismo no centro da cidade.

O avião pousou às 9h40 na Base Aérea de Belém, e apoiadores do presidente fizeram aglomeração na região central da cidade em ato de apoio. Bolsonaro foi recebido, ainda na base aérea, pelo governador do Pará, Helder Barbalho, e pelo prefeito da capital, Zenaldo Coutinho. Em seguida, ao passar por apoiadores, cumprimentou as pessoas sem usar máscara.

No local da cerimônia de inauguração do Porto Futuro, também houve aglomeração entre os participantes do evento. Parte deles não usava máscara.

A última visita de Bolsonaro à cidade foi em junho de 2019, quando ele participou da cerimônia de entrega de unidades habitacionais e do culto de celebração em comemoração dos 108 Anos da Assembleia de Deus no Brasil.

O trânsito no entorno do Porto Futuro foi parcialmente interditado e havia lentidão em vias próximas do local. Centenas de apoiadores de Bolsonaro foram às ruas do lado de fora do complexo. Houve aglomeração e parte das pessoas não usava máscara.

Um boneco inflável do presidente foi instalado na região do complexo de lazer. Um dos carros som levava uma faixa com pedido de saída do governador do Pará, Helder Barbalho. tal. Apesar da retomada gradual, ainda é obrigatório o uso de máscara e as normas de distanciamento social seguem em vigor.

Um boneco inflável do presidente foi instalado na região do complexo de lazer. Um dos carros som levava uma faixa com pedido de saída do governador Helder Barbalho.

Apesar da chegada de Bolsonaro antes das 10h, a agenda oficial dele só tem prevista a solenidade de inauguração do Porto Futuro às 11h10. A previsão é que o evento dure até 12h, e que o presidente parta de volta para Brasília às 12h30.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Roberto de Lima Barros

Canalha brinca com vidas dos outros e ainda tem blogueiro que defende esse ser que só cuida da sua família bem próxima a ele e o Motorista Queiroz. Todos que o apoia nessas ações deveriam se acusado de crime contra a saúde publica.inclusive esse blog.



13/08


2020

Blog faz campanha para cirurgia de afogadense

A cidadã afogadense Marleide da Silva, conhecida como Marleide do Posto de Saúde, moradora do Bairro São Francisco, está precisando fazer uma cirurgia urgente no quadril e não pode mais esperar na fila do SUS, que conta com mais de 170 pessoas à sua frente.

Amigos e familiares estão organizando um movimento solidário para conseguir os R$ 25 mil necessários para o procedimento. Quem puder ajudar, foi lançada a campanha 250 pessoas por Marleide. O projeto busca reunir 250 pessoas que possam doar R$ 100,00 cada.

Quem pude ajudar, segue abaixo os dados para depósito e o telefone para contato.

Caixa Econômica Federal

Agência 1433 // Operação 001 // Conta 620-9

CPF: 660.786.014-15

Contato: (87) 9-9931-8668 ou (87) 9-9918-1972


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/08


2020

Chesf doa R$3 milhões para combate à Covid-19

Além das medidas e protocolos para garantia dos serviços de geração e transmissão de energia elétrica essenciais para o Brasil, as empresas Eletrobras também estão mobilizadas para dar sua contribuição à sociedade brasileira no combate à covid-19 por meio de doações. A Eletrobras aprovou a doação de R$ 23,750 milhões em ações em todo o país. Do valor total de doações, quase R$ 20 milhões (R$ 19.873.386) foram destinados pelas empresas Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), Eletrobras CGT Eletrosul, Eletronorte, Eletronuclear, Furnas e holding à campanha Salvando Vidas, capitaneada pelo BNDES, em que o banco dobra o valor dos doadores, ampliando ainda mais o alcance da ação em todo o país. Para essa campanha, a Chesf entrou com R$ 3 milhões.

As doações chegarão a 109 hospitais e santas casas do SUS em 102 municípios de 24 estados e Distrito Federal. O valor será aplicado em kits de proteção para o profissional de saúde, com materiais como touca, óculos de proteção, máscara cirúrgica, avental de manga longa, luvas, oxímetro de pulso, estetoscópio e aparelho de pressão.

Além disso, R$ 2 milhões doados pela Eletronorte serão investidos na aquisição de duas ambulâncias e um tomógrafo para o Hospital Regional de Tucuruí, no Pará. A Eletronorte também está doando R$ 875 mil em equipamentos de saúde para comunidades indígenas e associações comunitárias na Amazônia.

As empresas CGT Eletrosul, Chesf e Eletronuclear aprovaram a doação de R$ 455 mil em mais de 8 mil cestas básicas para comunidades do entorno de suas instalações. A Eletronuclear também investiu R$ 276.614 na doação de 2.600 testes de Covid-19 para o SUS em Angra dos Reis, Paraty e Rio Claro, no estado do Rio de Janeiro.

Furnas destinou R$ 130 mil para kits de higiene e 16,6 mil máscaras de proteção para aproximadamente 4.150 famílias em situação de vulnerabilidade social das comunidades no entorno dos empreendimentos da empresa.

Em virtude da vulnerabilidade da população diante da pandemia do novo coronavírus, o Programa de Voluntariado Empresarial da Chesf utilizará o montante de R$ 125 mil para doações de cestas básicas, kit de higiene e EPI’s para as comunidades do entorno de suas operações na região Nordeste. O valor será dividido entre as sete Regionais da Companhia, as quais ficarão responsáveis pela aquisição dos produtos, preferencialmente adquiridas no comércio de cada localidade, de modo que haja uma maior contribuição do programa para o município selecionado. O Núcleo de Voluntariado Empresarial da Chesf, vai organizar seminários virtuais (webinar) de modo a capacitar/aperfeiçoar as pessoas dessas comunidades em diversas áreas aderentes às suas especificidades.

A Eletrobras holding doou ainda R$ 100 mil à campanha Máscaras + Renda, promovida pela Vale. O valor será revertido em insumos e remuneração de costureiras de baixa renda para a confecção e distribuição gratuita de 27 mil máscaras no entorno do escritório central da empresa, no Rio de Janeiro, em parceria com o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) que atende a região.

Com ativos de geração e transmissão de energia elétrica em todas as regiões do Brasil, as empresas Eletrobras adotam como uma de suas diretrizes de gestão empresarial a atuação como agentes do desenvolvimento sustentável prioritariamente nos locais em que se encontram seus empreendimentos ou que são impactados por seus negócios.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/08


2020

Bate papo analisa prazo para prefeitos entregarem obras

No “Bate Papo da Manhã”, programa que apresento todos os dias, no meu canal do YouTube, o assunto hoje foi o prazo para prefeitos entregarem obras nos municípios por conta da eleição deste ano. O limite é até amanhã. Vale a pena conferir!

Para assistir ao programa diariamente, basta se inscrever no meu canal, o https://www.youtube.com/user/blogdomagno e ativar as notificações clicando no sininho.

A propósito, minha gente, preciso que meu canal no YouTube cresça e apareça! Vamos ampliar essa corrente. Quem me segue aqui ou é amigo entre os cinco mil amigos e os 17 mil seguidores e ainda não se inscreveu no canal do meu blog vai lá, dá uma forcinha. Imprensa livre e independente se faz com a ajuda e a colaboração de quem gosta e se sente representado pelo nosso trabalho. Se inscreva no link acima e indique para mais alguém.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/08


2020

Presidente nacional da OAB na live da próxima quarta

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz, é o convidado da live do meu blog da próxima quarta-feira. Na pauta, a visão dele sobre os processos que complicam a vida do presidente Bolsonaro no Supremo Tribunal Federal envolvendo também pedidos de impeachment, a crise política e os efeitos da pandemia do coronavírus no mundo jurídico.

Felipe Santa Cruz é filho de um desaparecido político da ditadura militar e, ao assumir o comando da OAB, prometeu não ficar em silêncio todas as vezes que o presidente Jair Bolsonaro fizer apologia à tortura. Ele é crítico do ex-juiz Sérgio Moro. Diz ser um profissional que demonstrou capacidade e habilidade para ser ministro da Justiça, mas que cometeu um equívoco histórico em sua vida.

"Quando entrou na arena do Executivo, ainda que com as melhores intenções, é óbvio que autorizou leituras mais duras sobre todo o processo que gerou uma profunda criminalização da classe política”, diz Santa Cruz. O presidente da OAB estreia a nova fase de lives do blog, agora pelo canal do YouTube, com transmissão simultânea pela Rede Nordeste de Rádio. Será às 18 horas.

Imperdível!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/08


2020

O 13 do passado e o 13 do amanhã

Miguel Arraes e Eduardo Campos faleceram no mesmo dia 13 de agosto. O avô em 2005 e o neto em 2014. Histórias distintas e legados igualmente distintos. Arraes já era mito antes de morrer e é reconhecido pela história como um dos maiores políticos que o Brasil teve. Lutou contra a ditadura, mas sua maior marca de guerreiro foi pelo combate às desigualdades.

Eduardo, jovem, trabalhador e ambicioso, fez uma boa gestão em Pernambuco, mas se estivesse vivo poderia estar preso, alvo de denúncias de corrupção. Neste ano, por ironia do destino esses dois legados vão se encontrar. De um lado, a neta querida de Arraes, Marilia, e do outro o filho de Eduardo, deputado João Campos. Vale lembrar que o que marcou Arraes e Eduardo no calendário do tempo, por ironia do destino, acabou sendo o 13, número que, segundo as pesquisas, poderá dar a Marilia Arraes a vitória nas eleições deste ano.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/08


2020

Mães da Pátria. Difícil sem elas

Por Antonio Magalhães*

Os Pais da Pátria têm servido para simbolizar o papel preponderante de determinadas personalidades na formação da unidade nacional ou de sua independência. Uma visão masculina da História do Brasil.

No recente Dia dos Pais pensei como seriam os pais sem as mães. De onde eles extrairiam opiniões sensatas para tocar seus projetos e a vida em comum? Por isso quis aqui lembrar essas figuras indispensáveis, as Mães da Pátria, que deram apoio a ideias e ideais desses homens notáveis.

Longe de querer dividir este texto com feministas radicais, destaco aqui o papel importante das mulheres, não heroínas oficiais, que compartilharam com eles suas vidas com amor e companheirismo.

Esposas fiéis ao casamento, às vezes numa relação com maridos infiéis, bem formadas intelectualmente, deram grande contribuição em forma de conselhos, críticas, sugestões, cuidando da administração doméstica, para que esses vultos brasileiros, hoje registrados no Panteão da Pátria, pudessem ser o que foram.

LEOPOLDINA

Me vêm à cabeça a lembrança da Arquiduquesa da Áustria, Dona Leopoldina, primeira esposa de Pedro I e Imperatriz do Brasil. Hoje há consenso entre os historiadores do seu fundamental papel desempenhado na independência do País. Foi também conselheira de bastidores de Pedro I em importantes decisões políticas que refletiram no futuro da nação, como o Dia do Fico e a posterior oposição e desobediência às cortes portuguesas quanto ao retorno do casal a Portugal.

Preparada na sua formação para reinar, Dona Leopoldina, não via mistério em governar. Foi regente do reino nas viagens de Pedro I pelas províncias brasileiras. E considerada a primeira mulher a se tornar Chefe de Estado de um país americano. Essa performance da jovem imperatriz, falecida aos 29 anos, só é registrada em livros especializados. Para massa, principalmente no Rio de Janeiro, é nome de um bairro carioca e de escola de samba.

NARCISA

Outro figurão da história, José Bonifácio de Andrada e Silva, o Patriarca de Independência do Brasil, casou em Lisboa em 1790 com a irlandesa Narcisa Emília O’Leary. Ele a conheceu na Universidade de Coimbra. Com ela, percorreu seu acidentado caminho político. Homem de confiança de Pedro I e articulador eficiente entre os cortesãos do reino e depois do império brasileiro, passou por períodos de ostracismo, de prisão, de exílio, e foi o regente do Brasil durante parte da menoridade de Pedro II.

arcisa Emília O’Leary, órfã de pai e mãe, imigrou com uma tia para Portugal ainda criança devido a forte repressão dos protestantes ingleses contra os católicos. Os registros históricos sustentam que Narcisa foi sempre fiel e companheira do marido, apesar das conhecidas aventuras extraconjugais dele, e, de acordo com depoimentos da época, sempre foi uma esposa discreta, polida e virtuosa, acompanhando José Bonifácio durante as alegrias e adversidades de uma vida política intensa, conturbada, mas memorável.

TRÊS PARA UM

Já Joaquim Nabuco, o abolicionista, por sua vez, não foi influenciado apenas por uma mulher. Mas por três. Na infância, a madrinha Ana Rosa cuidou dele no engenho Massangana, em Pernambuco, enquanto os pais viviam no Rio, onde o pai era deputado. Na juventude viveu um romance durante 16 anos com a ricaça Eufrásia Teixeira Leite, que terminou deixando-o para viver em Paris. Curiosamente, Nabuco veio a se casar depois com uma parisiense de nacionalidade brasileira, Evelina Torres Soares Ribeiro. Dezesseis anos mais nova, ela acompanhou as andanças políticas e diplomáticas do marido. Deu-lhe cinco filhos. E tem pouco registros de sua vida com Nabuco.

MARIANA

No exemplo seguinte, Mariana Cecília de Souza Meirelles aos 34 anos ainda era solteira, um atestado de incompetência relacional para a época. Mas o militar Deodoro da Fonseca a livrou da solteirice. Muito apaixonados um pelo outro, eles se casaram poucas semanas depois, em 16 de abril de 1860. Ela tinha 34 anos de idade e ele, 33. Não tiveram filhos e os apelidos do casal eram Maneco e Marianinha.

Nas muitas voltas da vida, Deodoro fez brilhante carreira militar, tornou-se Marechal e líder do grupo que proclamou a República. Mariana Fonseca passou a ser a primeira-dama do Brasil republicano.

Foi uma primeira-dama discreta, não fazendo só o papel de dona de casa no Palácio do Itamaraty, residência presidencial à época. Ela teve uma grande influência sobre o marido, fato conhecido por toda a sociedade.

Considerada uma mulher de personalidade forte e opinião própria, a primeira-dama apoiou a iniciativa de criação de uma escola doméstica que, em sua prática, dava instrução primária e ensinava tipos de prendas do lar a meninas pobres e órfãs. Tal escola permaneceu em atividade até o início do século XX.

DARCI

O presidente, o ditador, o líder de massas, o pai dos pobres Getúlio Vargas casou-se em São Borja (RS), em 4 de março de 1911, com Darcy Lima Sarmanho, de 15 anos de idade. O matrimônio foi um acerto político, um ato de conciliação entre famílias rivais. Darci Vargas teve cinco filhos, o que nunca a impediu de exercer suas atividades de primeira-dama militante.

Os momentos de infidelidade conjugal de Getúlio foram superados por Darci internamente, não alimentando o ninho de cobras da política. Ele representou o Brasil, com a filha Alzira, personagem maior da era Vargas, numa visita ao presidente Roosevelt, dos Estados Unidos.

Antecipou o papel social da Primeira-Dama, criando instituições, escolas e a Legião Brasileira de Assistência (LBA) para ajudar a família dos combatentes brasileiros na Segunda Guerra Mundial. Durante a grande seca no início da década de 1950, Darci visitou os Estados do Nordeste que foram os mais atingidos, com o objetivo de viagem conhecer as necessidades que se sucederam e procurar ajudar os flagelados.

Darci era os olhos e ouvidos de Getúlio. Mesmo depois da morte do presidente continuou a trabalhar na assistência social. Morreu em 1968 aos 72 anos. 

RISOLETA

Tancredo Neves, político da velha escola mineira, quando chegou ao máximo de sua carreira ao ser eleito presidente da República, não conseguiu tomar posse acometido por uma diverticulite que o levou a morte em 21 de abril de 1985. Foram naqueles momentos tensos da sua demorada agonia de mais de um mês que o Brasil conheceu Risoleta Neves.

Considerada o alicerce de sua família, Risoleta sempre foi uma mulher discreta, embora atuante na construção da política democrática. Esteve sempre ao lado do marido, acompanhando-o em sua trajetória política. Era avessa à entrevistas, preferindo colher as perguntas na forma escrita e respondendo posteriormente.

Em 1986, ano em que Aécio Neves foi eleito deputado federal, o presenteou com um escritório no Solar da família. Foi uma grande incentivadora da candidatura do neto ao governo de Minas, fato em que no dia da eleição descobriu que seu título havia sido cancelado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

“Deixei de votar porque estava doente, mas estou muito orgulhosa por ele estar seguindo o caminho do avô e isso me deu ânimo para vir aqui. O voto ficou no coração”. Ainda bem que ela não viveu para ver a derrocada do neto.

MADALENA

Um encontro em Paris mudou a vida de Miguel Arraes de Alencar e de Maria Madalena Fiúza, então uma estudante na capital francesa. Hospedada na casa de uma irmã de Miguel Arraes, que estava viúvo, em missão naquela cidade, ela começou um namoro que logo se transformou em casamento. Do marido, herdou oito filhos, que foram incorporados a mais dois que tiveram juntos. "Eles eram meninos muito bem-educados e logo formamos uma grande família", se recorda em entrevista ao Diário de Pernambuco.

Ao lado do marido, Magdalena viveu momentos felizes e tristes ao longo do governo, mas encarados de frente. Durante a ocupação do Palácio do Campo das Princesas, em março de 1964 por forças militares, fez questão que todos os filhos fossem à escola normalmente. Já no exílio, trabalhou como professora de português numa universidade e aguardava, com um certo receio, voltar ao país por conta da Lei da Anistia em 1979. Sempre mostrou-se como uma mulher política com quem Arraes confidenciava episódios, a consultava em momentos de incerteza e antecipava decisões

EXEMPLOS

Pelos poucos exemplos que vimos acima foi possível avaliar a influência dessas mulheres na vida dos notáveis nacionais. Identificamos o que foi agregado à consciência desses homens durante a vida em comum. Por isso, não se pode pensar nos Pais da Pátria sem as Mães da Pátria. É isso.

*Integrante da Cooperativa de Jornalistas de Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/08


2020

Preso por suspeita de envolvimento na morte de blogueiro

Um homem suspeito de envolvimento nos assassinatos de um blogueiro e do filho dele foi preso pela Polícia Civil. O crime aconteceu em Rio Formoso, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, na segunda-feira (10), De acordo com a corporação, a captura ocorreu na cidade, nesta quarta-feira.

As vítimas do duplo homicídio foram identificadas como Áquila Bruno Silva, de 36 anos, Áquila Bruno Silva Filho, de 15 anos. No dia do crime, a polícia disse que eles foram atingidos por disparos de arma de fogo, foram socorridas, mas não resistiram aos ferimentos.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, um suspeito do crime, um guarda municipal, foi identificado por duas pessoas, que prestaram depoimento. Nesta quarta, a corporação não informou se o homem preso é a mesma pessoa apontada pelas testemunhas.

A captura foi efetuada por policiais das delegacias de Rio Formoso e de Tamandaré, no Litoral Sul. Eles cumpriram um mandado de prisão temporária.

No dia do crime, a polícia disse que, a princípio, investigava uma motivação pessoal para o duplo homicídio. Também descartou a possibilidade de uma relação com questões políticas na região. A polícia informou que vai detalhar a prisão hoje, em entrevista coletiva.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha