FMO

05/12


2019

Cientistas debatem construção de usina no nuclear

A Academia Pernambucana de Ciências (APC), com o apoio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI), promove, amanhã, das 9h as 13h, no Espaço Ciência, um debate sobre os prós e contras da possibilidade de instalação de uma usina nuclear em Itacuruba, no Sertão do Estado.

As palestras serão encabeçadas pelo ex-ministro de Ciência e Tecnologia do Brasil e professor de Física da UFPE Sérgio Rezende; a professora da UPE, Vânia Fialho; o professor aposentado da UFPE Heitor Scalambrini; e o conselheiro da Associação Brasileira para o Desenvolvimento de Atividades Nucleares, Carlos Henrique da Costa Mariz. O evento é aberto ao público.

Com a atribuição de ouvir a comunidade científica, o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, destacou que o evento é importante para aprofundar a discussão sobre o tema de maneira concreta. “Os cientistas são profundos conhecedores em condições de dar um contexto mais técnico sobre esta possibilidade. É essencial que a academia esteja envolvida e opine antes de qualquer tomada de decisão por parte do Poder Público”, comentou.

Na ótica do presidente da APC, José Aleixo, o debate vai trazer conhecimento científico ao tema e oferecer esclarecimento para a população. “Temos observado os fatos sobre a possibilidade de instalação de uma usina nuclear e é notório que há muita opinião sem conhecimento científico. O debate vem para esclarecer à sociedade pernambucana os pontos positivos e negativos. Os especialistas vão abordar, dentre outras questões, os aspectos tecnológicos, econômicos, ambientais e sociais dos procedimentos que envolvem a construção de uma usina nuclear”, declarou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE - Redução nos Homicídios

Confira os últimos posts



17/01


2020

Prefeitura de Ribeirão entrega casas à população

A Prefeitura de Ribeirão realizou, na noite de ontem, o sorteio de 200 moradias populares para famílias inscritas no programa Minha Casa, Minha Vida. A ação na cidade foi o único projeto aprovado pelo programa na Mata Sul de Pernambuco.

Até a etapa do sorteio, a Prefeitura cadastrou as famílias e encaminhou as documentações para a Caixa Econômica Federal. A Caixa, por sua vez, efetuou a triagem para definir quais famílias se encaixam nos parâmetros do programa. 

As residências vão ficar no bairro da Vila Rica. O investimento total é de R$ 12 milhões. Os habitacionais vão contar com áreas de lazer e praças, além de placas de energia solar para o aquecimento dos chuveiros. 

"Estou feliz em realizar esse sonho para o povo de Ribeirão. Este projeto contou com uma grande mobilização para sair do papel. Estamos garantindo moradia digna para o povo. E muito mais está por vir. Vamos reabrir o hospital da cidade, reformar o ginásio, construir as sedes do Corpo de Bombeiros e do Samu", pontuou o prefeito Marcello Maranhão.

Presente ao evento, o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, e deputado estadual licenciado, Aluísio Lessa, destacou a importância de se investir em moradias populares e o trabalho do Prefeito. "Garantir moradia é um dos mais valiosos gestos de cidadania. Sei o quanto este projeto é importante e o trabalho de Marcello para esta realização", afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

acolher

17/01


2020

Brasil vira destaque no exterior por declaração nazista

Não foram apenas os brasileiros que foram pegos de surpresa com o agora ex-secretário da Cultura parafraseando o ministro da Propaganda da Alemanha nazista, Joseph Gobbels. Alguns dos principais jornais do mundo também deram destaque para o vídeo de Roberto Alvim recheado de referências ao regime genocida. O New York Times, por exemplo, disse que o caso foi “o último ponto de ignição em um debate mais amplo sobre liberdade de expressão e cultura na era Bolsonaro”. “O presidente fez campanha prometendo uma correção de rumo após uma era de governos de esquerda, os quais ele acusou de tentar impor o ‘marxismo cultural'”, escreveu o jornal.

Outro jornal norte-americano, o The Washington Post, disse que “mais uma vez, foram levantadas questões sobre as tendências autoritárias” do governo de Jair Bolsonaro. “(O governo) cujas altas autoridades publicaram publicamente a ideia de rescindir direitos, criticaram a democracia, lamentaram o colapso da ditadura militar e ameaçaram reprimir a imprensa.” Já o britânico The Guardian relatou o caso lembrando que Alvim disse que o rock estimula o “satanismo e o aborto”, para incrementar a lista de feitos do agora ex-secretário durante os dois meses que esteve no comando da Cultura brasileira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Serra Talhada

17/01


2020

Governo retoma obras do Centro do Idoso

Neste mês de janeiro, o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), retoma as obras do Centro do Idoso do Hospital Geral de Areias (HGA), localizado no bairro da Estância, no Recife. Com três mil metros quadrados, o espaço contará com consultórios e área para atividades de fisioterapia, de terapia ocupacional e recreativas.

Com isso, a unidade, referência no atendimento à população acima dos 60 anos, irá qualificar e humanizar o serviço, que ainda funcionará integrado ao Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa (HECPI), também em construção, pela Prefeitura do Recife. Ao todo, estão sendo investidos R$ 7,1 milhões no equipamento, sendo R$ 1,3 milhão do Governo Federal e mais de R$ 5,7 milhões do tesouro estadual. O secretário estadual de Saúde, André Longo, visitou o local hoje e assinou a ordem de serviço para retomada dos trabalhos do novo Centro.

O novo Centro do Idoso terá oito consultórios para atendimentos médicos ambulatoriais em geriatria, além de assistência em nutrição e assistência social. Terá, ainda, quadra de esportes, piscina e salas de artesanato, de jogos, recreação e para a oficina de atividades de vida diária (AVDs). O prédio também contará com centro de estudos e auditório.

"Desde 1991, o Hospital Geral de Areias presta um importante serviço para a população idosa, ofertando atendimento de saúde e promovendo momentos educativos, recreativos e sociais. Com o Centro do Idoso, queremos ser um polo reprodutor de boas práticas e linhas de cuidados para essa população, proporcionando aos pernambucanos um envelhecimento saudável e ativo", afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo. A obra do Centro do Idoso já tem 34% de seus trabalhos executados. A expectativa é que ela seja finalizada até o final do ano. 

O novo espaço possibilitará aos idosos acompanhados, além da assistência integral e integrada, maior adesão aos tratamentos propostos pela equipe multiprofissional, assim como respostas mais satisfatórias aos processos terapêuticos desenvolvidos. Dessa forma, haverá impacto positivo no número de internações por condições sensíveis à atenção primária e melhora da qualidade de vida do idoso, com maior participação social, uma vez que o serviço proporcionará também maior integração e interação entre os usuários do Centro e as equipes de saúde. As atividades desenvolvidas no local buscam, ainda, manter ou recuperar a autonomia e independência desses indivíduos, incentivando o envelhecimento saudável e ativo.

"A gente quer que o Centro do Idoso seja um grande complexo para assistência e atenção do idoso, mas também que possa ser um polo formador de recursos humanos para qualificar desde a Atenção Primária até a atenção especializada nos cuidados com esse público", pontuou o secretário André Longo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/01


2020

FBC responde a Geraldo com obra gigante

Um dia após o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, atacar duramente o presidente Bolsonaro, culpando-o pelo corte de beneficiários do Bolsa Família e negar tudo para Pernambuco, o líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), foi até o Sertão para mostrar a maior obra hídrica do Governo Federal no Estado. Clique e veja.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

17/01


2020

O debate de maior urgência é o da Educação

Por Tiago Lima Carvalho*

O FUNDEB é a maior pauta da Educação para este ano. O fundo é destinado à Educação Básica no Brasil e precisa ser renovado com urgência, pois termina em 2020. Mas corre riscos por conta do governo Bolsonaro, especialmente na pessoa do ministro Abraham Weintraub.

O FUNDEB financia desde a creche até o Ensino Médio. Começou lá no governo FHC como Fundef, foi ampliado e reestruturado como FUNDEB, e entrou em vigência a partir de 2007, com validade até o final deste ano. Tornou-se uma das mais importantes políticas em toda história da educação brasileira. 

Pois bem. Há mais de 3 anos, o Congresso Nacional trabalha na Proposta de Emenda Constitucional para renovar o FUNDEB, através da PEC 15. No ano passado, muito se avançou, com dezenas de reuniões e audiências públicas, e com boas sugestões para aprimorar os critérios de distribuição do financiamento.

O principal objetivo é que o NOVO FUNDEB seja ainda melhor e com mais participação da União, visando garantir mais equidade e qualidade na Educação Básica para o atendimento de cerca de 48 milhões de estudantes das escolas públicas. 

Sobre o tema, o ministro Weintraub ficou de braços cruzados no ano passado e agora, de surpresa, anunciou que vai fazer a contraproposta de uma nova PEC. Com isso, ele atropela tudo, desconsidera os avanços dos trabalhos já realizados para construir um FUNDEB melhor, e forçará a Câmara a instalar nova comissão especial, colocando em sério risco a aprovação, em tempo hábil, do FUNDEB. Uma irresponsabilidade absurda para um assunto tão sério. 

O Congresso corre contra o tempo e contra o governo Bolsonaro. Se não houver a aprovação do FUNDEB haverá uma verdadeira calamidade e o total desmonte da educação básica no Brasil.

*Secretário Geral da Juventude do PSB de Pernambuco


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

17/01


2020

Tadeu não passa no crivo de Geraldo

Difícil o deputado Tadeu Alencar vir a substituir João Campos numa eventual troca de candidatos a prefeito do Recife, caso a briga familiar no seio da família Campos leve o PSB à desistir de emplacar o filho de Eduardo Campos na corrida municipal. Tadeu não é palatável para o prefeito Geraldo Júlio e tem um inimigo declarado dentro da cúpula socialista: o presidente do diretório estadual, Sileno Guedes.

Quando teve seu nome cogitado para disputar o Governo na sucessão de Eduardo pelo então governador, morto em acidente aéreo em 2014, Tadeu foi triturado pelas mesmas forças que hoje se oporiam a ele, como Geraldo e Sileno.

A única sustentação lógica para Tadeu surgir como sucedâneo a João no jogo sucessório seria o fator familiar. Seu filho é casado com a filha de Renata Campos, viúva de Eduardo. Com exceção disso, nada soma ao currículo de Tadeu.

Nessa história, até agora mal contada, só tem um fato: o nome de João começa a ser cogitado para sair do páreo como consequência de uma crise na família Campos, com todos insumos e ingredientes para explodir e ficar insanável.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/01


2020

Bolsonaro decide demitir secretário

O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir o secretário de Cultura, Roberto Alvim, após a polêmica referências ao nazismo em vídeo divulgado nas redes sociais.

Segundo o Estadão, a situação de Alvim ficou "insustentável". O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, já foi comunicado da decisão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Alberto Costa Santos

Bolsonaro demitiu Alvim pela repercussão e não pelo nazismo, que continua na essência do governo

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

É isso Presidente. Esse não é governo canalha dos petralhas onde, além da falta de ética e de honestidade, tem bandidos de estimação.



17/01


2020

TJPE reduz Taxa de Congestionamento Processual

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) reduziu a Taxa de Congestionamento Processual de 81,5%, em 2018, para 71,8% em 2019. A taxa, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), responsável por monitorar e acompanhar nacionalmente os indicadores de desempenho do Poder Judiciário, mede a efetividade do tribunal em um período, levando-se em conta o total de casos novos que ingressaram, os casos baixados e o estoque pendente ao final do período anterior ao período base. 

O coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica do TJPE (Coplan), Luís Eduardo Câmara, explica que os programas de melhoria de produtividade e reconhecimento de magistrados e servidores “Muito Além das Metas” e “Selo Gestão Eficiente” foram essenciais para o resultado alcançado. 

Ainda segundo o coordenador, o programa de autoinspeção com foco na baixa dos processos que impactam diretamente a taxa de congestionamento e a Portaria Conjunta 29, que estabeleceu procedimentos de arquivamento a serem adotadas nas execuções, também podem ser descritos como fatores chave para a melhoria no indicador. “Como consequências positivas para o TJPE, observamos a melhoria nos indicadores do Justiça em Números do CNJ, um melhor entendimento de magistrados e servidores da importância da baixa de processos e, com isso, a busca por uma melhor gestão em sua unidade. Notamos também o melhor uso de ferramentas, a exemplo de relatórios e sistemas, para monitoramento das atividades das unidades”, declarou.

Para o presidente do TJPE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo, o trabalho conjunto foi primordial para alcançar expressivo resultado. “O esforço de magistrados e servidores, através das orientações das equipes da Presidência e da Corregedoria, e as boas práticas já adotadas nas unidades e compartilhadas pelo Estado possibilitaram tal redução na taxa de congestionamento. As duas semanas de Autoinspeção, por exemplo, nos permitiram baixar ou arquivar 316 mil processos”, lembrou o magistrado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/01


2020

DER desliga lombadas da BR-232 no fim de semana

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) desligará, às 12h de hoje, as lombadas eletrônicas da BR-232, localizadas entre o km 6,2 e o km 9,2, no bairro do Curado, na Zona Oeste da Região Metropolitana do Recife (RMR). Os equipamentos de fiscalização eletrônica somente serão religados a partir das 00 horas (meia noite) da segunda-feira (20).

A iniciativa visa dar mais fluidez ao trânsito naquele trecho da BR-232, facilitando o acesso com destino à Arena de Pernambuco, na ida e na volta para casa, daqueles que seguem ao estádio, onde acontecerá a celebração dos 30 anos da Obra de Maria, da comunidade católica.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/01


2020

Petrolina anuncia reajuste para servidores

Em reunião, na última quarta-feira, no Sindicatos dos Servidores Municipais de Petrolina, o prefeito Miguel Coelho informou aos dirigentes da categoria reajustes salariais. Cerca de 7 mil profissionais que compõem o quadro da prefeitura terão uma reposição de 4,3% nos vencimentos. Miguel ainda adiantou que os cerca de 2 mil professores da rede pública terão um aumento de 12,8% no piso salarial. 

A medida começa a vigorar após aprovação na Câmara de Vereadores com efeito retroativo a janeiro. O percentual para os servidores é o limite máximo de reajuste permitido devido à legislação eleitoral, que estabelece um teto de acordo com a inflação do ano anterior. Já o aumento do piso salarial, segundo o prefeito, representa um avanço significativo na política de valorização do magistério. 

"Enquanto em muitas cidades os servidores estão lutando para receber o salário em dia, professores negociam a possibilidade do aumento do piso, aqui em Petrolina garantimos tudo de forma antecipada. Esse é um reconhecimento à importância de quem cuida de nossa população, dos serviços, da saúde, educação e tantas outras atividades. Investir no servidor é garantir um serviço público de qualidade e aqui em Petrolina estamos honrando esse compromisso todos os anos", destacou o prefeito durante o anúncio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/01


2020

Maia pede afastamento “urgente” de Alvim

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu o afastamento “urgente” do secretário especial de Cultura, Roberto Alvim. Na noite de ontem, foi divulgado nas redes sociais da secretaria um vídeo no qual o auxiliar do presidente Jair Bolsonaro faz um discurso em que, ao som de uma ópera de Richard Wagner, cita textualmente um trecho de um discurso do ideólogo nazista Joseph Goebbels para lançar o Prêmio Nacional de Cultura.

“O secretário da Cultura passou de todos os limites. É inaceitável. O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”, escreveu Maia no Twitter.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/01


2020

Crise familiar pode implodir candidatura de João

A briga familiar dos Campos na sucessão do prefeito Geraldo Júlio está entrando na mídia nacional. Um jornal e uma revista de São Paulo e Rio, respectivamente, vão trazer revelações novas neste fim de semana a partir da entrevista que a ministra do Tribunal de Contas da União, Ana Arraes, concedeu a este blog com duras críticas ao seu neto João Campos (PSB), em defesa do filho Antônio Campos, presidente da Fundação Joaquim Nabuco.

Várias personalidades da família foram ouvidas por um repórter deslocado de Brasília para o Recife apenas com essa finalidade. Boa parte se negou a botar a colher na contenda, mas os desdobramentos começam a surtir efeito no campo prático.

O blog soube que pesquisas qualitativas analisadas pela cúpula do PSB e dos Palácios das Princesas e Capibaribe não recomendam na insistência com a pré-candidatura do filho de Eduardo. Avaliam que um dos predicados é de que seria muito jovem e imaturo para gerir uma Prefeitura do porte da capital pernambucana.

Mas o que está tirando o sono da base governista, na verdade, é a cisão da família, de um lado Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos, e de outro Ana Arraes, sogra dela e mãe de Eduardo. Na entrevista ao blog, cujos trechos veem pinçados nas reportagens da revista e do jornal fora do território pernambucano, a ministra chega a admitir ser candidata a governadora, contrariando Geraldo Júlio, candidato natural em 2022.

O Palácio nega que tenha feito pesquisas qualitativas para atestar os pontos positivos e negativos de João Campos. "Tudo boato", afirmou uma autoridade com trânsito entre a sede das Princesas e do Capibaribe.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/01


2020

Governo anuncia que passagens não terão reajuste

O governador Paulo Câmara anunciou, ontem, que não haverá aumento nas passagens de ônibus da Região Metropolitana do Recife (RMR) neste ano. Na última segunda-feira, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) propôs o aumento de 14,13%, dos preços das passagens de ônibus. 

Dessa forma, as passagens do sistema de transporte de público da RMR permanecerão no valor de R$ 3,45 no Anel A; R$ 4,70 no Anel B; e R$ 2,25 no Anel G.

Segundo o gestor, o que precisa ser discutido são as melhorias dos sistema de transporte público e não reajuste de tarifas. "Enquanto não tivermos avanços concretos no transporte público, não falaremos em aumento da tarifa", afirmou o governador. 

Ele ainda garantiu o lançamento de medidas para o avanço do transporte coletivo. "Até o fim de janeiro, vamos lançar um plano de investimentos onde faremos a nossa parte com melhorias nos terminais, na segurança e na fiscalização", completou.

Paulo Câmara destacou a necessidade de uma repactuação e a permanência de conquistas no setor. "Com metas que sejam cumpridas pelos empresários. O governo fará a sua parte, sem abrir mão de direitos adquiridos pela população. O Passe Livre – que garantimos aos estudantes – será mantido, o Transporte Complementar Gratuito também continuará valendo e manteremos o subsídio ao diesel, porque é decisivo para que o sistema não entre em colapso", pontuou.

O governador também ressaltou a decisão do Estado em relação ao setor, que vai no contrafluxo da União. "Não vamos agir como o Governo Federal, que fez vários reajustes na passagem do Metrô e nenhuma contrapartida na melhoria do serviço", registrou.  

A afirmação se dá porque no intervalo inferior a um ano, o valor da tarifa do metrô -implementado pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) - passou de R$ 1,60 para R$ 3,70. E um novo aumento, de R$ 4, está previsto para março.

A última vez que o governador decidiu manter os valores das passagens foi no ano de 2018. O Urbana-PE, até o momento, não se pronunciou. De acordo com a assessoria, o sindicato deve se manifestar hoje.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/01


2020

Salvador: sem buracos e história preservada

Uma cidade bem cuidada, sem buracos em suas vias - um motorista de Uber me disse que os únicos buracos encontrados são de obras - com praças, equipamentos e jardins preservados e, mais do que isso, sua história da descoberta do chão brasileiro recuperada, pondo abaixo mitos, entre os quais o de que o tempo e a mão devastadora do homem são capazes de passar uma borracha no que nasceu para ser eterno.

Assim, se apresenta Salvador, com seus orixás e sua gente alegre e miscigenada pela forte pigmentação da negritude, aos que a visitam saindo dela energizados pela sua fé e embriagados pela sua beleza. 

Aqui, não colhi uma só rejeição ao governador Rui Costa, do PT, nem tampouco ao prefeito ACM Neto, do DEM, por não trabalharem, serem relapsos ou gatunos.

A ordem é cuidar da primeira capital brasileira. Aqui, Rui e ACM Neto põe abaixo também o batido, mas conhecido e insistente folclórico, que baiano é lento, chegado a boa prosa e não apegado ao trabalho.

Trabalho aqui, aliás, virou palavra de ordem e as obras se confundem. O Governo do Estado, por exemplo, tirou do papel o programa de restauração dos prédios e casarões do império que embelezam a cidade desde a sua descoberta e exploração pelos portugueses.

O Centro Histórico, principal portão de entrada para o turismo, ganhou vida e harmonia. A Praça Castro Alves, famosa por natureza, vislumbra de imediato uma dessas novidades de estética retrô. 

Na lateral direita ergue-se a fachada imponente do Hotel Fasano, inaugurado no final de 2018 no antigo prédio do jornal A Tarde. O projeto, do arquiteto Isay Weinfeld, mantém o estilo art déco original do imóvel, tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac). Traz conceito contemporâneo. 

O hotel, obra importante no processo de revitalização do centro, abriga ainda o restaurante Fasano e terraço com bela vista para a Baía de Todos-os-Santos.

Na entrada da Rua Chile, outro empreendimento hoteleiro construído em imóvel histórico, virou referência internacional, desde a inauguração, em 2017. Com projeto do arquiteto dinamarquês Adam Kurdahl e também em art déco, o Fera Palace preserva a fachada e o charme original do Palace Hotel, que marcou a região em meados do século 20. 

A arquitetura triangular foi herdada do nova-iorquino Flatiron Building, privilegiada para a Baía de Todos-os-Santos e ao lado da famosa piscina de borda infinita. O hotel tem sido citado em veículos de mídia estrangeiros que indicam Salvador como destino imperdível.

A Rua Chile, fundada em 1594 por Tomé de Souza, por si só é um atrativo turístico único. Na primeira metade do século 20, destacou-se como importante centro de compras e lazer, abrigando estabelecimentos comerciais que marcaram época. 

Com a requalificação feita pelo Governo do Estado, a via ganhou pavimentação em paralelepípedos e novas calçadas. As fachadas dos prédios históricos que a margeiam estão sendo valorizadas com o rebaixamento da fiação aérea para vala subterrânea.

Se o moderno deixa sua marca aqui e ali no Centro Histórico, o passado está bem preservado no casario, nas igrejas e nos museus. A próxima parada do roteiro é a Praça Tomé de Souza, onde está o Elevador Lacerda e o imponente Palácio Rio Branco, que abriga o Memorial dos Governadores da Bahia.

Construído em 1549, o prédio sofreu várias reformas, sobreviveu a bombardeio e hoje impressiona pelo tamanho e a beleza, ostentando um estilo mais eclético.

Em seu interior pode-se contemplar exemplares de tapetes, obras de arte, símbolos e estátuas da República. A Sala dos Espelhos, em estilo rococó, e a Sala Pompeana, com afrescos dos séculos 19 e 20, além de aposentos utilizados no passado pelas famílias reais, aguardam o visitante no andar superior.

Outros museus importantes espalham-se pelo Centro Histórico: Tempostal (postais, fotografias e estampas históricos), Abelardo Rodrigues (peças de arte sacra), Udo Knoff (azulejaria e cerâmica), Eugênio Teixeira Leal (moedas e medalhas), da Misericórdia (móveis, pinturas, azulejos portugueses, etc) e da Cidade (acervo diversificado).

De fundação mais recente, o Museu Nacional de Cultura Afro-Brasileira – Muncab, no prédio neoclássico do antigo Tesouro, próximo à Igreja da Ajuda, virou centro de referência da herança cultural africana. Seu criador e coordenador é o poeta José Carlos Capinam.

À medida que se segue em direção ao Terreiro de Jesus e ao Pelourinho, a arquitetura vai ficando mais colonial e barroca. Tem início aí o circuito das catedrais, com alguns dos templos mais antigos e importantes de Salvador - muitos restaurados recentemente com apoio do Governo do Estado.

Na Praça do Terreiro, à esquerda, destaca-se o estilo maneirista da Catedral Basílica, inaugurada em 1657 e reformada recentemente. Do outro lado, no Largo do Cruzeiro de São Francisco, a Igreja de São Francisco é uma das paradas obrigatórias dos turistas em Salvador, com sua fachada barroca e o interior folheado a ouro.

Mais abaixo, já descendo o Largo do Pelourinho, a também reformada Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos chama a atenção pela fachada em estilo rococó e as torres com terminação em bulbo. De estilo semelhante, e já no bairro de Santo Antônio Além do Carmo, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Boqueirão, outra que passou por reforma recente, ostenta um conjunto de arcadas na parte posterior.

No Alto do Carmo, a Igreja do Santíssimo Sacramento do Passo, construída em 1736, ficou famosa pela cena do filme “O Pagador de Promessa”, de 1962, na qual o protagonista Zé do Burro (o ator Leonardo Villar) sobe a longa escadaria que liga a Ladeira do Carmo à Rua do Passo. Por conta deste destaque, além dos méritos arquitetônicos e o estilo barroco, costuma atrair muitos turistas.

O passeio cultural pelo Centro Histórico pode terminar na Igreja da Ajuda, já de volta à região da Rua Chile e também aos primórdios de Salvador. Primeira igreja dos jesuítas no Brasil, construída pelo padre Manuel da Nóbrega em 1549, foi cenário de pregações deste e dos padres Anchieta e Antônio Vieira. 

O templo passou por várias reconstruções, a última delas com projeto do arquiteto italiano Julio Conti, em estilo neogótico manuelino.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/01


2020

Fux pode suspender juiz de garantias

Se ministro quiser rever a decisão de Toffoli na próxima semana, o entendimento dele terá validade de longo prazo.

Luiz Fux, ministro do Supremo Tribunal Federal Foto: Jorge William / Agência O Globo

O Globo - Por Carolina Brígido

A decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, de adiar por seis meses a aplicação da regra do juiz de garantias não deve colocar ponto final na discussão. Toffoli tomou a decisão no recesso da Corte, quando apenas causas urgentes são julgadas. A partir do dia 20, o vice-presidente, Luiz Fux, assumirá o plantão. A interlocutores, ele já disse que é contra a norma. A expectativa é de que, no comando do tribunal, ele tome nova decisão — como, por exemplo, apenas suspender a validade da regra, sem estipular prazo.

Antes de decidir, Toffoli telefonou para Fux para conversar sobre o assunto. O presidente sabe que seu vice é contra a regra do juiz de garantias. Ainda assim, concedeu uma liminar considerando a norma constitucional e adiando a data de aplicação. Essa decisão pode melindrar a relação entre os dois, na avaliação de um ministro ouvido reservadamente pelo GLOBO.

Segundo esse ministro, Toffoli poderia apenas ter suspendido a aplicação da medida, sem criar prazo e sem considerá-la constitucional. Da forma como foi tomada, a decisão teria adentrado aspectos muitos específicos, que apenas o relator poderia analisar. Coincidentemente, em dezembro, quando os processos que questionam a norma chegaram ao tribunal, o próprio Fux foi sorteado relator. Logo, se o ministro quiser rever a decisão de Toffoli na próxima semana, o entendimento dele terá validade de longo prazo. Isso porque, quando o tribunal retomar suas atividades, em fevereiro, o assunto continuará nas mãos de Fux.

Depois de cuidar da liminar, o relator precisa elaborar um voto e submeter a julgamento em plenário. Não há prazo para isso ocorrer. Quando o tema for levado ao plenário, a tendência é a regra do juiz de garantias ser considerada constitucional. Sete dos 11 ministros do STF já elogiaram a medida.

Confira a íntegra aqui: Fux pode suspender juiz de garantias a partir do dia 20


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores