Gravatá IPTU 2019 Prorro

15/04


2019

LIDE promove seminário com William Waack

O LIDE Mulher e o LIDE Pernambuco trazem o jornalista William Waack para um seminário no Recife, amanhã. Na pauta, os 100 dias do Governo Bolsonaro e impactos no País. O seminário, para convidados e filiados do LIDE Mulher e do LIDE Pernambuco, será no Mar Hotel, em Boa Viagem, das 09h00 às 12h00.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Congresso Nordestino de Educação Médica

Confira os últimos posts



24/04


2019

PCR decreta luto em homenagem a Fernando Coelho

O advogado, ex-deputado federal e ex-presidente da Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara, Fernando Coelho, falecido ontem, motivou luto oficial de três dias no Recife, decretado pelo prefeito Geraldo Julio. O decreto será publicado na edição de amanhã, do Diário Oficial do Município.

Ontem, o prefeito Geraldo Julio divulgou Nota de Pesar sobre o ocorrido. "A voz firme de Fernando Coelho em defesa dos Direitos Humanos fará falta ao Brasil. Sua dedicação e carinho com os menos favorecidos, por onde passou em sua vida pública, são o legado de sua trajetória. Destaco sua atuação na defesa da Democracia e dos Direitos Humanos, como deputado federal, durante a ditadura militar, o mais duro período da vida política do país. Esse trabalho pôde ser concluído quando presidiu a Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara, cujo brilhantismo da sua atuação ajudou a restabelecer a verdade histórica dos crimes cometidos pelo Estado Brasileiro durante o regime de exceção. Fernando Coelho é um exemplo inspirador a todos que fazem a boa política. Que seus familiares encontrem conforto neste momento de profunda dor”, declarou o prefeito.

Fernando Coelho faleceu aos 86 anos, em João Pessoa (PB). Era advogado, foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Pernambuco, deputado federal pelo MDB, durante a Ditadura Militar, professor de Direito da UFPE e da Unicap. No Congresso Nacional, foi um dos pilares da resistência democrática à Ditadura Militar e continuou contribuindo com o trabalho de restabelecimento da verdade histórica à frente da Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Trabalha PMR

24/04


2019

Câmara cria comissão especial para discutir Previdência

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), determinou, hoje a criação da comissão especial que irá discutir a proposta de reforma da Previdência. O colegiado, que ainda será instalado, terá como responsabilidade discutir o mérito (conteúdo) do texto aprovado na noite de ontem na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

Coube à CCJ analisar se a proposta enviada pelo governo Jair Bolsonaro estava de acordo com os princípios constitucionais para que pudesse tramitar na Câmara. O parecer do relator, deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), foi aprovado por 48 votos a 18.

No entanto, para garantir o apoio dos partidos do Centrão, como PP e PR, ele acabou cedendo e retirou quatro pontos do texto original enviado pela equipe econômica.

O ato de criação da comissão foi lido durante a sessão do plenário pela deputada Geovânia de Sá (PSDB-SC), segunda suplente da Mesa Diretora.

O colegiado só começará a funcionar a partir do momento em que for realizada a primeira reunião, quando deverá ser eleito o presidente da comissão.

No total, a comissão terá 49 integrantes titulares e 49 suplentes. Inicialmente, seriam 34 membros, mas o número foi ampliado para acomodar representantes de mais partidos.

A distribuição das vagas entre os partidos será feita de acordo com o tamanho das bancadas na Câmara. Os nomes dos membros serão indicados pelos líderes partidários.

A data para a sua instalação só poderá ser marcada quando pelo menos 25 deputados já tiverem sido indicados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Olinda 2019

24/04


2019

Amupe e CNM qualificam prefeitos e secretários

O auditório da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), no Recife, ficou pequeno para acomodar o grande número de prefeitos, secretários de Finanças e técnicos de prefeituras de todo o estado, que participaram de curso promovido pela entidade em parceria com a Confederação Nacional de Municípios (CNM), hoje. O tema do CNM Qualifica foi Finanças públicas; e os gestores foram capacitados para utilizarem técnicas e mecanismos que ajudem os municípios a incrementarem suas receitas tributárias.

A capacitação foi ministrada pelo professor Eudes Sippel, técnico da CNM e referência nacional no tema. Entre os assuntos, questões relacionadas a impostos como IPTU, ISS, ITBI; além de demandas relativas a transferências constitucionais, como de ICMS e IPVA. Também entraram na pauta compensações financeiras da exploração mineral, dívida ativa e o Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

O presidente da Amupe, José Patriota, destacou a importância dessa capacitação. “Estamos abrindo uma série de cursos; percebemos que a informação precisa circular. Se não estivermos atualizados, nem estudarmos bastante, não conseguiremos fazer uma boa gestão, por mais bem intencionados que sejamos. Vamos acertar mais se nossa equipe for capacitada para captar melhor, e, sobretudo, gastar melhor o recurso público. Fazer mais com menos; melhorando, assim, os indicadores sociais e econômicos dos nossos municípios”, pontuou.

Funcionária da Prefeitura de São Caetano, no Agreste, Ana Carolina aprovou a iniciativa. “Um curso importante, que nos ajudou a adequar à realidade que acontece, na prática, nas áreas de finanças e arrecadação tributária. Porque é dessas áreas que vêm os recursos para serem realizadas as obras que beneficiarão a sociedade”, comentou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/04


2019

Pernambuco terá megacomplexo de usinas solares

A implementação de políticas públicas voltadas a garantir a segurança energética em Pernambuco continua a fomentar negócios e gerar novos empregos no Sertão. O Governo do Estado, que inova desde o lançamento do primeiro Atlas Eólico e Solar do Brasil e foi pioneiro na realização de um leilão de energia solar, anunciou, hoje, a atração de R$ 3,5 bilhões para a construção, na região, do maior complexo solar fotovoltaico do País. O aporte bilionário será da espanhola Solatio Energia e deve gerar, somente durante as obras, cerca de mil postos de trabalho diretos.

A atração do megaempreendimento foi selada pelo governador Paulo Câmara e pelo secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, em reunião realizada na manhã de hoje com o presidente da Solatio, Pedro Vaquer Brunet, e sua sócia, Elvira Damau. Representantes do mercado, como Walfrido Ávila, presidente da Tradener - primeira empresa a negociar energia no mercado livre no Brasil -, e Walter Fróes, da CMU Comercializadora, estiveram presentes. O encontro, que também contou com a presença da AD Diper e a CPRH, ocorreu no Palácio do Campo das Princesas.

“É um investimento que dialoga com o que a gente quer, que é a energia limpa. Um investimento importante em um momento difícil, quando ninguém está investindo, e a Solatio está vindo a Pernambuco, gerando emprego e renda. Nós estamos sempre dialogando com empresas e investidores, que têm a certeza de que o nosso Estado os ajudará a avançar em seus projetos”, reforçou o governador.

Localizado em São José do Belmonte (distante 474 km do Recife), o complexo fotovoltaico será dotado de sete usinas, com capacidade instalada para gerar 1.100 Megawatts (MW) e perspectiva de entrar em operação comercial no início de 2021, com plena operação no ano seguinte, 2022. O parque da Solatio foi projetado para ser o maior em território nacional e uma das principais referências no mundo. As obras serão iniciadas no primeiro bimestre de 2021 e a expectativa da empresa é contratar 400 trabalhadores apenas nos arredores do empreendimento.

“O Estado está preparado, realizando investimentos em infraestrutura. Temos buscado ativamente os empreendedores, seja para participar dos leilões ou implantar projetos mirando o mercado livre. Dentro do nosso programa de energia, é preciso destacar o Atlas Eólico e Solar, um mapeamento feito especificamente ao investidor, que mostra o potencial de Pernambuco para geração de energia através de fontes renováveis. Fora isso, o governo estadual tem incentivado a geração distribuída com o PE Solar”, destaca o secretário Bruno Schwambach.

O conjunto de investimentos previstos, a ser distribuído numa área de 2.270 hectares, está em sintonia com o plano de longo prazo lançado pelo Estado, ainda em 2013, quando promoveu o primeiro leilão de energia solar do País, precedendo, inclusive, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O ato foi considerado um marco histórico pelo setor, abrindo as portas para o mercado produzir este tipo de energia em grande escala no Brasil.

Vale destacar que, um ano antes, foi criada a “Lei PE Sustentável” (nº 14.666, de maio de 2012), que estrutura a geração de energias sustentáveis no Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

24/04


2019

Jarbas participa de homenagem a Osvaldo Coelho

O senador Jarbas Vasconcelos (MDB) participou, na manhã de hoje, da solenidade de lançamento do perfil parlamentar do ex-deputado Osvaldo Coelho. O evento aconteceu na Câmara dos Deputados e contou com a participação de amigos e familiares do homenageado.

“É uma leitura obrigatória para mim e para todos os que escolheram a política como forma de ajudar o País e os que mais precisam. A história e a luta de Osvaldo em favor principalmente do povo sertanejam seguem de inspiração para todos nós”, afirmou Jarbas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

24/04


2019

A UFPE do amanhã

Por Carlos Augusto Carvalho de Vasconcelos*

Uma gestão pessoal integrativa e de internacionalização

Tradição e modernidade marcam profundamente nossa Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), fundada como Universidade do Recife/UR em 11 de agosto de 1946 com a união das Faculdades Direito do Recife/FDR (A mais antiga do Brasil), Medicina, Filosofia, Escolas de Engenharia, Odontologia e de Farmácia, bem como a Escola de Belas Artes.

Em 1967, a UFPE foi integrada às instituições federais, ao longo desses anos, ela teve no seu alicerce primordial o ensino básico e de pesquisa, com foco no desenvolvimento regional, em especial o Nordeste brasileiro, sendo uma das principais universidades do Brasil atualmente, brilhante, humilde e acolhedora.

Historicamente tivemos um grande avanço e consolidação durante o pioneirismo do seu idealizador, o ex-diretor da FDR, Professor Joaquim Amazonas, que a presidiu por 12 anos no período de agosto de 1946 a agosto de 1959, posteriormente o reitorado do Prof. João Alfredo de agosto de 1959 a junho de 1964.

Não diferente dos anos anteriores, passamos por momentos difíceis ao longo da história, lutando sempre por um Brasil grande, igualitário e de direitos, continuamos “segurando a bandeira”, defendendo os ideais coletivos para o bem comum da nossa gente, mesmo em mais um grande momento de transição global miraculoso de valores, ético e migratório, apresentamos aqui uma proposta clara de gestão integrada e inovadora ao reitorado da UFPE (2019-2023), fruto de discussões com os vários setores universitários, tendo como princípios norteadores a construção de uma universidade pública, autônoma, gratuita, laica, plural e inclusiva, com transparência, diálogo e respeito às diversidades.

Excelência é uma das metas, com padrão internacional no ensino, pesquisa e extensão. As propostas do Prof. Jeronymo Libonati e Prof. José Luiz (uma dupla que dá certo) atingem 4 eixos estratégicos fundamentais: o pessoal, o da infraestrutura, a integração e o da internacionalização.

Por isso, exclamo esse excelente trabalho que já vem sendo construído há anos, sonhos e amores feitos realidades com a fé em Deus e no trabalho árduo. A educação brasileira é uma área muito importante, porém com objetivos simples no contexto da aprendizagem, como ensinar, educar, mostrar, e é uma das prioridades/pilares do governo atual, vivemos agora num tempo de esperança e renovações, acredito num futuro melhor para nosso povo.

Encerro o artigo parafraseando nosso saudoso Imperador Dom Pedro I. “Já raiou a liberdade no horizonte do Brasil”, para uma breve reflexão.

Muito trabalho ainda, a vida aqui é breve, o espírito imortal, faz parte dos mistérios/desígnios da vida e do Criador. Muito obrigado!

*Professor, PhD, docente efetivo da UFPE, neurocientista e membro do PSB-PE e SP.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/04


2019

Deputada apresenta projetos para Damares Alves

Durante agenda em Brasília, a deputada estadual Clarissa Tércio (PSC) foi recebida, ontem, pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves. No encontro, levou projetos e ideias para contribuir com ações do governo federal em Pernambuco.

Entre os projetos, dois em especial chamaram a atenção da ministra pelo alinhamento com as políticas adotadas pela pasta. O primeiro, visa facilitar o atendimento de pessoas com doenças raras na rede pública e privada de Pernambuco. A ministra lembrou que a pasta federal criou a Coordenação Nacional dos Raros que vai proporcionar a inclusão e qualidade de vida das pessoas com síndromes e doenças raras, além das pessoas com surdez e outras deficiências.

Outro projeto que foi bastante elogiado pela equipe do Ministério, pretende prevenir e combater a depressão, a automutilação e o suicídio nas escolas do Estado. Entre as ações a serem desenvolvidas estão incluídas palestras, debates, distribuição de cartilhas de orientação aos pais, alunos, professores, servidores, entre outras iniciativas. A incidência de depressão, automutilação e suicídio entre crianças, adolescentes e jovens, tem chamado a atenção do ministério comandado pela Damares.

No encontro, a ministra também recebeu amplo relatório sobre as necessidades emergenciais dos Povos Indígenas e Comunidades Quilombolas em Pernambuco. Na conversa, Clarissa ouviu da ministra: "o desafio é grande, mas, é preciso avançar na construção e efetivação de políticas públicas que sejam duradouras, estruturais e que promovam melhoria e qualidade na condição de vida dos que mais precisam”. “Fique tranquila, tenho acompanhado sua atuação parlamentar. Trabalharemos juntas para melhorar a situação dos Índios e Quilombolas também em Pernambuco", assegurou Damares.

Na avaliação da deputada, a audiência com a ministra superou as expectativas. "Já tinha uma boa relação com a Dra. Damares bem antes das eleições. Amo, admiro e me inspiro nessa mulher corajosa e vencedora. Os pernambucanos podem aguardar que vem muita coisa boa por aí", vibrou a parlamentar pernambucana.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 3

24/04


2019

Detran divulga balanço das ações na Semana Santa

As Operações Trânsito Seguro e Rota de Fuga, do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, juntas, no período de 18 a 21 de abril, abordaram 2.588 veículos em blitzes realizadas no Recife, Região Metropolitana, praias do litoral Sul e Norte, interiores, com foco nas cidades de Gravatá, Fazenda Nova e Caruaru, em parceria com a Coordenadoria de Educação para o Trânsito do Detran, quando entregaram panfletos e orientaram os condutores e passageiros, além de exposição e instrução sobre uso da cadeirinha, álcool e direção, equipamento obrigatório e EPIs para motociclistas.

Dos 2.588 veículos abordados, 1.201 condutores foram autuados, 65 por deixar de usar o cinto de segurança; 5 flagrados falando ao celular durante a condução do veículo; 35 pelo não porte da Carteira Nacional de Habilitação – CNH; e 33 não apresentaram o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo – CRLV, entre outras multas. 1.721 teste de alcoolemia foram realizados, desses, 104 autuados e tiveram a CNH recolhida por recusa ou constatação. 69 veículos foram recolhidos para o depósito do Órgão.

Além disso, os agentes de trânsito abordaram 442 ônibus de turismo para instrução educativa, alertando sobre os perigos do álcool no trânsito e aplicaram teste de bafômetros nos motoristas.

Segundo o diretor presidente do Detran, Roberto Fontelles, a OTS e ORF trabalham com foco nas infrações do cotidiano, comuns nas ruas e avenidas, sempre garantindo o cumprimento das leis e da fluidez do trânsito, com objetivo de coibir a realização de manobras perigosas nas vias, que colocam em risco a segurança no trânsito.

Já técnicos da Coordenação de Educação no Trânsito abordaram cerca de 6.000 pessoas na frente do Maior Teatro ao ar livre do mundo, localizado em Fazenda Nova, quando entregaram peça com dicas de boas práticas no trânsito, alertando sempre sobre o respeito às leis do Código de Trânsito Brasileiro – CTB.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/04


2019

Lei Rouanet agora é Lei de Incentivo à Cultura

O Ministério da Cidadania formalizou, no Diário Oficial da União (DOU) de hoje, as novas regras da Lei de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet, que foram anunciadas pelo ministro Osmar Terra no início da semana. Dentre as mudanças, a principal delas fixa em R$ 1 milhão o teto do financiamento de projetos culturais pela lei, e não mais de R$ 60 milhões. Ministro Osmar Terra fez questão de avisar que entidades que usam os recursos para reforma ou manutenção, como é o caso de alguns museus, não serão atingidas.

Para o ex-secretário de Cultura do governo Collor, Sérgio Paulo Rouanet, responsável pela criação da lei brasileira de incentivos fiscais à cultura, foi um “enorme alívio” a troca de nome. “Achei uma ótima ideia, até pelo momento político em que vivemos. É um enorme alívio”, disse Rouanet ao Globo. Hoje, o ministro Osmar Terra vai participar de audiência na Comissão de Cultura da Câmara, para falar sobre os planos para a pasta.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/04


2019

Deputado do Novo é cotado para relatar Previdência

Aprovada a admissibilidade da reforma da previdência na Comissão de Constituição e Justiça, o governo defende a entrega da relatoria da proposta na comissão especial da Câmara a deputado do partido Novo.

Segundo aliados do previdente Jair Bolsonaro, os integrantes do partido são os maiores defensores da reforma, “o que reforçaria e daria mais credibilidade” à discussão da Proposta de Emenda à Constituição. Acredita-se que o partido defenderá com firmeza a agenda econômica de Bolsonaro.

Conta em favor do Novo o fato de a reforma ser uma das principais bandeiras defendidas pelo partido.

O deputado Vinicius Poit (SP) é um dos mais cotados para relatar o texto na comissão especial. No entanto, Poit pede liberdade para trabalhar. Não desempenharia o papel de “marionete” do governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/04


2019

Gilmar diz que Lava Jato virou partido político

Em Portugal, o ministro Gilmar Mendes descarregou sua artilharia contra membros da Operação Lava Jato e, em especial, contra o procurador Deltan Dallagnol, que foi alvo de abertura de um processo administrativo disciplinar pelo Plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Para o ministro, o grupo de trabalho da Lava Jato se transformou em um partido político. “Mas por um vício – esses vícios comuns a nós – virou, na verdade, uma instituição, um partido político. Quase ganharam, vocês viram, uma fundação”, comentou hoje, segundo o Estadão.

Na avaliação de Gilmar, o fundo bilionário que seria criado a partir da multa de R$ 2,5 bilhões da Petrobrás em ações nos Estados Unidos seria usado para “brincar” e “fazer política”. “Era a brincadeira que Dallagnol teria para fazer política, talvez para fazer campanha e coisas do tipo”, insistiu. Ontem, durante discurso no VII Fórum Jurídico de Lisboa, Mendes disse que era preciso tomar cuidado com forças-tarefas que poderiam se transformar em milícias. Quando perguntado se estava se referindo à Lava Jato neste caso, disse que era a “coisas como o tipo”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/04


2019

Lula aguarda intimação para apresentar recurso

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aguarda a intimação do Tribunal Regional Federal, da 4ª região, para recorrer da condenação do petista no processo envolvendo o sítio de Atibaia. Em fevereiro, Lula foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro nesse processo, e a eventual confirmação dessa condenação no TRF pode impedir a progressão de regime do petista.

Ontem, o Superior Tribunal de Justiça, ao analisar o recurso da defesa do ex-presidente no caso do tríplex do Guarujá, alterou a dosimetria da pena, diminuindo a condenação para oito anos, dez meses e 20 dias (a anterior era de 12 anos e um mês). Com isso, Lula pode obter a progressão para o regime semiaberto em setembro, desde que não haja nova condenação em segunda instância. Daí a discussão a respeito do caso de Atibaia, o próximo dos oito processos a que ele responde que pode render condenação por órgão colegiado.

Após a condenação em fevereiro, pela primeira instância, no caso do processo de Atibaia, a defesa enviou à Justiça Federal uma petição de interposição, avisando que pretendia recorrer da pena da juíza Gabriela Hardt (então substituta de Sergio Moro na 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba). A partir daí os autos são remetidos para a segunda instância, o Tribunal Regional Federal da 4ª região.

O TRF, então, analisa o pedido e intima a defesa, que tem oito dias para apresentar o recurso. A defesa espera justamente essa intimação para apresentar os seus argumentos.

Depois de os advogados de Lula se manifestarem, o TRF abre prazo para o Ministério Público Federal opinar a respeito do recurso. Depois, o relator do caso faz o seu parecer sobre o processo, que passa ainda por um revisor. O desembargador responsável pela revisão é quem marca a data do julgamento.

Se Lula for condenado neste caso antes de setembro (quando ele teria direito à progressão), a pena imposta a ele se soma à pena que falta cumprir por determinação do STJ. Essas penas somadas é que passam a valer para calcular a progressão de regime. No caso do tríplex, o TRF demorou cerca de seis meses para analisar o recurso, após a condenação feita por Moro na primeira instância.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao carlos da silva

ESSE PAÍS É UMA VERGONHA. A JUSTIÇA INTEIRA, QUE SE RESSALTE POR SUA MOROSIDADE NÃO ATENDE AOS ANSEIOS DOS CIDADÃOS DE BEM FICA O TEMPO TODO A DISPOSIÇÃO DESSE MARGINAL QUE ACABOU COM A ECONOMIA DO PAÍS. ROUBOU EM TODOS OS LUGARES EM QUE SE IMAGINE. A JUSTIÇA AGORA SÓ TRABALHA PARA APRECIAR OS RECURSOS DELE SEM OBEDECER NENHUM CRITÉRIO DE TEMPO, OU SEJA, PASSANDO NA FRENTE DE MILHÕES E MILHÕES DE PROCESSOS QUE SE ENCONTRAM PENDENTES DE JULGAMENTOS HÁ ANOS. UM ABSURDO AS BENESSES QUE DÃO A ESSE BANDIDO SEM ESCRÚPULOS QUE JÁ PASSOU DA HORA DE IR PARA O PRESÍDIO.



24/04


2019

CNI/Ibope: 35% apoiam o governo Bolsonaro

Pesquisa CNI/Ibope, divulgada hoje, mostra que 35% avaliam o governo do presidente Jair Bolsonaro como bom ou ótimo. O governo é regular para 31% dos pesquisados e 27% classificaram como péssimo ou ruim. 7% não souberam responder.

Pouco mais da metade dos entrevistados, 51%, diz confiar no presidente, mesma parcela da população que afirma aprovar a sua maneira de governar. Contudo, 45% das pessoas ouvidas pela pesquisa afirmaram não confiar em Bolsonaro e 40% desaprovam sua maneira de governar. O levantamento foi realizado entre 12 e 15 de abril com 2.000 pessoas em 126 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o nível de confiança de 95%.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/04


2019

Silvio Filho e Dória discutem pacto federativo

Com o compromisso de discutir alterações no pacto federativo, o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Novo Pacto Federativo, Silvio Costa Filho (PRB-PE), se reuniu, ontem, com o governador de São Paulo, João Dória (PSDB). O tucano, que é um defensor o novo pacto federativo desde a campanha eleitoral de 2018, está em Brasília participando da 4ª edição do Fórum de Governadores, que discute pautas de interesse dos estados brasileiros. Além deles, o deputado Herculano Passos (MDB-SP), presidente da Frente Parlamentar Municipalista também participou do encontro.
 
Durante a reunião, Silvio destacou que o objetivo do Novo Pacto Federativo é  devolver aos gestores estaduais e municipais a capacidade de investimentos em áreas prioritárias para cada cidade e estado. “Quanto mais recursos forem liberados para as cidades e estados, mais a economia dos municípios vai crescer, e isso permite o crescimento do país como um todo, gerando emprego e renda para a população‘’, explicou o parlamentar.

Dória, que está no primeiro mandato como governador de São Paulo, pontuou a importância dos governadores e prefeitos brasileiros em discutir o pacto federativo ‘“Sou municipalista porque pratico isso como governador de São Paulo. Temos uma administração descentralizada e confiamos na gestão capilarizada dos municípios. Eu fui prefeito da capital de São Paulo, por isso acredito e confio que a ação municipalista agiliza o processo para a chegada de recursos onde é mais importante. As pessoas vivem nas cidades, não vivem no Estado, nem vivem na nuvem federal”, pontuou.

Ainda na reunião, o governador convidou o deputado Silvio Costa Filho para, ao lado dos ex-ministros Henrique Meirelles, Bruno Araújo e Antônio Imbassahy, participar de uma reunião com prefeitos e secretários do Estado de São Paulo. Ele se comprometeu com a frente do Novo Pacto Federativo para ajudar com sugestões que fortaleçam o novo federalismo. Além disso, Dória foi convidado pela Frente Parlamentar do Novo Pacto Federativo para ir à Câmara Federal, em maio, para falar sobre as ideias e propostas para o novo pacto federativo.

Além de Dória, Silvio continuará, ao lado dos deputados e senadores que integram a Frente, realizando uma agenda com governadores do Brasil. o parlamentar já discutiu o novo Pacto com Ibaneis Rocha (MDB), governador do Distrito Federal, e deve se reunir nos próximos dias com os governadores do Ceará e de Pernambuco, Camilo Santana (PT) e Paulo Câmara (PSB), respectivamente, além de outros representantes dos executivos estaduais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


24/04


2019

Após CCJ, Guedes agradece a Maia

Após a aprovação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na noite de ontem, o ministro da Economia, Paulo Guedes, mandou uma mensagem ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), agradecendo pela vitória.

O deputado também faz elogios a Paulo Guedes, pelo trabalho da equipe econômica durante o processo na CCJ junto a parlamentares.

No entanto, Maia fez críticas à falta de articulação política do governo, e já declarou que o presidente Bolsonaro terá de “entrar mais” para aprovar a previdência. “Toda hora eu ter essa energia para aprovar, não vou ter, precisam ajudar”, repetia Maia a aliados ontem, após a votação, na residência oficial da Câmara.

O deputado quer afastar a ideia de que a responsabilidade pela previdência é só sua. Por isso, fez questão de “chamar à responsabilidade” o presidente no processo, a partir de agora Passada a etapa inicial na CCJ, próximo passo, agora, é definir a instalação da comissão especial e quem ocupará a relatoria dos trabalhos. Maia afirma que ainda não escolheu o relator, e o centrão pressiona para indicar o nome- o que preocupa o governo.

Motivo: os deputados do bloco, ao lado da oposição, foram os principais articuladores para atrasar os trabalhos da previdência na CCJ.

O governo teme mais problemas na comissão especial, que é justamente o momento mais crucial, por se tratar da discussão do mérito (o conteúdo) da reforma.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores