Faculdade de Medicina de Olinda 2

15/04


2019

Escola de Controle Interno promove curso

No período de 22 a 26 de abril, a Escola de Controle Interno da Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (ECI/SCGE) promove o curso “Introdução à gestão de riscos”. A turma será formada por 24 servidores da SCGE, que terão aulas no auditório da Casa, das 13h30 às 17h e, apenas no dia 24, das 8h30 às 13h.

Com carga horária de 20 horas/aula, o curso será ministrado pelo assessor técnico da Controladoria, Renato Cirne, que abordará, ao longo da semana, com conteúdo teórico e atividades práticas, temas como governança pública; fundamentos da gestão de riscos; respostas a riscos; entre outros.

A capacitação dos servidores da SCGE é um programa customizado, com o objetivo de facilitar a compreensão da gestão de riscos nos órgãos e entidades públicas, com vistas a ajudar na melhorar da governança pública.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detran

Confira os últimos posts



10/10


2019

Governo lança programa "Crédito Popular” em Caruaru

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, lançou, hoje, o programa "Crédito Popular" na Escola de Referência em Ensino Médio (Erem) Professor Vicente Monteiro, em Caruaru, no Agreste. O projeto tem como objetivo ajudar na geração de empregos e renda, e fornecer microcrédito para empreendedores formais e informais.

De acordo com o Governo do estado, o programa irá disponibilizar linhas de financiamento de até R$ 3 mil para cerca de 40 mil beneficiados. "Serão atendidas todas as regiões de Pernambuco, com uma expectativa de movimentação econômica de R$ 120 milhões e a geração de 80 mil postos de trabalho diretos e indiretos até 2022", conforme destacou o governo.

O "Crédito Popular" vai contar com taxas de juros a partir de 1,49% ao mês e será gerenciado pela Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE). Os empreendedores vão poder entrar em contato com a agência por meio do número 0800 081 8081.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

13° Bolsa Familia

10/10


2019

Bivar diz que quer manter Bolsonaro no PSL

Congresso em Foco

O presidente nacional do PSL, deputado federal Luciano Bivar (PE), acredita que a crise entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o partido será resolvida. "O presidente é uma pessoa sensata e não há nada que não se corrija ao longo de um processo político", disse, hoje, em entrevista exclusiva.

O pernambucano conta que ele e o presidente ainda não conversaram desde o início da crise, mas que "isso acontecerá casualmente". Bivar, no entanto, transfere a decisão sobre a permanência ou não do presidente, além dele, ao próprio PSL. "O partido é impessoal, não é que eu ache, o partido em si decide. É claro que o partido se sente sempre honrado em o presidente ser seu filiado, um ilustre filiado", declarou.

O deputado culpa a advogada Karina Kufa pelos movimentos de querer tirar Bolsonaro do PSL. Kufa foi demitida do partido esta semana, mas ainda advoga para Jair Bolsonaro.

"Ela estava conversando com um ex-juiz eleitoral, conspirando contra o partido, conversando com outros partidos políticos, criando ambiente de cisão, se ocupando com uma falácia de que era amiga do presidente, que tinha poderes para tal e que levaria o presidente para onde queria", disse o dirigente partidário.

Procurada pelo Congresso em Foco, Karina Kufa disse que não ia se manifestar.

Bivar afirma não ter determinado a exclusão de deputados que se posicionaram em favor de Bolsonaro das comissões. Segundo ele, foi uma decisão técnica de lideranças do partido. Ele alega, ainda, que sua gestão é transparente e suas contas têm sido aprovadas sem ressalvas. A falta de transparência no uso de recursos públicos destinados à legenda é um dos argumentos usados por deputados do PSL para atacar Bivar.

Ontem, Bolsonaro declarou ao site Antagonista que não irá deixar a sigla, a menos que seja expulso. No mesmo dia, ao sair do Palácio do Planalto comparou a desavença entre ele e Bivar com "briga de marido e mulher" e disse que não "tem crise no PSL".

A crise na sigla foi destacada pelo Congresso em Foco em setembro, quando deputados revelaram ao site que a situação dentro do partido era de racha e possível debandada.

O clima piorou nesta semana, quando Bolsonaro disse para um seguidor esquecer da sigla. Desde então, troca de farpas estão acontecendo dos dois lados. Bolsonaro e seus aliados têm sido mais ferrenhos; do outro, o presidente do partido, Luciano Bivar, e deputados que não fazem parte da ala mais bolsonarista.

"Foi um sentimento pessoal dele, mas foi uma coisa que passou", disse o presidente do PSL.

Aliados de Bolsonaro alegam que Bivar não está preocupado com o presidente, mas com o destino dos milionários fundos partidário e eleitoral a que o PSL terá acesso em função do número de votos e vagas conquistados na Câmara, ocupadas – lembram eles – graças à onda bolsonarista. Estima-se que o partido receberá, apenas em 2020, mais de R$ 300 milhões somados os recursos dos dois fundos.

Já a ala que defende Bivar vê o movimento de Bolsonaro como uma traição. Para eles, não há como admitir que o deputado pernambucano, que abriu as portas da legenda para Bolsonaro disputar as eleições, seja deposto por pessoas que ingressaram recentemente no partido.

O grupo também não aceita perder o controle sobre recursos públicos para campanhas eleitorais. Alegam que os dois casos de corrupção que mais deixaram o partido “queimado” – palavra usada pelo presidente para se referir a Bivar – estão no quintal dele: as suspeitas de corrupção em torno do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Ambas tratadas com indiferença pelo presidente.

Luciano Caldas Bivar fundou o PSL em 1998. Foi candidato a presidente pela legenda em 2006. Já comandou o Sport Club do Recife. Atualmente exerce o cargo de 2º vice-presidente da Câmara dos Deputados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

10/10


2019

Óleo encontrado em praias tem assinatura da Venezuela

Investigações sigilosas da Marinha e da Petrobras encontraram petróleo com a mesma “assinatura” do óleo da Venezuela em manchas que se espalharam até agora por pelo menos 138 pontos do litoral dos 9 estados do Nordeste. Na terça-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro disse não descartar uma ação criminosa. E o governo de Sergipe planeja usar boias para impedir que o material atinja a bacia de rios, como Vaza-Barris e São Francisco.

Segundo uma fonte da alta cúpula do governo, ouvida pelo jornal O Estado de S. Paulo, trata-se do mesmo tipo de óleo extraído da Venezuela – o que corrobora rumores a esse respeito veiculados desde a semana passada. A conclusão já foi informada ao Ibama, órgão ligado ao Ministério do Meio Ambiente. Mas não é possível dizer que todo o vazamento que atinge praias tem a mesma origem. A Marinha e a Polícia Federal analisam amostras e não deram informações oficiais.

Ainda na terça, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que há a possibilidade de que o derramamento tenha sido criminoso. Ele, no entanto, ponderou que as investigações estão em curso. A reportagem questionou a Petrobras sobre a possível presença de óleo da Venezuela nas instalações da refinaria Abreu e Lima, estrutura que, em princípio, seria construída com a parceria da estatal PDVSA. A Petrobras informou que nunca processou óleo de origem venezuelana em Abreu e Lima.

Por meio de nota, a estatal declarou que a análise realizada pela empresa em amostras de petróleo cru encontrado em praias do Nordeste “atestou, por meio da observação de moléculas específicas, que a família de compostos orgânicos do material encontrada não é compatível com a dos óleos produzidos e comercializados pela companhia”. Os testes foram realizados nos laboratórios do Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes), no Rio.

“Nós temos isso bem documentado, coletamos 23 amostras, nosso centro de pesquisas realizou análises bioquímicas e chegou à conclusão de que não se trata de nenhum óleo produzido e/ou comercializado pela Petrobras”, disse o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, após audiência na Câmara. Segundo ele, já foram recolhidas 133 toneladas de resíduo oleoso de praias.

O jornal O Estado de S. Paulo procurou a estatal PDVSA, que não se pronunciou. As investigações sobre a origem do óleo ainda não avançaram. Para David Zee, professor da Faculdade de Oceanografia da Universidade do Estado do Rio (Uerj), o vazamento de um navio constitui “uma hipótese possível”. “Pela quantidade espalhada pode até ser a carga completa de um petroleiro”.

Em nota, a Marinha disse ter empenhado 1.583 militares, 5 navios e 1 aeronave nessas operações de análise e monitoramento. A Marinha ainda classificou a ocorrência como “inédita”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2019

Daniel sugere a Moro expansão do “Em Frente Brasil”

O deputado pernambucano Daniel Coelho (Cidadania), se reuniu, ontem, no Ministério da Justiça, com o chefe da Pasta, Sergio Moro. Na reunião foram tratados de temas de interesse local e nacional. Em entrevista ao site Portal de Prefeitura o parlamentar disse que: “Fizemos um balanço sobre as ações em Paulista, o ministro me apresentou alguns números e falou que em breve irá fazer uma visita a Pernambuco”.

Daniel sugeriu ao ministro que o “Programa Em Frente Brasil”, realizado atualmente na cidade do Paulista, seja expandido para os demais municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR). O deputado ressaltou que “por ficar em uma área metropolitana, os bandidos acabam migrando para outras cidades, por esse motivo falei com ministro para que o programa fosse expandido”, declarou.

Moro também falou sobre estratégias para a aprovação do “pacote anticrime” e da prisão em segunda instância no plenário da Câmara.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

10/10


2019

Meu editorial no Frente a Frente – 10/10/2019

Se você perdeu o Frente a Frente de hoje, programa que ancoro pela Rede Nordeste de Rádio, tendo como cabeça de rede a Rádio Folha 96,7 FM, no Recife, escute agora o meu editorial.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Banner de Arcoverde

10/10


2019

TCE julga irregular gestão fiscal de municípios

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas julgou, hoje, a gestão fiscal das prefeituras de Belo Jardim e Verdejante, relativas aos exercícios de 2016 e 2018, respectivamente. A relatoria dos processos (1940002-0 e 1923966-0) foi do conselheiro Carlos Neves.

Ao avaliar os três quadrimestres de 2016 a auditoria realizada em Belo Jardim constatou que o chefe do executivo vinha ultrapassando o limite de despesas com pessoal desde o 3º quadrimestre de 2009, apresentando descontrole nos gastos durante os exercícios seguintes, até o último quadrimestre de 2016, quando atingiu o percentual de 65,53% da Receita Corrente Líquida, sem que fossem adotadas medidas para sanear os excessos.

O descumprimento às formas e aos prazos determinados pela Lei de Responsabilidade Fiscal e pela Lei Federal nº 10.028/2000, levou o relator a imputar multa ao prefeito no valor de R$ 51.975,00, correspondente a 30% da soma dos subsídios anuais percebidos, levando em conta o período.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2019

STF quer explicações sobre validade do VEM

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, relatora da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIn) 6237, determinou que o governador Paulo Câmara e o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Eriberto Medeiros, prestem esclarecimentos a respeito do prazo de validade dos créditos do Vale Eletrônico Metropolitano (VEM).

A decisão foi publicada ontem, e as autoridades têm o prazo de dez dias para se manifestarem. Após este prazo, a ministra do STF irá apreciar o pedido liminar para suspender os efeitos do Artigo 17 da Lei 14.474/2011, que prevê o prazo de 180 dias corridos para expiração dos créditos do VEM.

A ADIn, ajuizada na última semana pelo PDT, por requerimento do deputado federal Túlio Gadêlha (PE), tem como patrono o advogado Pedro Josephi, coordenador da Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2019

PL reforça os cofres dos Estados e Municípios

De autoria do deputado federal Sebastião Oliveira, o projeto de Lei (PL), nº 1.470/19, conquistou, ontem, em Brasília, a sua primeira vitória, com a aprovação da Comissão de Minas e Energias da Câmara dos Deputados. A iniciativa visa provocar mudanças na distribuição a estados e municípios dos recursos oriundos dos royalties da exploração de petróleo, xisto e gás natural.

Confiante que o projeto será aprovado em todas as comissões, o parlamentar pernambucano explica que a sua proposta pretende redistribuir a divisão do dinheiro proveniente desses recursos, que passará a ser feita com base na regra dos Fundos de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE) e dos Municípios (FPM).

“Vamos substituir o critério atual que beneficia apenas o Distrito Federal, os estados e as cidades onde há efetiva exploração e produção desses recursos energéticos fósseis. Com isso, reforçaremos a receita da imensa maioria das unidades da Federação e municípios que não produz petróleo, xisto e gás natural. É dinheiro que pode ser investido na saúde, na educação, na infraestrutura e na segurança pública, por exemplo”, destacou o deputado.

Para atenuar o impacto que a medida terá sobre as localidades beneficiadas atualmente, Sebastião frisou que o PL contempla um dispositivo que será introduzido, levando em consideração o período de transição. Segundo ele, será realizada a implantação gradual do novo critério de distribuição de royalties.

“Reduziremos as desigualdades regionais e sociais, por meio de uma distribuição mais equilibrada desses recursos. Haverá uma divisão justa, que beneficiará mais estados, cidades e, consequentemente, mais brasileiros e brasileiras”, concluiu Sebastião Oliveira.

A próxima etapa do PL será conquistar a aprovação da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2019

Comissão Externa para transferências de delegados

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL-PE), primeiro vice-presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, começou a mobilizar parlamentares para integrar a Comissão Externa da Câmara que vai verificar, em Pernambuco, a eficácia dos remanejamentos de delegados na Polícia Civil.

A criação da Comissão Externa foi solicitada em requerimento que protocolou, ontem à noite, na Mesa da Câmara, motivado pela transferência do delegado Israel Rubis de Arcoverde para Vitória de Santo Antão, apesar de ter sido judicialmente revogada. Justifica sua iniciativa por desconfiar de que as transferências visem proteger aliados políticos do governador Paulo Câmara sob suspeição.

O Requerimento 2655/2019 será analisado pelo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ). Nas comissões externas, os deputados federais representam a Câmara em missões temporárias, sem ônus para a casa. Não há limite para o número de integrantes da Comissão Externa.

Na justificação do requerimento, Rodolfo alega que a transferência de Israel Rubis, que motivou protestos e até passeatas em Arcoverde, não é um caso isolado. “A transferência, felizmente revertida por ordem judicial, reforça suspeitas de que remanejamentos na Polícia Civil de Pernambuco vão além de razões meramente administrativas, configurando-se talvez em uso da política de segurança pública para proteção de aliados políticos do governo do estado”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2019

Jardim Botânico de Bezerros será inaugurado sábado

O desembargador Adalberto de Oliveira Melo, presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, o prefeito de Bezerros, Breno Borba, e o criador do Jardim Botânico Rei David, Mario Gil Rodrigues, realizam, no próximo sábado, a inauguração do Jardim Botânico.

O evento acontecerá nas terras da Fazenda Rei David, situada na PE-103, km-01, Rodovia Dep. Ribeiro Godoi, em Bezerros. Idealizado e construído por uma associação sem fins lucrativos, dirigida pelo advogado Mário Gil Rodrigues, o espaço terá mais de 60 mil metros quadrados, dispondo de Centro Cultural, Unidade de Conservação da Caatinga e jardins temáticos, além de uma pista de cooper arborizada de 1,1 mil metros.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2019

Repúdio à Controladoria do Recife

A Associação dos Servidores de Controle Interno do Recife – ASCIRE, enviou, há pouco, ao blog, uma nota de repúdio quanto à decisão do controlador-geral do Município, André Ferreira Nunes, de solicitar o corte de ponto da categoria por esta ter comparecido à Câmara Municipal de Vereadores para defesa de interesse público. De acordo com a associação, os membros estavam no legítimo exercício de direito constitucionalmente assegurado. Confira o documento na íntegra:

“A Associação dos Servidores de Controle Interno do Recife - ASCIRE, entidade representativa dos servidores efetivos da carreira de controle interno municipal vem, por meio da presente nota, elaborada e aprovada em Assembleia Geral da Categoria, manifestar repúdio à decisão do Controlador-Geral do Município do Recife de solicitar o corte do ponto do servidores da Controladoria que participaram da discussão, na Câmara dos Vereadores, de Projeto de Lei de interesse público, de suma importância para o controle interno municipal, ao interpretar, erroneamente, que aqueles estavam agindo para atender a um interesse particular da classe, o que não é verdade, tratando-se, na realidade, do legítimo exercício de direito constitucionalmente assegurado.

Com efeito, o referido Projeto de Lei no 012/2019 tratava, dentre outras matérias, de mudança relativa à nomenclatura do antigo cargo de Analista de Controle Interno, proposta encaminhada sem qualquer participação nem diálogo com a categoria de servidores efetivos atingida pela alteração. A referida nomenclatura imposta fere as recomendações e doutrinas internacionalmente consagradas relativas ao papel e finalidades do controle interno enquanto órgão central, furtando-se, o Controlador-Geral, do seu importante papel de liderança na condução desse processo.

Cabe explicitar que a matéria ora referida foi amplamente rejeitada pela categoria dos servidores representados pela ASCIRE, por ser, a nomenclatura imposta, incompatível com o exercício das funções típicas do Controle Interno governamental, colocando em risco a própria efetividade e imparcialidade do Sistema de Controle Interno municipal. Essa posição foi manifestada pela diretoria da ASCIRE em diversas reuniões com o Controlador-Geral e com o Secretário de Administração e Gestão de Pessoas, bem como através do Ofício no 007/2019, encaminhado formalmente às referidas autoridades. Entretanto, a posição técnica da categoria quanto à nomenclatura adequada nunca foi considerada.

Destacou-se, no ofício, que as competências do órgão central de controle interno voltam-se para as prerrogativas de acompanhar, orientar e fiscalizar o exercício da gestão pública governamental, com vistas à proteção do patrimônio público e à constante busca da eficiência para o alcance dos resultados públicos esperados, enfatizando que o controle é sempre “da” gestão e “para” a gestão, em prestígio aos interesses do ente público municipal.

A nomenclatura imposta no Projeto de Lei referido deu-se justamente no momento em que a ASCIRE protocolou junto à Gestão requerimento para mudança do nome do cargo para Auditor de Controle Interno, em virtude da necessidade de convergência aos padrões nacionais e internacionais, enfatizando-se, na ocasião, que as carreiras de mais de 70% dos órgãos de controle do país já estavam assim identificadas, o que recomendaria a inserção na nomenclatura de expressa referência à atividade de auditoria interna governamental. Essa mudança de denominação, inclusive, já foi acertadamente realizada pela Controladoria Geral da União - CGU e por diversas outras Controladorias do país, conforme levantamento realizado pela ASCIRE e entregue ao Controlador-Geral do Município do Recife.

Vale ressaltar que o controle interno é responsável, dentre outras atribuições, pela prevenção e combate à corrupção e pelo incremento da transparência na Gestão Pública. Neste sentido, a referida postura provoca confusão quanto ao real papel do controle interno, o que acaba por contrariar os anseios da população por uma administração pública verdadeiramente comprometida com o interesse público, adversando, ainda, contra as recomendações dos organismos nacionais e internacionais que apoiam o fortalecimento das estruturas de controle interno, essenciais à boa governança da Administração Pública”.

ASCIRE


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2019

Bolsonaro dá autonomia a Gilson na Embratur

No último domingo, o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, participou de um jantar com os ministros de Turismo da Argentina, Paraguai e Uruguai. Na ocasião, Machado Neto anunciou a transformação da Embratur de autarquia para agência, que irá ocorrer com a assinatura de uma Medida Provisória, no dia 6 de novembro, no Palácio do Planalto. Os ministros Gustavo Santos (Argentina), Liliam Kechichian (Uruguai) e Sofia Montiel (Paraguai) confirmaram presença no evento e felicitaram o presidente.

“É uma decisão histórica do presidente Jair Bolsonaro. Ele demonstra, mais uma vez, que o turismo é prioridade de seu governo e que a Embratur deve ter protagonismo na divulgação do Brasil no exterior”, afirmou Gilson.

No jantar, organizado pelo Ministério do Turismo da Argentina, Gilson debateu ainda com as autoridades medidas para destravar o turismo internacional na região do Cone Sul como legislação única e ações promocionais conjuntas. A primeira ação, sugerida pela Embratur e bem aceita por todos, é conjunto de ações para promover o turismo de pessoas na 3ª idade entre os países.

“O diálogo que tivemos na Argentina é fundamental para eliminarmos os gargalos que afastam o turista internacional e o investimento da nossa região. Precisamos trabalhar juntos para conseguirmos formar um ambiente favorável ao turismo na América do Sul”, ressaltou o presidente da Embratur.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2019

Festival ajuda hospital filantrópico em Petrolina

Petrolina se prepara para receber, no próximo dia 24, Zé Maria Sultanum e sua equipe para a realização do seu festival gastronômico, que já se consolidou como um dos mais famosos do país. O evento “O Sertão vai virar Noronha” é filantrópico com parte da renda revertida para o Hospital Dom Tomas-Apami, responsável pelo atendimento de milhares de pessoas com câncer na região. O festival acontece a partir das 19h na casa de recepção Maria Leite.

No cardápio, os pratos principais são a solidariedade e a integração cultural gastronômica, com a participação de chefs da região, como por exemplo Rafael Yamaguti-Duchef, que dividirão a mesa com seus pratos gourmet utilizando os produtos regionais.

O evento foi idealizado e está sendo promovido pelos produtores Regina Alves, Kalinka Sarafim e Beto Binga.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2019

Se essa moda chega ao Brasil!

O prefeito da cidade de Las Margaritas, México, foi amarrado e arrastado por um carro após deixar de cumprir promessas. Segundo a imprensa local, Jorge Luis Escandón Hernández foi retirado do Palácio Municipal à força por moradores e levado até o local. Um vídeo de 17 segundos mostra o momento em que Jorge é amarrado e levado por uma caminhonete.

De acordo com o jornal El Heraldo de Mexico, o prefeito não teria feito as obras prometidas na região, como a substituição do asfalto. A polícia foi chamada e conseguiu salvar Jorge Luis da multidão enfurecida. Ele foi levado para o hospital apenas com ferimentos leves.

Mais de 30 pessoas foram detidas durante o violento protesto. Outras 20 ficaram feridas no confronto com policiais. Após o ataque, o prefeito fez um discurso e disse que não será intimidado pela violência. Além disso, prestou queixa por sequestro e tentativa de homicídio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


10/10


2019

Blog na campanha por crianças com câncer

A rede de supermercados Arco-Mix está realizando uma campanha que vai ajudar centenas de crianças com câncer em todo o Nordeste. Para isso, o leitor pode contribuir comprando um ticket que custa 8 reais e dá direito a 1kg de pão. O ticket pode ser trocado no dia 29 de outubro, em qualquer loja do Arco-Mix!

Os bilhetes estão à venda em qualquer quiosque do IMIP nos shoppings espalhados pelo Recife.Com essa colaboração, você está ajudando a comprar um ultrassom moderno para salvar a vida dos pequenos!

Se o leitor quiser doar este ticket para instituições de caridade estará ajudando em dobro. Basta deixar os tickets com o grupo de pais que o Arco-Mix entrega às instituições. Quem não é do Recife pode ajudar também. É só fazer um depósito na conta do projeto. As informações seguem abaixo.

Dados da conta do projeto:

- Banco: Caixa Econômica Federal (104)

- Agência: 1294

- Conta Corrente: 4446-3 (Operação 003, Pessoa Jurídica)

- CNPJ: 12.859.468/0001-15

- Nome: Fundação Alice Figueira


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha