Prefeitura do cabo

15/04


2019

Escola de Controle Interno promove curso

No período de 22 a 26 de abril, a Escola de Controle Interno da Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (ECI/SCGE) promove o curso “Introdução à gestão de riscos”. A turma será formada por 24 servidores da SCGE, que terão aulas no auditório da Casa, das 13h30 às 17h e, apenas no dia 24, das 8h30 às 13h.

Com carga horária de 20 horas/aula, o curso será ministrado pelo assessor técnico da Controladoria, Renato Cirne, que abordará, ao longo da semana, com conteúdo teórico e atividades práticas, temas como governança pública; fundamentos da gestão de riscos; respostas a riscos; entre outros.

A capacitação dos servidores da SCGE é um programa customizado, com o objetivo de facilitar a compreensão da gestão de riscos nos órgãos e entidades públicas, com vistas a ajudar na melhorar da governança pública.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

Confira os últimos posts



07/09


2007

Em Belo Jardim, vice-prefeito deve ganhar enquete

Já em Belo Jardim, o vice-prefeito Valdeci Rodrigues(DEM), do grupo Mendonça, tem amplas chances de ganhar a enquete, porque se mantém na frente, com 53%, enquanto o ex-prefeito Cintra Galvão(PTB), não reage na disputa, estando num distante segundo lugar, com 28%. Vamos votar, gente!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Detran

07/09


2007

Mulheres pernambucanas contra a violência

Que os índices de violência contra as mulheres são altos e envergonham Pernambuco, todo mundo já sabe. A novidade é que entrará na pauta para discussão e votação no plenário da Assembléia Legislativa, no início da próxima semana projeto para minimizar os traumas e criar uma rede de proteção às vítimas. O deputado Clodoaldo Magalhães (PTB) - de acordo com informações levantadas pelo repórter do Blog André Silva - se prepara para defender na tribuna proposta de atendimento especial a mulheres vítimas de violência no sistema estadual de saúde, incluindo a realização de cirurgias plásticas reparadoras, caso necessário, além do cruzamento das informações dos hospitais com a polícia. Os movimentos de defesa das mulheres e de Direitos Humanos deverão acompanhar o debate da matéria de perto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Magno coloca pimenta folha

07/09


2007

Renan nas mãos do PT, literalmente

 Seja qual for o destino do senador Renan Calheiros, ele terá sido traçado com a colaboração decisiva do Partido dos Trabalhadores (PT). Quando as cortinas descerem sobre o drama político protagonizado pelo presidente do Senado, o desfecho da peça terá sido escrito pelas mãos dos correligionários do presidente da República. Nesta semana, o Conselho de Ética finalmente decidio chancelar o relatório de Renato Casagrande (PSB-ES) e Marisa Serrano (PSDB-MS), e levar a cassação de Renan ao plenário da Casa. Sem os votos petistas, não haveria como o colegiado aprovar o texto da dupla. E sem votos petistas não há como o plenário do Senado cassar Renan. Tanto pelo lado da aritmética quanto pelo lado da política.

Poderá haver dissidências aqui e ali, mas elas não serão decisivas. Além disso, votando com a “faca da opinião pública” no pescoço, os senadores não poderão simplesmente resolver qualquer coisa e voltar para casa. Ou bem eles acham que há elementos probatórios suficientes para justificar a cassação do presidente do Senado ou acham o contrário. Seja qual for a decisão, ela terá que ser defendida publicamente pelo lado vencedor.

Se Renan for cassado, as possíveis dissidências entre os senadores da oposição virarão pé de página. Se for absolvido, a dureza dos governistas anti-Renan no Conselho de Ética deixará de ser assunto. Se o presidente do Senado continuar na sua cadeira, todo mundo vai querer saber quem da oposição votou com Renan. Se ele perder a cadeira (além do mandato e da elegibilidade), a curiosidade geral se voltará para entender por que a maioria governista na Casa não funcionou. Assim é a vida. Do Blog do Alon.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

será que tu não ParTirás Renam?



07/09


2007

MP denuncia propaganda eleitoral antecipada no Pará

O Ministério Público Eleitoral no Pará ofereceu duas denuncias por propaganda antecipada. Faltando mais de um ano para as eleições municipais de 2008, dois deputados estaduais paraenses colocaram outdoors na cidade de Altamira (região da Transamazônica): Airton Faleiro (PT) e Domingos Juvenil (PMDB).

A Lei Eleitoral só permite propaganda após o dia 5 de julho do ano do pleito, e prevê multa ao beneficiário da propaganda se ficar comprovado o seu prévio conhecimento. O TSE já sinalizou em decisões anteriores que qualquer publicidade de políticos anterior a essa data pode ser considerada campanha extemporânea.

''Assim como nas eleições passadas, estamos vigilantes para essa prática e não vamos permitir a desobediência aos prazos legais'', disse o procurador regional eleitoral José Augusto Torres Potiguar, que coordena o Ministério Público Eleitoral. Da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Limoeiro

07/09


2007

A CPI da Celpe por um fio

Depois de audiências públicas em Caruaru, Araripina e Garanhuns sem agregar informações impactantes, mas com um investimento expressivo do Legislativo Estadual que bancou os deslocamentos a organização do “espetáculo”, a CPI da Celpe por pouco não entra em curto-circuito na véspera do feriadão da Independência, segundo apurou o repórter do Blog, André Silva. O líder da oposição Pedro Eurico (PSDB) defendeu, na manhã desta quinta-feira, que a CPI fosse encerrada imediatamente e quase conseguiu. A oposição estava em maioria, porque os governistas rumaram em peso ao Palácio do Campo das Princesas para ciceronear o ministro da Justiça Tarso Genro e ouvir o governador Eduardo Campos anunciar Servilho Paiva como novo secretário de Defesa Social. A coisa só não se concretizou por falta de quorum. Ao saber das manobras da oposição, o presidente da CPI, Sérgio Leite (PT) ficou uma fera. “Esse tipo de coisa significa o medo desse pessoal que privatizou a Celpe e que teme agora que a verdade apareça com as investigações”. Após a parada militar e do final de semana prolongado, o risco de choque de 220 volts ou mais será altíssimo na CPI.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

Tá ai o exemplo mais claro de que a classe política tá dando uma banana para nós, povo pernambucano. É melhor chalerar o ministro do cefalópode de que ver os interesses dos cidadãos que pagam uma fortuna pela energia elétrica. Tô falando dos que pagam, pois tem muita gente com macaco e num ta nem a

Cidadão de bem

E há também os defensores do indefensável.

Ivan Câmara de Andrade

Certas pessoas se dizem cidadão de bem e partem para a condenações sumárias em casos nos quais ainda não houve culpados nem inocentes. São réus numa Ação Penal e agora serão levantadas as provas, dando o amplo direito de defesa.Após isso quem for culpado há de pagar pelos erros.É o Estado de Direito

Cidadão de bem

envolvidos no esquema do mensalão e chama bandidos de companheiros.

Cidadão de bem

e vereador em candidatos do PSB, bem como em 2004, no ano passado votei em Eduardo, em dois deputados do PSB e em Lula nos dois turnos. AINDA ACHAS QUE SOU TUCANO OU DEMOCRATA????. Mas como não sou cego como alguns aqui, me arrependo profundamente em ter votado neste Presidente que defende os envolv


Banner de Arcoverde

07/09


2007

Jornalões disputam liderança na Justiça

  O Conselho de Ética do Conar (Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária) confirmou o direito da Folha de utilizar em suas campanhas publicitárias as expressões ''o jornal que mais vende no Brasil'' e ''o maior jornal do país''. A frase ''tem os classificados que vendem  mais''  não deve ser usada por ''ninguém'', segundo a decisão do conselho. A definição ocorreu no dia 16 de agosto, quando o órgão analisou, em segunda instância, recurso do jornal ''O Estado de S.Paulo'' para impedir que a Folha usasse as frases citadas.

O caso começou em maio deste ano, quando o jornal ''O Estado de S.Paulo'' entrou com uma representação no Conar contra o uso das três frases.

Em primeira instância, o conselho decidiu, no dia 14 de junho, que a expressão ''o jornal que mais vende no Brasil'' pode ser usada desde que a Folha informe no anúncio dados de circulação do IVC (Instituto de Verificação de Circulação).

Em relação à expressão ''o maior jornal do Brasil'', o conselho diz que a Folha pode continuar a usá-la desde que especifique que ''trata-se do maior jornal do Brasil em número de leitores, segundo o Ibope''.

A terceira expressão, ''tem os classificados que vendem mais'', não deve ser usada por nenhum veículo porque não há pesquisas que indiquem com exatidão qual é o jornal cujos classificados vendem mais.

O jornal ''O Estado de S.Paulo'' recorreu da decisão de primeira instância. No dia 16 do mês passado, o conselho de ética manteve, em segunda instância, a decisão anunciada em junho. Como a decisão foi unânime entre os 14 conselheiros que participaram do julgamento, não cabe recurso.

''Há mais de 20 anos (1986 a 2006), a Folha de S.Paulo aparece como líder na média anual de circulação paga de jornais. A Folha liderou a circulação paga em julho, último mês aferido, com 298.060 exemplares vendidos, enquanto ''O Estado de S. Paulo'' ocupa apenas a quinta posição, com 236.427 exemplares vendidos. Além disso, a Folha detém o maior número de leitores (2.632.000) do Brasil, segundo o Instituto Ibope, enquanto o Estado ocupa apenas a quarta posição nesse quesito (1.810.000)'', afirmou a Folha em nota oficial.

Procurado pela reportagem, o Grupo Estado disse que não se pronunciaria sobre o caso''. (Informações da Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/09


2007

Problema d''água traz técnicos internacionais a Gravatá

 O desafio de conviver com a baixa disponibilidade de água é tema do encontro que será realizado de 09 a 12 de setembro, em Gravatá. Na “II Conferência Internacional sobre Água em Regiões Áridas e Semi-Áridas”, pesquisadores de países como Estados Unidos, Argentina, Cabo Verde, Portugal e França juntam-se a estudiosos brasileiros para tratar do problema que afeta várias partes do planeta. Participam da organização da Conferência a Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), a Icasals (Internacional Center for Arid e Semiarid Land Studies), a Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRH) e a Universidade Federal (UFPE) e Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

No encontro, serão apresentados os últimos estudos, os avanços tecnológicos e as novas práticas para gerenciamento de água em regiões áridas e semi-áridas. A questão da escassez hídrica é especialmente relevante em Pernambuco. Apontado pelo Atlas Nordeste, da Agência Nacional de Águas (ANA), como detentor da mais crítica disponibilidade hídrica do Brasil: o Estado tem 122 dos seus 185 municípios situados no semi-árido – o equivalente a 89% do território estadual. O secretário-executivo de Recursos Hídricos e professor da UFPE, Almir Cirilo, representa o Estado na Conferência, como integrante do comitê internacional.

Cerca de 200 pessoas são esperadas no evento, entre pesquisadores, educadores e estudantes. A programação inclui painéis técnicos, palestras e mesas-redondas sobre temas, como: políticas públicas em regiões áridas e semi-áridas, métodos para aproveitamento de recursos hídricos não convencionais, impacto das mudanças climáticas em regiões áridas e semi-áridas, práticas agrícolas em áreas com pouca disponibilidade hídrica, desertificação e outros. A primeira conferência sobre o tema foi realizada, no ano passado, no Texas, Estados Unidos.(Informações do site do governo do Estado)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

Agora lascou mesmo. Importação de tecnocratas para olhar as mazelas de nossa gente. O que eles farão? Vão olha e dizer: " - pobre povo brasileiro." e mais: Só a transposição resolve a situação. Outra coisa: Quem vai pagar esse passeio???



07/09


2007

Prefeito e filha tinham fazenda com trabalho escravo

Fiscais do Ministério do Trabalho libertaram, nesta quinta-feira, 34 pessoas que trabalhavam em regime anlogo à escravidão em uma fazenda localizada em Vitória do Xingu (PA). A propriedade pertence ao prefeito de Marechal Deodoro (AL), Danilo Dâmaso, e à sua filha, Daniele Dâmaso, que é vice-prefeita da cidade. A informação é do Jornal Nacional.

Entre os trabalhadores libertados estão 13 menores de idade que faziam ordenha do gado e trabalhavam em uma olaria dentro da fazenda. Conforme os fiscais, eles não tinham carteira assinada nem folga semanal.

Os fiscais encontraram ainda 150 pessoas trabalhando de 80 a 90 horas por semana. O permitido pela legislação trabalhista brasileira é de 44 horas semanais. Nenhum deles tinha carteira assinada e os trabalhadores não tinham folga semanal.

Danilo e Daniele Dâmaso terão que pagar R$ 800 mil de indenização. (Informações do JB Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/09


2007

Planalto trabalha para evitar a cassação de Renan

O Planalto trabalha nos bastidores para evitar a cassação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A Folha apurou que o ministro das Relações Institucionais, Walfrido dos Mares Guia, e a líder do PT no Senado, Ideli Salvatti (SC), têm procurado dirigentes de partidos aliados e senadores que apóiam o governo para dizer que não interessa ao Planalto a cassação de Renan, informa nesta sexta-feira reportagem da Folha.

O lobby pró-Renan é discreto porque a posição oficial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é não se intrometer num assunto do Congresso. Logo após o começo da "crise de Renan", no final de maio, o governo chegou a avaliar que havia chance de ele ser cassado.

Esse prognóstico mudou nos últimos dias, quando articuladores do governo no Senado apresentaram a Walfrido um quadro favorável a Renan em relação à votação da cassação no plenário da Casa. O parecer do Conselho de Ética que recomenda sua cassação está marcado para ser votado em sessão secreta na quarta-feira. (Informações da Folha Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

magno bravo dantas

Ai Lula virou para Renam e disse:: "- Heim... o quê.. num tô sabendo de nada camarada Renam..."

rRenam deve ter dito a Lulla: " Ou voce coloca a tropa de choque para livrar minha cara ou abro a boca". Lógicamente Lulla preferiu a 1ª hipótese.

Cidadão de bem

Ou seja, se o governo não ajudar na absolvição de Renan, o PMDB fará jogo duro quanto a prorrogação da CPMF. São bandidos de fina flor.



07/09


2007

Petistas tentam superar briga interna em Jaboatão

Os deputados petistas Paulo Rubem Santiago e André Campos estão dispostos a pôr um ponto final nas divergências internas em torno das eleições municipais de Jaboatão dos Guararapes. Os dois terão um encontro na próxima segunda-feira para um entendimento sobre a sucessão no município. “Nós marcamos para conversar sobre Jaboatão. E vamos manter esse diálogo, ouvindo as bases e tendo o privilégio de conversar com o ministro (da Justiça) Tarso Genro, não pelo cargo, mas porque é um companheiro do partido que tem uma visão nacional do PT”, disse Paulo Rubem.

O petista vai tentar convencer os correligionários de que seu nome é o mais “interessante” para a disputa em Jaboatão. “Tenho convicção de ter condições de ser o candidato da legenda e de unificar uma grande aliança com os partidos que já me apoiaram”, afirmou, citando o apoio do PPS e PTB à sua candidatura na eleição passada (2004).

(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Paulo Rubem acha que Jaboatão é sua capitania hereditária. Esse homem só aparece aqui em época de eleição.

magno bravo dantas

E ainda se consegue superar alguma coisa em Jaboatão???



07/09


2007

Eduardo critica segurança no governo Jarbas/Mendonça

A solenidade de posse do novo secretário de Defesa Social do Estado, Servilho Silva de Paiva, no Palácio das Princesas, com a presença do ministro da Justiça, Tarso Genro (PT), foi recheada de recados. Ainda fazendo referência à “herança maldita”, supostamente deixada pelos ex-gestores Jarbas Vasconcelos (PMDB) e Mendonça Filho (DEM), o governador Eduardo Campos (PSB), num tom enfático, disse que está mudando de secretário mas não vai mudar a política de segurança.

“Quem conhece a minha história sabe o que vai enfrentar. Nós não vamos parar, não vamos abrir para aqueles que fizeram o que fizeram com a nossa segurança, que sucatearam a nossa segurança, que abandonaram o povo. Não, esses podem botar as barbas de molho, porque nós vamos enfrentar com coragem, com destemor”, avisou. O socialista disse ainda que acabou com a política eleitoreira que encontrou “nas portas das instituições policiais”.

O recado do governador foi direcionado ainda à oposição que vem fazendo duras críticas à política de segurança do Governo estadual. “Nessa área é preciso que se saiba que tem alguém comandando o processo que não vai recuar, que não tem porque recuar. Essa gente agora fala baixo e cada vez mais baixo ainda, porque a população reconhece que tem gente na Polícia que está fazendo a mudança”.

(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

PEDRO LEONARDO LACERDA

O Governador deveria se concentrar em cumprir suas promessas de campanha relativas a segurança pública.Pois,o aumento conferido aos AGENTES DA POLÍCIA CIVIL representa uma verdadeira piada,além disso,a categoria não possui asseguradas as mínimas condições de trabalho.Dudu,vai trabalhar!!!!

NIVALDO MELO

Uns saem outros entram, isso é democracia! Somos uma Nação Nova, temos muito o que aprender. Só se aprende com EDUCAÇÃO, coisa que esse governo até agora não assumiu nenhum compromisso. Faz pena mas já estamos caminhando pro 1° ano desse Governo e até agora o que temos em CONCRETO? Cadê os números?

NIVALDO MELO

Digo mais: os votos de Euardo são os 1.356.950 mi que obteve no 1° turno e só! os outros 1.578.001 mi de Mendonça e 1.008.842 mi do PT. Ou seja, ele não tem essa credibilidade do POVO PE que acha que tem. Foi apenas lhe dado um voto de confiança em face do repúdio ao modelo JARBAS/MENDONÇA.

Paulo Kigrer

Bota outro, pois esse Sevilho não serve...

NIVALDO MELO

É só o que esse governo sabe fazer? CAMPANHA...CAMPANHA... Chega! nós não aguentamos mais... a violência tá cada vez pior. Me arrependi de ter dado meu voto a esse Governo MENTIROSO e FALASTRÃO. Ainda bem que foi um voto de PROTESTO contra JASBAS e não um voto espontânio à EDUARDO.



07/09


2007

AL decide acelerar aprovação de lei contra nepotismo

Após seis meses de adiamentos, o projeto do Governo do Estado contra o nepotismo, reenviado pela Procuradoria Geral em formato de Lei Complementar, caminha para finalmente ser aprovado na Assembléia Legislativa. O presidente da CCJ, deputado estadual José Queiroz (PDT), promete acelerar a tramitação da proposta, enquanto a deputada Teresa Leitão (PT) pensa mais à frente e já se articula na tentativa de obter uma formatação da regra para o próprio Legislativo.

Queiroz explica que a matéria está enquadrada e que irá propor aos colegas a apreciação imediata na CCJ e, por conseguinte, a votação na própria terça-feira. “Esse assunto foi debatido o suficiente. Vou sugerir aos membros do colegiado a apreciação e votação na terça-feira. Desse jeito, na próxima quarta-feira a proposta já poderá ser enviada ao plenário”, afirmou, destacando que há um consenso entre os parlamentares para avalizar o projeto.

(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/09


2007

Sarney continua nas especulações para lugar de Renan

 Os senadores começam a discutir a possível sucessão de Renan Calheiros (PMDB-AL) na presidência do Senado. O pedido de cassação do parlamentar foi aprovado no Conselho de Ética nesta quinta-feira e será votado em plenário na quarta-feira. Vice-líder do PMDB, o senador Gilvam Borges (PMDB-AP) disse que o partido já avalia um novo nome para ocupar o cargo.

“Os líderes estão conversando. Há interesse dos outros poderes para que o novo presidente do Senado seja um homem realmente conciliador”, afirmou Borges. Segundo ele, o PMDB tem pensado no senador José Sarney (PMDB-AP) como um possível nome para ocupar a vaga que pode ser deixada por Renan.

“A hora é de crise e o Sarney é sempre convocado em hora de crise. O grande problema é convencê-lo. Ele tem manifestado que não tem interesse, mas tudo depende do que ocorrer na quarta-feira. Mas, do ponto de vista político [a saída de Renan da presidência] é uma perda para o nosso partido”.

Renan Calheiros chegou cedo hoje ao Senado e voltou a afirmar que não irá renunciar ao cargo de presidente do Senado. Ele disse que não se sente desconfortável em ocupar a presidência da Casa, mesmo com a oposição e alguns aliados pedindo a sua renúncia.(Informações de O DIA)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


06/09


2007

Lula na TV exalta realizações de seu governo

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez, na noite desta quinta-feira, um pronunciamento à nação em cadeia de rádio e TV para comemorar os 185 anos de independência do Brasil. Lula aproveitou para exaltar os feitos de seu governo e da posição internacional que o País ocupa atualmente.

Segundo ele, o Brasil passa por um "momento de grande transformação" e disse que o momento é histórico e nem todos percebem a amplitude dessas mudanças.

- Mas nem sempre quem participa de um momento histórico percebe toda a sua amplitude. Ao contrário, muitas vezes enxerga com mais facilidade as dificuldades passageiras do que os efeitos mais profundos e permanentes da mudança - afirmou.

Para ele, o Brasil vive um momento de solidez econômica e está promovendo "um amplo movimento de inclusão social".

- Mais de 8 milhões de brasileiros saíram da linha de miséria. O crescimento se espalha por todos os setores e por todo o País. A renda aumenta, o emprego cresce, o investimento se amplia, o credito se multiplica, o consumo aumenta - disse o presidente.

- Nosso País reforça sua presença no mundo e assume a vanguarda em setores estratégicos, como o dos biocombustíveis. Estas são algumas das muitas e muitas conquistas que temos obtido. Por isso, neste 7 de Setembro, quero dizer a todos vocês que há motivos de sobra para ter fé no Brasil - completou.

O presidente ressaltou que é um brasileiro satisfeito e insatisfeito ao mesmo tempo.

- Sou, hoje, o brasileiro mais satisfeito e o mais insatisfeito deste País. Sou o mais satisfeito porque estou tendo a honra de liderar um processo muito especial de transformação do nosso querido Brasil. E sou o mais insatisfeito porque estou convencido de que podemos andar ainda mais rápido e melhor - justificou.(Informações do JB Online) 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Sérgio J. Cadena Bandeira de Melo

ZÉ Ele ainda não sabe que é presidente, pois tudo que fal é como um VENTRÍLOCO.

Zé mané

Lulinha fez um belo discurso! Ele é presidente de onde mesmo, de algum pais europeu?

magno bravo dantas

Essa questão de linha da miséria no Brasil precisa ser rediscutida. O que o PT entende como limnha de miséria é a mesma coisa de achar que ser camelô é ter um emprego informal????



06/09


2007

Grevistas jogam fogos no palácio do governo em AL

O impasse nas negociações para o fim da greve dos policiais civis e técnicos da Saúde em Alagoas resultou em manifestação dos servidores grevistas, nesta quinta-feira, em frente ao Palácio República dos Palmares, em Maceió, sede do governo alagoano. Cansados de esperar pelo fim da greve, policiais e técnicos atearam fogo em pneus e jogaram fogos de artifício para dentro do palácio.

O Corpo de Bombeiros, chamado para apagar as chamas, foi recebido a pedradas pelos policiais. - Estamos cansados de esperar. As negociações não andam - disse o diretor de planejamento do Sindicato dos Policiais Civis, José Carlos.

Com dois mil policiais em greve e seis mil técnicos da saúde parados, os grevistas prometem invadir o desfile de 7 de Setembro, que será realizado na manhã de sexta-feira, na praia da Avenida da Paz, na capital alagoana.

- Vamos também na quinta-feira da próxima semana fechar o Instituto Médico Legal (IML) e o Instituto de Identificação - completou o diretor do sindicato. (Informações do JB Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha