ArcoVerde

11/02


2019

Transposição: Paulo Câmara topa os R$ 100 milhões-ano da obra

O monistro do Desinvolvimento Regional, Gustavo Canuto, está batendo à porta de governadores nordestinos para cobrar a fatura da transposição do Rio São Francisco. A conta é salgada. O valor ficaria em torno de R$ 100 milhões por ano para cada Estado beneficiado. Na sexta-feira, Canuto esteve com Paulo Câmara (PSB). Ouviu do governador de Pernambuco que o Estado topa entrar no rateio quando as obras estiverem concluídas.

Enquanto isso, ao exigir o extenso rito tradicional para a tramitação da reforma da Previdência na Câmara, Rodrigo Maia quer ampliar o entendimento da população sobre o sensível tema.

Na outra ponta, ele avalia que a oposição está desarticulada para colocar gente na rua.  (Coluna do Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

Confira os últimos posts



18/02


2019

Governo responde críticas à Saúde feitas pela Oposição

Nota oficial

O modelo adotado pelo Governo de Pernambuco no setor de Saúde tem sido exemplo para os demais Estados da região. Isso a bancada de oposição não diz. Como não fala que somos líderes no ranking do Nordeste em investimentos próprios na área, e esconde que, em vez dos obrigatórios 12% de investimentos anuais da receita corrente líquida na área, Pernambuco vem destinando desde 2015 uma média de 15,8% dos recursos.

Mesmo diante da grave crise que atingiu o país, situação que a oposição não deve desconhecer, e que tirou de mais de 200 mil pernambucanos as condições de bancar planos privados de saúde, o Estado manteve todas as unidades em funcionamento e ainda ampliou a assistência aos usuários do SUS em áreas estratégicas. Em 2015 a rede contava com 59 unidades. Hoje, são 62, sendo 36 hospitais, 15 UPAs e 11 UPAEs. O número de leitos de UTI foi dos 1.101 de 2015 para 1.265 em 2018, uma ampliação de 14%.

Em relação especificamente ao Hospital Getúlio Vargas (HGV), objeto da suposta blitz dos oposicionistas, a Secretaria de Saúde reconhece a grande demanda na emergência, mas ainda assim vem garantindo o atendimento, priorizando casos mais graves. O HGV funciona em sua plena capacidade e não recusa atendimento a ninguém. Somente do sábado (16/02) até a manhã hoje, cerca de 170 pacientes deram entrada na unidade e foram todos atendidos.

Como bem reconheceram os próprios deputados da oposição, no final do ano passado foi inaugurada a primeira etapa das obras de readequação da emergência do HGV, que passou a contar com 72 leitos, uma ampliação de 44% em relação aos 50 leitos antes existentes. Com a segunda fase, já com obras previstas para serem concluídas no próximo mês, o espaço total da emergência será ampliado para 100 leitos. São mais de R$ 16 milhões investidos no serviço, que também está modernizando a estrutura do HGV.

Sabemos da realidade da saúde não apenas em Pernambuco, mas no Brasil. Mas o é preciso reconhecer os esforços do governo Paulo Câmara para superar as dificuldades. Sabemos que o SUS vem sofrendo com a falta de recursos, mas a oposição não revela é que entre seus integrantes há aqueles que defenderam uma mudança de comando no país, que apoiaram um projeto conservador, voltado para os mais ricos, que ameaça o SUS com mais cortes de verbas. Esse pessoal sim, merece ser alvo de blitze e ser denunciado ao povo de Pernambuco e do Brasil.

Isaltino Nascimento, líder do Governo na Alepe.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

Paulo Câmara recebe embaixador da Suíça

Com o objetivo de fortalecer a parceria e as relações comerciais entre Pernambuco e a Suíça, o governador Paulo Câmara recebeu, hoje, no Palácio do Campo das Princesas, o embaixador daquele país europeu no Brasil, Andrea Semadeni. Setores como serviços, comércio, tecnologia e inovação foram debatidos entre o chefe do Executivo estadual e o embaixador, que reiterou o interesse da Suíça em estreitar relações com o Estado.
 
Andrea Semadeni aproveitou o encontro para falar sobre o Seminário Internacional Suíça e Brasil, que será realizado no Recife, em parceria com a Federação as Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe). O evento, que acontece amanhã, na Casa da Indústria, vai reunir autoridades empresariais, acadêmicas e políticas para discutir o panorama de novos negócios e potencialidades econômicas entre os dois países.
 
“Fiz questão de vir conversar com o governador e informá-lo que estamos fazendo uma missão oficial de promoção do comércio e também de cooperação tecnológica de inovação entre o Brasil e a Suíça. Estamos organizando vários seminários, encontros com pessoas da academia, do setor privado para fortalecer essa relação bilateral com o Estado de Pernambuco”, destacou o embaixador.
 
Participaram da audiência o secretário-chefe da Assessoria Especial, Antônio Figueira, o cônsul Honorário da Suíça no Recife, Rodolfo Fehr, e o cônsul geral da Suíça no Rio de Janeiro, Rudolf Wyss.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

Bancada de oposição realiza blitz no Hospital Getúlio Vargas

A bancada de oposição da Assembleia Legislativa de Pernambuco realizou, hoje, a primeira blitz do ano para fiscalizar os serviços do Governo do Estado. O local escolhido foi o Hospital Getúlio Vargas, na zona Oeste do Recife.
 
O líder da oposição, Marco Aurélio (PRTB), esteve junto com os deputados Antonio Coelho (DEM), Clarissa Tércio (PSC), João Paulo Costa (Avante), Romero Sales Filho (PTB) e William Brigido (PRB). Antes da blitz, o grupo fez uma visita de cortesia ao presidente do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE), conselheiro Marcos Loreto, para tratar do relatório das obras inacabadas do governo do estado.
 
“Escolhemos a saúde porque o governo do estado sempre disse na propaganda que era mil maravilhas, e o que vimos aqui não é nada daquilo. A situação é a pior possível, macas que vêm de ambulâncias viraram leitos para os pacientes, que ficam no corredor, não tem atendimento digno, falta água, falta remédios. Isso mostra que a propaganda que o governo faz não condiz com a realidade”, afirmou Marco Aurélio.
 
O deputado Antonio Coelho, vice-líder da bancada de oposição, destacou que a quantidade de pacientes no hospital é quase o triplo de sua capacidade. “A emergência tem capacidade para 72 pacientes, mas funcionários nos disseram que são quase 200 pessoas em atendimento. A solução seria investir em hospitais no interior, já que a grande maioria dos pacientes vêm de fora da Região Metropolitana”, observou Coelho.
 
Para João Paulo Costa, a situação é “desumana”. “A gente testemunhou uma situação precária na unidade. Existe apenas uma cadeira de rodas para o uso de 200 pacientes, muitos deles estão há semanas esperando por cirurgia. Além disso faltam medicamentos, como o tramal. É uma situação desumana", destacou. “O que vimos faz vergonha, é algo deplorável. Nem em guerra civil você vê cenas como essas. Goteira, falta de água, falta de medicamentos, um caos”, completou o deputado William Brigido.

A gente testemunhou uma situação precária na unidade. Existe apenas uma cadeira de rodas para o uso de 200 pacientes, muitos deles estão há semanas esperando por cirurgia. Além disso faltam medicamentos, como o tramal. É uma situação desumana
 
Romero Sales Filho, por sua vez, lembrou que o hospital passou por uma reforma recente, que ampliou de 50 para 72 leitos, porém sem solucionar o quadro atual. “Não adianta destinar recursos quando não se tem eficiência. A reforma foi um paliativo do governo, para que as pessoas continuem com os leitos no chão e sem fazer exames. Os médicos são verdadeiros heróis aqui, vivem numa situação de guerra”, afirmou. Para Clarissa Tércio, o que o grupo ouviu foi um “grito de socorro”. “A nossa bancada de oposição está unida para denunciar esse e outros casos aqui no nosso Estado, que não ocorrem só neste hospital, mas em muitos outros da rede pública”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

Temer e FHC falam sobre crise Bebianno

O ex-presidente Michel Temer afirmou, na tarde de hoje, que é preciso dar crédito ao presidente Jair Bolsonaro, que ainda tem pouco tempo de governo. “Ele passou 18 dias no hospital, ficou em Davos, tem pouco tempo. Tem que dar crédito”, afirmou em entrevista à Rádio Bandnews FM, quando questionado sobre a crise envolvendo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

Já o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que também participava da entrevista, defendeu que o presidente deve afastar amigos e familiares da condução do governo, e atuar como “árbitro” de diferentes setores governo.”Amigos, família, tudo isso é problemático para quem está no governo”, disse FHC. “Eu sempre procurei esvaziar crise. Eu dizia que a crise entrava grande no meu gabinete, e saía pequena”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

Meira: “Vou processar todos que estão contra mim”

EXCLUSIVO

Por Arthur Cunha – especial para o blog

Bombardeado por todos os lados, o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira (PTB), prometeu partir para cima de quem está contra ele. “Vou processar todos eles que estão levantando calúnia, difamação contra mim, contra a gestão pública, contra a minha noiva”, cravou o petebista, em entrevista à Rádio Camará FM na manhã de hoje. Sobrou até para a blogueira Noelia Brito. “Ela vai ter que me pedir desculpa”, disse.

O gestor garante não ter cometido nenhum crime pelo fato de ter ordenado que os comissionados da Prefeitura fossem ao bloco onde sua noiva, Taty Dantas, cantaria. Meira afirmou que vai se defender em qualquer tribunal ou procuradoria. Também reforçou o que disse nos famigerados áudios, de que cargo comissionado é para estar disponível em qualquer horário. “Independente de religião, todos os cargos comissionados, que eram os meus amigos, teriam que ir”, retrucou, quando questionado sobre insatisfação de alguns evangélicos comissionados. Confira abaixo os tópicos da entrevista.

“Não cometi crime”

Eu não cometi nenhum crime. Era bom que vocês ouvissem o áudio por completo, eu apenas convoco os comissionados, até porque você sabe que tem umas 50 pessoas do ex-prefeito (Jorge Alexandre), que estavam fazendo ameaça pelas redes sociais que iriam jogar ovo em mim, laranja podres, tomate. Eles não são a população, são partes das íntimas pessoas que eu posso recorrer na hora que eu precisar. Eu não disse que iria demitir ninguém, no áudio não tem dizendo: ‘se não for, vai ser demitido, não’. Coloquei que iria fazer um cordão de isolamento e pedi que todos os cargos comissionados me apoiassem, até porque a Prefeitura estava participando. Estava colocando ambulâncias, a guarda municipal fez serviço de segurança pública junto com a política militar. A Prefeitura precisava apoiar o evento.

Noiva não foi paga

Outra coisa, minha noiva não recebeu dinheiro nenhum público. Eu provo em qualquer Tribunal de Justiça, de Pernambuco, do Brasil e do mundo. Ela não recebeu nenhum dinheiro para cantar. Cantou porque ela quis ajudar, mostrar a marca dela em Pernambuco, começando pela cidade de Camaragibe; cidade do noivo dela. Eu sou prefeito, sou noivo dela. Eu não cometi crime nenhum. Foi dito pelo presidente da OAB que o prefeito tem direito de ampla defesa e ao contraditório. Eu não estou dizendo que ele cometeu o crime, em outras palavras, ele disse: Vamos investigar.

Investigação

Cabe ao Ministério Público investigar qualquer denúncia. Estou tranquilo, quero dizer ao povo de Camaragibe que há uma meia dúzia de pessoas que perderam a eleição, e que não admitem que perderam a eleição, querendo criar constrangimento. Por que não vão olhar os 14 quilômetros de canal que eu abri? Por que não vão ver a folha que reduzi de 70% para 50%, atendendo a determinação do Tribunal do Estado de Contas de Pernambuco? Por que eles não mostram a Ponte de Primavera? Quarenta e oito anos o povo pedindo a ponte; e agora a ponte saiu. Por que não mostra as grandes avenidas que eu já construí, inclusive, ligando o Santana para João Paulo II. As grandes obras que estamos fazendo para melhorar a qualidade de vida do nosso povo; as escadarias que eu vou começar a fazer para tratar bem o povo do morro. Criticar é fácil, eu estou muito tranquilo, não cometi nenhum crime.

Patrocínio da prefeitura

O patrocínio é apoio! Nós colocamos a Guarda Municipal inteira para apoiar o bloco; ambulâncias, paramédicos, para que pudéssemos ter o início do nosso carnaval com muita tranquilidade. Todo mundo sabe que o Canário Elétrico é o Galo da Madrugada de Camaragibe; o maior bloco de Camaragibe. E a prefeitura tem que apoiar. Eu era vereador. Eu trouxe Timbalada, Loira do Tchan, Araketu, Bell Marques; eu trouxe várias bandas. Nunca eu peguei um centavo de Prefeitura. Eu nunca pedi nenhum centavo a prefeito de Camaragibe quando eu era vereador para patrocinar micareta. Quem patrocinava era Pitú, Antártica, Brahma, e outras empresas. Eu não preciso de dinheiro público para fazer festa e a minha noiva não recebeu um centavo.

Processos

Inclusive, eu estou processando aquela blogueira Noélia, de Aldeia, por crime de calúnia, difamação e injúria. E vou processar todos aqueles que me acusarem que eu cometi crime. Minha noiva publicou a portaria que eu nomeei com consciência, tranquilo. Todo mundo sabe que, no Brasil inteiro, eu diria 99% das prefeituras, quem cuida da ação social é a mulher do prefeito. Nada mais justo que ela, minha noiva, cuidar da ação social. Nada contra o outro secretário. Mas chegou ao ponto que eu vi era necessário fazer a mudança.

Filmagem

Ela fez um show belíssimo! O povo amou e, quando saímos, o povo gritou e elogiou ela. Isso não me traz nenhuma preocupação, eu não exonerei nenhum cargo comissionado, eu apenas disse que era para ir. Estava convocando, ia ser filmado, até para saber quem são os meus amigos e quem não são. Eu não exigi, eu pedi para que fossem. Se você pedir o áudio por completo, você vai entender o que eu estou falando. Não cometi nenhum crime, tenho tranquilidade. Vou a qualquer tribunal, a qualquer juiz, e estou com conhecimento sobre todos os áudios.

Evangélicos

Independente de religião, todos os cargos comissionados, que eram os meus amigos, teriam que ir. Se eu tenho alguns evangélicos nomeados, eles não precisam pular o carnaval, ele vai para qualquer lugar. Eu pedi aos meus amigos, que eram cargos comissionados evangélicos, que fossem para dar apoio. Os meus inimigos estavam me ameaçando. Não é o povo de Camaragibe que está fazendo isso; é uma minoria ligada ao ex-prefeito, ex-candidatos a prefeito; frustrados, despreparados, desqualificados. Vou processar todos eles, que estão levantando calúnia, difamação contra mim, contra a gestão pública, contra a minha noiva.

Comissionados

Cargo comissionado é de confiança, de inteira confiança do chefe do Poder Executivo. Cargo comissionado não é funcionário público; cargo comissionado não é contratado. Eu não convoquei nem contrato, nem funcionário público. Eu convoquei cargo comissionado, que é da minha inteira confiança. São meus amigos, pessoas que estavam comigo. São pessoas íntimas, amigas minhas. Infelizmente, alguém vazou o áudio. Mas eu estou tranquilo porque sei o que eu gravei no áudio. Essa oposição vazia e irresponsável tem que voltar para a escola, para a universidade; são ignorantes. Eles não sabem o que é cargo comissionado. Eles não sabem diferenciar funcionário público e contrato de cargo comissionado. Estou tranquilo para responder em qualquer tribunal e em qualquer promotoria de justiça.

Cordão do isolamento

Eu não cometi nenhum crime, apenas convidei os meus amigos para compartilhar. Eu disse que iria fazer cordão de isolamento e que a gente iria filmar. Eu queria ver cada um dos cargos comissionados lá. Eu não disse que estava obrigado a ir. Eu convidei os cargos comissionados. Convidar não é obrigado. O evento iria ser filmado e eu queria ver os meus amigos me ajudando. Fui vaiado pelos inimigos, mas meus amigos, os cargos comissionados, estavam lá para me apoiar.

Não é porque sou evangélico que eu não posso ir em uma convocação do prefeito. Você não soube participar da campanha? Você não soube ser cargo comissionado? Você é amigo, é pessoa íntima do prefeito. Então, na hora que o prefeito chama, não estou obrigando. Não ameaço ninguém. É minha obrigação ver quem está do meu lado, quem respeita a gestão. Não obriguei, nem demiti, não puni ninguém. Quem me ligou, os cargos comissionados, foram liberados.

“Autêntico”

Eu sou um homem autêntico. Eu não tenho medo de ninguém e nem de nada. Eu vou para o enfrentamento. A oposição me provocou demais; agora ela vai ver o que é um prefeito de fato. Eles vão ver o que é trabalhar para uma cidade. Se eu já estava trabalhando, agora vou trabalhar muito mais. Eles vão me ver, agora, nos quatro cantos da cidade. Na limpeza urbana, na limpeza do canal, na Ponte da Primavera, na escadaria. Em todas as obras do município eles vão me ver. Eu vou fazer um enfrentamento pessoal porque eu não tenho medo da oposição.  Eu sou responsável; eu sei o que falo e não vou falar besteira pata me prejudicar. Eu sei o que é uma gestão pública. Eu sei o que presta e sei o que não presta. Eu estou disposto a responder ao ministério público, juiz, tribunais, porque eu não cometi nenhum crime.

Noélia

Eu vou processar essa jornalista Noelia; ela vai ter que me pedir desculpas. Eu não cometi nenhum crime e não saiu nenhum dinheiro da prefeitura pra pagar o Canário Elétrico. Ela não sabe com quem ela mexeu, vai ser processada e vai ter que responder.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

Cirurgia de Bolsonaro será paga pela União

A conta pela cirurgia e pelos 17 dias em que o presidente Jair Bolsonaro esteve internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, será paga pela União. Será a primeira vez que o Hospital das Forças Armadas (HFA), que é mantido pelo governo federal, terá que despender recursos para custear o tratamento de um presidente em uma instituição externa.

Isso porque o Planalto possui contrato com o HFA, que tem sede em Brasília, para a prestação de assistência médico-hospitalar a integrantes da Presidência da República. O HFA informou à Folha que “não foi possível encontrar algum registro de que o HFA tenha sido demandado para atender alguma despesa desse gênero pela Presidência da República. Esta é a primeira vez”, afirma, em nota.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

OAB pede investigação do prefeito de Camaragibe por convocação de servidores para Carnaval

O presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, encaminhou, hoje, ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE), um pedido de investigação contra o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira (PTB), por áudios enviados por Whatsapp convocando servidores comissionados do município a participarem de um bloco de Carnaval que teve como uma das atrações a noiva do gestor, a cantora Taty Dantas, que também é secretária municipal da Ação Social. 

O bloco Canário Elétrico, que contou com a participação da noiva do prefeito, é organizado pelo secretário de Educação de Camaragibe, Denivaldo Freire. A contratação de Taty Dantas, segundo informação do próprio secretário, foi feita a partir de um pedido do prefeito Demóstenes Meira.

O anúncio do pedido de investigação foi feito por Bruno Baptista, ontem, tão logo chegou ao seu conhecimento os áudios do prefeito. Neles, Demóstenes Meira afirma que o evento seria gravado e que ele verificaria a presença dos funcionários, ficando, subliminarmente, uma ameaça de exoneração dos ocupantes de cargos de livre nomeação que não comparecessem ao ato. À imprensa, o gestor reconheceu o teor dos áudios, mas alegou que não se tratava de uma convocação, mas de um convite para fortalecer uma ação de gestão.

Além do pedido de investigação pela convocação dos servidores, o presidente da OAB-PE vai pedir investigação para saber se houve uso dinheiro público para custear a apresentação da noiva do prefeito. 
Organizadores do bloco, em entrevista à imprensa, negaram ter recebido recursos do município, apenas apoio logístico. Em matéria veiculada no telejornal Bom Dia Pernambuco, o prefeito aparece abrindo o Carnaval da cidade e apresentando a noiva como uma das apresentações do dia.

“Em tese, pode caracterizar desde improbidade administrativa por um assédio moral, porque tem uma ameaça de exoneração para quem não comparecer. Claro que precisa-se assegurar ao prefeito o direito ao contraditório e ampla defesa. Mas é necessária uma investigação aprofundada do caso. Nós vamos pedir isso ao Ministério Público e acompanhar o desenrolar do caso”, informa Bruno Baptista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 6

18/02


2019

Presidente do IPA e deputada entregam caminhão baú refrigerado em Rajada

O presidente do IPA, Odacy Amorim, e a deputada estadual Dulcicleide Amorim, entregaram, ontem, um caminhão baú refrigerado a Associação de Desenvolvimento Comunitário de Rajada – ADESCOR. A solenidade foi bastante prestigiada, contando com a presença de diversas lideranças e mais de 25 presidentes de associações.

“Fico feliz por continuar contribuindo com o desenvolvimento do distrito que nasci e iniciei a minha trajetória política. Esse equipamento será de grande importância para a comunidade, pois permitirá o transporte correto dos caprinos e ovinos abatidos no matadouro local”, disse Odacy.

O abatedouro de Rajada é o único em funcionamento em todo o município de Petrolina, razão pela qual a entrega do caminhão se mostra tão importante.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

Após denúncia do Blog, MPPE finalmente vai investigar prefeito de Camaragibe

Por Arthur Cunhaespecial para o blog

Um dia depois deste blog ter denunciado, em primeira mão, que o prefeito de Camaragibe, Demostenes Meira, mandou áudios para um grupo de WhatsApp coagindo cargos comissionados da gestão a irem para um show da sua noiva, Taty Dantas, em um bloco de Carnaval, o Ministério Público de Pernambuco finalmente vai agir. 

Uma nota enviada pelo órgão explica que o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, determinou a abertura de procedimento investigativo para apurar se Meira cometeu crimes de improbidade administrativa e peculato, que é o uso indevido de recursos públicos para patrocinar fins privados e pessoais – na condição de prefeito, ele só pode ser responsabilizado pelo próprio procurador-geral, se comprovadas as irregularidades.

No áudios, Meira manda que seus comissionados assistam o show da sua futura esposa no bloco Canário Baleado, organizado pelo secretário de Educação, Denivaldo Freire, que, segundo o prefeito, recebeu recursos públicos. O evento foi ontem. Para fiscalizar os comissionados, o prefeito disse que iria gravar a agremiação. Ele também direcionou todo o efetivo da guarda para o bloco, o que fez com que outros equipamentos públicos, como um hospital, ficassem descobertos. 

Até um cemitério o prefeito mandou fechar temporariamente com o objetivo de mandar os comissionados que lá trabalham acompanhar o show de Taty Dantas, nomeada pelo noivo secretária de Assistência Social na semana passada, o que causou um racha no grupo político do prefeito.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

Bolsonaro de volta ao Planalto

O presidente Jair Bolsonaro já está no Palácio do Planalto, após passar metade da última semana despachando do Alvorada, residência oficial da Presidência. Na agenda de hoje, o presidente fará apenas despachos internos, a partir das 9h, informou o Broadcast Político.

Pela manhã, Bolsonaro recebeu o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, no Alvorada. A reunião, que não constava na agenda do presidente, durou pouco mais de 30 minutos. Ainda é esperada para hoje a exoneração de Gustavo Bebianno do cargo de ministro da Secretaria-Geral Geral da Presidência.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

Viva a intelijumência!

Se a inteligência brasileira até hoje não deu certo em 519 anos de história, viva a burrice, viva a intelijumência! Eis a proclamação do Profeta Adalbertovsky do alto das montanhas da Jaqueira. “No Brazil existe uma vastidão de sábios, gênios e iluminados na economia, na administração pública, nos bancos, mineradoras, nas mesas dos bares, em todos os cantos onde canta o carcará e onde cantava o sabiá”.

“Vou escrever a seguinte tese de doutorado: sem vulcões, sem neve, sem tsunamis, com tantos sábios e gênios, o Brazil jamais será um País desenvolvido. Minha tese é revolucionária. Eu mereço um prêmio, quando nada um título de Doutor Honoris Causa, pois existem tantos analfabetos doutores na USP, eu ao menos fiz o curso do Mobral, modéstia à parte. As universidades são um paiol de gênios adoradores de um guru semianalfabeto de uma seita vermelha”. 

“Uma loba da máfia financeira revelou, em delação espontânea, que o banco X, a maior arapuca financeira do Brazil, obteve um lucro de 18,7 bilhões de reais em nove meses do ano passado. A delação foi feita em plena luz do dia, diante de senhoras e crianças, e seu ninguém foi preso. Os bancos estatais criaram centenas de diretorias e sinecuras com salários de mais de 50 mil reais. A farra continua”. 

“O presidente da República da Mineradora Vale é um assassino de rios, montanhas, da flora, da fauna e de centenas de famílias em Minas Gerais. O serial killer chama os assassinatos de “acidentes”. Foi chamado de bandido assassino em sessão no Congresso Nacional e se manteve impávido feito uma montanha de granito”. A cantoria do bicho-grilo Adalbertovsky está postada no Menu Opinião. Metam os peitos!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

ABAIXO FALSO MORALISMO

Não posso deixar, mesmo que no final da segunda feira, de Chamar essa criatura pelo mais singelo adjetivo que ele merece : É UM PAU NO CU . Pau no cu, Pau no cu, pau no cu, pau no cu. Adalbertopaunocuvotski. Kkkk

Laranjal do Bolsonaro

NOSSA BANDEIRA JAMAIS SERÁ LARANJA.

Laranjal do Bolsonaro

Bolsonaro diz que a Globo é um perigo para o Brasil.Bebiano diz que Bolsonaro é uma pessoa louca,um perigo para o Brasil.Quem tem razão?



18/02


2019

Paulo Câmara a Maia: Previdência vai preservar mais pobres

 e pente fino nas pensões

No seu giro pelo Nordeste, Rodrigo Maia disse a Paulo Câmara, governador de Pernambuco, que a reforma da Previdência vai preservar os mais pobres e propor um pente-fino nas pensões

 Há grande expectativa na equipe econômica de Paulo Guedes e também na Casa Civil sobre possíveis efeitos no Congresso da crise que culminou com a queda de Gustavo Bebianno da Secretaria-Geral da Presidência.

  Até a última sexta-feira, a avaliação era de que ela não havia respingado no Legislativo. Mas o imbróglio se arrastou no final, a lavação de roupa suja não parou nos bastidores e a atenção será redobrada a partir de hoje. (Coluna do Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

Filho alucinado fortalece generais, Moro e Guedes

Flávio, Carlos e Eduardo Bolsonaro não têm nada a oferecer agora à estabilidade do governo

Vinicius Mota - Folha de S.Paulo

A democracia, descobriram os gregos há 2.500 anos, precisa enfraquecer os laços tribais e familiares para frutificar. Ainda assim, dinastias persistem na política.

O primeiro-ministro galã do Canadá, Justin Trudeau, é filho do ex-premiê Pierre. Logo ao sul, os clãs Kennedy e Bush mostram que não há monopólio partidário na coisa.

Nas nações emergentes, despontam os Nehru-Gandhi, na Índia, e os Park, na Coreia do Sul. No Brasil, o fenômeno parece mais regional, apesar de uma rede de parentescos e casamentos conectar Getúlio Vargas, João Goulart, Tancredo e Aécio Neves.

A eleição para deputado federal do jovem João Campos, em Pernambuco, renovou o impulso de uma oligarquia de 300 anos, que batiza o famoso Souza Leão, bolo típico. Há quem tenha começado mais tarde, como os Calheiros em Alagoas.

Os Bolsonaros destoam desses padrões não apenas pela origem italiana do nome. Plantavam a semente de uma dinastia regional e periférica, excêntrica mesmo no contexto do Rio, quando de repente o patriarca foi alçado ao Planalto.

Os efeitos secundários desse salto quântico, que queimou as etapas usuais do acúmulo de capital político, começam a surgir.

É natural e inevitável que os três filhos do presidente procurem influenciar a tomada de decisões palacianas. Nessa movimentação, chocam-se com outras forças e grupos igualmente bem posicionados, imbuídos do mesmo objetivo.

Mas os filhos, convertidos à paranoia de que uma trama pretoriana ameaça o cargo e a vida de Jair, não carecem apenas de expertise e sangue frio para atuar com eficiência nesse certame. Eles nada têm a oferecer agora à estabilidade da gestão.

Quanto mais os filhos intervierem, mais o governo do pai dependerá dos generais, de Sergio Moro e de Paulo Guedes, nessa ordem. Os meninos alucinados acabam por fortalecer alguns daqueles que têm por adversários.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Laranjal do Bolsonaro

Nem todo mundo que votou no Bolsonaro é ruim. Mas todo mundo que é ruim votou no Bolsonaro.



18/02


2019

Fora de governo Bolsonaro, Bebianno volta a advogar

E não descarta vida política

Jussara Soares - O Globo

Fora do governo do presidente Jair Bolsonaro, o ministro Gustavo Bebianno , da Secretaria-Geral da Presidência, já definiu que pretende voltar a advogar no primeiro momento. Entretanto, ele avalia seguir carreira política. O empresárioPaulo Marinho , um dos principais aliados de Bebianno, afirmou que ele pode até mesmo entrar na disputa eleitoral no Rio em 2020, mas nega que ele fará uma oposição ao governo, do qual trabalhou para eleger.

— Ele (Bebianno) vai ter que voltar às origens, conforme  o capitão falou. E vai cuidar da vida dele e vai voltar a advogar. Porém, ele pretende permancer na política, vai buscar um espaço na política para militar — disse Marinho, que é suplente do senador Flávio Bolsonaro, primogênito do presidente.

Nos últimos dias, o empresário foi convocado por Bebianno para estar ao lado dele durante o desenrolar da crise. Viajou duas vezes do Rio a Brasília e não descarta voltar para a capital federal novamente nesta segunda-feira. Marinho é um  dos principais conselheiros de Bebianno.

Segundo o empresário, Bebianno não pretende fazer oposição ao governo de Jair Bolsonaro, mas, ao deixar o cargo, se empenhará em responder os ataques do vereador Carlos Bolsonaro. 

— Tenho certeza que Bebianno vai se comportar de uma maneira muito digna e correta. A única coisa que ele vai fazer, com justa razão, é explicar essas versões que foram postas na imprensa pelo Carlos Bolsonaro sobre ele — diz Marinho.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


18/02


2019

Lixo desarmamentista

O general Santos Cruz recebeu representantes do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Instituto Sou da Paz e Instituto Igarapé na quinta-feira.

A foto que ele postou nas redes sociais foi alvo de duras críticas de seus seguidores, chamando o encontro de “terrível” e os membros das ONGs de “lixo desarmamentista”.  (Coluna do Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha