Congresso Nordestino de Educação Médica

11/01


2019

Ex-ministro de Temer, secretário em SP já sofre pressões

Rossieli Soares da Silva é um integrantes do alto escalão da gestão do ex-presidente nomeado por Doria

Em sua segunda semana no governo João Doria (PSDB), o titular da Educação, Rossieli Soares da Silva, já enfrenta as pressões do cargo. Nesta quinta (10), uma imensa faixa foi colada no chão na entrada do prédio da pasta, no centro da capital, com um recado para o secretário: “Nenhum professor(a) desempregado! Nenhum estudante sem aula!”.

A autoria do protesto foi de uma das representações da Apeoesp (sindicato dos professores). No cartaz afixado também há reivindicações em defesa da escola pública e contra a violência nas salas de aula.

Rossieli foi ministro da Educação de Michel Temer (MDB). Ele é um dos dez integrantes do alto escalão da gestão do ex-presidente que Doria colocou em seu governo.  (Mônica Bergamo - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

Confira os últimos posts



21/06


2019

Olavistas versus Santos Cruz e Bolsonaro

Aliados de Jair Bolsonaro tentaram minimizar a queda do general Floriano Peixoto da Secretaria-geral da Presidência para a chefia dos Correios. Dizem que assume com a confiança do Planalto para “limpar” e preparar a privatização da estatal.

A ala do governo ligada a Olavo de Carvalho e aliados de Bolsonaro no Congresso pregam que o general Santos Cruz, também demitido, e Floriano Peixoto estariam à frente do grupo que não respeitava a autoridade do presidente. Os militares eram próximos.

Unidos pela fé - A chegada do general Luiz Eduardo Ramos para o posto que era ocupado por Santos Cruz foi especialmente comemorada pela bancada evangélica no Congresso.  (Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Caruaru

21/06


2019

Lula quis saber como ia se saindo Moro da sabatina

O ex-presidente Lula perguntou a quem o visitou na tarde de quarta (19) sobre o desempenho de Moro no Senado. Recebeu o relato de que o ex-juiz estava se saindo bem e que, até aquele momento, nenhum senador havia conseguido encurralá-lo.

Sem comando - Lula disse que, com a blindagem da base e com o vasto tempo dado a Moro, era natural que não enfrentasse dificuldade.

Para o petista, o ministro só fraquejaria se a oposição tivesse preparado uma artilharia em conjunto.  (Daniela Lima – FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

São João Petrolina

21/06


2019

Frente de Moro: Renan saiu da toca

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) indagou Moro sobre delações fechadas por ele antes da regulamentação das colaborações, em 2013.

O emedebista também pediu para o ministro comentar a atuação do ex-procurador Marcello Miller, que selou delações notabilizadas pelo uso de grampos ocultos.

 
TIROTEIO

Do deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), sobre o presidente Jair Bolsonaro ter chamado Jean Wyllys (PSOL-RJ) de menina:

Bolsonaro, na sua história, nunca respeitou mulheres, homossexuais e a democracia. Isso tem nome, é crime

Painel - FSP


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Gravatá

21/06


2019

Senadores receberam dossiê com casos de Moro

...que geraram pedidos de suspeição

Daniela Lima – Painel – Folha de S.Paulo

Às vésperas da audiência no Senado, parlamentares receberam um dossiê com casos antigos de Sergio Moro (Justiça). Em um dos relatos, de 2005, um criminoso, Tony Garcia, avisou a Moro que seu gabinete havia sido grampeado por ele e outro comparsa. Tornou-se delator. O então juiz teria autorizado medidas contra quem o gravou e só depois se afastou do processo. A conduta foi questionada na Justiça sob a alegação de que, sendo a vítima, Moro não poderia ter instruído a ação.

O nome do advogado que foi acusado e condenado no caso que envolveu o grampo ilegal do gabinete de Moro é Roberto Bertholdo. Seu recurso ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) foi relatado pela ministra Laurita Vaz, que negou todos os pedidos dele, em votos confirmados pela maioria dos pares.

 “Ao que consta”, escreveu a ministra, “Tony Garcia e o Ministério Público Federal firmaram acordo de delação premiada (…), sendo o réu, por força desse acordo, posto em liberdade com o objetivo de colher provas”. Garcia gravou os ex-colegas.

A ação do STJ registra ainda que Garcia “comunicou ao juiz Sergio Moro que ele seria vítima do crime de interceptação telefônica, supostamente cometido por Roberto Bertholdo, com a participação do delator”. Moro autorizou quebra de sigilos a pedido do Ministério Público e depois se afastou do caso. Outro lado”‚Procurada, a assessoria do ministro da Justiça não respondeu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/06


2019

Quem manda sou eu, diz Bolsonaro: terras indígenas

Presidente reverteu decisão do Congresso e colocou demarcação de novo na Agricultura

Joelmir Tavares – Folha de S.Paulo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou nesta quinta-feira em São Paulo que assume o bônus e ônus sobre o processo de demarcação de terras indígenas no país.

“Quem demarca terra indígena sou eu! Não é ministro. Quem manda sou eu. Nessa questão, entre tantas outras. Eu sou um presidente que assume ônus e bônus.”

Um dia antes, o presidente havia editado uma nova medida provisóriaque reverte decisão de maio do Congresso e devolve a tarefa de demarcação de terras indígenas no país ao Ministério da Agricultura. Indagado nesta quinta-feira sobre a mudança na demarcação de terras indígenas, afirmou: “A reestruturação do governo é competência minha. O Congresso diz sim ou não”.

Ele disse que acertou com o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) que, se houvesse um acordo com os líderes do Câmara, a questão retornaria para lá.

Bolsonaro falou novamente que quer reintegrar os índios à sociedade. “Alguém acha que uma região maior que o Sudeste já não é o suficiente para eles? Nós queremos por acaso continuar mantendo o índio preso em suas reservas como se fossem homens pré-históricos?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

21/06


2019

Editores indignados com JN Globo: “Como eles mentem”

Globo no Jornal Nacional, e Glenn fica indignado: como eles mentem assim?

Leandro Demori, editor do Intercept, também apontou novas falhas da cobertura da Globo no escândalo da Vaza Jato. Estratégia da Globo é circunscrever as denúncias ao Intercept e não citar a colaboração de outros jornalistas e veículos, como Reinaldo Azevedo e a Band

Disposta a defender o ex-juiz Sergio Moro a qualquer preço, a Globo mentiu no Jornal Nacional e foi duramente criticada pelo jornalista Glenn Greenwald, do Intercept

 "Tem que assistir esse reportagem do @jornalnacional. Eles mentiram descaradamente. Disseram que @TheInterceptBrpublicou esses novos trechos nas mídias sociais. Foi @reinaldoazevedo e @radiobandnewsfm quem revelaram isso, não nós. Como eles mentem assim?", questionou.(BR 247)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/06


2019

Moro ganhou um palanque no Senado

Mesmo nas poucas ocasiões em que esteve mais acuado, ele se comportou com gentileza

Ascânio Seleme – O Globo

Sergio Moro saiu praticamente ileso da audiência da Comissão de Constituição e Justiça do Senado em que prestou contas dos vazamentos de diálogos seus com o procurador Deltan Dallagnol. Apesar de ter sido colocado nas cordas com socos e murros de alguns senadores da oposição, foi socorrido com afagos e tapinhas nas costas por outros que apoiam o governo ou apenas se opõem ao PT. O que se viu foi um embate político, e nele o ministro saiu ganhando. Mesmo que restem dúvidas sobre a correção das mensagens que trocou com Dallagnol, Moro saiu do Senado politicamente protegido.

O debate que se viu foi mais uma vez entre parlamentares do PT, ou próximos ao PT e ao escândalo da Petrobras, e os demais. Além daqueles ligados a partidos tradicionais de centro e centro direita, estiveram ao lado de Moro os senadores dos novos tempos. E esses abusaram da gentileza. O fato é que houve tempo e espaço para cada um atacar ou defender a Lava-Jato. Embora os que atacaram dissessem estar mirando na conduta do juiz, o que se viu foi um fogo sem trégua contra a operação que prendeu políticos e empresários, como Lula e Marcelo Odebrecht.

Talvez por isso, o embate tenha pendido a favor de Moro. O que se sabe, e o que não mudou e não mudará mesmo que se consiga comprovar a veracidade dos diálogos hackeados, é que os governos do PT foram corruptos. Não há qualquer dúvida de que o PT e partidos aliados assaltaram os cofres da Petrobras durante a gestão de Lula. Nenhuma dúvida também de que esses assaltos prosseguiram sob Dilma e só foram interrompidos pela operação Lava-Jato. Esse é um dado irrefutável. Por isso, foi difícil aos senadores encontrar caminho para mostrar que Moro agiu de maneira a prejudicar o PT ou afastá-lo do poder.

Leia artigo na íntegra clicando ao lado: Moro ganhou um palanque no Senado - Jornal O Globo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bm4 Marketing 7

20/06


2019

Perpart realiza campanha para doação de sangue

Hoje, a Perpart realizou uma ação coletiva de doação de sangue, visando reforçar o estoque do banco de sangue da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope).

A campanha “Junho Vermelho” foi criada com o objetivo de ampliar o “time de doadores” durante o período das festas juninas e das férias escolares, quando comumente ocorre uma redução no índice de doações e um aumento da demanda por sangue, como também conscientizar os servidores sobre a importância da doação de sangue e, por consequência, mobilizá-los para praticar – e repetir com frequência – este ato de solidariedade.

O Hemope Recife fica na Rua Joaquim Nabuco, no bairro das Graças, e está aberto para doações no horário das 7h15 às 18h30, de segunda a sábado e, também, aos feriados.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/06


2019

O descaso com a Estrada de Aldeia

Caro Magno,

Venho, por meio deste artigo, externar minha indignação com o descaso total do Governo do Estado com PE-027, conhecida Estrada de Aldeia.

Pagamos um dos IPVAs mais caros do Brasil e todos os dias assistimos, nessa estrada, acidentes constantes por falta de recuperação da via, a mais importante para os moradores e da região.

Buracos, falta de sinalização, falta de faixas de pedestres, paradas de ônibus precárias, mato, entulho e lixo é o que se vê. Do Km 14 ao Km 19 não tem iluminação, é na escuridão.

Árvores caem por falta de podação. Esta semana caiu uma no Km 16 e, hoje, um acidente aconteceu com um motociclista no Km 9.

Um abuso, um descaso do Governo do Estado e sua ineficiente DER. 
Hoje é um perigo transitar nessa PE, principalmente a noite e em dias de chuva .

Quando o DER irá dar as caras por aqui? Essa é a pergunta que todos fazem. Será que por essa estrada já passou algum diretor ou funcionário desse órgão?

O Fórum Socioambiental de Aldeia  pagou por um projeto de requalificação e apresentou ao Governo do Estado, mas nunca obteve retorno. É lamentável assistir constantes acidentes e atropelamentos por conta desse abandono.

Fica aqui meu registro e indignação, que é o mesmo de o muitos dos moradores da nossa Aldeia dos Camarás.

Milton Tenório
Corretor de Imóveis


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/06


2019

Bolsonaro a evangélicos: Decisivos para mudar o Brasil

Em rápido discurso na Marcha para Jesus, realizada hoje, na Zona Norte de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) destacou a importância que os eleitores evangélicos tiveram em sua vitória nas urnas, segundo o Broadcast Político. “Vocês foram decisivos para mudar o destino do Brasil”, afirmou Bolsonaro. O presidente, que é católico, disse que o País tem problemas de ética, moral e na área econômica. Mas, segundo ele, podemos reverter isso. “Sabemos que podemos ser o ponto de inflexão”, disse.

O presidente foi recebido aos gritos de “mito”. Algumas pessoas que estavam na plateia fizeram o sinal de arma com as mãos. É a primeira vez que um presidente da República participa do evento. O presidente foi acompanhado do deputado federal Marco Feliciano (Pode-SP), do senador Major Olímpio (PSL-SP) e do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB). Ao final da fala, Bolsonaro disse que planeja estar novamente na marcha no ano que vem e concluiu dizendo seu slogan de campanha, repetido pela plateia.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/06


2019

Bolsonaro dá nota 10 para Moro

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) avaliou, hoje, com uma nota dez a participação de ontem, do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, em audiência na CCJ do Senado para explicar a troca de mensagens vazadas dele com o procurador Deltan Dallagnol, chefe da Lava Jato, segundo a Folha. Na ocasião, Moro admitiu a possibilidade de deixar o cargo caso provem que ele infringiu a lei enquanto era juiz.

“(Nota) dez pro Moro. Subiu no meu conceito. Apesar que ele não poderia crescer mais do que já cresceu”, disse o presidente, em Miracatu, interior de São Paulo.Questionado se a situação atual comprometia a indicação de Moro para uma vaga no STF, Bolsonaro, mais uma vez, recorreu a uma analogia com casamento e respondeu: “Quando você desconfia do seu marido, o que você faz com ele? Eu não estou desconfiado de ninguém”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/06


2019

Justiça Federal condena três filhos de Maluf

A Justiça Federal em São Paulo condenou, ontem à noite, três filhos do ex-prefeito de São Paulo Paulo Maluf por lavagem de dinheiro. A defesa de Flávio Maluf, Ligia Maluf Curi e Lina Maluf Alves da Silva informou que vai recorrer da decisão.

O empresário Flávio foi condenado a oito anos de prisão em regime fechado, enquanto Ligia e Lina foram condenadas a quatro anos em regime semiaberto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/06


2019

Secretária de Infraestrutura visita obras no Pajeú

Blog do Finfa

A secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, está circulando pelo Estado para conferir o andamento do Programa Caminhos de Pernambuco, que completou um mês de ação esta semana.

Amanhã, a gestora visita, no Sertão do Pajeú, as obras da PE-275, que vai receber intervenções do início da PE-264 (Grossos) até a divisa com a Paraíba.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/06


2019

PCR garante o piso salarial para os Agentes de Saúde

A manhã de hoje foi de comemoração para os 2.700 Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) e Agentes de Saúde Ambiental e Controle de Endemias (Asaces) do Recife. O motivo foi o anúncio feito pelo prefeito Geraldo Julio, que sancionou a Lei que adequa as duas carreiras ao piso estabelecido pela Lei Federal nº 13.708/18. Os profissionais lotaram o Auditório Capiba, no 15º andar do edifício-sede da Prefeitura, para acompanhar o anúncio.

De acordo com o prefeito Geraldo Julio, o reajuste chega em um dos períodos mais críticos da crise no Brasil e na época em que a população mais precisa do atendimento dos profissionais de saúde. "É uma categoria que merece muito a valorização, eles estão junto das comunidades, dentro das casas, conversando com as pessoas e atendendo, justamente, quem mais precisa. Então é uma categoria importante para a gente, de proximidade com a população que está realmente precisando", afirmou o prefeito, ressaltando a capacidade de diálogo com a categoria para garantir o piso salarial.

Segundo o secretário de Administração e Gestão de Pessoas, Marconi Muzzio, o piso será de R$ 1550 e o pagamento será escalonado, da seguinte forma: R$ 1.250 em 2019, R$ 1.400 em abril de 2020 e R$ 1.550 em abril de 2021, para quem tem carga horária de 40 horas semanais. "O aumento já sairá no mês de junho", assegurou Muzzio.

Como o novo piso será aplicado no nível inicial da tabela de cargos e repercutirá em todos os outros, o benefício alcançará todos os mais de 2.700 profissionais das duas categorias, sendo 1.940 ACS e 770 Asaces.

Para o secretário de Saúde, Jailson Correia, a decisão é um reconhecimento ao trabalho da categoria. "Os Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Saúde Ambiental e Controle de Endemias hoje tiveram seu trabalho reconhecido pela gestão, numa aplicação do piso nacional de uma maneira muito importante, mas também expandindo a aplicação do piso para o Plano de Cargos e Carreiras, Desenvolvimento e Vencimentos (PCCDV), o que garante que todos os servidores dessa categoria possam ser, devidamente, valorizados", contou Jailson.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/06


2019

“Um show de besteiras”, diz general sobre gestão Bolsonaro

Revista Época

Uma semana após sua demissão da Secretaria de Governo da Presidência da República, o general Carlos Alberto dos Santos Cruz criticou o governo de Jair Bolsonaro por perder tempo com “bobagens” quando deveria priorizar questões relevantes para o país.

“Tem de aproveitar essa oportunidade para tirar a fumaça da frente para o público enxergar as coisas boas, e não uma fofocagem desgraçada. Se você fizer uma análise das bobagens que se têm vivido, é um negócio impressionante. É um show de besteiras. Isso tira o foco daquilo que é importante. Tem muita besteira. Tem muita coisa importante que acaba não aparecendo porque todo dia tem uma bobagem ou outra para distrair a população, tirando a atenção das coisas importantes. Tem de parar de criar coisas artificiais que tiram o foco. Todo mundo tem de tomar consciência de que é preciso parar com bobagem”, disse Santos Cruz.

Antes de sua saída, Santos Cruz foi criticado de forma contundente por Olavo de Carvalho e Carlos Bolsonaro, filho do presidente. Sem mencionar nomes, ele comentou os ataques recebidos nas redes sociais.

“Não é porque você tem liberdade e mecanismos de expressão, Twitter, Facebook, que você pode dizer o que bem entende, criando situações que atrapalham o governo ou ofendem a pessoa. Você discordar de métodos de trabalho é normal, até publicamente. Discordâncias são normais, de modo de pensar, modo de administrar, modo de fazer política, de fazer coordenação. Mas, atacar as pessoas em sua intimidade, isso acaba virando uma guerra de baixarias” afirmou o general.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores