ArcoVerde

11/01


2019

Idas e vindas de Bolsonaro confunde a oposição

As idas e vindas do governo Jair Bolsonaro confundiram a atuação da oposição. O PSOL jogou fora dois requerimentos em que questionava a paralisação da reforma agrária e as mudanças no edital de livros didáticos. Contra o desperdício, a sigla decidiu que vai esperar 48 horas para reagir a anúncios.

A Apex informa que não desligou nenhum servidor de carreira de seus quadros. Só comissionados.

Salário Mínimo - No dia 1º de janeiro, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, garantiu que as primeiras medidas de Bolsonaro só viriam no dia seguinte. Horas depois, o presidente assinou o decreto que reajustava o salário mínimo de R$ 954 para R$ 998. (FSP – Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

A Justiça do trabalho não existe em nenhum outro país disse Bolsonaro. E assim ficamos sabendo que o presidente da república ainda não conhece Alemanha, Reino Unido, Bélgica, Suécia, Dinamarca, Espanha, Argentina, Chile, Paraguai, México…O cara é um jumento. KKKK

Fernandes

NUNCA VI UM GOVERNO TÃO MEDÍOCRE E ATABALHOADO COMO ESTE DO JUMENTO JAIR MESSIAS. O POVO BRASILEIRO TÁ FODIDO MESMO !


Asfaltos

Confira os últimos posts



14/03


2019

Fantasmas e laranjas

Menos de 100 dias de governo, a família do presidente entrou na mira do Ministério Público por suspeita de abrigar funcionários fantasmas

E recolher dinheiro de assessores

 Já o partido dele, o PSL, é investigado por fomentar candidaturas de laranjas na campanha de 2018.  (Painel – FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/03


2019

Reativados, grupos de WhatsApp bolsonaristas, pró Previdência e pau no Supremo

Daniela Lima - Painel - Folha de S.Paulo

Aqui me tens de regresso - Liderados por bolsonaristas, grupos de WhatsApp que tinham sido desativados após a campanha voltaram a operar. A retomada coincidiu com o apelo da cúpula do Congresso para que o presidente religasse, em nome da reforma da Previdência, a rede de contatos que o ajudou a chegar no Planalto. Além de textos de defesa da medida, as comunidades elegeram um alvo comum: o Supremo. Montagens pedem o “fim do STF”, apontam “a toga contra o povo” e chamam os ministros de criminosos.

Além do tom de protesto, mensagens que circulam nesses grupos disseminam informações falsas sobre a função, o funcionamento e os membros do STF.

Uma das postagens chega a afirmar que a corte tem “clientes como o BNDES”, e que “OAB e Judiciário estão aparelhados com essa máfia comunista e o narcotráfico de toda a América Latina”. “O STF só pode ser derrubado com uma ação efetiva e massiva do povo. O governo não pode os tirar de lá (sic)”.

Pose de vítima - Há ainda postagens que pedem apoio a Jair Bolsonaro, que estaria sendo “engolido pelo sistema” e “jogado aos leões”. “Ele precisa de nós. (…) Pare de compartilhar bobagens e intriguinhas feita pela mídia podre.”


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/03


2019

Filho de Bolsonaro faz mea culpa: “Às vezes a gente passa dos limites”

Talvez mais “polêmico” dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro concedeu uma rara entrevista nesta quarta-feira, 13. Para o canal da jornalista Leda Nagle no Youtube, Carlos justificou toda sua “truculência” nas redes sociais à vontade de defender o pai.

“Eu só quero defender meu pai. É lógico”, afirmou. Entretanto, ressaltou também que até o próprio Jair Bolsonaro e amigos próximos têm lhe aconselhado a baixar um pouco o tom. “Às vezes, sim, a gente passa dos limites. É humano. Eu respondo na hora. Tenho escutado de amigos meus que o período eleitoral já passou”, afirmou.

“Com o passar do tempo, as coisas amadurecem. Vou levando puxão de orelha do meu pai. Ele me dá bronca, meus amigos me dão bronca”, disse Carlos. “Me sinto culpado de vez em quando, aliviado de vez em quando. Eu sempre procuro evoluir.” Confira abaixo a íntegra da entrevista.  (Estadão – BR 18)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/03


2019

Bolsonaro diz que dorme com arma do lado da cama no Alvorada

Leadro Colon – Folha de S.Paulo

presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (13) que dorme com uma arma ao lado de sua cama, no Palácio da Alvorada. A informação foi dada pela manhã, em um café com jornalistas no Palácio do Planalto, para o qual a Folha foi convidada.

Segundo ele, há riscos no Alvorada, apesar do esquema forte de segurança. Com isso, Bolsonaro disse que só consegue dormir sabendo que tem uma arma ao seu lado. 

A declaração foi dada antes da divulgação do episódio em Suzano (Grande SP) no qual dois atiradores deixaram ao menos oito mortos, incluindo cinco alunos. 

Questionado, o presidente disse que a primeira-dama, MichelleBolsonaro, compreende seu gesto de dormir com arma.

O presidente disse ainda que um projeto de lei deve ser enviado ao Congresso tratando do porte de arma. De acordo com o presidente, a regra não pode ser tão "rígida" como atualmente. Ele não deu mais detalhes sobre o texto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


14/03


2019

Suzano é tapa na cara da política de armar a população

Helena Chagas

São de congelar o sangue os gritos de pavor dos adolescentes que se defrontaram com os atiradores em sua escola em Suzano, mostrados em vídeo que já está circulando. Nunca haverá explicação para o que fizeram os dois jovens assassinos, que tinham um revólver calibre 38 e se suicidaram em seguida. Mas muitos detalhes serão desvendados, a começar pela identidade dos atiradores e de suas vítimas, e uma narrativa será contada sobre o crime de Suzano, que entrará para a história ao lado de outras atrocidades.

O que não dá para não pensar é que essa narrativa poderia ter tido um final diferente, sem dez mortos, ou talvez não estivesse nem sendo contada, se os jovens não tivessem um 38 nas mãos. O episódio de hoje está inserido no contexto geral da violência que nos assola, mas tem ingredientes semelhantes a outros tiroteios contra alunos brasileiros e, sobretudo, à onda de crimes em escolas que começou e virou lugar comum nos Estados Unidos.

O massacre de Suzano é um tapa na cara dos que, no poder e fora dele, defendem a liberação do porte e da posse de armas. Se estivesse conectada com a realidade do dia-a-dia dos brasileiros, a oposição já teria começado a convocar manifestações por todo o Brasil para dizer “não” ao armamento da população e ao discurso do ódio que está por trás dele.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/03


2019

Senado aprova multa para empregador que pagar salário diferente para homem e mulher

O Senado aprovou, na noite de hoje, uma proposta que prevê multa para o empregador que não pagar o mesmo salário para homens e mulheres que exercem a mesma função.

A proposta, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), segue agora para a análise da Câmara. Se for aprovado pelos deputados, o texto também terá que ser sancionado pelo presidente da República para virar lei.

Pela proposta, a empresa que descumprir a regra será multada em valor correspondente ao dobro da diferença salarial verificada, calculada sobre cada mês em que ocorreu o pagamento desigual. O valor da multa, segundo o projeto, será repassado à vítima da discriminação.

A igualdade salarial entre homens e mulheres é prevista na CLT, que diz que "a todo trabalho de igual valor corresponderá salário igual, sem distinção de sexo". No entanto, defensores da proposta afirmam que a regra nem sempre é seguida.

"A diferença salarial entre homem e mulher fere o princípio da isonomia consagrado em nossa Constituição e legislação vigente. Contudo, e apesar das inúmeras políticas de igualdade de gênero promovidas pelas mais diversas organizações, sejam públicas ou privadas, ainda se registram casos de discriminação contra a mulher no que se refere a remuneração", escreveu o autor do projeto, senador Fernando Bezerra (MDB-PE), na justificativa da proposta.

O texto também prevê multa para o empregador que, além do sexo, considerar a idade, a cor ou situação familiar como variável determinante para fins de remuneração, formação profissional e oportunidades de ascensão profissional.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Foi Bolsonaro quem armou esse menino Atirador de Suzano era fã de armas e de Bolsonaro : atirador suzano massacre. Os perfis nas redes sociais atribuídos a Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, indicam que ele era um amante de armas e apoiador de Jair Bolsonaro



13/03


2019

Comissão Especial de Incentivo da Aquicultura será instalada na Alepe

Será instalada, amanhã, a partir das 14h, na Assembleia Legislativa de Pernambuco – Alepe, a Comissão Parlamentar Especial de Incentivo ao Desenvolvimento da Política Estadual da Aquicultura (atividade de cultivo de organismos aquáticos – peixes, camarões, ostras, rãs e algas). A iniciativa da criação da comissão é do deputado estadual Waldemar Borges. “O potencial de desenvolvimento da aquicultura continental às margens do Rio São Francisco e na Zona da Mata é imenso, contudo, Pernambuco não possui uma legislação própria para o licenciamento ambiental da aquicultura, o que impede o avanço da produção estadual”, alerta o parlamentar.

A comissão, formada por cinco deputados titulares e cinco suplentes e que tem prazo de 90 dias para a conclusão dos trabalhos, vai convidar para as reuniões autoridades, especialistas e sociedade civil para fazer um grande debate sobre a atividade econômica no estado.

A ideia é contribuir para a formulação de uma legislação específica de licenciamento ambiental, considerando as especificidades da atividade nos diferentes seguimentos produtivos e preferencialmente visando a padronização desses atos normativos com base na legislação estadual e na resolução nº 413 do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente).

Para isso, o deputado Waldemar Borges já apresentou na Alepe o Projeto de Lei nº 31/2019, que tem como objeto estabelecer normas e critérios para o licenciamento ambiental da aquicultura. “Queremos discutir o PLO para que os interessados possam opinar e, juntos, dentro da comissão, contribuirmos para a construção da Política Estadual da Aquicultura”, completa Borges.

A produção estadual da aquicultura diz respeito a somente 1% da produção nacional (IBGE, 2015), mas a atividade, hoje explorada por empresas e produtores familiares, tem em Pernambuco um grande potencial de desenvolvimento, principalmente na região de Itaparica, onde o estado conseguiu despontar como grande produtor de pescado. Por conta disso, mais de 20 criadores de peixe da região estão vindo participar da instalação da comissão.

Atualmente, para se fazer o licenciamento ambiental de um empreendimento da aquicultura se recorre a Lei Estadual nº 14.249/2010, que faz o enquadramento da atividade nos mesmo moldes da indústria. A falta de normativa específica para o licenciamento ambiental da aquicultura e de padronização nos processos correlatos são os principais problemas enfrentados pelos produtores do Estado, fator limitante para acesso ao crédito.

O que o Projeto de Lei pretende é dar uma classificação mais clara em relação aos portes de cada empreendimento e aos sistemas produtivos. Isso vai ampliar e acelerar os processos de licenciamento, em especial dos pequenos e médios aquicultores. “Queremos regulamentar os processos para que os criadores possam se regularizar, sem abrir mão da proteção ambiental. Nesse contexto, os principais interessados em manter a qualidade ambiental dos corpos hídricos são os próprios aquicultores, pois a qualidade da água interfere diretamente na sanidade dos organismos cultivados (pescado)”, ressalta o deputado.

A comissão, além de atualizar a legislação da área, vai discutir sobre o acesso às novas tecnologias que estão disponíveis para os aquicultores e tratar também sobre a desburocratização do acesso ao crédito para o aquicultor familiar, no caso do projeto de lei ser aprovado e sancionado. “Queremos com isso alavancar o desenvolvimento sustentável desta atividade tão importante para o nosso estado”, conclui o deputado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bm4 Marketing 2

13/03


2019

Deputada pede que governo restabeleça funcionamento do Portal da Transparência

A deputada estadual Priscila Krause (DEM) subiu à Tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco, na sessão de hoje, para anunciar envio de requerimento dirigido à secretária da Controladoria-Geral do Estado, Érika Lacet, solicitando o restabelecimento imediato do funcionamento da seção “Receitas” do Portal da Transparência de Pernambuco. Sob a justificativa de ajustes decorrentes da adoção da nova classificação de receita pública – determinada pela Secretaria do Tesouro Nacional - os dados sobre a arrecadação apenas registram o valor total, não disponibilizando informações como origem, espécie e rubrica. Não se sabe, por exemplo, o valor arrecadado com IPVA, com ICMS e com as taxas estaduais.

“O acompanhamento aprofundado da arrecadação é um direito do cidadão e que nós, como deputados estaduais, precisamos realizar para cumprir nosso dever constitucional de zelar pela boa gestão fiscal. É um material que o nosso gabinete utiliza diariamente para o cumprimento do papel que nos cabe. Sem esses dados, que ainda não foram atualizados esse ano, ficamos impossibilitados de verificar o andamento dos repasses da União, o fluxo das operações de crédito e possíveis captações questionáveis, como foi o caso da antecipação da venda da folha ao Bradesco”, apontou.

Ainda de acordo com a parlamentar, a justificativa para o não fornecimento dos dados seria coerente se o período desatualizado alcançasse uma semana, “dez dias no máximo”. Priscila afirmou que a utilização da nova classificação foi oficializada pela Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco no início de outubro do ano passado obedecendo à portaria do governo federal, de agosto de 2016. “Foi um fato previsível, a morosidade de disponibilizar as informações não se justifica. É preciso termos acesso aos números imediatamente”, acrescentou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/03


2019

Jarbas debate andamento de fábrica da Hemobrás

Hoje, o senador Jarbas Vasconcelos (MDB) se reuniu com o presidente da Hemobrás, Oswaldo Castilho, e o diretor de Produtos Estratégicos e Inovação da empresa, Antônio de Souza Lucena. Na pauta a conclusão da implantação da fábrica de medicamentos hemoderivados e por biotecnologia em Goiana – cuja obra se iniciou em 2010 e atualmente está com 70% de execução – e o início da produção dos fatores sanguíneos hoje importados pela unidade e fornecidos ao Ministério da Saúde para distribuição via SUS no País.

“Participei junto com médicos e especialistas do Hemope da aprovação do estatuto que deu origem a Hemobrás, assinado em março de 2005 quando fui Governador do Estado. Acompanhei nos últimos anos os problemas que a fábrica passou e vem passando para ter a sua obra concluída e finalmente produzir medicamentos fundamentais para a vida de muitos brasileiros. Agora no Senado vou me empenhar em busca de apoio e recursos para que a Hemobrás consiga funcionar com 100% de sua capacidade, beneficiando nossa população e reduzindo a dependência externa que temos hoje no setor de hemoderivados no País”, disse o senador.

Durante a reunião, que foi acompanhada pelo Secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Pernambuco, Marcelo Bruto, a diretoria da Hemobrás expôs o cronograma futuro da empresa, que deve iniciar nos próximos dias duas novas licitações para conclusão da unidade. “A nossa previsão é que em 2022 tudo esteja concluído”, explicou o presidente da Hemobrás.

Próximos passos – Para assegurar o apoio no cumprimento dos prazos e viabilizar o pleno funcionamento da unidade, o senador Jarbas Vasconcelos irá se reunir com o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, nos próximos dias. “O novo Governo precisa ter ciência da importância da conclusão da fábrica de Goiana não só para Pernambuco, mas para todo o País, uma vez que ela atende à demanda de pacientes do SUS de todos os Estados da federação”, afirmou o senador.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Foi Bolsonaro quem armou esse menino Atirador de Suzano era fã de armas e de Bolsonaro : atirador suzano massacre. Os perfis nas redes sociais atribuídos a Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, indicam que ele era um amante de armas e apoiador de Jair Bolsonaro

Fernandes

A tragedia da escola é culpa de bolsonaro.

marcos

Desculpem perguntam

marcos

O Governo Federal do PT NÃO concluiu uma só obra em Pernambuco. Senão vejamos: Transposição....... Trans Nordestina...... Hemobras........Refinaria..... Br 101...... Eixo metropolitano. A s que não estão paradas estão se arrastando dependendo do novo governo. Aí eu digo foi tudo Roubo, Corrupção, Super faturamento e Perua Política. Depois perguntão pore que o Brasil quebrou!

marcos

A obra se iniciou em 2010 com o PT, e ainda não acabou? É uma fábrica ou uma Pirâmide que leva 35 anos para ser concluída. Vai lá e fala com o mito que ele resolve!



13/03


2019

Bolsonaro se solidariza com vítimas no Twitter

Na tarde de hoje, o presidente Jair Bolsonaro postou em sua conta no Twitter uma mensagem de solidariedade às vítimas do massacre que resultou em dez mortes pouco antes das 10h em Suzano, na Grande São Paulo. “Presto minhas condolências aos familiares das vítimas do desumano atentado ocorrido hoje na Escola Professor Raul Brasil, em Suzano, São Paulo. Uma monstruosidade e covardia sem tamanho. Que Deus conforte o coração de todos!”, escreveu o presidente.

Cerca de 20 minutos antes, a Secretaria de Imprensa da Presidência divulgou nota oficial de pesar com as famílias das vítimas. A demora na manifestação presidencial vinha sendo tema de cobranças nas redes sociais. O vice-presidente Hamilton Mourão e ministros como Sérgio Moro (Justiça), Damares Alves (Direitos Humanos) e Ricardo Vélez Rodrigues (Educação) já haviam se manifestado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Foi Bolsonaro quem armou esse menino Atirador de Suzano era fã de armas e de Bolsonaro : atirador suzano massacre. Os perfis nas redes sociais atribuídos a Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, indicam que ele era um amante de armas e apoiador de Jair Bolsonaro

Fernandes

A tragedia da escola é culpa de bolsonaro.



13/03


2019

Militares entregam a Guedes proposta de reforma

Por Julia Duailibi

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, mandará ainda hoje para o Ministério da Economia a proposta de Previdência dos militares, dando início à tramitação interna do projeto no governo. Antes de chegar à Câmara dos Deputados, até o próximo dia 20, a proposta dos militares passará ainda pela Secretaria de Assuntos Jurídicos, na Casa Civil, depois de deixar a Economia.

A proposta de reforma dos demais servidores e dos trabalhadores do Regime Geral já foi enviada via PEC para a Câmara dos Deputados, mas a votação na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), primeira etapa da tramitação, só se dará depois da chegada do projeto dos militares.

“Estamos fazendo a nossa parte. Os militares sempre contribuíram para o país”, disse Azevedo ao blog. Depois de estudos feitos pela equipe da Defesa em conversas com a Economia, o projeto que chega hoje aos técnicos da Secretaria da Previdência altera quatro leis e uma medida provisória e prevê o equilíbrio entre despesas e receitas do sistema dos militares no decorrer do tempo. Segundo dados do Ministério da Economia, o déficit no sistema dos militares em 2018 foi de R$ 19 bilhões.

No projeto proposto pelos militares, haverá o aumento da contribuição de 7,5% para 10,5%. Com a contribuição para pensão das filhas e para o sistema de saúde, o total chegará a 14%. Além disso, pensionistas, estudantes de instituições militares e cabos e soldados passarão a contribuir com 14%, cobrança que não existe hoje.

Os militares também apresentarão propostas de reestruturação da carreira, que vem sendo gestada nas Forças Armadas desde 2015. Há um diagnóstico hoje de que as Forças Armadas não conseguem reter os bons quadros, porque a carreira deixou de ser atrativa. Hoje eles têm um dos salários mais baixos do Executivo. Perderam o auxílio-moradia e gratificações, por meio de uma medida provisória editada no governo Fernando Henrique Cardoso. Azevedo destaca que nos oito anos de FHC a inflação foi superior a 100%, mas a reposição salarial ficou em cerca de 40%.

Não haverá aumento linear para os militares, mas adicionais de habilitação, para incentivar quem fizer cursos de aperfeiçoamento. Também está previsto na proposta um adicional de disponibilidade militar, concedido de acordo com a exigência do posto, a responsabilidade e o tempo disponibilizado para as Forças Armadas.

Os militares também aumentarão o tempo de permanência na ativa, de 30 para 35 anos.

Azevedo destacou que a carreira militar deve ser analisada sob a ótica das suas especificidades, como preconiza o artigo 142 da Constituição. “Militar, por exemplo, não tem hora extra. Desvirtua a posição militar. Imagine eu, que servi no Haiti, depois de um dia de oito horas de trabalho dizer: agora acabou meu turno, não trabalho mais por hoje”, afirmou o ministro.

Estimativas feitas pelo ministério mostram, por exemplo, que se um tenente recebesse hora extra mais adicional noturno o salário passaria de cerca de R$ 7 mil para R$ 16 mil.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/03


2019

Amupe mobiliza parceiros em função do Projeto Gestão Cidadã

No próximo dia 22, Surubim será o primeiro município do Projeto Gestão Cidadã da Amupe, uma parceria entre a Entidade e a União Europeia, a aplicar   metodologia para elaboração de planos municipais com a finalidade de fortalecer a participação e transparência local do município. A partir daí os 15 municípios (Bezerros, Caruaru, Cumaru, Cupira, Águas Belas, Machados, Quipapá, Calumbi, Carnaíba, Flores, Santa Cruz da Baixa Verde, Solidão, Tabira e Toritama) que fazem parte do Projeto, também terão seus planos elaborados até o próximo mês de abril.

Segundo Ana Nery dos Santos, coordenadora do Projeto, participam do encontro os parceiros locais envolvendo Governo e sociedade. Com os mesmos, ela pretende fazer um planejamento com o objetivo de fortalecer o exercício da cidadania.

O Projeto Gestão Cidadã é uma iniciativa da Amupe, com a parceria da União Europeia, para atender aos interesses públicos de forma transparente e inclusiva. De acordo com o presidente da Instituição, José Patriota, este projeto além de consolidar a parceria entre a Amupe e a União Europeia, visa sobretudo subsidiar uma maior participação da sociedade para que compreenda a realidade do poder local.

O Projeto Gestão Cidadã, tem uma duração de quatro anos (2017-2020) e atende 16 municípios. A iniciativa dispõe de uma equipe de consultores, com o apoio dos Agentes Locais, tendo já realizado inúmeras atividade, entre elas, o diagnóstico local apurado de cada município parceiro para compor a Linha Base do Projeto- documento de apoio para o monitoramento e acompanhamento de resultados alcançados ao final do cronograma de ações. Também já foram realizados mapeamentos locais de estruturas e canais de participação e transparência por meio de levantamento de informações e análise do grau de participação da sociedade na administração pública local, dos tipos de canais controle sociais já atuantes e grau de transparência das prefeituras.

A equipe do Projeto também tem feito diversas capacitações e parcerias com instituições como a Ouvidoria do Estado de Pernambuco, Fórum Permanente de Combate à Corrupção de Pernambuco-Fcco-PE, Condepe/Fidem, Nusp/UFPE, CGU, entre outras.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/03


2019

Frente em defesa do Novo Pacto Federativo será lançada hoje

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Novo Pacto Federativo, presidida pelo deputado federal Silvio Costa Filho (PRB-PE), será lançada oficialmente, hoje, na Câmara dos Deputados, em Brasília. O lançamento acontecerá no Plenário II, no Anexo II, e vai contar com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), além de representantes de entidades que representam estados e municípios. No encontro se dará o início de uma ampla discussão sobre o novo pacto.

A frente foi aprovada com o apoio de mais de 250 deputados e senadores. Para Costa Filho, “o tema sensibiliza todo o Congresso Nacional. É preciso menos Brasília e mais Brasil. Temos que fazer com que os estados e municípios recuperem a capacidade de investimento e ter mais dinheiro para investir em infraestrutura, saúde, educação, entre outros. Porque é a gestão municipal e estadual que está ligada diretamente aos problemas da população. Atualmente muitos municípios estão quebrados e um terço deles fechou as contas no vermelho além de muitos estados em dificuldade”, pontua Silvio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Foi Bolsonaro quem armou esse menino Atirador de Suzano era fã de armas e de Bolsonaro : atirador suzano massacre. Os perfis nas redes sociais atribuídos a Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, indicam que ele era um amante de armas e apoiador de Jair Bolsonaro

Fernandes

A tragedia da escola é culpa de bolsonaro, que só prega ódio.

marcos

21.000 cargos comissionados criados por lula, foram extintos hoje pelo mito. Eita presidente da [email protected]



13/03


2019

Polícia divulga nome dos assassinos de Suzano

A polícia divulgou os nomes dos assassinos que mataram 8 pessoas, sendo 4 adolescentes, na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Região Metropolitana de São Paulo.

São eles: Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos. Os dois cometeram suicídio em seguida. Castro completaria 26 anos no próximo sábado.

O ataque ocorreu por volta das 9h30 de hoje. Quatro dos mortos no local são alunos do ensino médio. Outros dois adolescentes foram socorridos, mas morreram no hospital. Duas das vítimas são funcionárias da escola.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

A tragedia da escola é culpa de bolsonaro.

marcos

Vizinho do mito agora é Vizinho de lula.

Fernandes

A religião acabará se tornando tão ofensiva e inaceitável quanto o racismo.

Fernandes

Dias de Bolsonaro estão contados. Bolsonaro não terminará o seu mandato; Imagina o mundo todo sabendo que o assassino de Marielle, que todos conhecem, era vizinho e consogro do presidente da república. Dois dias depois do vexame pornográfico. Os dias de Bolsonaro estão contados, os banqueiros e empresários não vão arriscar perder o poder :



13/03


2019

Veja a repercussão do ataque a escola em Suzano

Políticos e personalidades lamentaram o ataque em uma escola na cidade de Suzano (SP), onde dois adolescentes encapuzados mataram a tiros oito pessoas e depois cometeram suicídio. As fotos são do Portal G1.

Veja abaixo a repercussão do ataque:

Alessandro Molon, deputado federal (PSB)

"Chocado e entristecido com as primeiras notícias do tiroteio numa escola em Suzano. As informações até agora dão conta de crianças mortas... Que tragédia!"

Carla Zambelli, deputada federal (PSL)

"Estamos consternados com a notícia do assassinato de várias pessoas, incluindo crianças, na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano. Aguardando informações sobre as vítimas. Que Deus proteja a todos nós!"

Ciro Gomes, político brasileiro

"Uma tragédia que aconteceu em Suzano. Que Deus conforte as famílias e amigos".

Davi Acolumbre, presidente do Senado Federal

"É com perplexidade que recebi, a notícia do tiroteio no Colégio Estadual Raul Brasil, em Suzano-SP. Eu me solidarizo às famílias das vítimas e espero que as reais causas dessa tragédia sejam descobertas".

Fernando Haddad, político e ex-ministro da Educação

"Que tristeza! Minha solidariedade à comunidade da escola em Suzano. Que um dia tenhamos PAZ!"

Guilherme Boulos, coordenador do MTST e da Frente Povo Sem Medo

"Tragédia em Suzano: ao menos 5 jovens mortos a tiros por 2 adolescentes, que depois se mataram. Nossa solidariedade aos familiares e a toda comunidade escolar neste momento tão doído. É preciso dar um basta ao culto da violência, que apresenta armas como "ideal de força".

Janaina Paschoal, deputada estadual, professora de direito e advogada

"Meu Pai, não há o que dizer diante das crianças e da diretora mortas em Suzano! Muita tristeza!"

Jandira Feghali, deputada federal (PCdoB)

"A quem interessa um país dividido pelo ódio e armado? Quantas tragédias mais teremos que viver? Quando haverá paz para as famílias destroçadas pela violência? Armas não são a solução”.

João Doria, governador de São Paulo

"Acabo de receber a triste notícia de que crianças foram cruelmente assassinadas na escola estadual Professor Raul Brasil, em Suzano. Até o momento temos informações preliminares. Cancelei toda agenda e estamos a caminho de Suzano p/ acompanhar o resgate e atendimento aos feridos".

João Amoedo, fundador do partido Novo

"Lamentável este ato bárbaro que ocorreu na escola estadual em Suzano. Meus sentimentos e solidariedade às famílias das vítimas”.

Joice Hasselman, deputada federal (PSL)

"Tiroteio em escola estadual em Suzano: 8 mortos. Dois homens encapuzados seriam os autores. Ainda não há detalhes. Minha solidariedade aos pais, neste momento angústia".

Luiza Erundina, deputada federal (PSol)

"É um absurdo a incompetência desse governo de SP que não garante segurança sequer nas escolas do Estado. A tragédia que ocorreu hoje em Suzano é prova disso e motivo de indignação. Nossa profunda e sentida solidariedade à direção, professores, pais, funcionários e alunos”.

Maisa, artista

"Não acredito :( Meus sentimentos a todos. Estou orando por Suzano".

Manuela D’Ávila, política

"Nossa solidariedade à comunidade escolar, famílias e à população de Suzano. Que tristeza!"

Maria do Rosário, deputada federal (PT)

"Este terrível atentado na escola em São Paulo é um dos resultados do ódio que vem sendo estimulado no Brasil. Mais armas geram mais violência, e não menos mortes, como dizem. Nós queremos paz. Minha solidariedade às famílias das vítimas".

Marcelo Freixo, deputado federal (PSol)

"Minha solidariedade às famílias e amigos das vítimas da Escola Estadual Raul Brasil, em SP. Dois jovens assassinaram cinco estudantes, um funcionário e depois de suicidaram. Tragédias como essa mostram como o debate sobre o controle de armas precisa ser mais responsável".

Marina Silva, ex-senadora

"É difícil conter as lágrimas diante do trágico ataque a tiros numa escola em Suzano, que causou a morte de alunos e uma funcionária. Este é um retrato perverso de uma crise maior em que a vida perde seu valor. Que Deus sustente as famílias e a todos nós nesse momento de dor".

Paulo Teixeira, deputado federal (PT)

"Triste e lamentável! Espero que as crianças sobrevivam. E o governo Bolsonaro propondo liberar armas. Oito crianças são baleadas dentro de escola em Suzano, na Grande SP".

Ricardo Vélez, ministro da Educação

"Recebo com muita tristeza a notícia de que crianças e um funcionário foram brutalmente assassinados na escola Prof. Raul Brasil, em Suzano, SP. Meus sentimentos às famílias. Expresso meu repúdio a essa manifestação de violência. Acompanharei de perto a apuração dos fatos".

Rogério Carvalho, senador (PT)

"A cultura das armas não pode existir! O massacre em #Suzano expõe a fragilidade em se armar a população. É muito triste ver as crianças mortas. Somos contra a posse de armas e num decreto legislativo da bancada do @PTnoSenado exigimos isso. A luta em defesa da vida continua!".

Sâmia Bomfim, deputada federal (Psol)

"Ao menos 8 crianças baleadas dentro de uma escola estadual em Suzano, região metropolitana de São Paulo. O ataque foi agora há pouco. As informações ainda são escassas. Seguimos acompanhando. Tudo indica uma tragédia".

Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro

“Quero manifestar, mais uma vez, acabei de mandar mensagem para o governador João Doria, manifestar aqui a minha solidariedade irrestrita ao povo do Rio e de São Paulo e se preciso for estaremos à disposição. Essa trágica violência contra pessoas...A gente não consegue imaginar o que levam essas mentes doentias a fazer esse tipo de coisa. Estamos trabalhando muito pra combater a violência é muito triste ver essas coisas acontecerem”, disse o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

A tragedia da escola é culpa de bolsonaro, que só prega ódio.

marcos

Vizinho do mito acusado de matar Marielle ago é Vizinho de lula.

Fernandes

A religião acabará se tornando tão ofensiva e inaceitável quanto o racismo.

Fernandes

Dias de Bolsonaro estão contados. Bolsonaro não terminará o seu mandato; Imagina o mundo todo sabendo que o assassino de Marielle, que todos conhecem, era vizinho e consogro do presidente da república. Dois dias depois do vexame pornográfico. Os dias de Bolsonaro estão contados, os banqueiros e empresários não vão arriscar perder o poder

marcos

Confirmado. As armas usadas no atentado não foram compradas oficialmente em 2019, elas foram adquiridas com dinheiro roubado na gestão petista!



13/03


2019

Merendeira diz que ajudou a esconder 50 alunos na cozinha durante ataque

Do G1

A merendeira Silmara Cristina Silva de Moraes, de 54 anos, contou que ajudou a esconder 50 estudantes na cozinha durante ataque que matou alunos e um funcionário da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano. Dois adolescentes atiraram em alunos e funcionários e depois se mataram na manhã de hoje. Ao menos oito morreram.

A merendeira disse que os funcionários fizeram barricada com geladeira e freezer. Mesa foi usada como escudo.

“Nós estávamos servindo merenda e aí começou os 'pipoco' e as crianças entraram em pânico. Abrimos a cozinha em começamos a colocar o maior número de crianças dentro e fechamos tudo e pedimos para eles deitarem no chão", conta chorando. "Foi muito desesperador, porque foi muito tiro, muito tiro mesmo e era muito pânico".

Silmara ainda diz que os atiradores pareciam andar por todo lado. "Parecia que procuravam alguém. Iam para lá e para cá atirando muito. Nós não vimos nada. A gente abaixou e ficou escutando o movimento. Isso durou te 10 a 15 minutos mais ou menos", diz.

A merendeira diz que quando já tinha cerca de 50 alunos na cozinha foi preciso trancar a porta. "Porque eles estavam próximos e a cozinha é rodeada de janela. A gente deitou no chão e nós não vimos nada com medo que atirassem. Mas graças a Deus nada aconteceu com quem não estava lá. Eu arrastei a geladeira e o freezer para fazer uma barricada e ficamos atrás. A mesa viramos e fizemos um escudo para proteger as crianças. Ficamos acuados em um canto só, se acontecesse alguma coisa ele ia pegar muita gente", conta.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

A tragedia da escola é culpa de bolsonaro, que só prega ódio.

marcos

Vizinho do mito vai preso e agora é vizinho de lula

Fernandes

A religião acabará se tornando tão ofensiva e inaceitável quanto o racismo.

Fernandes

Dias de Bolsonaro estão contados. Bolsonaro não terminará o seu mandato; Imagina o mundo todo sabendo que o assassino de Marielle, que todos conhecem, era vizinho e consogro do presidente da república. Dois dias depois do vexame pornográfico. Os dias de Bolsonaro estão contados, os banqueiros e empresários não vão arriscar perder o poder

marcos

Vizinho do mito agora é Vizinho de lula.