Congresso Nordestino de Educação Médica

11/01


2019

Vice é preso suspeito de encomendar morte do prefeito

Atentado contra prefeito de Novo Acordo - TO

G1

O vice-prefeito de Novo Acordo, Leto Moura Leitão Filho (PRB), foi preso em flagrante nesta quinta-feira (10) como suspeito de encomendar o atentado contra o prefeito, Elson Lino de Aguiar (MDB). A informação é da Polícia Civil do Tocantins, que interrougou Moura na Delegacia de Investigações Criminais de Palmas durante a tarde.

O atentando contra o prefeito, conhecido na cidade como Dotozim, foi nesta quarta-feira (9). Ele levou três tiros, inclusive um na cabeça, mas está fora de perigo. O político está internado no Hospital Geral de Palmas. A família informou que ele está consciente e estável.

Além dele, também foi preso Gustavo Araújo da Silva, suspeito de ser o executor do atentado. Inicialmente, eles teriam combinado um pagamento de R$ 10 mil pelo crime, mas o depósito não chegou a ser feito. Também foi preso o empresário Paulo Henrique Sousa, suspeito de fazer a intermediação entre o político e Gustavo.

"Isto foi planejado mais ou menos há três meses atrás. A morte do prefeito foi encomendada antes do natal, inclusive. Foi feita uma primeira tentativa, na verdade foi contratado dois indivíduos aqui de Palmas para executar o prefeito de Novo Acordo. Porém estes dois indivíduos não conseguiram ir na missão, digamos assim. Eles se deslocaram até Aparecida do Rio Negro, só que lá eles se envolveram em um problema com a Polícia Militar e eles retornaram", explicou o delegado Diogo Fonseca, que trabalha no caso.

Na saída do depoimento, Leto Moura Leitão negou as acusações, disse que não tem não teve participação em nenhum esquema de propina e que vai provar a própria inocência.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Governo de PE

Confira os últimos posts



22/06


2019

Morre conselheiro João Campos

Vítima de um infarto fulminante, morreu, há pouco, o conselheiro do Tribunal de Contas de Pernambuco, João Campos, parente do ex-governador Eduardo Campos. Ele estava curtindo o São João em Gravatá quando começou a passar mal. João Campos tinha 50 anos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Prefeitura de Caruaru

22/06


2019

Moro falou a única frase que não poderia ter dito

O silêncio é ouro - Políticos experientes que acompanharam a oitiva de Sergio Moro (Justiça) no Senado dizem que, apesar de ter sobrevivido, ele disse a única frase que não poderia ter dito: prometeu deixar o governo caso haja irregularidade.

Isso, avaliam esses ouvintes, fará o ministro refém do vazamento e do veredito que o STF dará, em algum momento, sobre o caso Lula.

Já o deputado Hildo Rocha (MDB-MA) deve apresentar na quarta (26) relatório favorável ao acordo firmado entre Jair Bolsonaro e Donald Trump sobre o uso da base de Alcântara.  (Folha – Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

São João Petrolina

22/06


2019

Aliados preocupados com desenrolar da gestão

As recentes mudanças promovidas pelo presidente em sua equipe preocupam aliados que embarcaram no início de seu projeto mas, hoje, observam de longe o desenrolar da gestão.

O fortalecimento de nomes pessoalmente ligados a Bolsonaro –e o afastamento dos que tentavam exercer certo poder moderador– seria um indicativo da rota que o governo seguirá.

A esses fatores, salientam ex-aliados, é preciso acrescentar o alinhamento crescente do presidente com evangélicos.

Quem conhece Bolsonaro acredita que, pela nova composição, ele tende a dobrar a aposta na comunicação direta com os nichos que são o núcleo de seu eleitorado.  (Painel – FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/06


2019

Novo ministro, vitória da ala familiar do Planalto

Daniela Lima – Painel – Folha de S.Paulo

A força do sangue -  A queda do general Santos Cruz e a ascensão de Jorge Antonio de Oliveira Francisco à Secretaria-Geral da Presidência foi vista por antigos aliados de Jair Bolsonaro como o triunfo do núcleo familiar sobre o grupo militar no Planalto. O novo ministro não é apenas filho do ex-chefe de gabinete do presidente, Jorge Francisco, como também amigo de infância de seus dois rebentos mais ressonantes, Carlos e Eduardo –o primeiro, inclusive, quando ia visitar o pai em Brasília, se hospedava com os Francisco.

O pai do novo ministro, Jorge Francisco, apoiou campanhas de Flávio, Carlos e Eduardo. Ele, que trabalhou por 20 anos com Bolsonaro, doou R$ 15 mil para Carlos em 2012, e outros R$ 2,5 mil em 2016, segundo o TSE.

Irmão camarada -  Eduardo recebeu, de acordo com a prestação de contas,R$ 11 mil do ex-chefe de gabinete do pai. Flávio também contou com recursos dele em 2002. Jorge Francisco morreu de infarto em abril de 2018. Na época, o então candidato cancelou agenda para velar o amigo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/06


2019

Justiça tem seis delatores no trabalho comunitário

Lava Jato

Justiça Federal em SP tem seis delatores da Lava Jato no trabalho comunitário. Executivos da Camargo Côrrea, Andrade Gutierrez e Odebrecht se esbarram nos corredores.

Foto: Geraldo Bubniak/Agência O Globo / GEL LIMA/PARCEIRO/AGÊNCIA O GLOBO / Reprodução / WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL

Época - Por Guilherme Amado

 

Seis delatores da Lava Jato têm se esbarrado pelos corredores da Justiça Federal em São Paulo, no prédio da Avenida Paulista, no serviço comunitário obrigatório que fazem, no regime semiaberto.

O ex-presidente da Andrade Gutierrez Otávio Azevedo, o ex-executivo da mesma empresa Flávio Barra, os ex-executivos da Camargo Corrêa Eduardo Leite e Dalton Avancini, o ex-executivo da Odebrecht Alexandrino Alencar e o ex-assessor de Alberto Yousseff Rafael Angulo se revezam na anotação e no carimbo de documentos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

22/06


2019

Suplente acompanha com atenção caso Flordelis

A vida como ela é...

Caso Flordelis é naturalmente acompanhado com atenção pelo suplente dela.

Flordelis e o marido Anderson do Carmo. Foto: reprodução/InfoNavWeb Noticias

O Globo - Por Ancelmo Gois

 

Na minha terra, diz-se que “quem foi ao ar perde o lugar”.

A tragédia da deputada federal Flordelis, apontada por um dos filhos como suspeita do assassinato do marido, Anderson do Carmo, é naturalmente acompanhada com atenção pelo suplente Pedro Augusto. 

O curioso é que ele é ligado à comunidade católica e ela, à comunidade evangélica.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/06


2019

Odebrecht não quer ir contra Lava Jato

Odebrecht não vai questionar quebra de sigilo da Lava Jato com Moro. Empreiteira não quer ir contra força-tarefa de Curitiba.

O ministro da Justiça, Sergio Moro Foto: Adriano Machado / REUTERS

Época - Por Guilherme Amado

 

A Odebrecht decidiu não ir contra a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, pelos procuradores terem quebrado o sigilo das negociações passando informações para Sergio Moro.

Pelo contrário: dada a sensibilidade de sua situação, a Odebrecht agora é MPF Futebol Clube.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bm4 Marketing 7

22/06


2019

Bolsonaro fala a nichos

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), concedeu entrevista à revista Veja em que criticou a agenda do governo Jair Bolsonaro, dizendo que ela é voltada a nichos, e não ao conjunto da sociedade.

“O presidente tem uma agenda muito voltada para os segmentos da sociedade que o levaram ao Palácio do Planalto. Ele fala a nichos bem específicos. Fala ao caminhoneiro, ao pessoal das armas, aos evangélicos, aos militares. Foca muito esses temas que são mais do cotidiano e não olha para uma agenda de longo prazo. Já a sociedade tem outra pauta. Está preocupada com o desemprego, a conta de luz, a violência nos bairros. A gente precisa ter responsabilidade com a recomposição dos serviços públicos e a geração do emprego. É essa a intenção da agenda que está sendo proposta pelo Congresso”, afirmou.

Na entrevista, ele detalha o que eu chamei na minha coluna desta semana de Plano Maia-Alcolumbre de recuperação da economia. Ele negou que seu objetivo seja disputar espaço com o ministro Paulo Guedes na definição dessas medidas. (Estadão – BR 18 – Vera Magalhães)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/06


2019

Veja:Laranja do clã Bolsonaro tem crimes nas costas

Reportagem de capa da revista semanal aponta vínculos de Fabrício Queiroz, que pagava despesas pessoais do clã Bolsonaro, com o miliciano Adriano Nóbrega, suspeito de assassinar Marielle Franco, com assassinatos cometidos no passado Envolvido diretamente em movimentações financeiras atípicas, o policial militar reformado Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), tem em sua ficha pelo menos um homicídio ocorrido em 2003. Ele está envolvido ao lado de Adriano Magalhães da Nóbrega, o temido chefe da milícia de Rio das Pedras, Zona Oeste do Rio, foragido desde janeiro. 

Segundo matéria dos jornalistas Fernando Molica, Leandro Resende e Jana Sampaio, de Veja, nos mais de 20 boletins de ocorrência e dezenas de inquéritos em que Queiroz aparece, há pelo menos dois supostos autos de resistência com sua participação, sendo um em 2002 e outro em maio de 2003, pouco depois de ele conhecer Adriano no 18º Batalhão, em Jacarepaguá, onde trabalharam juntos por apenas seis meses. 

Vale ressaltar que Queiroz recrutou a mãe e a esposa do miliciano para trabalharem com ele no gabinete de Flávio Bolsonaro, quando este ainda era deputado estadual no Rio de Janeiro. O próprio parlamentar fez homenagens ao ex-capitão.

O ex-capitão do Bope foi apontado pelo Ministério Público do Rio como integrante do chamado Escritório do Crime, grupo de matadores profissionais e que faz exploração mobiliária ilegal. A organização também é suspeita de envolvimento com o assassinato da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL), em março de 2018.

Em março, foram presos dois suspeitos de serem os assassinos de Marielle: o policial militar reformado Ronnie Lessa e o ex-militar Élcio Vieira de Queiroz. O primeiro é acusado de ter feito os disparos e o segundo de dirigir o carro que perseguiu a parlamentar.  Lessa morava no mesmo condomínio de Bolsonaro.

Outro detalhe é que Élcio Vieira de Queiroz, de 46 anos havia postado no Facebook uma foto ao lado de Jair Bolsonaro. Na foto, o rosto de Bolsonaro está cortado.(BR 247)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/06


2019

Bolsonaro vê ministros como “fusíveis”

e admite problemas na articulação política

Jornal do Brasil

Ao anunciar mudanças em sua equipe ministerial, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) reconheceu que seu governo tinha problemas na articulação política. "Tínhamos problema na articulação política em parte sim", afirmou em entrevista no Palácio do Planalto nesta sexta-feira (21).

Por meio de medida provisória publicada na quarta-feira (19), Bolsonaro transferiu a articulação política de Onyx Lorenzoni (Casa Civil) para o general Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).

Esta foi a primeira vez que ele falou sobre a mudança. Segundo ele, os ministros que ocupam as pastas do Planalto são "fusíveis" e se queimam para proteger o presidente. 

Ele minimizou o fato de ter retirado de Onyx a tarefa de diálogo com o Congresso e disse que a função dele "é a mais ingrata".

O presidente comparou o trabalho a de jogadores de futebol dizendo que quando um centroavante erra, sua falha é esquecida, mas que um goleiro nunca é perdoado por tomar um gol. 

Desde o início do governo, deputados e senadores se queixavam do tratamento dado por Onyx às bancadas e aos partidos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/06


2019

Defesa de Lula diz que Dodge errou em parecer ao STF

Segundo advogados, habeas corpus foi enviado ao Supremo meses antes das reportagens do 'The Intercept' com os vazamentos da Lava Jato

Portal Terra

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta sextafeira,que a Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, cometeuumequívoco no parecer que enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o habeas corpus em favor do petista.

Segundo os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Martins, a ação protocolada que pede a anulação do processo do triplex, pelo qual Lula foi condenado, "não está amparado nas reportagens divulgadas pelo The Intercept".

A nota lembra que o pedido de habeas corpus foi feito no dia 5 de novembro de 2018, antes do vazamento das conversas entre o ex-juiz Sergio Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol, revelados neste mês pelo site de Glenn Greenwald.

Os advogados relatam ainda que apenas fizeram um registro nos autos sobre o conteúdo das reportagens no dia 13 de junho deste ano. A defesa termina afirmando que os fatos "são mais do que suficientes para evidenciar que o ex-Presidente Lula não teve direito e um julgamento justo, imparcial e independente".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


22/06


2019

Bolsonaro se isola num governo com a cara dele

Helena Chagas

Prestes a completar seis meses, o governo Jair Bolsonaro está ficando a cada dia mais com a cara de Jair Bolsonaro. Não tem mais o perfil que parecia ter emergido das urnas de um governo dividido em núcleos igualmente poderosos – militar, político, econômico e familiar-ideológico – lutando pelo poder. Muito antes do que se pensava, um desses grupos venceu, e agora os demais ou se subordinam ou são postos para correr.

Bolsonaro não deixou margem a dúvidas sobre quem manda com as últimas demissões de generais em seu governo: Santos Cruz (Secretaria de Governo), Floriano Peixoto (rebaixado da Secretaria Geral para a presidência dos Correios), Juarez Cunha (ex-Correios) e Franklimberg Ribeiro (Funai). Além de afastar qualquer resquício de suspeitas sobre uma eventual tutela militar, o presidente mostra que a verdadeira essência do governo está representada pelo núcleo familiar-ideológico.

Entre os critérios que nortearam o afastamento de Santos Cruz  – e certamente o de Floriano Peixoto, a ele ligado – estão o da desconfiança e o da intolerância com opiniões contrárias. Esses sentimentos, somados ao forte viés ideológico e à fixação no passado, estiveram também por trás da demissão de Joaquim Levy no BNDES.

A ala política estranhou o esvaziamento extemporâneo de Onyx. A cúpula das Forças Armadas está perplexa com o expurgo de seus melhores quadros.

Nada tem muita lógica, a não ser a da paranoia dos que se acham sempre no alvo de conspirações que enxergam em sua própria copa e cozinha. Formando um governo com os filhos e amigos ideológicos, regido pela teoria da conspiração, Bolsonaro vai se isolando.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/06


2019

Nadegi anuncia seis secretários em Camaragibe

A prefeita em exercício de Camaragibe, Nadegi Queiroz, definiu seis secretários para a sua equipe. A engenheira Kátia Marsol assumirá a Defesa Civil, área que ela implantou na prefeitura, tendo passado 19 anos na função. O ex-superintendente da Caixa Econômica em Pernambuco, Alex Norat, vai acumular as pastas de Administração e Finanças.

Arnon Nascimento irá para a Secretaria de Saúde; o coronel Walter Reimine, para a Mobilidade e Segurança Cidadã. O jornalista Arthur Cunha comandará a Secretaria de Comunicação. Já a Procuradoria ficará sob a batuta do  advogado Leonardo Neves.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/06


2019

Dodge se manifesta contra suspeição de Moro

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou, hoje, contrariamente ao pedido de suspeição do ex-juiz Sérgio Moro apresentado em habeas corpus da defesa do ex-presidente Lula, relativo ao julgamento pelo caso do triplex no Guarujá. Dodge peticionou no HC em resposta a aditamento feito pela defesa de Lula em razão da divulgação da série de reportagens do The Intercept Brasil com conversas entre Moro e integrantes da Lava Jato.

Para a PGR, existem “fundadas dúvidas jurídicas” sobre o material apresentado pelo site, que “ainda não foi apresentado às autoridades” para que sua autenticidade e integralidade sejam atestadas. Ela sustenta que isso impede seu uso como evidência a corroborar a suspeição de Moro, e acrescenta que várias autoridades foram vítimas de ataques de hackers nos últimos meses. “Pelo exposto, os fatos alegados pelo impetrante não conduzem, diante da fundada dúvida jurídica sobre eles até este momento processual, à procedência do pedido de suspeição. Parecer pelo indeferimento deste pedido”, encerra ela.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/06


2019

Prefeitura de Gravatá monta “Arraiá do Cidadão”

Para oferecer descontos e prestar orientações aos turistas e gravataenses que são proprietários de imóveis no município, ou que estão em processo de compra e venda e que precisam regularizar os pagamentos do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis – (ITBI) e do Imposto Predial e Territorial Urbano – (IPTU), a Prefeitura de Gravatá montou o Arraiá do Cidadão, um espaço instalado na Av. Duarte Coelho, no Polo Moveleiro, no prédio do antigo Polo Gourmet, para atender a todos os interessados em se regularizar e aproveitar os descontos e as facilidades. O espaço funcionará das 9h às 17h, da sexta-feira (21), até a segunda (24).

Quem visitar o local vai poder fazer uma consulta com a equipe da Secretaria de Finanças do município, para aproveitar os descontos de 33% no ITBI e de até 100% de juros e multas de IPTU, ISS e taxa de alvará. O contribuinte poderá ainda tirar suas dúvidas sobre os valores, emitir suas guias e negociar as formas de pagamento.

“Realmente essa é uma oportunidade imperdível para regularizar seu imóvel. Aproveita que está aqui na cidade durante esse feriado, vem curtir o polo moveleiro, conhecer o nosso artesanato, o clima e, claro, aproveitar pra dar uma passadinha no arraiá e ficar em dia com a cidade,” falou Fernanda Pérez, secretária de Comunicação e Imprensa do município.

“Esse espaço instalado será muito importante para atender bem o contribuinte que deseja estar quite com o município e aproveitar os descontos e as facilidades de pagamento que estamos oferecendo,” afirmou o prefeito Joaquim Neto.

Além disso, o Arraiá do Cidadão contará com uma estrutura da Secretaria de Saúde, que estará distribuindo preservativos e oferecendo aferição de pressão, por exemplo. A Secretaria de Assistência Social e Juventude também montou um espaço de recreação para a criançada que estiver acompanhada pelos responsáveis durante a visita no local. Quem passar por lá também, poderá prestigiar os artistas locais que estarão tocando um forró pé de serra, que prometem animar a quem chegar. Informações sobre as atrações da programação de São João também serão dadas no espaço.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores