ArcoVerde

08/11


2018

Antônio Campos vai a Moro pedir investigação

O irmão do ex-governador Eduardo Campos, Antônio Campos, irá pedir à procuradora Geral da República, Raquel Dodge, e ao futuro ministro da Justiça, juiz Sérgio Moro, a reabertura do inquérito que investiga a morte do ex-governador e outras seis pessoas em 13 de agosto de 2014.

O jurista Antônio Campos defende a possibilidade de ter ocorrido sabotagem  no avião que levava Eduardo Campos. O relatório da Polícia Federal apresentado em agosto deste ano descarta a motivação criminosa na aeronave.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Quem mandou matar Eduardo Campos? Será que foi o mesmo que mandou matar Celso Daniel?


Asfaltos

Confira os últimos posts



12/02


2019

Deputado busca preservar direitos e patrimônio público

O deputado federal Danilo Cabral (PSB) protocolou um “pacote"de emendas a três medidas provisórias apresentadas pelo governo federal que tramitam no Congresso Nacional. Dois textos foram editados ainda no governo do ex-presidente Michel Temer, um que trata sobre o saneamento básico e outro que cria o Conselho Diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados. Do governo Jair Bolsonaro, o parlamentar propõe mudanças na MP 871, que estabelece novas regras na concessão de alguns tipos de benefícios, bem como a revisão daqueles que existe suspeita de irregularidades.

“A MP 871 praticamente inviabiliza o acesso da maioria dos agricultores familiares e dos pescadores artesanais à Previdência. Por isso, procuramos apresentar emendas que mantenham o atual modelo no que tange aos trabalhadores rurais”, justifica Danilo Cabral. Ele sugeriu, por exemplo, suprimir do texto a exclusão da possibilidade das entidades sindicais de realizar o atendimento das demandas previdenciárias da população rural e dos segurados especiais. O texto da MP determina que apenas as instituições financeiras possam firmar convênios com as administrações municipais, estaduais e federal para realizar esses atendimentos. 

Além disso, a MP estabelece que será preciso que o segurado atualize os dados anualmente e que, caso não o faça dentro do prazo determinado, o ano anterior laborado só será computado se o segurado comprovar o recolhimento da contribuição com base na venda da produção. “Essa medida provocará impactos severos na população rural, como aumento da pobreza, retirada de recursos que circulam nos municípios, êxodo rural”, critica o deputado. 

Ainda sobre a MP 871, Danilo Cabral pede modificações em relação à perda de qualidade do segurado, às novas regras de revisão do benefício e ao prazo para o requerimento do salário-maternidade. 

A maioria das alterações propostas pelo deputado são relacionadas à Medida Provisória 868/118, que reforma o marco legal do saneamento básico no país. Para Danilo Cabral, que coleta assinaturas para a recriação da Frente Parlamentar em Defesa do Saneamento Básico Público, a MP é inconstitucional e lesiva ao patrimônio público. Uma das proposições elaboradas pelo parlamentar estabelece que os reajustes de tarifas decorrentes da prestação de serviços de saneamento básico sejam realizados uma única vez ao ano e submetidos à consulta pública. 

“É uma forma de estabelecer uma periodicidade e de permitir que o consumidor se organize. A população está sufocada com os aumentos das tarifas, como a de energia e dos combustíveis, não se pode criar novas tarifas ou gerar reajustes que arrochem cada vez mais o bolso da população”, afirma Danilo Cabral. O deputado é autor de dois projetos de lei semelhantes a esta emenda, que tratam sobre as correções nos preços do gás e da gasolina. 

Outra emenda à MP 868 solicita a supressão de um artigo que valoriza a iniciativa privada em detrimento das empresas públicas, uma vez que as primeiras poderão se concentrar em ter somente a concessão dos grandes e mais rentáveis municípios, deixando os pequenos e menos rentáveis para os estados. "Este tipo de condição reduz as chances de realização de investimentos nos municípios mais necessitados, considerando que, quando uma mesma empresa é detentora das concessões, o lucro aferido nos grandes municípios viabiliza o investimento nos municípios menores", defende Danilo.

O deputado também pede a exclusão do artigo que visa a criação de condições para a privatização das empresas estaduais de saneamento básico, uma vez que essas não dispõem de ativos para venda. Além disso, ele pede o reconhecimento dos quilombolas, que não estão sendo tratados no texto da medida.

Por fim, Danilo Cabral protocolou duas emendas relacionadas à criação do Conselho Diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados. Elas tratam sobre o consentimento para o tratamento de dados pessoais.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/02


2019

Corpo de Boechat será cremado às 14 h em Itapecirica-SP

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Familiares e amigos chegam ao Museu da Imagem e do Som-MIS para o velório do jornalista Ricardo Boechat 

Cerimônia de cremação será, na tarde desta terça-feira, reservada a pessoas próximas ao jornalista

Flávio Freire – O Globo

O corpo do jornalista Ricardo Boechat será cremado às 14h no cemitério Horto da Paz, em itapecerica da Serra, em cerimônia restrita a familiares e amigos próximos.

Numa cerimônia acompanhada por familiares, colegas de trabalho e admiradores, o corpo do jornalista Ricardo Boechat começou a ser velado às 23h30 no Museu da Imagem e do Som (MIS), no Jardim Europa, em São Paulo. A esposa de Boechat, Veruska Seibel, e as filhas chegaram ao local logo depois de liberado o corpo pelo Instituto médico legal (IML). O velório aconteceria durante toda a madrugada e se estende até início 

O jornalista Ricardo Boechat estava no helicóptero pilotado por Ronaldo Quattrucci quando a aeronave caiu, no início da tarde desta segunda-feira, próximo ao rodoanel na Rodovia Anhanguera.  A aeronave ainda colidiu com um caminhão que passava pelo local e explodiu. 

Segundo testemunhas, um homem que estava no helicóptero chegou a pular do equipamento pouco antes da explosão.  Segundo a polícia, pela localização dos corpos, foi Boechat que pulou do helicóptero.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/02


2019

Mourão é aconselhado a demonstrar fidelidade

O vice-presidente Hamilton Mourão procurou aconselhamento sobre como se proteger do grupo liderado pelo núcleo familiar do governo e turbinado pelos diplomatas ideológicos, todos descontentes com seu protagonismo neste início de mandato.

O general sabe da influência dos enciumados sobre Jair Bolsonaro e busca evitar uma trombada com o Planalto.

A recomendação dos assessores foi para Mourão dar sequência a posicionamentos sutis que denotem fidelidade.

Nas redes sociais, o vice tem compartilhado publicações de Bolsonaro.

O general Mourão cogitou falar sobre o assunto publicamente. Mas, ao menos por enquanto, foi demovido da ideia.

O tiro pode sair pela culatra, na linguagem do quartel.  (Coluna do Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/02


2019

Juíza que condenou Lula: sentença foi copiada de Moro de 2017

No recurso contra a condenação do ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia (SP), a defesa do petista vai apontar similaridades na redação da sentença proferida por Gabriela Hardt com a redigida pelo então juiz Sergio Moro no do tríplex.

Os advogados de Lula identificaram que Hardt alterou a ordem de trechos, mas utilizou frases e expressões idênticas àquelas utilizadas pelo hoje ministro.

Na parte em que trata da dosimetria da pena, um parágrafo inteiro é idêntico ao escrito por Moro em 2017. (Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/02


2019

Raquel pressionada: querem aumento de salário. Quem não quer?

Integrantes do MPF que pressionam a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a ampliar pagamentos à categoria para igualar seus salários aos de juízes não descartam convocar o Colégio de Procuradores, que reúne todos os 1.100 membros da classe, para tratar do assunto.

A ameaça de chamado ao colegiado vem após quadros da Procuradoria anunciarem que poderiam renunciar a cargos em grupos de trabalho como protesto.

Realizada pela última vez em 2013, a reunião com todos os integrantes da carreira aconteceria entre 11 e 15 de março. (FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/02


2019

Igreja de esquerda: apelar para governo italiano é perder tempo

Quem conhece os meandros da diplomacia da Igreja Católica diz que a simples menção a uma tentativa de fazer o governo italiano interferir na programação de eventos do Vaticano, como o Sínodo da Amazônia, tende a surtir efeito contrário ao pretendido.

O jornal O Estado de S. Paulo noticiou que o governo brasileiro monitora com preocupação a organização do Sínodo e que pediria ajuda à Itália para travar a exploração de temas da Igreja que considera ligados à esquerda. (Painel) 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/02


2019

Sob ataque, líder do governo corre a militares que atuam no Planalto

Daniela Lima - Painel - Folha de S.Paulo

O equilibrista -  Alvo de uma saraivada de críticas dentro do próprio partido e também em siglas alinhadas a Jair Bolsonaro, o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), buscou guarida entre militares de alta patente que compõem o Planalto. No fim de semana, Hugo falou com o vice-presidente Hamilton Mourão e com o chefe do GSI, ministro Augusto Heleno. Ele também sondou, por meio de interlocutores diretos, se o presidente seguia confiante de mantê-lo no posto. Recebeu sinal verde.

Hugo ainda trabalha para minimizar o desconforto de uma ala da Casa Civil com seu nome. Para afinar os canais, almoçou com o titular da pasta, Onyx Lorenzoni, e com o secretário de Governo, general Santos Cruz. 

O líder da gestão Bolsonaro busca formas de  agilizar a resolução de demandas de parlamentares da base. O Planalto planeja dar publicidade à nomeação de indicados por políticos. A medida pode destravar a ocupação de postos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bm4 Marketing 2

12/02


2019

Receita Federal recua e diz não haver provas contra Gilmar

Fisco diz saber quem pode ter vazado

“Não há procedimento de fiscalização em desfavor dos contribuintes citados”, diz a nota.

Do site 360 graus

A Receita Federal emitiu nota nesta 2ª feira (11.fev.2019) em que nega haver provas contra o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes e a mulher do magistrado, Guiomar Mendes.

A investigação dos auditores da Receita Federal foi revelada pela revista Veja na 6ª feira (8.fev). Após a publicação da reportagem, Gilmar Mendes enviou ofício ao presidente do STF, Dias Toffoli, alegando “abuso de poder” e pedindo providências sobre eventual ato ilícito.

O documento da Receita Federal que é alvo da corregedoria do Fisco diz que Guiomar Feitosa Mendes recebeu valores de distribuição de lucros e dividendos de 1 escritório de advocacia –não identificado– nos anos de 2014 e 2015, segundo a Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física.

Não teria tido a devida correspondência na Escrituração Contábil Fiscal do estabelecimento, e seria necessário, portanto, apurar se houve de fato a prestação de serviços por Guiomar, já que ela teria recebido parte dos lucros.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/02


2019

Documento único para todos vai sair logo

Documento único deve ser aprovado por Jair Bolsonaro em breve; veja como funciona

Do InfoMoney

O documento único, que propõe o uso do CPF como uma espécie de número geral para o cidadão, está perto de ser aprovado. O presidente Jair Bolsonaro vai assinar o decreto que autoriza a utilização do documento muito em breve.

A proposta foi elaborada pelo Ministério da Economia e pela Controladoria-Geral da União (CGU) e passa por ajustes finais no Palácio do Planalto. 

"O objetivo é o Governo enxergar o cidadão com um único cadastro. Todos os sistemas de atendimento terão campo de CPF. É o único número que o cidadão precisará decorar. Hoje se você vai ao Detran sem o número da sua CNH você não é atendido, com o documento único será possível", disse o Secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Salin Monteiro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/02


2019

PEC da Lava Toga arquivada, volta a da Bengala

Após a CPI da “Lava Toga” ser arquivada, deputados planejam “atacar” em uma nova frente os ministros do Supremo Tribunal Federal. A deputada Bia Kicis está colhendo assinaturas para a PEC que revogaria a PEC da Bengala e forçaria os ministros do STF a se aposentarem novamente aos 70 anos.

A proposta já havia sido ventilada pelos parlamentares ligados ao governo no final do ano passado. Hoje os ministros se aposentam aos 75 anos. Caso passe, o presidente Jair Bolsonaro nomearia quatro magistrados na Suprema Corte, contra apenas dois previstos na regra atual.

Ricardo Lewandowski, Rosa Weber (ambos com 70 anos) seriam aposentados automaticamente.  (Estadão – BR 18)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


12/02


2019

Reforma da Previdência economizará R$ 1 trilhão para o Brasil

Em cinco meses reforma sai, diz ministro Paulo Guedes a jornal britânico

O ministro da Economia, Paulo Guedes, reforçou nesta segunda-feira (11), em entrevista concedida ao jornal Financial Times, que a reforma da Previdência a ser apresentada pelo governo Jair Bolsonaro ao Congresso pretende economizar R$ 1 trilhão em 10 anos.

A reforma, segundo Guedes, deve ser aprovada "dentro de cinco meses". De acordo com o ministro, a versão final da reforma da Previdência chegará ao Congresso "assim que o presidente se levantar da cama".

Além da alteração na legislação previdenciária, o ministro sinalizou que pretende realizar uma reforma tributária e liderar um programa de privatização. "Estamos indo na direção de uma economia voltada para o mercado", afirmou Guedes para o Financial Times.

O jornal lista uma série de desafios para Paulo Guedes. Segundo a publicação, o ministro terá de lidar com um grande déficit fiscal, aumento da dívida pública, 12 milhões de desempregados, além de liderar uma economia de baixa produtividade e que apresenta uma recuperação econômica "anêmica".

“No entanto, as contas externas estão amplamente equilibradas e as reservas externas estão em US$ 377 bilhões”, disse o Financial Times.  (G1)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/02


2019

Romero Sales Filho assume titularidade em três comissões na Alepe

O deputado estadual Romero Sales Filho (PTB), eleito para o seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa de Pernambuco, será membro titular das Comissões de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Administração Púbica e de Meio Ambiente. Como suplente, o parlamentar também fará parte do colegiado de Constituição Legislação e Justiça. Instaladas hoje, as Comissões voltam às atividades ainda esta semana.

“Retomar o caminho do crescimento é nosso desafio. E para isso precisamos ter os olhos voltados para o turismo, para o empreendedorismo, para a educação, qualificação profissional e para a interiorização do desenvolvimento. Através das Comissões, poderemos ampliar a nossa atuação e garantir a mudança na vida dos pernambucanos”, disse.

Romero Filho integrará ainda a Comissão Especial de Acompanhamento às Barragens e a Frente Parlamentar em Defesa da Família, da Vida e Políticas Sobre Drogas. Mesmo sendo iniciante na Casa, Romero garantiu posições importantes que ajudarão a fortalecer a atuação parlamentar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/02


2019

CPI de Brumadinho no Senado

Se a CPI da “Lava Toga” foi arquivado hoje no Senado, outra comissão parlamentar de inquérito terá desfecho oposto. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), admitiu que a CPI para investigar a tragédia do rompimento da barragem de Brumadinho deverá ser instalada na Casa nos próximos dias.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/02


2019

Festa da posse em Garanhuns: Deputado culpa PM por incidentes de violência

O deputado federal Fernando Rodolfo (PR) responsabilizou o 9ª batalhão da Polícia Militar de Pernambuco pelos atos de violência e vandalismo registrados depois da festa em comemoração a eleição do próprio parlamentar, na última sexta-feira.

O deputado disse, em entrevista ao programa Frente a Frente, da Rede Nordeste de Rádio, que o evento contou com a participação de 20 mil pessoas na Praça Cultural Mestre Dominguinhos. Ainda de acordo com o parlamentar, o número de policiais envolvidos na segurança da festa foi insuficiente.

“A festa aconteceu de forma ordeira e tranquila. Quando acabou o evento tomei conhecimento dos fatos isolados de violência promovido por grupos de jovens rivais. Seguimos todos os trâmites mandando ofício para polícia militar solicitando segurança. Assim como a sociedade de Garanhuns eu aguardo respostas para o que aconteceu. A polícia civil também precisa investigar e punir os integrantes da confusão”, concluiu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Pronto Assinei mortadela, agora são 47.071.

Fernandes

Cassação de Flávio Bolsonaro. O Brasil pede justiça e ética. 47.070 pessoas já assinaram. Ajude a chegar a 50,000.



11/02


2019

Diogo Moraes tomará posse amanhã na Alepe

Amanhã, o deputado estadual Diogo Moraes (PSB), reeleito para seu terceiro mandato, toma posse na Assembleia Legislativa de Pernambuco, às 14h30, durante sessão plenária. Em seguida, o parlamentar retornará a São Paulo para finalizar seu tratamento. A expectativa é que a partir de março, Diogo Moraes tenha alta em definitivo para prosseguir com sua atividade parlamentar.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Mortadela deixa de ser Mobral. 50.000 é assim, não tem vírgula. Será que essa Lista foi redigida por Dilma Jumenta?

Fernandes

Cassação de Flávio Bolsonaro. O Brasil pede justiça e ética. 47.070 pessoas já assinaram. Ajude a chegar a 50,000.



11/02


2019

Diretores da Band estão na casa de Boechat para amparar família

O jornalista Ricardo Boechat, morto em acidente aéreo, hoje, na rodovia Anhanguera, em São Paulo, deixou seis filhos: Beatriz, 43 anos, Rafael, 39, Paula, 38, Patrícia, 30, Valentina, 14, e Catarina, 11. No jornal e na rádio, ele se referia aos filhos pelo termo carinhoso de “minhas crianças”.

As duas filhas menores não sabiam da tragédia noticiada por estarem no colégio, então alguns parentes foram pegá-las no começo da tarde para não soubessem por terceiros.

Boechat era casado com a também jornalista Veruska Seibel. Amigos e diretores da Band já estão na casa dela neste momento, para dar amparo e consolo.

Veruska é natural do Espírito Santo, onde começou a carreira trabalhando como colunista social. Foi em Vitória que o casal e filhas passaram o Natal e, depois, seguiram para férias nos Estados Unidos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


11/02


2019

Faccioli fala sobre a morte do amigo Boechat

Em entrevista exclusiva ao programa Frente a Frente, pela Rede Nordeste de Rádio, o apresentador Luciano Faccioli fala da sua relação com o jornalista Ricardo Boechat.

De São Paulo, Faccioli vai trazer alguns detalhes sobre a queda do helicóptero que terminou com a morte do comunicador, do piloto e do co-polito da aeronave.

A partir de hoje, o apresentador Luciano Faccioli fará parte da equipe de comentaristas do Frente a Frente repercutindo assuntos da política nacional. O programa vai ao ar das 18h às 19h na Rede Nordeste de Rádio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores