ArcoVerde

08/11


2018

PE confirma 4,9 mil casos de dengue

Pernambuco registrou um aumento de 22,8% das notificações de dengue, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado. Dentre 19.748 casos suspeitos, do dia 31 de dezembro de 2017 até o último sábado, foram confirmados 4.946 casos da doença e descartados 8.080. Os outros seguem em investigação. Em relação à chikungunya, houve 496 confirmações de casos da doença em Pernambuco, 42,2% a mais do que em 2017.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Como se chama o povo que vota contra os seus próprios direitos trabalhistas e previdenciários?

Fernandes

O ministro do presibosta, roubou mas pediu desculpas. Disse Sérgio Moro.

Fernandes

Daqui 30 anos vão dizer que o PT quebrou o Brasil..... Mas o PT ajudou a quebrar os estados unidos ao não permitir a implantação da Alca...

Fernandes

Engraçado, né? Dizem que o PT quebrou o país... Mas pra dar aumento pro STF não está quebrado não, né?

Fernandes

PARA VOCÊ QUE TRABALHA COM CARTEIRA ASSINADA, E VOTOU NO COISO . QUANDO TEU PATRÃO TE FERRAR PROCURE O TEU BISPO MAIS PERTO


Asfaltos

Confira os últimos posts



16/11


2018

Cartório de Paudalho recebe o troféu Ouro na premiação nacional de qualidade

O Cartório Machado Campos – Notas de Paudalho recebeu, na noite da última quarta-feira, na cidade de São Paulo (SP), o Troféu Ouro na premiação nacional dos Cartórios Brasileiros, promovida pela Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR) em parceria com a Corregedoria Nacional de Justiça, órgão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
 
O Prêmio de Qualidade Total da Anoreg/BR (PQTA), instituído em 2005, objetiva auditar e premiar os Cartórios do País, que atendam aos requisitos de excelência e qualidade na gestão organizacional de suas unidades e na prestação de serviços aos usuários, sendo avaliados por uma auditoria externa independente, sob a responsabilidade do grupo português APCER Brasil.
 
“Acredito que a conquista desta premiação representa o esforço do Cartório e equipe em se modernizar cada vez mais, atingindo excelência na prestação deste serviço público que é essencial para a garantia da cidadania, da segurança jurídica dos negócios pessoais e patrimoniais das pessoas físicas ou jurídicas, assim como para a prevenção de litígios”, disse Mônica Campos, titular do Cartório de Notas de Paudalho.
 
A 14º edição do Prêmio de Qualidade Total Anoreg/BR teve recorde no número de inscritos: 201 cartórios de 24 Estados brasileiros, além do Distrito Federal, participaram do certame de 2018 – um aumento de 55% com relação ao a 2017. No comparativo entre as últimas sete edições, os números são ainda mais gratificantes: de 2012 a 2018 houve um crescimento de mais de 300% no número de inscritos: de 43 para 201 cartórios.
 
“Estes números comprovam que os cartórios e tabelionatos brasileiros estão cada vez mais preocupados e empenhados em realizar uma gestão de qualidade para que o usuário dos serviços esteja satisfeito. E isso demonstra o comprometimento da classe notarial e registral com os anseios da sociedade, das nossas instituições de classe e até do Poder Judiciário, já que estamos contando com o apoio direto da Corregedoria Nacional de Justiça”, afirma a diretora de qualidade da Anoreg/BR e coordenadora do PQTA, Maria Aparecida Bianchin Pacheco.
 
O certame deste ano contou pela segunda vez com o apoio oficial do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “O PQTA se mostrou uma ótima ferramenta de incentivo à melhoria do serviço extrajudicial. Constatamos no ano passado que a proposta é séria, independente e segura. E como é realizada uma auditoria externa, os resultados são legítimos. Também constatamos no último PQTA que há uma melhoria no serviço extrajudicial e os delegatários se sentem prestigiados quando o esforço realizado para prestar um serviço de qualidade é reconhecido. Diante disso, tratando-se de uma experiência que deu certo, não há como não apoiar e fomentar tal iniciativa”, afirmou o juiz auxiliar da presidência do Conselho Nacional de Justiça, Márcio Evangelista.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/11


2018

Porque Bruno Baptista

Por Leonardo Accioly*
 
A OAB sempre se notabilizou pelo protagonismo nas grandes causas de nossa sociedade. Uma entidade a quem competiria, seguindo a lógica dos outros órgãos de classe, apenas a regulação da profissão e a representação corporativa dos seus associados, por mandamento constitucional e por sua história de luta pelas liberdades públicas, torna-se, indubitavelmente, um ente importante para a manutenção da democracia em nosso País e para guarda da ordem constitucional.

Dito isso, cresce nossa responsabilidade em escolher dirigentes de classe que saibam na exata medida, o balanceamento de tais funções institucionais e que possam continuar a fazer com que a OAB esteja sempre à frente das grandes causas de nossa sociedade.

Também hoje a OAB deve prestar serviços a seus associados, ainda mais levando-se em conta a imensa precarização de nossa profissão pelo grande número de advogados no mercado de trabalho.  Deve reduzir o impacto do pagamento da anuidade com o oferecimento de alternativas, como o “Anuidade zero”, que se tornou exemplo para todo o sistema OAB.

Mas, em um momento que a sociedade clama por transparência, precisamos também ter uma OAB eficiente, proba. Uma OAB que não tema ser submetida a protocolos de controle e que devido à sua natureza pública submeta os diretores, servidores e conselheiros a normas de compliance e governança corporativa, mesmo estes apenas exercendo funções honoríficas, sem qualquer remuneração.

Precisamos de uma OAB que também puna com rigor as infrações ético-disciplinares de seus associados, pois apenas desta forma nos legitimaremos a cobrar a mesma atitude dos órgãos de correição do Judiciário, MP e do Executivo.

A OAB precisa zelar pelas prerrogativas dos seus advogados, por sua independência, inviolabilidade e essencialidade. Tais caracteres, longe de serem um privilégio, na verdade se constituem como uma garantia da democracia brasileira, que protege, de forma canina, no âmbito constitucional, o sagrado direito de defesa do cidadão. Dar ao advogado liberdade e independência significa garantir ao seu constituinte uma defesa igualmente livre da ingerência do poder arbitrário de qualquer autoridade.

Nestes últimos três anos, tivemos uma OAB Pernambuco sob a batuta do presidente Ronnie Duarte, protagonista, equilibrada, prestadora de serviços, eficiente, proba, transparente, com um Tribunal de ética funcionando e que garantiu a defesa eficiente das prerrogativas de nossa classe.

Para dar sequência a isso tudo o candidato deste vitorioso grupo é o advogado Bruno Batista, que uniu nossa entidade e que representa a síntese de tudo que se espera de um dirigente de Ordem. Nosso candidato possui uma trajetória competente em várias funções dentro do sistema OAB e tem um histórico profissional marcado pela competência e seriedade. Possui o equilíbrio e a firmeza para estar à frente das grandes demandas e às quais a OAB será chamada a protagonizar. Bruno possui inegável liderança na classe, a ponto de ser aclamado como candidato em chapa única.

Então, para a Ordem continuar avançando vamos, dia 19, votar em Bruno Batista, porque o trabalho não pode parar.

*Vice-presidente e candidato a conselheiro federal da OAB


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/11


2018

Bolsonaro cometeu estelionato eleitoral, acusa Humberto

O plano do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), de aprovar a reforma da Previdência ainda este ano configura, na avaliação do líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), um grande estelionato eleitoral. Segundo o parlamentar, em nenhum momento durante a campanha presidencial, Bolsonaro disse aos brasileiros que queria a aprovação da tão criticada reforma do sistema previdenciário proposta por Temer. 

Além disso, o senador afirmou, hoje, que tanto Temer quanto o presidente eleito querem, agora, jogar a conta do desequilíbrio das contas públicas nas costas dos servidores, ao tratarem de adiar reajustes já previstos em lei para 2019 e proporem igualdade de salários de funcionários públicos com trabalhadores do setor privado.

“Como já alertamos diversas vezes: Temer é Bolsonaro e Bolsonaro é Temer. Juntos, eles elegem muitos inimigos em comum para abafar a própria incompetência: os imigrantes, os pobres e, agora, os servidores públicos, a quem resolveram culpar pelos problemas do país”, declarou Humberto. 

Reeleito para mais um mandato no Senado, ele disse que vai trabalhar para rejeitar qualquer tentativa de reforma ainda este ano e para que o debate sobre o tema seja realizado intensamente, com toda a sociedade, a partir de 2019. O senador entende que não dá para colocar a conta da crise nos trabalhadores do Estado e do setor privado que irão se aposentar. 

“Não permitiremos que esse grande estelionato eleitoral seja realizado. Na campanha, Bolsonaro não disse nada. Agora, quer aprovar a reforma de Temer, aumentando a idade mínima inclusive a trabalhadores rurais e tentando incluir novos modelos de capitalização que deram errado em todos os países do mundo que o fizeram”, disse. 

Para o líder da Oposição, os eleitores não foram informados pelo então candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro da intenção de aprovar mudanças na reforma da Previdência propostas pelo atual governo. "Isso é um grande estelionato eleitoral. Ele enganou todo o eleitorado", disparou Humberto.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Não desmerecendo os nossos Médicos, mas se tivessem estudado em Cuba, realmente seriam MÉDICOS, não ostentadores de status.

marcos

Humberto Vampiro, pense num Corrupto!

Fernandes

Bolsonaro encerra coletiva ao ser questionado sobre saída de Cuba do Mais Médicos.

Fernandes

Cagada é sinônimo de bolsonaro

Fernandes

Bolsonaro é uma carniça.



16/11


2018

Equilíbrio financeiro do Jaboatão recebe nota A

O município do Jaboatão dos Guararapes recebeu nota máxima nos indicadores econômico-financeiros que compõem a análise da capacidade pagamento (chamada Capag), ficando com a classificação A, conforme divulgado esta semana no site www.tesourotransparente.gov.br.

Esse resultado mostra que a gestão do prefeito Anderson Ferreira vem zelando pelas finanças municipais e ratifica a transparência e seriedade como são tratadas as despesas do município. É o cumprimento da Regra de Ouro que não permite o endividamento irresponsável comprometendo a governança republicana. No País, apenas três capitais e o estado do Espírito Santo receberam a mesma nota. Pernambuco e o Recife ficaram com nota C.

“Desde o início da gestão, colocamos como meta o equilíbrio das nossas finanças, investindo no que for prioridade e só gastando dentro do limite das condições do município. Isso mostra a seriedade como estamos gerindo Jaboatão, com a aplicação dos recursos de forma correta e eficaz”, ressalta o prefeito Anderson Ferreira.

Além de apontar o equilíbrio financeiro, a Capag serve de referência para a União, estados, Distrito Federal e municípios no momento de contrair empréstimos, tanto junto a instituições nacionais quanto internacionais. “Essa nota A coloca Jaboatão como um bom credor. É pré-requisito para obter mais facilmente o aval para contratação de operações de crédito, inclusive com juros mais baixos. E isso só é possível se as finanças estiverem em dia”, destacou o prefeito.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/11


2018

Frente anticorrupção

Deputados e senadores de vários partidos articulam a criação de uma frente parlamentar anticorrupção no Congresso para debater o pacote de medidas que deve ser encaminhado ao Legislativo pelo juiz Sérgio Moro já no início do governo, informa a Folha de São Paulo.

A intenção declarada é dar suporte e agilizar a tramitação das medidas, mas a intenção velada é dividir os holofotes com Moro e não deixar que ele colha sozinho os louros do tema.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Um Médico Cubano jamais receberá um salário digno, pois o governo Comunista come 70%. Você acha isso certo?

Fernandes

O capitalismo jamais conseguirá entender um médico Cubano, por isso estão sendo expulsos do Brasil.

marcos

Lugar de Corrupto é na cadeia.



16/11


2018

É desumano dar aos mais pobres atendimento sem garantia, diz Bolsonaro

O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou, hoje, que é "injusto" e "desumano" destinar aos mais pobres o atendimento médico por parte de profissionais cubanos "sem qualquer garantia" de qualidade.

A declaração foi dada após café da manhã entre Bolsonaro e o comandante da Marinha, o almirante de esquadra Eduardo Bacelar Leal Ferreira, no Comando do Primeiro Distrito Naval, no Centro do Rio.

Para o presidente eleito, o governo brasileiro não tem comprovação de que os profissionais de saúde enviados por Cuba sejam competentes e, por isso, voltou a defender que eles deveriam passar por uma prova para revalidar o diploma e atuar no Brasil.

Na última quarta, o governo de Cuba informou que decidiu sair do Mais Médicos e atribuiu a decisão a "declarações ameaçadoras e depreciativas" de Bolsonaro. O presidente eleito afirma que Cuba não quis aceitar condições para continuar no programa.

"Eu nunca vi uma autoridade no Brasil dizer que foi assistida por um médico cubano. Será que nós devemos destinar aos mais pobres profissionais, entre aspas, sem qualquer garantia? Isso é injusto. Isso é desumano", disse Bolsonaro.

"Não queremos isso para ninguém, muito menos para os mais pobres. Queremos salário integral e o direito de fazer a família para cá. Isso é pedir muito? Isso está em nossas leis", complementou.

Segundo o presidente eleito, a forma como a contratação dos médicos cubanos foi feita é "situação de prática de escravidão" porque, de acordo com Bolsonaro, o governo cubano impede que a família dos médicos os acompanhe durante o período em que eles estão no Brasil.

"Vamos falar em direitos humanos? Quem diria, não é? Tanta crítica eu sofri aqui... talvez a senhora [dirigindo-se a uma jornalista] seja mãe. Imaginou ficar longe dos seus filhos por um ano? É a situação de prática de escravidão que estão sendo submetidos os médicos e as médicas cubanos no Brasil. Imaginou confiscar da senhora 70% do seu salário?", criticou o presidente eleito.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Esse nosso Presidente é um Mito.

Fernandes

Próximo passo: Fim do SUS!

Fernandes

MESMO NÓS, PETISTAS, SOMOS OBRIGADOS A CONCORDAR QUE UMA COISA BOLSONARO TEM MAIS QUE HADDAD. TEM MAIS É QUE SE FODER!!!!! KKKKK

Fernandes

As críticas infundadas do Bolsonáro aos médicos cubanos mostra que ele não conhece a realidade do povo brasileiro!

Fernandes

Carniça.



16/11


2018

Governo renova projeto de incentivo ao pequeno produtor de etanol

Na próxima semana, o plenário da Assembleia Legislativa do Estado já poderá votar um Projeto de Lei (PL 2097/18) do governo Paulo Camara enviado em regime de urgência há poucos dias. O PL, dentre os temas diversos, renova por mais três anos o crédito presumido do ICMS sobre o etanol produzido por cooperativas de agricultores pernambucanos. A proposta visa dar estabilidade aos cooperativados para que continuem competitivos no mercado de etanol depois de seus investimentos privados aplicados para a reativação e na reestruturação de usinas já fechadas por algum tempo, retomando o ciclo de emprego e renda na Zona da Mata.
 
Uma das cooperativas de agricultores que pode continuar sendo beneficiada com o projeto é a Cooperativa do Agronegócio dos Fornecedores de Cana (Coaf) na cidade de Timbaúba. Ela é responsável por arrendar e reativar a antiga usina Cruangi desde o ano de 2015, hoje rebatizada de Coaf. A ação tem garantido 3,7 mil postos de trabalho no campo e no parque fabril.  Outra cooperativa beneficiada é a do Agronegócio da Cana (Agrocan), na cidade de Joaquim Nabuco, na Zona da Mata Sul. Juntas, as duas cooperativas empregam mais de oito mil trabalhadores entre campo e a fábrica.
 
Desde a primeira safra, a produção de cana e de etanol só fazem crescer na Coaf, graças ao então projeto do governador Paulo Câmara onde tem garantido um crédito presumido de 18,5% do ICMS sobre o combustível fabricado no local. Já nas usinas não cooperativadas, o crédito é de 12%. Para esta safra, último ano de validade do referido incentivo fiscal, a Coaf prevê uma moagem de 650 mil toneladas de cana de açúcar dos 700 pequenos e médios agricultores cooperativas na Zona da Mata Norte.
 
Na safra atual, iniciada há alguns meses, a Coaf já produziu 32 milhões de litros de etanol. Além de garantir emprego e distribuição de renda com os trabalhadores e fornecedores nas cidades com vocação canavieira, a produção da usina cooperativada já gerou R$ 3 milhões só nesta safra, e mais R$ 9 milhões de ICMS nas anteriores. “Nada disso seria possível se não fosse esse projeto que o governador fez em 2015 e busca renovar até 2022”, diz Alexandre Lima, presidente da Coaf, agradecido à medida do governante que tem beneficiado toda cadeia produtiva da cana, em especial os fornecedores e trabalhadores.

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 5

16/11


2018

Armando: O NE precisa de visão integrada dos governantes

O principal desafio do Nordeste nos próximos anos é se tornar competitivo para atrair investimentos privados  para a região. É isso que o fará crescer e sair da crise fiscal e econômica que assola o país. Assim pensa o senador Armando Monteiro quando é indagado sobre o futuro do NE. 

De acordo com Monteiro, a região sofreu um processo  de regressão econômica em consequência das mudanças no ambiente externo e para mudar a situação é necessário que os governantes repensem as políticas de governo empregadas na atualidade. É preciso pensar de maneira integrada objetivando o crescimento coletivo. 

“Os governadores têm que ter uma posição convergente do que seria uma agenda renovada para a região. Alguns ainda têm a visão nostálgica do planejamento feito nos moldes da Sudene, que não se harmoniza com as novas tendências e a realidade da abertura de mercado, economia e fluxos de produção e financeira”, diz Armando. 

Em contrapartida, o parlamentar acredita que o novo Governo Federal, para prospectar um futuro promissor, terá que realizar intervenções decisivas em vários aspectos. “Se o NE não tiver investimentos públicos expressivos na área de infraestrutura, e que sejam atrativos para o mercado privado, estaremos condenados a uma defasagem que não será superada em décadas”, alertou. 

Uma alternativa seriam modelos de PPP ajustados para o Nordeste que garantam rentabilização para a investidora num curto período se comparado a outras regiões. Lembrando que o investimento  pode ser chinês, japonês, holandês, qualquer que seja ele , deverá também existir agências reguladoras que cobrem do concessionário com regras claras e bem definidas. 
 
A Transnordestina reflete isso. “É preciso um reforço regional que priorize integralmente a importância que esse modal tem para a competitividade futura da economia da região. Todo esforço é necessário agora. Precisamos encontrar um ponto comum. O Ceará está com obras adiantadas, em Pernambuco, atrasadas. Um novo concessionário que garanta a implantação de ramais de forma integradora seria a solução”, aconselha o senador.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/11


2018

Paralisação do Mais Médicos: morte precoce no Brasil

A conclusão é de um estudo desenvolvido por institutos do Brasil, Inglaterra e EUA

Mônica Bergano

A eventual paralisação do programa Mais Médicos e o congelamento dos gastos federais na atenção básica de saúde no Brasil, com o teto de gastos, podem atingir até 50 mil pessoas que, sem a assistência necessária, morreriam precocemente, antes dos 70 anos.

A conclusão é de um estudo desenvolvido pelo Instituto de Saúde Coletiva da UFBA (Universidade Federal da Bahia), pelo Imperial College, de Londres, e pela Universidade Stanford, nos EUA, que simulou cenários da saúde brasileira. 

 “A maioria desses óbitos serão nas áreas mais pobres, aquelas que hoje são cobertas pelos doutores cubanos [que pertencem ao programa Mais Médicos]”, afirma Davide Rasella, professor do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia e um dos autores do estudo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Eita mortadela cola/copia.

Fernandes

Chora não marco hétero GOY, vai pra UPA de Camaragibe.. Fazer teu toque. Novembro Azul sem o dedão Cubano

marcos

Chora não mortadela, vai pra UPA da Charneca. Fazer teu toque. Novembro Azul sem o dedão Cubano

Fernandes

Quando não tiver médico no postinho chora não faz arminha com dedinho que a dor passa ou então vá na Universal que lá fazem curas

Fernandes

Saída de médicos cubanos é tragédia humanitária dizem técnicos do Mais Médicos



16/11


2018

Um tratamento melhor do presidente

O PSL, partido de Jair Bolsonaro, está inquieto: parlamentares do partido esperavam um tratamento melhor do presidente, que até agora ignorou a legenda na composição de seu futuro ministério.

A questão divide a agremiação. Alguns deputados, campeões de votos, disseram à coluna que o descontentamento é localizado e que não é necessário contemplar o grupo com cargos para ter o seu apoio incondicional durante o governo.

O DEM, que apoiou Geraldo Alckmin (PSDB-SP) nas eleições, já foi indicado para duas pastas.

Com 52 deputados eleitos, o PSL terá a segunda maior bancada na próxima legislatura. (Mônica Bergamo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Quando não tiver médico no postinho chora não faz arminha com dedinho que a dor passa ou então vá na Universal que lá fazem curas

Fernandes

Falta médicos no SUS, nas grandes capitais. Quero ver como o mito fake irá convencer os médicos daqui atender tribos indígenas, população ribeirinha e comunidades com índice de malária lá no topo Pago pra ver o doutor que adora postar foto sorrindo no Instagram ir pra lá.

Fernandes

Carniça.

Fernandes

Bolsofake.



16/11


2018

Municípios: apelo a Cuba

Representantes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) entregarão ofício à embaixada de Cuba nesta sexta (16) com um apelo para que o país reconsidere a decisão de abandonar o programa Mais Médicos.

Secretários municipais de Saúde também planejam ir à embaixada para tentar conversar com cubanos sobre os riscos da saída imediata dos médicos.(Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Quando não tiver médico no postinho chora não faz arminha com dedinho que a dor passa ou então vá na Universal que lá fazem curas



16/11


2018

Novo chanceler e muitos padrinhos

Para integrantes da cúpula do Congresso, foi decisiva na escolha de Araújo a influência do seu sogro, o embaixador Luiz Felipe de Seixas Corrêa, secretário-geral do Itamaraty no governo FHC.

Um lobista que conheceu Araújo em sua temporada em Washington no início da década ficou surpreso ao ler o blog que ele criou durante a campanha eleitoral. Araújo nunca revelou simpatia por ideias conservadoras como as que defende ali, afirma.(FCH)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/11


2018

Brasil perde poder moderador

A escolha do embaixador Ernesto Araújo para chefiar o Itamaraty no governo Bolsonaro quebra uma tradição que sempre permitiu à diplomacia brasileira exercer papel moderador no cenário internacional, afirma o ex-ministro Celso Amorim.

Na sua avaliação, seria impossível o país deixar o sistema multilateral como Araújo sugere. “O Brasil não tem força para impor sua vontade ao mundo”, diz Amorim, que conduziu a política externa no governo Lula.(Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/11


2018

Randolfe com FHC: Tasso para presidir o Senado

À frente da articulação para formar um bloco de oposição ao próximo governo no Senado, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) se encontrou com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na segunda (12).

A ideia de Randolfe, que já iniciou conversas com o senador eleito Cid Gomes (PDT-CE), é atrair o PSDB para o grupo, que também reuniria PSB e PPS.

Uma possibilidade seria o bloco lançar Tasso Jereissati (PSDB-CE) na disputa pela presidência do Senado em fevereiro, caso Renan Calheiros (MDB-AL) seja candidato ao posto.(Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/11


2018

ACM Neto: não há chance de apoiar o novo governo

Os líderes interessados na aproximação com Bolsonaro dizem que não querem indicar nomes, mas apenas persuadir o capitão reformado da necessidade de buscar quadros com relações diversificadas, para que faça suas escolhas com isso em mente.

O presidente do DEM, ACM Neto, garantiu a integrantes de seu partido que não há chance de declarar apoio oficial ao novo governo.

Ele manterá o discurso de que os futuros ministros filiados à sigla foram escolhas pessoais de Bolsonaro.(FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


16/11


2018

Dois tuítes e um problemão

Blog de Kennedy

Em duas postagens no Twitter, estabelecendo condições para manter cubanos no programa “Mais Médicos”, Bolsonaro obteve uma dura reação de Havana. Cuba disse que não atenderá aos requisitos do futuro governo brasileiro para continuar o programa: pagamento integral aos médicos do país caribenho.

A participação cubana de quase 50% no programa “Mais Médicos” é feita pela OPAS (Organização Panamericana de Saúde) por meio de convênio no qual um quarto do pagamento vai para os profissionais e dois terços ficam com Havana. Esse acordo foi mantido no governo Temer, que tem críticas a Cuba.

Bolsonaro criou um problema que vai penalizar os mais carentes no Brasil. Os médicos cubanos normalmente vão para cidades no interior do país, mais pobres e frequentemente do Norte e Nordeste. Parte dos médicos brasileiros não gosta de trabalhar nessas localidades.

Quando se invoca ideologia, há uma via de mão dupla. O Brasil poderá se afastar de alguns países, mas algumas nações também poderão se distanciar da futura administração Bolsonaro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores