ArcoVerde

08/11


2018

Toffoli agradece pelo reajuste ao STF

Presidente do STF, ministro Dias Toffoli, agradeceu ao Congresso a aprovação do reajuste durante evento no STJ, em Brasília. “Em nome do STF, em nome de todo o poder Judiciário, eu gostaria de agradecer ao Congresso Nacional a aprovação deste projeto”, afirmou. Para entrar em vigor, o projeto depende agora da sanção do presidente da República. Até o momento, somente dois ministros, Gilmar Mendes e Dias Toffoli, que declararam à imprensa que são a favor do aumento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Luciano Hang, o Dono da Havan Que Gastou 12 Milhões nas Fake News de Bolsonaro no WhatsApp, Deve R$ 168 Milhões ao INSS!!!

marcos

Tchau queridos, acabou.

Fernandes

Nem todo ladrão é burrominion , mas todo burrominion é ladrão.

Fernandes

O presibosta: Morre o ministério do trabalho Parabéns ao trabalhador do salário minimo que gritou mito mito. eu quero e mais.

marcos

Gleisi, Humberto Bosta e Paulo Paim covardemente se escondem na hora da votação do aumento do STF. Canalhas Omissos.


Asfaltos

Confira os últimos posts



08/05


2008

Enquete do blog: Botafogo continua liderando em Carpina

O prefeito de Carpina, Manoel Botafogo(PSDB), continua liderando a enquete do blog para a sua própria sucessão na prefeitura do município. Botafogo tem, até o momento, 62,12% contra 29,55% de seu adversário Joaquim Lapa(PDT). O povo carpinense deve continuar votando, já que ainda há bastante tempo para isso. Mãos à obra, gente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

Magno próxima enquete Afogados e Serra Talhada coloca aí e tú vai ver pega fogo...

jota santana

Faltou o nome do vereador Edilson da Ambulancia(PPS),pois o mesmo sempre aparece bem em todas as pesquisas feitas em carpina.



08/05


2008

Nazaré da Mata: Capitão Arlindo ainda lidera enquete

A enquete do blog para a prefeitura de Nazaré da Mata continua, até o momento, apresentando um resultado favorável ao candidato do DEM, Capitão Arlindo, que tinha, até a manhã de hoje, 52,10% contra 28,57% do representante do PCdoB, Maurício Andrade. Vamos continuar votando povo de Nazaré, ainda há tempo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Vital Cordeiro de Arruda

Falta incluir nesta enquete Nado-PTB, que poderá também ser candidato a prefeito mais uma vez.



08/05


2008

Canetada: Mendonça e DEM multados novamente

 O pré-candidato à Prefeitura do Recife, Mendonça Filho, e seu partido, o Democratas, foram novamente condenados a pagar multa de R$ 29 mil, cada, ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por propaganda extemporânea. A denúncia foi feita pelo promotor da propaganda eleitoral do Recife, Eduardo Cajueiro, sendo acatada, ontem à noite, pelo pleno do TRE.

Os magistrados consideraram ilegal a utilização do espaço reservado para divulgação de inserções partidárias. Essa é a segunda vez em menos de 30 dias que o ex-governador e seu partido são condenados pela mesma inserção, veiculada em março. No último dia 18 de abril, Mendonça e o DEM já haviam sido condenados pelo juiz da Propaganda Eleitoral, Paulo Torres.

O coordenador jurídico da pré-campanha de Mendonça, Ramiro Becker, informou que recorrerá da decisão em até três dias, apresentando dois argumentos que, em sua ótica, a invalidam.(Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

JARBASTA

Coisa boa, viva a justiça eleitoral.



08/05


2008

Eduardo alerta prefeitos sobre conduta ética na campanha

 O governador Eduardo Campos (PSB) aproveitou a reunião com prefeitos do Sertão do Moxotó ontem, no Palácio do Campo das Princesas para alertar que não usem programas do Governo em benefícios próprios, durante a campanha eleitoral. O aviso serviu para aliados e adversários. “Eu disse a eles que compreendia que esse era um ano eleitoral, que eles iriam ter envolvimento, não só na administração, mas também no processo político.

Todavia, quanto mais se aproxima o pleito, mais fica difícil controlar os ímpetos de prefeitos sedentos pelo apoio do Governo, na campanha eleitoral. Ao término do encontro, Manoel Ferreira (PMDB), de Tupanatinga, não se conteve e, na frente da Imprensa, foi pedir a Campos que deixe de apoiar o prefeiturável do PSB, Duca Feitosa, para dar força ao seu candidato à sucessão, Manoel Tomé (PT).

Ficou muito claro que a equipe governista teve a preocupação de convocar tanto gestores da situação como da oposição, incluindo na lista legendas como o DEM e PPS. “Isso (o caráter suprapartidário) vale para todas as políticas do Estado. Esse é um padrão que o nosso Governo deve zelar e acredito que os prefeitos também saberão, nos seus municípios, fazer essas ações como ações de Estado e não de governo ou fruto de qualquer tipo de disputa”, destacou o governador. (Folha de Pernambuco)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/05


2008

Inocêncio cobra de Paulinho: "Ainda tem muito mais coisa"

 O corregedor da Câmara, Inocêncio Oliveira (PR-PE), encaminhou ontem ofício ao deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) pedindo que ele apresente defesa preliminar diante das denúncias de envolvimento com a quadrilha que fraudava empréstimos do BNDES. Para Inocêncio, dificilmente o pedetista escapará de investigação no Conselho de Ética. Ele considerou insuficientes as explicações dadas por Paulinho no plenário, anteontem, e disse que muitas coisas ainda precisam ser esclarecidas e detalhadas sobre as denúncias.

— Tenho por princípio investigar tudo, não engavetar ou arquivar nada. O que ele falou no plenário é pouco. Se o Ministério Público pediu ao procurador-geral, Antonio Fernando de Souza, que prossiga com as investigações é porque tem muito mais coisa. Pode ter sido feita uma investigação em segredo que não veio à tona — disse Inocêncio, ressaltando que quer apuração rápida e rigorosa.

O corregedor considerou as denúncias muito graves, principalmente por causa das ligações de Paulinho com pessoas já presas por suposto envolvimento no esquema. (De O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/05


2008

O novo Ricardinho

 Painel - Folha de S.Paulo 

 José Agripino (DEM-RN), que permitiu a Dilma fechar o set ao mencionar seu passado de presa política, ganhou dos colegas o apelido de ‘Ricardinho’. Nem o astro do vôlei levanta bola como o líder dos ‘demos’.

Em resumo - Nos estertores da sessão de oito horas, Demóstenes Torres (DEM-GO) sentenciou: ‘Hoje é um dia para a oposição esquecer’.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Orlando Leite Santos

Esse não foi um dia para a oposição esquecer, esse foi o momento ideal para a oposição ser esquecida para sempre.os DEMOS deven estar enDEMOniados com o senadorzinho meia pataca.

Tajmahal Cruz

O Agripino tenta copiar o rei do holofote - Artur Virgilio. Se deu mal e foi bem feito. A sua insana idéia era desmoralizar a Ministra. Faltou-lhe a necessária compustura.Merecia uma séria reprimenda da Dilma que foi cortês e muito profissional.

joao daniel neto

Resposta Dilma vai ter nas urnas José Serra vai dar uma LAPADA NA RACHADA...

Gravatá Freee

Esta mulher não é 10 é 2010. E dá-lhe Dilma! Quanto a esse Zé Agripino é um babaca dispreparado e sem argumentos. Deve ter levado o maior esporro do bando da oposição. kkkkkkkk

Gilberto Carvalho Moura

"Quem não pode com o pote, não se ajeite com a rodilha" - "Boca fechada não fala besteira nem entra mosquito" - "Não há quem cuspa prá cima que não lhe caia na cara, quem a paca cara compra, pagará a paca cara". É DILMA 2010 MOÇADA!



08/05


2008

Circo "não montado" para o PAC na Bahia irrita Lula

 Coluna de Cláudio Humberto

 

O “lançamento” das obras do PAC, hoje em Salvador, é pura encenação: nada foi licitado, nem contratado, pelo governo petista da Bahia, muito embora o governo federal tenha assegurado os recursos necessários. Na prática, as obras nem sequer chegaram ao papel. O presidente Lula ficou irritado quando soube que o governo do amigo Jaques Wagner nem sequer conseguiu fazer as licitações, por isso quase cancelou o evento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 3

08/05


2008

A absolvição de fazendeiro e a imprensa internacional

 A imprensa americana noticiou com destaque a absolvição do fazendeiro Vitalmiro Moura, o Bida. As versões online dos jornais americanos ''New York Times'', ''Washington Post'', ''USA Today'', ''Miami Herald'', ''Herald Tribune'' e ''Chicago Tribune'' reproduziam já na noite de anteontem reportagem da agência de notícias Associated Press sobre o caso. Já o ''LA Times'' usou material da agência Reuters.

A reportagem da AP explica que no Brasil existe o benefício de novo julgamento aos réus que recebem pena superior a 20 anos de prisão, e lembra que, quando Bida foi condenado no primeiro julgamento, ''grupos de direitos humanos celebraram a decisão como um indício de que poderia terminar no Brasil a impunidade dos fazendeiros acusados de assassinatos relacionados à terra''.

A absolvição do fazendeiro Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, ao enfrentar anteontem no Pará um segundo júri do caso do assassinato da missionária americana Dorothy Stang, só foi possível por causa do item do Código de Processo Penal que deve ser extinto em breve pelo Congresso, com a aprovação do projeto que reformula parte do código.

O chamado protesto por novo júri, item do artigo 607 do CPP que garante aos réus condenados a penas superiores a 20 anos o direito a um segundo julgamento, é um dos itens do projeto que foi aprovado em fevereiro de 2007 na Câmara dos Deputados. O Globo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/05


2008

BNDES: diretor liberava verbas e ia às comemorações

 Governadores, prefeitos e secretários de governos estaduais freqüentaram, nos últimos dois anos, o gabinete do diretor de Inclusão Social e de Crédito do BNDES, o petista Élvio Lima Gaspar, em busca de financiamento. Élvio, cuja carreira pública foi alçada pelo PT fluminense, é o responsável pelo contrato do banco com a prefeitura de Praia Grande (SP), que foi suspenso e está sob investigação da Polícia Federal.

Desde que assumiu a diretoria, em abril de 2006, Élvio vive intensa agenda política. Além de atender em seu gabinete, participa de solenidades de assinatura de contratos de financiamento, como ocorreu em Praia Grande. Em dezembro do ano passado, por exemplo, participou de ato no Paraná em que foram assinados 53 contratos, no valor de R$ 349,8 milhões, para atender 41 municípios.

Mesmo passando pelas mãos de mais de 30 funcionários, os financiamentos não são aprovados sem o aval do diretor. Ele não é funcionário de carreira, mesmo assim é visto nessas cerimônias falando em nome do BNDES. Essa não é uma prática recorrente na instituição, que, por ser um banco de fomento, costuma centralizar na figura do presidente a função de porta-voz. O Globo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


08/05


2008

Dilma: Agripino levantou a bola e engoliu o sapo

 José Agripino Maia (DEM-RN) passou a maior saia justa depois de provocar a ministra Dilma Roussef (Casa Civil). Durante o depoimento dela mais cedo, Agripino lembrou que a ministra já admitiu ter mentido durante a ditadura militar de 1964. Era a deixa que ela precisava para vencer as suspeitas de seu envolvimento com um dossiê e sair do Senado como heroína.

(Do blog do Noblat)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Orlando Leite Santos

Meu avô já dizia; Quem fala o que quer escuta o que não quer. Esse filhote da ditadura pensa que todos são mendiocres feito ele? Bem feito, se para ele uma totura é igual á um interrogatório legal, ele está no lugar errado.

joao daniel neto

José Serra vai dar a resposta a Dilma nas urnas UMA LAPADA NA RACHADA...

Wendell dos Santos Silva

Rousseff deu uma peiada no abestalhado do Agripino.

Garanhuense

Esses DEMonios, são um bando de inbecis.



08/05


2008

"Isto aqui não é um jogo"

 De editorial da Folha de S.Paulo

ISTO AQUI não é um jogo, disse o senador Arthur Virgílio (PSDB-AM), já no fim do depoimento da ministra Dilma Rousseff na Comissão de Infra-Estrutura do Senado. Não vinha portanto ao caso, continuou o líder oposicionista, saber quem ganhara e quem perdera, no esperado confronto entre a titular da Casa Civil e a ''banda de música'' de tucanos e demistas.

As considerações de Arthur Virgílio não deixam de ser reveladoras, mais uma vez, do efeito político que acabam tendo as convocações de figuras-chave do Executivo ao palco parlamentar. A oposição tende a acumular mais derrotas do que vitórias, seja porque não tem como colocar em debate a quantidade de informações de que dispõem os membros do governo, seja porque o despreparo estratégico e a mediocridade vigente na vida legislativa não oferecem maiores entraves à atuação dos convocados.

Na tarde de ontem, tudo começou com uma péssima idéia do senador José Agripino (DEM-RN): julgou pertinente trazer à baila uma entrevista em que a ministra contou ter mentido muito às forças da repressão.

''Eu fui barbaramente torturada, senador'', respondeu Dilma Rousseff. ''Qualquer pessoa que ousar falar a verdade para os torturadores, entrega os seus iguais. Eu me orgulho muito de ter mentido na ditadura, senador.'' A força emocional e política de uma resposta desse tipo só poderia marcar negativamente as acirradas disposições de ânimo com que a oposição iniciava seus questionamentos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

Dilma vai ter a resposta nas urnas José Serra vai dar UMA LAPADA NA RACHADA...

Ricardo Guerra

A resposta que a Dilma deu a este babão de general foi simplesmente brilhante. Cadê os comentaristas da direitona ?

josé arnaldo amaral

Filhotaço da ditadura militar, Agripino Maia, e sua burra ironia, consagrou a candidatura presidencial da mãe do PAC. Certamente o Mulá sorveu umas carvalheiras louvando o mauricinho potiguar...



07/05


2008

Desempenho de Dilma no Senado deixou Planalto eufórico

 O clima no Palácio do Planalto foi de comemoração pelo longo depoimento, nesta quarta-feira, 7, da ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, na Comissão de Infra-Estrutura do Senado. Por meio de assessores, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que "era isso o esperado".  Lula assistiu a trechos do depoimento num monitor de tevê instalado no seu gabinete, no terceiro andar. Ao longo da tarde, entre uma audiência e outra, o presidente e ministros mais diretos, como os da Comunicação Social, Franklin Martins, e de Relações Institucionais, José Múcio, viram juntos partes do debate, fazendo avaliações positivas.

Segundo fontes do Palácio, Dilma Rousseff venceu a batalha, na opinião dos três, logo no início do depoimento, quando afirmou, em resposta ao senador José Agripino (DEM-RN), "em tom ao mesmo tempo emocionado e objetivo", na visão das fontes, ser preciso mentir sob tortura para livrar companheiros da morte no auge da repressão da ditadura militar.

Na visão do Planalto, o caso do suposto dossiê que teria sido produzido na Casa Civil para atemorizar a oposição na CPI dos Cartões Corporativos, motivo que levou a oposição a obter a convocação da ministra, ficou em segundo plano, suplantado pelos dados do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

O ministro de Relações Institucionais considerou "positivo" o depoimento. "Ela se saiu bem, conforme o previsto", disse José Múcio a assessores. Nas conversas com os jornalistas, os assessores do Planalto procuravam demonstrar sobriedade e distanciamento ao analisar o depoimento, mas em alguns gabinetes era visível o clima de euforia com o desempenho da ministra da Casa Civil.(Portal Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

joao daniel neto

Resposta José Serra vai dar a Dilma nas urnas...UMA LAPADA NA RACHADA

Garanhuense

Dilma Roussef. Torturada e quase morta durante a ditadura militar em luta pela democracia. 4 décadas passadas vem os DEMonios que mamaram nas tetas dos militares e tentam de forma sarcástica brincar com a ministra. Ouviram o q não quiseram ouvir. Valeu Dilma!

Paulo Kigrer

Brasil noveleiro, este o nosso...



07/05


2008

Aécio descarta candidatura própria do PSDB em MG

 O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), descartou nesta quarta-feira a possibilidade de o PSDB lançar candidatura própria em Belo Horizonte nas eleições de outubro.

''Isso não está sendo cogitado agora. Eu acho que a chapa é essa que está colocada e vamos trabalhar para fortalecê-la'', disse. Aécio costura com o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), uma parceria na cidade em torno da candidatura de Márcio Lacerda (PSB), mas a Executiva Nacional do PT não quer a aliança.

''Alguns preferem valorizar mais ou dar mais importância ao embate político ou à vaidade pessoal ou à vitória dessa ou daquela sigla. Eu acho que nós amadurecemos suficientemente na política mineira para propor algo dessa dimensão. Essa aliança é consistente por uma única e exclusiva razão: é o que a população de Belo Horizonte quer. Ela não quer ruptura de algo que vem dando certo ao longo desses últimos seis anos'', afirmou. Da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/05


2008

Caso Dorothy prejudica imagem do Brasil, diz ministro

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, disse que a absolvição do fazendeiro Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, acusado de ser o mandante da morte da missionária Dorothy Stang, em fevereiro de 2005, no Pará, pode prejudicar a imagem do país.

Bida tinha sido condenado a 30 anos de prisão em seu primeiro julgamento. Como a pena foi superior a 20 anos, o réu teve direito a um novo julgamento. Na noite de ontem, ele foi absolvido.

- Isso (absolvição) pode transmitir não apenas ao país, mas à própria comunidade internacional, uma sensação de que os direitos básicos da pessoa não teriam sido respeitados, notadamente os da vítima - disse Celso de Mello.(JB Online)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


07/05


2008

Pedido de Loreto adia votação do caso dos delegados

 Um pedido de vistas do conselheiro Marcos Loreto adiou para a próxima quarta-feira a decisão do Tribunal de Contas sobre o concurso para delegado de polícia, ora em fase de execução por parte do Governo do Estado.

Mês passado, o TCE aprovou Medida Cautelar recomendando à Secretaria Estadual de Administração que se abstivesse de nomear os concursados enquanto a Corte não se pronunciasse oficialmente sobre a legalidade do Edital, contra o qual foram feitos diversos questionamentos na Ouvidoria do órgão.

O procurador geral do Estado, Tadeu Alencar, questionou a decisão do TCE e o caso foi levado ontem a julgamento pela conselheira Teresa Duere.

Segundo ela, o único interesse do TCE neste caso é com a legalidade do Edital e a segurança jurídica dos concursados. ''Tive e tenho, como cidadã, as mesmas preocupações do Governo do Estado com a segurança pública. Mas, na condição de relatora deste caso, a nossa preocupação é que os delegados concursados tenham um ingresso seguro na carreira. Nossa atuação é preventiva e também de legalidade'', afirmou Teresa Duere.

Conforme adiantou na semana passada, a inclinação dela é pela manutenção da Medida Cautelar até que a Secretaria de Administração convoque para fazer a segunda etapa do concurso (aulas na Academia de Polícia Civil) todos os candidatos aprovados na primeira fase e não apenas os 165 primeiros colocados, o que corresponde, exatamente, ao número de vagas.

Segundo ela, o Edital é claro a esse respeito: a nota será atribuída com base na média aritmética das duas fases, de onde se deduz que todos os candidatos que foram aprovados na primeira têm o direito de fazer a segunda. Chamar apenas os 165 primeiros colocados, na opinião da conselheira, equivale a fazer uma pré-nomeação, pois significa que cada candidato está concorrendo com ele mesmo.

O procurador Tadeu Alencar fez a defesa oral do Governo do Estado, mas antes que o caso fosse a julgamento o conselheiro Marcos Loreto pediu vistas ao processo. Loreto explicou que a sua atitude não tem finalidade ''procrastinatória'' e visa tão-somente a uma análise mais aprofundada das peças do processo para ter condições de proferir o voto.

O presidente Severino Otávio, ao conceder as vistas, disse que é dever do Tribunal de Contas zelar pelo interesse público e, também, pela legalidade admnistrativa.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores