Gravatá IPTU 2019 Prorro

08/11


2018

Bolsonaro diplomado no Dia dos Direitos Humanos

Será no Dia dos Direitos Humanos (10 de dezembro) a data escolhida pelo Tribunal Superior Eleitoral para a diplomação de Jair Bolsonaro. A data foi antecipada devido à cirurgia a que ele será submetido no dia 12. A recebeu críticas do escritor e teólogo Leonardo Boff (foto).

"É um escárnio o TSE diplomar no dia dos Direitos Humanos,10 de dezembro, alguém que louva a tortura e tem como herói um torturador Brilhante Ustra e admira Hitler. Perderam o bom senso e o auto respeito. Ofendem a todas as vítimas do regime militar de 64. Indignamo-nos e repudiamos".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Mistério. De repente, Bozonazi parou de dizer que as urnas eletrônicas são fraudadas.

Fernandes

Luciano Hang, o Dono da Havan Que Gastou 12 Milhões nas Fake News de Bolsonaro no WhatsApp, Deve R$ 168 Milhões ao INSS!!!

marcos

Segundo Ciro Gomes, Esse Leonardo Boff é um Bosta!

Fernandes

QUERO VER SE O CAPITÃO JAIR FODÃO VAI TER CORAGEM DE VETAR O AUMENTO DE SALÁRIO DOS DOS JUÍZES COMO A PRESIDENTA DILMA FEZ

Fernandes

Após Bolsonaro decretar fim do Ministério do Trabalho começa na Republica de Curitiba a demissão em massa dos cobradores de ônibus


Congresso Nordestino de Educação Médica

Confira os últimos posts



29/08


2009

PT proclama Palocci como pré-candidato ao governo de SP

 Dois dias após o ex-ministro da Fazenda e deputado federal Antônio Palocci (PT) se livrar, no Supremo Tribunal Federal (STF), das acusações de quebra de sigilo bancário, o diretório do Partido dos Trabalhadores de São Paulo reuniu-se para definir o calendário das prévias ao governo do Estado de São Paulo. Segundo o presidente estadual do PT, Edinho Silva, Palocci foi colocado hoje como um dos principais pré-candidatos.

"O nome de Palocci é forte dentro do PT pela capacidade de unir o partido", disse o dirigente. Segundo ele, além de Palocci, estão cotados para disputar o governo estadual a ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, o ministro da Educação, Fernando Haddad, o prefeito de Osasco, Emídio de Souza, o deputado federal Arlindo Chinaglia e o senador Aloizio Mercadante. "Deveremos escolher o candidato do partido entre o final de 2009 e o início de 2010", disse. (Portal Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

DE OLHO

Não bastasse a queda de Serra (abaixo), agora os tucanalhas, demos e pps terão mais essa dor de cabeça. Nao esqueçam: em 2010 é minha casa, minha DILMA!

uilma

Em Sampa a surra vai ser grande, pelo que eu leio o que os paulista escreve na folha, ele pode ir quente que povo vai votar verfendo,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, a derrocada vai ser grande, os paulistas diceram que são amadorecidos políticamente. Espero.


Trabalha PMR

29/08


2009

Marina "é a criança da Amazônia que abalou o Brasil", diz NYT

 Com o título ''Uma criança da Amazônia que abalou a política de um País'', o jornal New York Times publicou neste sábado um perfil da senadora Marina Silva (AC). O texto contrasta a infância e adolescência da ex-ministra do Meio Ambiente ''no coração da Amazônia'' com o ''ícone do movimento ambientalista'' que ela representa hoje.

O artigo também destaca que Marina ''abalou a política brasileira'' ao anunciar sua saída do Partido dos Trabalhadores (PT) e sua filiação ao Partido Verde (PV), no qual poderá ser candidata à Presidência em 2010, e que sua história, ''de uma mulher humilde que superou a pobreza extrema e a doença para se tornar uma das maiores forças da política brasileira'', poderia ser ''uma inspiração para o povo brasileiro em sua busca por um presidente para substituir'' Luiz Inácio Lula da Silva.

O jornal afirma que ''se esta mulher vencer, a história será feita'', lembrando que o Brasil nunca teve uma presidente mulher e, ainda, com ''origens negras''.

O artigo do jornalista Alexei Barrionuevo narra a história de Marina, nascida na cidade de Bagaço, no interior do Acre, suas atividades como seringueira ao lado do pai e dos irmãos, e a hepatite que a atingiu seriamente quando tinha 16 anos e que a levou a buscar cuidados médicos na capital do Estado, Rio Branco.

O texto afirma, no entanto, que o passado de Marina com sérios problemas de saúde - além da hepatite, malária e contaminação com metais pesados -, poderia ser usado contra ela pelos adversários políticos em uma provável candidatura presidencial. O artigo destaca ainda o fato de que Marina perdeu a mãe com 11 anos de idade e duas irmãs mais novas por problemas de saúde relacionados a doenças como sarampo e malária.

O artigo conta também a juventude de Marina em Rio Branco, onde cursou a faculdade de História e começou a militar no movimento ambientalista da Amazônia ao lado do sindicalista Chico Mendes, assassinado em 1988.

Para o NY Times, sob o comando de Marina enquanto ministra do Meio Ambiente de Lula desde 2003, o Brasil ''engendrou um plano nacional de combate ao desmatamento e criou reservas indígenas do tamanho do Texas''. O artigo também cita dados que mostram a queda dos índices de desmatamento entre 2004 e 2007. Marina deixou o cargo de ministra em maio de 2008.(Jornal do Brasil)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

S. C. B. M.

QUAL A BAIXARIA QUE Os PTralhas VÃO APRONTAR COM A MARINA ? SÓ DEUS SABE.

uilma

Quando Deus quer è assim, uma guerreira, não precisou inganar a nimguèm pra sobreviver nem assaltar, pra Marina eu tiro meu chapeu, essa sim mereci ser bem votada.Mulher limpa, com um passado, digno vamos la Marina se candidate, vou torcer por vossa ex.

fernando gordinho

Se ela não fosso mais candidata, só isso já basta para que todos veja a poderosa mão de DEUS sobre está mulher, sair de onde ela saiu e chega aonde ela chegou só o SENHO nosso DEUS faz isto. gloriaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa familiaemeioambiente.blogspot.com familia meu maior patrimônio.


Prefeitura de Olinda 2019

29/08


2009

Suplentes de vereadores festejam na AL possibilidade de assumir

Reprodução / TV Globo

Foto: Reprodução / TV Globo

Candidatos a vereadores de todo o Estado, que ficaram na suplência nas eleições de 2008, passaram a manhã deste sábado (29) reunidos no Recife. Eles discutiram a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que pretende recriar cerca de 7,3 mil vagas nas câmaras municipais de todo o Brasil.

No encontro, no auditório da Assembleia Legislativa, o clima era de comemoração, mesmo que a PEC ainda não tenha sido aprovada. Os suplentes consideram como certo o retorno deles às câmaras municipais. Esse foi o sexto e último encontro do Movimento dos Suplentes em Pernambuco. A mobilização começou há seis meses e percorreu várias cidades do interior do Estado.

“Foi aprovado na Câmara, foi aprovado na Comissão de Constituição do Senado, só falta a plenária”, afirmou José Carlos Guerra, suplente de Itamaracá. “Esse encontro é para dizer aos suplentes como é que está a PEC e convocá-los para que estejamos todos lá para comemorarmos a vitória, a vitória da Democracia", disse.  

 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josenildo de lima cordeiro

TIVE INFORMAÇÃO QUE AS ÚNICAS ENTIDADES DOS VEREADORES QUE SÃO CONTRA ESSA PEC É A DE PERNAMBUCO DO CEARÁ O RESTA SÃO TODAS AFAVOR INCLUSIVE A UNIÃO NACIONAL.OS VEREADORES DE MANDATO HOJE A MAIORIA JÁ ACEITA A MESMA POR CAUSA DE SUAS REELEIÇÕES.ENTÃO NÃO TEM PORQUE OS PARLAMENTARES NÃO APROVAREM.

josenildo de lima cordeiro

POR SINAL OS PREFEITOS PARECE QUE VÃO ESTÁ NOVAMENTE EM BRASÍLIA PARA PROTESTAR CONTRA CORTE DE FPM, DEVERIA APROVEITAR PARA CONVERÇAR COM SEUS PARLAMENTARES PEDINDO PARA OS MESMOS APOIAR A PEC.

josenildo de lima cordeiro

POR FALAR EM PREFEITOS ELES SERÃO OS MAIORES BENEFICIADOS COM A A PROVAÇÃO DESSA PEC.SÓ QUE NÃO SE OUVE ELES DAREM APOIO A MESMA .PORTANTO ESTÁ AÍ UMA OPORTUNIDADE, DOS MESMO TEREM MAIS RECURSOS PARA A EDUCAÇÃO E SAÚDE.COM A PALAVRA O PRESIDENTE DA AMUPE.

SEVERINO BEZERRA DE LIMA NETO

PARABÉNS FUTUROS VEREADORES PERNAMBUCANOS! FICO MUITO FELIZ PELO SUCESSO DO ENCONTRO REALIZADO HOJE NA ALEPE. DESDE JANEIRO ESTAMOS NESSA LUTA E QUERO DIZER QUE ESTAREI ATÉ O FIM TRABALHANDO EM PROL DE NOSSA CAUSA JUSTA, NOBRE E DEMOCRÁTICA. SEVERINO BEZERRA NETO – 1º SUPLENTE – CAMOCIM DE SÃO FÉLI

josenildo de lima cordeiro

TODA SOCIEDADE E A IMPREMSA DEVE PRESSIONAR OS PARLAMENTARES PARA APROVAR A MESMA.JÁ QUE HAVERÁ UMA REDUÇÃO DE DESPESAS DA ORDEM DE 1,5 BILHÃO QUE PODE IR PARA A SAÚDE E EDUCAÇÃO.É HORA DOS PREFEITOS QUE TANTO RECLAMA DE CORTE DE FPM TAMBÉM PEDIR AOS SEUS PARLAMENTARES PARA APOIAR ESSA PEC.



29/08


2009

Severino volta a João Alfredo recebido com festa e carreata

 O prefeito de João Alfredo, Severino Cavalcanti, após mais de um mês de afastamento do seu município por conta de complicações cardíacas, retornou hoje à tarde e foi recebido pelo povo joãoalfredense na entrada da cidade com fogos, músicas, palmas, buzinas. Uma grande carreata foi realizada até o ginásio da cidade, onde está sendo celebrada nesse momento missa em ação de graças à sua recuperação. Severino desfilou em carro aberto por toda a cidade ao lado dos filhos José Maurício e Ana Cavalcanti, do vice-prefeito Dimas Santos, além do deputado federal Eduardo da Fonte.

O prefeito do município vizinho, Bom Jardim, João Lira, também marcou presença na cerimônia religiosa. Faixas de boas-vindas estavam espalhadas por toda a cidade. Severino Cavalcanti reassume a Prefeitura segunda-feira próxima.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

jose carlos da silva

Severino Cavalcanti - Quem te viu, quem te vê. Êita povinho de memoria curta.


ArcoVerde

29/08


2009

Dilma quer time para defendê-la. João Paulo joga nele

 Enquanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva acelera as negociações com o PMDB, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, começou a trabalhar, semana passada, na formação do estado-maior de sua campanha à Presidência da República.O plantel será formado por ministros e parlamentares, além de petistas já escalados para ajudar na pré-campanha da ministra. Entre eles, os ex-prefeitos João Paulo (Recife), Fernando Pimentel (Belo Horizonte) e Marta Suplicy (São Paulo).

A decisão foi tomada em resposta ao desgaste público provocado pelo embate com a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira, usado pela oposição a fim de levantar suspeitas sobre o compromisso da “mãe do PAC” com a verdade. Dizendo-se cansada, Dilma reclamou ao presidente de que, até então, não havia generais escalados oficialmente para defendê-la. E acrescentou que os duelos com tucanos e democratas eram travados na base do improviso.

O presidente, que antes dizia em alto e bom som que a campanha presidencial era da alçada dele, concordou com a análise e decidiu colocar um time em campo. Sob a sua batuta, obviamente. (Do Correio Braziliense - Daniel Pereira)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

A mulher, que vai ter a campanha mais cara do planeta.

Lula, comece a pensar na subtituição da candidata a candidata, pois temos coisa melhor, veja em outros partidos, não podemos perder tudo que V. Excia. implantou nesses oito anos. Consulte Eduardo Campos.


Asfaltos

29/08


2009

Pesquisa ainda dá o que falar: Dilma se anima e Serra cauteloso

Site Brasília Confidencial

 Desprezada por quase todos os veículos de mídia e parcialmente ignorada mesmo em círculos políticos e partidários, a mais recente pesquisa de intenção de voto feita pelo instituto Vox Populi – um dos três maiores institutos brasileiros especializados nesse trabalho – contém mais notícias novas, sobre a eleição presidencial, do que a forte redução da vantagem do governador paulista José Serra (PSDB), principal pré-candidato do PSDB, sobre a pré-candidata do PT, ministra Dilma Rousseff – 30% a 21%.

Realizadas 2.002 entrevistas em 317 municípios de todas as regiões, com expansão para 6.970 entrevistas em sete estados e no Distrito Federal, o relatório de 149 páginas da pesquisa Vox Populi, aplicada de 31 de julho a 4 de agosto por encomendada da Rede Bandeirantes, informa, sobretudo, que a popularidade do presidente Lula exigirá um gigantesco esforço das oposições, tanto na eleição presidencial quanto nas eleições estaduais.

A pesquisa Vox Populi indica também uma contínua aproximação dos índices obtidos por Dilma Rousseff daqueles conferidos a Serra em alguns colégios eleitorais; como o Rio Grande do Sul, e vantagens para a pré-candidata do PT na Bahia e em Pernambuco. No Rio de Janeiro o Vox Populi atribui 17% para Dilma e 16% para Serra na disputa de primeiro turno.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

Essa vai candidatura da madame surucu, vai ser a candidatura mais cara do planeta.

Felisberto Nobre

Pesquisa $erve ao dono.Minas une Norte e Sul. O presidente será Aécio.

uilma

daqui pra 2010 muitas águas vão rolar, o melhor da festa ''esperar ela passar, uma amiga minha votou em Lula, agora ta falando mal dele kkkkkkkkkkk, eu disse quem mandou votarkkkkkkkkkkkkkkk, ela disse que agora vai votar em serra kkkkkkkkkkkkkkk, negou pra mim, pra mim, agora ta tirando o corpo fora

Jáder de Albuquerque Cordeiro

O gosto pela enganação: quando a pesquisa e contra, os inocentes utéis, proclamão que é mentirosa, quando os que lhe são simpaticos estão fora do poder, chamam os outros de corruptos e ladrões, não provão nada, são irresponsáveis.

JARBASTA

Dilma é Lula de novo!



29/08


2009

No PT só prevalece a vontade de Lula, acusam líderes petistas

 Líderes do PT reconhecem que não existe mais programa do partido. O que prevalece agora é a vontade do presidente Lula. Como diria o Mercadante, deve ser ruim militar em um partido que tem dono.

Decidir o destino das pessoas e mandar num partido político com o tamanho e a história do PT são coisas ruins para a própria democracia. A sorte nossa é que temos aí o bravo PMDB para conter os ímpetos do Nosso Guia. Ou seja, Lula grita com Mercadante para que ninguém possa ouvi-lo sussurrando com o Eduardo Cunha. (O GLOBO - Coluna de Jorge Moreno)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

Manda quem pode obedeci quem tem telhado de vidro.Vê se Marina ficou la obedecendo, só obedeci que quer ficar pendurado nas tetas da nação.

Jonas

É verdade, ele não vendeu nada, o presidente lula preferiu dar o patrimônio público aos ditadores da america latina, veja as refinarias da petrobras na bolívia, os emprestimos do BNDS a fundo perdido para o equador, bolivia e cuba, revisão do acordo de itaipu para salvar o mandato do bispo garanhão.

Pedro Batista Filho

Interessante q aqui na terrinha Jarbas manda e desmanda, faz e desfaz no PMDB e esses críticos nunca falaram a respeito disso.

Mariana

MAIS NÃO CONTINUOU VENDENDO O BRASIL FEITO O OUTRO. VIVA NOSSO PRESIDENTE. VIVA LULA !!!!!!!!!!!!!

Jonas

Inclusive enriquecer e permitir todo tipo de maracutaia para os amigos.


bm4 Marketing 5

29/08


2009

Marco Maciel: o impermeável limpo

 O rapaz engravatado, já não tão rapaz assim, que abastece os senhores senadores a cada cinco minutos com providenciais copos orvalhados para refrescar as gargantes de suas excelências depois de tantos discursos na tribuna, é proibido de falar com repórteres. Mas, no fundo do plenário ele cochicha:

-- Uma das cenas mais impressionantes que já vi aqui foi uma vez que o finado senador Antonio Carlos Magalhães bateu a mão num copo e a água voou. O Marco Maciel, que estava do lado, deu três pulinhos para trás e não caiu nem uma gotinha no paletó dele.

É realmente de cair o queixo a habilidade de malabarista do senador do DEM em se manter limpo. Em plena crise no Senado, o magérrimo Maciel não viu resvalar sobre si nada que pudesse manchar a reputação bem cultivada de conservador honesto. Enquanto seus pares à destra e à sinistra eram enredados nos escândalos com uma viagenzinha ao exterior aqui, um neto empregado acolá, Maciel saltitava com seus passos lépidos pelos corredores da Casa. Imaculado.

Para fazer justiça ao pernambucano, é preciso dizer que sempre foi assim, desde que o ex-PFL ainda se chamava Arena. Poucos políticos podem se gabar de terem passado pela história contemporânea do Brasil, sempre de mãos dadas com o poder, menos agora, e permanecer com elas aparentemente como entrou, vazias. O maranhense José Sarney, de trajetória semelhante, que o diga. “Ninguém encontrará uma só fazenda no nome de Maciel. Nem uma só empresa onde apareça como sócio”, desafia um conterrâneo seu  (Da Carta Capital - Cynara Menezes) 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

Eu me lembro ainda cando vi o vossa ex; em Buique, inalgurando, o pe de Arcoverde a Buiqui, me lembro bem, um homem de poucas palavras e muito trabalho prestado a pernambuco, vida longa pra vossa ex.

Felipe Vasconcelos

Matreiro, obtuso e omisso. Um dia vão descobrir quem paga suas despesas. Trata-se de Santo Antônio de puteiro. Esse não me engana.

jose carlos da silva

Exgovernador e Senador marco maciel - muitos zeros a esquerda. Pernambuco deve está cansado.

Neilton Falcão

Parabéns a Marco Maciel, desde o dia que o vi pela primeira vez em Bom Conselho, na Inauguração da PE que liga BC a Garanhuns que o admiro, sou seu eleitor, e me orgulho de ser Pernambucano e por ele honrar nossa história.

Pedro Batista Filho

Honestidade é obrigação de todos, políticos ou ñ. Ele deveria ser sim, era menos omisso, ou alguém acredita q algum senador ñ sabia dos desmandos daquela casa dos horrores(senado), principalmente quando da presidência do seu corregilionário ACM, o rei dos atos secretos.



29/08


2009

Marina nega briga com o PT; foi só ''''morar na vizinhança''''

 A senadora Marina Silva (sem partido-AC) afirmou ontem que não rompeu com o PT, ao pedir a desfiliação. "Me entendam como um subsistema que não rompeu com os familiares da casa, que saiu, simplesmente foi morar na vizinhança para que possamos continuar juntos, nos encontrando na mesma rua, no mesmo bairro, nessa comunidade de pensamento", comparou. Ela deve se filiar amanhã ao Partido Verde, em solenidade em São Paulo.

 

Na internet

 

Inspirado na experiência americana, o PV exibirá amanhã, pela internet, a filiação da senadora Marina Silva (AC) ao partido. O evento será apresentado a partir das 11h.

A convite de Marina, o ministro da Cultura, Juca Ferreira, deverá participar da cerimônia. Na quarta-feira, a senadora se reuniu com a Executiva do PV, mas este será seu primeiro encontro com os convencionais do partido.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Felisberto Nobre

Marina é o plano C de Lula. O A é Dilma. B Palocci. E o presidente é Aécio.

Jáder de Albuquerque Cordeiro

Ela já entregou o mandato ao PT? tem que começar assim.

Pedro Batista Filho

Se pensam q vão usar Marina como fizeram c a transloucada Heloísa Helena estão muito enganados.



29/08


2009

Cabral acusa Lula de ''''bravata nacionalista'''' com o pré-sal

 O governador do Rio, Sérgio Cabral, qualificou de “bravata nacionalista” a proposta do presidente Lula de dividir os recursos da exploração do pré-sal com todos os estados. Segundo Cabral, será uma injustiça se a nova distribuição for feita no que chamou de linha “Robin Hood”, para todos os estados. O Rio é o principal produtor de petróleo do país.

Diante da polêmica, o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, defendeu o Rio. Em solenidade com Cabral, declarou: “A exploração de petróleo tem riscos: derramamento, vazamentos. Este é um ressarcimento para os locais em que há exploração, Por isso não se pode tratar igualmente os estados”. No jantar em que receberá os governadores de Rio, Espírito Santo e São Paulo, no domingo, Lula terá em mãos um rascunho sobre a divisão de recursos com os valores em branco, abrindo espaço para uma negociação. (De O Globo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

uilma

Ou Cabral sò vivia lambendo a bota de lula, agora ta revoltado,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk,

francisco sales

É só mexer no queijo que dá nisso !

irania Olivia Benicio

O butim nem chegou aos cofres e os piratas já o querem dividido!!!

Carlos Augusto Pereira da Silva

A exploração de petróleo do pré-sal tem riscos. Com os cuidados da Petrobrás os riscos são cada vez mais escassos. Certo mesmo são os bilhões faturados pelos estados produtores. A BR é patrimônio de todos os brasileiros. Não pode o RJ querer apropriar-se sozinho do esforço e investimento de todos.

roberto lima

Muito barulho por nada. O pre-sal só começara a funcionar de fato daqui a 9 ou 10 anos! Quando isso acontecer, veiculos, por exemplos, no mundo inteiro já estarão movidos a energia eletrica . Uma "bomba" de um posto será uma peça de museu tecnologico . Infelizmente. Acorda povo!!



29/08


2009

Tucanos não atacarão mais programas sociais de Lula

 O comando nacional do PSDB está orientando o partido a dar uma "visão positiva" dos programas sociais do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha eleitoral de 2010, afirmou ontem o presidente da legenda, senador Sérgio Guerra (PE). O parlamentar disse que a legenda não permitirá "nem de longe" a disseminação da ideia de que, se vencer, acabará com esses projetos - apenas o Bolsa-Família atende mais de 11 milhões de famílias. Segundo o senador, pesquisas mostram que as maiores dificuldades da legenda ocorrem em regiões onde há concentração dessas iniciativas do governo federal.

Agora, os tucanos deverão abandonar as críticas ao programa e reconhecer que seu desenvolvimento foi correto. "A orientação do partido é dar essa visão positiva dos programas, reconhecer os programas do governo Lula, elogiar o que têm de positivo e desenvolver propostas. Nada que tenha a ver com aquela história de porta de saída. Porta de saída é tudo que a gente precisa para se dar mal. Não é nada", disse Guerra.

Não perder votos

Com medo de perder votos, o PSDB, assim, abandonará uma das principais críticas que fazia à área social do governo Lula - a de que seus programas tornariam os beneficiários dependentes da ajuda e sem alternativas para ter uma vida econômica sem ajuda do Estado. O senador comandou reunião da bancada federal tucana para discutir as eleições de 2010, no Hotel Sheraton Barra, da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

Guerra disse que todos ou quase todos os programas sociais foram inventados pelo PSDB (que governou o País de 1995 a 2002) e desenvolvidos pelo presidente Lula, com cujo governo acabaram identificados. "Achamos que o desenvolvimento foi correto. Isso é verdade", elogiou. "O que vamos ter é propostas para essa área social, muito precisas." Ele afirmou que, em 2006, no segundo turno, foi organizado no Nordeste um "projeto de massificação da ideia" de que o PSDB, se vencesse, acabaria com os programas sociais.

YEDA

Em análise reservada sobre a situação do partido nos Estados, Guerra avaliou que, no Rio Grande do Sul , onde a governadora tucana Yeda Crusius enfrenta acusações de corrupção, "acendeu a luz vermelha". O alerta foi causado por pesquisas eleitorais indicando que, no Estado, a pré-candidata presidencial do PT, Dilma Rousseff, ultrapassou o provável postulante tucano, governador José Serra, que estaria sofrendo desgaste por causa da crise política enfrentada pela governadora.

Uma assessoria do comando nacional tucano foi imposta a Yeda, revelou Guerra, que esteve recentemente com a governadora. "Ela precisa aceitar a ampla reforma de seu governo", disse, em exposição para os deputados e senadores.

No Rio, o lançamento da pré-candidatura de Marina Silva à Presidência pelo PV fez surgir novos problemas, segundo o senador. O PSDB não aceita que o deputado Fernando Gabeira (PV) seja candidato a governador com dois palanques - um com Marina, outro com Serra. Cerca de 30 parlamentares tucanos participaram do encontro, que começou na quinta-feira e terminou ontem.

De O Estado de S.Paulo


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Pedro Batista Filho

Traduzindo: A ordem p os tucanalhas é negar o q pregaram durantes os últimos 7 anos p tentar enganar o povo.

DE OLHO

Coitados dos tucanalhas e demos, estão sem rumo. Enquanto isto, Dilma vai subindo e Serra abaixo. 2010 = Minha casa, minha DILMA! Roberto Freire morre de inveja.

José Egnaldo Pereira

A hipocrisia tucana não tem limites!!!!Também com a imprensa que temos!!

uilma

Sorry, não è mudo.

uilma

Pra nossa sorte Lula não `mudo,kkkkkkkkkkkkkk, por isso não è ele.kkkkkkkkkkkkkkkk



29/08


2009

Ministros trocam farpas ainda em relação ao caso Palocci

 Após o Supremo Tribunal Federal ter livrado o deputado Antonio Palocci (PT-SP) do processo contra o caseiro Francenildo dos Santos Costa, o ministro Marco Aurélio voltou a classificar o julgamento como um embate entre “Davi e Golias”. O jornal Folha de S.Paulo noticia que o ministro disse que Francenildo foi o mais prejudicado com o julgamento.

''Se você perguntar a qualquer um do povo se ele acha que Palocci mandou quebrar o sigilo, verá que a sensação é de que ele tinha interesse nisso. Ele é o único beneficiado. Isso é de uma clareza solar. A corda acabou estourando do lado mais fraco, como sempre”, disse o ministro ao jornal.

Em resposta, o ministro Gilmar Mendes, presidente do STF e relator do caso Palocci, defendeu a decisão da maioria do Plenário. ''Aqui não se trata de uma discussão sociológica entre o poderoso em relação ao mais pobre e o tribunal repudiou de forma muito enfática o fato ocorrido'', disse o presidente do STF no jornal O Estado de S.Paulo.

Foi político
Ainda sobre a vitória de Palocci, o jornal O Estado de S.Paulo ouviu promotores, advogados e juristas que criticaram o entendimento do STF. ''Foi um julgamento atípico, que revela a influência política sobre o Judiciário'', disse o advogado Alberto Carlos Dias. ''É questão clara de status, 99,9% dos brasileiros na situação do ex-ministro seriam réus a essa altura'', acusou o jurista Luiz Flávio Gomes. ''Essa vem ao contrário de toda a jurisprudência, toda a doutrina e a letra da lei'', completou José Carlos Cosenzo, presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jair Lima Lopes de Vasconcelos

Depois das palavras do grande jurista Luiz Flavio Gomes, será que tem algum petista que tenha coragem de falar alguma coisa....

Carlos Odair da Luz Sá

Gilmar Mindes entrará para a posteridade como o homem que destruiu o princípio da impessoalidade na lide jurídica brasileira. Ele retirou a venda da estátua que representa a Justiça. Vergonha de uma classe orgulhosa.

francisco sales

Essa polêmica toda no caso palocci está deixando muito claro que ele será o candidato do Lula a presidente e que a bruxa Dilma só fez figuração até agora, ou seja, como uma boa guerrilheira, cupriu o seu papel magistralmente ! Besta foi o povo que engoliu durante todo esse tempo esse teatr

francisco sales

Pior é o caso do Sarney e ficou por isso mesmo !! O povo brasileiro merece isso e muito mais pq é preguiçosso e acomodado ! Dão na cara e passa a mão no derriê a todo instante e ninguém se mexe !! Eu acho é pouco !

roberto lima

Falar de biografias no brasil é "eufemismo" , pois a maioria tem mesmo é folha corrida.



29/08


2009

Clima de campanha marca evento do governador ontem no Ibura

 Em clima de campanha o governador Eduardo Campos (PSB) e o prefeito João da Costa (PT) inauguraram, ontem, uma Academia das Cidades e o conjunto habitacional Caic, no Ibura, segundo reportagem de Marileide Alves, na Folha de Pernambuco, hoje. Acompanhados de secretários e parlamentares, os dois foram bastante assediados, pousaram para fotos, ouviram queixas e fizeram promessas. Os gestores imprimiram um tom político nos discursos, embalados pelas explanações de líderes comunitários que não pouparam críticas às gestões passadas, excluindo da lista a administração do ex-prefeito João Paulo (PT).


Na inauguração da Academia, Eduardo Campos prometeu colocar policiamento permanente no local e disse que vai “universalizar” o programa encabeçado pela Secretaria das Cidades. Fez questão de frisar que o Governo diminuiu o índice de criminalidade em Santo Amaro em 75% e no Ibura em 35%, segundo ele.

O prefeito João da Costa lembrou que a academia foi iniciada na gestão do então prefeito João Paulo e que seu governo é de continuidade. Disse ainda que muitas obras estão sendo realizadas em parceria com os governos Federal e Estadual.

O secretário das Cidades, Humberto Costa, aproveitou para explanar as ações de sua pasta. Falou dos programas Academia da Cidade no Interior e o Minha Casa, que prevê a construção de 21 mil casas em quatro anos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


29/08


2009

Jarbas tende a rejeitar candidatura: "Não estou estimulado"

 Nome preferido pela aliança oposicionista (PMDB, DEM, PPS, PSDB) para enfrentar o governador Eduardo Campos (PSB), em 2010, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) declarou-se, ontem, “desestimulado” a encarar o desafio - num sinal que pode servir de alerta aos aliados. O peemedebista fez questão de detalhar as razões pelas quais posterga a definição da candidatura e disse que não é “culpado” pela desarticulação dos próprios aliados.

“Eu não estou estimulado para ser candidato a governador. Como essa definição não vai ser só minha, mas de um conjunto de forças, isso vai se dar no ano que vem. Ainda estamos terminando agosto. Agora a gente tem que fazer mais. Isso não cai do céu, tem que ir buscar. Se fosse um partido só, mas temos o PMDB, DEM, PPS, o PSDB”, ponderou o senador. Apesar de lamentar a “desarticulação” de seus membros, ele entende que ainda “há tempo” para a oposição se organizar e “dar carga” nas movimentações junto às bases. “Essa minha definição, quando eu digo que vai se dar no princípio de 2010 é porque não há também condições de as pessoas estarem me cobrando. A oposição está desarticulada e eu não tenho contribuído para isso, não sou responsável. Só este ano, é que os partidos começaram a se movimentar. Sempre houve uma má prática de só se cuidar de partido em ano eleitoral”, reclamou o ex-governador.

Ele garantiu que já transmitiu esse desconforto aos aliados. “Sempre que sento com eles para conversar eu digo. Já disse a Sérgio Guerra (senador/PSDB)”, contou Jarbas, após conceder entrevista à Rádio CBN. Questionado se a queixa sobre desarticulação passa pelo sinal verde dado, por exemplo, pelo PSDB para seus prefeitos aderirem ao Governo, Jarbas resumiu: “Se os prefeitos estão fazendo isso, é porque estão desassistidos”.


SENADO
A desmobilização oposicionista no Estado foi comparada por Jarbas ao cenário do Congresso Nacional. “No Senado também é assim. A única vez em que fui convocado e nos reunimos, em dois anos e oito meses que estou no Senado, nós ganhamos a CPMF”, sublinhou. Devido à insatisfação com a crise da Casa Alta, Jarbas revelou vir evitando ir ao plenário, apesar de desfrutar do privilégio de levar “apenas 60 segundos” de caminhada do seu gabinete até lá. “Há um desestímulo. Só vou ao plenário para apartear, discussão ou votação”, ressaltou.

E caso a eleição para o Congresso fosse hoje, assegurou que não se lançaria na disputa. “Como eu iria pedir votos ao povo de Pernambuco com um Senado desse jeito?”, enfatizou. “Hoje, a Veja traz uma matéria de capa com denúncias sérias e você encontra o camarada no corredor palitando os dentes, rindo que nem parece... parece que está indo à praia”, comentou.

(Da Folha de Pernambuco - Renata Bezerra de Melo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Jáder de Albuquerque Cordeiro

D. Irania! que palavras são essas? respeite as pessoas.

JARBASTA

Por mais que eu fale, essa balzaqueana não se manca. É triste tamanho masoquismo.

Pedro Batista Filho

Quanto aos 3 hospitais na região metropolitana, quantos Jarbas fez? E caso vc ñ saiba, a intenção(Espero q dê certo)é justamento desafogar as emergências dos hospitais q vc citou e assim melhorar o atendimento. Só espero q vc ñ seja desses q torcem p dá errado só p ter razão.

Pedro Batista Filho

.... Só depois da eleição de Lula e com uma maior atenção q ele deu ao nosso estado foi q os investimentos começaram a aportar em PE.

Pedro Batista Filho

Marco Antonio, respeito sua opinião, mais o q de tão bom vc viu nos 8 anos do governo Jarbas? Já q nos primeiros 4 anos mesmo sendo aliado do presidente, até p duplicar uma rodovia federal teve de usar dinheiro do erário estadual, a saúde era esse mesmo caos ou pior, a educação nem se fala.



29/08


2009

Há indícios que poderiam condenar Palocci, dizem juristas

 Havia motivos suficientes para abertura da ação penal contra o deputado e ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci (PT-SP), sustentam procuradores da República, advogados criminalistas e juristas que seguem a linha de entendimento de quase metade da composição do Supremo Tribunal Federal (STF), segundo informa o jornal O Estado de S.Paulo, na sua edição deste sábado.

Para esses profissionais da área do direito, o placar apertado do julgamento - cinco votos contra a ação, quatro a favor -, expõe a tendência em mandar Palocci para o banco dos réus. "Foi um julgamento atípico, que revela a influência política sobre o Judiciário", aponta o advogado Alberto Carlos Dias. "É questão clara de status, 99,9% dos brasileiros na situação do ex-ministro seriam réus a essa altura", acusa o jurista Luiz Flávio Gomes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

José Egnaldo Pereira

Mas até decisão da justiça,quando se trata de alguém do PT,é questionada,pela imprensa.E porque se diz que decisão da justiça não de discute.Cumpri-se.Então,cumpra-se o ditado.

Carlos Odair da Luz Sá

Desde quando provas aberrantes são indícios???