ArcoVerde

08/11


2018

Bolsonaro diplomado no Dia dos Direitos Humanos

Será no Dia dos Direitos Humanos (10 de dezembro) a data escolhida pelo Tribunal Superior Eleitoral para a diplomação de Jair Bolsonaro. A data foi antecipada devido à cirurgia a que ele será submetido no dia 12. A recebeu críticas do escritor e teólogo Leonardo Boff (foto).

"É um escárnio o TSE diplomar no dia dos Direitos Humanos,10 de dezembro, alguém que louva a tortura e tem como herói um torturador Brilhante Ustra e admira Hitler. Perderam o bom senso e o auto respeito. Ofendem a todas as vítimas do regime militar de 64. Indignamo-nos e repudiamos".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Mistério. De repente, Bozonazi parou de dizer que as urnas eletrônicas são fraudadas.

Fernandes

Luciano Hang, o Dono da Havan Que Gastou 12 Milhões nas Fake News de Bolsonaro no WhatsApp, Deve R$ 168 Milhões ao INSS!!!

marcos

Segundo Ciro Gomes, Esse Leonardo Boff é um Bosta!

Fernandes

QUERO VER SE O CAPITÃO JAIR FODÃO VAI TER CORAGEM DE VETAR O AUMENTO DE SALÁRIO DOS DOS JUÍZES COMO A PRESIDENTA DILMA FEZ

Fernandes

Após Bolsonaro decretar fim do Ministério do Trabalho começa na Republica de Curitiba a demissão em massa dos cobradores de ônibus


Asfaltos

Confira os últimos posts



17/11


2018

Parlamentar da Alepe representa Pernambuco na China

Diogo Moraes representa Pernambuco em Conferência Internacional na China. O Parlamentar pernambucano faz parte de delegação brasileira composta por oito deputados, equipe da Unale, que foram convidados a compartilharem informações de projetos exitosos de suas regiões. 

O deputado estadual Diogo Moraes, o quinto à direita/Foto-divulgação

O deputado estadual Diogo Moraes, atual primeiro-secretário da Alepe e também secretário da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), apresenta palestra sobre a educação pernambucana em terras orientais durante a China International Friendship Cities Conference 2018. Na sexta edição da conferência, realizada na província de Hubei, cuja capital é Wuhan, entre 14 e 16 deste mês, o tema central abordado foi “Sharing Development Opportunities and Deepening Win-Win Cooperation” (em português, “Compartilhando oportunidades de desenvolvimento e aprofundando a cooperação Win-Win”).

A conferência chinesa conta com a presença de 800 participantes de 60 países do mundo, sendo apenas 08 brasileiros, deputados estaduais integrantes da Unale, proporcionando um grande compartilhamento de opiniões, além de aprofundar e cultivar relações internacionais.  Para Diogo Moraes, a oportunidade de participar do encontro foi única e de grande enriquecimento profissional e humano. “Quando surgiu o convite, através da Unale, para representar Pernambuco do outro lado do mundo, vi que seria uma grande chance de falar sobre algo que temos muito orgulho: a educação pernambucana, que supera a média nacional por anos seguidos. *No Brasil, já fomos reconhecidos por termos a melhor educação pública do país, com uma rede de escolas integrais e técnicas que cresceu nos últimos 13 anos, superando estados como São Paulo. Agora, tivemos a oportunidade de mostrar ao mundo como ser referência nesta temática",* ressalta o parlamentar. Segundo Diogo, durante os dois dias de evento ocorreram sessões com diversos temas e exibições relacionadas à temática de desenvolvimento. 

Na ocasião, Diogo Moraes teve a oportunidade de cumprimentar e conversar com o Ex-primeiro-ministro chinês, Yukio Hatoyama. A comitiva brasileira conta com a participação de oito deputados e deputadas, entre eles, o presidente da Unale, o deputado estadual pelo Rio Grande do Sul Ciro Simoni, o deputado estadual pelo Ceará, Joaquim Noronha (Vice-presidente) e a a deputada estadual pela Bahia, Ivana Bastos (secretária-geral).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Campanha Kit armas nas escolas.

marcos

Campanha Derrotada de Haddad (Kit Gay) custou 15 vezes mais que a de Bolsonaro. ............ ////////// ........ A campanha de Fernando Haddad declarou neste sábado ter gastado R$ 37,5 milhões de reais. O valor é 15 vezes maior que o declarado ao TSE pelo Mito Jair Bolsonaro — R$ 2,5 milhões. O petista, no entanto, arrecadou aproximados R$ 35,4 milhões, restando uma dívida de cerca de R$ 3,8 milhões. Isso fora o Caixa Dois, que o PT sempre utiliza.



17/11


2018

STF: Temer de mão atadas; flexões como penitência

 (Cristiano Mariz/VEJA)                                                                                             (Mauro Pimentel/Folhapress)

Veja - Coluna Radar - Por Maurício e Gabriel Mascarenhas

 

O titular da Coluna Radar, o jornalista, Maurício LIma informa que Michel Temer ainda tem prazo para pensar, mas dificilmente vai vetar o aumento do STF. Primeiro porque existe previsão orçamentária. Depois porque a medida foi sugerida por um poder, o Judiciário, e aprovado por outro, o Legislativo. Ele não quer briga.

Já o seu colega de coluna, o jornalista, Gabriel Mascarenhas, nos traz a seguinte notícia, que o novo ministro da defesa do governo Bolsonaro paga flexões como penitências.

"Horas após ser anunciado ministro da Defesa, Fernando Azevedo ostentou bom humor ao chegar atrasado no Galeão, onde seu chefe, Dias Toffoli, o aguardava havia meia hora. Ele se desculpou, anunciou que se puniria à moda da caserna e pagou três flexões."


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Você que tem um plano de saúde, saiba que logo logo você vai pagar bem mais caro.

Fernandes

Saem os médicos cubanos e entra a universal com a sessão do descarrego e o travesseiro ungido curando qualquer moléstia.

Fernandes

bolsonaro jumento, vai distribuir nas escolas kit ARMAS

marcos

Nuca esquecer: Temer é o vice de Dilma Jumenta (PT), com o apoio do Cotó de Curitiba!



17/11


2018

Ouricuri: prefeito ouve demandas da população

Com o objetivo de ouvir e atender às diversas demandas da população, o Prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos (PSDB) e a Secretária Municipal de Saúde Gardielle Andrade participaram nesta terça-feira (13) de uma reunião comunitária no Bairro São Brás, em Ouricuri. A medida possibilita um contato direto com a população e mais eficácia na resolutividade de demandas.

Entre os questionamentos levantados, Ricardo Ramos acatou a solicitação de mudança da USF do Bairro São Brás para onde funcionava o CAPS AD III, devido ser um local mais amplo. A unidade atende os bairros São Brás, Cohab, Canacuí e sítios vizinhos, o que ocasiona superlotação. Segundo o Prefeito, “É preciso unirmos forças para construir uma sede própria da Unidade de Saúde da Família no próprio bairro”, defendeu Ricardo.

Outro ponto bastante cobrado pela comunidade foi à melhoria da iluminação nas vias públicas e praças, construção de lombadas e de calçamento de algumas ruas, compromisso que foi firmado pelo Prefeito Ricardo Ramos. “Com o Programa Obra da Semana, temos levado o desenvolvimento aos quatro cantos de Ouricuri. Tenho certeza de que em breve, atenderemos às solicitações e iremos inaugurar também essas conquistas”, garantiu o Prefeito.

A comunidade demostrou grande satisfação com a presença do Prefeito Ricardo Ramos, sentimento esse que foi externado pelo depoimento da moradora Magda Ferreira de Alencar, onde agradeceu e reconheceu os esforços do Prefeito Ricardo Ramos em fazer o melhor pelo povo de Ouricuri.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/11


2018

Médicos sem Revalida poderão deixar programa

Brasil pode perder mais 3.300 médicos que não têm Revalida. Se esse grupo deixar o programa, sobrarão só 4.600 brasileiros formados no país, pois outras 2.000 vagas estão ociosas por falta de interessados.

(Hélvio Romero/Estadão Conteúdo)

 

Por Estadão Conteúdo

 

Além dos mais de 8.300 cubanos que deixarão o país até o fim do ano, o Brasil corre o risco de perder outros 3.300 profissionais do Mais Médicos caso o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), cumpra a promessa de exigir revalidação do diploma de todos os médicos do programa. Esse é o número de participantes chamados de intercambistas, ou seja, brasileiros formados no exterior ou estrangeiros de outras nacionalidades que também foram dispensados da revalidação do diploma para atuar no país.

Em entrevista na quarta-feira, quando Cuba anunciou a saída do Mais Médicos, Bolsonaro afirmou que o Revalida será cobrado de todos. “(De) qualquer profissional de saúde trabalhando no Brasil, exigiremos uma prova de que realmente são competentes, conhecida como Revalida.”

Nesta sexta-feira, 16, a Defensoria Pública da União (DPU) protocolou, junto à Justiça Federal, ação civil pública em que pede ao governo federal a manutenção das atuais regras do Mais Médicos e a abertura do programa a estrangeiros de qualquer nacionalidade. Segundo a DPU, o objetivo é evitar que a população seja prejudicada.

O presidente eleito não deixou claro, porém, se esses profissionais já seriam suspensos do programa assim que o novo governo tomar posse ou se poderiam continuar trabalhando até passar pela prova, que costuma ocorrer uma vez por ano.

A edição de 2018 já teve inscrições encerradas, portanto, os profissionais interessados em fazer o exame só poderiam prestá-lo no fim de 2019.

A reportagem tentou contato com as assessorias do governo de transição e de Bolsonaro para questionar como seria o processo de revalidação do diploma desse grupo, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria. Questionado sobre o assunto, o Ministério da Saúde disse que não poderia responder por decisões que serão tomadas na próxima gestão.

Se esse grupo também deixar o programa, sobrarão só os 4.600 médicos brasileiros formados no país, já que além dos 8.300 cubanos e 3.300 intercambistas (ambos os grupos sem Revalida), outras 2.000 vagas do Mais Médicos estão ociosas por falta de interessados.

Reposição

Nesta sexta, representantes do ministério se reuniram com membros da Organização Panamericana de Saúde (Opas), intermediária do acordo de cooperação entre Cuba e Brasil, para definir detalhes da saída dos cubanos e da reposição.

Segundo a pasta federal, o edital de chamamento para os cerca de 8.300 postos que ficarão vagos será lançado já na semana que vem. Nova reunião entre os dois órgãos será realizada na próxima segunda-feira para definir detalhes do edital. Assim como nos chamamentos anteriores, será dada preferência a brasileiros e, caso as vagas não sejam preenchidas por estes, o processo será aberto a estrangeiros.

Gilberto Occhi, ministro da Saúde, disse nesta sexta que também se reunirá na semana que vem com a equipe do governo de transição para discutir ações relacionadas à saída dos cubanos e também para propor medidas para a área da saúde. Uma das propostas levantadas pela atual gestão é chamar os médicos formados por meio de Financiamento Estudantil (Fies) para ocupar as vagas abertas.

Segundo Occhi, há de 15 mil a 20 mil médicos aptos a participar do edital e, por isso, ele acredita que as vagas serão preenchidas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Saem os médicos cubanos e entra a universal com a sessão do descarrego e o travesseiro ungido curando qualquer moléstia.

Fernandes

O jumento Bolsonaro, sinônimo de CAGADA.

Fernandes

O Bolsofake promete aumentar os recursos da saúde para contratar médicos brasileiros a fim de suprir a carência com a saída dos médicos cubanos. Só que ele esqueceu que a Emenda const. 95 impõe um corte enorme de gastos na saúde para 2019. Detalhe: Ele votou a favor dessa EC!!!

marcos

O Blog 247 faz Enquete sobre quantos anos o Cotó em Curitiba pegará na sua nova condenação dos roubos no sítio em Atibaia, Eu votaria uns 13 anos e você?

Fernandes

Bolsonaro ataca Folha e povo deve se informar pelo Whatsapp. Em entrevista ao Jornal Nacional, Bolsonaro disse que a Folha faz Fake New (sem o S mesmo) e que o jornal não receberá verbas federais de anúncios.



17/11


2018

Prefeito de Ouricuri reinvindica construção da PE-630

O Prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos (PSDB) participou na quarta-feira (14) de mais uma a Audiência Pública na Câmara Municipal de Santa Filomena, juntamente com o Prefeito Cleomatson, Vereadores e com a população, para reivindicar a construção da PE-630, que interliga os municípios de Petrolina, Afrânio, Dormentes, Santa Filomena, Ouricuri e Trindade.

O encontro serviu para discutir os avanços na luta pela concretização deste grande sonho. Outras cinco audiências já foram realizadas nos município de Dormentes, Trindade, Petrolina, Santa Filomena e Ouricuri.

Ricardo apresentou novas ideias e metas pela materialização do sonho dos munícipes que esperam a pavimentação asfáltica da rodovia estadual com extensão de 148 quilômetros, que atravessa os cinco municípios pernambucanos. “Além de garantir a segurança para quem trafega, a rodovia será importante rota para o escoamento da produção agrícola e do polo gesseiro do Araripe, e trará mais desenvolvimento para a nossa região”, defendeu Ricardo.

Em discurso, Ricardo Ramos afirmou: “Muitas coisas só acontecem quando a gente tem a vontade de fazer, e isso o povo sertanejo sabe ter: vontade e coragem de lutar pelos seus objetivos. Que Deus possa nos abençoar nesta luta”, pontuou o Prefeito


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/11


2018

Moro na Justiça: duras regras para Lula na cadeia

Folha de S. Paulo – Por Mônica Bergamo

 

A colunista da Folha de S. Paulo, Mônica Bergamo traz a informação em sua coluna que os líderes do PT mais ligados a Lula trabalham com a possibilidade de um endurecimento das regras estabelecidas para ele na cadeia, muitas delas definidas pela Polícia Federal com a anuência da vara de execução penal de Curitiba.

A partir de janeiro, a corporação estará sob o comando do novo ministro da Justiça, Sergio Moro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

O jumento Bolsofake promete aumentar os recursos da saúde para contratar médicos brasileiros a fim de suprir a carência com a saída dos médicos cubanos. Só que ele esqueceu que a Emenda const. 95 impõe um corte enorme de gastos na saúde para 2019. Detalhe: Ele votou a favor dessa EC!!!

marcos

Eita Cotó Ladrão da doença do Rato!

marcos

Com certeza até o presente momento tivemos o FIM do PT, PSOL, PCdoB, Lula, Dilma Jumenta, Palocci, Lindberg, Vanessa Graziotim, Roberto Requião, Zé Dirceu, Fernando Pimentel, Romero Jucá, Lula Cabral e do Instituto Lula!

Fernandes

FIM DO PRÉ-SAL, PETROBRAS, EMBRAER, SATÉLITE, ALCÂNTARA, SUBMARINO, AMAZÔNIA, MAIS MÉDICOS,FARMÁCIA, CASA E ESTUDO. FIM DO BRASIL!

Fernandes

Ao defender a saída dos médicos cubanos do Brasil, Bolsofake defendeu os Direitos Humanos(??), coisa que ele e o fã clube é contra a todo momento. Confesso que tá engraçado ver os bolsominions entrando em contradições todos os dias, só para defender as asneiras que o Bolsofake fala. KKKK



17/11


2018

Rei posto, rei morto

Imagem: Último Segundo - iG

Folha de S. Paulo - Por Mônica Bergamo

 

A declaração de Silvio Santos dizendo que Jair Bolsonaro foi o primeiro presidente a ligar para o Teleton em 21 anos, no sábado (10), fez a alegria de apoiadores do capitão reformado. 

Os que são contrários reagiram postando nas redes sociais um vídeo que o então presidente Lula fez em 2008 pedindo doações para o projeto.

A emissora reforça que Bolsonaro foi o primeiro presidente a entrar em contato por vontade própria ao vivo, e ainda para fazer uma doação.  Em 2008, a produção fez um pedido para que o presidente Lula enviasse uma mensagem para o Teleton. Nem o Silvio sabia. Entrou gravado, afirma a empresa.

Para o SBT, todos os presidentes são importantes. Prova disso é que o próprio apresentador Silvio Santos já recebeu em seu programa vários eleitos como Fernando Henrique Cardoso, Lula e Michel Temer.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

O jumento bolsonaro, sinônimo de CAGADA.

Fernandes

O jumento Bolsofake promete aumentar os recursos da saúde para contratar médicos brasileiros a fim de suprir a carência com a saída dos médicos cubanos. Só que ele esqueceu que a Emenda const. 95 impõe um corte enorme de gastos na saúde para 2019. Detalhe: Ele votou a favor dessa EC!!!

marcos

Esse nosso Presidente é um Mito!

Fernandes

Bolsofake disse a que a decisão cubana de retirar os médicos do Brasil após suas críticas foi precipítada e irresponsável: Eu ia voltar atrás na segunda-feira. Todo mundo sabia disso explicou o presidente Marcha à ré.

Fernandes

FIM DO PRÉ-SAL, PETROBRAS, EMBRAER, SATÉLITE, ALCÂNTARA, SUBMARINO, AMAZÔNIA, MAIS MÉDICOS,FARMÁCIA, CASA E ESTUDO. FIM DO BRASIL!


Bm4 Marketing 7

17/11


2018

Cabo de Santo Agostinho é uma das melhores do Capaq

O Tesouro Transparente classifica o Cabo de Santo Agostinho - PE como uma das melhores cidades do Estado de Pernambuco em capacidade de pagamento (Capaq).

O Tesouro Transparente, ferramenta do Ministério da Fazenda, responsável por realizar o acompanhamento de Estados e Prefeituras do País, classificou o Cabo de Santo Agostinho como uma das melhores cidades de Pernambuco em capacidade de pagamento (Capag) e a melhor da Região Metropolitana, incluindo Recife, obtendo a “classificação A”. O comparativo pode ser feito no site: www.tesourotransparente.gov.br/visualicoes/previa-fiscal.  Esse estudo visa mostrar a capacidade de pagamento dos entes subnacionais da federação, o que explicita a gestão fiscal e financeira desses entes. 

No levantamento apresentado municípios como: Recife, Olinda, Ipojuca, Petrolina, Caruaru e entre outros obtiveram a classificação C, que segundo a ferramenta essa nota restringe a aquisição de créditos para investimentos. “O equilíbrio fiscal e a consequente posição do Cabo, que possui uma das melhores capacidades de pagamento de Pernambuco e do Brasil, é fruto de um planejamento financeiro e de uma gestão zelosa.” declarou o Prefeito em Exercício Keko do Armazém.

A metodologia de classificação da capacidade de pagamento dos entes baseia-se em três indicadores: endividamento: Dívida consolidada bruta / receita corrente líquida; poupança corrente: Despesas correntes / receitas correntes; e liquidez: Obrigações financeiras / disponibilidades de caixa bruta. Para cada um dos indicadores há requisitos a serem atendidos pelo ente e conforme o atendimento na faixa de valores, assim fica definida a classificação para cada indicador, sendo A, B ou C. Com a classificação nos três indicadores, uma nova classificação dos valores por indicador definirá a nota final da CAPAG para o ente. O único modo de receber A, a melhor nota final, é tirar nota A nos três indicadores. Já, o único modo de tirar a pior nota, D, é tirar nota C nos três indicadores. Apenas as classificações gerais A ou B atestam que o ente está elegível para obter garantia da União para operações de crédito.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/11


2018

Neste sábado festival gratuito de Blues e Jazz no Recife

Pepeu Gomes e Lil' Jimmy Reed se apresentam em festival gratuito de blues e jazz no Recife. Evento ocorre neste sábado (17) no Parque Santana, na Zona Norte. Há atrações para crianças.

Foto: Marcus Hermes/Divulgação

Do G1 - Recife

 

Pepeu Gomes e Lil' Jimmy Reed se apresentam no Recife no Festival BB Seguros de Blues e Jazz. O evento ocorre neste sábado (17), das 14h30 às 22h30, no Parque Santana, Zona Norte da cidade. Também estão disponíveis atrações para crianças. A entrada é gratuita.

Em sua 4ª edição, o evento reúne também Leo Gandelman, Toninho Horta e Orquestra Fantasma, O Bando, Rodrigo Morcego e a BB Seguros Jazz Band. Os shows já passaram por Curitiba, Belo Horizonte, São Paulo e Brasília e reuniram mais de 103 mil pessoas.

Para crianças, a programação inclui oficina de desenho e colagem, oficina de malabares, pintura artística facial e escultura de balão. As atrações começam às 14h30 e seguem até 17h30.

Confira a programação do festiva na íntegra aqui: Pepeu Gomes e LilJimmy Reed se apresentam em festival gratuit


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/11


2018

Submarino argentino desaparecido há um ano é localizado

Submarino argentino desaparecido há um ano com 44 a bordo é localizado.A empresa americana Ocean Infítiny, contratada pelo governo argentino para trabalho de busca, receberá 7,5 milhões de dólares pelo achado.

O submarino ARA San Juan e  equipe vistos saindo do porto de Buenos Aires, na Argentina - 02/06/2017 (Armada Argentina/Reuters)

Da Veja - Por EFE 

 

O Ministério da Defesa e a Marinha da Argentina informaram neste sábado que a empresa americana Ocean Infinity encontrou o submarino argentino ARA San Juan, desaparecido há um ano nas águas do Atlântico.

A confirmação dos dois órgãos oficiais foi divulgada na conta da Marinha no Twitter, em mensagem que confirmou que no ponto de interesse informado pela Ocean Infinity, mediante observação realizada com um veículo submarino operado remotamente, a 800 metros de profundidade, houve uma identificação positiva do ARA San Juan.

Segundo indicou a Ocean Infítiny, que receberá 7,5 milhões de dólares pelo achado, o submarino estava localizado a 800 metros de profundidade, a 600 quilômetros da cidade de Comodoro Rivadavia, onde se tinha montado o centro de operações durante a busca.

Os trabalhos de busca no oceano, nos quais diversos países participaram nos primeiros meses, se delimitou a 430 quilômetros do litoral, em torno de uma área onde várias agências internacionais assinalaram que detectaram uma explosão horas depois do desaparecimento do submarino.

Foi no início do último mês de setembro que a empresa americana Ocean Infinity, contratada pelo governo argentino, retomou o rastreamento do leito marinho, mas também não teve sorte.

“O primeiro lugar onde eles começaram a buscar era onde ocorreu a última comunicação. Ali não estão. Nós começamos a pedir que comecem a buscar onde se escutaram os barulhos do casco”, afirmou na quinta-feira passada a irmã de Alberto Sánchez, tripulante do submarino, durante uma homenagem por ocasião do aniversário de um ano do desaparecimento.

O submarino argentino desapareceu no dia 15 de novembro do ano passado com 44 tripulantes a bordo, quando dirigia-se de Ushuaia a Mar del Plata.

O veículo participou de manobras no porto de Ushuaia e em 13 de novembro partiu de novo para Mar del Plata, trajeto no qual, a 400 quilômetros do litoral e dois dias depois, fez sua última comunicação.

Horas antes, o comandante havia alertado de uma falha provocada pela entrada de água por um conduto de ventilação que vazou no compartimento das baterias elétricas e produziu um princípio de incêndio.

Embora a Marinha argentina tenha garantido em várias ocasiões que essa falha foi “corrigida” e que o San Juan continuou navegando para Mar del Plata, o certo é que seu rastro foi perdido e nunca chegou ao porto dessa cidade, onde deveria ter atracado em 19 de novembro.

No meio de uma grande incerteza, várias agências internacionais relataram uma explosão horas depois do desaparecimento do submarino, perto donde se perdeu a sua pista.

Foi então que começou uma operação de busca sem precedentes na Argentina, na qual participaram navios de Rússia, Grã-Bretanha e Estados Unidos, e que finalmente terminou cinco meses depois.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/11


2018

General sai da equipe mas elogia sucessor

Folha de S. Paulo - Coluna Painel 

Por Fernanda Lima

 

O general da reserva Oswaldo Ferreira, que nesta semana abriu mão do ministério que ficará responsável pela área de infraestrutura no novo governo, tem feito elogios ao general Jamil Megid Júnior, cotado para assumir a pasta no seu lugar. Os dois se reuniram nesta sexta.

Integrantes do PP levarão à equipe de Bolsonaro a indicação do nome de Ana Pellini, secretária do Meio Ambiente do Rio Grande do Sul, para ocupar a pasta da área. Ela é ligada ao deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS), da bancada ruralista.  (Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/11


2018

PT pede para que Lula seja interrogado novamente

Folha de S. Paulo - Coluna Painel

Por Daniela Lima

 

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entraram com recurso no Tribunal Regional Federal da 4ª Região para pedir que ele seja ouvido novamente no processo que trata do apoio da Odebrecht ao instituto que leva seu nome.

A defesa do ex-presidente argumenta que, com a exoneração de Moro, que interrogou Lula em setembro, é preciso refazer o depoimento e decidir quem irá julgar o caso.

A juíza Gabriela Hardt, que ouviu o petista em outra ação nesta semana, substitui Moro até a definição do novo titular.(FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Já pensou se a moda pega? Protestos na França contra aumento de combustíveis deixam um morto e dezenas de feridos

marcos

Alguém pode informar onde anda Rosimay i Noronha, a Rapariga de Lula?



17/11


2018

Rodrigo Maia volta à Presidência da República

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, assumiu interinamente o cargo de presidente da República enquanto Michel Temer estava na Guatemala

Estadão – Conteúdo

Depois de passar o período eleitoral sem ocupar a Presidência da República durante as viagens que Michel Temer fez ao exterior por restrições da legislação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou nessa quinta-feira (15) ao gabinete presidencial enquanto o emedebista estava na Guatemala, em visita oficial. Maia aproveitou o dia tranquilo, no meio do feriado da Proclamação da República, para receber a família no Palácio do Planalto.

Pai de cinco filhos - o mais novo, Felipe, nascido em janeiro deste ano -, Maia recebeu a visita dos pais, Mariangeles e César Maia (ex-prefeito do Rio de Janeiro), de parte dos filhos e sobrinhos. As crianças aproveitaram para fazer uma visita guiada pelo prédio projetado por Oscar Niemeyer.

Maia também fez fotos com os familiares no gabinete da Presidência e, em uma delas, postadas em rede social, o filho Rodrigo, de 3 anos, aparece sentado na cadeira presidencial, ao lado do pai e do avô. "Hoje (ontem), mais uma vez, assumi de forma interina a Presidência da República. E foi um dos dias mais especiais pela presença dos meus pais, Mariangeles, César Maia, dos meus sobrinhos Betina, Cesinha e Joaquim e parte dos meus filhos, Ana Luiza, Maria Antônia e Rodrigo", escreveu.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/11


2018

Presidente eleito não deveria se desdizer tanto

Era melhor que pensasse mais, ouvisse mais, antes de falar

Zuenir Ventura - O Globo

Bolsonaristas estão reclamando das críticas que a imprensa faz ao presidente eleito. Acham que é má vontade. “O homem ainda nem chegou e vocês já ficam em cima. Vocês só sabem falar mal.” Que se preparem. Quando “chegar” vai ser muito pior. É a sina do eleito. Ele tem que se acostumar.

Mas, para não dizer que é implicância, quero confessar que estou bem impressionado com sua disposição e energia física. Para quem levou uma facada, foi operado, anda com uma bolsa de colostomia e ainda vai sofrer outra cirurgia, é admirável. Ele não para, tem paciência para falar com dezenas de chatos diariamente e viaja a Brasília com a frequência com que vai ao Banco pegar dinheiro para o churrasco. Deve ser efeito do pão com leite condensado.

Outra coisa muito elogiada é a facilidade com que volta atrás no que diz, no que promete e no que ameaça. Afinal, a coerência não é um valor em si. Ser coerente no erro, por exemplo, não é qualidade. Mas convenhamos que seria preferível que ele não precisasse se desdizer tanto: era melhor que pensasse mais, ouvisse mais, antes de falar. Para quem age por impulso, até que ele tem errado pouco.

Essa afirmação, porém, foi posta em dúvida com a escolha do futuro ministro das Relações Exteriores. Ficou claro o que o presidente queria dizer quando pregava para o Itamaraty o fim do que chamava de “viés ideológico”. Ele não esclarecia que o viés ideológico a que se referia era o de esquerda. O de direita era desejado.

O filho do presidente que fez uma sabatina prévia do escolhido sabia o que estava fazendo. Não só o novo chanceler Ernesto Araújo é a imagem e semelhança do capitão reformado. Trumpista declarado, militante virtual das teses mais extremadas no seu blog, ele vai além: está à direita de seu ídolo, acrescentando hipóteses meio paranoicas.

Defende, por exemplo, a teoria conspiratória segundo a qual existe um projeto “globalista” que pretende transferir o poder do Ocidente para a China, “a China maoísta que dominará o mundo”. Os colunistas Merval Pereira Bernardo Mello Franco procuraram tranquilizá-lo, informando que o maoísmo foi abandonado em 1978. Não sei se adiantou, porque faz parte do complô também o que denuncia como “climatismo”, que na realidade é o esforço mundial de reduzir as emissões de carbono.

Essa transferência de poder global só não acontecerá porque Donald Trump não vai deixar e porque ele, nosso chanceler, se propõe — modéstia à parte — a “ajudar o Brasil e o mundo a se libertarem da ideologia globalista”.

Os colunistas Merval Pereira e Bernardo Mello Franco procuraram tranqulizá-lo...

Quer dizer: mudando de viés estamos salvos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Esse Bolsofake só dá cagada. Só tem curso de paraquedista, quando tá falando ele bota macaíba na boca.

marcos

Desenrolada era Dilma Jumenta!



17/11


2018

República de Curitiba na Esplanada

Parte da Polícia Federal torce para que Moro traga para Brasília delegados que atuaram na Lava-Jato

Bela Megale - ÉPOCA

Alçada ao status de super-herói com a operação Lava Jato, a Polícia Federal aplaudiu de pé a decisão do presidente eleito Jair Bolsonaro de nomear o juiz Sergio Moro para ministro da Justiça. Poucas horas depois do anúncio, realizado na manhã de ontem após a visita de Moro a Bolsonaro no Rio, associações de agentes e delegados emitiram às pressas notas parabenizando o futuro chefe. É sob o comando da pasta que estão o diretor-geral da PF e toda a corporação.

Agora, grande parte da PF torce para que Moro traga para Brasília os delegados de Curitiba que ajudaram a transformar a Lava Jato na maior operação de combate à corrupção do país. Policiais defendem que Moro promova o atual superintendente da Polícia Federal do Paraná, Maurício Valeixo, a diretor-geral da corporação, cargo mais alto da PF. Outro nome que está na boca da entidade é o do delegado Igor Romário de Paula, chefe da unidade de combate ao crime organizado no Estado. Ambos têm credenciais. Superintendente no Paraná desde dezembro, Valeixo atuou em Brasília como diretor da divisão de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Dicor) de 2015 a 2017. Já Igor Romário está desde 2014 na linha de frente da Lava Jato no Paraná em contato constante com Moro e a força-tarefa.

Hoje, porém, o atual diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, tem trabalhado intensamente para manter-se no cargo. Tem dedicado sua agenda à aproximação de políticos próximos a Bolsonaro. Integrantes da cúpula da PF, no entanto, avaliam que a facada que o capitão reformado levou durante a campanha e as críticas de seus apoiadores sobre a investigação do episódio conduzida pela corporação devem pesar contra Galloro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


17/11


2018

Maldição da Casa Civil assedia Onyx Lorenzoni

Josias de Souza

Deslocado por Jair Bolsonaro da periferia da Câmara para o epicentro do poder, Onyx Lorenzoni, o ministro extraordinário da transição de governo, experimenta a sensação de enfiar um dedo na fava de mel, lamber o dedo e vislumbrar as dádivas do mundo. Porém, Onyx talvez tenha de começar a fugir das abelhas antes mesmo de chegar ao Planalto. A maldição da Casa Civil chegou mais cedo para ele.

Mede-se o tamanho da encrenca pela quantidade de veneno estocado. A banda militar do futuro governo acha que Onyx puxa o tapete do general Oswaldo Ferreira, hoje um ex-quase-futuro-superministro da Infraestrutura. A ala política avalia que Onyx coloca azeitonas demais na empada do seu partido, o DEM. Escanteado, o PSL lança fachos de luz na direção dos pés de barro de Onyx.

Colecionador de desafetos, Onyx é assediado por uma síndrome que costuma perseguir os ocupantes do principal gabinete do quarto andar do Palácio do Planalto: a praga dos superpoderes. Para complicar, os superpoderes do futuro chefe da Casa Civil começam a esbarrar em superpoderes maiores do que os seus —como os do clã Bolsonaro e o de Paulo Guedes, o Posto Ipiranga.

Na era petista, a Casa Civil foi ocupada por seis personagens. Um está prestes a voltar para a cadeia (Dirceu), outro está atrás das grades (Palocci), uma terceira foi fisgada na Operação Zelotes (Erenice), dois encrencaram-se nas franjas da Lava Jato (Mercadante e Gleisi) e uma outra sofreu impeachment depois de ser vendida ao eleitorado como supergerente impecável (Dilma). Sob Temer, a Casa Civil abriga matéria-prima para a Polícia Federal (Padilha).

O que distingue Onyx de superministros que o antecederam é o fato de que, no seu caso, a urucubaca chegou antes da posse. Quando encostou seu mandato no projeto político de Bolsonaro, Onyx considerava-se capaz de fazer o bem para o capitão. Hoje, ele precisa verificar se consegue parar de fazer mal a si mesmo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Ao defender a saída dos médicos cubanos do Brasil, Bolsofake defendeu os Direitos Humanos(??), coisa que ele e o fã clube é contra a todo momento. Confesso que tá engraçado ver os bolsominions entrando em contradições todos os dias, só para defender as asneiras que o Bolsofake fala. KKKK

Fernandes

Em dois anos, cubanos ganham preferência a médicos brasileiros.

Fernandes

Eleitor do Bozo não precisa de médico cubano. Um veterinário resolve !!

marcos

João Vacarri neto

marcos

Colega de Delúbio, Paulino land rover, João Vavarri, Humberto Costa


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores